Crossovers Mercado SUVs

HR-V liderou utilitários esportivos em 2015

novo-honda-hr-v-NA-test-drive (8)

O mercado de utilitários esportivos em 2015 viu o HR-V liderar o segmento. O crossover da Honda vendeu 50.785 unidades, superando a meta de 50 mil exemplares estipulada pelo fabricante japonês.

Na vice-liderança, o Jeep Renegade com quase 40 mil vendidos e seguido pelo Renault Duster com quase 35 mil. O ex-líder do segmento, o Ford EcoSport, ficou em quarto com mais de 33 mil emplacamentos. Já o ix35 ficou em quinto com quase 15 mil vendidos.

Confira abaixo os 20 utilitários esportivos mais vendidos de 2015:

1) HR-V – 50.785 unidades
2) Renegade – 38.793
3) Duster – 34.200
4) EcoSport – 33.701
5) Ix35 – 14.662
6) Tucson – 11.238
7) Tracker – 10.967
8) ASX – 9.535
9) SW4 – 8.672
10) Outlander – 8.172
11) Sportage – 6.655
12) 2008 – 6.225
13) Q3 – 6.003
14) Pajero – 5.219
15) RAV4 – 5.156
16) GLA – 4.714
17) Evoque – 3.917
18) Discovery – 3.482
19) X60 – 3.045
20) X1 – 2.705

[Fonte: Renavam]





  • Daniel dos Santos

    O Tucson nao deve sair de linha… Vende bem.

    • Cristiano_RJ

      Se a Hyundai tiver juízo, ela trará o ix25 em substituição ao velho Tucson. Assim, conseguirá brigar com os demais Crossovers compactos e surfar na onda dos “altinhos” que parece se espalhar cada vez mais, numa espécie de ditadura de carrocerias.

      • pablorj

        Como assim juízo? As montadoras têm profissionais altamente capacitados e com um estudo sobre o mercado que vai muito além do que nós, entusiastas por carros, podemos imaginar. Se o ix25 fosse dar retorno à empresa, certamente já estaria sendo comercializado. Se o retorno vier este ano, o carro será lançado este ano. Ninguém joga para perder.

        • Tosca16

          Se fosse assim as empresas não quebravam … a questão é saber investir ou não ter medo de arriscar; vários diretores de grandes multinacionais foram demitidos por fracassos e não terem alcançado as metas estabelecidas. Possa ser que o ix25 se tivesse vindo antes estivesse como líder, vai saber ? Agora acho que foi bom esperar mais, com tantos lançamentos ia ficar ofuscado ou teria que trazer muito para concorrer em pé de igualdade. Creio que no segundo trimestre de 2016 seria uma boa data para lançarem o mesmo aqui, esperando eu é claro que a crise diminua e que aumente o consumo, mesmo sabendo que o segmento dos SUV’s se livraram da crise .

          • Deadlock

            O IX-25 deve vir esse ano e então a VW vai ver a Hyundai pelo retrovisor, aproximando-se rapidamente.

        • Cristiano_RJ

          Sério que estou lendo isso? Então me explica uma coisa, só uma coisa: caso i30.

          Ano: 2010. Vendas Acumuladas: 35.924;
          Ano: 2011. Vendas Acumuladas: 37.717.

          Nessa época era vendida a 1ª geração, com um bom motor 2.0 aspirado e preços que o tornavam o melhor custo-benefício do segmento. Era líder absoluto, deixando hatches tradicionais como o Focus (líder até então) e o Golf comendo poeira. E olha que ele era o único importado. Isso em um país extremamente preconceituoso com carros importados… Eu mesmo era proprietário de um.

          Então os “profissionais altamente capacitados e com um estudo sobre o mercao que vai muito além do que nós” decidiram trazer para cá a 2ª geração do modelo. Trocaram a suspensão traseira multilink (um diferencial) pelo eixo de torção. E como se não bastasse, trocaram o motor pelo mesmo motor do HB20, um 1.6 que o tornou o mais lento do segmento. Para fechar com “chave de ouro”, reposicionaram o modelo tornando-o o PIOR custo-benefício do segmento. Resultado? Olha aí embaixo:

          Ano: 2013. Vendas Acumuladas: 6.012.
          Ano: 2014. Vendas Acumuladas: 5.183.
          Ano: 2015. Vendas Acumuladas: 2.604.

          Detalhe: transformaram o então líder no lanterninha do segmento. Uma verdadeira cagad@. E não foi por falta de aviso. Diversos proprietários do i30 na época manifestaram suas opiniões na net, a imprensa especializada também chegou a comentar a mudança e seu impacto negativo junto do público alvo do modelo. Mas nada. Fizeram o que fizeram. Então, não me venha com essa conversa pra boi dormir!

          • Matheus Cavalheiro

            Só a Hyundai não vê.

            • Cristiano_RJ

              A Hyundai e o pablorj.

          • MG

            Boa Cristiano

          • Deadlock

          • José Eduardo Borba

            Ou seja, deixem o velho tucson em linha, com o bom CxB dele.

            • Cristiano_RJ

              Não. Já deu para o Tucson. Projeto anacrônico, inseguro, beberrão e lerdo. Os números de vendas de 2015 falam por si. Se a Hyundai não se mexer, em 2016 será ainda pior; não só pela consolidação certa do HR-V e do Renegade, como também pela vinda do Grand Captur, prometido para este ano. Até a Ford vai fazer um facelift no Ecosport em 2016 antes da próxima geração dar as caras. As vendas do Tucson tendem a zero. O que ela precisa fazer é trazer o ix25, que está fazendo um grande sucesso onde já foi lançado (e não será diferente aqui) e beliscar parte desse mercado que só cresce ano a ano.

