Home Asiáticos Honda City 2013 chega com retoques e preços a partir de 53.620...

Honda City 2013 Lancamento 8 Honda City 2013 chega com retoques e preços a partir de 53.620 reais (89 fotos)




O Honda City 2013 recebeu como novidades estéticas mudanças na grade, pára-choques, lanternas e rodas. A grade ganhou novo desenho com grossos frisos cromados. Os pára-choques ganharam desenho diferenciado e as lanternas traseiras possuem novo desenho interno. As rodas de liga leve aro 15 e 16 também são novas.

Mas o Honda City 2013 não mudou apenas no visual, em termos técnicos, o sedã japonês ganhou novo tanque com 47 litros, contra os 42 litros da versão anterior. Isso porque o Honda City 2013 herda a plataforma da minivan Honda Fit 2013.

Essa sinergia é benéfica para redução de custos, podendo ambos serem feitos na mesma linha de montagem. Além disso, o fornecimento de peças garante maior segurança nos pós-venda. O Honda City 2013 ganhou redução nas versões, tal como o ocorrido com o Honda Fit 2013. Agora o sedã japonês tem apenas quatro versões: DX MT, LX MT, LX AT e EX AT.

Honda City 2013 Lancamento 12 Honda City 2013 chega com retoques e preços a partir de 53.620 reais (89 fotos)

O interior recebeu apenas iluminação azul no lugar da laranja, como no Fit. A versão LX agora oferece de série ABS com EBD, sensor de estacionamento e novas rodas de liga leve aro 15. A EX vem com paddle shifters atrás do volante, ar condicionado digital, tweeters, bancos de couro e novas rodas aro 16. A versão EXL deixa de existir. A Honda ainda estuda lançar uma opção manual para a EX, mas só se o mercado permitir.

Todas as versões do Honda City 2013 são equipadas com o motor 1.5 i-VTEC Flex com 115 cv na gasolina e 116 cv no etanol, com torque de 14,8 kgfm nos dois combustíveis. As transmissões manual e automática possuem cinco marchas, contando esta última com paddle shifters na EX.

Honda City 2013 Lancamento 85 Honda City 2013 chega com retoques e preços a partir de 53.620 reais (89 fotos)

O Honda City 2013 está disponível nas cores branco Tafetá, prata Global, Cinza Paladium, Cinza Iridium, grená Rubi e preto Cristal. A garantia é de três anos sem limite de quilometragem. Abaixo, os preços sugeridos para o Honda City 2013:

Honda City 2013 DX MT – R$53.620
Honda City 2013 LX MT – R$58.990
Honda City 2013 LX AT – R$62.190
Honda City 2013 EX AT – R$66.855

Dirigindo o Honda City 2013

A apresentação do Honda City 2013 se deu na fábrica da montadora em Sumaré, na região metropolitana de Campinas, interior de São Paulo.

Provamos o Honda City 2013 na pista de testes da Honda, que para esse momento de contato com o sedã, paralisou a produção por cerca de uma hora. Momento também aproveitado para troca de turnos na linha de produção.

Acontece que cada carro da Honda produzido em Sumaré precisa passar pela avaliação nesta pista de testes para ser definitivamente aprovado e enviado para embarque, seja para as concessionárias brasileiras ou para exportação.

Honda City 2013 Lancamento 3 Honda City 2013 chega com retoques e preços a partir de 53.620 reais (89 fotos)

O Honda City 2013 tem um bom espaço interno, ficando como única ressalva, a herança do Honda Fit 2013. O tanque embaixo do banco do motorista, como no Fit, prejudica a posição de dirigir de condutores de maior estatura, especialmente acima de 1,80 metro.

A instrumentação na cor azul ficou mais agradável. Não sendo muito exagerada como a usada por algumas marcas. O acabamento tem boa qualidade nos materiais e textura agradável. A ergonomia é boa, facilitando a vida do condutor e dos passageiros.

O espaço na parte traseira é razoável. Já o porta-malas é generoso, oferecendo 506 litros. O motor 1.5 de 115/116 cv oferece desempenho compatível com a proposta de conforto e agilidade.

Honda City 2013 Lancamento 69 Honda City 2013 chega com retoques e preços a partir de 53.620 reais (89 fotos)

A versão manual explora bem mais os limites do motor, oferecendo melhor prazer ao conduzir. Já a automática com paddle shifters mostrou alguma agilidade nas trocas manuais. A ênfase do automático é mesmo o conforto.

Bom de estabilidade, boa característica herdada do Honda Fit 2013. O nível de ruído é agradável e a suspensão trabalha razoavelmente bem, não sendo muito dura, apesar da boa estabilidade. Os freios garantem frenagens seguras e sem desvios, enquanto a direção elétrica é bastante progressiva.

Com visual renovado, autonomia ampliada e pacote de equipamentos mais concentrado em menos versões, permite ao Honda City 2013 continuar oferecendo conforto, espaço e praticidade no dia a dia.

Galeria de fotos do Honda City 2013:

Evento a convite da Honda.


  • Gabriel_Nint

    Eita carro caro. Muito bonito, com ótimo acabamento e qualidade excelente, pós-venda ótimo, etc etc etc… mas o preço dele é absurdo.

    Se termos como referencia carros do mesmo segmento começamos com um Versa completo por 46 mil reais. E podemos achar até sedãs médios mais baratos e potentes que o City. A dona Honda se acha a última bolacha do pacote.

    • ricpts

      Bom, beleza é relativa, eu particularmente não gosto da frente… E acho o interior um pouco conservador…
      Agora sobre a Honda se achar a última bolacha do pacote, o preço que ela cobra só é possível porque ela tem aceitação do mercado.
      O Versa é o queridinho do momento no NA, mas não é fabricado no Brasil, não tem câmbio automático, seu interior é o mesmo que o do March… A Nissan é uma marca que está ganhando espaço por aqui, quando fizer o caminho que a Honda fez com Civic, City e Fit aqui no Brasil não será diferente…

      • Gabriel_Nint

        Concordo em relação a frente, hoje em dia ela está cansada, mas ainda assim é um belo carro. E sobre o Versa, também concordo, o interior é de matar, mas o motor e o espaço interno são melhores que o do City e ambos são da mesma categoria, mesmo não parecendo.

      • Kenny_

        Otimo comentário.

        Vale lembrar tambem que a Nissan inicialmente tentou vender o Sentra a preços parecidos aos do Corolla e do Civic, mas como não caiu no gosto do consumidor baixou o preço. E hoje o Sentra é um dos "queridinhos".

