Ford confirma Novo Ka para a Europa

25/02/2016

novo-ka=especial-desenvolvimento (4)

A Ford confirmou oficialmente no MWC (Mobile World Congress) 2016 o lançamento do Novo Ka para o mercado europeu. Até então, o compacto de projeto brasileiro era dado como certo, mas a montadora americana ainda não havia oficializado seu anúncio.

novo-ka=especial-desenvolvimento (2)

De acordo com a Ford, o Novo Ka recebeu melhorias significativas em relação ao modelo brasileiro, sem dúvidas, em termos de segurança e qualidade do acabamento. A empresa não deu data para o lançamento. A planta de Craiova, na Romênia, estaria preparada para receber sua produção, junto com a do EcoSport, outro projeto “made in Brazil”.

ford-ecosport-1 (7)

Falando deste último, os americanos andam relatando que há muitas unidades do utilitário esportivo em testes na sede da Ford, em Auburn Hills, Michigan. Apesar da empresa não mencionar nada, suspeita-se que o EcoSport chegará às revendas dos EUA nos próximos dois anos.

[Fonte: Automotive News/Jalopnik]









  • Alexandro Henrico von Mann

    Muitas melhorias significativas… Ford One my ass… Que país de merida mesmo, né?

    • Clovislauro

      Também, se deixam qualquer coisa entrar, sorry!

      • Edson Fernandes

        Que custa quanto? Ah ta…. aquele que tem o mix de 1% das vendas? Não , não ajuda.

        • Clovislauro

          O Ka é o carro 1.0 mais vendido do Brasil.

          • Edson Fernandes

            A versão SEL tem 1% de mix da venda do carro, foi isso que eu quis dizer.

    • leandro

      Pior tenho um new fiesta e vejo q eles tem a melhor tenologia na categoria mas a qualidade de montagem e uma m. Pior q as 4 grandes tao nem ai so querem metat central multi midia no rabo dos otarios.

      • vicegag

        Agradeça a montagem do New Fiesta, pois quem tem o Rocam como eu, sabe o que é falta de qualidade no acabamento, desmontei para tentar montar corretamente o acabamento, mas as peças não se encaixam, muitas estão desalinhadas, para lucrar mais a Ford deve pedir para os fabricantes das peças reduzirem o custo e com isto vem junto ela redução da qualidade.

        • leandro

          Meu irmão trabalha na planta do plástico no polo petroquímico e somente toyota e Honda compram plastico de primeira.

          • fbl

            Depois ainda ficam mimimi sem entender pq toyota e honda vendem tanto corolla, hilux, hrv, etc… Ate nos plasticos é melhor, pensemos no resto, quanto M de segunda linha a ford e etc devem colocar. Depois fica o cliente reclamando de acabamento de porta (essa reclamação é velha, tive um focus ghia 2.0 2011 e tb era mal acabada), reclamação de cambio powershit, paineis de lataria desalinhados, por ai vai….

            • leandro

              Bah isso q o focus é argentino kkk

      • Fabio Marquez

        Tenho um amigo que tem um Ka 1.0, o carro é economico e o motor é moderno, mas é morto dentro da cidade, chega a dar raíva, fora o acabamento das portas que desde os 20 mil km está caindo. Mas a supensão e o sistema de som é melhor que do HB20, apesar de ser bem lento na leitura de usb e bluethoot.

  • Ric53

    Nossa como é binito aí na perspectiva artristica neh?

    • Rodrigo

      A traseira está bem diferente, tanto que a placa, que no nacional é no parachoque, está na tampa. Ou exageraram na liberdade artística que um sketch permite, ou o carro será reestilizado e contemplado com essas mudanças, bem como o parachoque frontal, que também está diferente,

      • Gran RS 78

        Acho que exageraram nessa projeção, pois na parte visual, o Ka será basicamente o mesmo vendido por aqui, talvez o Europeu ganhe luzes diurnas, repetidores laterais e rodas maiores. Repare que até o desenho da porta traseira foi suavizada na projeção, bem diferente da Ka ” verdadeiro”.

        • 320i

          Claro que não… A traseira mudou inteira….

          • Gran RS 78

            Mas será que o carro ” verdadeiro” será assim como na projeção ou será o mesmo Ka vendido no Brasil no quesito design? Acho que essa projeção irá ficar somente no papel assim como inúmeras ficaram, especialmente se o carro já existe, pois não teria sentido a Ford redesenhar o Ka para ser vendido na Europa. Eles já terão um Ka muito melhor que o vendido no Brasil, isso sem dúvida alguma.

