Home Antigos Inspeção Veicular é dor de cabeça para donos de carros antigos

fusca inspecao veicular 1 Inspeção Veicular é dor de cabeça para donos de carros antigos




Desde 2009 vigora na capital paulista o Programa de Inspeção Ambiental, que no ano seguinte se tornou obrigatório para toda a frota registrada na capital. O programa que visa a diminuição dos poluentes emitidos por automóveis na atmosfera se tornou uma grande dor de cabeça para os donos de carros antigos.
Apesar do programa isentar os veículos placa preta (de coleção), muitos carros antigos em bom estado com placa cinza precisam passar pelo teste do Controlar. E aí começa o problema…

De acordo com os parâmetros definidos pela Cetesb para o programa, um carro fabricado até 1980, pode emitir até 6% de gás carbônico CO no teste. Porém, estudos feitos pela Bosch (equipamento EFAW 173) na época em que estes carros eram lançados, mostram que esse critério é no mínimo irreal uma vez que os modelos originalmente poluem mais do que pede o programa de Inspeção.

Um Dodge Charger, por exemplo, emitia 10% de CO2 em 1971. Um Dodge Dart chegava a 9%. O Aero Willys 2600 atingia 8,5% e um Fusca equipado com motor 1500 atingia 7,6%. Os limites de hidrocarbonetos são os mesmos para todos os carros (700 ppm de hexano), o que também é falso. Afinal, um carro com motor pequeno como um Fusca 1300 ou um Gordini deve atender o mesmo critério que um motor seis cilindros Chevrolet ou um propulsor V8.

A grande questão que persegue os donos de carros antigos é a seguinte: como um carro de uso eventual, bem cuidado, em boas condições mecânicas, e conservado com todos os itens originais deve poluir menos do que suas especificações originais? Isso sem querer discutir o mérito dos carros antigos que não são de uso diário, e portanto não poluem o ar todos os dias parados no transito caótico da metrópole.

fusca inspecao veicular 2 Inspeção Veicular é dor de cabeça para donos de carros antigos

Inspeção “na vida real”

Por isso fizemos um reality show usando um modelo antigo e sua saga rumo à aprovação no teste do Controlar. O clássico em questão é o popular Fusca, que ainda roda por muitas cidades brasileiras como carro de uso de muita gente e também como o primeiro carro antigo de muitos antigomobilistas. Equipado com motor 1300 de 46 cv, o carro é totalmente original (69 mil Km rodados), sem qualquer alteração mecânica, portanto, tal como foi lançado em 1979, ano de sua fabricação. O carro pertence ao jornalista que vos escreve, e só roda aos finais de semana em passeios ou encontros de carros antigos.

O carro foi levado a oficina Adilvox, no bairro de Moema, em São Paulo, para fazer os testes prévios. A chamada “pré inspeção veicular” inclui o teste de vedação e das emissões do carro. Ao ligar o Fusca e conectá-lo na sonda computadorizada, uma surpresa: o nosso clássico seria reprovado caso fosse retirado da garagem direto para o posto de inspeção.

No teste de Co2 (gás carbônico) o carro marcava 7,0 ( sendo que o limite é 6,0) com índice de HC (Hidrocarbonetos) em 1500 (mais que o dobro do limite, que é 700). E isso não significa que está desregulado: o carburador Solex foi revisado e ajustado seguindo os parâmetros originais e catálogo do fabricante.

De acordo com Adilson Castaldelli, proprietário da oficina, o teste na máquina é fundamental para os ajustes prévios. “Se o carro estiver bem regulado, basta ajustar para se adequar aos padrões do scanner, e a aprovação fica fácil”, diz o especialista que recomenda também a manutenção preventiva, que inclui a troca de óleo e dos filtros, bem como a checagem das velas, bobina, cabos e distribuidor. No caso do Fusca, velas e filtros também são novos, trocados uma vez ao ano junto com o óleo, uma vez que o carro roda em média 2 mil Km por ano.

fusca inspecao veicular 3 Inspeção Veicular é dor de cabeça para donos de carros antigos

A solução para regular a mistura ar/combustível foi uma só: “atrasar” o ponto de ignição para poder se enquadrar nos parâmetros definidos pela Cetesb. O desempenho do carro fica prejudicado, mas regras são regras. Após a regulagem: o carro marcava 5,1 de Co2 e 320 de HC, portanto deve ser aprovado pelo Controlar. Por esse motivo muitos proprietários de carros antigos fazem mudança no ponto de ignição para se enquadrar aos parâmetros e depois voltam o carro às especificações originais.

Uma dica especial para os motores Volkswagen a ar é verificar o coletor de admissão nos carros que tem um carburador, como o nosso Fusca 1300 com carburador simples. O coletor deve estar ligado ao escapamento e a mangueira do respiro do Carter deve estar presa ao filtro de ar. Nunca é demais lembrar que fumaça aparente, furo no escapamento, vestígio de combustível no carburador ou carro fora das especificações originais é motivo de reprovação imediata.

Agora o Fusquinha parece pronto para se submeter ao teste no posto de inspeção da Controlar. Vamos ver se ele será aprovado e na próxima semana relataremos o resultado do teste.

Marcos Camargo Jr é jornalista, pós graduado em Comunicação Corporativa e escreve sobre carros antigos para diversos sites, revistas e programas de TV.


  • Del

    Eu sei que fugi de todas as aulas de química, tanto na escola quanto na faculdade. Mas qual o problema do pobre CO2? Nós também expelimos CO2 na respiração.

