Fiat Pickups Segredos-Flagras

Fiat Toro é flagrada em Brasília e mostra interior

fiat-toro-bsb-1

A Fiat Toro, nova picape da marca italiana, foi vista rodando normalmente em algumas ruas de Brasília. Os veículos estavam sendo utilizados para avaliação de treinamento de mecânicos da rede Fiat.

Com lançamento para a imprensa nos dias 15 e 16 de fevereiro, a Fiat Toro chegará com opções de motor 1.8 Flex de até 138 cv ou diesel 2.0 Multijet de 170 cv, equipados com câmbios automáticos de seis e nove marchas, respectivamente. A versão manual deve ser oferecida nos dois propulsores.

fiat-toro-bsb-3

Medindo 4,91 metros de comprimento, a Fiat Toro deve ter capacidade de carga entre 750 kg e 1.000 kg. Nas imagens, podemos ver a versão Freedom 1.8 Flex com câmbio automático de seis marchas e a Volcano, que tem motor diesel e vem equipada com câmbio de nove marchas. Além disso, o interior pode ser finalmente vislumbrado e é muito semelhante em aspecto ao do Jeep Renegade, modelo com o qual compartilha a plataforma.

O ambiente visto provavelmente é o da versão topo de linha Volcano, que tem motor diesel e cujos modos de tração podem ser vistos em um comando no console. Rádio Uconnect com navegador, bancos em couro, volante em couro multifuncional e detalhes em tonalidade bronze chama atenção.

fiat-toro-bsb-2

Agradecimentos à Hugo Lange, Felipe Vieira e Magdiel Ribeiro.





  • Tosca16

    Este vermelho é o qual ? Sangue de Boi ? Rsrsrsrs … Vai ser líder, mesmo com esse motorzinho fraco .

    • th!nk.t4nk

      Mas mexeram novamente nesse 1.8, não? E sinceramente, será que o Renegade 1.8 é tão lento assim? Ou o povo tá tirou conclusões pela versão antiga desse motor?

      • Tosca16

        Sei não, vejo falarem que o consumo e desempenho do Renegade ainda é ruim; o que não vejo falarem é nos problemas comuns a família E-TorQ que são os vazamentos de óleo e água .

        • th!nk.t4nk

          Sim, lembro da época desses problemas. Mas imagino que já tenham solucionado a essa altura. Porém concordo, isso estigmatiza. Eu também teria um pé atrás. A FIAT precisa criar vergonha na cara e trazer uma opção intermediária com o Tigershark 2.0, nem que seja combinando com o AT6 mesmo.

          • Pacheco

            Mas esse motor vai ser mais economico e fazer o carro andar mais?
            Pq se for pra manter os mesmos numeros, nem adianta. O E-torq pelo menos tem manutenção mais barata e já é conhecido nas oficinas.

            Pergunto isso, pq tivemos dois casos de melhoras na ficha tecnica e nada na pratica. Quando o Jetta aumentou a potencia de 150cv para 170cv, não mudou nada, só bebeu mais.

            E falam que o Evoque 6 marchas é melhor de guiar que o 9 marchas. E mesmo nos numeros, não melhorou nada em desempenho e consumo.

            Então, se for pra trocar 6 por meia duzia, que fique o 1.8.
            O certo pra mim seria tirar o 1.8 e colocar o 1.4 Turbo.

        • Leandro

          Em quantos carros isso ocorreu? Uma meia dúzia?

      • Eduardo

        Estão falando em 20kgfm de torque, pra um 1.8 aspirado não é nada mal. Obvio que não vai ter desempenho de um esportivo, mas pra rodar dia a dia e pegar estrada fds acho que é suficiente. Tem que ver como vai ficar o torque em baixa, que é a grande reclamação dos e-torq antigos.

        • Paulo Lustosa

          Duvido 20 kgfm em um motor 1.75

          • Leandro Oliveira

            Pode duvidar, pois o motor do Renegade já alcanca 19,6. Alem de 7 cv a mais, ela ganhou 1kgfm de torque

            • Paulo Lustosa

              19,1 não é 19,6, que é o limite da cilindrada sendo aspirada e de comando simples.

            • Edson Fernandes

              Leandro, ao menos dados de fabrica o motor 1.8 tem 18,4 na gasolina e 18,9 no alcool a 4500rpm.

