_Destaque Kawasaki Lançamentos Motos

Kawasaki renova motos off-road das linhas KX e KLX; preço inicial é de R$ 7.790

Kawasaki KX 450F 2017
Kawasaki KX 450F 2017

A Kawasaki anunciou na última quinta-feira, 11, a chegada da linha 2017 dos modelos da família KX e da KLX. Entre os destaques está a motocicleta KLX 140G e também a KX 250F, ambas com uma série de aprimoramentos para melhorar o desempenho no off-road.

A nova Kawasaki KLX 140G, desenvolvida para jovens e adultos, iniciantes e veteranos, conta com um quadro perimetral rígido baseado na série das KX com suspensão de curso longo de 33 mm na frente e sistema Uni-Track atrás e rodas de grande diâmetro (21 polegadas na dianteira 18 polegadas na traseira) calçadas com novos pneus Pirelli Scorpion MX Extra X.

O modelo é equipado com um motor monocilíndrico de 144 cm³, refrigerado a ar e com carburador Keihin, acoplado a um câmbio de cinco marchas. A motocicleta conta ainda com freios a disco nas quatro rodas, baixa altura do assento (860 mm) e peso baixo, de 100 kg em ordem de marcha.

Kawasaki KLX 140F 2017
Kawasaki KLX 140F 2017

A família KLX conta ainda com o modelo KLX 110, desenhada para jovens a partir de 13 anos, capaz de carregar pilotos de até 70 kg. O modelo usa um motor monocilíndrico SOHC de 112 cc, transmissão semiautomática de quatro marchas com embreagem centrífuga e partida elétrica.

Há ainda a KLX 450R, dotada de um propulsor quatro tempos de 449 cc, ajustado para oferecer mais torque em baixas rotações, acoplado a um câmbio de cinco marchas. A motocicleta usa quadro em alumínio.

Já do lado da linha KX, a nova Kawasaki KX 250F foi totalmente reformulada, com direito as inovações que a KX 450F recebeu em 2016. O modelo usa um chassi totalmente redesenhado com nova ergometria, mais fina na região do tanque, dianteira com melhor dirigibilidade graças as mesas inferior e superior mais rígidas, e peso reduzido em 1,7 kg, chegando a 104,5 kg em ordem de marcha.

Kawasaki KX 100F 2017
Kawasaki KX 100F 2017

Há ainda tanque de combustível e sistema de exaustão rebaixados em cerca de 20 mm para melhorar o centro de gravidade da motocicleta, banco redimensionado, balança da suspensão traseira com melhorias e novo amortecedor traseiro (mais leve).

Entre os equipamentos, há modo de controle de largada, acionado através de um botão no guidão; ajuste plug-and-play da injeção eletrônica, com fácil acesso a três mapas do motor; kit de calibração KX FI (opcional) com liberdade e precisão nos ajustes da injeção eletrônica, com mapas pré-selecionados; e suspensão dianteira com garfo com funções separadas (SFF) Tipo 2, com mola na direita e amortecimento na esquerda.

O menor modelo da gama KX, a KX 100, é indicada para pilotos que se encontram em pleno crescimento, com direito a alterações no visual, novo chassi, motor de 99 cc dois temos mais potente, melhor ergonomia com esmero nos encaixes e fluidez das carenagens, um novo assento e um guidão com até seis posições de regulagem.

Kawasaki KX 250F 2017
Kawasaki KX 250F 2017

Há também cubos do eixo da roda nos garfos dianteiros mais curtos em 12,5 mm e suspensão traseira Uni-Track com mecanismo de amortecimento redesenhado para que o amortecedor traseiro permita que a força de compressão possa ser gerada em velocidades menores em seu curso, com 24 cliques de regulagem para a compressão e 21 cliques para o retorno, além da pré-carga livremente ajustável.

Já a Kawasaki KX 450F 2017 traz mesa superior e mesa inferior mais rígidas, melhorando a estabilidade, suspensão dianteira a ar com bengalas revisadas para melhorar a posição com o chassi, banco com frame mais rígido (proporcionando mais aderência e resistência), ECU (Unidade de Controle Elétrico) reajustada e mudança no espaço entre o link do amortecedor e a balança.

Kawasaki KX 450F 2017
Kawasaki KX 450F 2017

Confira os preços das novas linhas KX e KLX:

KLX 110 2017 – R$ 7.790
KLX 140G 2017 – R$ 12.500
KLX 450R 2017 – R$ 33.490

KX 100 2017 – R$ 29.990
KX 250F 2017 – R$ 44.490
KX 450F 2017 – R$ 47.490

Galeria de fotos das novas Kawasaki KX e KLX 2017





  • fschulz84

    Já pode pedir música no Fantástico!

    • Pacheco

      Ia falar exatamente isso… kkkkk

  • Mr. Car

    Três em um ano é phoda, heim? Eu ia ficar muito aborrecido se, fora a revisão, ainda tivesse que levar um carro “toda hora” na concessionária. Talvez aborrecido o bastante para trocar de marca.

  • Hofflingc

    A mas o problema mesmo é o Dieselgate…..é um absurdo a VW…blá…blá…blá….

    • Robinho

      ??????????????????????

  • ViniciusVS

    Basta trocar por um powershift e resolve o problema.

    O melhor cambio…DO MUNDO.

    [Ironic]

  • alex

    Não adianta colocar muita tecnologia e não combater a Hilux no seu ponto mais forte, a robustez e durabilidade.

    • Rodrigo

      Nos EUA algumas pessoas dizem que Ford significa Fix Or Repair Daily.
      Está tipo isso mesmo.

    • Pacheco

      Entendeu pq a Hilux vende? KKKKK

  • FranciscoAdrianoSilva

    Sendo cauteloso, a 80km/h o câmbio reduz pra primeira marcha, já pensou?

    • Pacheco

      Imagina isso? A melhor coisa é não rodar com o carro até que tenha resolvido.

  • CanalhaRS

    Coisa boa, quanto mais recall, mais qualidade né? Huahuahuahuahua!!!!!

  • Gutemberg Ferreira

    Terceiro ou segundo recall ? O título fala uma coisa e o texto outra…

  • DGA

    Probleminha bobo, coisinha à toa, afinal de contas o que poderia acontecer se você estivesse a 140 Km/h em uma Br e a primeira marcha entrasse?

    • Pacheco

      Estourar o cambio e o motor e depois capotar o carro e causar outros acidentes?

  • Hofflingc

    Os americanos estão bem…câmbio que entra em neutro sozinho, cambio que entra em primeira marcha sozinho, carro que desliga sozinho….parece piada mas não é….enquanto isso a mídia comprada mete o pau em quem ameaça o mercado das queridinhas americanas…..