          • Gran RS 78

            Analisando a projeção, ela foi feita por um brasileiro chamado Daniel Ferreira, portanto o NA só uso o desenho dessa pessoa e com certeza não é o mesmo Ka que é vendido aqui e nem o que será vendido na Europa.

        • Canal do Rugani

          Esse desenho é antes do lançamento daqui, não? O NA só está usando pra retratar o caso.

          • Gran RS 78

            Eu acabei de ver isso. O nome do rapaz está junto com o desenho e ele é brasileiro. Não sei porque o NA usou essa imagem, que não é o verdadeiro Ka atual e provavelmente não será esse o vendido na Europa, que possivelmente terá o mesmo desenho do nosso.

            • Mardem

              Isso aí é material de divulgação do lançamento do Ka aqui no Brasil. Daniel Ferreira é designer da Ford. A traseira diferente é apenas uma das opções que a Ford teve e acabou não escolhendo.

        • DinhoRoxxx

          A traseira do Ecosport 1{ geração vendido na Europa era bem diferente da nossa, para atender ao gosto europeu, acredito que essas mudanças realmente ocorram

          Ele era chamado de ford fusion na epoca

          • Gran RS 78

            Na verdade, o Fusion, versão do Ecosport para o mercado europeu, seguiu um visual mais para uma minivan que para um suv, portanto será diferente do Ka, que é um compacto, tanto aqui quanto na europa, lembrando que o antigo Fiesta europeu que deu origem ao Fusion era bem diferente do nosso, e se eu nao estiver enganado, ele usava uma plataforma completamente diferente do modelo vendido no Brasil na época.

      • Filipe Augustus

        O parachoque dianteiro eu gostei, agora essa placa na tampa, não ficou legal não, pelo menos pro meu gosto!

      • Paulo Douglas

        Esse foi um desenho que o designers da Ford fizeram como esboço até chegar ao produto final (por exemplo: num desenho colocaram a placa na traseira pra ver se ficava bom, no outro colocaram ela no para choque, daí analizaram qual era a melhor opção). No caso o ka vai igual o brasileiro em questão de estética (talvez só a entrada de ar de baixo do para choque dianteiro vai ficar preta).O NA nunca cuida direito das imagens nas matérias.

  • Gran RS 78

    Que novidade. Todos os carros quando são feitos para outros países recebem inúmeras melhorias em relação ao mesmo carro vendido no Brasil. Lá fora eles tem muito mais segurança, acabamento melhor, motores mais eficientes e modernos e claro, preços muito menores que os praticados em nosso país. Uma vergonha como as montadoras e governo tratam o consumidor brasileiro.

    • Bruno Luís

      As montadoras ainda nos tratam como se nós brasileiros fôssemos seres inferiores aos europeus e norte americanos , eles devem ter tudo de primeira qualidade carros seguros e eficientes . Agora os brasileiros qualquer carro não , qualquer meio de transporte de 4 rodas servem para eles.

      • Artur

        Mas a verdade é que somos! Rsrs
        Temos que admitir que o Brasil é um apenas mais um país de terceiro mundo, equiparado a Colômbia, Paraguai, Uruguai, Argentina etc. (apenas para citar nossos “hermanos” sulamericanos), bem como Rússia, China, México, Índia e cia.
        Quando alcançarmos o nível de desenvolvimento atual dos europeus e norteamericanos (talvez daqui uns 50 a 60 anos, sendo otimista), eles continuarão num nível muito superior ao nosso, e assim será até o fim do mundo (principalmente com esse governo e nossas políticas externas e internas)! Rsrs

        • Gran RS 78

          Discordo de vc. Os carros vendidos no Chile são os mesmos vendidos na Europa e vários modelos que rodam na Europa tbm rodam na Argentina, como o Megane hatch, Scirocco da VW, Kuga da Ford e até o Mustang, que será vendido na Argentina. Isso mostra que o Brasil ainda fica atrás de países vizinhos, portanto acho que as montadoras ainda tratam o nosso país com desdem. Vamos analisar no caso da Fiat, que tem o Brasil como o segundo maior mercado para a montadora, ficando atrás somente da Itália, e mesmo assim ficamos sem vários carros como o 500L e Panda só para citar dois modelos, nos motores ainda não temos o multi-air para os carros ” de entrada” da marca, sem mencionar que a marca insiste em não trazer a Alfa Romeo de volta para o nosso mercado. A Renault é outra montadora que não está nem aí para o nosso mercado, e olha que o Brasil é o segundo maior mercado da marca francesa, ficando atrás somente da França e só temos carros Dacia por aqui. Isso mostra que somos vistos como sub-classe, e nossas vidas valem muito menos que a de um Europeu ou mesmo de um Argentino.