              • Jose Silva

                no renegade são 132cv com 19,1 kgf torque a 3500 rpm
                Na toro será 140cv com 19,9 kgf torque a 3000 rpm sendo 95% deles disponíveis a 2000rpm. Detalhe, 140cv a 5200rpm e 19kgf torque a 2000 rpm, sinceramente, são os melhores números de um motor 1.8 no mercado já que a grande maioria tem até mais potência mas ela chega acima de 6000 rpm.

                O problema do renegade não é o motor e sim o peso, carro é bem pesado, nem um 2.0 vai fazer milagre, nem mesmo o 2.0 diesel tem aceleração forte, tanto que o diesel faz 0-100 em 11s com um cambio 9 marchas, o forte dele é retomada e manter a velocidade em qualquer situação sem perda. O renegade terá desempenho apenas satisfatório com qualquer motor desses, é preciso entender isso, não adianta achar que um motor 2.0 vai resolver, nem mesmo diesel resolve para aqueles aloprados em desempenho.

                A toro terá 1200kg aproximadamente, um peso do punto 1.8 16v hoje que anda muito bem com a primeira versão do etorq de 132cv e 18,9 kgf torque a 4500rpm.

                • Edson Fernandes

                  O problema é que o motor tirando a Toro sempre deixava de receber evoluções que já teve no passado (agora recebe com o Toro). Esse é o problema da FIat. O motor se andar em carros como Strada 1.8, verá que mesmo nele, não podemos dizer que não ande bem, mas a forma de resposta do motor não é tão agradavel o quanto poderia ser.

                  • Jose Silva

                    Colega
                    Strada é um carro para carregar carga, seu cambio tem relações mais curtas que outros carros da FIAT. Já andei no Linea com esse motor, alias já viajei dirigindo e de carona, achei normal o motor, silencioso, anda bem, nada de desagradável. Achei o carro até forte na BR pelos quase 1400kg e rodas 17.

                    • Edson Fernandes

                      Bem, eu andei bastante em Palio Weekend e Doblo e te digo: É ruim. Não vai bem e tenho certeza que são carros sem cambios curtos.

      • Diovani Lencina

        E etorq do Renegade tem em comum com os da Fiat somente o nome e o virabrequim. O resto é todo diferente: pistões com assentos de válvulas, comando variável, uma bobina por cilindro, maior taxa de compressão, câmara de compressão com novo desenho, válvulas maiores, etc.

        • Matheus Conrado

          Por isso Chama-se E-Toq Evo ;-D

        • Tiago

          é que a galera gosta de criar mitos sem nem ver os motores….

      • Minerius Valioso

        Só ver as medições da imprensa relacionadas ao carro. À partir disso, tire suas conclusões.

      • Vinicius

        O motor do Jeep pode parecer o mesmo, mesmos cv, porém o nome é E-Torq EVO com apenas alguns componentes em comum. O Jeep tem duplo comando de válvulas e relação peso/potência diferentes

      • JCosta

        O motor é subdimensionado mesmo. Só arranca bem quando pisa muito.

      • Luis_Zo

        Depende do perfil do cliente. Meu coroa saiu de um civic 1,8 manual para uma Renegade Limited 1,8 AT. Em teoria ele deveria sentir diferença no desempenho. O que ele me disse: nenhuma. Fato é que ele já nem usava o que tinha a disposição no Civic.

        O que ele gostou foi que a Renegade é tão ou mais estável quanto o civic, porém tem muito mais conforto (o civic era mais “duro”).

        Sobre consumo… ele nem se preocupou ainda em “fazer média”, algo também que ele não se preocupava antes…

        Se a grande maioria dos 5000 e tantos compradores mensais tiverem um perfil parecido com o dele, o 1.8 etorq esta atendendo perfeitamente.

        • Jose Silva

          na verdade quem usa carro no dia a dia normal é assim mesmo. Aloprados por desempenho são pessoas mais jovens, mas quando amadurecem percebem e acordam para realidade que um renegade 1.8 é mais do que suficiente para o dia a dia.

      • Edson Fernandes

        Mexeram para ganhos em rotação baixa. E ele virá com 138cv.

    • F Antonio

      A dor de cotovelo já começou !