              • Edson Fernandes

                Cristiano, só tem um detalhe: O Tucson e Ix35 são aqueles casos de CAOA onde um produto já com tempo no mercado tem lucro animal. Foram entre eles 25000 carros vendidos!

                Isso para um médio que custa mais de R$100000 e o outro que custa R$70000 e é velho pra caramba e estar entre um top 10 é muita coisa!

                Não que os preços sejam diferentes, mas estamos falando de carros que superaram Tracker, SW4, ASX, Sportage, Outlander (estou aqui colocando o segmento de utilitarios e não me baseando apenas na posição do produto ok?)

                É muita coisa para vender considerando o perfil de compradores. Eu sinceramente acho que ele só perderiam e considerariam mudanças se esse numero de vendas diminuisse em 50%.

          • Gabriel M. Vieira

            Fatality.

      • Junoba

        O IX25 na verdade aparenta usar a carroceria do Soul, que por sua vez é um Monovolume, então ele não é Suv/Crossover.

        Esses ´´hatchs altinhos“ na verdade servem para quem não tem dinheiro para comprar um Suv médio decente, e querem aparentar estar em um carro mais alto. Minha observação, niguém precisa concordar.

        • Daniel

          Perai… Kia Soul é Monovolume?

          Para tudo!!! só eu que vejo 2 volumes bem definidos?

          • Junoba

            Segundo a Wikipédia ele é um Hatchback…. Mas enfim, tem gente que chama ele de Monovolume, Suv, parece mesmo que ele não tem categoria…kkk

            • Daniel

              Sim, Hatchback é 2 volumes.

              Monovolume é quando tem apenas 1 volume! (Kombi é monovolume, Fit, Meriva, Idea, BR 800…)

              • tjbuenf

                A questão é definir o que seria esse VOLUME….

                • Daniel

                  É um 2 volumes pq se ve a clara distinção do volume do compartimento dos passageiros e o volume do compartimento do motor.

                  Um sedan é 3 volumes pq vc consegue separar em 3 partes: compartimento do motor, compartimento de passageiros e compartimento de carga

                  Já um monovolume não ha separação visivel desses compartimentos

                  • Edson Fernandes

                    Nossa, aprendizado, a gente ve por aqui …rs

                    Nunca saberia oque seriam os tais volumes. Então o reforço que o Fit nunca foi um monovolume é valido. Podemos dizer que a Meriva é considerada minivan e não monovolume?

                    • Daniel

                      O Fit é monovolume, olha ele de perfil, a inclinação do capo é a mesma do parabrisa, forma um unico volume. A meriva é a mesma coisa… um monovolume.
                      Mas a Meriva é considerada tbm minivan…

                    • Edson Fernandes

                      Entendi. Agora eu entendi. Achava que “aquela onda” que começa do capo até o parabrisa teria que ser uma coisa só e não que a ponta dianteira poderia começar inferior e por ser uma ligação com parabrisa e teto constituiam um volume.

            • Davi Millan

              Pra mim é um Hatchback, mas em muitos lugares chamam ele de SUV ou Monovolume. Com essa salada toda é melhor dizer que é um Crossover.

              • Daniel

                Cara, dá pra querer chamar de hatch, suv, e crossover… agora, MONOVOLUME não dá MESMO!

              • Cristiano_RJ

                Bingo!

            • Cristiano_RJ

              Essa indefinição na classificação dá uma dica: é um crossover.

        • Cristiano_RJ

          Olha, se o ix25 parece ou não com o Soul, é uma opinião que não vou nem entrar no mérito. Agora, chamar o ix25 de “hatch altinho” acho um exagero. O conceito de crossover é justamente o de uma mistura de diferentes segmentos e o ix25, assim como outros do segmento se encaixam nessa ideia. Hatch altinho seria o HB20x, o Sandero Stepway ou o Crossfox. No mais, é exatamente isso, quem compra um Crossover compacto o faz por falta de dinheiro de comprar um médio. Vou além, também o faz por incapacidade de julgar o verdadeiro valor de um automóvel; pois pagam o mesmo que um hatch ou sedan médio para levar um carro inferior, só pelo centro de gravidade elevado e design alinhado com a tendência atual.

        • Leandro Balmant

          Bom, eu gosto de carros mais altos, e simpatizo muito com todos da categoria (exceto a Duster), em especial Renegade e 2008. Carros mais altos dão uma melhor visibilidade na direção e te tratam melhor no nosso “asfalto”. O ruim é a estabilidade de alguns.

      • Eduardo Santos

        Não. Se tratando de Hyundai iriam trazer esse IX 25 partindo de 95 mil com a propaganda de ser o melhor SUV do mundo. Olhem bem para o HB20S premium Transformer Edition a 63 mil (e esse valor dá quase pra pegar um Honda City com CVT). Consequentemente também elevariam o preço do IX 35 pra 120 mil.
        E o pior de tudo, num mercado onde temos Duster partindo de 62, Renegade a 69, HRV a 75, trazer um concorrente a 95 mil ia deixar os atuais protagonistas a vontade para subir um pouco os preços.

        • Cristiano_RJ

          Cara, seja menos passional e mais racional. Não faria o menor sentido a Hyundai lançar um Crossover compacto partindo de R$ 95 mil, enquanto o segmento varia de R$ 64 mil (Duster 1.6 manual) a R$ 97 mil (HR-V EXL) ou R$ 110 mil (Renegade Longitude com todos os opcionais). É óbvio que a marca iria posicionar seu modelo de modo compatível com a concorrência. Não há a menor dúvida quanto a isso.

