Home Asiáticos Honda: Visitamos a fábrica de automóveis e o novo centro de treinamento...

Honda Fabrica Visita 57 Honda: Visitamos a fábrica de automóveis e o novo centro de treinamento em Sumaré/SP




Ontem tivemos o prazer de visitar as instalações da Honda Automóveis em Sumaré, região metropolitana de Campinas, no interior paulista. A fábrica da Honda foi inaugurada em 06 de outubro de 1997 e de lá para cá já produziu quase um milhão de automóveis. A unidade ocupa uma área de 1,7 milhão de m2 (168.000 construídos) e tem capacidade para produzir 11.550 carros por mês.

Atualmente, emprega 3.166 pessoas, sendo 10% mulheres. A produção da Honda em Sumaré é composta pelos modelos Honda Civic, Honda Fit e Honda City. A unidade possui processo produtivo completo, campo de provas e centro de treinamento, do qual falaremos adiante.

Nossa visita começou pelo setor de injeção de plásticos. É ali que são produzidas todas as partes plásticas do acabamento ou de outras peças dos modelos da Honda. Painel, tampas, suportes, entre outros, são feitos nesta unidade. Polímeros chegam e são injetados em enormes fornos que moldam todo tipo de peça plástica.

Honda Fabrica Visita 40 Honda: Visitamos a fábrica de automóveis e o novo centro de treinamento em Sumaré/SP

Depois conhecemos o setor de fundição e usinagem, onde são feitos os blocos e cabeçotes dos motores VTEC. A Honda recebe o alumínio líquido, que então é injetado em fornos para serem moldados conforme o tipo de peça. A usinagem retira as rebarbas e prepara as peças para montagem.

Outra parte fundamental da fábrica de automóveis da Honda em Sumaré é o setor de pintura, onde peças plásticas ou metálicas são pintadas com a ajuda de robôs. O moderno processo de pintura garante maior qualidade e durabilidade para os componentes do veículo. No setor de recebimento de componentes, observamos o desembarque de várias peças destinadas a linha de montagem. Atualmente, a Honda garante que 20% do total de peças de um veículo são importadas.

Todo o processo produtivo possui etapas de controle de qualidade, onde funcionários especializados observam quaisquer irregularidades nos componentes ou no veículo em si. Pintura, usinagem, montagem, enfim, em todas as etapas, a qualidade é sempre averiguada. Peças irregulares voltam para correção.

Honda Fabrica Visita 5 Honda: Visitamos a fábrica de automóveis e o novo centro de treinamento em Sumaré/SP

A linha de montagem é a parte mais conhecida e divulgada na mídia, pois é onde surge de fato o veículo. Na Honda Sumaré existe apenas uma linha de montagem, que vai desde a soldagem das peças até a vedação das borrachas do veículo. Na parte de soldagem, funcionários habilidosos começam o processo de criação de componentes para a plataforma do veículo. Após isso, as peças são unidas através de um processo de soldagem automática, feita somente por robôs. É aí que surge a base do veículo.

Depois as laterais e outras partes são unidas em um processo com várias etapas, inclusive com mais soldas feitas de forma manual, até que a carroceria inteira esteja pronta. Nessa fase, as portas são fixadas ao conjunto. Destacamos a rapidez e a precisão com que os soldadores fixam as muitas partes do veículo.

Depois do processo de pintura, a carroceria vai para a linha de montagem dos demais componentes, onde inicialmente as portas são retiradas e acabadas. Só então, elas retornarão ao veículo já praticamente pronto. O conjunto motor/transmissão/suspensão dianteira é montado muito rapidamente, bem como a suspensão traseira. Nesta linha de montagem, a Honda consegue produzir os três modelos sem necessidade de adaptações que paralisem a produção.

