Fiat Ford Governamental/Legal Manutenção Volkswagen

Fiat, Ford e Volks podem ser condenadas a pedido do Cade

peças

O Cade (Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica) pediu a condenação das montadoras Fiat, Ford e Volkswagen por prática de uso abusivo de patentes no mercado de autopeças, tendo assim objetos anticompetitivos.

A recomendação de punição foi publicada no Diário Oficial da União e será enviada junto com o processo ao Tribunal do Cade. Instaurado em 28 de abril de 2011, o inquérito administrativo investiga se as três montadoras infringiram a ordem econômica ao impor suas patentes registradas em peças de reposição.

Dessa forma, fabricantes independentes ficariam impedidos de atuar no mercado de autopeças. O Cade pede o fim da imposição de registros de desenhos industriais das montadoras no setor de autopeças e multas que variam de 0,1% a 20% do faturamento do fabricante de veículos.

[Fonte: Época]

Agradecimentos ao Glaydson Arantes.





  • Eduardo Brito

    Se ferraram. Pena que vai ser uma das poucas punições a esse lobby das montadoras aqui no Brasil.

    • Douglas

      Pior que esse loby só o dos usineiros.
      Agora é regra, meu carro flex não bebe mais álcool, só gasolixo com os 27% de álcool que me obrigam a comprar.

      • Vattt

        É puro álcool com preço de gasolina premium.

      • Holandês Louco

        O meu bebe álcool, é mais barato pra mim rodar no álcool do que no gasoálcool.

        • Rafael Oliveira

          regra dos 70%? Ou você fez o preço do KM na bomba?

          • Holandês Louco

            Bomba… 79%

  • CanalhaRS

    Governo punindo montadoras??? Vai chover…

    • Detector de Mentiras

      Não se engane. Os liberais odeiam o CADE.
      O CADE pega no pé de empresário pilantra (e isso tira lucro). É um órgão antitruste, que supostamente atua em defesa da livre concorrência.

      Governo por Governo, em sentido amplo, o Ministério Público também é do Governo. E ferra o Governo, quando o Governo faz sacanagem com dinheiro público.

    • João Cagnoni

      Existe um “podem” no título. Só acredito vendo.

  • No_Name

    VW e FIAT até que têm muitas peças réplicas/paralelas no mercado. Já a Ford realmente é de lascar, até as rodas eles proíbem de reproduzirem e não fazem questão alguma de licenciar a patente.

    • DougSampaNA

      Este é mais um motivo porque não compro carro da Forda, ela patentei muito e depois vc tem de morrer com peças caríssimas na mão das ccs; Ford pra mim é garantia de ferro no futuro pois só troco de carro cada 6 ou 7 anos, então neste período algum momento ela vai me morder feio; tô foraaa!!!

  • Hilquias Santos

    Já deveriam ter imposto isso a muito tempo. Fico puto quando tenho que trocar alguma peça do carro e só tem na Honda pra vender.

    • Lopes

      Mas a Honda não está nessa leva!

      • Rodrigo Alves Buriti

        Talvez ainda não…..quem sabe num futuro próximo?

        • Hilquias Santos

          Pois é, não tá, mas já deveria.

    • Detector de Mentiras

      Que tipo de peça?
      Um dia bateram na traseira do meu Civic, e não valia a pena acionar o seguro.
      Comprei lanterna traseira e para-choque traseiro bem baratinho, paralelo.
      Fazia revisões também fora da concessionária, tudo com peças do paralelo. Só que as infernais pastilhas TRW davam barulho e sujavam demais a roda… Voltei pra discos e pastilhas genuínos e a chatice acabou.

  • Pedro Evandro Montini

    Querendo ou não, o governo tá legalizando a pirataria.

    • Tiago A M Ferreira

      Pirataria? Não escreva asneiras…
      Concordo que há várias peças de qualidade duvidosa provenientes de certos fabricantes, mas NENHUMA montadora, seja ela Audi, BMW, Chevrolet, Fiat, Ford, VW e afins, produzem as peças. Há fabricantes como, por exemplo Bosch e TRW, que fornecem peças para montadora e as vendem com a mesma qualidade no mercado de reposição.
      O que o Cade está fazendo é liberando os desenhos para que outros fabricantes possam fabricar (e não desenvolver) as peças, o que acaba por aumentar a concorrência e assim dando mais opções ao consumidor.
      Agora, questão de qualidade e auditorias como ISO, são outros quinhentos.

