Home Marcas Fiat Fiat Linea 2013 ganha redução nos preços

fiat linea 20131 Fiat Linea 2013 ganha redução nos preços




O Fiat Linea 2013 ganhou redução de preços. A marca italiana reduziu os preços das versões Essence, Essence Dualogic e Absolute.

A versão Essence caiu de R$ 52.990 para R$ 51.900. Já o Fiat Linea 2013 Essence Dualogic agora custa R$ 54.900 contra R$ 55.780.

Por fim, a versão topo de linha Absolute teve redução de R$ 1.240, caindo de R$ 63.140 para R$ 61.900.

Agradecimentos ao leitor Marcos Vinicius pela dica.


  • andrebritoleite

    Se ninguém compra, os preços caem!
    Simples assim!!

    • duna3

      ainda assim, fica a sensação de "muito pouco e muito tarde".

      bye Linea!

      • andrebritoleite

        Sem dúvidas!

        • tuduff

          C*rai, mas que DESCONTASSO, desconto mais medíocre do que o do ipva pagando avista , manda a fiat pegar esses descontos e aqueles comerciais morféticos e enfiar no c** dela….

      • doug_bc

        Na verdade o próprio cartel das montadoras não deixa o preço cair muito…
        Senão qualquer pressão popular ou boicote faz as vendas cairem…
        É melhor deixar o produto micar mesmo…

        • Pedro_Rocha

          Se o pessoal paga Linea e leva Grand Siena, melhor deixar o carro micar e faturar mais com o arremedo de sedã médio.

    • Maycon102

      Amo a Fiat, mas Fiat….. sai do palco porque esse carro já cansou e não vai emplacar mais, mesmo sendo um carro de respeito como na promo.

      Para de forçar e traz logo o Dart, com preço justo e próximo dos japoneses por favor! Não inventa de o Dart vir para cá como sedân super mega grande, ele é o médio que o linea nunca foi.

      • Veronez

        Correto, Linea é um simples punto sedan, Bravo é médio, então sedan médio teria que ser do porte do bravo pra cima. A Fiat fez a mesma coisa com o grand Siena que de grande não tem nada, pegou um palio e encheu de botox e quer dizer que não é um palio sedan, pior que o povo acredita.

    • Debraido

      Acho que o problema do Linea é que, talves, ele tenha sido o primeiro dessa leva de sedans médios-compactos, assim como Cobalt, City, Fiesta Sedan etc. (pra mim o Siena ainda é um compacto assim como o Voyage). É um carro com medidas avantajadas mas baseado num compacto. Porem a Fiat não entendeu isso.
      Se ele na época fosse lançado como um verdadeiro Punto Sedan e na mesma faixa de preço, com certeza seria lider absoluto do segmento!

    • Renato_Duarte

      só que a fiat não é tão boba assim,, com certeza com esse desconto michuruca ja vai fazer diferença nas vendas,, infelizmente

      • Cristiano_RJ

        Você acredita mesmo nisso?

  • victorluizcosta

    carro fraco para o seguimento onde quer atuar….mais uma vez a fiat fica sem saber o que fazer nesse seguimento

    • danieldourado_2

      Ela poderia dar pelo menos a opção do câmbio automático de 4 marchas que equipa a Freemont para os que não gostam de automatizados.

      • Edson Roberto

        Se viesse junto o motor 2.4 seria interessante para o Linea uma vez que não recebeu quando tinha o cambio automatico no motor T-Jet não?

        • thales_sr

          Motor 2.4 faria o Linea pular para outra faixa de IPI, elevando mais seu preço… Aí era caixão na certa.

          • Edson Roberto

            Estranho Thales, se for só seguir esse preceito, devo entender então que o motor turbinado 1.4 da Fiat deveria ser mais barato para se vender que o antigo motor 1.9.

            No preço que era o T-Jet, caberia com facilidade o motor 2.4 e ainda cambio automatico que fosse de 4 marchas (igual ao do Marea).

            É possível sim, o problema é que as empresas não querem se arriscar com esse tipo de coisa. A propria GM deixou de vender o 2.4 (que bebia horrores, mas andava bem) pela baixa procura. Mas pudera, R$84000 não podemos dizer que é um carro que vai ser bem vendido mesmo.

            • thales_sr

              Não. A faixa de IPI é a mesma para motores acima de 1.0 até 2.0, então 1.4 e 1.9 entram na mesma faixa de IPI.

              • Edson Roberto

                Ainda assim, pelo preço de R$73000 em média do Linea T-Jet, daria para ter o motor 2.4. Mesmo pagando mais imposto.

                • thales_sr

                  Daria. De 73 pra 80 a diferença é menos de 10%… Vendia logo por 80 mil e todo mundo compraria… rs… Acho que não.

                  • Edson Roberto

                    Bem… lembrando que o Linea T-Jet quando lançado era mais caro e chegava a esse valor. Considerando que os cambios "automaticos" sempre chegam a valores entre R$3000 a R$5000 a mais… veja que seria possível ter as duas versões com o motor 2.4.

                    Mas mesmo assim… acho que estamos entrando em um assunto que nao levaria a lugar nenhum, já que a Fiat não fará mesmo…rs

              • granrs78

                Se fosse por esse pensamento, porque o Jetta antigo com motor 2.5 custava mais barato que o modelo TSi que usa o 2.0? Pela lógica era para o modelo 2.0 custar menos que o antigo 2.5, pois paga menos imposto.

                • thales_sr

                  Bom, se 100% do preço do carro fosse composto de IPI, realmente seu argumento estaria correto.

                  • granrs78

                    Não precisa colocar 100% do preço como se fosse composto pelo IPI, mas como se explica essa matematica da VW que cobrava 78 mil por um Jetta 2.5 e quando lançou o modelo 2.0 TSI aumentou para 89 mil no lançamento do modelo? Como os modelos abaixo de 2.0 pagam menos impostos, por que o preço do Jetta saltou salgados 11 mil reais?? Isso se chama lucro abusivo, isso sim.

