Home Marcas Fiat Fiat Siena Essence 1.6 16v é avaliado por leitor


fiat siena essence avaliacao leitor 1 Fiat Siena Essence 1.6 16v é avaliado por leitor




Avaliei este final de semana o FIAT Siena em sua versão Essence, bastante equipada de opcionais, porém sem o câmbio Dualogic e bancos revestidos em veludo. O modelo estava equipado com bolsas infláveis para motorista e passageiro dianteiro, som integrado ao painel com mp3 e entradas para pendrive e Ipod, controle eletrônico do acendimento dos faróis e limpador de pára-brisas, volante revestido em couro, rodas de liga leve em aro 15, ar-condicionado, direção hidráulica, todos os vidros com controles elétricos com acionamento um toque, sensor de ré, entre outros.

Externamente, o Siena é um carro que ainda agrada a maioria. Mesmo apresentando o mesmo desenho da área central desde o lançamento, o pequeno sedan recebeu diversas mudanças de visual, sendo que a última conferiu ao modelo um aspecto de carro de categorias superiores, com faróis duplos e apliques cromados. Porém, são detalhes insuficientes para mascarar as características de carro pequeno, já que é derivado do Palio.

fiat siena essence avaliacao leitor 2 Fiat Siena Essence 1.6 16v é avaliado por leitor

A começar pelo pouco espaço para as pernas de quem está na frente, o carro é um tanto estreito, e mesmo pessoas de média estatura ficam com a cabeça muito próxima do teto, um desnível em maior velocidade e você se machuca, em um acidente a situação provavelmente é pior. Há um apoio de braço central que fica em uma posição desconfortável. O porta-luvas além de pequeno abriga também as conexões do pendrive e IPod para o sistema do som. Desagrada-me o fato do carro ligar o sistema de som sempre quando a parte elétrica é acionada na chave de ignição.

Os materiais plásticos do acabamento não estão entre os piores, porém há alguns detalhes pintados em um tom champagne, opcional, que demonstraram facilidade de descascar. O veículo avaliado estava com pouco mais de 200 km rodados e já mostrava defeito na pintura da maçaneta de abertura da porta do motorista. O painel é de fácil leitura e há computador de bordo com funções básicas, entre elas consumo médio e instantâneo.

fiat siena essence avaliacao leitor 3 Fiat Siena Essence 1.6 16v é avaliado por leitor

No banco traseiro, pouco conforto. A caixa de roda traseira invade o habitáculo, sendo que o encosto do banco traseiro não cobre a região, deixando adultos desconfortáveis, sobretudo se três pessoas estejam sendo levadas no banco traseiro. Aqui o teto também é baixo e incomoda mesmo pessoas de média estatura.

O carro roda relativamente macio e tem bom comportamento em curvas, lembrando que o modelo estava equipado com pneus de aro 15 e perfil 60 da Goodyear, opcionais. Nessa configuração, algumas imperfeições são notadas, talvez bancos um pouco mais macios e com um revestimento melhor ajudassem a atenuar essa sensação.

fiat siena essence avaliacao leitor 4 Fiat Siena Essence 1.6 16v é avaliado por leitor

O porta-malas é enorme e a tampa muito alta faz do sensor de ré um opcional muito bem vindo para ajudar as manobras. O estepe fica acondicionado no interior do carro, portanto, imune aos furtos. De negativo, o triângulo de emergência, que é afixado com carrapicho no carpete do assoalho!

Como se trata de um modelo conhecido pelo mercado, o que despertou maior curiosidade foi o comportamento do motor e-Torq, aqui na versão 1.6 litro. Derivado do Tritec, dispensado pela BMW, o motor é dotado de 16 válvulas e único comando acionado por corrente.

fiat siena essence avaliacao leitor 5 Fiat Siena Essence 1.6 16v é avaliado por leitor

O primeiro problema que percebi foi o fraco torque disponível em baixas rotações. O motor só desperta para aceleradas a partir de aproximadamente 2800 RPM. Até essa faixa, o motor é fraco e demonstra lentidão para retomadas de velocidade, como ao sair de lombadas. Fiquei decepcionado, pois quando do lançamento, me lembro que destacaram a curva de torque. Espero que no motor maior, de 1,74 litro e erroneamente batizado pela FIAT de 1.8, o comportamento seja melhor.

O segundo problema é o consumo. O carro bebe demais. Apesar de o computador de bordo exibir média de 7,5 km/l com o tanque abastecido com etanol e gasolina, depois de rodar aproximadamente 30 KM já era grande a diferença no marcador ao estacioná-lo. Como possui um tanque pequeno, de 50 litros, a autonomia é certamente um ponto crítico para viagens longas.

fiat siena essence avaliacao leitor 6 Fiat Siena Essence 1.6 16v é avaliado por leitor

De melhor, o e-Torq é um motor que vibra menos que seu antecessor, demonstrando maior suavidade em giro alto. Curioso ver que a disposição do motor ficou diferente do habitual, sendo o coletor de admissão na frente, próximo à grade do radiador, e o coletor de escape próximo à parede corta-fogo. Fiquei com receio de excesso de calor no habitáculo na região, mas a FIAT colocou um defletor que aparentemente faz o trabalho, pelo menos no modelo ainda zero quilômetro.

A correia de serviço, que aciona alternador, compressor do ar-condicionado e bomba de direção hidráulica passa por fora do suporte do motor, aparentemente a substituição parece simples. Como não há correia dentada, parece ser difícil aparecer necessidade de comparecer ao mecânico para manutenção. O motor consome 4,3 litros de óleo, sendo que o modelo indicado pelo fabricante é sintético e de viscosidade 5W30.

O Siena é um carro velho, que apesar de um visual externo legal, peca em espaço e acabamento interno, toda a esperança de um motor mais econômico em relação ao 1.8 da GM se desfaz em poucos quilômetros rodados. Um sedan que vê concorrentes mais feios, como o Renault Logan, dando um banho no que realmente interessa para esse público: Levar toda família sem muito aperto e de forma econômica, e ainda com espaço para levar a tralha.

Mas, se você na verdade procura um sedan bonito, não tem necessidade de levar mais quatro pessoas com frequência e não vai ficar muito revoltado de ver um motor 1.6 consumindo muita gasolina, o FIAT Siena com o novo motor atende. Só não será barato com os mesmos opcionais do modelo testado, de maneira que o carro só é entregue desembolsando algo em torno de R$ 48.000,00.

Já que é pra gastar, que tal uma olhada no Volkswagen Polo ou se esforçando um pouco mais até mesmo o New Fiesta? Se ficou caro para o orçamento, a sugestão é o competente e honesto Renault Logan.

Texto de Raphael Hagi


Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.