        • Leandro1978

          Exatamente, inclusive o Sentra chegou com preços mais caros que os do Corolla na época, em que pesa aquela geração ter mudado pouco tempo depois.

      • duhehe

        A Nissan erra feio em não oferecer cambio automatico no march e versa !

        • filipe_melo

          O que eu não engulo no City, são os pneus de bicicleta que ele possui. Um carro com esse preço a honda faz isso.. brincadeira, né?

          • Mike_Bravo

            Bota um pneu largo e vê o que acontece com o consumo…vide Crossfox, Cruze…

            • Renato_Dantas

              Eu colocquei o 185 x 65 x 15 e o consumo ficou na mesma, e olha que o meu é automático.

              • AutoIng

                Estranho, pois pneu influencia bastante no consumo de qualquer carro. A menos que nos Honda as leis da física sejam violadas :D

                • Edson Roberto

                  DEPENDE. Se a mudança não for muito grande ele pode ser isento de mudanças. Eu sei que há diferenças qdo muda o tamanho real, mas existe uma margem de tolerancia para isso.

                  Para se ter ideia, no C3, o original é usar 185/60, eu já usei 195/65 sem prejudicar a estabilidade e mto menos o consumo. Mas é tudo uma questão de analisar e ver se existe um ganho real. Nõa acho que o City tenha ganho de estabilidade com maior largura de pneus, pois ele é um carro que já tem boa estabilidade.

                  • andre_0102

                    Concordo existe um certo "exagero" quando se fala em aumento de consumo p/ mudança da largura de faixa das rodas e sem duvida há um aumento, como citou o AutoIng é uma questão de fisica, mas se considerarmos ligar o farol tb aumentaria o consumo, mas sabemos que é irrisório, além disso e melhorar a relação de transferência de torque c/ uma roda maior poderia até melhorar; na prática só experimentando mesmo, pq muitos fatores vão influir, até o ajuste da suspensão, pisada do motorista.
                    Eu tenho um OldFit com o vergonhoso conjunto 175/65 R14, quero muito trocar, até pq acho que teria um ganho de estabilidade, que embora razoável poderia ser melhor, problema é que a Honda colocou rodas de 5,5pol, cruel achar rodas 195 ou até 185 que encaixem bem, não gostaria de perder as rodas originais do EX(lindas).
                    Vacilou Honda…

                • Renato_Dantas

                  Depende do pé pois dirijo na maciota e sem pressa.

          • duhehe

            Concordo !

            Não é nem só o pneu a roda também é de 5,5'' quando o normal para o segmento é 6'' … 5.5 é roda de popular Uno .. as vezes nem uno.

            Minha mãe teve um … LX AUT .. usou 4 meses e vendeu … o carro é inseguro demaisss.. nas curvas a traseira sai sem dó…

          • Eugenissimo

            Eu costumo dizer isso em relação ao Fit: parece que tem pernas de galinha…

            • andre_0102

              O entre eixos até é bom, assim como a suspensão (muito dura, mas segura), mas a aerodinâmica e as rodinhas não ajudam!
              175 só em popular mesmo…

    • Leandro1978

      O problema não é se "achar a última bolacha do pacote", mas o consumidor comprar a estes valores. Acho-o bem mais interessante que Cobalt, Versa, Grand Siena. Porém se vende relativamente bem aos preços estipulados pela montadora, por que vão baixar os preços e rebaixar o seu produto? Queira ou não, é o consumidor que aceita tais valores. Há muitos exemplos de modelos que não vendiam bem e tiveram seus valores diminuídos, exemplo do Sentra.

      • mmuniz75

        Esses não são os concorrentes do City. A lista correta é : Polo Sedan, Sonic, New Fiesta e Linea

        • Leandro1978

          Você só falou de compactos, que, inclusive, também são concorrentes dos que citei. Há uma grande diferença de preço e até de dimensões entre eles. Porém acabam sendo concorrentes sim.

    • BCA_83

      Acho feio mas gosto do acabamento, porém ele não vale o que custa! E apesar de ser fã de V-TEC, esse carro com 4 dentro e esse porta-malas gigantesco cheio fica inviável para esse motor!

    • granrs78

      Olha Gabriel, o acabamento do City não é bom não, pois tem muitas rebarbas e os plasticos não são agradaveis ao toque, inclusive nas portas. O único ponto positivo no quesito acabamento é que os materias são muito bem montados, e só.

    • AndersonDak

      ainda prefiro o new fiesta…..

  • Chatt08

    Achei que ficou mais bonito!

    Extinguiram a versão EXL, campeã no quesito pior custo-benefício… Acrescentaram um mínimo de decência à versao LX, acrescentando abs+ebd, o que TALVEZ fosse esperado em um carro de 59 mil reais…

    Esse é um carro que sempre achei uma péssima compra, perdendo feio pro Cerato, na minha opinião. Me parece que o público alvo são famílias com mais de um filho. Vende bem porque é Honda, e leva a "confiabilidade" da marca, além do porta-malas e a cara de mini civic.

    • DougSampaNA

      é, mas quem compra se mostra insatisfeito com o motor (principalmente na versão AT) porque não rende o que poderia render e voce tem que ficar esticando marcha para o carro ter um desempenho "apenas mediano" em situações de carro carregado em viagem ( 2 adultos+2 crianças+bagagem), de fato o Cerato com seus 126 cvs e torque superior é mais vantajoso no preço por preço, embora mais caro na manutenção e seguro.
      Creio que o Cobalt 1.8 AT, apesar de ter menos cavalaria e bem mais torque do que City e Cerato, se dará melhor em condições de cidadee estrada por ter torque superior e cambio de 6 marchas, enfim é aguardar os testes de desempenho e consumo destes carros e compará-los.

      • Edson Roberto

        Mas o pessoal vai te dizer… "Mas é um Honda"….

        Eu to pensando na minha irmã que abriu mão de um Civic 2008 para ter um Grand Siena. Motivo da venda? "Ah o carro iria desvalorizar demais"….

        • h1ghland3r

          o_o Sérios problemas esses dela

  • matheusmeurer19

    A traseira ficou parecida com antigo VW BORA

    • Leandro1978

      Talvez esteja precisando mudar meu óculos, mas não vi nada de Bora no City.