      • Pedro Evandro Montini

        Conceitualmente, tudo o produto que não é original ou fabricado sob autorização é pirataria, independente da qualidade ou de quem fabrica.

        • “…Conceitualmente, tudo o produto que não é original ou fabricado sob autorização é pirataria,…”

          Está errado. Vender um produto paralelo não é pirataria. O certo seria “não é original E fabricado sob autorização” Você colocou “ou”, como se um produto feito com autorização do dono da patente fosse pirataria.
          E o governo está atuando justamente na questão de autorização, que aparentemente fere o princípio de concorrência. Logo, o governo não está autorizando a pirataria. Estaria caso estivesse liberando a fabricação sem a necessidade da autorização.

  • Paulo José Milani

    Infelizmente isso não ajuda muito, pois as empresas de reposição no Brasil ultimamente só fabricam lixo de peças, onde a unica função é gerar faturamento, geralmente são peças com material/qualidade e consequentemente desempenho muito inferior, o próprio fabricante autorizado de peças de reposição que inclusive fornecem as peças originais jogam no mercado as peças de reposição a um preço muito superior ao vendido às montadoras, porém com uma qualidade inferior, onde até as empresas de auditoria de sistema de gestão da qualidade ISO/TS fazem vista grossa quando passam em uma linha de produção e são informados que a mesma é para peças de reposição.

  • Ricardo Santos

    Ou seja, virou bagunça. Pra que registrar o desenho se ninguém vai respeitar? Aposto que se fabricassem similares de qualidade as montadoras fariam licença (como acontece lá fora). Mas aqui na banânia é tudo gambiarra pirata mesmo.

    • Redpeak77

      Também questiono se essa intervenção é boa ou ruim mesmo, embora eu não conheça bem a dinâmica comercial de autopeças.
      É legal termos uma “peça original” custando 200-300% a mais que o “preço correto” dela, mas também ter a empresa “fundo-de-quintal” produzindo peças porcarias que mal durarão, vendendo por 50% do “preço correto”?

      • DougSampaNA

        Exatamente o ponto; a margem de 50 a 80% já seria INCORRETA, imagine algumas delas com estes índices de 200/300/400% de margens? Fica inviável comprar Ford.

  • Haroldo

    Parabéns CADE. Pratica abusiva tem que ser punida mesmo. As indústrias não respeitam o consumidor cobrando abusivamente por partes que no mercado paralelo chega a ser 80% mais barato. Para se ter ideia, um jogo de paleta dianteira da Freemont sai por mais de R$ 400,00…
    Mercado paralelo a partir de R$ 50,00.
    Patente tem que ser respeitada, desde que não seja abuso ao consumidor.

    • oloko

      Sim, que nem o jogo de palheta do c4 lounge, na citroen eles pedem 500 reais pelo jogo, absurdo isso

  • Rafael Henrique Arruda

    Nunca na história desse país, uma montadora automotiva irá pagar multas milionárias seja por qualquer motivo. O Lobby é fortíssimo e com uma representação forte dentro da câmara, senado e mesmo dentro do governo.

    • DougSampaNA

      O CONSUMIDOR é fortíssimo, só não aprendeu a usar o braço…

  • Ailton

    Nada que alguns milhões em propinas para resolver o problema.

  • Pedro Henrique

    que delicia pra volks agora em?
    essa montadora ta dando uma sorte…

  • Gilberto Silva

    demorou acontecer umas coisas assim, absurdo você ir comprar uma peça plástica e ter que pagar 700 reais por ela, as montadoras são loucas…

    • Cris Dorneles

      Peça essa que elas nem produzem.

  • Tiago

    FORD e FIAT estavam no e-mail da compra da medida provisória e nem sequer se ouve falar em punição….

  • CanalhaRS

    O winterkorn deve ter pisado num despacho de macumba…só pode…hahahahaha!!!!

  • Christian Govastki

    E as outras GM / Honda / Toyota?

  • Fábio

    Será que não tem uma maracutaia que a VW não esteja metida?



Send this to friend