Fiat Mobi é visto novamente em Minas Gerais e Pernambuco

30/01/2016

fiat-mobi-betim-6

O Fiat Mobi será o segundo grande lançamento da marca italiana para o Brasil em 2016. O primeiro é a picape Toro, que será conhecida completamente na segunda quinzena de fevereiro.

fiat-mobi-betim-4

No caso do Mobi, o subcompacto de entrada da Fiat continua seus testes na capital mineira e imediações, especialmente em Betim, sede da montadora. Além disso, também está sendo visto em Pernambuco, nesse caso na cidade de Bonito, onde também havia unidades de testes do Renegade e Toro.

fiat-mobi-pernambuco-1

Com camuflagem leve, o hatch agora quer ser visto, a fim de atrair o interesse de futuros compradores. Um dos atributos do produto será o preço, em torno de R$ 30.000. Com o aumento constante nos valores dos carros, pagar menos para ter um novo é o desejo de muitos. No entanto, a Fiat vai apostar em detalhes exclusivos no Mobi, a fim de atrair o interesse do cliente para o novo popular.

fiat-mobi-pernambuco-2

O propulsor de três cilindros ficará para mais adiante, deixando o conhecido 1.0 Fire Evo em seu lugar. Câmbio manual, ar condicionado, direção hidráulica ou elétrica, vidros e travas elétricas, sistema de áudio com Bluetooth, rodas de liga leve, pacote de acessórios e finalmente uma versão Way, devem fazer parte do conteúdo do Fiat Mobi.

Galeria de fotos do Fiat Mobi:

Agradecimentos ao Pedro Lima e ao José Maurício Júnior.













  • Clovislauro

    2016 será marcado por lançamentos bem de republiqueta das bananas.
    Fiat Mobi
    Renault Kwid
    Chery QQ nacional
    Golf Dilma (sem DSG, sem multilink, e sem TSI no de entrada)
    Gol e Voyage G7 igual ao G6

    Para quem não acreditou nesta republiqueta e mandou dinheiro pro exterior teremos boas opções
    Honda Civic
    Chevrolet Cruze;
    SW4 .

    • Rodrigo A.

      Cada um só tem aquilo o que merece. O dia que o Brasil for um país digno, teremos carros à altura do mesmo. E não estou falando de partidos políticos ou propriamente dos políticos, e sim do brasileiro como um todo, precisa melhorar e muito.

      • Denis

        Tenho 3 perguntas……

        “De seu ponto de vista, o que seria um Brasil digno?????”
        “Como descreveria um Brasil digno para uma sociedade?????”
        “E que você faria para que o Brasil a venha a ser um país digno?????”

        • Tosoobservando

          Diminua os impostos de importação ae vc vai ver o que é um Brasil “digno”, invasão de importados, disputa ferrenha de preços, opções de motorizações equipamentos.

          • Tosca16

            Se diminuir os impostos vão ter é gente comprando carro chinês, ou esse povo não acha que se pudessem concorrer sem a carga tributária absurda Chery, JAC, Geely e outras tantas marcas chinesas não trariam os seus mais novos produtos ? Imagina só um Great Wall H6 1.5 turbo aqui custando o mesmo de um Duster 1.6 .

            • Tosoobservando

              Concordo teria uma invasão destes jipinhos chineses a preço de hatch de entrada no Brasil, iria simplesmente quebrar nossa industria. Eu prefiriria o Haval H1.

              • Tosca16

                Belíssimo modelo, vou dá uma olhada ! Eu imaginando um Tiggo 5 1.5 turbo pelo mesmo preço do atual Tiggo 3, quebraria sim os concorrentes, não por que a Chery seria líder mas por que ela teria X% , outra chinesa mais X% e assim por diante .

                • Tosoobservando

                  Toda linha da GWM Haval é muito bonita e eles tem versões disputando no Paris-DAkar.

                • Tosoobservando

                  Toda linha da GWM Haval é muito bonita e eles tem versões disputando no Paris-DAkar. Olha que interior.

                  • Tosca16

                    Depois reclamam das marcas chinesas … há de tudo, de ruins cópias a excelentes produtos; ruim é nosso mercado onde nem as chinesas trazem os seus melhores produtos .