                    • thales_sr

                      Você tá considerando que o custo de fabricação do jetta antigo é o mesmo do jetta novo. Se você puder comprovar isso, você estará correto.
                      Lucro abusivo? Mas ninguém é obrigado a comprar o Jetta…

                • Cristiano_RJ

                  A questão é que a alícota tributária de motores acima de 2.0 é maior do que para motores 2.0 ou menores. Em outras palavras, com motor 2.0, o Jetta TSI paga menos imposto sim, porém isso não significa que ele seja mais barato, porque certamente o custo de produção do seu moderno motor deve superar o do antigo 2.5. Além do mais, tem o câmbio automatizado DSG, muito mais sofisticado que caro que o tiptronic da geração anterior…

                  • granrs78

                    Por favor, não vamos ser ingenuos a tal ponto de achar que isso tem algum fundamento para o fator preço, pois o cambio automatizado é mais barato que um automatico e o mesmo vale do motor, que no caso de Jetta antigo, possuia um 5 cilindros 2.5, que com certeza seu custo de produção é mais caro que um 2.0 4 cilindros turbo, que inclusive equipa outros modelos do grupo VW, como Audi. Sem contar que o modelo antigo usava uma plataforma do Golf alemão mais cara que essa nova plataforma que o atual Jetta usa, que antes do lançamento, todas as midias falavam que seria uma plataforma mais simplificada em relação ao modelo antigo. Então esse aumento de 11 mil reais no lançamento do modelo, mesmo pagando menos impostos não "colou"muito bem.

      • mho

        Melhor seria o cambio aut. do 500.

    • Granma

      Na minha opinião o único problema desse carro foi o preço que a fiat tentou empurrar goela abaixo !!!

      • granrs78

        O preço, a falta de um cambio automatico e o pior, ela falava que o Linea era um sedan médio para concorrer com Civic e Corolla. Acho que o mercado falou a verdade para a Fiat "O Linea é concorrente de Polo Sedan mas com preço de Civic". Aí fica dificil mesmo emplacar qualquer modelo.

        • Pedro_Rocha

          Não digo do Polo, mas do Cobalt e Versa. Mas como citei acima, se o pessoal paga Linea e leva Grand Siena, melhor para a FIAT.

  • DougSampaNA

    o FAKE AT subiu?? Fala sério…se fosse um Dupla embreagem, mas trancotronic não dá…já dirigi dualogic 3 vezes e não dá pra acostumar facil não..

    • upside_down

      Você já dirigiu algum carro equipado com o câmbio Dualogic?
      O Dualogic é superior ao AT convencional por ter menor perda de potência devido a ausência do conversor de torque, e também não tem aquele deslizamento chato provocado pelo conversor de torque, que faz com que a velocidade do carro não suba de forma linear com a subida da rotação do motor.
      E por fim, no Dualogic as trocas de marcha são mais perceptíveis, o que me agrada, embora não agrade a maioria.
      Melhor que câmbio robotizado só câmbio manual mesmo.

      • nightwishjp

        Rapaz, acho que o CVT é superior aos robotizados de "monoembragem".

        • Dragoniten

          Na verdade, CVT é o futuro dos câmbios automáticos que visam conforto e economia. E já chegou há muitos anos…

        • SeuBatista

          CVT é câmbio de tiozão! O futuro está nos automatizados de dupla embreagem, esse sim é mais eficiente em todos os aspectos.

          • nightwishjp

            Sinceramente, esse negócio de CVT câmbio de tiozão é um discurso patético. Vira o disco, bicho.

          • http://www.facebook.com/loucosporcarrosoficial loucosporcarros

            O Eber agora ficou triste.. '' CVT Cambio de tiozão'' hhahahaa'

          • Dragoniten

            Cara, na boa…

            Acho que você desconhece o vencedor em diversas "lutas" entre dupla embreagem e CVT:

            Economia = CVT
            Conforto = CVT
            Performance = Dupla Embreagem.

            Mais eficiente em todos os aspectos? Me cite UM aspecto em que o de dupla embreagem é mais "eficiente" que o CVT, fora o que eu citei.

            Acho que você tem que rever seu conceito sobre eficiência.

        • TecoPadaratz

          Quem acha o contrário nunca dirigiu um CVT.

      • nanico_04

        Ja dirigi duallogic, i-motion e easytronic e nenhum deles chega perto do conforto de um AT com conversor de torque.
        AT bons tem bloqueio de conversor de torque, que evita os problemas que vc citou.
        alias, o dualogic é bem ruim, mto pior q o i-motion e pouca coisa melhor que o easytrinic.
        eu tenho um carro com CVT e, esse sim, é o melhor câmbio que existe.
        ele faz retomadas em qualquer velocidade e não tem buracos de escalonamento.
        se tiver a oportunidade ande num sentra ou num fit antigo que vc vai ver oq é um câmbio bom.

        • thales_sr

          Quando foi que você dirigiu o último dualogic? Dirigi um Fiat 500 no começo do ano, e o câmbio melhorou bastante desde que foi lançado: O do Stilo era um lixo… Em 2010 dirigi um Polo I-Motion e não gostei (comprei um manual pra mim), imagino que já tenha melhorado também.

      • Edson Roberto

        Legal…. só que ao contrário do "deslizamento chato", ele troca as marchas mais rapido e na grande maioria sem tranco. Cambio automatico é assim, temque trazer CONFORTO, diferente de automatizados de unica embreagem.

        Entretanto, ao vc dizer isso, me lembrei diretamente do Grand siena da minha irmã e, o problema não é somente nos pequenos trancos gerados (ainda muito melhor que cambios manuais), mas sim na INDECISÃO de marcha do cambio. Ele simplesmente em uma subida, PERDE aceleração para reduzir. Ou na pior das hipoteses já testadas diversas vezes no carro da minha irmã… ATOLA o pé no acelerador, receba um belo de um TRANCO e ele reduz e depois RETEM a marcha caso o momento de sufoco já tenha passado e esteja na reta. E veja, ele retem mesmo depois de tirar praticamente o pé do acelerador.

        Numa boa? Prefiro meu At de 4 marchas.

        • duhehe

          Falou tudo !

          Já tive um i-motion, e fico maluco vendo essa galera que nunca teve e fica elogiando essa tranqueira do nosso mercado.

          Prefiro meu AT de 4 marchas também, embora o meu cambio ''patine'' absurdamente.

          • Edson Roberto

            Du, então…
            Eu não fico dizendo que é um lixo esse tipo de cambio pois ajuda e muito. Meu amigo tem um I-Motion e para ele é bom. Uma colega de trabalho no Rio tem uma Spacefox e ela mesma com carro cheio pegando uma subidinha prefere colocar sequencial para evitar trancos. Mas a mesma diz que se incomoda com esse funcionamento apesar de ser absolutamente melhor que ficar nas trocas manuais.

