GM anuncia brasileiro como chefe de engenharia na Europa

14/03/2016

William F. Bertagni

A General Motors anunciou nesta semana a chegada do brasileiro William F. Bertagni para ocupar o cargo de chefe de engenharia de veículos na Europa. O executivo ocupar, a partir do dia 1 de abril, o cargo deixado por Charlie Klein, que agora vai se posicionar como o chefe de estratégia global de energia e emissões de CO2 da empresa.

O executivo vai trabalhar com uma equipe de 7 mil engenheiros nas áreas de no desenvolvimento de veículos, tecnologias de segurança, conectividade e motores eficientes, no centro de desenvolvimento técnico internacional da GM na sede da Opel em Ruesselsheim, na Alemanha, que se posiciona como o segundo maior da empresa em todo o mundo.

William-Bertagni-GM-2

“Damos boas-vindas à Bertagni. Seu amplo conhecimento técnico e experiência de gestão global vão ajudar a nossa equipe. Sua missão é avançar ainda mais nossa estratégia ofensiva de modelos”, disse o CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann. “Meus agradecimentos vão para Charlie Klein. Em seu mandato, lançamentos com sucesso uma série de novos modelos e tecnologias no mercado – como o Opel OnStar e o premiado novo Astra. Charlie também desempenhou um papel importante na cooperação com a nossa importante parceria de joint-venture com a PSA Peugeot-Citroën e a Renault”.

Hoje, Bertagni ocupa o cargo de chefe de engenharia de produto da General Motors na América do Sul e tem mais de 30 anos de experiência no desenvolvimento de produtos. Anteriormente, o executivo foi engenheiro-chefe de carros pequenos baseados na Coreia e chefe do centro de engenharia da empresa no Brasil.









  • T1000

    GM/OPEL com design chinês e motores antiquados em breve.

    • Paulo Júnior

      Não duvide da capacidade desse brasileiro, em primeiro mundo é o mercado quem dita as regras e não o chefe de engenharia em si.

      • T1000

        Não estou duvidando da capacidade.
        Eu quero dizer que levar um profissional de um mercado emergente para coordenar as ações globais da empresa talvez signifique que eles queiram aumentar a gama de produtos emergentes.
        Isto pode respingar nos modelos vendidos no primeiro mundo, pois nada impede que soluções de baixo custo não sejam utilizadas nestes outros mercados para maximizar as margens de lucro.
        Há muita reclamação das montadoras no mercado dos EUA, dizendo que o valor dos carros está muito barato para elas. Em contrapartida, não conseguem elevar os valores pois o mercado não aceita.

        • Tosoobservando

          Nao é pq o mercado nao aceita, é pq eles tem forte concorrencia e nao tem um governo que os protege.

          • fredggp

            Até o governo dos EUA acodem este tipo de industria. A quantidade de empregos diretos e indiretos é enorme e o impacto social também. Não é só aqui que as montadoras tem privilégio…

            • Tosoobservando

              Nunca vi privilegios das montadoras americanas, alias la o imposto de importação é baixissimo, uma Ferrari sai praticamente pelo mesmo preço da Europa. O que fizeram foi acudir as industrias nacionais, por um curto periodo, pra nao ter uma quebradeira geral (que afetaria tambem as estrangeiras). Mas nada comparado com aqui, no caso da segurança ate dificultam, como agora que o IIHS mudou o teste de colisão pra um mais rigido, e vamos lembrar do recente caso dieselgate, que jamais aconteceria no Brasil, mesmo que descoberto, e nem mesmo na Europa (ja sabiam e nao fizeram nada, como no caso da Fifa).

              • hddf

                Governo americano há algum tempo vem sim salvando da falência algumas empresas e bancos amigos. Salvou a GM quando estava quebrando e vários bancos envolvidos na polêmica do sub-prime imobiliário. O lobby lá é outro nível. Às vezes mais sujo do que aqui.

                • Tosoobservando

                  Mas pelo menos eles tem carros que prestam a preços acessíveis, e quando querem importados, são baratos tambem.