Honda Fabrica Visita 46 Honda: Visitamos a fábrica de automóveis e o novo centro de treinamento em Sumaré/SP

Apenas alguns equipamentos são trocados, mas estes ficam ao longo da linha. Com isso, após turnos de 240 ou 360 unidades, sendo 60 de cada versão, um novo modelo surgirá na linha de montagem. Durante a visita, acompanhamos praticamente todo o processo produtivo do Novo Civic, sendo que apenas no final da visita pudemos acompanhar o início da montagem do New Fit.

No final da linha, depois de montados todos os itens do modelo e versão, o carro vai para a inspeção de qualidade e após isso, para o teste de vedação das borrachas. Novamente aprovado, o veículo parte imediatamente para o campo de provas. Igualmente aceito, o veículo parte para o embarque nas carretas rumo às concessionárias. Os que serão exportados utilizam protetores de rodas feitos de garrafas pet. Todo o processo de produção de um veículo precisa de 15 horas. Atualmente, a fábrica funciona em dois turnos.

Impressiona bastante a limpeza das instalações da fábrica. Apesar de certas áreas serem mais perigosas, fomos guiados com muita segurança, mesmo em meio ao grande trânsito de veículos de transporte interno e diante das grandes fagulhas de solda que de vez em quando voam para fora da linha.

Honda Fabrica Visita 42 Honda: Visitamos a fábrica de automóveis e o novo centro de treinamento em Sumaré/SP

A fábrica da Honda não é lugar de lazer ou de turismo, mas de produção. No entanto, várias áreas são destinadas ao descanso para os funcionários dentro e fora das instalações. Sempre enfeitadas com plantas, bebedouros e bancos. Ouvimos até música ambiente em certos momentos dentro da linha de produção em funcionamento.

Além do processo produtivo da Honda em Sumaré, conhecemos também seu centro de treinamento de funcionários das concessionárias. Ali são ministrados cursos não só para mecânicos e técnicos, mas também para o pessoal do atendimento do pós-venda.

Além disso, tanto mecânicos de automóveis quanto de motocicletas podem realizar sua especialização em produtos da Honda neste local. Existe outro centro semelhante em Recife, além de um terceiro que está sendo construído em Manaus. A Honda ainda possui dois centros de treinamento móvel.

Honda Fabrica Visita 11 Honda: Visitamos a fábrica de automóveis e o novo centro de treinamento em Sumaré/SP

Técnicos são treinados para que o pós-venda seja o mais eficiente possível. Da reparação de sistemas elétricos até a correção do chassi de um veículo, praticamente toda a reparação é feita em concessionária, incluindo ainda pintura e funilaria.

O centro é bastante amplo e pode a cada semana, ter 180 técnicos em treinamento de reparação ou atendimento. Cada aluno se capacita mediante seu próprio nível de aprendizagem, não sendo necessário um tempo determinado para sua formação. Com isso, cada aluno determinará o momento em que será avaliado pelos supervisores.

A visita à fábrica da Honda foi muito interessante e prazerosa. As etapas de montagem, os processos envolvidos, o maquinário necessário para sua execução, enfim, um conjunto de atividades extremamente sincronizadas, e que no final vai se transformar no objeto de desejo do consumidor, o automóvel.

Honda Fabrica Visita 70 Honda: Visitamos a fábrica de automóveis e o novo centro de treinamento em Sumaré/SP

Falando nele, na recepção da fábrica está em exposição o primeiro Honda feito no Brasil, um Civic 1997. Além dele, um bloco de motor utilizado na Fórmula 1. A Honda pretende construir um espaço para restauração de alguns modelos para deixá-los em exposição.

Agradecimentos aos muitos colaboradores da Honda, que deixaram suas atividades para nos guiar pelos longos corredores das instalações em Sumaré, sempre atendendo de forma cordial nossas perguntas e solicitações.

Galeria de fotos da visita à fábrica da Honda em Sumaré/SP:

Evento a convite da Honda.

[Fotos: Honda - É proibido fotos particulares dentro das instalações]


  • PauloPGomes

    Bacana! Já fui na Fábrica da Fiat em Betim.
    Vou te dizer, não gostei nada do que vi, eles moldando as chapas pra serem usadas nos carros, pareciam papel aluminio de tão finas.