                    • Tosoobservando

                      A unica maneira de trazerem os melhores produtos em sintonia com la fora seria aqui cairem a maior parte das barreiras comerciais, que em certo aspecto seria bom para o consumidor, mas sim, quebraria a a ja combalida industria nacional, pouco competitiva.

                    • Tosca16

                      É, nem sou tão favorável a ‘invasão” nem ao protecionismo exagerado que o governo pratica, acho que um pouco mais de liberdade poderia beneficiar ambos os lados, dos consumidores e das montadoras; se uma Fiat quer trazer por exemplo um modelo Y vindo da Índia por exemplo que o traga, mas que também uma empresa não consolidada aqui possa fazer o mesmo ou via importação independente . Claro que limitando o que for necessário para manter os empregos aqui também, diminuindo sem dúvidas os custos na importação de peças e produtos .

                  • Tosca16

                    Não vou postar o link por que demoraria horas para ser moderado, pesquise Chery cn que aparecerá o site chinês da mesma; vê lá a diferença até mesmo com o site internacional da mesma. Mostrando os modelos turbo, a linha Arrizo 3 , as diversas opções de produtos …

              • FearWRX

                Parece um Ecosport com grade de Hyundai

                • Tosca16

                  Só de cara parece ser melhor que o Eco e o Tucson que temos aqui kkkk .

          • Pacheco

            Como estava ocorrendo, a JAC ganhando mercado e os Importados mexendo com os modelos nacionais. Porem o Brasil aceitou a pressão dos fabricantes locais e aumentou o Imposto dos importados e matou as revendas, importadoras e distribuidoras importadas.

        • Rodrigo A.

          1ª Um país que respeita o que é pra ser respeitado.
          2ª Onde a educação é a prioridade.
          3ª Eu não faria, eu faço. Respeito as pessoas, as leis criminais e as de trânsito, respeito a natureza e etc. Tudo isso que eu disse é meio clichê, mas é a pura verdade, se cada um fizer a sua parte, teremos políticos mais honestos e consequentemente um país melhor.

          • Marco Antônio

            Realmente, o normal virou clichê!

            • Rodrigo A.

              No Brasil os valores estão invertidos, você se sente tonto fazendo o certo, quando a maioria faz o errado. Por exemplo, o sinal de trânsito para pedestres, quando não vem carro a maioria atravessa com o sinal vermelho mesmo e quem espera, parece que fica com cara de: ” a lá o bobão esperando o sinal abrir!”

              • Alvaro Guatura

                Exatamente Rodrigo, isso que é bom nos EUA
                Alguém que simplesmente atravessa a rua fora da faixa não é espertão, como aqui, é um idiota mal visto por todos, inclusive pela polícia que efetivamente aplica multas.
                A cultura aqui mostra que só veio bandido português mesmo. Educação vem de berço, mas os pais aqui não colaboram

              • Marco Antônio

                kkkkkkk sou da turma do bobão! Odeio riscos desnecessários.!

          • Denis

            Senti firmeza da sua parte!!!!! (Cidadão Brasileiro).

        • Minerius Valioso

          Rasgue a Constituição, abra o mercado às importações, disponibilize um ambiente favorável ao empreendedorismo e uma moeda confiável.

        • Guilherme Luque Henriques Dias

          Amigo, um Brasil digno seria aquele país em que o povo primeiramente pensasse e respeitasse o espaço e a opinião do próximo. Segundo, parasse de achar que é a última bolacha do pacote. Terceiro, deixar de ser invejoso e compulsivo. Quarto, largar de vez essa parasitose que é o “jeitinho brasileiro”, de querer sair ganhando vantagem em tudo. Por último, não menos importante, valorizar seu voto, oportunidades, pessoas, seu dinheiro e seu suor.
          Todos estes pontos que citei acima é o básico de civismo e cidadania que grande parte do povo infelizmente não tem. ;)