    • Fábio

      • Tiago

        kkkkkkkkk

      • Miguel

        Hahahahaha

    • Ric53

      Esse vermelho é maravilho, está presente desde o Stilo Schumacher!! hahahah

    • Marcio Almeida

      E vai ser outro sucesso a fiat ta acertando agora vão lançar o pé de boi pra roubar vendas dos frotistas, Em tempo de crise parece que a estratégia ta certinha
      .

  • Baetatrip

    So to curioso como sera motor a diesel com cambio mecanico…. sera 9 marchas? hehehheh

    • V.mario

      Mecânico com 6 marchas!

      • Eduardo

        Sim, o mesmo do Bravo t-jet, porém com relações específicas para ela.

    • Pedro Rocha

      É uma picape FIAT, não Scania.
      =D

      • Tiago

        kkkkkkkk

      • Maycon Farias

        Vou rir eternamente kkkkk

  • vicegag

    Na Strada tudo bem, mas na Toro este motor flex para mim fica subdimensionado.

  • Clovislauro

    De cada 10 pessoas que vão comprar Toro ou Oroch, quantas de fato precisam de este tipo de veiculo?

    • Matheus Cavalheiro

      Eu acho que a maioria. Diferente do que ocorre com as pick ups grandes (Hilux e cia): essas sim, entendo que seja para trabalho pesado/campo, mas por falta de opções menores acabam sendo escolhidas.

      • Nelson Oliveira

        É necessário, pois é importante encher uma caçamba de som e querer passar por cima dos outros durante o engarrafamento. Enfim, eu nunca entendo pra que raios um carro tão grande pra ficar andando de casa pro shopping. Não entendo o por quê.

        • Newton Freitas

          A Palavra famosa do momento: Ostentação….

        • Fabricio Conchon

          o Renegade não é tão grande quanto esse monte de SUV´s que há por aí não… TEm coisa pior que isso em nosso transito… basta ver a quantidade de amarok/hilux que nunca viram terra… A quantia de Land Rover de shopping… Sportage de levar o filho na escola…. e por aí vai… O comportamento do Renegade é parecido com o de um carro baixo, com exceção do fato que você pode relaxar um pouco mais qunto à buracos…. O motor é que decepciona, no gasolina. No Diesel não testei, mas dizem ser muito bom, e muito econômico.

        • A síndrome do “vai que”, que ao contrário do que dizem não é um mal tupiniquim (Americano também sofre desse mal): Queremos um carro que seja alto, porque “vai que” caímos em um buraco (Mas nas ruas que andamos passam Monzas, Palios, Gols, Escorts)? Tem que ser 4×4 porque “vai que” chove naqueles 4 dias do ano que vamos para chácara (E nossos parentes chegarão lá com seus 1.0 4×2)? Ele tem que ser 2.0 porque “vai que” preciso fazer uma ultrapassagem em estrada simples e falta motor? MAs olha que engraçado: Fiquei com o carro dois anos, tem 20 mil km rodados e preciso vender porque “está velho” e peguei estrada simples apenas uma vez? E o mais engraçado é que saí junto com alguns carros 1.0 que me acompanharam a viagem toda! Como eles sobreviveram sem motor para ultrapassar caminhões? Como conseguiram me acompanhar se meu carro faz de 0 a 100 em 7 segundos, vai até a 200 por hora e o deles mal chega a 160 e e faz o 0 a 100 em 16 segundos? Bem, eu defendo que carro não precisa ser uma escolha completamente racional, afinal o dinheiro é da pessoa e ela compra o que quiser! Mas se comprou do seu gosto, assuma isso em vez de tentar dar caráter racional a uma compra passional. E tem outros exemplos mais clássicos: Sedã que não vai usar porta-malas, SUV ou pickup para andar na cidade, sedã grande para andar sozinho (E ainda reclamar de espaço interno!)… E tem o outro lado… A pessoa prefere colocar som e roda em um 1.0 que vai pegar estrada todo dia que comprar um 1.6 mais simples.

          • É bem verdade, tive um Sandero porque era 4 portas e porta-malas grande e pensava num carro maior quando fui trocar. Aí parei para pensar um pouco, peguei um Fiat 500, apesar do apelo emocional, ele me atende, é pequeno, confortavel, economico, cabe em qualquer buraco, raramente pego estrada mas ele anda razoavelmente bem e o porta-malas me atende para as compras da semana. Para mim, que moro sozinho, caiu como uma luva. Pena que a Fiat é ruim, porque o carro é bom, mas por causa do pós venda nao pretendo pegar outro.