        • Mestre Fioda

          Certamente não escolheram em vão. Não sei dizer o que está por trás dessa decisão, mas seus argumentos são interessantes. Principalmente a frase final, pois nos mercados desenvolvidos o consumidor não aceita pagar valores absurdos em automóveis como pagamos aqui no Brasil.Nem mesmo pagar mais por novas tecnologias, etc. Talvez escolheram um Brasileiro para tentar usar a criatividade tupiniquim para criar soluções de Engenharia de baixo custo, que possam ser implementadas no mercado Europeu.

  • Bruno Silva

    Eu fico é triste com esses comentários abaixo!! Só mostra a ignorância do brasileiro…

    • Hadson Nobre

      No mínimo deveríamos demonstrar respeito e parabenizar este brasileiro.

    • Ric53

      Pensei a mesma coisa, não é apadrinhamento é meritocracia!!! Parabéns Bertagni!

    • EuMeSmObYmYsElF

      finalmente ele vai poder exercer seu trabalho sem ser capado pelo departamento de corte de custos

  • WANDERSON ATHAYDE

    Vai Ter Motor de Monza na Opel!!!

  • ObservadorCWB

    Parabéns…na terra dos “apadrinhados e indicados” fica difícil imaginar um brasileiro vencendo na vida por méritos. Que tenha um futuro brilhante, levando o nome do bom Brasil ao mundo.

  • pedro rt

    bem q ele poderia ser o novo presidente da marca no brasil, a chevrolet, e tirar esses carrinhos q temos aqui e colocar os carros q a opel vende la

  • Samuel Fialho Pereira

    O povo aqui tem função em falar mal, correto… Mas, independente da negação, vamos ser felizes, um brasileiro aparecendo em outros países, isso é maravilhoso já que antes era ao contrário…

    Nós éramos o baba-ovo agora deu uma diminuída…

    • Mestre Fioda

      Tem muito brasileiro que é referência em outros países, principalmente na área de medicina. Eu fico contente pela pessoa ser destaque, mas triste em ver que ela poderia estar usando seu talento aqui no Brasil, e não faz porque aqui não se valoriza o mérito. Aqui elas não teriam recursos para trabalhar. Esse país precisa valorizar mais o mérito, o trabalho e punir a desonestidade, malandragem, etc

      • Ernesto

        Aplausos! É exatamente isso que acontece. Se ficassem, muitos seriam chamados de burgueses e outros rótulos colocados por quem não gosta de trabalhar.

  • Matafuego

    Ae tio, manda uns Opels p/ cá!

  • Vattt

    Não pesquisei, mas ele é Brasileiro mesmo ou apenas nascido no Brasil? Independente disso o Sistema On Star e o novo Astra merecem muuuuito crédito!!!

  • Franco da Silva

    Talento o brasileiro tem. Só falta um país, uma sociedade civil… quem sabe depois de ontem…

  • Ancelmo Henrique

    Parabéns pra ele, provou que ser brasileiro não é sinônimo de incapacidade!
    Viva meritocracia!

    • Tosoobservando

      Provou???? kk onde vc ouviu essa lorota que brasileiro é sinonimo de incapacidade? Ate um dos fundadores do FAcebook é um brasileiro.

  • Davi Millan

    Quem dera que agora a Opel voltasse ao Brasil…

  • Whering Alberto

    1.4 SPE/4 na veia.

  • Don Ramón

    Vai levar o traço brasileiro pra Opel e entupir a linha de porcos-espinho?!

  • Alessandro Rodrigues

    Segundo o IBGE, 100% dos comentários ignorantes demonstram a ignorância do pessoal que não conhece as federais do nosso país muito menos os brasileiros que revolucionaram a história da engenharia, seja das telecomunicações, aviação ou segurança. Mas o complexo de vira lata fala mais alto. São os mesmos que vomitam guerrinha de política torta no Facebook.

  • Alexandre

    1 de abril!!!! hahaha

  • joao

    Agora só falta o Carlos Barba pra completar o time.

    • Gustavo Miranda

      Deus-o-livre! Não fale isso nem de brincadeira! Kkkkkkk