    Se o problema fosse com o monóxido de carbono, aí sim eu entenderia tanta preocupação dos ecochatos…

    • guatura

      Eu chamaria de Econecessarios.
      Tem o outro lado da moeda, o que vemos de carros velhos por ai sem a minima condicao de rodar, pneu careca, lanternas quebradas e com lampadas queimadas, plastico com durex no lugar do vidro, carroceria toda enferrujada e remendada, soltando aquela fumacona pelo escape… Infelizmente os bons pagam por esses. Parabens pelo Fusquinha!

      • Del

        Não, são ecochatos mesmo. Há de se ter bom senso na avaliação dos carros.

        É completamente inadimissível traçar um parâmetro mínimo de "emissão de CO2" sem levar em conta o estado de conservação do carro, quilometragem rodada por dia, etc.

        Carros como esse Fusca da reportagem saem raramente às ruas, logo a contribuição desse carro para aumentar o "buraco na camada de ozônio" e "derreter as calotas polares" é tão grande quanto a contribuição de uma bala juquinha no consumo de um automóvel devido ao aumento do peso carregado por ele.

        • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

          O problema Del é como o guatura disse, o governo não tem idéia e não dá para saber ser menos rigido com um carro e mais rigido com o outro.

          Conheço pessoas que tem seus carros com a funilaria toda ruim, porém o carro mecanicamente e de motor estão perfeitos. Assim como conheço mtos carros inteiro de funilaria, mas que queimam oleo, teimam a pegar pela manha e com escapamento furado (quer dizer, sem escapamento devido ao ruido que faz).

          Eu só acho que deveria ser um teste correto no sentido de ser algo real para a epoca do carro. Se quer a renovação, faça o brasileiro ter condições de comprar carros melhores (sei que existem os fãs de carros antigos mas estou dizendo de quem tem um carro ruim rodando todo dia na rua) e que parem de jogar para o consumidor final um problema que sempre foi do governo.

          • Castle_Bravo

            Isso poderia ser feito simplesmente invertendo a lógica "coitadista" da cobrança de IPVA, que pune quem compra um carro novo, e beneficia quem tem carro velho.

            Se o imposto fosse progressivo à partir de, sei lá, cinco anos do carro até os trinta (onde poderia ou não receber a placa preta, conforme a originalidade) muito mais gente trocaria de carro.

            A prova mais estúpida de que a Inspeção Veícular é simplesmente arrecadatória, é precisar submeter veículos zero quilômetro aos testes, sendo que alguns ainda rodam.

            • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

              Na verdade, nada no Brasil faz com o intuito de beneficiar o consumidor. Mesmo os impostos sendo progressistas não dariam certo justamente por ter a maior classe que compra carros financiado de 5 a 7 anos e essas não aguentariam pagar o IPVA maior. (e pressionariam o governo, então logicamente o governo não pode fazer isso para não se dar mal com uma população).

              O problema que eu fico sempre ferrado é que para mim, eu não reclamaria de pagar impostos se tivesse retorno disso, ou se tiver ao menos fiscalização para punir quem deve ser punido e ser correto com quem é honesto. Ou ainda e mais importante, poderia desonerar o brasileiro de pagar duplamente tudo que ele paga.

              Mas o governo além de ineficiente para tudo, faz a gente pagar o que ele é incapaz de fazer para sustentar a corja de politicos safados.

      • Giorgio

        Quantos desses tu acha que vão fazer a revisão? Garanto que nenhum deles, vão continuar andando por aí, poluindo, enquanto os carros que são bem cuidados, como o Fusca do nosso amigo aí, tem que se virar pra passar na inspeção.

    • Fla3D

      O problema é que ele é um dos gases principais causadores do efeito estufa, e infelizmente os carros foram escolhidos para ser a bola da vez nesse problema. É a famosa histeria carbonica…

    • acedaniel

      CO2 = efeito estufa, CO = gás toxico + efeito estufa.

      1 Homem correndo por uma hora, polui mais que um carro elétrico ( carregado com energia limpa) rodando por uma hora.

      • CeloSurf_

        O grande vilão não é o CO2 e sim o enxofre utilizado no óleo diesel.

        Só para se ter uma idéia, não existiria vegetação se não existisse CO2.

        Eu vivo em São Paulo e não percebi melhoria na qualidade do ar, pois os caminhões mais poluidores, de outras cidades, continuam circulando em São Paulo, pois não precisam fazer inspeção…

        • mkhigashi

          Em São Paulo, a falta de inspeção dos caminhões causa problemas não só ambientais, como de trânsito. Que atire a primeira pedra o paulistano que nunca passou horas preso na marginal por causa de um caminhão quebrado. Claro que fatalidades e imprevistos ocorrem, mas com certeza muitas dessas quebras e aborrecimentos poderiam ser evitados com manutenção preventiva (assim como para ônibus, carros e qualquer outro transporte). Na minha opinião, o erro da inspeção veicular é não conseguir conscientizar os motoristas de que manutenção preventiva é importante e deve ser realizada para manter o carro em condições adequadas, e não só para passar na inspeção. Presto elogios à matéria, que expõe bem essa situação, em que um veículo bem conservado como um todo tem de fazer gambiarras para passar na inspeção, enquanto outros passam tranquilamente, com pneus carecas, pastilhas de freio gastas, palhetas ressecadas….

        • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

          Adicione os caminhões que são de SP que rodam ilegalmente e não há uma minima fiscalização para esses carros.