      • Tripa-Seca

        Aqui é sempre assim: "…O parafuso da roda lembra muito o do Monza Tubarão…Falta personalidade…"

        Quando querem criticar, arrumam até problema com a maçaneta da porta, mesmo deixando de lado que ela tem uma função e que a forma deve servir à função, não o contrário…

    • Vitão

      Sei não, acho q está mais pra traseira do Astra kkkkkkkkk

  • AllekCorreia

    Ficou bem bonito, porém ainda ta bem carinho…

  • renan60

    A traseira ficou bem melhor e a frente sempre foi elegante, resumindo ele é bonito por fora…já por dentro não consigo gostar do City, além de apertado pelo preço que lhe é cobrado, tem algo no interior do City que faz com que eu o ache "feio"

  • vini_B

    Gostei ficou mais "esportivo" visualmente, mas o preço está fora da Atmosfera, pagar 53 mil em um compacto pelado de entrada (tudo bem q o pós venda dele seja bom, mecânica "inquebravel" e interior seja mt caprichado) mas por 53 mil eu sou mt mais um Linea ou um Kia Cerato e daki a pouco terá o Fluence 1.6 por esse preço tbm.

    • Kenny_

      Vou ser apedrejado, mas entre esse que você mencionou eu prefiro o City.

      - Linea parte dos 56.9mil.
      – Cerato parte 53.6mil mas no proprio site da Kia diz que o frete não é incluso nesse preço (carta branca para a cobrança de agio), alem de tambem não vir com ABS na versão básica nem cinto de 3 pontos e apoio para a cabeça do 5° passageiro em nenhuma versão (nunca entendi a popularidade desse carro).
      - Fluence com motor 1.6 em um carro que é quase um sedan médio grande não parece uma boa combinação.

      Porem antes do City ficaria com um Nissan Sentra.

      • vini_B

        Acho o Linea a melhor opção nesta faixa de preço, ele pode ser 3 mil reais mais caro mas tem motor 1.8 de 132cv, tem abs e AB2 de série, é mais bonito e aparentemente maior, o City é mt pelado para estar a 53 mil, realmente o City é um belo carro mas o preço deveria estar entre 47 e 60 mil.

        • RMN14

          "aparentemente maior"…..mas não é….já entrei no City, Cerato, New Fiesta e Linea….os dois primeiros tem espaços parecidos, mas os dois últimos são bem apertados…principalmente o new fiesta…

          • Edson Roberto

            Isso é verdade. Alias, esse Fiesta lembra muito o C3 no espaço interno, que é quase nulo…. EDIT*** nos brancos traseiros.

            • Kenny_

              Quando a Auto Esporte avaliou na quarentena o New Fiesta, uma das avaliadoras não conseguiu encaixar nos bancos de tras do carro a cadeirinha infantil da filha. Aparentemente o New Fiesta tem menos espaço que o Fiesta Rocam.

              • Edson Roberto

                Olha, eu que andei "passeando" em concessionarias, fui na Ford e te confirmo sem duvida: O Rocam tem melhor aproveitamento de espaço.

                Ele aproveita tanto o espaço dianteiro como o traseiro. Para se ter ideia, eu com meu braço direito encostava no braço esquerdo da minha namorada de tão apertado (considerando uma simulação de rodagem com o veiculo, pois não fiz test drive). Pelo menos no Fiesta hatch, o espaço interno é identico do C3. A diferença é que vc fica em uma posição mais baixa privilegiando um assento esportivo (e mesmo na posição alta, ele fica baixo).

                Curiosamente, como uma das questões que faço para ter um carro é ter espaço interno, o Fiesta foi descartado (o novo). O antigo, na epoca que comprei meu C3 era mto caro, portanto não dá para comparar diretamente com a minha escolha. Atualmente, o carro tem que ser seguro, com bom espaço e um motor que não faça o mesmo se arrastar (nao precisa de um super motor, mas que seja eficiente ao modelo).

      • HSFort

        Por R$ 48 mil na versão intermediária, levo o New Fiesta Sedan ao invés do City.

        Vou ser apedrejado também!!!! rss…

      • Fernando_Paes6

        Amigo, o City é bem menor que o Civic por dentro, tem entreeixos de apenas 2,55m(12cm a menos que o civic) e também é menos largo. A única coisa que ele tem maior é o porta-malas, mas ainda é um carro compacto, com pouca tecnologia embarcada, acabamento ruim e preço salgado.

        • Kenny_

          O espaço interno do City é bem maior que o do Civic, só perdendo na largura. Basta olhar as fotos nessa matéria (um detalhe, os bancos frontais estão regulados no maximo para trás) e as fotos que a NA tirou do Civic na avaliação dele.

          • Fernando_Paes6

            Não, definitivamente não é. Já andei no banco traseiro dos dois e no City me senti apertado(tenho 1,89m), o carro também é estreito, simplesmente não cabem 3 adultos com o mínimo de conforto. Esses 12cm a menos no entreeixos e largura menor são notados sim, o problema do Civic é o teto baixo.

            • Kenny_

              Tambem já andei nos 2, tenho 1.8m e faltou espaço para minhas pernas no banco de trás do Civic, já no City sobrou uns 7cm para meu joelho encostar no banco da frente (nos 2 carros ajustei o banco da frente para ficar confortavel para mim antes de sentar atrás. Quanto a altura os 2 tem um teto muito baixo, mas o City tem banco reclinavel que ameniza e muito esse problema, desde que o ocupante não se incomode de ir um pouco deitado.

              No geral, City tem mais espaço para as pernas e Civic é mais largo.

      • Alex_JW

        Kenny, tenho visto o Linea anunciado aqui no Rio a partir de 51k, e nao faz muito tempo a 49k.

  • lipealfano

    Queria ver o CIVIC nesse preço e o CIty num preço mais baixo. Essas mudanças ai devem ser pra diferenciar um pouco os 2, que ao meu ver estão mais parecidos

    • D7V5

      lipealfano, essa seria uma boa visao.
      Mas teremos que esperar o mercado querer ver assim também eheheheheeheh.

  • rai_carlos_mdp

    Será que só eu achei que ficou pior ? O interior e as rodas estão legais, mais os poucos detalhes que mudaram, na minha opinião, mudaram pra pior !!

  • mandabala

    Foto 17 – Cerato Feelings…

    Achei feia essas luzes laranja no som e ar condicionado e azul no painel… não dava para deixar tudo no mesmo tom? A frente ficou mais arredondada para meu desgosto, e o preço se chega a 66k, o Sonic fica barato perto desse engodo.

    • Gregori_Costa

      É serio isso de ter o painel em azul e o som e ar em laranja? isso a noite deve ficar no minimo estranho, poderiam ter deixado tudo na mesma cor, daria um maior ar de seriedade no projeto.

