_Destaque Crossovers Jeep Recalls

Jeep Renegade tem 24,6 mil unidades envolvidas em recall

jeep renegade longitude flex

O Jeep Renegade acaba de se envolver em seu primeiro recall no Brasil. De acordo com um divulgado da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), 24.599 unidades do crossover compacto, todas equipadas com motor 1.8 litro E.torQ flex e transmissão automática de seis marchas, deverão comparecer a uma concessionária para realizar a atualização do software da central de controle do motor, que gerencia o controle de cruzeiro do veículo.

Nos exemplares envolvidos, caso o controle de cruzeiro esteja ativado em descidas, o motor pode se desligar, provocando alterações na direção elétrica e na frenagem, com aumento do risco de acidentes. Até que o reparo seja realizado, a Jeep recomenda que os proprietários do Renegade envolvidos no recall não utilizem o controle de cruzeiro.

Os modelos envolvidos têm chassis (não sequenciais) entre 988611122FK000379 e 988611122GK038985. O serviço tem tempo estimado de 30 minutos e poderá ser agendado a partir do dia 16 de maio. Para maiores informações, a empresa disponibiliza o telefone 0800 703 7150 e o site www.jeep.com.br.





  • Mr. On The Road 77

    É a eletrônica, mais uma vez, pregando suas peças os seres humanos. Imagina, sem freios e assistência da direção numa descida?
    E ainda me vêm falar de autônomos…

    • tjbuenf

      No início do séc. XX, quando começaram a aparecer os automóveis, o pessoal das charretes devia falar a mesma coisa sobre a utilização de transporte movido a combustível….

      • Mr. On The Road 77

        Cara, olha a diferença do que você está falando. Só pra começar, tanto ‘charretes’ quanto automóveis eram conduzidos por seres humanos…
        O que eu quis dizer é sobre a condução autônoma. Quem conhece o be-a-bá de informática ou eletrônica, sabe muito bem que a tanto uma coisa quanto outra ainda estão longe da perfeição.

        • OlCal

          Cara, perfeição não tem relação alguma com o mundo real. Tudo o que é posto no mercado é no mínimo aceitável. Nunca conheci um produto perfeito.

          • Mr. On The Road 77

            Sim, sim, eu acabei escrevendo ‘longe da perfeição’, não queria dizer perfeito, mas apenas algo bem confiável.
            É algo como: você deixaria um robo te operar, tomando todas as decisões, por exemplo?
            Então por que deixar um robo dirigir um carro com você dentro?

    • A diferença é Fiat vs Tesla. Isso já resume tudo. kkkkkkkkk.

    • Guilherme Batista

      Não vejo problema algum. Aliás, os carros de hoje já possuem uma quantidade absurda de equipamentos eletrônicos e todo mundo continua usando do mesmo jeito. Não existe eletrônica perfeita, mas eu ainda confio muito, mas muito mais na eletrônica do que em humanos pois pelo menos a eletrônica não falha.

      • Mr. On The Road 77

        Eletrônica falha sim. E muito. Seu celular ou seu computador estão aí pra te provar. rs…
        Eletrônica para ajudar, sim, como o ABS, ou o ESP. Agora, para dirigir sozinho… ainda não, pelo menos pra mim.

        • CharlesAle

          Amigo.Estive vendo o vídeo do teste do Focus Fastback titanium plus, do canal To Speed..E é notável ver aquela carro estacionando sozinho. Eu também concordo que por a eletrônica para dirigir pode ser um tanto demais..Mas que ela ajuda e muito,isso sim.

        • Guilherme Batista

          Eletrônica não falha, quem falha são os humanos que a projetam.
          Se um computador for programado pra fazer alguma coisa, ele fará aquela coisa sempre e sem falhar uma vez sequer. Os problemas que acontecem com dispositivos eletrônicos são causados por programação errada ou interferência externa e só.