          Hoje mesmo eu indo ao trabalho e um caminhão pipa (que inclusive seu compartimento onde fica a agua estava vazando) andava mto pouco (tipico de motor ferrado até os dentes) e soltando mta fumaça. Mas ai pergunto, cade a fiscalização para apreender um carro desse?

          É isso que me incomodo com incompetencia do nosso governo, esse tipo de veiculo seria o tipo que deveria ser simplesmente proibido de rodar pelas ruas até sua correta manutenção. Se fosse reincidente, perderia o veiculo e o jogava para reciclagem (isso se ferrugem for permitido para alguma coisa na reciclagem).

          • fredggp

            Na minha opinião caberiam também a participação das associações/clubes de automóveis antigos nas definições desses parâmetros de inspeção. Afinal esses clubes fazem parte da sociedade – principal interessada nessas fiscalizações. Talvez não se mexam justamente devido a não obrigatoriedade de inspeção nos carros placa preta. No mais tem mesmo é que fazer essas inspeções, São Paulo está certíssimo. Acho que não podemos passar a mão na cabeça dos errados. Um veículo em mal estado de conservação e só por ser ferramenta de trabalho de alguém não justifica a morte de pessoas no trânsito por falha do mesmo. Em alguns aspectos temos de ser rigorosos mesmo. Esse programa de SP tem falhas e muitas, mas acredito que ao logo do tempo serão removidas e beneficiará mais do que essa má impressão hoje está deixando.

          • Diego Casagrande

            Simples, poucos fiscais do governo e que são mal capacitados para exercer o cargo. Um exemplo é a polícia de São Paulo onde está 2 vezes abaixo da média recomendada e pouco capacitada, então não há como fiscalizar esta megalópole sem recursos.

    • Castle_Bravo

      O texto não deixa claro, num primeiro momento o autor fala em 6% de CO (Monóxido de Carbono) posteriormente ele passa a se referir como 6,0 de CO² (Dióxido de Carbono).

      O CO é tóxico para nós, faz sentido que seja controlado, já o CO² é o que chamam de "gás estufa" por aprisionar o calor quando em grande quantidade na atmosfera, para os seres vivos é inofensivo, já que plantas e animais emitem na respiração.

    • Luiz9956

      Vc está certo Del… e na Controlar a medição é sobre o CO e não sobre CO2, se o seu carro emitir 100% de CO2 está OK, pois na inspeção ambiental veicular o CO2 é considerado um gás nocivo… portanto a medição verifica apenas as emissões de CO e de hidrocarbonetos (HC)

    • Diego Casagrande

      Eu concordo em fazer esta vistoria dos ecochatos, como melhoria de saúde para nós humanos, mas não vejo como uma alternativa para melhorar o efeito estufa. Vendo nossos carros, ruas e avenidas, só aumentam progressivamente a cada ano, então não adianta de nada regulamentar carros antigos circulando se a cada 6 carros novos equivale a 1 antigo poluindo é mais correto educar a população a usar transportes alternativos e combustíveis menos poluentes, principalmente o diesel. E falando em efeito estufa não adianta fazer de nada para reverter esta situação, só dá para minimizar a situação. Sabendo que o Circulo Polar Ártico já se reduziu em mais 90% da sua originalidade do século passado.

    • FILHOS DA

      se se preocupassem com o co2 verdadeiramente, colocavam imposto enorme em viaturas acima dos 2.000

      MAS ISTO SAO INTERESSES DOS PAISES INDUSTRIAIS QUE QUEREM SUBJUDGAR OS DO TERCEIRO MUNDO, E OBRIGAR A RENOVAR A FROTA ATRAVES DE IMPLICAÇOES COM TUDO .

      FAÇAM COMO EM CUBA, E MANDEM OS INTERESSES ECONOMICOS PRA PUTA QUE OS PARIU !

  • acedaniel

    Bom ta mais que certo, ja ta na hora de estimular a renovação da frota, pena que não tem em todo o Brasil.
    Quanto a quem quer ter carro antigo um simples aumento na taxa de compressão (menos de 0,5pt) diminui a emissão de poluentes por tornar a queima mais eficiente.

    • Fla3D

      Simples aumento na taxa de compressão? Vc não tem idéia do que é preciso pra aumentar a taxa de compressão né? Não é simples como adiantar o ponto de ignição…

      • Sias

        E daí para se "adequar" as normas o cara tem que sair modificando um carro original? Tá brincando…

        • clock31

          Todo mundo acha que é brincadeira né…

          Legal… continuem poluindo… Critiquem as ciclovias… COMPREM SUV e carros V8!!!
          Porque todas as pessoas acham que ações verdes são ruins… o que vocês andam assistindo?? novela só pode ne…

          Critiquem… critiquem… critiquem… Eu odeio fazer essa inspeção, mas nunca vi tantas pessoas correndo atraz dos filtros e regulagem de seus motores…
          Não é perfeito? NÃO! mas ja é um começo.

          Ninguém leva a serio nenhuma iniciativa verde.. impressionante!!!
          É mais facil acreditar que a fabricante é certa só porque está nas especificações de 1970… isso 1970, mesmo época que a ciência ainda tentava compreender melhor essa tal de Radiação… afinal, energia nuclear era milagrosa e estaria presente até nas torradeiras das nossas casas!!!

          Fechado então… a VW sabia tudo 1970… não precisa alterar o fusquinha não!!!

          Qualquer coisa tenta ir morar na China e me conta se consegue ver o Sol sem um "HALO" de poluição ao redor.

