Home Hatches Honda prepara terreno para produzir Brio, diz jornal

Honda Brio na linha de produção Honda prepara terreno para produzir Brio, diz jornal




Ao contrário do que havia sido divulgado anteriormente, a Honda não transferiu a maior parte da produção do City de Sumaré (SP) para sua fábrica na Argentina para ampliar o volume de produção do Civic no território nacional. Pelo menos é o que indica o jornal Brasil Econômico, que revelou que a marca japonesa prepara terreno para produzir o Brio, compacto de baixo custo vendido na Índia, que poderá chegar por aqui para brigar com os futuros Toyota Etios e Hyundai HB20.

“Este ano vamos continuar a produzir o Civic e o Fit no Brasil. Há mercado no país para absorver a produção maior desses modelos. Em 2013, vamos negociar um novo carro”, diz Jair dos Santos, presidente do sindicato dos metalúrgicos de Campinas e região. Atualmente, a unidade paulista produz 620 carros por dia. Com a chegada do Brio na linha de produção, esse número deverá saltar para 700 unidades diárias. A Honda espera fechar 2012 com 138 mil carros produzidos por lá.

Vale ressaltar que o Brio utiliza a mesma plataforma dos irmãos maiores Fit e City, o que viabilizaria a produção do compacto na unidade de Sumaré, assim como na fábrica hermana da Honda, já que o sedã está sendo fabricado por lá. Com isso, cogita-se que a produção do Honda City se torne uma exclusividade da planta argentina, dando um espaço ainda maior para o Brio no Brasil, atendendo tranquilamente a demanda do mercado.

No mercado indiano, o Brio é oferecido nas versões E, S, S (O) e V. Os preços vão de R$ 14.500 a R$ 18.700. O Honda vem equipado com o motor 1.2 litro i-VTEC com 88 cv de potência e 11,2 kgfm de torque. De acordo com o fabricante asiático, o Brio roda até 18,4 quilômetros com um litro de gasolina. Já no Brasil, espera-se que o carro se posicione em uma faixa de preço entre R$ 35 mil e R$ 45 mil, talvez com os motores 1.4 e 1.5 que equipa o Fit.

[Fonte: Brasil Econômico]


  • bandaxadibar

    Que venha logo, pra por fim ao mundo dos populares mega defasados que temos ainda em produção…Quanto mais desses lançamentos de "populares modernos", maiores são as opções do nosso povo sofredor e trabalhador, de ter uma carro com um pouco mais de conforto e segurança.

    • http://lucrobrasil.wordpress.com/2011/07/12/campanha-contra-lucro-brasil/ lucrobrasil_boicote

      Tambem espero que venha, mas eu duvido; O proprio presidente da Honda disse que não traria pra cá, pois o hatch praticamente não tem porta mala. Assim ele disse que como o povo brasileiro compra carro popular para ser o seu primeiro carro, e não pra ser um segundo carro, logo o Brio não atende as necessidades do comprador potencial.

      • Leandro1978

        Mas nada impede que hajam modificações para que ele tenha um porta-malas maior, não?

        • fabio_augusto

          Prefiro que haja modificações pra mudarem aquele traseira horrivel do que aumentarem o porta-malas…

    • cepereira2006

      É, a VW até já reagiu colocando limpadores traseiros e conta-giros no novo Gol, HUAHAUAHUA

  • guiboracini2

    Preços aqui são maiores até em paises mais subdesenvolvidos…
    #vergonha

  • yroliveira

    Para ser de baixo custo em nosso mercado só se a honda "esquecer" de colocar o símbolo na grade

    • Cristiano_RJ

      Baixo custo não quer dizer preço baixo…

  • GMV20

    Que carrinho feioso.

    • http://www.camaquente.com.br/ Jeff_Brown

      Pois é, parece que foi projetado para disputar feiura com o Etios.

      • Vitão

        A essa altura do campeonato acho q o Etios ganhou de W.O no quesito feiura kkkkkkkkkk

  • fabio_augusto

    Acho que grande parte das pessoas aqui não viu a traseira desse carro. Ahhh se vissem…

    • LEOFX182

      kkkkkkkkkkk!!!! Iriam pira, por é feio demais da conta, o que salva é que o carro pode ser bom.

  • Clock

    Feio por feio estamos cheios.

    É muito bom termos opção… basta ver o preço agora!

    • fredggp

      ..que fase de carros feios (média, já que é subjetivo) estamos passando agora. Nesse meio Kia e Hyundai nadam de braçadas com seus belos carros.