          Com relação ao HB20 S, na versão Premium ele custa de R$ 62 mil a R$ 66 mil. É caro? Sem dúvida! Mas está compatível com outros sedans compactos, como o Ford New Fiesta (R$ 67 mil na versão SE Plus, podendo chegar a inacreditáveis R$ 75 mil na Titanium Plus), como o Honda City (R$ 66 mil na peladíssima versão LX CVT, podendo chegar a surreais R$ 79 mil na versão EXL), ou até mesmo o novo Chevrolet Cobalt 2016 (R$ 66 mil na versão LTZ e R$ 68 ,mil na Elite, com motor 1.8 defasado e tudo). Enfim, caro por caro, não está destoando da nossa realidade, como você sugere para o ix25.

        • Leandro Balmant

          O que posicionaria o IX25 em preços altos seria o HB20X, que está em um patamar muito elevado. Se ela trouxer próximo dos R$ 70.000 pode brigar tranquilamente com a concorrência, assim como ocorre com o HB20.

    • Whering Alberto

      Ele ganhou um C x B interessante. Compramos uma com todos os itens possíveis (bancos em couro, câmbio automático, ar digital e outras paradas) por 69 mil – o preço de entrada dos novos SUVs compactos. E a(o) Tucson conserva mimos de quando ele(a) era um(a) concorrente dos SUVs “médios”, como ventilação nas janelas dianteiras, forro espumado no teto, acabamento emborrachado nos puxadores, etc. Coisas simples que conquistam os mais atentos. Lógico, é um carro defasado, mas atende satisfatoriamente o comprador.

      • afonso200

        pra mim carros tem que ter ewsses detalhes, por isso fico no azera 2011 por enquanto, cada vez mais os carros nao tem isolamento acustico, ou é tudo duto os materiais

      • José Eduardo Borba

        Vc está certo. É um carro com design cansado, mas como quem dirige, não vai ver o design e sim sentir sua dirigibilidade, acho que é uma boa compra. Sem falar, que para quem quiser “Status” ele ainda traz um pouco disso na bagagem. Mais que um crossfox, hb20x ou palio adventure! Kkkkkk

        • Whering Alberto

          Né?

      • Edson Fernandes

        Mas aí ele pega no preço. Ta certo que quem quer ter um carro alto, nem cogita outros na comparação, mas a comparação fica perigosa qdo se compara a um sedan médio.

        Alguns possuem ar bizone, encosto central, porta com o revestimento emborrachado na parte superior e encosto com couro… um cluster de melhor visualização, alguns já portam sensoresde chuva e luminosidade e ainda controle automatico de velocidade.

        Ainda comparando, carros como 408 e Fluence já pfertam mais de 2 air bags (com destaque no 408).

        • Whering Alberto

          É….por esse preço dá pra levar um C4 Lounge 2.0 automático (Tendance) ou um KIA Cerato (embora seja 1.6). O 408 Allure é manual e custa 74 mil. Com o AT deve custar 79. Na hora da negociação o preço pode baixar. Os sedãs médios oferecem melhor dirigibilidade e acabamento – além de modernidade. Mas pra quem não quer sair das “alturas”, não deve rolar.

          • Edson Fernandes

            Olha, eu tenho praticamente certeza que o atual 408 eve ter como negociar por voolta dos 72000. Mas não estou dizendo que fez uma má compra, mas perante ao que vc precisa, os sedans médios em algumas situações podem ofertar mais.

            • Whering Alberto

              Tô ligado.

    • 14CATORZE

      Tirou “da minha boca”. Deus me perdoe!

    • José Eduardo Borba

      Por 65 mil, ainda é uma ótima opção! Pelo preço de Hb20x, vc pega um médio 2.0. A caoa podia fazer um facelift e lançar ele pela marca CAOA.

      • kravmaga

        Eu acho o Tucson muito mais honesto do que o ix35, que é basicamente o mesmo carro só que com visual “Hyundaizado” (cheio de vincos e curvas) e custando muito mais.

        • Edson Fernandes

          Não é não. O ix35 melhorou muita coisa do Tucson. Foram melhorias estruturais, melhoriasde ergonomia e ainda de consumo. O carro realmente foi melhorado. O problema é que essa melhoria cobrou no valor aqui no Brasil, infelizmente.

    • Gran RS 78

      Acho que ele sai de linha em 2016 para dar lugar ao IX25. O Tucson está perdendo vendas mês à mês.

  • Kaian Reis

    Engraçado é que mesmo sendo caro e não ter todos os equipamentos que os concorrentes tem como controle de estabilidade e ar-condicionado digital o Tracker ainda vende relativamente bem, acho que a GM poderia fabricar ele no Brasil

    • Pacheco

      O Tracker e o Sonic. E nacionalizar o 1.6 16V.

  • Clovislauro

    Nenhum xiling nos top 20, até mesmo SUVs que custam a partir de 200mil vendem mais. Em parte por insistirem em vender SUV sem opção de cambio automático. Aquela Jac T6 automática seria bem mais interessante, mesmo que custe uns 4mil a mais, idem aquela Lifan X60. A Tiggo que tinha opção aut. parou temporariamente de ser importada até a chegada das novas gerações.

    • Pedro Henrique

      lifan X60 ta ali, se tu não viu ‘-‘

      • Clovislauro

        Eu vi e ainda pensei: “Nossa, como o Volvo ainda vende bem!” Mas na verdade confundi o XC60 com X60, pequena diferença, rsrsrsrs

    • Pacheco

      A JAC não vende mais nada.