          Quanto a eletrônica ajudar, dá na mesma. Os carros já tomam uma porrada de decisão por você, seja no ABS, seja no ESP, na direção elétrica, no freio de estacionamento, no acelerador eletrônico, no controle de cruzeiro e etc. Seu carro já faz isso tudo por você sozinho, já tem videos de pessoas hackeando carros não autônomos e tomando o controle do carro. Ao meu ver, os carros já estão bem autônomos

    • Pedro Evandro Montini

      E o que você diz sobre a eletrônica nos aviões?

      • No inicio caiu bastante hehehe.Já no lançamento do Airbus 320 com eletronica embarcada, caiu na frente dos reporteres.

  • Zé Mundico

    O problema é sério mesmo mas, cá prá nós, será que tem doido que usa controle de cruzeiro descendo uma serra, por exemplo?

    • Pietro_Turbo

      Não precisa ser uma serra para passar por um perrengue dos grande com o problema relatado pela matéria.
      O desligamento do motor pode ocorrer numa pequena descida. Caminhões um pouco maior bastou um vacilo como esse para passar por cima sem nenhuma dificuldade …

    • Edson Fernandes

      Mas imagine vc em uma estrada como a rodovia Washington Luiz que, apesar de ser uma estrada reta é de subida e descida. E aquele tipo de estrada “ondulada” onde justamente eu por exemplo, deixo o controle de velocidade ativo.

      E nesses casos pelo que parece, no Renegade eu teria problemas por exemplo.

      • GPE

        Exatamente

      • Pacheco

        Pelo menos ela é reta, agora imagina uma que tenha um minimo de curvas. Uma avenida por Ex. Eu mesmo pego a Marginal, Radial, 23 de Maio, etc e quando livre coloco no controle para não levar multa. E ai?

        • Edson Fernandes

          Mas o que eu quis dizer é relacionado a colocar no controle automatico e correr o risco de acidentes né? Além do que, vira e mexe tem uma curvinha aqui e ali. Disse reta pq 80% do trecho é só de reta.

          No caso dessas vias (que eu tbm pego), pode ter o risco do carro do nada morrer.

          • Pacheco

            E imagina a besteira que isso vai dar?

  • Junior_Gyn

    Estranhamente o GOLF TSI desliga o motor em pleno movimento e mesmo com o CC ligado em 110 Km/h, se você apertar o botão de Lig/Desliga por 2 vezes seguida. Já fiz o teste mais de uma vez. Até mostrei a um amigo meu. Fiz numa rodovia de mão dupla e estava deserta.

    O que acontece??

    R: Nada, o carro entra em NEUTRO e tanto o volante quanto o freio funcionam perfeitamente. Até estranhei pelo fato do freio continuar com a MESMA intensidade de frenagem, uma vez que o motor está desligado, era pra ficar duro o pedal, mas não aconteceu. Ainda neste modo você pode colocar o câmbio em qualquer posição que não acontece nada, até em (P). Para voltar a ligar o motor coloquei o câmbio em (N) e apertei o botão e o motor veio a tona, então voltei a alavanca em (D) e pressionei o botão do CC e tudo voltou ao normal. Fiz tudo isso com o carro ainda em movimento, numa leve descida.

    Outra curiosidade interessante !!!!!!!

    O freio de estacionamento elétrico serve como FREIO DE EMERGÊNCIA, achei bem interessante. Pasta PUXAR E SEGURAR o botão do freio de estacionamento com o carro em movimento que o carro freia com toda a força as rodas traseiras e NÃO TRAVA as mesmas devido o ABS. Testei até na CHUVA/PISTA MOLHADA em velocidade baixa e mesmo assim o carro sequer travou as rodas.
    Obs: O tranco é grande, td que estiver solto no carro vai sair voando pra td quanto é lado

    • Louis

      Interessante isso do freio de estacionamento. Eu achava que só funcionava com o carro totalmente parado.

      • Raimundo A.