  • Gabriel_Nint

    Eu gosto da frente desse carro, mas a traseira é terrível. Sem contar que não tem porta-malas e nem porte para custar acima de 30 mil reais. Se viesse, teria que vir abaixo dos 30k, para brigar com Uno e March, que tem um porte parecido.

    • Paulo_T

      pois é.. mas não se esqueça que é um Honda… o pessoal valoriza d+ o H que carregam nos carros… infelizmente..

      • pedro_bh

        vc ja teve um? rss

        carros com H ou T no capo… dificilmente estragam e/ou viram mico de mercado….

        • Paulo_T

          nunca tive um honda… mas sei do q vc tá falando… e concordo… tenho amigos q tem…
          minha mae tem um Toyota ano 2000… mais de 100 mil rodado e nunca deu nada… perfeito até hj…
          mas vc falar q esse carro por 35~45k não é caro… e vc discordar q por só de se tratar de um honda o carro não fica mais caro…

        • Edson Roberto

          A pergunta pertinente é…

          Você ve com facilidade Fluence, 408, Cruze, entre outros médios parados na rua? Qual o tempo de durabilidade deles?

          Assim como pode existir problemas com esses, já existiram nos japoneses também. O que os japoneses podem ter a mais, pode ser no atendimento. Pois nem em peças de reposição eles são "superiores" em preço ou em tempo de se conseguir a mesma.

  • Pedro Evandro

    Uma das características da indústria automotiva brasileira, além da mamata do governo para as montadoras, as suas altas margens de lucro e os elevados preços para o consumidor, é a produção local dos carros mais mixurucas, enquanto que a Argentina produz a "nata", mesmo sendo um mercado menor. Vai entender… =/

    • Rafael_rec

      A questão não é o tamanho do mercado, mas sim a legislação trabalhista. Equanto isso não mudar não veremos grandes investimentos de fábricas no Brasil, 1 operário brasileiro tem o custo de 3 estrangeiros.

      • Leandro1978

        Exatamente. caso não mude isso, só fabricaremos os compactos populares e importaremos os demais modelos. Enquanto houver acordos comerciais, como o com o México, isso é viável, agora, quando forem rompidos…

  • FabioEsp

    Se mergulhassem a traseira dele em larva fervente e fizessem uma completamente nova e diferente, poderia ser uma ótima opção no segmento de preço imediatamente inferior ao descrito na reportagem (28-35k).

  • tmsales

    preços chegando até 45 k???!?!?!?!? meu deus… só porque é honda não quer dizer que vale ouro. Espero que venha sim, para acirrar a disputa… mas quero ver realmente esses preços

    • leaozin

      Não é só o honda, você viu os preços do novo C3??? Os preços estão se tornando impraticáveis, 41k em um C3 1.5, que chega a 61k!!!! na versão top.
      Sonic partindo de 46.2k com motorzinho 1.6.
      Ou o brasileiro em geral anda com muito dinheiro/credito e tem coragem de gastar tudo isso em um carro, ou eu que ando sem.

      • Cristiano_RJ

        Os preços estão se tornando impraticáveis? Brincou, né! E desde quando eles já foram "praticáveis"? O City, por exemplo, desde seu lançamentos há uns três anos atrás já custava uns R$ 72 mil na versão top com motorzeco 1.5 de 116 cv!!!

        • leaozin

          Exato isso vem de longe, o problema é que o que estava restrito agora está se espalhando pelo mercado.

  • Gui_Dias

    E o problema do porta malas? Se não me engano, tinham descartado o Brio pois o brasileiro não se interessaria por um carro com porta malas quase nulo, tendo então que realizar uma adaptação exclusiva só para o Brasil, que ficou complicado depois do Tsunami.

    • millemiglia

      Se tamanho do porta-malas fosse tão importante no Brasil, a primeira geração do Gol (que tinha um porta-malas ridículo de apenas 146 litros) e a primeira geração do Ka (que também era pequeno) não teriam feito sucesso. No porta-malas dos primeiros Gol cabia apenas um engradado de cerveja e sobrava espaço, vá lá, para apenas um engradado de 4 garrafas de refrigerante 2 litros… Com isso enchia o porta-malas do Gol…

      • fredggp

        Acho que a época era outra. O Gol da primeira geração era o sucessor do fusca, que por sua vez não tinha um porta malas descente. O Ka necessariamente não foi um sucesso (dentre os carros populares com 1.0), tanto que na geração seguinte ampliou bastante o porta- malas. Pode ver que hoje o mínimo é ter mais de 250 litros. Acho que o mercado dá valor sim a um porta-malas que leve no mínimo as compras de supermercado da semana.