      • Tosca16

        O T6 ultrapassou 1.000 unidades e olhe que só tem versão manual, vc duvida que se tivesse uma versão automática não chegaria fácil ao dobro disso ?

        • Pacheco

          Se tratando de JAC, eu acho esses numeros ate assustadores. A marca se afundou no Brasil.

          Eu acreditava e esperava q ela seria maior que a PSA e hj se resume a poucos pontos de venda e carros com desvalorização acentuada.

          Uma pena… Pq todos os carros com opção automática seria otimo pro mercado e a marca.

    • Tosca16

      Segundo a Fenabrave, até novembro de 2015 o Lifan X60 vendeu 2730, Chery Tiggo 1057 e Jac T6 996 unidades .

    • Tosca16

      O Tiggo é o carro mais injustiçado de todos estes, dá pena ver o que a Chery deixou fazer com o carro; por esse preço abaixo dos 60 mil reais, com promoções a R$ 55.990,00 e com o câmbio AT o mesmo bem que poderia vender 200 unidades mês. Todo mundo que tem vejo falar bem do carro, o 2.0 não é empolgante mas também não faz feito, a durabilidade do carro é boa; é relativamente bem equipado, tem bom espaço interno e o acabamento desde o facelift está bom , melhor que a Duster se for ver nas versões de entrada . Por isso acho que falta é marketing a Chery, poderiam trazer a nova restilização e por mais opcionais de série como também a versão 1.6 DVVT de 126cv CVT e manter a 2.0 só que o motor novo DVVT como é no exterior e manter nessa faixa dos 60 mil reais. Sendo que o Tiggo 1 (Tiggo 3X) derivado do Chery Celer virá na faixa dos 50 para concorrer com o JAC T3 e LIfan X50 . Eu acho bem possível com marketing fazer o Tiggo com a nova restilização vender 250 unidades mês . Trocar o AT de 4 velocidades pelo CVT e por uma opção 1.6 também na gama como é no exterior, colocar a central de série no 2.0 e opções de bancos em couro e teto solar .

      • Rafael Yashiro

        Mas esse “novo” Tiggo 3 está cotado para vir ao Brasil, não está?
        Externamente a Chery acertou em cheio no visual. Deixou ele bem legal e a melhorada no interior ficou bem aceitável. Só uma nova geração para melhorar ele de vez.

        • Tosca16

          Sim, tá cotado, só acho que deveria ter adiantado isso para não deixar o Tiggo atual da maneira que ficou, esquecido no mercado . E já tem uma nova geração, maior e de categoria acima que é o Tiggo 5; mas concordo contigo, depois desta restilização só uma nova geração, mas essa que virá ainda pode ficar uns aninhos aqui, tomara que seja a última também .

          • Pacheco

            A Chery vai precisar de muito marketing pra levantar as vendas do Tiggo.

            Prepara o investimento, pq sozinho ele não vai vender.

            • Tosca16

              Se fosse uma marca não chinesa venderia horrores deste modelo que é honesto e tem um preço compatível com o que oferece, e o tão pedido câmbio automático está presente, mesmo sendo um AT de 4 velocidades; fator marca impulsiona vendas, o Tucson é exemplo disso.

        • Deadlock

          O que queimou o filme das chinesas foi oferecer produtos ruins no Brasil, embora baratos. Para recuperar a imagem vão precisar de um esforço hercúleo (tanto para fazer produtos confiáveis, como para mudar a imagem negativa).

      • Pedro Henrique

        também ouço só coisas boas do tiggo, e geralmente quem ta pra comprar um, esta entre o tiggo e o tucson(só que mais rodado)
        a reestilização da chery colocou uma cara na marca, antes era cada um uma coisa, agora eles estão tomando identidade da marca.. só vai demorar pra vir pra cá por motivos óbvios.

  • Pacheco

    Cade a TrailBlazer??

    • invalid_pilot

      Deve estar pra baixo do Top 20 junto com o 3008, Jacs e outros

      • 4lex5andro

        enquanto seu concorrente, a sw4 aparece no top dez a frente de outros suv menores e menos caros ..

        é hora da chevrolet dar um facelift ou um upgrade (seja carroceria ou motor) na trail ..

        • Tosca16

          Se abaixasse os preços venderia bem mais que qualquer “upgrade”; as concorrentes não são lá estas coisas todas, SW4 vende só pelo fator marca por exemplo; a antiga geração quero dizer, a nova vai vir melhorzinha .

          • Pacheco

            Hora de lançar a versão com motor 2.5 flex e Câmbio Manual. Melhorar os preços, divulgação e deixa-la mais atraente.

            Parece q nem as vendas para PM animaram os numeros dela.

            • Tosca16

              Sei não, dê uns descontos de 10/12 mil e veja se do nada não apareceria compradores …

    • Daniel

      Ia perguntar a mesma coisa! Nem as vendas pra PRF salvaram?
      Pq ninguem compra? Acho bem melhor, mais equipada e mais barata que a SW4 equivalente

      • afonso200

        e tem um V6 monstro. poderia ter uma versao do Cruze com esse V6 da trailblazer,,,,,dai podemos chamar de esportivo e MANUAL ainda, deus o livre,,,,,pneu ia durar 5 minutos na minha mao….. no meu azera 2011 os pneus nao duram 6 meses

        • Daniel

          Nada que um controle de tração e um assistente de largada não resolva… hauhauhau
          Mas acho que o V6 não cabe no Cruze… se coubesse ia ser beeem interessante… Um Cruze Hatch com ele colocaria o Golf GTi no bolso!