          • Sias

            Estas "ações" do governo são bem verdes….. tão verde quanto o dinheiro que entra no bolso deles.

            Ninguém é contra medidas que visem reduzir a poluição, mas não se pode fechar os olhos para fatos com esta desculpa. As especificações daquela época eram erradas? Naquela época não! Então não se pode exigir que um veículo daquela época atenda medidas mais rigorosas atuais. Para isto existem critérios, que pelo visto os "técnicos" da prefeitura não sabem, e normas que vão sendo alteradas com o tempo. Exemplo: na Europa já estão na Euro5 e os carros fabricados na Euro4 não precisam se "adequar".

            Não é atoa que são chamados de "ecochatos"…É só o que eles querem e o resto que se dane. Mas com certeza andam de carro…

            • clock31

              Como eu disse, está longe de ser perfeito… Mas é necessário inspecionar veículos.

              Se fosse de graça ainda assim seria pago pela gente de qualquer maneira. E ainda estaríamos penalizando quem não tem carro… os pobres.

              Ser "ecochato" é fácil…criticar mais ainda…
              Agora fazer algo… ai sim é difícil…

              • Sias

                No meu trabalho já fiz muita inspeção em carros Diesel (somente emissão de material particulado) e sempre tem o cara que descuida da manutenção, não troca filtros, abre a bomba pra andar mais e daí é aqula fumaceira preta. Só que os níveis de emissão determinados pelo Contran levam em consideração o ano de fabricação do carro, não dá pra ser diferente… Um motor Diesel eletrônico vai emitir muito menos "fumaça" do que um antigo. E quem é reprovado vai pra "caneta".

          • RBuriti

            Cara, trocar filtros e regular motor é tão básico como cagar todo dia.
            Vai dizer que você paga as contas em dias por educação? Para mim é apenas uma obrigação.
            As pessoas não ligam para manutenção pois são desleixadas, se elas pudessem nem tomavam banho diariamente só de preguiça.
            Agora o governo sugar todo seu dinheiro sem razão pois colocam políticos no lugar de técnicos é pura sacanagem, correto? Eles não tem noção nem juízo, se pudessem colocariam tolerância de 0% de qualquer emissão, todo carro seria reprovado.
            Se brincar no futuro vão colocar um controle em carros elétricos por poluir indiretamente pelas usinas hidroelétricas e térmicas.

            • clock31

              Você se contradiz e ainda quer chegar a uma conclusão…

              … Cara, trocar filtros e regular motor é tão básico como cagar todo dia….
              .. As pessoas não ligam para manutenção pois são desleixadas, se elas pudessem nem tomavam banho diariamente só de preguiça….

              Na primeira frase fazer manutenção é a coisa mais fácil do mundo, até sua vó faz..
              Na segunda ja é difícil, afinal todos são relaxados né…

              No final melhora, pois faz sentido as frases..

              Infelizmente no Brasil é só assim que algo acontece… tem montadora correndo atras de baixar emissões de CO² depois da inspeção…

              Inspeção.. ruim com ela… pior sem ela!!!

              • RBuriti

                Cara, trocar filtros e regular motor é tão básico como cagar todo dia = Pessoa que tem noção do que é ter um carro, com suas necessidades básicas fora colocar gasolina e trocar pneu. Supostamente como deveria ser para melhorar o mundo ;D

                As pessoas não ligam para manutenção pois são desleixadas, se elas pudessem nem tomavam banho diariamente só de preguiça = Muito dos motoristas e proprietários de carro no Brasil. Nossa realidade ;D

                Acho que agora ficou mais claro

                Sim, nossas montadoras vão atrás de melhorar seus produtos. A inspenção deveria pegar essas pessoas da segunda frase que compram o carro e não cuidam de suas "necessidades automotivas"

                Só como observação, trato meu carro como meu filho (embora não tenha crianças ainda :P), quando ando com alguém que passa por buracos tenho uma pena…. (do carro).

      • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

        Ah claro, vou pegar meu carro velhinho e vou "apenas" aumentar a taxa de compressão. Vou no meu mecanico para fazer isso inclusive…rsrs

        Olha, se as montadoras e fabricantes vivem ai de aumentar a taxa de compressão de 10 a 12:1 e conseguem apenas 1kgfm e 5cv de potencia… fico imaginando como o mecanico faria esse milagre…rsrs

        Engenheiro? o que é isso? Acho que esses caras só fazem isso para ficar jogando truco na faculdade… (fui ironico)

        Agora, como se estimula a renovação de frota? Colocando preços de carros 0km a preços irreais? Juros que arrancam o couro da pele? Ou mesmo, o famoso Rodizio… esse que obriga a pessoa ter um segundo carro mais velhinho de placas diferentes do carro de uso principal?

        Otima essa renovação de frota! (ironico novamente)

        • RBuriti

          Não moro em Sampa nem sei como as coisas funcionam por aí, mas acredito que esse rodízio seja uma furada em parte.

          Exemplo: Um cidadão comum tem um gol da vida, e só pode usar na segunda e nas terças-feiras. Então ele se endivida, compra outro carros pois é obrigado. Com isso gera mais $$ para as montadoras, mais IPVA para o governo, mais $$ de seguro, $$ para controladoras de emissão…etc e etc. E no final a emissão? Ué, um carro na garagem não gera emissão, então troca-se 6 por meia dúzia e o cidadão polui com o outro carro enquanto seu primeiro carro está parado na garagem. Qual o sentido disso?

          • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

            Na verdade funcionou assim: Quando o rodizio veio para SP, muita gente que tinha um carro novo e bem cuidado, acabou vendendo e comprando dois mais velhos. Esses dois obviamente tinham manutenção inferior e na maioria das vezes ambos estavam mais acabados.

            Isso gerou mais despesa para o consumidor e desgaste, afinal, não é legal ter que pagar dois carros sendo quye vc poderia cuidar de apenas um novo. Ou seja, a prefeitura de SP fez o favor de instituir algo que piorou as ruas com carros mais antigos e poluentes. E nesse caso não foi 6 por meia duzia e o consumidor final sempre paga a conta. Essa medida nunca deu certo e hoje quem tem apenas 1 carro sofre para evitar dias de rodizio. Ou seja, vc piorou as faixas de horario inferior ao horario do rodizio e o horario do rodizio tem mtos que possuem dois carros que deixam o carro do rodizio do dia para usar o outro carro. Há algumas pessoas que usam no dia a dia um carro mais novo para os dias sem rodizio e no dia do rodiziam tem um carro velhinho que é mais poluente também.

            Continua…

          • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

            Por mais que seja regulado, é obvio que o carro atual polui menos. Portanto, isso só foi motivo para piorar a qualidade do paulista no dia a dia. Assim como o prefeito Kassab vetou a utilização de onibus fretados por dizer que tais onibus pioravam demais o transito nos grandes centros e ainda como argumentação defendia o ponto de usar onibus coletivo publico como arma de uso. (mas todo mundo sabe que no fretado vc vai sentado, confortavel pq é onibus de viagem e ainda paga um valor menor que usar o transporte publico de pessima qualidade).

            • RBuriti

              Ah entendi ;D
              O seis por meia dúzia foi em questão das emissoes, se tiver dois carros certamente os dois vão poluir sendo um no dia e o outro carro no outro dia. Ou seja, vou continuar lançando X de poluição todo dia.

              Valeu ;D Esclareceu bem a dúvida

    • Castle_Bravo

      Aumenta a compressão e o carro passa a "bater pino", depois para andar só poderá "beber" Gasolina Pódium ou batizada com álcool.

      Acho que não seria a melhor solução, além da dificuldade técnica de abrir o motor para rebaixar o cabeçote. =/

  • http://www.historias-de-minha-vida.blogspot.com/ olhandoalua

    Essa inspeção veicular foi muito mal feita, provavelmente visando lucro… Afinal de contas até carro 0km tem que passar pela inspeção…

    • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

      E vc tem duvida? Se no governo quem entra para ter que fiscalizar e desenvolver planos de uma nova estrada/rua não sabe fazer uma entrada com visualização de antecipação, vc acha que isso foi feito em base de carros antigos?]

      Alias, donos de Honda Fit que o digam, pois esses sofrem e apesar de ser um carro novo, eles precisam modificar também seus carros para conseguir passar na Controlar.

      • Fla3D

        O meu fit ex 1.5 na época que era do meu pai passou os dois primeiros anos na inspeção sem problemas e sem precisar fazer nada, só foi lá e passou. Agora que o carro é meu não tem mais isso pois não moro em SP e aqui em SC não tem inspeção. :p

        Mas realmente tem até um tópico no fit clube sobre isso, parece ser um problema desde os fit Flex. A solução é até simples: abastecer com alcool e esperar o motor esquentar, o problema do fit é enquanto o motor está frio, quando a mistura é enriquecida e aumenta a emissão. Pessoal do fit clube comenta que se fizer esse procedimento e não desligar o motor na fila de espera pra não deixar ele esfriar, passa tranquilamente no teste. Mas é no minimo curioso o fit ter se tornado um problema na inspeção…

  • Sias

    Qualquer tipo de inspeção tem que levar em conta os limites originais e válidos na época da fabricação do veículo. Tirou disto é mais um meio do DesGoverno de nos roubar. Uma coisa é querer tirar carro velho das ruas, que sou totalmente a favor. Outra é inventar este tipo de inspeção e quem tem carro antigo ficar na berlinda.

    Engraçado que só se apegam nas emissões, enquanto que o resto do carro pode estar caindo os pedaços.

    • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

      Legal é quem mexe com motores… o cara trás o fusquinha com seu motor já queimando… vai até o mecanico, atraso o ponto de ignição, para não ficar mto na cara, coloca abafador para diminuir o grave do motor e usa esses aditivos para temporariamente diminuir a fumaça de tanta queimação.

      Ai um carro desse é aprovado, entra o colecionador que por via de regra sabe que o carro deveria passar, por tamanha manutenção e carinho de filho pelo carro, mas não, é reprovado porque o governo institui algo que só serve para ferrar quem é correto e não punir quem deveria ser punido.

      Não vou muito longe, uma colega que possui um Corsa 1.6 GL 1996 tem o carro com amortecedores detonados, suspensão desalinhada, direção desalinhada, rodas que são de kadett (obviamente fora da medida real do modelo), motor que não passa de 3000rpm (depois disso, o carro "grita" mas não ganha velocidade) passou com facilidade. Isso sem contar que o carro está todo desalinhado por ter batido diversas vezes.

      É por isso que digo, brasileiro "ama tanto um carro" como eu gosto do É o Tchan.

    • DonVitor

      mas é claro que só se apegam nas emissões, ecochatos e outros fazem pressão nos governos pra diminuir a poluição, e não a ferrugem e insegurança. Carros detonados podem rodar de boa, desde que passem na "vistoria"

  • mlfortes

    Como o CO2 é absorvido pela vegetação e algas marinhas, com o desmatamento e poluição dos mares o gás é menos absorvido e está cada vez mais abundante na atmosfera e provocando o efeito estufa. E como o CO2 é largamente produzido pelos carros, queimadas, indústrias, usinas a carvão, entre outras fontes, tem que ser reduzida a sua geração por todas elas.