          • A Argentina eu realmente não entendo… mas o Chile é considerado (não concordo, mas…) um país já desenvolvido.

            • Newton Freitas

              Chile ainda não é um país desenvolvido por total ( para receber este titulo o país tem que ser desenvolvido economicamente e socialmente) porém tem um idh alto e o gosto do pessoal do chile é equiparável com o gosto Europeu.
              Eles tem a Opel por lá. ..

              A Argentina tem o Megane Hatch para países não desenvolvidos que é o modelo turco.
              Para Países desenvolvidos o megane é feito na espanha.

              • Fanjos

                Para acontecer o mesmo que o Chile é fácil, é só acabar com todos os esquerdistas, colocar todos em um paredão e fuzilar tudo, criando um governo de Direita, depois criar leis flexíveis e um Estado enxuto e liberal, foi o que aconteceu no Chile.
                Mas não se preocupem, já começaram a esquerdar novamente por lá, logo logo o Chile afunda novamente, o esquerdismo só traz desgraça para nação.

                • Minerius Valioso

                  É claro que o Pinochet foi um ditador e fez coisas erradas, no entanto na parte econômica foi genial, de fato, porque ele estava perdido e não decidiu intervir, e chamou na época os Chicago Boys.

                  Chile até os dias de hoje é o único país rico da América Latrina. A perspectiva é que a Argentina vá pelo mesmo caminho, com reformas econômicas do Macri.

                  O que dizer do Brasil? Difícil saber com uma marmota comediante que fica só no lero lero.

                  • CharlesAle

                    Com essa quadrilha de bandidos no nosso Poder, não há qualquer possibllidade de melhora..Basta ver que qualquer espirro que a Dilma dá, a bolsa já sobe!!!

                • fbl

                  O PT é realmente mediocre, além de seus seguidores e todos esses partidos ridículos de esquerda. Essa derrota toda do brasil ao menos tem um lado bom. Provavelmente a classe media e muitos das classes mais baixas nao votarão mais em nada dessas porcarias demogogas e corruptas de esquerda. Que se explodam todos. Teclou 13 e confirmou? Agora se F otario.

                  • Louis

                    Esse pessoal que votou no P T têm memória da barata, podem não votar agora, mas daqui alguns anos voltam a colocar outro ignorante no poder.
                    Igual Argentina, Macri está sendo corajoso lá, mas daqui uns 10 anos volta a esquerda.

                • CharlesAle

                  Pois é Esquerdaram por lá também..Não bastava ter aprendido com o sofrimento dos “hermanos” Argentina, Venezuela e Brasil…Nisso, os Chilenos vacilaram legal, e vão sofrer com certeza..

              • É, aqui tem marcas europeias como Opel, Alfa e Skoda, mas carros europeus não são tão bons de mercado. Por incrível que pareça a européia que mais vende é a Peugeot, muito por causa dos carros e comerciais (maioria) a diesel. Nem mesmo a VW é popular. Mas realmente os carros que chegam, são, se não iguais, similares aos europeus, não tem gambiarra.

              • Tosoobservando

                Onde e quem da estes tais “titulos” que nunca ouvi falar. Existe selo de desenvolvido, subdesenvolvido é? kkk Eu achava que eram so coisas de teoricos.

                • Newton Freitas

                  Não é bem um título.
                  Mas a Onu que reconhece quando o país vira desenvolvido.
                  O último a ter reconhecimento foi a Coréia do Sul em 2005 ou 2008 não me recordo bem.

              • Rodrigo

                Na verdade o Chile tem carros “de primeiro mundo” porque dependem exclusivamente de importação. Até onde sei eles não têm uma única fábrica de veículos por lá.
                E cá entre nós, entre importar um carro europeu e uma carroça brasileira, qual vc preferiria?