          • Edson Fernandes

            Aí só comparando. Lembrando que um GTI anda junto de um Passat CC V6.

            Imagino que seria essa a conta (já que o motor V6 da Trail é um pouquinho inferior em dados técnicos)

            • Daniel

              Não dá pra esquecer que o Passat CC pesa 200Kg a mais que o já pesado Cruze Hatch!

              • Edson Fernandes

                Por isso disse, acho que o Cruze andaria no maximo Junto, considerando tbm que o cambio é automatico desse motor V6.

    • Tosca16

      O carro que só vende pra PRF ? Só compra isso o Governo Federal kkkkkkk

  • invalid_pilot

    2008 vendendo quase metade do GM Tracker… Que fase pra PSA

    Esse se desenha como um King Kong no mercado apesar de ser um carro legal, THP principalmente, mas falha em não ter essa versão AT

    • Pacheco

      Erro da marca… O melhor motor com o pior cambio. O carro falta equipamentos nas versões q teriam mais mercado.

      Será um otimo usado… Barato e micado. Daquele q daqui 1 ano vc compra por 30 mil. Kkkk

      • invalid_pilot

        Sim, sem dúvida
        Ser mico é diferente de não ter qualidade e acho o 2008 bem feito apesar de tudo

      • Vitor Yohan Casaes

        Não acho que falte equipamentos, na verdade é o contrário. Um dos problemas é que o carro é claramente um 208 sw.

        • THE GUNSLINGER

          Nem tanto. Os ângulos de entrada e saída são muito bons, aposto que raspa menos do que hrv ou renegade flex em valetas ou pisos muito desnivelados. E a thp tem grip control, que dá uma mão na lama e areia.

      • THE GUNSLINGER

        Para quem gosta de manual, o câmbio é excelente.

      • oscar.fr

        Eu discordo. O 2008 é bem equipado em todas as suas versões e o câmbio manual do THP é muito bom. O problema é não oferecer automático e o automático nas demais versões ser de apenas 4 marchas. Mas para quem busca um manual é, possivelmente, o melhor SUV compacto a venda.

  • afonso200

    CR-V tá tao cara que nem aparece na lista, compensa um Q3

    • Junoba

      Depende muito. Tem questão da rede de revenda, pós-venda ( que tanto elogiam a Honda ), as facilidades de revenda e etc. Até hoje nunca vi uma CSS da Audi.

      • THE GUNSLINGER

        Então precisa sair mais de casa.

        • Junoba

          Vou ali fazer uma caminhada, quem sabe em acho uma revenda da Audi no meio do caminho…

          • THE GUNSLINGER

            Mas vai para a rua mesmo… mundo real, não google maps.

  • CanalhaRS

    Não curto SUVs, mas se fosse comprar um hoje, para uso urbano, seria o HR-V com certeza.

    • Netto

      Só que ele não é SUV, é Crossover..

      • Junoba

        Pode dizer Suv compacto também ( que pra mim não trazem nenhum diferencial relevante, minha opinião, ninguém precisa concordar. )

      • CanalhaRS

        Claro, concordo contigo. Mas o mercado infelizmente generaliza e joga tudo como SUV e eu entrei, erroneamente, na onda. Na verdade quase tudo a venda hoje é crossover porque vem de plataforma de carro normal e não possuem tração 4X4.

        • 4lex5andro

          por definiçao , seria mais ou menos..

          s.u.v. >>>>> chassis e traçao no eixo traseiro ..

          crossover >>>>> monobloco e nao necessariamente traçao traseira nem integral ..

          mas tem se convencionado no mercado brasileiro, chamar os crossover de suv mesmo ..

        • Acho que SUV só a SW4 e TrailBlazer.

  • Erlandio Ramos

    A Trailblazer além de ter levado benga de Audi, Mercedes e BMW, perdeu até pra Chinês também em vendas. Povão parece q não gostaram muito dela não, nem vou falar de preço pq nessa relação aí não tem nenhum barato apenas menos caros.

    • Lucas

      O consumidor brasileiro precisa ser estudado. Não faz sentido algum ver SW4 de 210 mil vendendo mais que Trailblazer de 170, melhor equipada e com duas ótimas motorizações (infinitamente melhores que as oferecidas pela Toyota). Realmente não dá pra entender.

      • Erlandio Ramos

        Jamais ninguém irá entender, mas talvez a logomarca da Toyota pese mais na hora da compra não importa o preço.

        • fbl

          Enfim alguem que entendeu o óbvio… toyota é toyota. Os Bandeirantes estão aí até hoje rodando e valorizados pra atestar esta história. Apesar da GM ser uma marca de tradição e respeito no ramo da picapes.

          • Lucas

            Atualmente ainda vejo mais d-20 e F1000 trabalhando no pesado que Bandeirante (que é bem rara). Taxistas pouco usam Toyota, mas rodam 300 ou 400 mil km facilmente em Ideas e cobalts.
            Todo carro com um mínimo de manutenção, mesmo com mais de 20 anos de uso, ainda está rodando, não é exclusividade de marca japonesa.

            • fbl

              Toyota é caro ne.. Obvio que vera mais cobalt e etc no brasil. Em NY hoje a maioria é camry e avensis por exemplo. E bandeirantes foram fabricados bem menos do que d10, d20, f100, f1000 e etc no brasil, alem de serem 4×4 e mais caros…..

