Chile Fiat Pickups Preços

Fiat Fullback desembarca no mercado chileno

fiat fullback picape 1

A Fiat lançou no mercado chileno a picape Fullback, versão para a italiana da Mitsubishi L200 Triton da nova geração, que ainda não chegou ao Brasil.

Custando a partir de 16.790.000 pesos chilenos, o modelo é oferecido em versão única GLS com três configurações com motor diesel 2.4, sendo a opção de acesso com 152 cv e câmbio manual de seis marchas.

Nas outras duas, o motor 2.4 entrega 178 cv e vem com caixa automática de cinco velocidades. Todas as opções trazem tração 4×4. O pacote Limited é o mais completo e conta com multimídia, piloto automático e bancos em couro.

Agradecimentos ao Adriano Marcelo.





  • ObservadorCWB

    Se até para quem gosta do mercado a coisa já está ficando confusa…imagina a mistura Fiat, Chrysler, Mitsubishi…..rsrsrsr é dar dar nó…..

    • Navaman

      Está mesmo. Acho que serão o mesmo veículo: Nissan Frontier, Renault Alaskan, Mercedes GLT, Fiat Fullback e Mit L200 – esqueci alguma?

  • Louis

    O desenho desta picape ficou muito ruim, parece um facelift mal feito da Triton.
    E pensar que a Triton era a mais bela entre seus concorrentes quando foi lançada, uns 15 anos atrás.

    • Murilo Soares de O. Filho

      Na verdade está melhor que a Triton…

      • th!nk.t4nk

        Uma Triton melhorada sim.

    • Renato Coletta

      a Triton ainda é nda é a mais bela do mercado tem cara de bandida (como eu chamo a minha aliás), além disso foi eleita a melhor compra na 4 Rodas….

      – Tritno foi lançada aqui no Brasil em final de 2007 e Europa em meados de 2006.

      A nova se e
      eese tivessem seguido as linhas do conceito seria linda, mas ele deram uma estragada principalmente na frente na frente dela.

      Como no Brasil desde a l200 sport o parachoque traseiro sempre teve desenho diferenciado à L200vendida no resto do mundo eu creio que uma tapa na frente no parachoque facir ficar legar, já que a lateral dela bonita e traseira, (com exceção do para choque).

      Aliás a Mit. já demonstrou que arrependimento em não seguir o conceito da pickcup, que na Nova Pajero aplicou maioria do desenho do conceito, inclusive, Paralamas alargados e filete de luzes na traseiro.

      Espera que venha já para o Brasil com um Facelift.

    • Poperon

      O que a estragou foi esse monte de cromado pra tudo quanto é lado.

      Essa versão que mostraram no Salão de São Paulo é bem mais bonita:

      https://uploads.disquscdn.com/images/3462827196d86a858a4ea6dd8f9c5b3dede0f9d2624491a82a9c86989645e963.jpg

      • Carlos

        Achei as duas legais. Também sou mais do visual hardcore, mas tem público para ambas. Nem todo mundo curte “cara de mau”, rs.

      • Fabão Rocky

        A Fiat sempre estraga seus modelos c/ esses cromados desnecessários. Exemplo: Reestilização do Linea e do Bravo, “bigodes” do Punto e do Palio a la Fiat 500.

    • Carlos

      Concordo com o Murilo, achei uma bem vinda e bonita atualização da L200. Pena o motor fraco para o tamanho e peso. Algo como 200cv do Troller, Ranger, Trailblazer ajudariam bastante.

    • Edson Fernandes

      Se vc achou esse ruim então veja dpeois a triton mesmo atualizada… aquilo é feio!

  • Dá pra comprar uma Hilux com esse preço aqui no Chile. Sem contar as Nissan, SSangyong, e chinesas. Tá bem cara pra ser uma cópia de Mitsubishi.

    • leandro

      Mas aí já vende a nova Triton? Ou ficou meio que uma “exclusividade” da Fiat?

      • Sim, tem uns 6 meses, mas é uns 11 mil reais mais barata…

        • leandro

          Então tem q ser muito fanático pra levar a da Fiat.
          Aí parece ter um mercado automotivo bem mais interessante que o nosso.