            • Aí você tem um carro que contempla 95% do seu uso, com bom consumo e desempenho para sua necessidade. Você não carrega 200 quilos de metal a mais que não vai usar, um porta malas de 400 litros para ficar 90% do tempo vazio… E talvez venda o carro sem precisar desse espaço e dessa massa adicional. Ah, e se precisar? O dinheiro que economizou no consumo, na aquisição do carro permitiria comprar um carro mais velho para a função, alugar outro, pagar carreto, fazer duas viagens…

            • Miguel

              Gosto muito do 500! Gostaria de ter um city car como ele, mas a Fiat matou logo a versão Sport air 1.4 multiar! Justamente a que eu mais gostava, por ser mais esportiva. Abarth não dá! Kkkk

          • Edson Fernandes

            Ou aquele que compra um Sedan porque “tem mais estabilidade”.

            • Hehehe… Tem tantas coisas.
              Eu até entendo algumas questões que envolvem escolhas de categorias diferentes do que seria uma escolha racional. Eventualmente algum sedã pode ter equipamentos que um Hatch não teria (Mercedes e BMW são pródigas nisso) e mesmo que a pessoa não use o porta-malas é obrigado a engolir seu carro com uma traseira. Também tem que precisa ficar tirando e colocando gente no banco de trás e uma Minivan ou Crossover será mais indicado que um sedã médio. Mas tem muito dessas “verdades” aí sim.

              • Edson Fernandes

                Sabe de uma coisa em especifico que comprei o meu sedan? Porque ele era mais barato que os hatches de mesma epoca só que mais equipado. Acaba tendo isso mesmo.

                As vezes uma razão sem sentido e outras tentando fazer sentido… acho que foi meu caso…rsrsr

        • duduEAS

          Se for so por tamanho, use o mesmo argumento para carros que possuem grande porte. Tem uma coisa que se chama gosto e isso nao se discute so se aceita. O cara gosta de pick-up pra ir no shopping voce nao, simples.

    • Ricardo

      Chuto 2.

    • Filipe Augustus

      Não preciso de uma pickup, mas compraria, porque gostei, não preciso de uma Dodge Ram mas teria porque gosto, assim como não preciso de uma perua, mas tenho uma, porque gosto ;)

      Acho que gosto cada um tem o seu, apesar de uma camionete não ser muito indicada pra andar na cidade, outro dia fui com uma S-10 desse modelo atual em um shopping e acabei indo embora, não achei vaga que coubesse ela!
      Tem os problemas de se andar com um carro grande, mas gosto é gosto. Eu mesmo não gosto de carro pequeno, se pudesse andava de Mercedes Classe S V12 bi-turbo.

      • Pipo pipo

        100% contigo. Cada um compra aquilo que quer e/ou pode, chega de querer determinar o que os outros devem comprar.

      • automotivo

        Valeu! Vou copiar e colar, assim toda vez que o pessoal de fala da pessoa q comprar hilux, postarei suas palavras, pra não perder tempo teclando. Concordo, plenamente.

      • Alexandre

        Pessoal ainda discute. Carro não é só razão: é paixão. Vc tem q gostar. Eu faço compra racional mas dentro dos carros que gosto.

  • Newton Freitas

    A toro escura é a Volcano automática e a vermelha é da versão Freedom

    • Gavlan The BeerMaster

      E a preta?

      • Newton Freitas

        Isso.
        Enxerguei ela meio verde escuro aí fiquei em dúvida.

        • Gavlan The BeerMaster

          beleza então…

      • celso

        Rsrsrsrsrs.

        • Gabriel Leão

          Basta uma consulta pela placa no Sinesp Cidadão pra confirmar que se trata da Violcano AT Diesel, de cor marrom. Na foto de painel com detalhes marrons da pra ver a cor da carroceria no canto inferior direito.

  • Newton Freitas

    A versão escura tá equipada com motor diesel

  • Newton Freitas

    E a vermelha é flex

  • Vattt

    Ao que não podem pagar mais os 190 mil por uma Toyota, vai de Toro e deixa sua SRV para troca!!! Brasil “crescendo” muito!!!!