              • Lucas

                Claro. Toyotas nos EUA não são endeusados como no Brasil, e nem custam 30% a mais que os concorrentes sem oferecer nada a mais. São bons carros, sem duvida, mas aqui no nosso país possuem uma “aura” de superioridade e durabilidade como se fossem melhores que todos, simplesmente por conta de um símbolo de plástico no capô. E isso não é totalmente verdade!
                E quanto as caminhonetes, eu quis enfatizar que suas concorrentes são tão duráveis e confiáveis quanto a ótima Bandeirante.

                • fbl

                  Toyotas (e hondas por exemplo) nao sao endeusados nem aqui nem na maior parte do mundo. O que acontece é a fama global de durabilidade e o que muda é o poder de compra de cada mercado. Se la nos eua sao o camry e o avensis, aqui sao o corolla e o etios. O cara quer comprar algo que nao de aporrinhação e ele perca o minimo possivel na venda. Isso nao quer dizer q nao existam outras marcas e carros bons. Mas ajuda a entender pq vendem bem na maioria dos mercados.

                  • “…O que acontece é a fama global de durabilidade e o que muda é o poder de compra de cada mercado. Se la nos eua sao o camry e o avensis, aqui sao o corolla e o etios….”

                    Você colocou o Étios na lista para dar razão ao seu comentário não é? Que fama ele tem a mais que um Gol ou Uno? Nem vou falar de Onix, HB20, Ka…

                • José Eduardo Borba

                  Amigo, ela conquistou essa “aura” e as outras são tão incompetentes que não conseguiram derrubar isso em todo esse tempo! Dizer que é culpa do brasileiro é muito facil! A hyundai, antes vendia Azera por preço de corolla, e nesse tempo, o azera estava estourado, vc lembra? Se tivessem continuado com essa política, talvez o cenário fosse outro hoje, mas ai o ComunoPTismo taxou em MAIS 30% os importados, que acabou com a festa d CxB!

            • José Eduardo Borba

              Amigo, todas as bandeirantes do Brasil, estão no Nordeste! Aqui tem muita! Procura no google por brejo da madre de Deu e por João Alfredo.

          • Toyota é Toyota. E Chevrolet não seria Chevrolet?
            E o mais importante: Dinheiro é dinheiro!

      • José Eduardo Borba

        Amigo, tem muita gnt com dinheiro e não liga para carro, ai nessa de qualquer um serve, pega a sw4. Pode parecer estranho, mas tem muito disso. Conheço gnt q manda o motorista trocar o carro, nesse caso, o motorista comprou uma Pajero Full, mas dá pra entender.

    • Rafael Yashiro

      A Trailblazer é um SUV grande de 7 lugares, as SUV das marcas alemãs que tem o mesmo tamanho são bem mais caras.
      Also, você tem que levar em consideração também o fator “glamour”. A Trailblazer, mesmo sendo um ótimo carro com duas ótimas opções de motor ainda continua sendo um Chevrolet. Marca conhecido pelo Classic e Onix, não tem prestígio de Premium. Sendo assim, o que faz mais o seu vizinho sentir inveja (claro, na cabeça de quem faz isso): Um BMW X1 0km ou uma Trailblazer 0km?
      E brasileiro é burro na hora de comprar carro, todos sabem disso. Basta ver a SW4 custando bem mais caro e bem mais a frente da Trailblazer.

      • Pacheco

        A propria PMESP informou que a TrailBlazer é melhor que a Hilux. Alem de mais estavel e economica. Elas são mais fáceis de manter.

        Porem o mercado ainda reage a favor da SW4 e enterra a TrailBlazer.

        A Chevrolet precisa se mexer… Acredito q motor 2.5 flex e Cambio manual ajudaria. E tbm opção de 4×2 mais barata.

        Lançar as versões LT e divulgar mais o carro. Ele tem zero fe marketing.

        • Rafael Yashiro

          Para a Trailblazer falta a versão com o motor 2.5 Flex (apesar de eu não gostar muito desses “motorzões” flex) e algumas versões mais baratas. Se a Chevrolet fizer isso, emplaca ele de boa.

  • fbl

    algo muito melhor do que o fiat renegade, sem dúvidas.

  • Diego Lip

    A Ford dormiu no ponto legal, ficou em quarto lugar com a EcoSport. Deveria ter se precavido com a Honda e a FCA anunciaram seus utilitários no exterior, até o Duster ficou na frente. logo virão novos concorrentes.

    • Andre Studart

      Pior que ela não tem outra opção lá fora.. E o eco é bem equipado.. concorrência mesmo. Dentre carros ”atuais”, creio que a ford seja a que tem a linha mais atual, dizem que esse ano ela irá trazer o 1.0T ecoboost para o fiesta, tomara

      • Diego Lip

        A linha de produtos da Ford no Brasil é o contra-argumento aos que dizem que trazer certos modelos pra cá é algo inviável. Temos o “new” Fiesta, que vende muito bem e mostra que Clio e Polo europeus poderiam ter vindo pra cá também; o Ford Focus é líder de mercado e mostra que poderia vir o Peugeot 308 europeu poderia ser produzido aqui. Os modelos Opel poderiam ser produzidos aqui. Enfim a Ford tem uma linha global muito boa, porém ela dorme no ponto com EcoSport, o modelo que abriu o mercado e perdeu a liderança pros novatos.

        • Robinho

          concordo, mas é sabido que a Ford é muito lenta nas suas estratégias, a Eco ja deveria ter um novo modelo no forno, isso se a Ford quiser voltar no topo, condições para isso o nome Ecosport tem…mas…

  • Pipo pipo

    Em relação a disputa entre HR-V x Renegade, alguém pode me dizer quanto tempo depois o Renegade começou a ser vendido?