    • spok

      coisa de carro xing ling… essas misturas de cores. Muito mal gosto pode sinal. Aposto que tem gente que compra e nem repara e só vai reparar a noite quando carro ja estiver em casa . haha

      • Rafa_el

        O carro desse segumento é o New Fiesta Sedan.

        Poxa, o cara ou a cara deve reparar sim. Putz, senão vai ser ingrato com o dinheiro pra lá ora.

        É claro que na hora da compra o pessoal sabe como encantar. Coloca agente dentro desse carro. Ele enche os olhos, a pessoa ve tudo novinho cintilando, aquela babação.

        Ela até que repara nessa diferença de cor, mas ali naquele momento derramando litros, ela nem se dá conta.

        Aí, no dia a dia com o carro, depois da lua de mel, ela vai acha ruim. Pq, realmente, essa diferença de cor ficou sem fundamento. Ficou paia demais.

        Se o carro for relamente bom, ela não fica arrependida.

        • Edson Roberto

          Desculpe, mas a pessoa tem que ser mto desatenta para não perceber tamanha falta de combinação.

          Eu não deixaria de comprar um city por causa disso, mas que não combina isso é fato. E facilimo de se ver. Tanto que coisas que eu faço qdo vou conhecer um modelo, é ver o painel aceso. Teve uma css da Ford, que desligou a bateria do carro para não deixar expostos os interiores acesos dos modelos. Segundo a CSS era porque os interessados ficam vendo e depois acaba a bateria. Ta bom, uma bateria no ritmo de uma CSS deveria é durar no minimo 1 mes sem o carro ligado. Mas como eu sei que esses carros são ligados para reabastacer a mesma… é desculpa para perder clientes.

          Mas isso que vc falou é uma verdade, se o produto é bom, nem de longe as luzes seriam fatores para nao comprar o veiculo. Para mim o que matou o City, foi privilegiar o espaço interno para os passageiros de trás, deixando o trilho limitado sem contar que a altura do banco mesmo em posição mto baixa é alta (assim como dito nessa noticia).

  • jrevaldo

    Eber, não se tá ciente mas o slideshow das fotos não funfa de jeito nenhum no chrome:( se tiver um jeito de arrumar. Obrigado e continue sempre com o bom trabalho. Saúde

    • tabajapa

      Acho que não tem slideshow… mas dá pra trocar as fotos nas setas do teclado (direita ou esquerda)

    • Renato_Bauru

      Aqui tá normal

  • brnmilk

    Pagar 67k num carro que era pra ser 40k? não, obrigado.

    • vini_B

      E ainda mataram a pauladas o coitado do Sonic q completo e com pintura metálica chegava perto dos 60k, mas já q é Honda…..

      • HSFort

        É o relativismo, amigo vini_B!

      • Pedro_Rocha

        …tem boa qualidade no atendimento pós-venda, coisa que as 4G não têm. Nem os sedãs médios a Chevrolet consegue entregar a contento, basta ler os problemas de ar-condicionado que o Cruze vem tendo.

        Toyota e Honda cobram caro mas se garantem. Infelizmente, paga-se mais caro para poder ser atendido com dignidade. As demais não estão nem aí porque vendem carros para pobres deslumbrados que ficam felizes só de entrar em uma css.

        • Edson Roberto

          Desculpe, mas geralmente pagar de R$7000 a R$10000 nem atendimento me dando ALMOÇO E JANTA me compram. O produto tem que ter caracteristica que sejam superiores aos seus pares mais em conta, senão, eu abro mão. E isso é um problema na Honda porque seus produtos sempre tem algo inferior aos outros de mercado mais em conta.

          Um exemplo do momento, eu compraria um Siena top de linha com direito a side bag e ainda sairia praticamente R$15000 mais em conta que esse modelo. Estou citado um modelo, sendo que esse confronta em preços de modelos médios. Nem precisa dizer o que eu faria se fosse optar por um City EX ou um sedan médio né?

      • Edson Roberto

        Lembre-se que 60k é o Sonic HATCH….

    • Leandro1978

      Cara, é o mesmo caso do Sonic de R$ 60.000, do Cruze hatch de R$ 80.000. Estas versões top não são as mais vendidas. Não devem chegar a 10% das vendas. Assim, não servem como referência.

      • Pedro_Rocha

        Já eu tenho opinião diferente. Quando pesquiso começo pelas versões TOP, pois são as que oferecem o que o carro tem de melhor. Como tem muito carro que nem assim consegue ser aceitável (Cobalt), já fica mais fácil de eliminar.

        • Leandro1978

          Então, você começar a avaliar pela top não é a mesma coisa de comprar.

      • Rafa_el

        De fato. A mais vendida é a versão intermediária.

      • MM_

        Corretíssimo. Até pq geralmente as versões mais caras encostam em carros de segmento superior.

  • John_poison

    Este carro atesta q o brasileiro se deixa seduzir fácil por estratégia de marketing… eles compram um carro por quase 70 mil que é um compacto, a ressalva é que ele é um excelente carro, daí a montadora tenta passar a imagem de quase médio… o caçula do Civic e todo mundo compra!

    Ou seja, bom produto, vende a qualquer preçoO!

    • Kenny_

      Algo que sempre achei engraçado entre Civic e City é que o City é o compacto, mas tem mais porta-malas e espaço interno que o Civic. Assim como acontece com a dupla Cruze/Cobalt e pelo jeito Versa e Sentra…

      Sou só eu quem acha que tem algo errado nisso?

      • John_poison

        fica até mais fácil enrolar o cliente "veja, ele é mais barato e tem mais porta malas, o outro é maior e mais potente, são de mesmo porte mas com propostas diferentes…"

      • Julio_F

        São as loucuras do mercado. Não se pode chamar o City de compacto. Um carro daquele tamanho compacto? Compacto é o Civic anterior que tinha menos porta-malas que muito hatchback por ai.

      • Edson Roberto

        Kenny, mas vale lembrar que existem soluções que foram adotadas no City para resolver o problema do espaço interno.

        Vamos a elas:
        - O trilho dos bancos dianteiros são mais limitados que o de outros carros (tal qual um adereço plastico do Uno, mas o do City é o trilho menor mesmo;
        - O banco do motorista que tem ajuste de altura, tem limitação por causa do tanque de combustivel (isso ajuda a ganhar espaço de profundidade para os pés já que esses podem ficar abaixo do banco
        - Bancos mais finos (o City tem bancos com densidade mais firme, porém são mais finos e isso ganha espaço sem haver desconforto

        O Civic podemos dizer que o acerto do modelo, foi propiciado para dar toque de esportividade, utilizaram bancos com bons apoios para as pernas e costas, o trilho tem espaçamento maior e por fim a altura do banco do Civic permite uma condução mais baixa, esportiva e por isso, sacrifica certo espaço interno. Porém o tunel central que é reto, privilegia espaço para o terceiro ocupante.