    • pedro rt

      e ruim hein quem tem hilux troca por hilux mesmo q seja a SR

  • everton nogueira

    Um carro que eu teria sem dúvidas na versão diesel, mas de perfil ainda lembra um ‘stradão’

    • th!nk.t4nk

      Creio que lembrar tanto a Strada seja totalmente intencional. O foco é o uso na cidade mesmo, a princípio. Por incrível que pareça, essa pick-up tem tudo pra ser um sucesso sim.

      • Pacheco

        Deve pegar vendas da Strada Adventure CD.

        • Francisco Lunardi

          É possivel que num futuro próximo a Adventure CD saia do mercado, acredito que se a Toro vier mesmo a partir de R$70mil, muitos deixarão de comprar a Strada top, até pq quem a compra não deve ter a mínima intenção de por ela pra trabalho pesado.

  • Vitor Yohan Casaes

    Se seguir a qualidade de montagem e equipamentos do renegade vai dar um banho na oroch.

  • Fábio Alisson

    Apesar de eu não ser muito adepto a esse segmento, e achar que o motor eTorq 1.8 está subdmensionado para a picape, acredito que ela tem tudo para vender muito! Ficou bem bonita e a proposta é interessante.

  • Anderson Rezende

    Aquele teto preto seria um teto solar na vermelha da terceira imagem?

  • GPE

    Ta com cara de braba!

    • celso

      Mas é só a cara. Com esse motor 1.8 ela deve ser bem mansinha.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Compraria um fácil, já tenho um Strada CE 1.4, mas não teria coragem de pagar quase 70 na cabine dupla, agora a Toro a 71, mesmo na simples, toparia sim…Agora o que me assusta são os preços, é muito dinheiro…

  • mjprio

    Eu acho que Volcano deveria ser o nome e nao a versão kkkk. Se bem que Freedom se for esse mesmo o nome da versão mais simples e jovial. Agora achei diferente e muito maneiro os detalhes em bronze. Se nao descascarem darao um toque especial no painel

  • Caue

    Interior muito parecido com do Renegade..

  • Alexandre

    Odeio a Fiat, mas parece que ela acertou nesse carro.

    • beto

      Também não sou fã de fiat, mas ela entendeu o mercado brasileiro como nenhuma outra.

  • Rodrigo

    Não gostei desse interior por esse flagra. Pode ser que na divulgação oficial eu mude de opinião, mas parece que ficou simplório demais, com esses detalhes dourados bregas demais, multimídia pequena demais e sem freio de estacionamento eletrônico. E tenho a impressão que o painel não é soft touch. Pra quem pretende brigar na casa dos R$90, R$100 mil na versão de topo, acho falhas imperdoáveis.

    • Fábio

      A proposta é justamente ser mais simples que o Renegade pra não bater de frente com o mesmo. Qual o sentido de oferecer o mesmo interior pelo mesmo preço do Renegade? Iria canibalizar um ao outro.
      Perdoa a Toro,vai…

      • Rodrigo

        Não acho que iria canibalizar um ou outro, até pq um é um SUV e o outro é um pick-up. Mas já que vai beirar os R$100 mil (se não passar) na versão top pq não equipar a Toro com o freio eletrônico?
        Mas a crítica é meramente um registro, mesmo pq não gosto de pick-ups (na vdd a única que eu teria é a RAM 2500).

        • Fábio

          Eu acho que iria canibalizar, e a Toro iria vender mais pq a Fiat tem mais revendas que a Jeep. E mesmo a Toro tendo acabamento inferior acredito que isso vá acontecer, pois a Toro querendo ou não é mais versátil: carrega mais bagagem pois a caçamba é muito maior que o porta-malas do Jeep, e o motor é levemente mais potente. Conta ainda o fator “novidade”.
          Devo lembrar que só pq os dois são de segmentos distintos, não quer dizer que a Toro não roube as vendas do Renegade. O Renegade e HR-V por exemplo roubam as vendas do Civic, Corolla e hatchs médios.

          • Desculpe, mas discorso totalmente. Um produto nao tem nada a ver com o outro para haver canibalização.
            Jeep tem pedigree, Fiat não.
            Olha o tanto que o Renegade vende com a quantidade de concessionarias e olha o tanto que a Strada, sao volumes proximos. Pode canibalizar um veiculo de perfil semelhante dentro da familia, que seria a Strada.
            Quem procura a Jeep não procura a Fiat…

            • Seu primeiro parágrafo está correto. Os demais…
              Pedigree? O Renegade se você não considerar um produto Fiat, considere que ele nem existiria sem a italiana. E ele vende por ser um bom produto e transmitir isso. Acho que nesse caso específico o logotipo na frente pouco importa.
              E claro que você sabe que a Fiat já desbancou o Gol com um médio. Antes de 93 você acreditaria nisso?
              Você está muito ligado as marcas, mas lhe escapou um detalhe recente: Journey vs Freemont.