                • Newton Freitas

                  Depende do carro europeu.
                  Dispenso 301 da Psa.
                  Dispenso a Linha Dacia.
                  Dispenso alguns toyotas europeus.

                  Em relação a uma marca européia que se sairia bem aqui seria a Skoda.
                  Fabia, Rapid, Octavia são ótimos carros e sua produção aqui é viável.

            • cepereira2006

              Chile é um país organizado, com corrupção quase zero. Está léguas de distância na nossa frente. Seus governantes visam o bem da nação ao fazer acordos de comércio. Já o molusco e cia visam apenas seu próprio bolso. Para sair uma linha de metrô na principal cidade do Brasil, meio mundo precisa receber propina, por isso não sai ou vai a passos de tartaruga. Em Santiago, ano sim, ano não tem uma nova linha de metrô. Logo serão o Canadá da América do Sul. Não tenho inveja, pois quem é honesto merece prosperar.

          • Artur

            Mas o que você disse não contradiz o que afirmei!
            Quanto ao Chile, nem citei por ser um ponto fora da curva. Lá não existe indústria automotiva, então eles vendem só produtos importados e o preço é favorável por conta da política tributária.
            Na Argentina há realmente alguns modelos que não são vendidos aqui, mas são raras exceções: o primeiro colocado em vendas lá é o nosso Gol.
            As montadoras produzem e vendem aqui o que o povo compra. Você citou a Fiat e a Renault, mas pior é a situação da GM, por exemplo, que só vende carro podre (Ônix, Prisma, Cobalt, Classic etc.), com motores defasados, e está na liderança do mercado!
            Ou seja, pra quê investir em modernidade e segurança se o brasileiro gosta mesmo é de lixo?
            Por isso eu digo: nosso país merece essa situação que está passando e merece o governo que tem. Aqui não tem jeito, nem se recomeçar do zero! Rsrs

            • Tosoobservando

              Antes dos Kichner a Argentina ja foi bem melhor, se nao me engano o Golf ja foi lider la.

              • Gran RS 78

                Foi melhor, mas o Golf nunca foi lider de vendas na Argentina.

          • Marcio Santos

            Em parte o nosso problema é excesso de impostos, se 40% a 50% do nosso carro é imposto como ele poderia ter a mesma qualidade ?
            Para que o preço fique aceitável certamente haverão cortes, não existe mágica.

            • Artur

              Com certeza esse também é um dos principais problemas.

            • Gran RS 78

              Sim concordo que os altos imposto tbm influenciam os altos preços dos carros, mas não se esqueça que no Brasil, o lucro nas montadoras é bem maior que de outros países, portanto se eles abaixassem a margem de lucro, os preços seriam menores.

          • Tosoobservando

            O Brasil nao fica atras de ninguem o que ocorre é que eles nao ganham com impostos sobre a produção, pois nao existe, o mercado é aberto. O Brasil escolheu ter uma industria e cobrar altos impostos ou seja, a população paga caro pra manter o governo e seus projetos. Uma alternativa seria desonerar esse setor e criar impostos sobre grandes fortunas e aumentar sobre heranças, ae nao ia faltar, mas vai propor isso no congresso (maioria la é milionario e seria afetado). VAi propor cobrança de mensalidade nas univers. publicas (como é nos Eua, Inglaterra, japao etc..). Os riquinhos que estudam la te batem dizendo que ja pagam muito imposto (na vdd quem paga mais sao os pobres, quando vao comprar um carro, por ex)

            • CharlesAle

              Sou a favor de pagar mensalidades em Univers. públicas!! Gratuito, só deve ser até o médio..

              • Tosoobservando

                No Japao so o basico, ate o medio ja é pago.

              • Louis

                Apesar de bom ensino, as universidades públicas brasileiras são ralos de dinheiro e antro de parasitas.

            • Ernesto

              Não concordo em criar impostos sobre grandes fortunas. Temos que lembrar que quem tem dinheiro normalmente é quem investe e ganhou seu dinheiro. Fazer isso só desestimula o empreendedorismo. Temos sim é que incentivar a iniciativa privada. Depender do Estado, como aqui está ficando, é o pior dos mundos. Podemos ver isso no nosso dia a dia, indo numa repartição pública e recebendo o pior dos atendimentos. Estado tem é que ser responsável somente pelo básico: educação, saúde e segurança!