    Fomos na pista de testes, e um Idea Adventure quase me capota (chegou a levantar duas rodas numa curva)

    Mas no geral é uma experiência interessante, ver como funciona todo o processo.

    • bauboni

      Comparar a fábrica da Honda com a da Fiat é covardia né amigo? hehehe

      • Tripa-Seca

        Com certeza. Da Fiat é uma cidade…
        Agora, legal o depoimento do colega… Só precisa dizer que chapas finas não significam necessariamente carros frágeis (Se foi isso que ele quis supor)…Se surpreenderia a com espessura da chapa de alguns carros 5 estrelas no Euro NCap…Ou acha que na Volvo eles devem carregar espessas chapas de 3 cm de espessura?
        Aliás, ver o esqueleto de um carro é surpreendente mesmo. Você vê que sua sensação de segurança é só isso: Uma sensação. Para um leigo, chapas de 10 cm de espessura garantiriam carros seguros…

        • bauboni

          Pode ser uma cidade, mas das bem desorganizadas. Oq ouço da FIAT aqui de Campo Largo não é boa coisa (e da VW é a msma porcaria).

          Agora venha me dizer q a espessura/qualidade da chapa dos Fiat é igual de um Honda… acho q não hehe

          E nesse ponto, não só da FIAT, mas de todas os populares com aço-casca-de-ovo.

          E como o amigo abaixo disse, Honda/Toyota são superfaturadas, mas são carros japoneses de verdade (sorry Nissan March).

          • Tripa-Seca

            Desculpa, você está confundindo qualidade de construção com espessura de chapas. Resistência podia ser sinônimo de chapas espessas no tempo do Landau, mas agora mudou. Já ouviu falar de deformação programada? Não tem milagre na engenharia: Quanto pesa um Civic? Quanto pesa um similar como o Cruze, Fluence? Chapas espessas tornariam o Honda muito mais pesado que esses, e não é isso que acontece. Aliás, chapas espessas é uma das formas de mascarar a falta de qualidade do processo de construção da mesma: Em vez de fazer uma chapa que se deforme progressivamente, protegendo o motorista, fazem uma chapa mais espessa, mais fácil de construir (Nem sempre um peça vale o peso dela, mas a dificuldade em fazê-la).
            Sou metalúrgico formado no SENAI, trabalhei 7 anos nesse ramo, inclusive em fornecedor de peças automotivas. E digo que provavelmente um Civic tenha chapa menos espessa que um Gol ou Fox, mas com qualidade de construção muito maior.

            • bauboni

              menos espessa q Gol/Fox? :S
              Nada pessoal, mas isso eu acho q só acredito vendo =P

              Sei q espessura de chapas não definem qualidade e tb sobre os projetos de deformação, que não existiam antigamente e qualquer batida matava o motorista. Acho q, como vc disse, deve cair mais na qualidade do aço msmo.

              Mas no caso do March, é aço ruim ou chapa fina?

              E no caso do Clio, q mesmo antes de ser popular, já tinha peças plásticas na carroceria? Ah, o Scenic tem tb, acima dos pneus dianteiros, é plástico o_O

              • Tripa-Seca

                Bem, se você olhar, o March não tem peso tão diferente do Micra. Logo, está claro que o problema está ligado à construção do mesmo. Além disso, procure no Youtube, e compare a deformação dos dois. No Micra, verá que a parte do habitáculo está inteira, enquanto no March sofre uma deformação considerável. Aquilo pode ser tanto uma chapa de qualidade de aço ruim, como até uma chapa mais grossa (Sim, mais grossa), que foi colocada no lugar de uma chapa mais fina, mas mais elaborada, por uma questão de custo.
                Eu ia usar o exemplo do Clio…. ehehh…Porque sempre ouço "Você encosta no carro, ele afunda", e as pessoas usam isso como sinônimo de insegurança, e falavam isso da tampa traseira do Tipo, do fundo do porta-malas do Mégane, dos paralamas do Clio…Ah, a Mercedes Classe A também tinha essas partes de plástico, assim como os painéis de porta.
                A questão é uma só: Essas peças NÃO FAZEM PARTE DA ZONA DE DEFORMAÇÃO PROGRAMADA DO CARRO. Em uma batida, tanto faz se a peça for de metal ou plástico, sendo que a primeira será mais cara de consertar e de fazer. Ser de metal não oferecerá proteção nenhuma adicional. Aliás, Sempre cito o exemplo, de que o paralamas protegerá tanto o carro do impacto quanto você correndo com uma chapa de aço na frente e se jogar em um automóvel.