            Eu hoje concordo que para sair do cambio manual, é uma salvação e tirando certos modelos de cambio automatico (mais precisamente da PSA), acho que não tem outro cambio inferior a um cambio automatizado. Mas ainda preciso dirigir o dualogic plus pois ainda não o fiz.

            O que me incomoda é… vir pessoa aqui falar que o automatizado é melhor porque não "rouba" potencia, mas não diz que o cambio é indeciso e consideravelmente mais lento nas trocas em relação a qualquer automatico comum. Há ainda o que melhorar e vemos isso todos os dias. O que eu acho inaceitavel é dizer que os trancos são aceitaveis porque "demonstram esportividade". Cara… esportividade no que? Em pegar Palio, Punto, Bravo, Gol, Fox, Idea, Agile, entre algum outro e dizer que eles dão esportividade? Aonde?

            Se para um cara que possui um Dualogic pensa isso, fico eu imaginando qdo ele pega um Golf 2.0 tiptronic. Já imaginou então um Cruze ? um 308 THP? Um Fusca????

            As pessoas precisam conhecer as coisas… e o problema do brasileiro é falar sobre o que conhece mas dar pitaco naquilo que desconhece.

            • duhehe

              Aproveitando o gancho que você falou, me lembrei de um fato importante.

              ''Se para um cara que possui um Dualogic pensa isso, fico eu imaginando qdo ele pega um Golf 2.0 tiptronic. Já imaginou então um Cruze ? um 308 THP? Um Fusca???? ''

              Nosso mercado esta tão imundado de bizarrices automotivas no segmento de até 60 mil, que representa sei la 90% dos carros vendidos, que a maioria das pessoas assumem que aqueles carros são bons, quando desconhecem o que são carros realmente BONS !
              Cada um tem uma possibilidade financeira, eu mesmo dirijo um carro de 50, mas sou criticado aqui por meter o pau nele, não é porque eu tenho ele que ele do nada ficou bom, é cujo oferece o melhor acabamento, itens e confiabilidade na faixa de preço.
              Mas como eu já tive carros melhores e já dirigi carros que estão muito acima das minhas possibilidades financeiras ( a menos que eu ganhe na mega) eu digo com propriedade que o meu carro e tantos outros são umas carroças.
              Alguns carros são no honestos como Cruze, Jetta … agora tem gente pagando 60 mil em uma Palio Adventure e achando que comprou um carrão ! .. é muita ignorância !

              • Edson Roberto

                Isso é verdade! As pessoas tem o costume de pensar que os sedans médios são mais caros do que o são realmente.

                Empresas como Renault, querem apostar em mostrar a imagem de um produto superior, mas sem mostrar preço. (pode reparar o máximo atualmente em preços é do Duster).

                As pessoas tem a impressão que o carro é mais caro do que o que ela pensa. Em seguida veem a versão esportiva e alguem comenta o preço, fica igual ao povo aqui do NA: "Ah mas o Gol custa R$50000", parece que ninguem sabe que Gol tem versões "A partir de", parece que todos que compram pagam R$50000.

                Outro detalhe que temos que levar em consideração, é que brasileiro NÃO GOSTA de conhecer coisas novas. É tradicionalista e medroso. Se a familia tem historico com uma marca então…. é mais dificil ainda sair desse conservadorismo. Só situações como da Chevrolet que ficou sem renovar seus produtos que fizeram muitos de seus clientes cativos optarem por outra marca por culpa da falta de atualização da linha.

                Eu perdi as contas de quantas pessoas se espantavam ao saber valores de alguns modelos. Cito: i30, Fluence, Megane GT, Focus, entre alguns outros.

                Me lembro até hoje de um vizinho de vaga onde morava, que acabara de comprar uma Palio Weekend 1.6 16v manual e que escolheu diversos opcionais onde chegou a cifra de R$50000. Um dia na rua começamos a conversar e ele comenta: "Olha esse carro que lindo! (Megane GT) se eu tivesse dinheiro pegaria ele!". E eis que eu disse o valor, e ele se espanta e me diz… perai… vc esta falando sério? Bem… ele se desfez da compra, perdeu R$3000 na Fiat devido a uma porcentagem de cancelamento depois de assinado o contrato e pegou o Megane. "Nossa é um carrão"

                Ou situações onde já vi a pessoa comprando justamente oque vc disse, uma Palio Adventure e viu o preço de um sedan médio desejado (nesse caso um Focus) pelo mesmo valor e que diz ter comprado a Palio Adventure porque imaginava u mpreço de uns R$10000 a mais.

                Mas brasileiro precisa parar com essa historia de não conhecer o produto, pesquisar e ver preços. Fazendo um simples test drive, é possivel ao menor criar uma preferencia de condução para cada marca. A partir disso, pode testar os modelos e obter os valores. Infelizmente brasileiro quer tudo de mão beijada mesmo que isso signifique nem conhecer os carros que compra. Isso nós vemos diariamente e estamos vendo como o HB20 e Ecosport por exemplo.

      • DougSampaNA

        ok upside…superior na perda de potencia, mas INFERIOR no conforto de troca de marchas, um ROBOTIZADO nunca sera' superior a um legitimo AT, usos ATs a quase 10 anos e por experiencia sei que e' exatamente como decrevo.
        Sobre cambio manual, nunca mais eu compro carro manual enquanto Deus permitir…dirija 4 ou 5 horas por dia no transito de Sampa pra ver se vc nao vai odiar seu manual…
        Sobre dirigir Carro com Dualogic, ja' mencionei aqui que dirigi um Idea 1.8 Dualogic, dentro da cidade durante 3 dias com transitos diferentes…a sensacao da passagem de marcha e' que aparece um buraco a cada troca sobre o qual vc nao tem controle do tempo de engate, coisa que vc pode fazer num cambio manual, numa troca rapida, no dualogic ele tem o tempo dele, que me desagrada. Sobre o robotizado de dupla embreagem; de 5 ou 6 marchas, eu ainda nao dirigi nenhum, melhor agaurdar o comenmtario de quem tenha JETTA com este cambio.

        • thales_sr

          Câmbio manual é pra quem está disposto a passar marcha, simples assim. Já peguei engarrafamento longo, e continuo gostando dos manuais. Tenho colegas que não querem ver MT mais nunca na vida.

          PS: O câmbio DSG (dirigi o Jetta TSi) é uma maravilha da tecnologia, se eu partir pra um câmbio "não manual" essa seria minha opção.