              • Tosoobservando

                Fale isso para a maioria dos países da Europa que so vivem o tal de sistema de bem estar social por cobram o mais alto IR do planeta, e altas fortunas sao taxadas fortemente. Se nao taxa as fortunas, tem de taxar o consumo, ae é onde o pobre sofre, como ocorre aqui.

                • Ernesto

                  O problema no Brasil não é falta de dinheiro e sim como ela é utilizada. Para que 39 ministérios? Para que tantos funcionários públicos? O dinheiro aqui é muito mal administrado! Taxar grandes fortunas pode até aliviar um pouco a vida do pobre, mas não irá resolver seu problema. Depender do Estado é a pior coisa para o desenvolvimento do Brasil. Comparar Brasil com Europa? Não dá, né? Se tivéssemos a mesma cultura deles, aí poderia até dar certo o que você propõe. Mas aqui na Bananalândia, onde feriados e festas têm mais valor do que sair às ruas para exigir mudanças, muito provável que aumentaremos a quantidade de vagabundos dependentes do Estado.

                  • Tosoobservando

                    Kra o sistema de impostos europeu so difere do nosso porque la é centrado na maioria dos países mais nas grandes fortunas e IR do que no consumo, por isso que vc tem Clio na frança custando menos 14 mil euros, sendo que o salario minimo passa dos 2.500 euros. Como se conseguiria isso aqui com a tonelada de impostos, leis trabalhistas etc.. que temos. La eles preferem taxar pesadamente os ricos, na França isso chega a quase 60% do que estas pessoas muito ricas arrecadam. Os ricos chiam, chiam, mas como existe o estado de bem estar social e uma igualdade maior, aceitam, mas tem aqueles que mudam pra Suiça, ou países mais liberais que taxam menos pessoas de altas posses, mesmo ali na Europa.
                    Aqui nosso sistema é cruel pois taxa muito mais os pobres que pagam com sua pouca renda os produtos de consumo altamente caros em grande parte por culpa dos altos impostos, nos carros mesmo passa dos 40% maioria dos modelos, por isso é inviavel hoje pra um pobre ter um, alem do IPVA etc… (nos Eua se paga apenas uma taxa anual bem barata baseada no peso carro, em compensação o imposto sobre heranças é bem maior que o nosso).

        • Tosoobservando

          Nao existe mais este termo 3º mundo (nao entre os academicos que os criaram). Ele so fazia sentido quando existia o 2º mundo (comunistas URSS). Hoje nao faz mais. E outra, vc nao levou em consideração que pode haver uma guerra mundial e os países mais afetados seriam exatamente Eua, Europa e talvez Japão (eles tem mania de entrar nestes conflitos). Ae se o Brasil for esperto o bastante pode despontar como potencia e escravizar o norte do planeta HUeHUebr

          • Artur

            Kkkkkkkk boa!

          • Rodrigo

            Escravizar o norte do planeta?
            Kkkkkkkkk
            Só se for com açaí e a louca da metralhadora tra tra tra

            Kkkkkkkkkkk melhor do ano essa sua!

        • leandro

          Nao é tudo isso experimenta comer igual brasileiro na europa

          • Artur

            Nisso você tem razão…

      • Rodrigo

        Voce acha que se na India ou mesmo na Europa a legislacao destas areas fosse igual ao Brasil, eles teriam que adicionar tais modificacoes nos carros?
        As montadoras fazem o minimo aceitavel pelas legislacoes de cada area. Isso reduz o custo do proprio carro em seu desenvolvimento.
        Se nao fosse obrigatorio, ainda nao teriamos airbag e ABS de serie no Brasil.
        Eles nao dao de presente pros outros mercados as benesses que nao vemos por aqui, elas sao OBRIGATORIAS.
        Nao eh a montadora que diz : pro Brasil faz de qualquer jeito, pra Europa faca melhor.

      • leandro

        Cara aceita ou vai pras ruas brasil é assim mas ta bom tem coisa pior comida aqui e barato na europa é mais caro comer carne do que andar de carro.

        • Artur

          Tem razão. De qualquer forma, eu amo esse país, mesmo com todos os seus defeitos!

          • leandro

            Valeu tamo junto.