        O City foi desenvolvido (e muito bem) para ser um carro racional. Tanto que mtos que já sabiam das deficiencias do Civic, optaram pelo irmão "mais em conta". É fato de mta gente que comprou o City saber que é um carro inferior ao Civic em termos de conforto, itens e acabamento. Mas em contra partida oferece o que os brasileiros esperam de um sedan. (coisa que o Civic desaponta e mto).

        Ambos são bons carros, mas cada um tem sua filosofia e por isso é notada essa diferença entre os modelos.

      • Fernando_Paes6

        Não tem espaço interno maior que o Civic(entreeixos 12cm menor e largura menor também), o acabamento é de plástico muito ruim e um tanto antiquado(ao contrário do novo Civic, que tem acabamento moderno e com plástico de melhor qualidade), pouca tecnologia embarcada e motor ridículo de fraco. Não dá para comparar City com Civic, são níveis bem diferentes.

  • Filipe_GTS

    Carro bonito, compacto e completo. Não é necessário comprar uma barca gigante pra ter um carrinho bem construído, com bons equipamentos, bom acabamento, bom motor, opção de câmbio automático, etc. E esse facelift caiu bem nele!

    • Julio_F

      Se o City é compacto, onde enquadrariamos um Celta? Um fiat 500? Um Smart? O mercado automobilistico adora usar nomes que não tem nada a ver com a realidade.
      Pra ser compacto tem que ser compacto mesmo, pequeno. Pode não ser o o maior dos sedãs, mas dai a chamar de compacto já é demais.

      • Punto

        Ele é um compacto como o Línea, o Logan, o Cobalt, o Versa… O fato de "estar" mais comprido e largo que o Fit não significa que passou a ser um médio.
        Quanto ao Celta, assim como Mille, Gol G4, Clio e Ka, todos são populares. Na verdade, o Brasil já está adotando a categoria de sub-compacto para carros abaixo de 4m de comprimento.

        • Julio_F

          rs, eu entendi.
          Só estou comentando que o nome da categoria em si é um nome mal feito.
          Compacto significa comprimido. Nenhum sedã jamais será compacto, por definição de dicionário. Mas é claro que o mercado automobilistico inventa moda.
          Um abraço.

          • rafthehay

            Chamar esses carros de compacto é meio que uma herança das categorias de carro americanas. Para um americano, um carro full-size (tamanho completo) é um Impala, um Crown Victoria, etc.

            Comparando um Civic com um Impala, impossível não considerá-lo um compacto. Entretanto, como maior parte de nossos carros segue mais a linha europeia de tamanho e proposta, talvez pudéssemos adotar as definições que eles usam para carros, como "city-cars" para um Smart e um 500, "Supermini" para Fiesta, Palio, Polo, Gol, e, pela EuroNCAP, "small family car" para todos esses sedãs e hatches que nós chamamos de médio ou "large family car" para os maiores, como o Passat e o Azera.

            Outra opção é usarmos a nomeclatura já consolidada no Brasil, que não acho de todo ruim: carro de entrada, compactos, compactos premium (essa alvo de discussões), médio (outro alvo de discussões quando envolve Fiesta, City, Cerato, Linea e cia) e grande.

            • D7V5

              rafthehay, é que essa confusão começa nas montadoras onde o marketing coloca a categoria do produto. E só ver as classificações da Fenabrave para constatar a mistura de interesses. Só um exemplo, dos vários: pega um compacto como o Punto, estica o assoalho e chega em um seda médio.
              Outra grande barreira é o preço altíssimo que pagamos no Brasil. Assim pelo menos metade do mercado só pode comprar carros de entrada. Ocorre que sedans médios no Brasil como o Civic, são pelo valor muito mais baixo (- de $20K), carros de entrada em outros mercados. Mas a médias de R$70K por aqui, acabam por virar os nossos médios.
              Mas dizem que a agua sempre corre para o mar, então com o tempo, as nomenclaturas acabam por se acomodar.

            • Pedro_Rocha

              Tem o médio-grande, que, assim como os compactos e compactos premium, diferenciam-se dos grandes pelo acabamento e preço (Fusion, Malibu, Accord 4cc, Sonata, Optima, 508 e C5).

      • Filipe_GTS

        No nosso mercado é assim. Civic sedã médio – City sedã compacto premium. Se tá errado ou não, é assim que os sites, revistas e toda a mídia especializada chama, razão pela qual eu também adoto esses nomes…

    • Mc_

      O problema é pagar o preço da uma barca gigante num compacto

  • AndreSS

    E eu ainda não consigo gostar desse carro… o preço ajuda mais ainda kkkk

    • ArthurCobain

      A Honda esqueceu como se faz carros bonitos.

  • Absinthe666

    Esse caro não deve em nada para Versa, Siena, Cobalt, o único diferencial seria o cambio AT
    mas sendo um Honda eles cobram 10mil a mais que os otários correm para comprar

  • Itallo_antonny

    O carro é Bonito na minha opinião, porém o preço está fudendo tudo. Ele por 55k na versão top seria muito bom!

  • Clock

    Honda City 2013 LX AT – R$62.190
    Fluence CVT – R$ 60.000,00 nas promoções

    Ar Condicionado – manual vs Digital Dual Zone
    Air Bag – Duplo vs 6 Airbags
    Motor – 1.5 (14,8 kgfm) vs 2.0 (20,3 kgfm)
    Cambio – 4 marchas vs CVT
    Farol Neblina – Não (Tampão de Plástico) vs Sim
    Revisão – Facada vs tabelada

    Porta Malas, Espaço Interno, Painel Emborrachado, bluettoth, ….

    Bom, realmente.. a Honda não tinha como baixar esses preços!!! É o mínimo possível!!!

    Tudo bem que o Pós venda é melhor mesmo, mas não sou trouxa para pagar muito mais por muito menos.
    Esse City deveria custa 49k Automático e MUITO BEM PAGO!!!

    • Leandro1978

      O cambio automático do City é de 5 marchas. Não esqueça que o consumidor aceita pagar estes valores.

    • Alex_JW

      Cockpit, boa comparação, tbm optaria pelo Fluence.

      Só me permita uma correçäo. As revisöes an Honda säo as mais em conta que vi no mercado, sei pq já fui cliente (New Civc).