    • Castle_Bravo

      Quanto maior a porcentagem de CO² na atmosfera, mais rápido e melhor as plantas se desenvolvem, o que beneficia nossa agricultura, além do mais, mesmo que a teoria do Aquecimento Global causado pelo homem seja verdade, o aquecimento do planeta para a vida (como um todo) é mais benéfico do que prejudicial.

      Esta verdade inconveniente, o pessoal do Al Gore e os ecochatos fingem que não sabem.

      • clock31

        Caro amigo…

        Você ja viu petróleo certo?

        Experimenta tira-lo do subsolo em escala mundial e "burrifa-lo" por décadas na atmosfera…
        Vai ver a cor do pulmão de uma pessoa não fumante que vive em uma grande cidade.

        Ja ouviu falar em desertificação? Claro claro, todos os tipos de plantas se adaptam a 50 graus celsus…

        Isso ai… esse papo aquecimento e emissão de CO2 é tudo papo… todos os cientistas da terra apoiam mas um cara que da seu comentário no NA manja mais.

        Outro papo furado é o uso de plástico (sabe a matéria prima né?)…
        Outro papo furado é a ilha de sacolas plásticas no pacífico…
        Outro papo furado é o derretimento no polo norte… bem como ondas de calor de 50 graus em NY
        Outro papo furado é que ja estamos comento plástico em varios alimentos que comemos HOJE, 2011

        TUDO PAPO FURADO!!

        • Castle_Bravo

          Já vi petróleo, mas o fato dele ser preto não quer dizer que a atmosfera ficará mais escura, ou "suja" com sua queima, boa parte do que faz o petróleo escuro são partículas que não ficam em suspensão na atmosfera, iguais as cinzas de um vulcão, ademais ninguém queima petróleo cru em carros.

          Já ouvi falar em desertificação, isso nada tem a ver com calor, mas sim com mau uso do solo, a Amazônia é muito mais quente que o pampa gaúcho, e a desertificação no sul é muito mais intensa.

          E cuidado com o que "todos os cientistas" dizem, o Aquecimento Global Antropogênico NUNCA foi consenso entre cientistas, e já foi admitido que muitos relatórios acerca do clima foram FALSIFICADOS, para comprovar a tese, tudo relacionado aos interesses econômicos de países desenvolvidos, evite as falácias, por favor e não misture questões como lixo e má qualidade dos alimentos que nada tem a ver com emissões de carbono.

          • clock31

            OK, generalizei algumas coisas… mas não me venha falar que a atmosfera não fica mais poluída com emissão de CO²

            A Amazônia é mais quente mas tem médias de 25-35 graus… diferente de 50 não?
            Seu aquecimento se deve não só por sua topologia, mas por sua proximidade ao equador.
            Sendo o Sol mais intenso o ano todo, aliado a quantidade de rios, facilita a crescimento de plantas.

            Então desertificação não é influenciada pelo aquecimento… OK… Texas/Saara quem o digam..

            Aquecimento não é um consenso entre os cientistas, mas se queima de matérias fósseis não é um problema você precisa visitar urgentemente Cubatão, e verificar o tamanho esforço e a quantidade de filtros que a industria usa para amenizar tais queimas.

            E da uma olhada no sistema respiratório do CET alocado na Bandeiras/Marginais aqui em São Paulo o dia todo…

            Deve ser tudo coisa da minha cabeça

            • Castle_Bravo

              Tudo material particulado amigo, filtros e outras técnicas que retiram as partículas da fumaça melhoram sim a qualidade do ar, para humanos respirarem, mas em nada interferem para o suposto aquecimento global, o CO² é incolor e inodoro, e ele seria o grande vilão, e NÃO EXISTEM FILTROS PARA CO².

              Não inverta a causa e consequência, Saara e Texas são quentes (e muito frios à noite) por não terem vegetação, não o contrário, derrubássemos toda a Amazônia e teríamos um clima bem semelhante ao de lá.

              Ainda sobre material particulado, para quem acredita que o planeta esteja aquecendo, paradoxalmente quanto mais "limpa e incolor" forem as emissões, pior será o aquecimento da superfície, pois mais raios solares atingirão o solo.

    • cruzmarcio

      Um carro produz MUITO mais CO2 do que uma pessoa.
      Pelo que lembro, um Veyron a toda "respira" em um minuto a mesma quantidade de ar que uma pessoa em 4 dias.

  • Fla3D

    Só uma duvida: não vale partir logo pra placa preta? Se é um fusca 1979 ele ja pode ter a placa desde 2009 quando fez 30 anos, e carros placa preta estão livres da inspeção.
    Pela foto ele parece ser totalmente original e, portanto, merecedor da placa preta.

    • cruzmarcio

      Tem que fazer parte de uma coleção pra poder ter placa preta, o que acho que não seria difícil conseguir com esse Fuscão.
      Parabéns ao dono, ele está perfeito!!!

  • Jr_Jr

    Cara que fusca lindo, parabéns!!! Dá gosto de ver um fusquinha assim…
    69mil km originais, que show!!!