                • bauboni

                  Hmm, bom saber, vlw.

                  Aqui na empresa (metalúrgica) o pessoal adora meter o pau na Renault. Esses tempos tinha um Clio no estacionamento, e quando viram q o para-lama era de plástico, ficaram de gozação. Quero ver dizerem q o Mercedes Classe-A é ruim hehe.

                  Pra eles, carro é Uno (mille) e Gol – o resto é resto. Ficam enaltecendo o Mille da empresa q tá com 140mil e ok até então.
                  "Isso q é carro, e não aquela porcaria do Clio…"

                  Mas é aquilo né, enquanto a piãozada elogia o Mille, os chefes só andam de Megane e Fluence ehehehe.

                  • Rafa_el

                    Pegue o paralama de uma Serie 6, de preferência a M e veja que lá é de plástico também.

                    Aliás, quando estiver sentado num avião a 1200 metros de autitude saiba que está voando numa fuzelagem feita de materiais que se desmantelariam por completo numa batida, simplesmente se esfarelariam, ok?

                    Mas mesmo assim lá está ele, soberano voando pelso céus em segurança.

                    Quqalidade de construção vai muito além do que nossos veem e nosso tato sente.

                • flaviomm

                  De acordo. Meu tio é engenheiro metalúrgico… trabalhou na Cosipa, Usiminas e agora Arcelor Mittal.

                  Sempre disse… vendemos aço de 1a qualidade p Honda e Toyota (daqui e exportamos também… embora o custo hoje esteja tornando o Brasil um vendedor de matéria prima bruta – leia-se minério de ferro).

                  Gm sempre comprava a mais barata.

                  Lí recentemente, que os Hyundai-Kia tem uma das melhores, senão a melhor, chpas de aço a seu dispor… saídas de dentro do megagrupo que também tem metalurgia.

                  Abrs!

          • Tripa-Seca

            Ah, e a fábrica da Fiat tem quase 40 anos…E da VW então?
            São plantas que nasceram em momentos distintos, em praticamente dois países diferentes. Mesmo da Ford, talvez seja melhor que da Honda…

          • Rafa_el

            As chapas dos carros da Honda estão entre as mais finas caro amigo. Tenho um Fit e lhe asseguro que aquelas latas são bem fininhas mesmo. Chega ao ponto de se não tomar cuidado na hora de dar o polimento amassar a bendita.

            Mas isso é ótimo. Assim é possível projetar carros bem leves e econômicos e nem por isso menos seguro. Tanto é que onde realment eimporta – a célula de sobrevivência -, as chapas são deveras espessas.

            O Fit tem uma estrutura bem sólida a despeito da lataria bem fina.

            Realmente, não se deve confundir qualidade construtiva com espessura de chapas.

            Dê uns petelecos no teto de um Fit para sentir a finurinha. Agora dirija um, bata as porta e vai sintir bastante solidez na carroceria.

            • andre_0102

              Perfeito, vejo isso no meu Old Fit todo dia, 1000Kg qualquer coisinha é um amassadinho, logo vou ficar amigo do martelinho de ouro, mas no dia a dia o carro se mostra um pequeno tanque. Cada vez gosto mais do meu popular japonês, pena que o new perdeu algumas características(consumo, flex blablabla), mas o design, matador….

            • thiagolamim

              galera confunde bem isso por que hoje em dia os carros em uma batida qualquer estragam MUITO e isso digo absurdamente mais que os de antigamente e isso causa essa sensação.