    • Romis_gtr

      [quote] Revisão – Facada vs tabelada [/quote] HAUSHAUSHAUSHAUSHAUSHAUSH raxei demais aqui em casa, rimou e tudo! Muito boa! xD
      [/quote] Motor – 1.5 (14,8 kgfm) vs 2.0 (20,3 kgfm) [/quote] Obrigado por não ter colocado os cv, quando kgfm é o que realmente interessa para o uso diário ;)

  • Rods

    Ainda tem os pneus finos igual canela de seriema?

  • HSFort

    Sinceramente! Um carro excessivamente caro, design não muito chamativo, não muito resistente em termos de suspensão e interior simples para a categoria.
    Pessoalmente, a diferença da versão de entrada e o New Fiesta Sedan top de linha é de um pouco mais de R$ 2 mil.
    E o Fiesta ganha em design, tecnologia embarcada e motorização pois o Ford tem cilindrada incipientemente melhor e torque idem.

    O New Fiesta seria minha opção invés do Honda CITY.

    Agora é esperar a contrapartida dos "Hondeiros" contra minha opinião.

    • Leandro1978

      Bem, não sou "Hondeiro", nem "Nissaneiro", mas ficaria com o Sentra, talvez não seja tão equipado quanto o NF, nem tão belo, mas é maior, mais potente e possui cambio automático, algo que a Ford não disponibiliza no seu compacto.

      • HSFort

        Quanto a sua opinião, o Nissan Sentra é uma questão de inteligência. Um carro da mesma categoria do Civic e Corolla pelo preço do New Fiesta Sedan e mais barato que a versão de entrada do City não há nem o que discutir! Não é preciso ser fanático por Nissan. É uma questão de bom senso e inteligência.

        • Pedro_Rocha

          Mas o pós-venda da Nissan é controverso. Infelizmente, paga-se mais caro à Toyota e Honda para ser atendido com dignidade. Igual aos atendimentos personalizados dos bancos, que atendem normalmente os VIPs e os demais tratam como gado num curral.

          • HSFort

            Pois é na propaganda que faz a festa das montadoras japonesas. Conheço pessoas que possuem NIssan e não reclamam do pós-vendas. Agora, pagar R$ 12 ou 13 mil de diferença para levar um outro japonês na versão básica é SÓ AQUI MESMO! Em qualquer lugar do mundo, o Sentra concorre com Corolla e Civic.

            • Edson Roberto

              Isso que falamos desses modelos. Isso sem considerar americanos, franceses nesse meio… que tambem estao interessantes.

    • Rafa_el

      Tenho um Honda Fit, mas concordo inteiramente com vc. Tanto é que está nos meus planos pegar um N. Fiesta sedan futuramente.

      O NF é muito mais negócio. Além de ser lindo demais e ainda há o fato de eu desprezar cambios automáticos.

  • ivanpub2

    É a famosa lógica do "se colar, colou" do mercado brasileiro. Se tem brasileiro pagando, pra que baixar? É só dar a repaginada no carrinho que ele continua vendendo mais uns bons anos.

  • Louis

    Gostei!! Só achei meio exagerada a grade cromada. Pra mim, excesso de cromados já está ficando brega.
    Sobre o preço, bom é o mesmo de sempre, é caro como todo carro por aqui.

    • Punto

      SEMPRE foi brega. Mas estamos em tempo em que o brega tem até espaço para ser protagonista de novela, então…

      • Louis

        Um pouco de cromado já teve seu charme. Me lembro dos Omega nacionais, que tinham uma faixa cromada no parachoques, eu achava lindo.
        Agora tem essa modinha de periferia, de comprar capa cromada para maçaneta, retrovisor, fora os Gol G4 da vida em que os donos colocam a parte central da grade um adesivo cromado kkkkkk

        • Punto

          Concordo. Erro meu ao apontar que em TODOS fica brega. Obviamente que carros antigos e os luxuosos "exigem" um "cromado".

          Mas veja que na Edge eu pintaria a grade tal qual aquela versão "esportiva", deixando apenas o filete (???) superior em cromo.

      • Tripa-Seca

        Concordo, mas vale ressaltar que as vezes os cromados fazem parte da proposta do carro, como Fussion e Edge…
        Só não entendo o famoso "bigode" (Não, não estou falado dos Fiat), quando colocam uma barra cromada sobre a grade, como no Focus e no Logan (Nesse último até que fica legalzinha)…

  • cavevolution

    Também gostei! Parece que a frente ficou mais "clean" e encorpada. Já a traseira, eu não era muito fã por causa das lanternas. Com este novo desenho da mesma, voltei atrás na minha opinião. O preços também estão de acordo com o carro no Brasil, ficando um pouco abaixo do Civic LXL na versão Top do City.

  • Jon_mg

    Um City LX por R$ 58.990,00 é um absurdo. Pagar isso tudo para um carro que diferentemente da DX tem ABS e EBD e rádio????? um absurdo. Com esse valor vc compra um Peugeot 308 Allure 2.0, Um Peugeot 408 Allure, com 2 mil a mais você compra um Fluence etc.

    Essas montadoras estão simplesmente de sacanagem com o consumidor brasileiro. Na semana em que a GM anuncia que o Sonic Hatch LTZ vai custar R$ 60 mil e o sedã vai custar muito mais q isso e a Honda passa esses preços sobre um carro que não tem nada demais além do nome Honda começo sim a perceber que todas as montadoras pensam que o brasileiro é retardado…

    A efeito de comparação, antigamente a gente tinha um Astra (FALANDO SÓ EM MOTOR) POR 45 MIL… hoje em dia? os carros de 45 mil são Cobalt etc que são super pesados e o motor é uma merda.

    • HSFort

      E o pior é que mesmo com redes sociais, blogs e sites informando esse absurdo nos preços 24 horas por dia, os bananeiros brasileiros continuam pagando o preço que as montadoras exigem! De que adianta incutir informação em cérebros de jum…. transplantados em humanos?

      • Pedro_Rocha

        Aqui é o país do "quem quer rir, tem que fazer rir". Levamos 20 anos para evoluir de Escort a Camaro por 200K; acho que vamos levar pelo menos mais 10 anos para amadurecer no que tange a avaliação de custo-benefício, considerando o aumento da concorrência em relação a outrora e a maior facilidade de acesso à informação.

        NO último fds, em uma css Toyota, vi gente torcendo a cara para o fato do Corolla não ter computador de bordo com tela. Já foi um alento.

    • LucasFLA

      Cara, infelizmente tem gente pra comprar…A Honda vai abaixar os preços pra que?