    • Maycon102

      Ta bom rapazes , para vcs pararem de brigar por cambio! eu falo que o meu toyota de 4 velocidades é o melhor kkkk por isso é o mais vendido no mundo! kkkk Essa não tem como debater….

  • Pedro Evandro

    Nossa!!! Que super descontão! Black Friday brasileiro…

  • ViniciusDOCH1

    É sempre bom poder colaborar com vocês Eber, que sempre estão nos passando o melhor das informações do mundo automotivo! Acredito que por R$ 61.900,00 o Linea se tornou uma boa opção, sempre lembrando que na concessionária você consegue bons descontos!

    • Edson Roberto

      Olha… depende. Eu vi exatamente ontem uma propaganda da Peugeot ofertando a versão Feline por esse mesmo valor.

      O Absolute ainda precisa receber alguns itens opcionais para se igualar a ele. Além dele, podemos citar que temos um que eu particularmente não compraria mas o pessoal gosta que é o Cerato com cambio de 6 marchas e inclusive o Fluence Dynamique que ainda pode contar com bancos em couro e teto solar.

      Se a posição do Linea Essence com cambio dualogic estivesse bem mais proxima de um Cobalt automatico, poderia ser uma versão interessante. Eu ainda sinceramente não acho o Linea numa posição tão boa assim, apesar de ser um bom carro. O que mais me incomoda no Linea é ver o padrão de acabamento. Entenda, vai além do material empregado, é na forma de instalação demonstrando espaçamento e rebarbas bem aparente. Eu andava com um taxista que tinha o Linea e apesar de tudo era muito confiavel. Mas ele mesmo reclamava disso tudo que comentei.

  • Stark

    O Linea é um carro bom, mas na versão de 50k. Uma coisa que muitos não sabem é que pode equipa-lo até com 6 Airbags!

    • BlackJacket

      Seria bom poder equipa-lo também com um câmbio automático. Os air-bags poderiam ser de série.

      • Edson Roberto

        Os frontais são de série. Mas seria de fato otimo se pelo menos o Absolute já os dispussesse na versão. O legal no Linea assim como no Jetta (versão absolute novamente) é a possibilidade de colocar o interior claro.

    • Absinthe666

      realmente, olhei aqui e da para levar o essence com 6 air-bags por 56mil
      uma pena não ter câmbio AT de verdade

      • ViniciusDOCH1

        É um bom carro, essa semana numa concessionária aqui na minha cidade, estavam ofertando o Essence Dualogic completo (com todos os opcionais) + Side bags e Window Bags por R$ 55.000,00.

      • upside_down

        Garanto que o Dualogic é melhor que automático tradicional, já dirigi um carro com o câmbio Dualogic e aprovo.
        Melhor que Dualogic só o bom e velho manual mesmo.

        • ViniciusSantoro

          até parar na Oficina. Aí já são outros 500 ( ou mais ).

          • tiago90j

            eh e o automatico uns 7.500,00 auhauahuah

        • Edson Roberto

          Isso porque vc deve ter andado em carros automaticos mais antigos ou o AL4. Se andar em um Corolla ou Civic, verá que funcionamento do cambio é perfeito para o que se deseja e propoe. Eu nunca trocaria tais cambios pelo dualogic.

          • lmb1973

            Vc já teve algum carro com o cambio AL4? Eu tenho e, portanto, posso falar com propriedade: é um puta câmbio, meu carro tá com 50 mil km e rodando direitinho. Cambio automático é novidade para brasileiro que não sabe ainda utilizar um automático como tem que ser. Pensa que tem que ser igual ao manual. E, por ultimo, o AL4 teve seus problemas sim, e só piorou na mão daqueles que não fizeram a manutenção adequada. Infelizmente ficou o estigma dele, mas também, o Fusion 2009/2010 também teve problemas com o cambio, mas quem fala mal da Ford né?

            • Edson Roberto

              Bem… ter eu não tenho. Mas infelizmente já lidei e dirigi muitos carros com esse cambio. Para vc entender: Tenho um amigo de infancia que trabalha na PSA (e de onde consigo informações da empresa), tenho um mecanico que mexe em meus Citroen (possuo 2, um com cambio automatico 4HP14, leva anterior ao AL4) e que trabalhou na Peugeot por 7 anos e tem mais de 15 como mecanico e por fim meu pai era atendente de um centro automotivo onde permitiu que tivesse os conhecimentos e noção de problemas dos carros de qualquer marca.

              Vou dizer relacionado somente ao que eu acho do cambio AL4 ok? Acho ele um cambio lento, que não explora bem o motor e tem o pessimo costume de reter funções quando precisamos dela. Se for para pra pensar nos recursos que esse cambio possui, ele tem trocas sequenciais, tem diversos atuadores para definir como entregar a melhor forma de potencia em diversas situações. Exemplo: Segurar uma marcha forte em uma subida, reter marcha em uma descida ingrime e etc.

              Os recursos do cambio são atuais ainda que só tenha quatro marchas, mas o funcionamento me desagradou por completo. Me irritou os trancos de segunda para a primeira marcha quando necessária essa redução, me incomodou a lentidão em conseguir um kick down: Vc pisa até o final de curso do acelerador e depois de 1 segundo praticamenteele faz a ação… pode parecer idiota isso, mas é tempo de baixar rotação, perder o embalo e então ter aquela sobreforça por maior tempo consumindo mais. Apesar de não ter comprado um carro com esse cambio, já pude passar dias dirigindo. O que mais dirigi foi um Pallas seguido de um C4 Picasso. Para vc ter ideia, se não fosse por causa do comportamento do cambio, hoje eu estaria com uma C4 Picasso.

              Para mim, se ele estivesse com o motor THP seria o carro mais imbativel do segmento de minivans.

            • Edson Roberto

              Continuando…
              O Fusion V6 que seria apenas as versões V6 que eu compraria não pelo motor, mas sim praticamente pelos itens a mais do produto. Se estivesse com os mesmos itens de forma opcional, eu optaria pelo 4 cilindros.

              Quando o dirigi, o que talvez tenha ajudado no funcionamento do cambio é a possibilidade de um bom escalonamento que não deixa o carro moroso. Tanto que na cidade, é impressionante ver que o motor 4 cilindros praticamente não se diferencia em termos de entrega de potencia perante o V6. Ele realmente possui motores ageis e que entregam potencia de acordo. Mas veja… o modelo de 4 cilindros, tem um cambio totalmente capado em relação ao V6. Nisso até o AL4 tem mais recursos. Entretanto, veja que em ambos os casos (V6 da Ford e o cambio PSA) tem recursos que podem dar problemas.

