Australia Ford Pickups

Ford Ranger Raptor pode surgir até 2019

ford ranger wildtrak 2016 2

A Ford Austrália registrou no serviço de patentes do país os nomes “Ranger Raptor” e “Ranger FX4”. De acordo com o site CarsGuide, este é uma confirmação do lançamento de uma versão mais potente da picape, que deve chegar ao continente em 2019.

A Ford já teria confirmado o interesse em uma Ranger Raptor, que ficaria posicionada acima da Wildtrak. A preocupação da empresa, no entanto, estaria relacionada com a demanda de mercado para um veículo assim.

Atualmente o motor mais potente da Ranger é o diesel 3.2 Duratorq de 200 cv, usado inclusive no Brasil. Uma Ranger Raptor pode significar o uso de um diesel mais potente ao invés de um V6 EcoBoost, como no caso da próxima F-150 Raptor.

[Fonte: CarsGuide]





  • Foxtrot

    Uma ranger com um motor… talvez uns 300cv deve ser uma boa.

  • V12 for life

    Pelo jeito a Amarok 3.0V6TDI se ainda fizer parte dos planos da VW não deve ficar sozinha no mercado, tomara que o Brasil faça parte dos da Ford para essa versão.

  • Jeremias Flores

    Tem Troller/Ranger com programação simples batendo perto dos 270cv no motor 3.2, seria muito legar ver isso de fábrica.

    • JMG

      Só com reprogramação da centra eletrônica se tira 280cv e 68kgfm de torque!

      Com umas trocas de componentes do motor tem uma com 320cv e 77 de torque!

      • Junoba

        Porque então a própria fábrica não faz isso ?

        • dCarvalho

          “Porque então a própria fábrica não faz isso ?” A pergunta que não quer calar!

        • radiobrasil

          Será que não extrapolaria a quantidade de poluentes expelidos segundo as normas? Como nos VW…

          • Bruce Wayne

            E ai ninguém responde hahahaha,

        • EuMeSmObYmYsElF

          consumo, emissões, bla bla bla…

        • Bruce Wayne

          E ai ninguém responde.

        • Wellington Myph13

          Porque todo mundo acha lindo “chipar” e subir a potência e Torque em um monte sem precisar pensar no resto dos componentes que precisam acompanhar.
          Já vi em vários fóruns que os “chipadores” de Golf sofrem do mau do Cambio DSG barulhento pois o cambio de 7 marchas alem de ser seco, é projetado pra no máximo 25kgfm de torque, coisa que alterados o 1.4T chega a 28kgfm de torque… Dai a cagada.
          Então a fábrica não faz isso porque tem que alterar o cambio e outros componentes (Não manjo muito) pra aguentar a diferença.
          Além claro do nível de consumo e emissões que tem que entrar na etiqueta…

        • Wellington Myph13

          Porque todo mundo acha lindo “chipar” e subir a potência e Torque em um monte sem precisar pensar no resto dos componentes que precisam acompanhar.

          Já vi em vários fóruns que os “chipadores” de Golf sofrem do mau do Cambio DSG barulhento pois o cambio de 7 marchas alem de ser seco, é projetado pra no máximo 25kgfm de torque, coisa que alterados o 1.4T chega a 28kgfm de torque…

          Então a fábrica não faz isso porque tem que alterar o cambio e outros componentes (Não manjo muito) pra aguentar a diferença.

          Além claro do nível de consumo e emissões que tem que entrar na etiqueta…

          • Rico & Orgulhoso

            Muitos casos não chega quebrar o DSG, mas é muito comum o câmbio superaquecer e “travar” o funcionamento quando fazem alterações no motor e dirigem o carro agressivamente.

            O DSG do Jetta (6 marchas) é mais resistente.

            Nao existe magica, é aumentado a pressão do turbo e acertado a injeção de gasolina para mais potência, o que acaba sobrecarregando outros componentes (como o sensível DSG)

        • DaniloRHF

          Além da questão da poluição, entra outros fatores como câmbio, freios, chassi, pneus… Se um carro aumenta a potência, então ele precisa de varias coisas aliadas pra um perfeito funcionamento. Então pra fabrica é mais fácil colocar limitadores pro motor render menos, do que ter que investir em componentes mais caros.
          Então porque a montadora não faz motores mais simples pra render essa mesma potência do que esses motores “limitados”? Porque ela precisa ter um motor elástico pra trabalhar com a concorrência e também pra fornecer um produto que o cliente possa mexer de acordo com a sua necessidade

        • Guilherme Eduardo

          Acredito que é por que não precisa. Não é todo mundo que quer um motor super potente, até por que os acessórios que acompanham essa potência extra (freio maiores, pneus mais largo, por exemplo) encarecem o produto final. Mas quando precisa eles fazen o serviço direito, veja o THP, o TSI e o Ecoboost, por exemplo, que teem versões de potencia/torque diferentes com a mesma cilindrada.

    • Lobo

      Caraca, dessa eu não sabia.
      Mas deve beber e poluir bem mais :/
      Fora questão de durabilidade do motor.

      • Jeremias Flores

        ao contrario, o motor fica mais eficiente, então consome menos e polui menos

        http://www.carbaseperformance.com.br/

        • Wellington Myph13

          O motor fica sim mais eficiente, mas poliu mais sim.
          Simples exemplo que o Motor 2.0 do ix35 caiu de 178cv pra 167cv por conta de emissões.
          Se você “chipar” o motor vai subir pros 178cv ou mais, mas o nível de poluente sobe junto, um acompanha o outro.
          Não que ele vai Poluir “mais”, ele vai poluir o Equivalente ao ganho de potência. A Relação em % de Potência X Emissões pode continuar igual, mas não deixa de ser mais que antes.

        • Bruce Wayne

          Não, não fica mais econômico e muito menos com nível de emissões mais baixo.
          Motor mais eficiente em que? a palavra solta assim não significa nada.

          • Batm… Quer dizer Bruce, só lembrando que você nunca ri!

            • Bruce Wayne

              Bem lembrado.

  • Lobo

    Show de bola, essa geração virá ao Brasil?
    Achei bem bonita.

  • Dp Som

    Se vier uma Ranger Raptor pro BR, infelizmente vai ser uma ranger limited laranja, e mais us adesivos, e tah pronta por R$ 180.000,00

    • rafael morozini

      200…

    • Junoba

      Igual a Hilux Limited Edition…haha…

  • Guilherme Eduardo

    Aqui pro BR acgo que daria pra colocar o 2.0 Ecoboost do Fusion (se der para adaptar no cofre). Não seria o desejado mas já seria um “algo a mais” e talvez não sairia caro pra Ford.

  • HelderV6

    Versão esportiva diesel??… põe um v8 ou v6 aspirado pow.

  • Andrex2501

    Além do V6 3.5 EcoBoost, a Ford tem na prateleira o V6 2.7 EcoBoost, que ao meu ver, poderia ser uma opção bem apetitosa pra esse carro (calibrado pra uns 300cv)



Send this to friend