          • Rodrigo

            Mas até onde sei (que falaram muito aqui disso) nos locais onde não há uma revenda Jeep a Fiat está vendendo Renegade em CSS da marca italiana, portanto não seria justificativa.
            Mas até entendo seu ponto, pode ser mesmo que a Toro “roube vendas” de consumidor de Renegade, especialmente aqueles tipos que compra pick-up pra rodar na cidade, enche a caçamba com caixa de som, mete umas rodas aro 20 cromadas e manda rebaixar a suspensão… Segundo a Regina Casé não tem um brasileiro que não goste de funk, samba/pagode e não assista o Esquenta! (sic).

    • Leandro

      Nenhuma pick-up média do mercado (aquelas que beiram 200 mil) oferece acabamento soft touch no painel.

      • Rodrigo

        O fato de as médias não terem painel emborrachado não é justificativa, mesmo pq a Toro nem deveria ser comparada a uma S-10, Ranger, L200 Triton, etc. Não passa de um pick-up pequeno um pouco maior.
        Mas, novamente, a Fiat sempre foi uma marca que inovou e introduziu novas tendências. Poderia ter inovado nisso também.

        • “…O fato de as médias não terem painel emborrachado não é justificativa, mesmo pq a Toro nem deveria ser comparada a uma S-10, Ranger, L200 Triton, etc. Não passa de um pick-up pequeno um pouco maior…”

          Legal, as pequenas também não oferecem.

          • Rodrigo

            Mais uma vez, por que não inovar com esse item na Toro?
            Não que seja imprescindível (o Civic mesmo não tem), mas há pelo menos uns 10 anos a Fiat não inova em praticamente nada em seus carros. Poderia ter quebrado esse jejum, mas parece que continua deitada em berço explêndido (até quando, só o tempo dirá).

            • Caramba! Um produto novo, filho de uma plataforma mundial, primeira pickup monobloco diesel e não é inovação porque não tem um painel macio???? Hora de rever nossas prioridades!

    • Matheus Conrado

      O painel é plástico duro, mas até as medias de quase 200 mil tem.. e lembre-se isso é um Fiat, com o painel igual ao do Renegade iria queimar a imagem do Jeep, que precisa ter uma imagem mais requintada..

      • Rodrigo

        O fato de as médias não terem painel emborrachado não é justificativa, mesmo pq a Toro nem deveria ser comparada a uma S-10, Ranger, L200 Triton, etc. Não passa de um pick-up pequeno um pouco maior.
        Mas, novamente, a Fiat sempre foi uma marca que inovou e introduziu novas tendências. Poderia ter inovado nisso também.

  • DTF

    será que tem 6 airbags na versão top?

    • Matheus Conrado

      Devem ser um dos 500 opcionais,como são no Renegade. uma pena…

      • DTF

        Como os VW…..mas o importante é que pelo menos ofereçam, nem que sejam como opcionais…

  • Darwin Luis Hardt

    o 2.0 diesel vai fazer bastante sucesso

  • Allan Victor Kaiser da Silva

    PESSOAL,

    Consultando o aplicativo SINESP Cidadão, através das placas, obtive as seguintes informações:
    A vermelha (PDV-1932) constou “Fiat Toro Freedom AT 2015/2016 de Goiana/PE”
    A preta (PDV-0162) constou “Fiat Toro Volcano AT D4 2015/2016 de Goiana/PE”

    Provavelmente o nome da versão ali seja Freedom.
    Ajudem com likes e comentários para esse comentário subir e que seja mais visto. E se quiserem, tentem ver em outros aplicativos pra ter uma confirmação.