              Tanto que hoje, eu não pretendo trocar de carro tão cedo, mas, sem duvida são coisas que fazem nós consumidores ficarmos com pé atrás. Veja, o DSG da VW tem feito barulhos e na China ocorrido travamentos do cambio. Acho que devemos ouvir os anseios dos clientes e se possível trocar cambios. Para vc ver, o AT9 que é atualização do AL4 e algumas reportagens como a Bestcars diz ser um novo cambio, tem melhor entrega de conforto em relação ao AL4. E ao contrário do que dizem aqui, eu gostei muito do 408 com esse cambio. Abraços!

              • lmb1973

                Edson, entendi seu ponto de vista. Concordo que o kick down dá um "lag" mesmo, vc pisa fundo e o bicho responde com 1 ou 2 segundos, o que de fato é complicado, mas quando pega, o giro chega a 5.000 giros, quase 6.000 (acabei de chegar de uma viagem e precisei desse recurso). Mas de fato, temos que concordar que a aura de cambio ruim que o AL4 não se justifica de todo. Eu tambem acho que o THP com o cambio de 6 marchas é imbatível, mas não teria problema em eu adquirir o 2.0 com 4 marchas (AL8). Mas valeu pelas suas explicações, para mim, foram até esclarecedoras. Continuamos contribuindo. Abraços!

        • emilioyn

          Claro que não! Mesmo um Civic 2000 tem um cambio automatico melhor que os DUAL LOGICs. Se sua analise foi somente o tranco, eu diria que este é o menor dos problemas, pois, o pior dos cambios automatizados mono-embreagem é que eles simplesmente ficam indecisos em certas situações.

      • Edson Roberto

        Uma pena mesmo. Só que esse valor vc fez em cima do cambio manual certo? ele com cambio Dualogic sai por R$59677,00.

        E eu mesmo já vi por R$58800 o Fluence CVT com bancos em couro.

        Mas é uma pena que o carro não tenha sofrido mais baixa. Uma vez que já chegou a ter o valor de R$49900. Se pelo menos fosse o Dualogic nesse valor de R$49900 (Essence) e o Absolute a partir de R$56700… creio que a Fiat chegaria a um valor interessante para o modelo. Pois daí com os itens opcionais chegaria a cerca de R$60000~R$61000, seria interessante para quem gosta do modelo.

        • ViniciusDOCH1

          Não, esse valor que eu citei foi de um orçamento que me foi passado ontem pela concessionária, R$ 55.000,00 no Essence Dualogic com todos os opcionais incluindo os Side Bags e Window Bags.

  • ViniciusDOCH1

    Na verdade ele é um carro injustiçado. Na prática, você consegue levar um Absolute por R$ 58.000,00 e com certeza é um ótimo preço pelo que ele oferece.

    • Dragoniten

      Injustiçado? Não é por nada não, mas tendo por Fluence 2.0 manual com 6 airbags, AC dual-zone, rodas 16" e isso e aquilo por apenas R$57.850,00, pra comprar um Linea tem que ser muito tapado ou desinformado. Até porque existe um abismo entre a motorização do Linea e a motorização do Fluence, tanto em performance quanto em consumo.

      • ViniciusDOCH1

        Vai ao gosto do freguês. Pelo mesmo valor que você paga no Fluence eu prefiro pegar um Linea Absolute Dualogic com os Window Bags e Side Bags, custando o mesmo que o Fluence.

        • Tejolo

          Levando menos motor, menos qualidade de acabamento, menos conforto, e o mesmo número de air bags…. não ví a vantagem. À não ser que tenha a questão do tamanho da garagem, pois o fluence é bem maior que o linea.

        • Dragoniten

          Como nosso amigo disse acima, o Linea é uma escolha muito insensata. O que o Linea tem a mais que o Fluence? O câmbio automático realmente falta, o CVT acaba saindo por 63 mil, porém o Fluence tem MUITO mais motor, como já falei, tanto em performance quanto em consumo. Design é uma questão de gosto, mas prefiro o Fluence. E bom, o Fluence tem mais presença que o Linea. O Linea parece um Punto evoluído, sedã, o Fluence parece até maior que a maioria dos sedãs médios.

          • duhehe

            Isso é verdade .. quem anda de Linea passa a impressão de ou carro foi dado pela empresa ou é da locadora.

            Já o Fluente passa a mensagem, "ao invés de comprar um Corolla ou Civic comprei essa mandioca", mas esta no mesmo nível.

            • Dragoniten

              O Fluence tem o melhor consumo da categoria, e o desempenho também é excepcional, considerando o peso da barca.

              Mandioca? Falando isso deu a entender que você prefere Civic ou Corolla. Argumente :)

      • danieldourado_2

        Mas Fiat é querida do Brasil e Renault é Francesa vagabunda.

        • Edson Roberto

          Bem… pela querida Fiat e pelo Fluence da vagabunda…. eu prefiro a vagabunda mesmo.

          Se não quiser a vagabunda tem a lixão da Peugeot que oferta a versão Feline do 408 pelo mesmo valor do Linea Absolute (no valor de tabela).

      • duhehe

        Por esse valor já vi também alguns Cruze manual que ninguem quer.

        • Dragoniten

          Hahahaha, mas convenhamos né cara, Cruze com aquele motor meio manco 1.8 e "pelado", tem que ser bobo pra nao pegar o Fluence, ou realmente gostar muito da GM/desenho do Cruze.

          • duhehe

            Eu pegaria o cruze ou um Jetta manual, jamais compraria um Fluence, por não gosto do interior do carro e acho a renault a marca mais sem vergonha que tem ( consegue ser pior que fiat, só não é pior que as chinesas)
            Mas isso é a minha opinião, tem gente que adora renault, de fato da renault só compraria o Clio e a Megane GT , o resto da linha é zuada demais.
            Mas infelizmente sou uma exceção já que esses carros que citei foram tirados de linha ou capados pq não vendiam e foi colocado opções da Dacia que são a raspa do coco de cachorro em forma de carro e, que estão vendendo super bem.
            Afinal brasileiro ADORA carro, ops Carroça.

            • Dragoniten

              Podia jurar que o Fluence havia sido desenvolvido pela Samsung…

              • duhehe

                E foi , mas até ai .. qual tradição tem a samsung no mercado automotivo.

                Primeiro carro que vejo que foi desenvolvido por ela.