        O freio de estacionamento totalmente mecânico quando em movimento substitui os freios dos pedais em caso de falhas destes desde que você saiba dosar e se o câmbio for manual, reduza as marchas, para ajudar na desaceleração.
        Esse princípio, num veículo automático com freio de mão comum deve ser mantido , pois se o motor parar e assim perder a assistência a freio de pedal e ao câmbio, o condutor terá que apelar para o freio de mão. Por proteção, acredito que como descreveu o colega acima, o câmbio fica numa situação de neutro para não danificar as peças.
        No caso do freio de mão elétrico, tem que funcionar com o veículo em movimento, afinal como ele simulou desligando o motor, o sistema teria que está apto a ajudar a frear o veículo porque é um motor elétrico que aciona o mecanismo que pressiona a pastilha/tambor normalmente acionado manualmente por chicote.
        O sistema elétrico não deixaria de funcionar com o motor desligado exceto de a bateria der pau.
        O sistema ABS é um mecanismo eletrônico que atua sobre o circuito hidraulico dos freios. Ele atua em tendência a travamento, rotação diferente das rodas, ou um ESP manda comando para corrigir trajetória. Se tiver pressão no circuito para garantir o funcionamento, ótimo.
        O colega acima achou estranho o pedal de freio conseguir ser acionado e não está duro ao desligar o motor. É um circuito hidráulico, e normalmente na primeira pisada com o motor desligado, tendo digamos o residual da assistência gerada pelo motor, vai funcionar como se o mesmo estivesse ligado por um tempo. Porém, experimente dar outras pisadas em sequência que vai endurecer.
        Penso que não é a existência de eletrônica num veículo que em alguns casos de pane não irá permitir a forma arcaica de funcionar dos modelos mais simples.

        • Junior_Gyn

          Não foi só uma vez que pisei no freio, foram 3 vezes e mesmo assim continuou com o mesmo poder de frenagem. Acredito eu que seja um sistema de emergência, agora, se o freio depois de um tempo com o motor desligado mesmo com o carro em movimento perder o poder de fresagem, não sei dizer.

          Só sei que qdo o carro está desligado e parado, numa Banguela por Ex, se vc colocar no neutro e deixar ele descer fica difícil parar só pelo freio, pq ficar mto pesado o mesmo e não segura o carro fácil.

      • Junior_Gyn

        Eu tbem. Li essa novidade no manual do carro.

    • Pacheco

      O carro deve manter alguns circuitos ainda em funcionamento. Um sistema de emergencia.

      Agora do freio eletronico é uma otima ideia hein.

    • radiobrasil

      Será que essa “brincadeira” com o freio não danificada não? Eu que não vou testar no meu carro kkk

      • Junior_Gyn

        Não foi uma brincadeira, mas uma possível situação que pode acontecer de o motor do seu carro falhar em pleno movimento. Então os engenheiros já pensaram em tudo. O carro se manter seguro e com freios funcionando perfeitamente para vc poder parar o carro com segurança. Não danifica nada

    • João Cagnoni

      Não trava pois o freio de mão do Golf usa as pastilhas e disco. Mesmo em carros com freios à disco nas 4 rodas, é comum ter o freio de mão à parte das pastilhas.

      • Como assim a parte das pastilhas? Todo freio de emergência funciona pela fricção da pastilha no disco ou tambor, sendo eletrônico ou não.

        • Pacheco

          Alguns modelos tem um tambor dentro do sistema de freio que funciona como freio de mão. A Chevrolet tem em todo sistema de disco nas 4 rodas.

          No C5 e Xantia dentro do cubo da roda dianteira, tem um freio a tambor que é usado para freio de mão. O carro usa o freio de estacionamento nas rodas dianteiras.

          • Obrigado pela informação. Sabe onde confirmo esses dados e o nome dessa peça? Não encontrei em nenhum lugar a venda. Queria estudar esse sistema que achei muito interessante.

            • Pacheco

              Não sei amigo. Sei dessa informação por que tive um carro com disco nas 4 rodas e informava no manual.

