Argentina Chevrolet Hatches Montadoras/Fábricas

GM confirma Novo Cruze fabricado na Argentina

novo-cruze-hatch-1

A GM confirmou oficialmente que o Projeto Fénix é o Novo Cruze 2017 e sua produção começa em Rosário, Argentina. Apesar do lançamento inicial da versão sedã, a filial do país vizinho anunciou a carroceria hatchback para dar início ao modelo no país.

novo-cruze-hatch-2

Feito sobre a nova plataforma D2XX, o Novo Cruze Hatch 2017 deverá chegar ao Brasil, assim como o sedã, ocupando um lugar que atualmente pertence a geração anterior, fabricada aqui com motorização flex.

novo-cruze-hatch-3

Com 2,70 m de entre-eixos e mais espaço no porta-malas, o Novo Cruze Hatch começa a ser feito em maio, mas sua motorização não foi mencionada pela GM. No entanto, tudo indica que será o motor 1.4 Turbo SIDI de 153 cv usado nos EUA, mas provavelmente com tecnologia Flex por aqui.

novo-cruze-hatch-4

[Fonte: Cosas de Autos]





  • Gustavo73

    524 litros com os bancos traseiros rebatidos. Só como parâmetro, a Golf Variant tem 600 litros

    • Wellington Myph13

      Sem rebater você diz né…
      Essa medida está estranha…

      • Gustavo73

        A Variant sem rebater com os bancos na posição normal. O Cruze hatch para ter esses valores só com eles deitados.

        • Boris

          é que a GM já usa o “litro de gasolina brasileiro” como unidade, que é equivalente a 730ml

          • Mr. Car

            Teoricamente, são 730ml. Tem que contar também os outros mililitros que não são nem de gasolina, nem de álcool.

        • SDS SP

          Será que são as medidas até o teto, sem o tampão do porta malas?

          • Gustavo73

            Pode ser.

          • David

            Sao medidas ate o teto sim com os bancos rebaixados. Quem quiser usa pra mudanca da sogra ja pode comeca a sonhar.

    • V12 for life

      Li que apesar do tipo de carroceria ser diferente ele ganhou mais espaço no porta malas, mesmo assim 524 litros deve ser no sedan.

      • Eduardo Brito

        Hatch, bagagem até o teto.

        • Dudu Pimentel

          É o que eu pensei…e dane-se a visibilidade traseira…kkkk

        • Com bancos rebatidos. Essa medida não vale de muita coisa. O certo é a medida do porta malas com bancos na posição de utilização. Essa é a que serve de parâmetro.

          • Ernesto

            Com bancos rebatidos o espaço não deveria ser até maior?

            • Sim. Esse volume de 500 e poucos litros é com os bancos rebatidos. Com eles em posição normal deve ficar em 300 e poucos, o que é menos que a versão atual oferece. Mas está dentro do que se tem na categoria, em geral.

        • radiobrasil

          E onde vai o tampão com o carro carregado? deixa em casa? Eu tive um Captiva e ele tinha uma cortina que era muito melhor que tampão. Precisava de espaço? Era só recolher a mesma.

    • G.Alonso

      A contagem não é assim não. São 524 até o teto.

      • Gustavo73

        Dois é mas até o teto normalmente não é o padrão.

        • G.Alonso

          Aqui no Brasil não, mas, se for levar em consideração a caída enorme do novo modelo, certamente a capacidade ainda vai ser muito boa, acima de Focus e Golf, chuto de 380 para cima.

          • Gustavo73

            Que terá um porta malas maior não tenho dúvidas.

    • Deadlock

      Será que o porta-malas comporta a minha pasta da faculdade?

      • Gustavo73

        A questão não é essa e sim que esse valor deve estar errado. Contando a posição normal doa bancos e até a linha do vidros.

        • Deadlock

          De fato, a medida deve ser banco traseiro na posição normal e altura até a linha dos vidros, o resto é picaretagem para enganar consumidor incauto, mas ele não é concorrente da Variant porque a capacidade do porta-malas não tem nada a ver com a sua proposta, assim como o Golf.