                • Dragoniten

                  E agora precisa ter tradição pra fabricar carro bom? Boa mentalidade de comprador de Gol.

                  E outra, você falou que o problema era a Dacia, e agora Samsung também é "raspa do cocô de cachorro"? Por que?

  • livecajo

    O brasileiro tinha que parar de comprar ate as concessionarias derem mais descontos, mais lança um carro novo todo mundo lota a fila, que nem o hb20 acho o carro bonito mais poderia vir abaixo dos 30mil a versao de entrada e no maximo 40 a mais completa mais nao é assim e sabe quando vai mudar nem tao cedo pois ta vendendo muito

  • atl77

    Num vejo nenhuma vantagem desse carro de seus concorrentes.

  • upside_down

    Para mim o Linea morreu quando extinguiram a versão T-Jet, que era a mais interessante.

    • Edson Roberto

      O problema era a falta de uma nova opção automatica que sempre faltou ao otimo motor.

      Ter as duas opções ao consumidor poderia ter feito a diferença para a versão.

    • mho

      x2
      Estava pensando pegar um destes agora em Dezembro, mas tirei da lista.

      • Herbet23

        Peguei, a 3 meses, um usado 2008/2009, azul, completo de tudo… to satisfeito. paguei 40… o antigo dono o pegou por 78.

        • mho

          O loco, justamente a cor que queria.
          Parabéns!

  • spock_cwb

    Infelizmente a redução foi muito tímida para poder se esperar alguma diferença na quantidade de unidades vendidas. Na minha opinião, somente um desconto de 15% ou mais poderia trazer alguma mudança na participação do Linea no mercado.

  • Felix_S

    Se a Fiat tivesse assumido o Linea como Punto sedã talvez não tivesse fracassado. O povo não é mais tão tolo assim

    • Edson Roberto

      O problema foi justamente esse. É um carro que só cresceu em comprimento mas que continuou na largura de um compacto. E ainda, a semelhança é totalmente vista por mais que tivessem tentado mudar a grafia do interior.

      Mas é aprendizado para a Fiat não tentar enganar o consumidor com um modleo que deveria custar menos. O mesmo vale para o Polo sedan.

  • Herbet23

    Acho que o preço justo da absolute seria 59.990… É uma pena não termos mais o T-Jet, que é o meu carro e o comprei usado. Pois ele anda muito bem e tem se mostrado bem econômico. Ah, e o T-Jet custando o mesmo preço do absolute, claro.

    • ViniciusDOCH1

      Mas você ja encontra nas concessionárias unidades do Absolute com desconto custando R$ 58.000,00.

      • Herbet23

        59 sem o choro básico… pq aí poderíamos comprar por 55.. 54… 53…

  • rafaelbsr

    O problema do Linea é que o mercado não " engoliu" o carro com sedâ médio (principalmente a imprensa, mas não estou discutindo aqui quem tem razão). Se tivesse uma redução de preços maior acho que venderia mais, porque como a imprensa aponta, os concorrentes do Linea são Polo Sedã e City (tem motores mais fracos e são menores, só o Polo é um pouco mais barato), mas carro da Honda no Brasil é sinônimo de status, então muita gente paga um preço alto pelo City…

  • GUGASP

    O Linea é um carro absolutamente sem graça, sem sal e nem açúcar.
    E o posicionamento dele no mercado está errado. Se fosse mesmo para concorrer com Civic, Corolla, Cruze, Fluence, etc..deveria oferecer mais atrativos no conjunto mecânico.
    Põe o motor 1.4 turbo com uma transmissão automática decente pra ver se as vendas não aumentam bastante!
    Não é por nada, mas qualquer AT tradicional de 4 marchas da década de 90 é superior àquela gambiarra Dualogic da Fiat.
    Pelo jeito, a Fiat deveria se concentrar em vender carros até R$ 50 mil, Uno, Palio, Siena, Strada, são as únicas coisas que dão ibope na Fiat.

  • jnasser

    "Não é por nada, mas qualquer AT tradicional de 4 marchas da década de 90 é superior àquela gambiarra Dualogic da Fiat. "

    Assino embaixo. O comprador de um carro desses quer conforto.

    • Edson Roberto

      Entretanto, eu prefiro o dualogic no lugar do AL4 da PSA.

  • GuiKiev

    Palavra de quem tem um há mais de 03 anos e com quase 50.000km rodados O carro é excelente, robusto, confortável, silencioso (não no motor, que como bom italiano berra pra caramba em altas) e cheio de mimos. Ainda mais se vem com o Blue & Me NAV, que é perfeito, e mais uma vez, quem tem sabe do que falo, quem não tem vai meter pau pq não tem lcd enorme no meio do painel, chamando a atenção de terceiros e tirando a atenção do motorista. Os vidros laterais laminados deixam um silêncio excelente na cabine, dá para ouvir som num volume moderado (que aliás é de ótima qualidade mesmo original), e ouvir direito a música. O carro não dá problemas mecânicos e mesmo o dualogic é excelente dentro da proposta.
    Eu fico de cara com pessoas que tentam impor suas preferências sobre os outros. Para mim, o dualogic atende a minha proposta de enfrentar o dia a dia com conforto e sem ficar com a perna esquerda dolorida de tanto acionar a embreagem. E eu trabalho com o carro pra cima e pra baixo. Ar digital, sensor de ré, comandos no volante de som e bluetooth, comandos de voz, onde se você ver um número na rua e quiser ligar é só ditar o número que o sistema entende. Se quer ligar para alguém, não precisa ficar procurando contato na agenda, é só falar o nome da pessoa, pois a agenda do celular é transferida para o carro. Enfim, é um excelente carro que o preconceito patético das pessoas que nem nunca andaram em um impede que estes o conheçam.

    • Edson Roberto

      Mas é ai que está. Olha o que vc disse… ele atendeu sua proposta de fazer com que vc tivesse mais conforto.

      Voce nao veio como muitos aqui apontando como se o Dualogic em si fosse o suficiente para dizer que o Linea é bom ou ruim devido a isso. Voce disse sobre a proposta que vc avaliou corretamente.

      O que me deixa incomodado, é nego querer se fazer como se um carro seja qual for, fosse o perfeito. Só um ponto que não concordo contigo é relacionado a uma central multimidia. Não acho que quem possua o dispositivo saia se atrapalhando pelo tamanho da tela e muito menos fique distraido por conta disso.

