Japão também apresenta elevados níveis de óxido de nitrogênio em carros diesel

04/03/2016

toyota-prado-28-1

Além da Europa, o Japão descobriu que também está emitindo níveis de emissão de óxido de nitrogênio bem acima do limite em seus carros diesel. Um teste em condições reais foi realizado com alguns modelos de marcas locais e o resultado não foi bom, exceto por um.

Os modelos Toyota Land Cruiser Prado, Toyota HiAce, Mitsubishi Delica D:5 e Nissan X-Trail emitiram entre duas e cinco vezes além do limite de NOx estabelecido por lei. No entanto, nenhum software malicioso foi descoberto nos carros avaliados. Estima-se que a média da frota japonesa seja de emissão até 10 vezes maior.

A exceção de excesso de óxido de azoto ficou com a Mazda. Os modelos CX-5 e Demio (Mazda2) não apresentaram emissão além do limite. O Japão estabelece que os testes devem ser feitos em laboratório, mas diante disso, espera-se que o governo nipônico exija avaliações em ambiente real. Em 2015, o país comercializou 103.800 automóveis movidos por diesel.

[Fonte: Nikkei/Tokyo-NP]

Agradecimentos ao Lucro Brasil.









  • Pedro Rocha

    Acho que ninguém mais acredita que o diesel seja ecologicamente correto em relação à gasolina.

  • Leonel

    Não adianta, quanto mais investigam, mais fazem testes e etc mais fica nítido o quão poluente esse combustível é. O investimento em veículos deste tipo deve ser cada vez menor e o foco deve ser em híbridos e, principalmente, elétricos. Poluição zero !

    • Pedro Henrique

      no japão o próprio mercado prefere híbridos…
      são os mais vendidos lá, tanto híbridos movidos a gasolina quanto os diesel.
      mas vale atenção, o diesel pode ser sim um combustível mais “limpo” tanto é que os carros da mazda passaram no teste e muitos outros veículos diesel ao redor do mundo também não passaram os limites exigidos por lei nos testes práticos.

      o problema estava na homologação que não demonstra a realidade do uso do veículo, agora que os testes vão ser mais realistas, as montadoras vão se adaptar a isso e encontrar soluções para o problema.

      • Leonel

        Tomara Pedro, o custo para nós é muito alto com poluição, então, esperamos que as montadoras realmente levem a sério isso bem como os governos cobre tal desempenho.

        • th!nk.t4nk

          Quer ver o dano que o diesel causa, vá pra Paris. É inadmissível que uma cidade moderna, turística, de um país rico, tenha o ar tão sujo.

  • th!nk.t4nk

    Demonizaram tanto a VW, e agora estao vendo que muitos emitem acima do normal. Diesel é complicado mesmo. A tendência é perderem espaço para os modelos a gasolina de baixa cilindrada com turbo (isso já pode ser observado nos 2 últimos anos).

    • Louis

      O principal problema no caso VW é que foi intencional, com software malicioso.

    • Pedro Henrique

      e os turbos tem outro problema, emitem altas quantidades de particulados no ar…
      mas creio que solucionar esse problema seja mais fácil, com algum catalizador badass

  • BMAlves83

    Acho que ao invés de se discutir a liberação da venda de veículos de passeio a diesel no Brasil, deveriam estar pensando em como fomentar o mercado com híbridos. Está mais do que provado que o diesel ambientalmente falando ainda é muito nocivo.

    • Louis

      Imagina em um mercado onde manutenção em dia é coisa rara… Melhor esquecer logo esse negócio de carro a diesel e incentivar os elétricos mesmo.

      • BMAlves83

        Tem esse agravante ainda que eu nem me lembrava, se o diesel por si só já polui, imagina os carros sem a devida manutenção…

  • Rmx

    Vão todos ter que se afogar na Uréia mesmo para passar em um EURO 7 !!!!!
    Acho que vou abrir uma fabrica de Uréia !!!kkkkkk

    • Castle_Bravo

      Só alterar a injeção e deu. Ops! não dá pra fazer mais isso.

  • Airplane

    Não é só a VW. O grande problema é realmente o diesel e ainda tem gente querendo liberar os carros de passeio a diesel no Brasil: lamentável !