          • Gustavo73

            Só usei a Variant para mostrar que mais de 500 litros na mala de um hatch com os brancos rm posição normal e até a cobertura da mala era muito fora do que deve ser de verdade. Hoje o Cruze já dá um banho no Golf(313L) com pneu padrão ou 330 no caso do GTi com pneu fino ou o Focus vom 316. São 430 litros se não me engano. Mas isso sacrifivou os passageiros do banco traseio. O Golf tem mais espaço para as pernas. Agora que o novo Cruze ganhou um entre-eixos maior esse problema deve ter sudo resolvido. Mesmo em uma categoria que hoje está desprestigiada é bom rer um produto novo comono Cruze. Ford e VW que abram o olho.

            • David

              Sou apaixonado por esse hatches. Meu favorito seria o Focus ST. Mas esse novo Cruze ficou tao lindo quanto o Elantra GT americano ou o MazdaSpeed 3.

    • Ricardo

      De acordo com o site da GM USA não é com o banco rebatido. Dá a entender que é até o teto o volume:
      “The Cruze Hatch has the same, class-leading 106.3-inch (2,700 mm) wheelbase as sedan models, but features a unique roof and rear-end structure. It opens to offer 18.5 cubic feet (524 liters) of cargo space behind the rear seat. With the rear seat folded, cargo space expands to 47.2 cubic feet (1,336 liters).”

    • David

      Isso se deve ao teto do Golf ser mais alta.

      • Gustavo73

        É uma perua não seria diferente tem balanço traseiro maior.

  • V12 for life

    Isso significa que ambos chegam juntos como no lançamento do anterior?

    • Gustavo73

      Provavelmente.

  • PerobaC

    A GM acertou no design, no conjunto mecânico 1.4T em todas as versões, enfim, um acerto na obra como um todo.

    Resta saber se vai acertar nos preços também porque a atual geração com um simples 1.8 aspro pede horrores sem nenhum diferencial, imagina esse que vem bastante seguro e “mimado” …

    • predadordemarea .

      A GM não vai acertar no preço desse carro, ultimamente quase ninguém tem acertado nos preços.
      Infelizmente.

      • Nelson Oliveira

        A GM mesmo que não vai acertar. É impressionante ainda Onix LTZ custa quase 55.000 reais! Um absurdo ao extremo.

        • Gabriel

          Eu tbm estava pensando assim, mas não é só o onix, seus concorrentes nas versões completas estão na faixa de 50mil tbm, veja o ká por ex.
          O que assusta as pessoas é que os preços subiram muito nos últimos tempos, veja bem, pouco tempo atras, os carros da categoria do onix iam até 40 mil completos. e por 55mil vc comprava carros de segmento medio-grande como astra, golf etc, que hj carros desse segmento custam 70 80 mil e até mais.

  • Blessa

    Ótimo carro, se colocar os preços pouco abaixo do depenado Golf brasileiro, vai ser o líder de vendas.

    • Gustavo73

      Carro turbo a preço de aspirado? Pois o Cruze tem eixo de torção e câmbio at6.

      • Gabriel

        Esse novo cruze é eixo de torção ainda, ou ja é multi link?

        • Gustavo73

          Eixo de torção, com a versão mauis cara com ZLink que é um tipo de eixo de torção.

          • Gabriel

            caramba, pq não colocam multLink na nova geração, estão perdendo pra concorrência nisso.

            • Gustavo73

              Só o Focus, Jetta e o Civic usam multlink. Todos os outros mesmo na Europa e EUA usam algum tipo de eixo de torção incluindo aí o novo 308.

              • Gabriel

                Psé, eu achei q essa nova geração viria com multlink, até pq multlink é melhor, e pelo preço q vai ser cobrado tinha mesmo q vir com mult link, se não me engano o irmão opel astra vem com mult link

                • Gustavo73

                  Não o Astra usa o.mesmo sistema.

      • Artur

        Mas nosso Golf também tem eixo de torção e câmbio AT6…

        • Gustavo73

          Tem, mas você acha que o Cruze como 1.4T vai custar menos 75 mil reais?

          • Artur

            Não acho, assim como o Golf Highline com motor turbo também custa bem acima disso.

            • Gustavo73

              Exatamente, logo tentar comparar com o 1.6 16v e far que será ligeiramente mais barato não dá.

  • Dudu Pimentel

    Esse Cruze ficou ainda mais bonito que o antecessor, fora que um defeito dele (peso elevado), foi resolvido pois esse pesa quase a menos 150 kg (isso no sedan, o hatch deve ter reduzido um pouco mais)

  • Mauro Moraes

    Enquanto isso, a VW lança por aqui seus cansados Golf e Jetta.