      Da mesma forma que vc cita o Blue & Me que é uma funcionalidade onde vc fala o que deseja para ter a função, quem possui um Jetta por exemplo, gosta também da funcionalidade touchscreen. Vou um pouquinho mais além e não acredito que o Fusion que tem o Sync como função bem parecida com o Blue & Me seja distração e sim comodidade.

      Mas é interessante sua avaliação sem puxar sardinha e sim dizendo sobre as suas considerações positivas e talvez negativas do modelo.

      • GuiKiev

        Eu concordo contigo, acho que me expressei de forma errada, realmente uma central LCD é um plus, mas não sinto falta dela, seria legal, sim, mas acho que isso chama mais atenção de pessoas para arrombar o carro de repente e de certa forma, você vai acabar desviando a atenção do volante para olhar o mapa, numa ocasião de uso do GPS. Enfim, seria interessante? Certamente seria. Faz falta? Não, não faz.

        • Edson Roberto

          É justamente isso que me faz voltar atrás de comprar uma Central para o meu C3. Não me faz falta. Tudo que eu preciso, meu "simples" som CDX 707 da Sony possui.

          Saida (3) de 4 voltas, equalizador de 10 bandas e cortes de filtro em baixa e alta… tudo pelo aparelho! Me lembro qdo o instalador não tinha onfigurado o modulo… apenas configurei o aparelho…. ele tocava legal! Mas como os alto falantes são de baixa potencia (60w rms) preferi o corte pelo sub já que a cada dois alto falantes usam um canal (pois os outros 2 estão para o sub).

    • ViniciusDOCH1

      Excelente relato! Breve estarei comprando um Absolute, sempre gostei do carro e depois de ter feito um test drive com o Dualogic Plus, deu pra perceber que evoluiu muito, o grande ponto é que a indecisão das trocas de marcha sumiu, o cambio parece ser outro, muito mais refinado.

  • GilcimarChina

    Quem fala mal do cambio dualogic é justamente aquele que nunca andou em um para dar uma opinião sensata sobre o automatizado. Falar que esse cambio é uma gambiarra para os países em desenvolvimento demonstra total ignorância do brasileiro ante a evolução dos cambios desse seguimento. Nessa vida não é só cambio automático que impera, não.

    Possuo um cambio dualogic, no Stilo, e não pretendo ter um carro manual tão cedo na minha vida. O conforto é outro, o prazer é outro, a comidade é outro, a sensação de dirigir é outra… tudo muito melhor.

    O cambio dualogic, easytronic e i-motion são melhores que o automático? NUNCA, MAS NUNCA MESMO. Entretanto, é uma excelente opção de venda, com um custo de certa forma atrante para esse país em que tudo é caro. O câmbio dualogic me custou R$ 2.100,00. Um automático não sai por menos de R$ 4.300,00 em carro que o tenham. São mais de R$ 2.000,00 que podem fazer a diferença no bolso.

    Ou seja, é uma excelente opção de venda para aqueles que querem eliminar o pedal da embreagem. Recomendo, e muito, o cambio automatizado. Hoje em dia nem existe mais esse negócio de tranco. Só sente o tranco quem quer realmente senti-lo para ficar criticando sobre sua rea funcionalidade.

    • MecanicoDigital

      O engraçado é que, mesmo com toda essa propaganda que os automatizados são mais baratos que os automáticos, o Linea ainda consegue ser mais caro do que alguns de seus concorrentes automáticos …

      • Edson Roberto

        É isso que eu penso. Eu iria até abrir um comentário para todos dizendo sobre isso.

        Já vi e conversei muitos taxistas que tiveram problemas com automatizados e digo com toda certeza…. ele não é tão barato como dizem de manutenção. Não a toa, alguns tiraram o tal camboi para colocar um manual devido ao alto custo. Em um automatico, se bem cuidado, é cambio até o momento de venda de um carro.

        E posso dizer com certeza isso, por já ter visto Civic, Corolla, Livina e Zafira com alta quilometragem e o cambio funcionar perfeitamente. E a manutenção? Cerca de R$450 a cada 40000km. Considerando que já vi esses exemplares com mais de 250000km e os automatizados dando problemas com menos de 80000km, fica claro que se for depender dos tempos de manutenção, no final, o automatizado sai mais caro.

        Além disso, para baixar um cambio automatico por problemas, geralmente se não for o AL4, somente cambios que maltrataram ou tiveram problemas pontuais para gastar um absurdo.

        • tiago90j

          da mesma forma que vc jah viu automaticos com 250 mil funcionando perfeitamente, eu ví um civic 2002, com 150 mil km, super bem cuidado, de ex funcionario da honda, quebrar o cambio e ficar 7.500 reais o conserto. são casos e casos…

          • MecanicoDigital

            Também já vi Saveiro quebrar o câmbio com menos de 30.000 e o conserto ficar em torno disso. Um ou outro caso isolado vai, o problema é que a frequência das quebras dos automatizados expõe de forma inegável a fragilidade do sistema. Não que todos os carros automatizados vão quebrar logo na esquina, pois existem relatos de gente que já teve (ou tem) e nunca deu problema … Mas também existem relatos de gente que se deu muito mal com a escolha, pois o câmbio quebrou precocemente, e o conserto não ficou barato como se pensava.

            • Edson Roberto

              E hoje mesmo com o cambio automatico tendo mais tempo de uso no Brasil, tirando o AL4, é mais facil encontrar reclamações relacionadas a problemas nos cambios automatizados do que os automaticos.

              Esse é outro ponto importante e interessante a constatar.

        • MecanicoDigital

          Bem por aí. Vantagem mesmo, na prática é nenhuma, já que sempre tem na concorrência um equivalente automático, por vezes melhor e até mais barato.

    • ViniciusDOCH1

      Excelente comentário. O problema das pessoas é quererem comparar o nível de refinamento do robotizado com o do automático tradicional, ai companheiro, sinto lhe informa que é uma comparação absurda! Mas o Dualogic ou Dualogic Plus, esta sim cumprindo a sua proposta de dar descanso ao pé esquerdo. Até porque o Dualogic não promete o mesmo conforto do automático tradicional e sim, a mesma comodidade de não ter que usar o pedal da embreagem.

    • duhehe

      Eu já tive i-motion e falo nunca mais compro esse lixo !

      Automatico com conversor de torque para sempre !

      "Só sente o tranco quem quer realmente senti-lo'' você moldou seu jeito de dirigir para não sentir a troca, eu sou um pouco mais intransigente nesse sentido, é o carro que tem que se moldar ao meu uso e não ao contrario.