    Em tempo: toda vez que vejo um fusca me recordo de sua bobina, em dias mais quentes e trechos maiores ela esquenta!!!!! (quem tem ou teve sabe do que estou falando)

  • presunto1

    Estão preocupados com carro velhinhos? E as motos, que poluem sete (7 !!!) vezes mais que um automóvel? Foram esquecidas ou esquecidas propositalmente? Meu querido governinho…larga de ser malvadinho e desgruda deste lobby das motocicletas…!
    Se realmente estivessem preocupados em melhorar a poluição, nao estariam eliminando os troleibus, que não poluem. Epa! Será que chamei a atenção sobre algum assunto que não devia?

    • O_Corsario

      Já que é para falar sobre assuntos proibidos, então alguém me explica também porque os ÔNIBUS DA PREFEITURA não fazem inspeção, e soltam aquela fuligem negra…
      Ah, e me diz também, porque a prefeitura, tão preocupada com a ecologia, contrata prestadores de serviço para obras e similares com veículos desregulados e poluidores…

  • carloshl

    ola, me cadrastei apenas para escrever sobre esta materia, concordo com um usuário que falou da pena de IPVA para quem compra carro novo. Acho que o sistema deveria ser parecido com a regras da california e de londres, onde quanto mais velho o carro, mais imposto e taxas ele paga, e mais caro é para mander o carro rodando, em londres, tive um amigo que teve que pagar para se ver livre de uma camionete volvo 1992, pois cada ano que passa o estado obriga certas nivel, cada vez maior de manutenção dos carro, acho que carro velho deveria ser usado em cidade pequena, ficar guardado ou ser usado apenas no final de semana, pra mim carro velho é que nem carroça, pode usar mas longue dos grande centro…. alem de tem que passar pela inspeção os carros velhos deveriam pagar mais IPVA que carro novo.

  • Hfett

    Esse negocio de proteger o meio ambiente é balela.

    O mundo não vai acabar por causa da poluição, no máximo, nós é que iremos desaparecer, mas o mundo seguirá em frente.

    :D

  • AmmmmmP

    O governo quer qualidade e eficiência energética de nossos veículos, mas se esquece de dar essa mesma qualidade e eficiência energética nos combustíveis por ele controlados.

    Já viram a diferença entre o diesel feito no Brasil pela Petrobrás e o diesel enviado para a Argentina pela mesma Petrobrás?

  • Coffinator

    Preocupação com a natureza? Ah tá, querem é dar mais dinheiro pra MÁFIA chamada Detran e pros donos de oficina. Só.

  • http://www.noticiasautomotivas.com.br Roxmmp

    Na verdade tudo no Brasil é distorcido, e em SP pior ainda.
    Ao invés de fazer algo que ajude a cidade a diminuir a poluíção e melhorar a qualidade de vida das pessoas, o governo só visa a arrecadação e as movimentações causadas por causa da inspeção.
    É como eu sempre digo: O governo é esperto, burros somos nós!
    Você acha que o governo querendo não conseguiria acabar com a violência, usando táticas, armas e todo o equipamento necessário? Custaria caro, sim e muito, só que onde iriam se infiar os milhões de empregos que existem por conta da insegurança?
    Com a saúde é a mesma situação, se o sistema público funcionasse bem de verdade, os clientes dos planos particulares iriam fechar milhares de postos de trabalho.
    Tudo é parte de uma indústria, de uma estratégia bem bolada. ;)

  • renatogca

    Tenho um fusca 1977 e sei como é…. depois de mandar para a inspeção sinto o motor um LIXO, até quando faz curva parece q o carro "morre"…..

    É incrivel como ninguem luta para ver isso, pois os classicos, os antigos, não tem capacidade de alcançar tais indices!

  • Rodrigo

    Quanto ao Carro Antigo, a Inspeção e tudo mais….é Máfia, que só fazem arrecadar dinheiro! Esse papo de frota é para segurar economia fraca, que nem cortando IPI a zero por quase um ano esta resolvendo, e sem contar que Carro ANTIGO não polui, carro VELHO é que poluí… um carro pode ter 3 anos de fabricação ou mesmo 1 ano…e estar tão acabado e detonado que poluiria muito mais que o Fusquinha ai em cima… alias nossos políticos andam de carrão com motorzão de 4.1 que consomem e poluem muito mais que qualquer V8 regulado! E tem gente que diz … a Bugati Vyeron consome em um minuto o que 1 humano respira em 4 dias…… Pergunto eu, na minha simplicidade, será que o cara sabe que devem ter fabricado umas 20 ou 25 dessas… e que ele mesmo já deve ter produzido, ao peidar, mais CO2, SO4 e Metano que a Bugatti que ele citou???

    Ai um rapaz bem intencionado, de alma pura e ingênua ai em cima disse:Ora mas se o caro esta todo original e muito bem conservado, mete uma placa preta!Ai… máfia outra vez, e no maior estilo Gangster/Alcapone/Poderoso Chefão de todos…. Ah como assim, é só ser sócio de um clube, pagar a anuidade do mesmo e mais uma taxa para que o clube realize a vistoria para o certificado de originalidade. Sabe quanto isso custa?

    Ser sócio de um clube: Em média R$150 reias mês
    Taxa de vistoria do veículo: R$100 a R$250 reais dependendo do clube.( tem alguns que quando você se associa eles fazem uma promoção, e você tem a 01 vistoria de graça. Esse normalmente cobram taxa de filiação além da mensalidade e te dão um chaveiro e um boné. Legais eles né)
    Documentação no Detran para reemplacamento: em média R$400 a R$500 reais

    Nota1: Segundo a RESOLUÇÃO Nº 56, DE 21 DE MAIO DE 1998, 1 carro já é considerado coleção.( Resolução essa assinada por ninguém menos que RENAN CALHEIROS – Nem precisa comentar né!)