    • 320i

      Nenhuma novidade, mesmo… Basta desmontar o super Vectra 1997 da GMB e um Vectra do mesmo ano feito pela Opel… E tem gente que vem aqui batendo no peito: “Saudade da Opel no Brasil”… nunca houve…kkkkkkkkk

      • Fábio

        Pois é, sempre tento quebrar esse mito da Opel mas as viúvas enfurecidas da Chevrolet anos 80/90 me atacam com granadas e bazucas.
        O Omega por exemplo chegou com 5 anos de mercado na Europa e completamente ultrapassado no Brasil, prestes a ganhar uma nova geração por lá. Entendo que naquela época não existia internet e fluxo de informações não era tão rápida como é hoje. Por isso tanto faz, tanto fez no caso do Omega, mas o fato é que já era ultrapassado. O Vectra A é outro que chegou beeem atrasado do Brasil. E todos eles oferecendo motorização antiga (se naquela época já era antiga imagina hoje!!!). Vi um comparativo entre Omega CD, Alpha 164 e Mitsubishi Galant e em motorização o Galant era uma década a frente do Omega, muito mais eficiente e econômico. Palavras da própria 4Rodas.
        O 3.0 era até relativamente moderno mas aquele 4.1…e aquele 2.0…Sem falar que o “mítico” Vectra B 1997 tinha MUITOS problemas sérios e foi alvo de recalls. Mas as viúvas da Opel recusam a enxergar que a Chevrolet daquela época não tinha essa bola toda.

        • Problema era o grau de isolamento da nossa economia. O Omega veio para cá já depois de datado na Europa, mas mesmo assim foi um expoente brasileiro na época. O Vectra, apesar de vir para cá na sua segunda geração concomitantemente com a Europa (na forma, claro), vinha com diversas “pioras” em termos de segurança, acabamento e disponibilidade de equipamentos. Mas ainda assim era um sedã médio muito além do que a concorrência oferecia.
          Bem, ainda hoje somos um dos países capitalistas mais fechados economicamente do mundo. O resultado é esse que vemos no exemplo do Ka da reportagem.

          • Tosoobservando

            problema nao ser capitalista ou fechado, problema é nao termos tecnologia propria, pq se fossemos uma Coreia do Sul da vida, poderiamos ser do jeito que somos e ainda assim teriamos carros bem modernos de marcas proprias.

        • Marcio Santos

          Ao menos eram carros de primeiro mundo, a gm possuía na sua linha monza, kadett e depois omega, vectra, astra, meriva e zafira, mesmo um pouco ultrapassados não eram carros para países pobres.
          Entre os carros feitos na região o único vendido no primeiro mundo é o cruze, o resto utliza motores MUITO antigos e o projeto em si é para subdesenvolvidos, e ainda assim se compararmos o cruze o astra europeu fica bem claro que o astra é superior, então temos aqui uma versão simplificada do astra.
          Então apesar de nunca ter tido um carro chevrolet reconheço que naquela época eram bons carros, carros de priimeiro mundo, hoje não.

      • Portuga Goleta

        Sinto falta do design Opel, os carros é claro e óbvio que tinham diferenças com os daqui.

      • Matthew

        Típica síndrome de vira-lata. No que o Vectra nacional era tão inferior ao modelo montado pela Opel? De qualquer forma, comparado com a linha atual, na época em que os carros eram derivados da Opel tinha muito mais diversidade.

      • DinhoRoxxx

        Bem, praticamente toda reportagem que vejo europeia falando de Opel eles falam mal da marca pela sua qualidade duvidosa por lá, sendo que lá ela é muito superior ao “opel” que foi vendido no Brasil pela chevrolet.

        Já os modelos da ford sempre foram bem elogiados como o Escort e o focus

    • Concordo em parte. Esta diferença ainda é muito grande, mas já foi colossal. Basta ver os carros dos anos 1980 e começo 1990 quando liberaram as importações, a diferença era maior.

    • The Canadian

      A questão é que mais segurança, motores melhores e mais segurança são caros, um ka assim custaria uns 50k, nossa moeda não vale tanto quanto o dólar ou o euro, por isso o poder aquisitivo deles é bem maior, ou seja, compram mais com menos.

      • Gran RS 78

        Se eles quisessem poderiam muito bem vender um carro mais seguro e completo por preços menores, pode ter certeza disso.