    • Tosca16

      Eu não sou contra carros de entrada, salvo algumas ponderações com a segurança de alguns destes modelos; agora bom, carro de entrada por mais de 30 mil reais é duro, aí sinceramente não tem quem defenda o nosso mercado . E outro contra é a motorização que insistem em continuar utilizando motores da década passada, Fiat ia lançar com um motor mais moderno, já voltou atrás … aí depois que eu digo que o New QQ nacional me parece mais carro dizem que sou do contra; estava hoje falando com um do Clube do QQ, que se a Chery fizer o mesmo que fez com o Celer chamará a Delphi e reprogramará o motor 1.0 Acteco do New QQ para dá mais potência, eu não duvido que o motor flex do New QQ nacional possa dá até 75cv no Etanol, sendo que hoje ele rende exclusivamente movido a gasolina 69cv e 9,4 Kgfm a 4.000 rpm .

      • V12 for life

        Motores da década passada aqui os FIRE já equipavam os carros europeus no final dos anos 70, ou seja são tão velhos quanto os GM.

        • Tosca16

          Né isso ? Depois reclamam de carros da JAC e Chery por exemplo …

          • automotivo

            Você tem que modelo?

            • Tosca16

              No momento nenhum, mas estou quase que na fila para o New QQ nacional; fui lá na revenda aqui e de boas, se não for muito superior possa ser que vá de importado, vou ver os descontos, creio que não venderão as unidades importadas antes de chegar o nacional que me falaram março ou início de abril . Já dirigir um QQ, se não fosse as batidas secas da suspesão era um carrinho legal, mas bom, nos fóruns tem dicas de como resolver isso.

              • automotivo

                Rapaz.. Eu trabalho com auto peças há 28 anos, É sinceramente, estou preocupado com a invasão das autopeças chinesas no Brasil. Mesmo custando em média 50 por cento em média, ou menos, mesmo assim custa caro em relação às ‘ ‘nacionais’ (que na verdade são multinacionais), pelo baixissina qualidade dos produtos, pela durabilidade das peças. Qualquer mecânico sabe disso. O pior que essas multinacionais estão deixando de fabricar aqui e importando produtos chineses com seus logos, com o mesmo preço. Eu mesmo tenho uma L200 que tem muitas peças importadas, Mas evito o máximo de aplicá -las em carro., somente em última instância. Agora imagina se esse QQ seja montado com essas mesmas peças. Pesquise um pouco e Vera.

                • invalid_pilot

                  Assunto complicado esse.. Mas tem muita marca das tradicionais vendendo peça de durabilidade duvidosa em concessionaria… Fora isso preço das nacionais sobem iguais aos preços dos carros e tudo mais

                  • automotivo

                    Por exemplo. Uma só apenas…

                    • invalid_pilot

                      Fiat com correias que ressecam rápido e começam a fazer barulho… Outro ponto que você deve saber é que tem muita peça falsa no mercado e muitas vezes vendida em concessionaria

                    • automotivo

                      Correias fabricadas para podem ser as mesmas fabricadas para vw. Continental, danço, gates, etc… suponhamos que elas lpodem ressecar em outros carros.

                    • Murilo Soares de O. Filho

                      Os fabricantes de correias são os mesmos para todos…

                • Tosca16

                  É complicado comparar peças de reposição paralelas as peças devidamente inclusas nos carros, bom, é claro que um New QQ mesmo nacionalizado não irá ter as melhores peças em tudo mas não estará muito abaixo dos populares, é só ver o Celer nacional usando peças da Bosch, Delphi, Continental … bateria Moura e etc . A queda de qualidade nas peças é geral, independente a marca ou montadora ao meu ver, as montadoras hoje estão cada vez mais parecidas nos seus respectivos fornecedores de peças, mesmo a Chery trazendo as autopeças chinesas para cá não terá também muito além de algumas peças de marcas desconhecidas por nós mas em sua maioria terá peças das mesmas que equipam os concorrentes . O que falta ao meu ver aos chineses é refinamento, coisa que só os anos darão a sua indústria, de resto não vejo tantos problemas assim em carros mesmo importados da China em relação aos nossos “nacionais”, bom podemos creditar a falta de qualidade nos populares nossos também .