          • Eu considero o mercado chileno o mais diversificado do mundo, junto com o chinês. Até mais que o americano, que não tem muitos carros europeus, e nada de asiáticos. Aqui a FIAT é marca de nicho, vende tanto quanto ou menos que várias chinesas.

            • Tomtilt

              Thiago, os carros chineses são vistos com desconfiança quanto a qualidade, como é aqui no Brasil? Como é a percepção do mercado sobre eles?

              Sempre tive essa dúvida sobre o Chile e sua diversidade automobilística, agradeço se puder responder!

              • É um pouco estranho isso aqui… de um lado os carros desvalorizam muito, como no Brasil, mas por outro eu vejo que eles são mais ‘mente aberta’, pois são várias marcas chinesas operando aqui, e todas elas vendem razoavelmente. Seja em veículos comerciais (vans, picapes, caminhões principalmente), ou carros de passeio. Pro tamanho do mercado chileno (250 mil carros por ano mais ou menos), a qtd. de carro chinês nas ruas é bem razoável. Diria até que em numeros absolutos deve ser próximo do brasileiro.

                • Tomtilt

                  Realmente sempre tive a impressão de que os chilenos são mais “mente aberta” quando o assunto é carro. Valeu pela resposta!

  • Gustavo Adriano

    Desculpem mas, essa pickup já está a venda no Chile há muito mais tempo. Estive em Santiago há pouco mais de um mês e haviam várias rodando pela cidade.

    • Gustavo, são as Mitsubishi, FIAT faz pouco tempo.

      • Gustavo Adriano

        Não Thiago, alguns modelos que eu vi possuíam o logo da FIAT.

        • Deu sorte então rsrs…eu morando aqui vi a primeira esses dias.

  • NA, o preço está incorreto, esse preço informado é sem IVA, o preço final de venda é de modestos 19980100 CLP. Na prática o preço sem IVA só se aplica para empresas aqui que, ao revender a um consumidor final, cobram o imposto.

  • Martini Stripes

    PC$ 16.790.000 = R$ 83.900,00
    NA, coloquem sempre os preços em moeda do país e Temers, facilita.

    • Esse é o preço sem imposto. O correto é CLP 19.980.910, ou R$ 99845,00.

      • Martini Stripes

        Obrigado Thiago. Não sabia da tributação. ~20% praticamente.

  • Pipo pipo

    Se a toro não estivesse tão cara, teria espaço por aqui e faria mais sucesso que sendo mitsubishi.
    Explico: FIAT é uma marca bem mais conhecida dos brasileiros.
    A Mitsubishi sempre foi mais elitizada.

    • G.Alonso

      Mas o Toro não está caro, custa 120 mil na sua versão top de linha, se chegar essa Fullback por 130 de entrada e 160 top de linha ficaria junto com as outras, mas, não acho que venderia tanto.

      • Pipo pipo

        Se a Toro fosse no máximo 99.999,99 e a fullbeck partisse de 90.000,00 Gas e no máximo 130.000,00 diesel, iria bagunçar o mercado todo, porém a maioria como você mesmo mostrou já se acostumou com os altos preços praticados. Eu não tenho coragem de pagar 160.000,00 em carro algum, nem numa Mercedes. Obs.: não quiz te ofender amigo, respeito sua opinião, só não concordo.

        • G.Alonso

          Sim, o mercado já se acostumou, temos preços que estão fora da realidade, principalmente por essas picapes médias, povo acha qie elas valem isso tudo, mas, era para uma Hilux SRX custar no máximo 20/30 mil a mais que o Corolla e não 80 mil a mais como é hoje. S10 também. Temos um mercado pouco maduro por causa desses absurdos que a própria população acaba aceitando. O preço do Toro, por exemplo, levei em consideração o aumento de 2012 até 2016 das picapes médias e diminui do preço do Toro, a picape da Fiat em 2012 na versão Volcano custaria 99 mil, ou seja, os preços subiram bastante também nesses 4 anos. Não me ofendi, amigo, estamos aqui para isso, mostrar nossas ideias e opiniões. Abraço.

  • fbl

    Bastante feia

  • Eliezer

    Triton é vc?? KKK

  • Antonio

    Achei bonita, estilosa, fica bem com aquela tampa da caçamba da MIT



Send this to friend