  • Alec_T

    Esse carro é concorrente do Cobalt, Versa e Siena TOP, logo 54 mil seria o preço máximo para ele, e mesmo assim já esteria mais caro que os seus concorrentes. Na minha opinião é a pior compra dos 50 ~ 70mil, perde até pro J5.

    • mandabala

      Para mim seria concorrente do Classic… kkkkk zuera, tá muito caro mesmo, ele vai ficar na faixa do Fiesta e Sonic.

  • PauloEFS

    Não é um carro ruim, longe disso, mas o preço cobrado (e pago) por esse carro é nojento.

  • Punto

    Feio (mais um compacto que quer se passar por médio, mas ao invés de comprimento a Honda "bombou" na altura e largura), desproporcional, simples ao extremos, e cobra 66 mil numa versão 1.5 que só tem equipamentos básicos. Não, obrigado.

  • davi_auto

    Muito melhor ir de New Fiesta Sedan completo com 7 airbags, ABS com ESC, bancos em couro, direção elétrica e outros pelo preço da versão pelada desse City.

  • Mjscaruaru

    60k reais é muito dinheiro se compararmos com a concorrencia, versa, cobalt, siena, voyage.

  • HA HA HA

    Prezados, eu saí de um City para um Corolla a pouco tempo. Comprei em 2010 série EX manual. Carro leve, agarra na pista e nas curvas, porta malas sensacional. Problemas: 1) roda 16 com pneu perfil baixo, fez algumas bolhas no pneu e quebrei duas rodas pegando cantinho de pseudo buraco, não foi aquele em cheio e sim buracos rasos porem com a borda elevada. 2) carro baixo raspa em tudo; 3) embreagem começou a patinar com 20 mil km e a HJonda alegou mau uso, isso porque cuido do meu carro com cotonete e não possuo a índole de judiador ou de destruidor. Como a Honda me deu as costas, levei o City na Toyota e comprei um Corolla.

  • Guri_do_RS

    Por R$ 54 mil, eu prefiro um Kia Cerato automático 6 marchas com rodas 17.

    • fabioalisson

      Um Cerato automático com rodas 17 ultrapassa 60 mil fácil… Cotei um manual top (rodas 17) ano passado, antes do aumento do IPI e sairia por 62 mil…

      • Guri_do_RS

        Tem razão… estranho que esses dias olhei no site da Kia, e incrivelmente tinha essa descrição que falei… Estranho que cheguei a mostrar para uma amiga, e ela ficou muito interessada, pois estava querendo comprar um City.

    • feliippe

      Amigo você não estaria equivocado? 54 mil mais frete (ou ágio por assim dizendo) custa o cerato de entrada com rodas 15 e cambio manual de 6 marchas. O mais completão salta para 65 mil com os itens mencionados não esquecendo do frete é claro.

      • Guri_do_RS

        Tem razão… estranho que esses dias olhei no site da Kia, e incrivelmente tinha essa descrição que falei…

      • Pedro_Rocha

        Mesmo assim, pelo mesmo valor sai de um compacto e leva-se um médio.

  • http://www.raelcunha.com Rael G.C.

    O estilo, tem quem goste, afinal gosto não se discute.

    Só lembrando que esse carro não tem espuma entre o tecido das portas, é apenas um aplique de tecido em cima do plástico. E o material fono absorvente quase não existe (vejam na Avaliação do Bestcars que ele dizem que não deve ter mais que 1mm de espessura).

    Então, mecanicamente pode ser bem feito, mas não é confortável nem tem bom acabamento.

    Ao menos a Honda percebeu que não dá pra vendê-lo começando quase em 60 mil, como foi na época do seu lançamento.

    É carro pra concorrer com Linea, Polo Sedan, etc. Lá fora, inclusive, é mais barato que o Fit.

  • fabioalisson

    Mudou pra melhor. As mudanças estéticas foram bem sucedidas, mas ao meu ver o City continua sendo um carrinho que custa muito pelo pouco que oferece. Mesmo sendo proprietári de veículo o e admirador da marca Honda, jamais compraria esse modelo.

  • Mc_

    Mas esses carros altos e gordos com rodinha de skate viraram tendência mesmo…

  • marciomvo

    Versão DX R$ 53700,00 e não tem ar-condicionado?
    Muito caro. Péssimo custo-benefício. Têm muitos outros carros com melhor custo-benefício no mercado.

    • Renato_Bauru

      Tem ar-condicionado sim.

    • Vitão

      Não vem é o ABS kkkkkk…..

  • JosemarFloripa

    …só no Brasil acontece essa bagunça de lançarem carros modelo ano seguinte no inicio do ano anterior, aonde está o governo que não regulamenta essa bagunça???

  • ChalMust

    Prefiro um FLUENCE (comprado como pessoa juridica) ao preço de R$54.000,00.
    E aí, quem vai de City ????
    Valeu

  • TMZ

    Muito caro!!!!
    O carro até que agrada, mas, analisando o porte do carro e o conteúdo, não justifica esse preço tão alto.

  • Mc_

    Nas cores metálicas até disfarçava. mas esse branco sólido só serviu pra mostrar a verdadeira faceta popular desse carro.

  • D7V5

    Acho muito caro pelo que oferece.
    Nao, obrigado.

  • Eddu13

    Essa lanterna traseira foi um tapa na cara.

  • marcfreitaz

    Se a Honda reajustasse o preço dele, equiparando com o do Polo venderia muito mais (onde realmente é o lugar dele) e as vendas do Civic também melhorariam.

  • Gsmantuano

    Resumindo todos os comentários :

    O carro é pelado, pequeno, manco e mal acabado

    Design nao comentarei pois é subjetivo, eu particularmente acho a traseira horrível

    POR QUE ALGUÉM COMPRA ESSE CARRO ? Acorda, Brasil !

  • GreatU2

    Pulei direto pro preço, e de lá direto pra este comentário, pra depois fechar a janela.
    É essa atenção que a Honda tá merecendo.

  • Dcyno

    Muito caro, nesse preço tem opções melhores, é que a Honda sabe muito bem que a maioria dos brasileiros não sabe analisar nada, então tira proveito da ignorância do povo.

  • fkas

    O último dinheiro que eu pagaria em um carro seria nesse… Isso é um "carrinho" com preço de "carrão".

  • andreHHX

    Independente de qualquer outro aspecto, já descarto esse carro pelo baixo e sofrível desempenho com câmbio AT. Sem falar no preço de carrão, como disse outro aí…

    Dirigir um carro desse com câmbio automático é só pra passar nervoso: na primeira subida um pouco mais inclinada o motor já arrega e o carro não ganha velocidade.