    • Matheus Conrado

      Infelizmente o Registro da Freendom no App do detran PE, dá falha na consulta da PDV-1932, e la mostraria todas as informações, como potência e até o valor do IPVA…

  • Alexandre Maciel

    E a Fiat continua empurrando esse motor 1.8 em carros pesados/para transporte de carga para o consumidor… vai entender…

  • Tosoobservando

    A Fiat sabe que brasileiro adora coisas extravagantes travestidas de carro. Se isso ae fosse chines ou coreano, quantos estariam criticando o visual? kkk

  • Diogo Oliveira

    Essa cor vermelha <3

  • Eduardo Canedo

    A questão é na foto do interior do carro …..acho que tem um pouco de foto nessa marca d’água …..kkkkk
    Tudo bem de ter a marca d’água …..mas exageraram um pouco né ….

  • Matheus Conrado

    Bom pode ser viagem minha(espero) ou a volcano dessa matéria está com um valor astronômico, vejam bem, em Pernambuco os veículos pagam 4% de IPVA, e em consulta ao detran do estado vi que o valor cobrado é de 7.380, 99 fazendo uma porcentagem reversa(usando á regra de 3) cheguei ao valor de 184.524,75 pela Toro, que devem incluir opcionais… Então será que eu viajei ou foi a Fiat? Quem tiver dúvidas e for bom em matemática(o que confesso que não sou) poderia confirmar isso?

    • Guilhe

      A alíquota em Pernambuco varia de 1 a 2,5%, então tem alguma coisa errada se não essa Toro top de linha vai custar mais que a RAM 2500 hauhauhau.

  • Marcos Wild

    Tela do sistema multimídia é do UNO KKKK A Fiat e suas gambiarras.

    • Paulo Albuquerque

      acho você muito infantil, toda noticia relacionado ao grupo FCA vc esta lá atacando,acho que vc deve ser bastante infeliz ao ponto de perseguir algo inalcançável(a atenção deles). Acho que vc deveria procurar ajuda medica.

      • automotivo

        Seria um ´´hater sem causa´´, para ess caso!?

      • Marcos Wild

        E vc trabalha numa concessionária da Fiat a quanto tempo pra ficar defendendo essas carroças ?

        • Paulo Albuquerque

          a sua infantilidade só e superada pela sua arrogância, mudei de opinião, vc não e infantil, e apenas alguém querendo atenção, fase de pré-adolescente uma hora passa.

  • Marcos Wild

    Se essa Chifruda for confundida com um Citroen é porque a Fiat copiou
    ↓ ↓ ↓

  • Assuero Queiroz

    6 até então

  • Hugo Henrique Silva Lange

    que bom poder ajudar o canal!!! :) esse carro, vai vender muito! S10 q se cuide.

  • MIN💀S

    A TORO preta deve ficar bonita mas a branca….. a traseira deve ficar parecendo porta de geladeira!

    • Pedro Rocha

      Não é uma Brastemp, mas parece.
      =D

  • Alessandro

    Esses novos modelos de volante da Fiat estão bem legais.

  • Bittencourt

    Detalhes de interior bronze?!

    • Rafael Viana

      Achei interessante, pelo menos fugiu da mesmice do Black Piano hehe

  • Jeremias Flores

    a Diesel vai ser uma ótima opção. tenho a mesma opinião para o Renegade

  • Túlio Leal

    Parece uma strada anabolizada. Bora Marrrrcão, bora darrr uma voltinha, vai dizer o sistema de som.

  • Daysan Medeiros

    Motor fraco (vaza óleo, acho que ele o renegade mereciam motor melhor)…. Mas parece ser um bom carro!

  • Daysan Medeiros

    Motor ótimo… Moderno… potente… Tudo que o Brasileiro adora…

  • #########Carlao GTS

    Eu quero uma.

  • Gran RS 78

    Se a Toro tiver o mesmo bom acabamento do Renegade será um diferencial para as concorrentes. Espero que a Fiat lance com preços agressivos, mas olhando para a Strada, que nada mais é que um Palio fire de 1996 com caçamba, e que custa absurdos 70 mil em sua versão cabine dupla,nem quero imaginar o quanto a Toro irá custar.

  • FocusMan

    Isso vai vender como a zorra como a gente fala aqui na Bahia!

  • Edson Fernandes

    Não entendo a posição da Fiat dizendo que a versão 1.8 teria apenas cambio AT. Não faz muito sentido qdo pensamos que ela tem possibilidade boa para venda de 1.8 manual. Enfim, veremos.

  • Diego Mello

    Esse motor será que vai “beber muito”? Acredito que 4 ou 5 km/l no etanol

  • Zeca Piroto

    A Fiat insiste nessas centrais minúsculas…