          • bandaxadibar

            antesd de ficar falando o que ouve por aí, você deve ver com os próprios olhos, assim verás a verdade. Eu já visitei e constatei que não é desorganizado não

        • AMLAJD

          Essa fábrica da Honda em Sumaré-SP é a mais moderna fábrica de carros do Brasil. A segunda mais moderna é a da VW de Curitiba, que foi feita originalmente para produzir Audi A3 e GOLF.
          Nas fábricas mais antigas, como VW de SBC e FIAT em Betim, o velho convive com o novo, ou seja tem partes modernas e partes antiquadas.

      • doug_bc

        Bastante covardia…
        As japonesas são primorosas demais nos processos de qualidade (Kaizen e Kaban nasceram por lá, por exemplo)…
        Pode falar que os Honda e Toyota são caros e muitas coisas…
        Mas estão um passo a frente no que se refere a qualidade de construção…

        • pedro_bh

          a fama de inquebráveis é confirmada.

          eu tive um Newcivic e agora to num Corolla….

          os carros são excelentes!

          • Rafa_el

            Confirmo também.

          • flaviomm

            Meu nipo-mexicano de aguas calientes também!!!! Destinado aos Eua. kkkk.

          • R_M_O

            Tambem confirmo, já estou no segundo fit e em 4 anos nenhum deles parou sequer um dia

      • PauloPGomes

        Não estou comparando a fabrica de uma com a outra, estou apenas comparando visitas às fabricas.
        Em nenhum momento comparei a fabrica da Honda com a da Fiat

    • DiMais

      chapa fina? vai ver a construção de um avião então..

    • souzabsb

      Pelo que sei, as chapas automotivas tem em torno de 0,7mm de espessura.
      Aquele carrinho feio da Agrale tem chapa de 1,2mm.

  • John_Connor

    visita interessante e legal, mas eu gostei mesmo foi do Civic 97!!
    alias adoro os Civic dos anos 90!

  • Henrique

    Programa Mega Fábricas do site Noticias Automotivas – Fábrica da Honda :D

  • VININITEROI

    As mina pira no Fit vermelho com roda verde

    • Rafa_el

      Sério mesmo que o Fit é tão feminino assim?

      Putz, o carro é tão bom meu.

      Sem apelo esportivo, tá certo, mas no volante se sente muito mais esportividade do que em muitos hatchs por aí.

      • andre_0102

        Bobagem, as únicas pessoas que falam isso são outros homens(principalmente os que tem um gol), a mulherada adora, mexe em tudo (espelhinho, porta copo, porta luvas) se espalha nos bancos e faz vários elogios. Agora a pergunta: Qual a opinião que importa, da mulherada, ou do magrão do gol?

      • Cil

        Eu juro que não entendo essa bobagem de carro feminino carro masculino. Fico aqui pensando se alguém recusaria uma Ferrari de presente se alguém dissesse ou achasse que ela é feminina. Se alguém fizer isso, por favor me avise que eu passo o meu endereço. Eheheheheheeheh

        Ninguém pode negar que a qualidade, ainda que com um design podre como esse do new new Civic e pobre como o do Corolla, dos japas está anos-luz à frente das bagaças de fabricação nacional. Com o preço que eles cobram tinha que ser diga-se de passagem. Agora, pelo menos aqui em Aracaju, eu gostaria de ver populares destas duas marcas, porque as CSS são extremamente esnobes. Eheheheheheh

    • Eugenissimo

      A "roda verde" é o protetor feito com garrafa pet citado no texto…

  • Soichiro_Honda

    Tem como deixar meu currículo lá?

    • Acelerando

      Com esse sobrenome é só deixar o cartão de visitas. rsrsrsrs

      • Leandro1978

        É só dar o número da conta corrente para pegar os lucros…rs…

    • flaviomm

      Nome e sobrenome do padrinho do Ayrton… fundador da coisa toda, ne?! rsrs

  • Rafael Fontana

    E eu achando que os carros eram importados. Mesmo sendo fabricados aqui estão com preços absurdos. Já tô me sentindo uma vitrola velha, mas nunca irei mostrar contentamento com a situação atual.