                • Tosoobservando

                  Eu acho estranho essa sua fala pq uma das regras do INOVAR Auto é que pelo menos uns 70% do carro tenha peças feitas aqui no Brasil. Então não sao chinesas ne, serao locais.

                  • Tosca16

                    Eu fui ver o Celer nacional, com apenas 35% de nacionalização ele tem pneus Pirelli, bateria Moura, injeção eletrônica é Delphi, se não estiver enganado a bomba de combustível é Bosch … sério que diabos o pessoal cisma, a montadora é chinesa mas as peças não são de outro mundo não meu povo … E o motor da Acteco não é lá estas coisas, mas também não é tão ruim quanto alguns que temos no mercado.

                    • automotivo

                      Você acredita em 70 por cento de nacionalização? Boa sorte pra vc com seu QQ.

                    • Tosca16

                      Não mas uns 40% sim, e bom, eu espero a nacionalização nem tanto pelo conteúdo de peças nacionais e sim pela melhor montagem e tropicalização dos produtos; além é claro que este New QQ virá flex, odeio motorização Flex mas é o melhor a se ter por causa do teor de etanol no nosso combustível.

                    • automotivo

                      É só um chute, acredito q 30 por cento ou menos, do contrário eles perderam a competitividade no preço final do produto (se bem que o dólar já fez isso.). Mesmo assim as peças pra reposição ficarão mais caras para o consumidor pois como o carro não vende não será importado ou produzido em grande escala.

                    • Tosca16

                      A manutenção do QQ é relativamente barata, é só ir nos fóruns pra ver isso; além das peças originais da Chery tem paralelas de boa qualidade ou até superiores no mercado. E é um carro simples em tudo, tem muita adaptação que é feita pelos proprietários; aqui mesmo tem muito QQ antigo com rodas aro 14″ e amortecedores Cofap, acho que é o mesmo que se usam em Fuscas, e para com o batimento seco das primeiras unidades .

                    • automotivo

                      Não conheço paralela chinesa de Boa qualidade, diga-me só uma marca ou fabricante chinês, uma só.

                    • Tosca16

                      Bom, vou pesquisar … Agora também me recordo de ter comprado peças de marcas conhecidas e ao ver a embalagem tinha made in PRC .

                    • Fernando S.

                      Boa sorte. Vai na fé e compra o chinês, depois não diga que não foi avisado que não consegue vender o carro (ou conseguir vender com valor de 50% abaixo da tabela dele). Compra por 35 mil e daqui 5 anos ele vale 10 (se alguém quiser comprar).

                    • Tosca16

                      Vc’s vivem em outro mundo só pode, recentemente vi um Face ser vendido por R$ 17.000,00 … oxe, eu sei disso, claro que se fosse na intensão de trocar de carro iria num modelo que desvalorizasse um pouco menos, não quero dizer que iria num VW peledaço ou Fiat por exemplo; muito bom um que me empurraram, um Uno Vivace 2p …

              • Murilo Soares de O. Filho

                Chinês, esquece…Se eu ganhasse vendia a baixa do preço só pra passar a bagaço adiante.

        • automotivo

          Ainda é fabricado na Europa.

      • Fraga

        Eles não deveriam ser considerados “carros de entrada”, mas sub-compactos, bem equipados, de uso urbano. Nosso mercado carece de alternativas pequenas e de baixo consumo.

        • Tosca16

          Sim, equivocadamente os colocamos como de “entrada”; é o que eu digo do Uno por exemplo, como proposta é anos luz melhor que um Pálio da geração passada, mas na prática nem tanto … Sou sim defensor dos compactos, carros para o uso urbano, pequenos, econômicos e ágeis; prefiro um New QQ ou March que qualquer Celta da vida por exemplo .

    • Thiago Cesar

      Lembrando: O Golf DILMA tem partida a pedalada, igual a de mobilete!

  • DiMais

    vai ser um baita carro para frotistas!

    • Tosca16

      Um Celer de 36 tava por 26 para frotistas e taxistas, imagina um Fiat de 30 … Não duvido pegarem por 20 mil .

    • V.mario

      E já vem com “ventilador de série” rsrsrsrs!