  • PONCIO PILATOS

    não é um carro ruim. é mal feito. tive um. não quero mais. câmbio soluçologic, jamais. hoje tenho um AT 4, mas nem em sonho se compara…. bye linea, sem saudades…

    • Cristiano_RJ

      E os Fiat-fanboys ainda vem defender com unhas e dentes esse câmbio "soluçologic" e tem coragem de criticar os câmbios automáticos de 4 marchas… mal percebem que talvez essa seja a principal razão para Linea e Bravo patinarem em vendas. O público desse tipo de carro anseia por mais do que Dualogic, Easytronic e i-Motion. Estes são ótimos em carros na faixa dos R$ 45.000, mas não em carros acima de R$ 50.000. A concorrência já percebeu isso. E a Fiat?

  • subzero99

    Se baixasse mais uns 4 ou 5 mil, ficaria condizente com a qualidade do veículo.

  • http://www.antoniodejulio.com.br Antonio De Julio

    Tem que ganhar uma redução de Ego, isso sim

  • Diggo

    Frente a concorrência ele é um bom carro, eu compraria ele ao invés de City, Fiesta e Sonic. A Fiat poderia mudá-lo, pra ficar igual ao turco/chinês e colocar o interior novo do Punto. Ai ficaria bom.

  • gusgm

    Esse Punto sedã precisa ficar mais uns 10mil mais barato para ser bom negócio. Além é claro de ganhar o interior do Punto renovado e um câmbio automático de verdade como já disseram acima. Se até o Onix vai ter cambio automático de 6 marchas é obrigação dos carros no patamar acima dele terem tb. Outra idéia para baratear seria deixar o motor 1.8 apenas para as versões mais caras. O 1.6 da Fiat deve dar conta desse carro muito bem, e ser mais econômico.

    Uma péssima estratégia da Fiat que acabou matando o carro. Que era para estar vendendo mais que o Cobalt.

  • Vitão

    Mas q desconto mais mixuruca….. Aê FIAT, baixa mais os preços q tem mais gordura pra queimar nesse carro micado……

  • adriano1989

    É estranho a fiat não ter feito um facelift no linea 2013 que está com as vendas lá embaixo!!! Isso indica que ele certamente será substituído pelo viaggio em breve!!!!

  • Nine Eleven

    Não vai demorar muito pra Fiat aposentar esse "novo Tempra".

  • beierenio

    Quando do lançamento do Línea fui convidado pela Fiat a fazer o Demo-Drive, onde me foi cedido um Línea Absolute por 3 dias. O carro era top linha, com todos opcionais possíveis. Achei o carro confortável mas não gostei do câmbio automatizado, as trocas de marcha não eram suaves, sempre havia um tranco. De resto achei o interior bem acabado, silencioso, com bom espaço para quem vai no banco de trás e relativamente econômico. Na época fiquei bem tentado a adquirir um mas já não o faria hoje pois o Línea me passa a impressão de carro com design ultrapassado.

  • carrosempre

    Apesar de ser menor, prefiro o New Fiesta Sedan pelo mesmo preço, bem mais equipado. Já a versão Absolute, prefiro levar um Fluence mesmo.

  • feacomm

    mas que disconto medíocre…

  • ocduarte

    Ou melhoram as vendas ou estamos perto do fim da vida do Punto Sedan.

  • mademg

    Pessoal quer comprar Linea a preço de HB20…até a própria FIAT reconhece o alto índice de rejeição, mas bom senso e canja de galinha não fazem mal a ninguém…Os hermanos da Argentina já tem o novo Doblò, Qubo e Fiorino Qubo, vamos ver o que vem pra gente (os que não a rejeitam).

  • Arnaldobsb

    Gente. Pelo amor de Deus. Não comparem câmbio automatizado com automático. Cada um tem suas caracteristicas e seu espaço no mercado.
    Um carro de câmbio manual custa X, um automatizado custa X+ R$2.300,00 em média, já um automático custa X+ R$4.000,00 em média. Eu comprei um Bravo Sporting Dualogic, paguei R$2.300 no câmbio, ele passa as marchas sozinho, me tras conforto, e quando quero dirigir trocanco as marchas posso colocar no moso S, e trocar nas borboletas atrás do volante ou alavanca do câmbio, ou seja, vale cada centavo que inesti. Claro que um automático ia ser mais suave, mas iria ser um investimento um pouco maior. Acho os automáticos melhores, mas estou contente com o Dualogic, pois investi um pouco mais e tenho conforto e esportividade. Vocês reclamam, reclamam, mas até pouco tempo atrás, A Ferrari usava cambio automatizado de uma embreagem só, outro nível de câmbio, sem comparar com o da fiat, mas era monoembreagem. Audi R8 por exemplo, só veio utilizar câmbio automatizado de duas embreagens na linha 2013, ate então era de uma embreagem só. Então antes de falaram bobagem, entendam os tipos de câmbios existentes. AUTOMATIZADO da de 10 a zero no manual, e AUTOMÁTICO é muito melhor e mais suave nas trocas de marcha no dia a dia do que o automatizado. Cada um no seu quadrado.

    • lmb1973

      É isso, assino embaixo (literalmente). Cambio automatizado é um cambio normal onde um "robozinho" faz a troca das marchas por voce. Como é que o povo não entende isso!

    • Yusks

      Tenho um Linea Dualogic a 3 anos. Posso dizer que o câmbio funciona perfeitamente, se quizer troca manual é só desligar o automático. Tive a oportunidade de ficar um mês com um Corolla e não gostei da sensação de "patinar a embreagem" ao acelerar. O Linea, para mim, sem dúvida é o melhor custo beneficio. òtimo carro.

  • imagemdigitalcv

    Andei em um punto novo automático outro dia, não estava dirigindo mas rodei dentro do carro por Cuiabá por mais de 3 horas com certeza e não notei nenhum desconforto ou tranco, vou até pedir para dirigir da próxima vez pois tive uma impressão bem diferente da maioria dos comentários acima, estou até pensando em comprar um agora…não é um automático mas notei que o conforto é semelhante e o carro rodou bem suave….

  • kikofar

    A versão Absolute desse bom carro, deveria custar não mais de 55 mil reais. Isso desde sempre! Para um carro que SEMPRE vendeu mal, ainda assim cobrar esses preços (que dizem ser "reduzidos"!!!) demonstra falta de vergonha na cara mesmo!!!

  • Silbenster

    Isso tá com cara de saida de produção!!!