Elétricos Finanças Governamental/Legal Mercado

Índia quer ser o primeiro país com frota 100% elétrica

Mahindra-Reva-E20

O governo indiano está empenhado em ser o primeiro país grande com frota 100%¨elétrica, o que deve ocorrer em 2030. A ideia é fazer com o setor automotivo o mesmo que vem sendo feito em outras áreas, adotando uma política inovadora de economia em escala.

A ideia é ceder carros elétricos para os consumidores sem um preço de aquisição, permitindo que eles paguem apenas o equivalente à economia gerada com o não consumo de combustível fósseis.

Esse tipo de negócio já vem sendo adotado na Índia e é algo semelhante ao que a BYD está propondo no Brasil, ao ceder o elétrico e6 para taxistas em Campinas, que pagam apenas a economia gerada com o uso de eletricidade no lugar de gasolina ou etanol.

O governo indiano acredita que não é necessário o governo aplicar dinheiro em programas de financiamento e nem o consumidor ser onerado com pesados impostos para obter tal vantagem. Com essa política, alguns setores da indústria local deixaram de receber apoio do governo após seis meses de implantação da economia em escala.

A Índia também está propondo algo semelhante no setor energético, a fim de que o custo da eletricidade seja o menor possível, abastecendo não só a frota nacional, mas alcançando 50 milhões de pessoas, que hoje não possuem acesso à luz elétrica. O governo quer que o país lidere o mercado mundial de veículos elétricos.

[Fonte: Economic Times]





  • Ailton Junior

    até parece que o governo vai facilitar assim, o negócio é o povo pagar o rombo do petrolão

    • fbl

      Calma que dentre outros vai explodir o rombo na eletrobras..bndes…

  • fbl

    Daqui a pouco com o aprofundar da crise a fiat promove o mobi a carro executivo e lança um desses no brasil como city car.

  • Rodrigo A.

    O governo indiano deveria estar mais preocupado com os miseráveis do seu país.

  • André Maia

    Que contraste encontrar um país com tantos miseraveis e preocupado com o meio ambiente. Antes devia tentar reverter a situação do próprio povo. Enquanto se preocupam com isso, as nações mais ricas lucram com a poluição para todo o mundo.

    • G.Alonso

      Na verdade a própria matéria deixa claro que uma das intenções é melhorar a rede elétrica do país, abaixar os preços e ainda iluminar a vida de 50 milhões de pessoas que atualmente não tem luz em casa, ou seja, esse plano está indo para um futuro iluminado e limpo para as pessoas lá. Sobre o lucro em cima de poluição, isso é uma coisa que não irá mudar de uma hora para outra, mas, um dia irá acabar, o reaproveitamento, novas tecnologias, o Brasil é muito atrasado e somente as grandes corporações conseguem ter centro de meio ambiente para cuidar do que está sendo prejudicado com a atividade. Mas, voltando ao início, é um contraste enorme ver a Índia, que, como você disse, é um país com muitos miseráveis, pensando no meio ambiente e futuro da população.

  • dallebu

    Parece um Fiat MOBI batido.

    • CharlesAle

      Pois é. Pelo menos o Indiano tem equilibrio em suas formas..Já o Mobi parece um sapato, com aquele “capozão”…

  • leitor

    Se for pra pagar apenas a economia bem que eu queria na hora. O mesmo que pagar apenas o combustível. E não chegaria a R$700 por mês.

  • Martins Junior

    Já era pra ter muitos carros assim aqui no Brasil, mas o PT não deixa!

  • Eduardo Santos

    Carro mais feio que vi na vida esse da foto.

  • Claudio Abreu

    Eu acho que eles caminham, sim, pra uma frota 100% horrorosa..