    Nota2: Inicialmente, o Denatran tinha determinado que somente a Federação Basileira de Veiculos Antigos-FBVA, que é a maior máfia de colecionadores de carros antigos do mundo (Cheia de Empreiteiros, Empresários e Políticos), ou a clubes a ela filiados! E os mafiosos pegaram a lei que dizia que o clube determina os critérios para estabelecer os 90% de originalidade que um carro deve ter para receber a placa preta! Sendo assim a máfia criou um questionário que impede que 90% dos carros consigam atingir esse nível… sendo assim somente a galera muito abonada que tem dezenas de carros, muito dinheiro para gastar em restauração é que conseguem alcançar isso. Pois o cidadão comum que conservou o Fuscão 77 que era da mãe dele, que ele roda de vez em nunca, sem ter restaurado todo ele, mas sim simplesmente mantido todo funcionando e original não consegue passar..pois os na hora da vistoria os Avaliadores chegam perto de você e dizem .. Veja bem senhor Zé… sabe essa para-choque do seu fuscão 77, então .. o cromado ta meio embasado vamos ter que tirar 6 pontos, e essa borrachinha aqui que fica envolta da lanterna traseira (original)… então ta meio ressecada vamos tirar 2 pontos…. ahh o senhor não tem o macaco e a chave de roda original… pelo questionário temos que tirar 2 pontos… Vejo que o senhor pólio o carro, mas ta pintura tem umas marquinhas aqui no para-lama direito, infelizmente temos que tirar 2 pontos aqui….. Puxa que pena seu Zé, ficou com 89%, não vamos poder aprovar sabe, precisa ser 90% original… como o Packard 1939 do Don Corleone parado ali a esquerda. Continua…………

  • Rodrigo

    Continuando…….
    Nota 3: Depois o Denatran voltou atrás.. por que tomou na cabeça sendo isso pratica ilegal, e no fim, qualquer clube de autos antigos pode realizar a vistoria…
    , mas a ABCVA prega que os clubes não filiados que não seguem o maldito questionário da ABCVA( que são os que agregam os donos de 1 ou 2 carros, aquele cara que coserva o carro do pai ou do avô, aquele seu mecânico/amigo que tem um dodge/opala/maveco… e os demais que tem um Hot Rod.. um fusquinha de família ou por gosto mesmo, em suma os que tem pouco dinheiro e paixão verdadeira) não emitem certificados válidos, que são piratas e que deveriam ser caçadas! Tudo isso para, que? Arrecadar dinheiro para a máfia….

    Nota4: A questão de valorizar o carro com a placa preta foi a ABCVA que criou como propaganda para atrair associados.. o valor de um carro antigo esta diretamente ligado a raridade do modelo, quantidade de unidades fabricadas, quantidade que veio importada para o Brazil ou ainda sua ligação com filmes, momentos históricos ou outros eventos que o torne procurado ou desejável…. Ex. Um Ford Lincoln Cupe 3 janelas de 1937 é tão desejado pelo seu estilo e por ter muitos poucos fabricados, que um desses caindo aos pedaços e sem andar pode custar mais de 100 mil reais, não interessa a cor da placa que ele tenha!

    Por fim, vem um bando de Riquinhos EcoEstúpidos, pois ser EcoChique de Toyota Prius e Bike elétrica de 5mil reais é fácil, assim como dizer que foi ao trabalho a pé.. de Moema/Jardins para a Faria Lima e diminuiu a pegada verde….. quero ver ir de Busão de Capão Redondo ou Guainazes para Centro, no horário de pico… e dizer que é esta confortável e feliz em reduzir a pegada ecológica!

    Outro dia mesmo descobriram emails trocados entre a turma do aquecimento, onde eles discutiam como fazer para que os dados impactarem mais e pareceram mais catastróficos….. e os cientistas disseram que foi um mal entendo .. que eles estavam sendo coloquiais, e usaram mal as palavras! Para o que gostam de fontes… Busquem o artigo da Folha de São Paulo.. ou na Reuters mesmo.

    Por fim, para os que acham que o Haddad (Pau Mandado do L(M)ula) vai acabar com a taxa do controlar por que é legal…. não ele quer é reduzir a grana que os caras que administram passam para o caixa do PSDB, afinal o PauMandado Haddad tem que evitar que a concorrência tenha dinheiro na próxima eleição… corja.

    E o Fusca do nosso amigo ai….. vai continuar na ilegalidade pois é um Cruel poluidor dos ares do paulistanos! Fusquinha do mau, esse!

    Revoltante…. é isso.

  • Castle_Bravo

    Duvido muito que a prefeitura de SP esteja realmente preocupada com isso, o que querem é arrecadar, como todos os (des)governos pelo país, sabendo que uma taxa deste tipo é difícil de ser sonegada, arbitrariamente decidem valores, e os motoristas que se danem, paguem, se não quiserem se adequar não andem de carro e comprem um novo.

    Aqui no RS gerou uma baita polêmica essa nova taxa, por um tempo pelo menos estamos livres deste novo imposto, mas conhecendo o PT… acho que no ano que vem nosso "querido" governador já mandará de novo o projeto para votação.

  • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

    Bem nisso é uma verdade.

    Mas e também, cade a fiscalização para apreender os carros que realmente poluem irregularmente? outro motivo para gerar revolta.