        • Tosoobservando

          Mas pq eles iriam querer isso se a empresa quer lucrar? E isso nao é so aqui, meu amigo. Leia sobre Ralph Nader e como ele foi perseguido pela GM por lançar o livro Unsafe at any speed, falando sobre a insegurança nos carros americanos, em especial o Chevrolet Corvair, e foi ele quem incentivou os congressistas americanos a criar leis pra fazer crash-tests e melhorar a segurança dos carros por la. A GM mal se importava com isso. So fazem se tiver leis sobre o assunto ou crash-tests e programas que difamem a marca a ponto dela falir, fora isso, se continuam comprando e nao tem lei pra impedir, vao fazer so porcaria e vender pra lucrar.

    • Tosoobservando

      A vergonha aqui é como o consumidor brasileiro se permite ser tratado, ontem um amigo do trabalho ia pagar 56 mil num Voyage, eu fiquei chocado, ele disse que tinha de tudo era completo e 1.6, ou seja, pra ele realmente um carro destes valia quase 60 mil pilas. E isso é a maioria dos compradores. Um mercado destes algum dia vai mudar?
      Em contrapartida vc ve ae o Renault Fluence por 61 mil quase enchalhado e quando eu falei pro cara da diferença minima de preço ele disse que o Fluence era um “carrão” para seus padrões e que iria comprar mais na frente. Alguem entende a cabeça de brasileiro?

      • Ernesto

        Esse Fluence por 61 mil era mosca branca. No anúncio informava ser somente um número de chassis, ou seja, somente 1 carro por esse valor.

  • GPE

    “De acordo com a Ford, o Novo Ka recebeu melhorias significativas em relação ao modelo brasileiro, sem dúvidas, em termos de segurança e qualidade do acabamento”. Ford assinando o atestado de b0sta produzida no Brasil

    • Gustavo73

      Aqui estrutura 4 estrelas mas o pessoal tava batendo palma e achando o máximo o mesmo com o Fiesta. Lá estrutura 5 estrelas. O Focus aqui tem estrutura 5 estrelas mas se for testado esses ano já não seria mais. O consumidor aceita então toma.

  • Autofahrer!

    Agora vamos ver como era para ser o produto realmente finalizado. Hahaha…

  • Minerius Valioso

    “De acordo com a Ford, o Novo Ka recebeu melhorias significativas em relação ao modelo brasileiro, sem dúvidas, em termos de segurança e qualidade do acabamento.”

    Nenhuma novidade para o país que é a periferia do mercado mundial.

    Lembrem-se que o Ka indiano tem repetidores laterais, airbags laterais e de cortina e a/c com duas zonas.

    • Newton Freitas

      O carro é bem equipado na Índia.
      Mas você reparou na quantidade de desnível de peças do painel? É horrível.
      Não sei exatamente se o modelo montado no Brasil é semelhante.

      • Fanjos

        Se aqui tambem é tudo torto? É sim! Foi um dos motivos que deixei de comprar ele para comprar o Up, que pelo menos tem um acabamento correto.
        Na css eu fui abrir a porta e a porta de um Ka que estava exposto e ela desceu, desencaixou, o vendedor venho correndo, quando viu que eu ia abrir, falou que a porta estava “meio solta” e que eles já iam trancar o carro para não abrir, falei para ele que se o carro do Showroom que deveria ser o melhor a se apresentar estava assim, imagina o que é entregue? Deixei para lá.

        • leomix leo

          Nem acredito, fico imaginando a cara do vendedor, kkkkk.
          Eu ainda tinha feito uma piada de mal gosto, perguntava ao vendedor, se na primeira revisão eles iriam corrigir todas as falhas como essa apresentada.

        • Marcio Santos

          De forma nenhuma é todo torto, alinhamento não é milimetricamente perfeito mas está MUITO longe de ser todo torto, e preciso procurar.

        • CharlesAle

          Minha nossa, se eu fosse o vendedor, eu não saberia aonde enfiar a cara de tanta vergonha..rsrsrs..Olha eu até admiro a politica da Ford de colocar carros modernos para seus consumidores, mas ela realmente esqueceu da parte de qualidade de montagem..Muito diferente da minha época de Ford Taboão, onde os carros eram projetos “velhos, mas tinham um acabamento de quase tirar o fôlego….

      • Minerius Valioso

        A quantidade de desníveis não cheguei à reparar…

  • Canal do Rugani

    Daqui só vai nome e carcaça, pq o resto, tudo novo e melhor.

  • Brinquedos

    A sede da Ford eh em Dearborn, e não Auburn Hills…

  • Eduardo Brito

    Muito bonito. Ester seria um possível facelift para cá.