  • Tosca16

    Eu não duvido que o New QQ nacional seja melhor e mais econômico que este Fiat Mobi; agora vamos ver na prática, fiasco não será em vendas por que a Fiat é forte no segmento de entrada e com os frotistas, agora é só aguardar pra ver .

    • Josiel Samuel Luiz

      Amigo não queira compara um QQ com qualquer outro carro pelo amor de deus.

      • Tosca16

        Oxe onde é que esse compacto da Fiat irá ser tão superior ?

        • automotivo

          Como falei antes basta ser fabricado com peças chinesas.

          • Tosca16

            Algumas peças sim não tem o devido refinamento e resistência mas no geral estão bem similares aos nossos nacionais, ou vc credite isso a baixa qualidade do carro nacional ou a melhoria dos projetos chineses . E os motores em si, bom, Chery e Jac não estão piores que muito Fiat e GM não; não são motores super modernos mas as vezes bem menos obsoletos que os nacionais, é só ver os VVT da JAC por exemplo quando vieram ao mercado nacional, muito mecânico elogiando e muito os motores . Críticas sim, a alguns rolamentos, correias de acessórios e etc, mas ao bloco em si não .

            • Tosoobservando

              Pra fabricar aqui e entrar no INovar auto as peças nao tem de ser uns 70% nacionais?

              • Tosca16

                Acho que é essa a meta, a Chery começou o Celer com apenas 35% e foi prometido ultrapassar esta marca, segundo a Chery se não estiver enganado eles queriam 80% de nacionalização, vamos ver com o pólo industrial .

            • automotivo

              Cara elas simplesmente enferrujam dentro da embalagem, nem é preciso usar. Trabalho com 40. 000 itens, É simplesmente, Eu evito aplicá -las, mas confesso a são boas pra vender por que dão um lucro muito bom, e acabam rápido.

        • automotivo

          Sim. A miséria do uno fire, já era.

  • Wellington Myph13

    Nem vou falar nada, senão vou ser chamado de Hater… (E atualmente com a linha da Fiat, até me considero um “Hater” da Fiat… até o dia que ela me provar o contrário, mas 15 anos liderando pra deixar a linha envelhecer feio assim frente a concorrência, me faz pensar como muitos pensam da VW, que não respeita o consumidor. Isso pq a VW tem 1.0TSI, 1.4TSI e 2.0TSI, mas só falta mais coragem pra colocar em toda linha de uma vez…)

    • th!nk.t4nk

      Pior que a FIAT já foi melhorzinha mesmo. No início dos anos 2000 toda a linha Palio tinha motores 16v, tinha o Marea 2.4, o Brava era um belo carro, etc. Foi o ápice da marca no Brasil. De lá pra cá foi ladeira abaixo, igual a Chevrolet.

  • fbl

    Um sub uno! Parabéns PT! Parabéns brasil!

  • Chicão ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    “Câmbio manual, ar condicionado, direção hidráulica ou elétrica, vidros e travas elétricas, sistema de áudio com Bluetooth, rodas de liga leve, pacote de acessórios e finalmente uma versão Way, devem fazer parte do conteúdo do Fiat Mobi.”
    Com tudo isso ele vai custar 50k.

  • Gavlan The BeerMaster

    Mobidick…
    By BNDS.

  • gustavo

    Eu vi esse carro em BH camuflado, e posso dizer que e mais encorpado e mais robusto que o Volks UP !! principalmente a frente, aparenta ser um carro maior.

    • Gustavo73

      Você viu o carro e já sabe que ele é mais robusto? Realmente a frente aondr vai o motor ele é maior. Mas se seguir o que foi divulgado terá entreeixos mebor que o do Uno que já é menor que o Up.

      • gustavo

        Sim meu caro, me pareceu mais robusto e altura do solo assim como suspensão muito mais trabalhada para rodar no Brasil, entreeixos deve ter uma diferença irrelevante se comparado com o UP !! e lançar e vender igual pão quente !! sem dúvida.