  • Guerra

    Muito bom, muito bem…

    Mas os preços da Honda são um caso a parte, acima até dos outros carros superfaturados do Brasil das bananas…

    • Eugenissimo

      Realmente. Eu até tentei observar nas fotos quais robôs são banhados a ouro para ver se justificava o preço dos Honda no Brasil… :D

  • rodrigobertoldo

    Dá gosto de ver uma fábrica assim , pena que eles te levem um RIM em cada carro vendido. Se fizessem um preço mais justo, com certeza ja estariam liderando o segmento dos médios novamente. Falo como proprietário, adoro a marca, mas não fico ignorando os defeitos ou depreciando o carro alheio.

    • Rafa_el

      Eu também penso assim.

      Tenho Honda, mas não deprecio o carro dos outros, tanto que reconheço bons carros além das japonesas e sei que é caro mesmo.

  • freemontomaisvendido

    A Honda sem dúvida é melhor que todas, junto a Toyota. Estou falando da montagem e não do carro. Eu acho que fábricas com mais linhas de montagem e fabricando muito mais carros, perde-se um pouco do controle da qualidade.

    • DiMais

      Toyotismo, 5S, PDCA e tantas outras ferramentas de organização vem de lá né!! Tirando o preço abusivo dessas marcas por aqui, mas suas fábricas são fantásticas mesmo.

  • ChalMust

    Conheço as fabricas da FIAT, Mercedes Benz, FORD Sao Bernardo do Campo e Camaçari, Renault, Volvo e GMB Sao Caetano do Sul. Nao conheço a fabrica da Honda.
    As fabricas dos Japas geralmente sao extremamente organizadas e bem limpas, mas nao significa ter o "melhor" layout de produção. Trabalhei por anos em empresa Japonesa (auto-peças) e sei do que estou falando.
    Alem disso, a vantagem que Honda, Toyota e FORD Camaçari tem em relação as outras ocorre que sao plantas NOVAS, portanto nascem modernas, sem gambiarras e o melhor de tudo, colocam os fornecedores no mesmo condominio ou até integrados na propria planta, que é o caso da FORD Camaçari.
    De fato a fabrica da FIAT é um caos, mas em compensação os caras tiram mais de 3.000 carros por dia (uns saem sem rodas e tal, mas relaxa … rsrsrs….brincadeira a parte) coisa que nenhuma outra fabricante faz num mesmo espaço.
    A GMB Sao Caetano, FORD Sao Bernando e Mercedes Benz Sao Bernardo tambem sao antigas e "sinistras"…rsrsr
    A Renault e Nissan sao unidades novas tb e mais modernas.
    Valeu.

  • DiMais

    na Honda os funcionários trabalham de BRANCO!! tamanha a limpeza e organização da fábrica e também das oficinas.

    • Rafa_el

      Nas autorizadas também.

      • DiMais

        sim, fábrica e oficinas.. não só carros como também motos. Padrão Honda de Qualidade, não é a toa que a maioria das ferramentas de limpeza e organização utilizadas pelas empresas em todo o mundo tem origem no Japão.

  • http://www.noticiasautomotivas.com.br Roxmmp

    Isso não é uma fábrica, é uma maternidade tamanha limpeza hehehehehe
    Muito legal ver esses detalhes, agora curti mesmo: Civic 1997, Civic 2012 Amarelo??? e o Fit vermelho com rodas "pet".
    PS: quem é o rapaz com a camisa preta do NA: Moriah?

    • marcossadalamuller

      Rodas pet na verdade é apenas uma proteção temporária externa. Se você puder observar alguns Jettas recém chegados do México, ainda no porto ou ainda na cegonheira, verá que eles também possuem essas proteções de Pet também.