    • Gustavo73

      Golf foi lançado em 2013 aqui e o Jetta em 2011.

      • alex

        Mas se vc analisar o cenário… Golf, lá fora já deve ser reestilizado em 2017, e o Jetta comparado ao novo Civic, Cruze, em 2017 também vai estar muito cansado. Mas como contraponto, essa estratégia da Volks de atrasar os lançamentos em relação a Europa é bastante antiga e, da certo, tá sempre em segunda ou terceira colocação em vendas. Time que está ganhando…

        • Gustavo73

          O Jetta não tem niva geração em ligar nenhum do mundo. Logo o daqui não pode estar atrasado. Apesar dele já precisar de uma noba geração. Como disse o Golf já está na nova geração a VII, lançada na Europa no final de 2012 e no Brasil no final de 2013. Isso é ele está em linha com o mundo. O Cruze/Astra só agora ganha uma geração no mesmo nível. Platafirma mais leve e etc. O Focus só ganhará uma geração assim em 2018, a atual é de 2010 lançada aqui em 2013. Lá no futuro 2017/2018 o Golf vai ganhar um facelift, devendo chegar aqui no ano seguinte, já que adota a mesma base. E não tivemos o Golf III e GolFIV na mesma época da Europa. Não tivemos foram o GolfV/VI. Logo se for seguir a.mesma linha não teriamod o Golf IX. Mas hoje o Golf não está atrasado.

          • alex

            Eu não vejo desse modo, acho a nacionalização do Golf agora um erro, se a Volks aguardasse o início de 2017 para nacionalizar o VIII, o Golf ai sim estaria em linha com o mundo, essa reestilização possivelmente pode não chegar aqui, e da atual geração surgir um Golf 7,5.

            • Gustavo73

              O Golf no mundo hoje é o VII então sim estamos desde 2013 atualizados com o mundo. Quando o facelift chegar aí veremos. O Focus demorou 3anos para se alinhar já que chegou aqui em 2013 sendo lançado em 2010. Como não haverá mudança de plataforma a parte mais cara,.mudar para choques farois e lataria é fácil. Mas até lá estamos na mesma geração.

  • VCD 2.0 16V

    Hoje na Argentina para o Cruze, existe a opção do motor 2.0 16V atualizado, enquanto isso aqui temos apenas o 1.8 16v, não que seja ruim, mas quero dizer que o Ermanos sempre foram mais exigentes e conseguiram melhores opções que o brasileiros.

    • Roger Rosato

      Hermanos*

    • Paulo Lustosa

      2.0 16V dos Hermanos é a diesel e é o mesmo motor do Renegade.

      • VCD 2.0 16V

        Seria uma boa opção. Na minha opinião é claro.

        • Paulo Lustosa

          Problema que nossa legislação não permite veículos de passeio a diesel que não tenha tração 4×4 com reduzida.

          • Gabriel

            É tem isso. Mas ouvi dizer que esse 2.0 diesel do cruze é mto bom, e que é melhor que o do jetta, inclusive isso estava estampado no site deles. Mas ja que nos não poderíamos ter o diesel, então que tivéssemos um 2.0 flex, injeção direta de preferencia.

            • Paulo Lustosa

              GM não tem mecânica 2.0 16V aspirado com injeção direta, só o 2.4 Ecotec ou o 2.5 Ecotec. Eu acho que mesmo tendo pessoas contra, o 2.0 8V do finado Vectra empurraria o Cruze melhor aliado as mesmas transmissoes do ecotec 1.8 devido ao torque bem maior e em rotações mais baixas em relação ao ecotec 1.8

              • Gabriel

                Não tem, mas era “só fazer” eles tem engenheiros, e tem um 2.0 turbo(Holden astra), dava pra fazer sem turbo se quiser.
                Pra andar “no pau” acho q não, o ecotec 1.8 é melhor q o antigo 2.0 8v, se o cruze tivesse esse 2.0 8v acredito q seria pior, mas vc disse q ele tem mais torque em baixa, então pra andar de boa talvez seja melhor. O grande problemão do cruze atual é o peso, mas a nova geração melhorou muito isso.