    • Daniel

      HR-V foi lançado em Março/15, Renegade em Abril/15

  • DGA

    No Volta Rápida do Acelerados o HR-V se sobressaiu em cima do Renegade diesel em termos de estabilidade, motor e câmbio. E olha que o Jeep é a diesel, possui 40 cv a mais e um câmbio de 9 marchas. Fico imaginando o desempenho do Renegade Flex, pois dizem que nem se compara com o desempenho do motor a diesel.

    • 4lex5andro

      no carro diesel a maior virtude é o torque, nao a potencia embora, o maior peso e arrasto aerodinamico do renegade deve ter influenciado nos numeros do jeep ..

      • DGA

        É verdade que o torque é a maior virtude dos motores a diesel, mas ainda assim o Renegade diesel possui quase quarenta cavalos a mais de potência, além de praticamente o dobro do torque. Isso era para fazer uma baita diferença, não?

        • Fábio

          Não, está coerente. O Renegade é mais pesado por possuir tração 4×4 entre outras adições de peso.

    • kravmaga

      Mas você viu no vídeo a hora em que o Rubinho faz uma brincadeira com o barulho de enceradeira do HR-V ? O câmbio pode ser eficiente em termos de aceleração e consumo, mas tira muito do T-são de dirigir. Parece com o CVT do Fit nesse aspecto, O isolamento acústico do HR-V parece também não ser muito bom.

      Eu ficaria bastante irritado dirigindo com esse barulho. Acho que o HR-V está devendo ainda um câmbio CVT semelhante ao que foi usado no Corola atual.

      • DGA

        É verdade, mas isso não é o suficiente para me irritar. Minha esposa possui um Kia Picanto automático e o barulho do motor é muito parecido, e o carrinho nem por isso deixa de ser uma delícia.

    • Derek

      Apareceu só no programa da TV este vídeo? Não achei no canal do Youtube

      • DGA

        Não sei o porquê de não estar disponível no youtube! Foi no Volta Rápida do programa do dia 27/12, na qual compararam: Ecosport 1.6 aut. vs HR-V aut. vs Renegade diesel aut. Antes de mais nada, deixaram bem claro que se tratavam de veículos de categorias diferentes com preços diferentes, deixando a decisão entre um ou outro às necessidades do consumidor. O Ecosport andou no tempo dos carros 1.0, o HR-V no tempo dos hatch 1.6 e o Renegade na intermediária entre os dois. Fique atento que logo eles disponibilizam o comparativo.

    • THE GUNSLINGER

      Bom, em termos de volta rápida o 2008 thp dá uma lavada nos dois.

      • DGA

        Sem dúvida alguma! Aliás, o 2008 para mim é o mais bem acertado da categoria, sendo uma pena ele não possuir um bom câmbio automático.

  • tjbuenf

    Ecosport só vendeu isso tudo porque os principais concorrentes começaram a vender lá em abril e maio, mas agora em 2016 a história vai ser outra. Melhor a Ford se contentar com venda anual na faixa dos 20 mil para o veículo.

  • Ricardo Rangel Lirio

    Que lição mercadológica o Brasil deu nesse ano e no ano passado em duas categorias… O Gol no geral e o EcoSport nos pseudo utilitários…
    Se dormirem no ponto, o consumidor (que dá pequenos lampejos de mudanças nos seus conceitos) vai mudar de produto/marca…

    No caso dos utilitários esportivos, o EcoSport inaugurou o “segmento” em 2003 e nadou sozinho até chegar o primeiro concorrente nesse mar… O Duster incomodou sim mas a dupla da Honda/Jeep veio a dar os golpes finais (pois não vejo reação possível à Ford) no EcoSport.

    Primeiro nacional a ser “REPROVADO” num teste de longa duração de conhecida revista nacional, o EcoSport foi reformulado derivando do “moderno, porém pequeno, Fiesta” com muitos problemas de construção/acabamento, enquanto os concorrentes “fizeram o serviço de casa”…

    Não sou consumidor desse nicho de mercado e nunca serei, pois tenho a convicção que pelos preços cobrados por esses pseudo utilitários dá para adquirir “dois” daqueles que eles derivam e/ou o pior… Dá para adquirir um carro de um segmento superior, muito mais bem projetado, seguro etc…

    Ficam aí dois exemplos que deveriam ser extendidos à outras categorias… Se não oferecerem produtos melhores, mais modernos de verdade, seguros e equipados, os consumidores vão pular para outra marca…

  • Max

    Em 2016 o Renegade é o carro a ser batido em seu segmento. Ainda mais que seu principal concorrente teve uma correção no preço de tabela de 4%.

    • Miro Saraiva

      Não! O carro a ser batido deve ser o líder. Esse não eh o caso dele, mesmo tendo sido lançado apenas um mês depois. A diferença não foi pequena. Motivo: Revendas? Não, não foi esse o problema afinal as fiats tbm venderam.

  • Rafael D.

    Justo… Ótimo carro, com ótimo espaço interno, desempenho bom, consumo bom, boa robustez e muito bonito.
    Quase ninguém precisa de um offroad legítimo. A Honda acertou em cheio com o HR-V. Se alguém quiser um offroad legítimo nessa categoria, existe a opção do Renegade a diesel, isso se ele não sofrer do mesmo problema do 1.8 em terrenos alagados.

  • Netto

    Renegade já vende mais que HR-V. A versão TOP do HR-V já custa quase o mesmo que o Renegade Turbo Diesel 4×4 AT9 versão Sport. A Jeep possui apenas 162 CSS e seu SUV já vende mais que HR-V e Corolla. Em 2016 teremos um novo líder: Jeep Renegade!

  • Efulefante

    Que coisa… HRV bateu o melhor SUV…

    … do mundo!