        • Gustavo73

          Altura do solo significa robustez agora. Já que passando não dá pra ver nada além disso. O Up já tem 5cm a mais que.o Umo no entreeixos, esse Mobi terá um menir segundo alguns 5 cm a menos. Se para você isso é uma distância irrelevante tranquilo. E.pra mim vender mais ou menos não significa nada já que não trabalho no meio.

          • gustavo

            Claro que robustez não tem nada a ver com altura do solo !! mas o entreeixos ainda e um mistério, ate o lançamento, e sobre a venda pra mim também não fede nem cheira !!

  • Guilhe

    Eu vi uma unidade sendo escoltado por um uno tb camuflado nessa segunda-feira na estrada de Outo Preto sentido BR040.

  • HENRY ME

    So impressão minha mas.Eu acho o mobi muito alto para seu comprimento,fica até parecendo um kei-car.

    • th!nk.t4nk

      Creio que a intenção seja essa mesmo. Passar uma imagem de um jipinho. Os brasileiros piram.

  • CharlesAle

    Uma espécie de Uno compacto!! e só..

  • JAC

    Pronto Up!,chegando o irmãozinho.

    • Tosca16

      Pior em tudo, vendendo o dobro kkkkkkk .

      • invalid_pilot

        Mas o Fiat não tem lata na porta e tem radio touchscreen tudo que brasileiro quer

        • th!nk.t4nk

          Põe um plástico cobrindo a porta e tira o aço de ultra-alta resistência da coluna. O povo adora. Imagem é tudo. Segurança não dá pra mostrar pro vizinho.

  • Autofahrer!

    Menor e terá o mesmo preço do Uno.

  • Sby Bh

    Basta olhar bem as fotos que é fácil de perceber que o carro é Uno remodelado: observe a altura parte dianteira, a coluna A e formato das portas. Até os retrovisores laterais tem o tamanho semelhante ao do Uno.

    Resumindo: não há inovação, é o mesmo de sempre.
    Talvez seja um truque para tentar enganar o consumidor e vender mais. Mais do mesmo.

    É a perpetuação da tosqueira.

  • Marco Antônio

    Cara, o sistema de transporte público me dá tanta dor de cabeça que não me importaria de comprar um carro desse. Até um fusca seria melhor que enfrentar a selva do transporte público. Eu com 30 mil compraria qqr carro de entrada desses projeto velho ou novo, tanto faz. Só não chineses por questão ideológica.!

    • Wes

      Ah cara depende muito da onde você mora também (sem preconceito)… Aqui em Curitiba acho o transporte público bem bom lógico não é maravilhoso mas da pra viver hahaha

      • Marco Antônio

        Região metropolitana de BH. E entendo perfeitamente que não está sendo preconceituoso. Sou do norte do país, e lá o desenvolvimento passa longe. Coisas banais como água tratada são coisa de “capitar”. Aki na RMBH o transporte público é esculhambado, dá até náuseas penar!

  • Fernando S.

    […]
    Câmbio manual, ar condicionado, direção hidráulica ou elétrica, vidros e travas elétricas, sistema de áudio com Bluetooth, rodas de liga leve, pacote de acessórios e finalmente uma versão Way, devem fazer parte do conteúdo do Fiat Mobi.

    ——-x——

    Com isso aí o carro vai passar a barreira dos 40 mil fácil. A versão de 29.990,00 não vai ter nem limpador traseiro

    • th!nk.t4nk

      Se bobear o Uno cai fora do mercado em uns 2 anos.

      • Fernando S.

        Uno deve ficar, quem dará adeus é o Palio Fire.

  • Lobo

    Dúvido que esse carro venha a custar 30 mil, isso era o desejo no inicio, mas a inflação e os constantes aumentos dos produtos jogaram tudo pra cima. Se vier por 30, vai ser na versão pé de boi msm, sem absolutamente nada.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Ainda vou aguardar o lançamento para opinar, de repente surpreende, as pessoas estão vendo apenas questões técnicas, sinceramente, neste segmento é importante ser econômico, ágil e com custo de manutenção bom com segurança, claro.

  • Pedro Cunha

    Fiat Mobi-lete
    Mobi-lento
    Mobi-lerdo
    Mobi-lixo
    Mobi-….