Home Marcas Ford Ford Transit 2009: importada da Turquia, a partir de 83.990 reais

ford transit 2009 brasil Ford Transit 2009: importada da Turquia, a partir de 83.990 reais




O Brasil não conhece muito a Ford Transit, mas ela é uma van muito famosa em outros países. Ela é vendida a décadas, e já passou de 5 milhões de unidades feitas. A partir de janeiro a Ford Transit 2009 será vendida também aqui no Brasil, com preços a partir de 83.990 reais e motor diesel 2.4 de 116 cavalos e 32 kgfm de torque.

A Ford Transit 2009 mais barata vai sair por 83.990 reais, com capacidade de 7,5 metros cúbicos e 1.400 quilos de carga. Ela não terá ar-condicionado de fábrica, mas terá outros acessórios, como direção hidráulica, freios ABS, controle de tração e sistema auxiliar de arrancada. Em termos de acessórios de conforto, o modelo oferece trio elétrico e airbag para o motorista.

Teremos também uma versão mais longa da Transit furgão, com 80 centímetros a mais de comprimento, chegando a mais de 5,50 metros. O preço será de 93.290 reais, e ela também tem o teto mais alto, levando mais de 11 metros cúbicos de carga. O nível de equipamento é o mesmo, com o ar-condicionado como o único opcional.

A versão de passageiros custará 103.990 reais, com o mesmo tamanho da versão furgão longo, com capacidade para até 14 pessoas, incluindo o motorista. Essa versão sim vem com ar-condicionado dianteiro e traseiro, com comandos independentes, e todos os equipamentos das outras versões.

A Ford tem pretenções ambiciosas para a Ford Transit, querendo vender 2.900 unidades já em 2009. Se bem que não será muito difícil vender isso, pois a Fiat Ducato tem vendido mais de 8.000 unidades por ano, só que custando bem menos, a partir de 74.000 reais.

A Renault Master também vende bastante, com cerca de 4.000 unidades por ano, custando a partir de 77.000 reais. Já a Mercedes-Benz Sprinter vende menos, cerca de 3.000 unidades, custando a partir de 82.700 reais.

[Fonte: Ford]



Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.