        • millemiglia

          Ok, a primeira geração do Ka não foi um sucesso estrondoso mas vendeu bem (de acordo com a proposta do carro). Mas concordo, em parte, com seu ponto de vista. Realmente, hoje, o tamanho do porta-malas importa um pouco mais que naquela época mas você lembra de um carro que tinha porta-malas risível para o seu tamanho/classe e vendeu bem, apear disso? O carro em questão é o Honda Civic que apesar de ser um veículo médio tinha porta-malas de compacto. Tinha 313 litros de capacidade, pouco mais que o Palio (290 litros). Isso só foi corrigido na nova geração lançada no ano passado.

          • fredggp

            Só que o Civic não é carro de massa como o Gol, Ka, Uno…. que eram os carros dos quais estamos escrevendo. Não é não?

            • millemiglia

              Sim, é verdade que ele não é carro de massa como Gol, Ka, Uno mas só o citei como termo de comparação com relação ao tamanho do porta-malas. Veja que a capacidade do porta-malas, embora reduzida, não impediu que ele fosse um sucesso de vendas e acho que isso não vai influir tanto assim no caso do Brio. Claro que se a Honda aumentar o espaço de porta-malas,e além disso mudar aquelas horríveis lanternas traseiras, a possibilidade de sucesso de vendas do Brio aumenta muito. Desde que não coloquem o preço na estratosfera, como tem sido o costume da Honda.

              • Gui_Dias

                Eu acho que o tamanho do porta malas tem maior peso em carros de massa e os destinados à grande famílias.
                Que eu me lembre, o porta malas do Brio cabe uma mochila em pé. É City car mesmo, que infelizmente não é tão benéfico para nosso país. Lá fora você pode pegar um carro desse barato (lá fora) pra ir trabalhar apenas. Aqui poucos são os que fazem isso, de comprar um carro só pra trabalhar, e os que fazem até compram o Ka, por exemplo, que só tem 2P mas tem um porta malas até bom.
                O anúncio do porta malas, se não me engano, veio direto da própria Honda, que acredito tenha pesquisado bem antes de trazer o modelo.

              • Mjscaruaru

                vide classic da GM.

  • GUGASP

    É melhor a Honda se mexer mesmo, pois o trio Civic, Fit e CVR não vai segurar a onda nas vendas da Honda no Brasil.
    O gigantesco segmento dos carros de 30/40 mil reais é o que mais atrai investimentos das montadoras hoje em dia e a Honda não está participando dessa festa.

  • brunoxeca

    Agile perdeu o posto!!!

    • farleytito

      não exagera! mais feio que o agile é quase impossível.

    • Leandro1978

      Sério que você compara a modernidade de um Brio com a "modernidade" do Agile? Desenho é mais importante que o conteúdo?

      • brunoxeca

        No caso estou apenas comparando o quesito "estético" o conjunto da obra esta fora dessa comparação!

  • birchip

    Carro honesto, espero que realmente seje fabricado no Brasil a preço competitivo e aposentem de vez lixos jurássicos como Chevrolet Celta, Classic, Ford Ka, Fiat Uno.
    Honda = sinônimo de confiabilidade e segurança
    <img src="http://kkcdn-static.kaskus.co.id/images/4237118_20120412035735.png"&gt;

    • mmcinza

      Esse banco com o encosto interiço, me fez lembrar o chevette 1981 que o meu pai teve….

    • Diggo

      Eu não sei bem o conceito de honesto que vocês quis empregar, porém em se tratando de Honda o preço deve ser na faixa de R$40mil, o que eu acho um roubo, portanto nada de honestidade.

      • Leandro1978

        Mas o consumidor é obrigado a comprar? Uma coisa é oferecer o produto nesta faixa de preço (que acho bem caro, diga-se de passagem), outra coisa é comprar. Agora, se vender bem, é porque o mercado acha que vale.

        • Edson Roberto

          Mas acho que a critica dele foi no caso da "honestidade" perante o modelo.

          Ele quis criticar que o preço não está barato e portanto não é um carro que poderia ser considerado competitivo em preço. Fora isso, o consumidor que decide.

