Honda Japão Montadoras/Fábricas Nissan Toyota

Honda, Nissan e Toyota paralisam produção no Japão após terremotos

honda fabrica japao

Devido aos terremotos que atingiram a ilha do sudoeste de Kyushu, no Japão, na semana passada, as marcas Honda, Nissan e Toyota resolveram suspender as operações de suas fábricas no país. Foram dois terremotos na ilha do sudoeste de Kyushu, causando enormes danos à infraestrutura da cidade de Kumamoto, com a destruição de estradas, pontes e edifícios, deixando pelo menos 42 mortos e cerca de 2 mil feridos.

Segundo um relatório emitido pela Nissan, eles vão suspender ou já suspenderam a produção das fábricas no país – a unidade de Fukuoka, onde os modelos Serena, Teana, Muano e Note são produzidos, foi paralisada, mas deve voltar à ativa ainda hoje. Já a Toyota vai interromper as operações na maioria de suas fábricas por lá por cerca de uma semana, já que deve enfrentar problemas relacionados a produção de componentes de seus fornecedores.

Por fim, a Honda não vai produzir motocicletas em sua fábrica nas proximidades de Kumamoto até 22 de abril para verificar os danos nas linhas de montagem.

Marcas de outros setores também decidiram paralisar suas linhas de produção no Japão. A Sony, por exemplo, decidiu parar a produção em sua fábrica de sensor de imagem em Kumamoto, a fim de avaliar os danos nas estruturas e nos equipamentos.





  • Leandro

    Teana, vendido como Altima nos Eua.

  • Zé Mundico

    Aqui nem foi preciso terremoto, bastou a Dilma.



Send this to friend