  • Adriano_Silva

    Continuo achando uma compra irracional, o essencial de um sedã ele não tem, espaço interno, em resumo preço de carrão e tamanho de carrinho.

  • jeremias88

    para mim, como todas as atualizações de 2012 ficou PIOR!

  • yroliveira

    Apesar de ter um valor elevado perante a concorrência, podem pôr mais R$5.000,00 em cima do preço de cada versão. O que se cobra de ágio em civc e principalmente na nova CR-V não é brincadeira! Como esse é o caçulinha da honda, meu palpite otimista é de que o ágio fique nisso.

  • Tempero

    Lembrando que pagando 630 reais A MENOS dá para levar um Sentra (que é 2.0 e é um sedan médio).

    • Rocky1900

      Juro que nao aguento mais esse comentário.

      • Tempero

        Sério? ahh… que dó!

  • AlexandreCE

    Pegaram uma imitação dos mostradores do Fit vendido nos EUA e enxertaram no painel. Em compensação, "esqueceram-se" de colocar o tom branco azulado também no centro do painel. Virou um carnaval. Já no Fit, como a Honda nunca trouxe o belo mostrador do Fit lá dos EUA, com glow arroxeado, o jeito foi colocar lâmpadas laranjas no centro do painel. O interessante é que ainda assim eles querem empurrar iluminação azul para os pés de motorista e passageiro e protetor de soleira com iluminação azul. Assim não dá… ou casam as cores, ou não.

  • viniciusnunesl

    Vo dizer, eu gosto muito do design desse carro, apesar de muitos não acharem o mesmo. Mas ainda continua muito caro!
    Parabéns a honda pelo cromado nos frisos da grade, antes dependendo da cor do carro ficava muito estranho.

  • Jon_mg

    Eu já dirigi um City. É um carrinho bom, mas nada especial. Não vale o que custa e o maior apelo de venda dos vendedores é esse… É um carro Japonês que tem manutenção barata e não desvaloriza muito. Lamentável… O consumidor espera isso de qualquer carro e também a contrapartida do preço. Uma pessoa que pense racionalmente, jamais vai comprar um sedã compacto por esse preço (mesma coisa do Sonic q vai chegar custando os olhos da cara).

  • hugogyn94

    Se eu quero?, nao muito obrigado.

  • CanalhaRS

    É a Honda querendo roubar interessados no Cerato? Por esse preço acho que não vai conseguir.

  • caiobrandao

    Ta bonito pra caramba , agora prefiro ele doque o civic.

  • Acport

    Não existe nenhum motivo plausível que justifique a compra de um City Dx, no lugar de um Sentra.

    • Rafael_rec

      Tem, o pós venda Honda que está anos-luz a frente do serviço porco oferecido pela Nissan.

  • Nasckar

    o Top , Honda City 2013 EX AT deveria custar 53K, e olha lá !

  • Edson Roberto

    Uma duvida: Nas fotos mostrou uma foto onde tinha a descrição de SIDE BAG. MAs o modelo não tem apenas Air Bags Frontais??? Ficou esquisito isso ai…. alguem poderia esclarecer?

    • Stark

      Nao rolei todo o slide show mas será que vai ter sidebags?

    • dtgenerico

      Também quero confirmar se tem mesmo SIDEBAG. A foto diz que sim, mas nem no site da Honda fala em side bags. Alguém pode esclarecer???

  • flavioci

    53.000 num FIT sedan?? Não obrigado.

  • higojoseph

    não acredito que um carro desse preço não tenha no minimo air bag e abs de série em todas as versões??
    q loucura… d qm compra

  • YoOdEx

    Não é que o City seja um carro ruim, mas é tão caro em todas as versões! A mais barata tinha de partir de 45 mil, a mais completa, top e automática, 60 mil.. mas, como dizem os concessionários, "É um ROONDAA!"

  • camillocelio21

    pra variar o povo reclamando do preço.eu sou a favor de preços altos mesmo,pra nenhum "pé de chinelo" depois ficar comprando…

  • marcello7007

    Dona Honda surtou nos preços absurdo de caro 62k num motor 1,5 automatico fico com o corolla xl aut muito mais carro.

  • Renato_Bauru

    Eber agora o City vem com side airbags? No texto não menciona nada mas vi uma foto com esse "detalhe" importante.

  • Felix_S

    Acho que tem gente que ainda pensa que o City dá status…

  • barts

    Gostei, achei que ficou bem melhor, tanto externamente quanto internamente, mas o preço desse carro é realmente absurdo. 53 mil num carro sem abs? LOL

  • mikaelbrian

    essas lanternas estão iguais aquelas do bora de 2006 vermelho com pedaços transparentes

  • http://gugaaa.deviantart.com/ Gustavo Miranda

    Lindo, porém falta duas coisas, uma versão hatch e preços mais condizentes com a realidade…

  • kissforlovinyou

    Na minha opinião gente ta na faixa do kia cerato, comparem os dois, comprem o que achar melhor, ou mais bonito! Quanto a estar mais barato no méxico sendo exportado do brasil é de chorar, povo brasileiro explorado, mas fazer o que também comprar usado além de dor de cabeça também não está num preço justo, pensem!

  • Romis_gtr

    Existem opções MUITO melhores, só isso!

  • kissforlovinyou

    Alguma opção melhor no mercado?
    New fiesta já li 500 mil comentários e só falam q tem problema.
    Golf seguro absurdo!
    Hyundai i30 ótima opção porém já ta mundando em outrubro.
    Cerato gostei mas já ouvi cometarios de manutenção cara e seguro
    Polo, pelo mor de deus eita carro mais defasado.

    O que escolher, esse city gostei tudo gostaria de motor melhor o q fazer?

  • Cris

    fala sério, dizer q esse carro concorre com voyage, versa, siena, é um absurdo, esses são carros populares, apertados, a versao mais completa cara também e o pior de todos com acabamentos de péssimaaaaaaaaaa qualidade, com partes que mais parecem frandes! Em questão de carro ele concorre com new fieste e sonic, somente, em questão de valores o leque é maior, mais vai de gosto e de bolso, carro aqui no brasil é caro mesmo, veja um idea da fiat, tem deles de 55mil, com espaço pequeno, acabamento ruim, porta malas pequeno e motor fraco, mesmo o 1.8, então acho que o carro está caro, mais no preço certo comparado com os demais carros aqui do brasil. tem gente que fala cada besteira fala sério.