      • http://www.noticiasautomotivas.com.br Roxmmp

        Ah sim, um conhecido já havia comentado sobre esse fato com os Jettas mesmo, se trata de uma proteção temporária, mas a cor chamativa encontraria muitos adeptos.
        Abraços

    • Eugenissimo

      Levei séculos para achar o tal "Civic amarelo". Aquilo é uma estrutura pintada para fins de testes, como fazem nos crash test… veja que a parte frontal tem áreas vermelhas e azuis…

      Suponho que a área azul seja a de ativação do air-bag e a vermelha seja a de deformação programada (pelo menos é o que minha cachola me permite pensar). Engenheiros do site, acertei?

      • Kaminaris

        Acertou mais ou menos, estimado colega.

        Esta carroçaria é utilizada para treinar os técnicos de funilaria nos cursos de reparação estrutural, ela fica em cima de uma mesa alinhadora (equipamento obrigatório nas concessionárias Honda).

        A barra verde é a zona de deformação primária ela absorve e direciona parte da força do impacto para a zona azul que é a secundária, isto minimiza os danos nas pernas de um pedestre, caso for atropelado (por exemplo).

        A parte azul é feita para deformar e distribuir as forças de tensão para as peças vermelhas.

        As peças em vermelho são as chapas de aço ultra reforçado, nas quais não podem deformar sem direcionamento, elas absorvem o impacto de forma proporcional, seja numa colisão com pedestre ou num acidente com outro veículo.

        O nome desta tecnologia é ACE (Advanced Compatibity Engineering).

        Por isso um Honda jamais deve ser soldado ou reparado na boqueta (oficina alternativa) existem procedimentos técnicos para reparar uma estrutura dessas…..

        A cor amarela é um teste, esta cor não existe para New Civic.

        Abraços

      • http://www.noticiasautomotivas.com.br Roxmmp

        kkkkkkkkkk EuGenissimo, também percebi isso, acredito que você esteja correto.
        É que assim como o Si vermelho imaginei que poderia ser algum "Novo Civic Si" perdido, quem derá….
        Abraços

  • JPaulo10

    Ainda prefiro a linha de montagem do Trabant:
    http://www.youtube.com/watch?v=zBsPFI–muo

  • marcossadalamuller

    A musiquinha na linha de produção, creio que não seja uma música ambiente pra funcionário curtir. Na fábrica de uma montadora de origem americana que eu conheço, musiquinha na linha de produção era pra sinalizar aos seus superiores que surgiu algum problema na linha de produção. E problemas não são poucos, já que a música é tocada constantemente. A música é acionada através de um botão ou por uma corda pendurada na linha de produção. Música é uma maneira bem mais agradável e sutil do que botar sirenes que enlouqueciam funcionários como era comum um tempo atrás. Musiquinha já é quase que uma praxe em todas as montadoras.

  • Renato_Dantas

    É nesta limpa e organizada fábrica que se produz os verdadeiros automóveis montados no Brasil.

  • flaviomm

    Bela oportunidade de conhecer algo do padrão japonês. Muito legal, mesmo! Parabéns ao N.A.

  • AF1979

    Pelo que já li a respeito, a linha de montagem da Honda brasileira é a segunda melhor do mundo, perdendo em qualidade apenas para a japonesa, o que significa que os carros daqui são mais bem construídos que os da American Honda. Sobre esse lance dos plásticos e dos motores serem feitos aqui, também já havia lido.
    Agora fica a dúvida sobre o que acontecerá na fábrica de Sumaré quando a unidade argentina ficar pronta, em que pese essa estar se tornando um verdadeiro tango de Gardel.

  • isparkis

    Já estão fabricando o New Fit 2013, é só olhar a foto 15.

  • Vitesse_Jour

    Já estão produzindo o novo City tb.

    Reparem que na "estante" de peças moldadas, na área do Honda City, já aparecem as novas molduras das lanternas de neblina (com buraco e sem, com um friso preto no meio)

    O modelo atual só possui neblina no EXL, e é só um elemento oval de moldura, na cor do parachoque.