          Mas aqui, já deu para perceber (e não estou falando de vc Leandro, apesar de vc ter um Fit) que o negocio é sempre colocar em alta Honda e Toyota.

          • Leandro1978

            Não sei se cabe a palavra "honestidade". O fato é que elas oferecem a um determinado preço. Compra quem quer. Se não tiver sucesso, os preços abaixam. É como no caso do Gol de R$ 50.000. A VW oferece, não quer dizer que vão comprar. No caso do Fit, por exemplo, custa mais que New Fiesta e Sonic ou Livina e Meriva (tem uns que falam que compete com os compactos, outros com as minivans, na dúvida comparo com os dois…rs…) e mesmo assim vende mais. Assim me parece que, mesmo a valores maiores, é mais competitivo que os demais. Então é um caso no qual o consumidor aceitou tais preços, ou custaria menos.

            Eu tinha um Fit, infelizmente o roubaram recentemente. Apesar de gostar muito do modelo (possui qualidades e defeitos como qualquer outro, no meu caso seus pontos fortes compensam os fracos), penso em pegar um sedan médio.

  • Rods

    "compacto de baixo custo vendido na Índia…."

    Parei de ler aqui….. Se vier, já sabemos o que será….

  • farleytito

    mesmo sendo um popular deve ter manutenção a preço de ouro (é honda).

  • MecanicoDigital
    • danfm1982

      Misericórdia! Que fundo feio. Vai brigar feio com a família monstro da Chevrolet. Esse farol traseiro parecem dois olhos de um bicho te olhando.

    • Mjscaruaru

      Esses faróis estão muito caídos, parecem um cachorro doente, um pequinez com os olhos murcho.;

  • O_Corsario

    A Honda vai esperar para ver como se sai o Etios. Se ele for sucesso, se anima e faz. Se for fracasso, segue só nos segmentos mais caros.

    • MecanicoDigital

      Acho que é bem por aí mesmo ….

    • fabio_augusto

      Então espero que o Etios seja um fracasso…

      • Leandro1978

        Por que? O carro é moderno, será bem equipado e não terá motores 1.0. Melhor continuarmos com Uno, Clio, Celta, Gol? Cara, independente de ser feio ou bonito, eu torço para que o Etios, HB e Onix façam muito sucesso, principalmente se forem superiores aos concorrentes. Isso pode significar uma mudança no mercado. Carros menos defasados, mais equipados e menos caros. O segmento só tem a crescer. Agora, se forem iguais ao que já está aí no mercado, então só farão figuração…

  • Landrutt_RN

    Que venha, se a Kia pode vender o Picanto, com motor 1 ponto nada, depenado, com porta-malas ridículo e preços absurdos porque a Honda não poderia vender o Brio aqui? Dúvida. Ah, o carro é para emergentes? A Hyundai vai fabricar um carro emergente exclusivamente para os brasileiros e ninguém reclama disso. Se tiver o motor 1.4 do Fit vai ficar bem bacana, já que esse Brio deve ser bem leve.

    • Cristiano_RJ

      Cara, fico impressionado como você nunca perde uma oportunidade para falar mal da Hyundai/ Kia. Nem quando eles não são o assunto em discussão. Se a palavra "hater" faz algum sentido, acho que deve ser esse!

  • Fmonteiro

    Eu preferia que a notícia informasse que o civic hatch iria ser produzido aqui, não esse carrinho "esteticamente prejudicado".

  • zeuslinux

    A Honda deveria, antes de produzir essa porcaria feia, produzir aqui o Fit, o City, o Civic e a CR-V a preços decentes.

  • AMLAJD

    Alguém já viu a Honda fazer carro para vender barato aqui no Brasil? Cobra o olho da cara por carros pouco equipados. Acha que só o nome Honda já é suficiente para cobrar o que bem entrende.

  • Vateau

    E o que vão fazer com a traseira do Honda "SomBrio"?

  • jackson_sch

    Ele vem com um pano para limpar o vidro traseiro? Onde está o limpador?

  • anderson_sp

    O "Celta" da Honda chegar a custar R$ 45 mil é um crime, mas se tratando de Honda até pode ser verdade, o acabamento e o interior deste carro são paupérrimos, isso é carro pra custar R$ 30 mil no máximo completo.

  • CanalhaRS

    Mais uma bomba a 40 mil pra nós….

  • Jason

    Oba, briga de Japs! Quanto mais concorrentes, melhor, quem sabe as 4 grandes começam a se envergonhar e melhorar os nossos "queridinhos".