  • DiMais

    apesar de estar se tornando uma coadjuvante no merco local, a Ford brasileira ainda tem importância global para o desenvolvimento de produtos. quem sabe a anti-Toro saia daqui também.

  • zenbudismo

    e o preço?

  • Cleidson

    Na Chevrolet dos anos 80, toda linha tinha opção de câmbio AT, até Chevette e Chevy 500. Alguma montadora tinha q fazer isso de novo. Botar câmbio AT como opção pra tudo. Um AT na linha Ka, Fiesta e Focus ia ficar a coisa mais linda. (AT de verdade).

  • afonso200

    nao duvido que vai ter cambio AT

    • Gavlan The BeerMaster

      ……

  • Aldo Raine

    Versão motores superaquecidos vão pra la tbm ?

  • Sabatino

    Nao Gostei. Prefiro o Ford Ka atual, baseado no 500 e com o design do Fiesta.

  • zeh

    hum???…então sabem o que produzem aqui?..isso é uma confissão….

  • fbl

    É triste ler isso.. Ter certeza mais uma vez o quanto somos desprestigiados e defasados em relação aos produtos pro primeiro mundo. Criado aqui e melhorado para ida ao mercado externo. Ê brasil…. É vergonha atrás de vergonha…

  • leandro

    Gente se colocar uma pintura decente uns bancos decentes e isolamento acustico decente vai ficar bom pois tecnologia ele tem

  • DevXav

    Ta aí um carrinho que não vejo graça e, se possível, jamais comprarei.. (assim como Gol..)

    AO MEU VER, esse “Ka novo” foi um enxerto que fizeram pra aumentar preço e o que deveria ocupar esse lugar (categoria, tamanho, faixa de preço e etc) seria o FIESTA..

    Mesma coisa da dona Volks em relação a Up!, Gol e Fox..
    O nome do Fox deveria ser Polo e essa porcaria de Gol pra mim já deu o que tinha que dar..

    Mas.. Vamos voltar à realidade e parar de sonhar porque subir preço e cobrar impostos é a unica coisa que rola nesse país.

  • Regis Silva

    O QUE FALAR DO BRASIL NÉ…..O KA CUSTA PARA MONTADORA COMO VENDA ALGO ENTORNO DE 18.200,00 O RESTO É IMPOSTO…COMO RECHEAR OS CARROS FEITO AQUI SE NA HORA DE PRODUZIR, PAGA IMPOSTO, NA HORA DE VENDER PAGA IMPOSTO…AQUI OS CARROS QUE TEM QUALIDADE DOS EUROPEUS E NORTE AMERICANOS SÃO SEMPRE ACIMA DOS 90.000,00, É MUITO IMPOSTO. O BRASIL TEM CAPACIDADE DE SER MELHOR E JUSTO, BASTA TER UM GOVERNO COPETENTE.

  • Adriano

    Eu iria elogiar a ford pelo fato de não ter que modificar muito a estrutura do carro, mas após ler a frase abaixo, eu vou é criticar e ainda por cima ficar desconfiado do latin Ncap, a Ford afirma isso para nós, em qualquer país desenvolvido esse carro não venderia nada com tal afirmação, nosso problema é o povo, as montadoras só dão risadas.
    “De acordo com a Ford, o Novo Ka recebeu melhorias significativas em relação ao modelo brasileiro, sem dúvidas, em termos de segurança e qualidade do acabamento”

  • Le chat noir

    Provavelmente vão ter que melhorar muito como fizeram com o Eco sport para conseguir vender na Europa…

  • Diogo Oliveira

    Na minha opinião, a placa na tampa do porta-malas fica MUUUUITO mais bonito.

  • Edson Fernandes

    Tristeza. Porque a Ford não manteve essa lanterna arredondada como no desenho?

    Ficaria tão mais bem resolvida a traseira…

    Eu sinceramente acho o KA tão feio quanto um UP. Claro que é opinião minha.

  • leandro

    Pois é o proximo vai ser japonês. Kkk

  • Rafael

    A Ford é, de longe, a melhor opção entre as 5. Não tem compacto que bata a dupla fiesta e ka. Fit é interessante mas só pra brasileiro que pode rasgar dinheiro. O HB chega perto, mas a qualidade do carro é de doer. A porta parece papel, é a metade da espessura da do Ka. Onix? haha! tem motor de Corsa Wind. Renault não conta e peugeot não gosta de vender.