China Crossovers JAC Motors Segredos-Flagras SUVs

JAC T5 com facelift é flagrado na China

jac-t5-facelift-1

O JAC T5, conhecido como S3 na China, foi flagrado com facelift. O crossover compacto da marca asiática apareceu com mudanças interessantes nos faróis, grade, lanternas, para-choques e interior.

Por fora, o JAC T5 deverá receber faróis com desenho mais afilado, adotando um projetor tipo canhão diferente, assim como provavelmente LEDs diurnos. A grade cromada mantém o formato hexagonal, mas redesenhado.

jac-t5-facelift-2

Já o para-choque recebeu faróis de neblina verticais e triangulares, além de um aspecto mais aerodinâmico. As rodas de liga leve têm um design igualmente de baixa resistência, enquanto a traseira recebe lanternas também alteradas, agora com aspecto semelhante ao conjunto ótico frontal.

No entanto, a maior mudança ficou para o interior, que terá um novo painel. O aspecto é bem superior ao conjunto atual, tendo como destaque quadro de instrumentos compacto, assim como uma tela de multimídia elevada.

jac-t5-facelift-3

O ar condicionado digital fica embutido na parte superior e um revestimento que parece soft touch cobre a parte central, dando um aspecto mais premium. Sem volante, não dá para saber qual será o modelo de direção aplicado ao JAC T5 renovado. Na mecânica, um motor 1.6 entra na lista com 120 cv e opção CVT.

jac-t5-facelift-4

No Brasil, o JAC T5 deve manter o visual atual, já que foi lançado bem recentemente. O SUV compacto será montado em uma nova instalação na cidade de Camaçari/BA. Apesar da perda da habilitação no Inovar-Auto, a JAC Motors anunciou que as operações da empresa continuam normais, assim como os planos de produção.





  • André

    Adeus JAC do Brasil. Descanse em paz. Oremos por aqueles que ainda possuem um veículo desta marca.

  • Tosca16

    Gosto desse logo no lugar o antigo, e a grade ficou até bonita .

    • Pacheco

      Achei um IX35… kkkk

      • Tosca16

        Bom pra vc rsrsrsrs .

        • Pacheco

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Bruno Silva

    JAC começou bem, depois foi se perdendo e hoje se saísse do Brasil não seria má ideia. Primeiro que começou com uma identidade bonita e tal, depois começaram atualizações que cagaram os carros, deixando com cara de cópias, depois foram lançar esse SUV que mais parecessem Hyundai e com visual duvidoso. Não inovaram em nada, enrolaram na construção da fábrica e agora perderam o Inovar Auto. Tenho pena de quem trabalha na JAC, e quem tbm possui veículos da marca, mas eu não sentiria falta nenhuma, pois o diferencial que tinha já foi pro ralo há anos.

    • Tosca16

      Eu acho engraçado, sair não seria má ideia, mas tenho pena de quem tem um JAC … Quero ver se os mesmos que defendem a saída hoje se iriam aceitar uma volta da marca no futuro, garanto que o primeiro argumento contrário seria que um dia a mesma já saístes do mercado brasileiro . E de resto tem muitos erros da montadora entretanto tem muita coisa por debaixo dos panos, o tal do Inovar veio para ferrar com os importados; pegou marcas como a JAC e quebrou-lhe as pernas, e as que tentaram se adequar tão capengando à exemplo da Chery.

      • Bruno Silva

        Eu não ligo pra esse negocio de já ter saído do Brasil. Há momentos e momentos. A Geely e Ssangyong já meteram o pé, tem várias ccs JAC fechando.

        • Tosca16

          Tenho ressalvas quanto a isso, vc é um, mas a maioria que já é preconceituosa e conservadora não, seria o maior tiro no pé possível; melhor ir amargando prejuízo por enquanto e depois tentar se reerguer-se . E a Geely não sei se saiu, pelo que sei tem informações desencontradas e parece que a mesma já reafirmou que não, só que tinha parado com as importações até que o mercado se estabilize, continuando com a rede de concessionárias, vendas e suporte.

        • Tosca16

          “Em face da atual conjuntura econômica do nosso País e à incerteza quanto ao futuro, decidimos suspender temporariamente a importação dos veículos da marca GEELY.
          Mantemos no Brasil concessionárias com estoque de veículos “0 Km” da marca GEELY nos modelos EC7 e GC2 para atender aos interessados.
          As atividades da GEELY, como Garantia, Serviços, Revisões e Fornecimento de Peças, estão sendo realizadas normalmente através da Rede Autorizada.
          Obrigado. Geely Motors do Brasil.” É o que estão respondendo no Facebook.

          • Douwe

            O Grupo Gandini desistiu da Geely, provavelmente em definitivo. É impossível manter a operação de uma marca “popular” em um país continental como o Brasil vendendo menos de 100 carros por mês. A Geely sofria pra vender uma ninharia. Essa nota divulgada por eles é só pra não espantar alguém que ainda queira adquirir um dos carros encalhados, para dar a impressão que a marca continua ativa.

            • Pacheco

              Cada carro feio tbm.

            • Tosca16

              Bom, por mais que aparentemente seja o fim melhor esperarmos, quem sabe a própria Geely assume as operações no Brasil, e já que a montadora é dona de marcas como a Volvo pode-se até pensar na junção das operações no pais, não digo revendas juntas mas logística e distribuição de peças.

    • Tosca16

      Agora concordo com a identidade da marca, aliás se tem uma coisa que eu sempre disse aqui foi que das chinesas a Chery foi um das poucas que assumiu uma identidade visual própria, coisa que a JAC ainda não se achou, pois cada modelo novo recém lançado na China tem uma identidade visual que muitas vezes não segue os demais da marca…

  • Kaian Reis

    no design exterior vou falar igual a Gloria Pires “não sou capaz de opinar” mas no design interno ficou show, muito melhor do que o atual.

  • Gustavo_1992

    Hyundai Creta/Ix25 é você????

  • zekinha71

    Será que virou obrigatório?
    Todo carro lançado independente de marca, tem que ser crossover e com grade trapezoidal.
    Ford fez escola.

  • Louis

    Ô coisinha feia!

    • Andre Maruska

      Pessoalmente a versao aqui nao é feia. Ate que gostei qdo fiz o teste drive. Agora aquele farol de milha em forma de triangulo? Pelo amor de deus, enterra que é defunto.

  • Andre Maruska

    Nao entendo por que as pessoas continuam dizendo que a marca morreu? A marca nao vende nem com inovar auto as 4800 unidade/ano. Nao vai mudar absolutamente nada para a JAC continuar no Brasil. Ela vai abrir a linha de montagem e se quiser realmente expandir tera tempo para construir a fabrica num momento mais favoravel. Se ela vendesse 25000 unidade e tivesse que baixar para 4800 ai sim faria diferenca. Mas do jeito que esta, continua igual.

    • Pacheco

      O melhor seria a JAC chinesa assumir as operações por aqui.

      • Andre Maruska

        Isso com certeza seria. Mas se a JAC estivesse pensando em partir, por que trazer mais modelos para ca?

        • Pacheco

          Partir ela não vai, mas sou a favor da Chinesa assumir e tirar o Sergio da Presidencia.

  • Bruno Bayern

    e esse painel alá de BMW.