                • Paulo Lustosa

                  Além de mais torque em baixa, o torque total é maior também (19,7 kgfm a 2600 rpm vs 18,9 kgfm a 3800 rpm do Ecotec Família I) e o motor tem durabilidade maior e não tem nenhum problema com anti chamas que é o calcanhar de aquiles do Ecotec Família I 1.8, além de ter sido um motor amansado pela GM, já que em testes o motor passou fácil de 150 cv. E a propósito, o motor 2.0 turbo do Holden Astra é o Família II 16V nacional que foi exportado pra Austrália e Europa pra equipar as versões esportivas do Astra (GTC, OPC/VXR), sem injeção direta.

                  • Gabriel

                    hmm. Então se o cruze atual viesse com o 2.0 que do astra/vectra com algumas melhorias(+150cv e possivelmente +20kgfm?) certamente iria ter mais performance, ainda mais com cambio de 6 marchas.

                    • Paulo Lustosa

                      Isso, não seria uma performance excelente, mas já dava folga ao Cruze em relação ao 1.8 Ecotec.

  • Guilherme Batista

    Aumentou o entre eixos e o que é esse porta-malas gigante pra um hacth hein.. Vamos aguardar a motorização pra ver se ficou bom mesmo

  • Roger Rosato

    Acho que na geração anterior o Cruze Sport6 tinha um design bem mais harmônico que o Cruz sedan, nessa nova geração vejo o contrário. Ficaria com o sedan.

    • Gabriel

      O que eu mais curtia no sport6 atual era a traseira, casava muito bem.

    • alex

      Eu achei que a GM se perdeu um pouco na ousadia dos dois, é bonito, mas exagerado, principalmente analisando a identidade da GM últimos anos. Mas se analisarmos a mudança no design americano de marcas como Lexus, Acura, Infiniti, é tendência.

  • Denis

    Era tudo que faltava para o Cruze Hatch….. esportividade com bastante estilo!!!!!
    Parece que finalmente a GM entendeu o recado do povo!!!!!

    • kravmaga

      Eu sempre achei o Cruze bem bonito, ainda mais na versão hatch. Esse último facelift piorou o design na minha opinião.

      Se não fosse o motor do Cruze, seria um forte candidato na minha garagem. Sempre gostei dos carros da Chevrolet e acho que o Cruze hatch tem um porta-malas enorme para um hatch.

  • tjbuenf

    Todo mundo alegrinho com o carro, até ver o preço…

    • kravmaga

      Que nem o preço do novo Civic com motor turbo…

  • Fanjos

    Vai começar no minimo por 85k no basico…anotem ae

  • cefaf

    Só eu que não gostei desses pneus de perfil fino e dessa aparente altura baixa em relação ao solo? Coitado dele nas garagens e valetas da vida…

    • Fabio Melo

      Essas fotos sao da versão RS..a nossa vai ser diferente se nao me engano a versão RS vem com rodas 18

  • Alexandre Maciel

    Achei a traseira parecida com a do i30.

    • Impala_67

      Não achei nada parecido com o i30

    • Ygor Soares

      Idem

  • Vinicius

    BRL governo instável onde as montadoras (cartel) não investem em bons produtos e tecnologia.

  • Belo carro. Uma evolução e tanto. Também passa a ser opção muito válida.

  • radiobrasil

    Se a VW ja ta tentando vender o Golf 1.6 aspirado, creio que o Cruze será 1.4T no lançamento em versões beeeeeeeem mais caras e logo chegará uma versão com o velho Ecotec 1.8

    • Gabriel

      1.8 não. se é pra ter um aspirado de maior litragem que tenha um 2.0 de 160-170 cv

    • BillyTheKid

      Acho que o velho 1.8 não ficaria ruim nesse novo Cruze. Visto que esse novo modelo emagreceu (quase 100kg, se não me engano), ele seria mais ágil que o Cruze atual, possivelmente até mais do que Golf e Focus 1.6.

      • Fábio

        A arquitetuta do motor participou desse emagrecimento. Pode ser que com os aparatos do motor aspirado ele fique é mais pesado.

  • Robinho

    Que carro lindo, gostei.

  • Mauro Schramm

    Será que justamente a GMB, conhecida pelos motores jurássicos e pela não participação no PBE Veicular, vai revolucionar o mercado de carros médios com motor 1.4 T em toda gama do Cruze? Só acredito vendo!

    • EJ

      Não vai revolucionar porque o Golf e o Bravo já usam 1.4 Turbo bem antes deles, né. Mas quanto ao espanto pela GMB estar fazendo isso, compartilho.

      • Mauro Schramm

        Atenção ao detalhe: em toda a gama.