  • Vitor Yohan Casaes

    O hr-v é um bom carro, mas extremamente mal equipado em todas as versões, caro e com acabamento bem medíocre. Porém tem espaço e um bom conjunto mecânico. Na minha opinião o renegade (mesmo com aquele motor) é uma opção melhor.
    Já o duster é uma opção boa apenas como baixo custo, acho o carro bem medíocre.
    O ecosport precisa melhorar muito em acabamento e construção, chega a ser pior que muito carro de entrada.
    O 2008 é um carro muito injustiçado, é muito bem equipado, bonito e bem acabado. Peca na falta de um câmbio automático atual em todas as versões, além do porte de sw.
    Seria bom ver o s-cross vendendo mais, é um carro muito legal.

    • Miro Saraiva

      Mal equipado em Relação ao renegade ?
      Melhor opção pra quem?
      Nem Todos fazem fazem trilhas no fim de semana
      nem todos precisam de 4×4 alguma vez na vida
      Nem todos querem pagar por algo que jamais vai usar
      Não sou Fan boy nem Sequer tenho HRV
      Mas a Honda acertou em cheio ao oferecer espaço x motor condizente num visual agradável
      Ps: minha relis opinião

  • Rodrigo

    É triste ver um carro bom como o EcoSport perder terreno. Tudo bem que HRV e Renegade são superiores, mas perder pro Duster?
    Realmente a Ford precisa dar um upgrade no carro depois destes lancamentos, pois a intenção não é ser líder, é vender tudo que é capaz de produzir!
    E comparando os volumes dos anos anteriores, caiu bastante!

    • kravmaga

      O Duster pelo menos tem mais espaço e aparência de robustez, coisa valorizada no segmento.

      E a Renault deu uma melhorada leve no acabamento do Duster, que passou a ser menos ruim.

      Para mim o design atual da Ecosport é horríivel. Gostava mais do anterior, com aparência de jipinho mini-Land Rover.

      • Robinho

        A Duster é um dos carros mais feio em fabricação junto com Etios, Montana e Cobalt…design robusto, mas cara de carro da decada de 90.

    • kikofar

      Não vejo assim como ‘triste’. Mercado é assim. Frio e baseado em números. A Ford teve a vez dela com o EcoSport e por muito tempo. O design atual do Eco, na minha opinião, é melhor do que o anterior, contudo, ele ficou esguio por conta da suspensão mais elevada e dos pneus que pra mim são muito finos para o modelo. O anterior parecia ser mais ‘assentado’ no chão… Mas em compensação, o acabamento era de dar dó, de tão ruím (não que o atual não seja, mas foi melhorado). Ocorre que a concorrência melhorou ainda mais, mesmo que cobrando por isso (Honda HR-V), sem falar na gama de opções (como é o Renegade).

  • kravmaga

    Ontem eu vi, pela primeira vez um HR-V como táxi comum aqui no Rio de Janeiro. Os táxis aqui são pintados de uma cor amarela bem característica.

    Os táxis comuns aqui no Rio são quase sempre Spin, Cobalt, Idea, Sandero, Siena, etc. Já vi alguns poucos Corollas mas nunca vi um Civic p.ex. Por isso me surpreendi quando vi um HR-V como táxi. Mas já começo a ver também Duster usado como táxi há algum tempo.

  • RLin

    HRV ganhou, mas com 3 meses a mais de venda em relação ao Renegade.

  • kikofar

    Olhando os números, em que tivemos uma queda de aproximadamente 20% na venda de automóveis, posso inferir algumas coisas:
    1) Menos gente comprando carro pode indicar compras com mais critério;
    2) Compras com mais critério podem ter ligações causais com essa mudança que vem acontecendo (ainda que aos poucos) no mercado brasileiro (Gol não liderando mais, EcoSport perdendo o trono etc…);
    3) O passar dos anos tende a refletir um padrão cada vez maior de heterogeneidade do mercado. Os consumidores mais novos não possuem tanta fidelidade assim às marcas/modelos ora reinantes e isso é uma ótima notícia.

  • Jose Silva

    Coisa mais estranha é chamar o HR-V de utilitário esportivo, e depois colocar no mesmo segmento de renegade, asx, duster tucson…

    HR-V = crossover
    renegade, duster, asx, tucson e outros = suv.

    Estive no EUA e passei na porta das concessionárias por lá, lá o HR-V é crossover, e na JEEP o Renegade é SUV. Entrei nos sites dos fabricantes para verificar, somente no Brasil colocam HR-V no mesmo segmento. Quem se aproveita disso é a Honda que engana o consumidor e vende um carro que não é a preço de que os outros são, e tem bobo que vai lá e solta o cheque.

    HR-V está tão caro que mais um pouquinho você pega uma CR-V que é um verdadeiro SUV.

    • A definição de categoria nesse caso tem a ver com a tecnologia da carroceria. Não há um critério técnico para colocar a HR-V em uma categoria separada. Todos o que citou são crossovers. SUV são SW4 e TrailBlazer. Isso parece o discurso da Renault dizendo que o Duster era SUV e a Ecosport não. Isso dizendo que o visual era mais “robusto” e era mais espaçoso. Mas os dois derivam de um carro compacto (Sandero e Fiesta).

    • Jackson A

      Suv é SW4 não Renegade, duster, hr-v etc…

  • Pedro Neto

    O Ecosport descobriu que tem concorrente

  • GPE

    As vendas da Q3 me surpreenderam

  • Sassá

    Não mataram a spin gigante ainda? Traída Blazer é horroroza!



Send this to friend