        • João Cagnoni

          Não, muitos carros com freio à disco nas 4 rodas tem o freio de mão à parte nas rodas de trás, em uma espécie de tambor. Não sou especialista no assunto, mas já vi o funcionamento.

          • O Pacheco falou… Fiquei interessado no esquema, queria aprender sobre ele… E não me surpreende que existe em Citroêns! Hehehe

      • Marcelo Alves

        O Polo e o Golf MK4 usam o freio de mão integrado à pinça de freio e se vc puxar a alavanca ele trava a roda mais rápido que um freio de mão que usa tambor.

    • Guilherme Batista

      Por curiosidade, como que você descobriu isso?

      • Junior_Gyn

        Leia o comentário que respondi acima deste seu. Pra não ter que escrever td denovo rs

        • Guilherme Batista

          Não tem a resposta. É que não estou querendo saber como você pra descobrir, mas porquê você teve a ideia de tentar desligar o carro em movimento? Ainda mais que tem que apertar o botão duas vezes. Não me parece algo intuitivo sabe.

    • Wellington Myph13

      O Golf tem Start-Stop, pro freio e tudo mais continuar funcionando, ele deve apenas acionar ele, desligando apenas os cilindros do motor e só aguarda o momento para re-ligar.
      Não acredito que isso seja normal de se fazer como se faz um “Cheat” de jogo (faz assim, depois, assim, aperta 2x ali e pronto, kkkk). Deve ser algum Bug que vc encontrou que nunca passou pelos testes de programação…
      Quanto ao freio de emergência, procure no manual se tem algo sobre isso, pois se ele faz mesmo com o carro em movimento, realmente deve ter alguma programação pra isso.

      • Junior_Gyn

        Qdo em movimento, ao apertar uma vez o botão aparece no painel do centro uma mensagem AO PRESSIONAR O BOTÃO NOVAMENTE O MOTOR SERÁ DESLIGADO.

        Ou seja, é uma programação do carro, está normal então. Nada de Bug

    • Marcelo Alves

      Que estranho o freio continuar funcionando com o motor em 0 RPM. Você tentou bombar o pedal de freio umas 5x pra ver se ele ainda continua eficiente? As únicas possibilidades que vejo para isso é: 1- Esse carro usa uma bomba de vácuo elétrica para o freio, 2- A central do ABS te ajuda a acionar os freios ou 3- Algum bug faz o painel mostrar o motor desligado, mas na real ele está ligado em marcha-lenta.

      Manda e-mail pra VW perguntando se isso é normal, se te mandarem uma resposta padrão, entra em contato com o site internacional da VW, vai que é bug e isso gera um recall haha.

      • Junior_Gyn

        Não bombeei o freio mas ele continuou normal mesmo após umas 2 freadas. Juro que tive vontade de mandar um email pra VW para matar está curiosidade. Mas nem vou perder tempo com isso não

      • Junior_Gyn

        Qdo em movimento, ao apertar uma vez o botão aparece no painel do centro uma mensagem AO PRESSIONAR O BOTÃO NOVAMENTE O MOTOR SERÁ DESLIGADO.

        Ou seja, é uma programação do carro, está normal então. Nada de Bug do carro

    • Thales Sobral

      O freio funciona normal na primeira freada, tem o vácuo que foi gerado quando o motor tava ligado. Dá pra parar o carro numa boa. E quando fica duro, mesmo assim o freio funciona, só é mais pesado. E a direção mecânica com o carro em movimento da pra usar também. Só fica inviável pra manobrar.

  • rafa.prebianca

    Atualizar a “bios”.

  • Airplane

    Falha gravíssima, que coloca vidas em risco !

  • 1945_DE

    As maquinas são mais inteligentes que os humanos, para baixo todo santo ajuda. Para que o motor ligado? KKKKK

  • CanalhaRS

    Estava demorando…

  • octavio cesar godoy

    Vichi, nem lançou e está assim? eu tenho um subaru forester 2010, nem sinal de recall