Elétricos Europa Híbridos Tecnologia

GKN desenvolve motor compacto para baratear carros híbridos plug-in

gkn-eletrico

A empresa britânica GKN desenvolveu um novo tipo de motor elétrico compacto que promete reduzir os custos de produção de carros híbridos plug-in.

O motor tem dimensões bem reduzidas e pesa somente 54 kg. A GKN vários conectores e cabos de energia, que permitem montagem mais rápida durante a produção.

O propulsor elétrico entrega 88 cv e incríveis 204 kgfm, o mesmo que um caminhão diesel extrapesado, por exemplo. O sistema de refrigeração é líquida, melhorando a eficiência do equipamento.





  • Junior_Gyn

    Caramba, 200 Kgf num motor desse tamanho, se tá louco. Imagina esse torque começando do 0 e te colando na poltrona. É uma paulada na cabeça.

  • Paulo

    Esse motor tem esse torque alto pois é para ser ligado diretamente ao eixo. Ele não deve passar de 300 RPM.

  • Hugosw

    Uma ótima notícia pois é muito importante empresas como a GKN, que não são vinculadas a montadoras diretamente, entrarem neste mercado visando viabilizar este tipo de tecnologia.
    Espero que em um futuro não muito distante também existam kits de conversão para carros a combustão para elétricos.

    • Franco da Silva

      Orando para isso! Quero ver muitos clássicos convertidos. Fusca, Gol, 147… todos colorindo as ruas como (dizem) nos anos 70.

  • CanalhaRS

    O mundo andando para o futuro e nós cultuando o motor flex…

    • Louis

      Torço para que as chinesas comecem logo a importar elétricos, porque se dependermos das “grandes nacionais”, estaremos f…. torço pela BYD.

    • Airplane

      Pior ainda é o lobby das sistemista para a introdução do diesel nos carros de passeio !

  • Rbs

    Um setor que deveria ter uma atenção de maneira mais intensa no que diz respeito ao consumo de combustível deveria ser o setor náutico.

    Todos esses experimentos e tecnologias que são aplicadas atualmente para carros, deveriam também com as embarcações.

    Essa tecnologia hibrida seria muito bem vinda nesse setor por diversos motivos. A cada dia que passa o motor de um carro fica menor, mais potente, mais econômico e menos poluente, sendo assim acredito que tem muita água para rolar a ate chegar o dia da obrigação de colocar tudo isso de lado.

    Ja nos barcos a coisa muda de figura ate por que o poder aquisitivo de quem compra barco é outro e assim a escala de comercialização seria mais rápida.

  • Ancelmo Henrique

    200kgfm? Woow

  • Franco da Silva

    88cv e 200kg… meu deus! Pode fazer um de 65cv e “só” 100 de torque para ganhar em autonomia que já fica muito bom para a cidade e pequenas viagens.

  • Ricardo Rangel Lirio

    Como assim? 204 de torque?! Putz…