Land Rover Segredos-Flagras SUVs

Land Rover Discovery 2017 deverá usar motor 2.0 turbodiesel de quatro cilindros

land-rover-discovery-2017

Com lançamento marcado para o Salão de Paris, entre os dias 1 e 16 de outubro, a nova geração do Land Rover Discovery vai abandonar o atual propulsor V6 a diesel para adotar o mesmo bloco que equipa os modelos Discovery Sport e Range Rover Sport e Evoque, além do Jaguar XE, XF e F-Pace. Trata-se do novo 2.0 litros turbodiesel de quatro cilindros da família Ingenium, que deverá ser oferecido nos Estados Unidos e na China.

A informação ainda não é oficial, mas de acordo com fontes, a mudança visa diminuir o consumo de combustível e também as emissões de poluentes. Ainda não se sabe, porém, qual versão do motor Ingenium será utilizada no novo Discovery, mas é de se esperar que o novo SUV a diesel entregue cerca de 180 cavalos de potência e 45 kgfm de torque, associado a uma transmissão automática de nove marchas e tração nas quatro rodas.

Nas demais novidades, o Land Rover Discovery 2017 trará uma nova plataforma de alumínio, que juntamente com materiais leves em outros pontos da carroceria, deverá render uma redução de peso de 300 a 400 kg.

Mais detalhes serão divulgados durante o evento francês.

[Fonte: Automotive News]

 





  • Hadson Nobre

    Sabemos bem que em motores movidos a diesel o que importa é o torque, todavia, esses números de potência estão equivalentes aos de algumas picapes e utilitários do nosso mercado, só não esqueçamos que uma Land Rover como a Discovery custa significativamente mais, pra não dizer o dobro. Com certeza as versões a gasolina vão dispor de uma cavalaria maior, mas ainda continuo achando que deixa a desejar. Tal motor numa Evoque ou Discovery Sport está deveras adequado, tudo bem, mas numa Discovery, Range Rover ou no Jaguar F-Pace, o desempenho talvez fique aquém do esperado, dadas as características destes veículos (dimensões maiores, até sete ocupantes, peso maior). Imagine um destes veículos quando estiver blindado, irá se arrastar!

    • Lucas

      Concordo plenamente! Apenas 180 cavalos num carro que custará bem mais do que os atuais 340 mil é até falta de respeito. Lembrando que atualmente ele tem 2,5 toneladas sem ocupantes e carga.

      • nightwishjp

        Concordo, mas pelo uso maciço de alumínio, esse peso ficará bem abaixo com.

    • André

      Não se preocupe, hoje estão fazendo milagres com o downsizing. Um exemplo: Volvo XC90, mesmo a versão mais potente vem com um 2.0, seja diesel ou gasolina. Já li bastantes avaliações em publicações estrangeiras e nunca falaram que falta motor, muito pelo contrário. De qualquer forma, certamente a Discovery terá opção de um 6 cilindros. Também é preciso dizer que no primeiro mundo, quem compra uma Discovery, não está buscando status, luxo e alto desempenho, procuram um carro grande, espaçoso, versátil e off road, tipo um faz tudo. Para estes um diesel com desempenho suficiente está na medida. Quem procura status e desempenho vai para os Range Rover.

    • radiobrasil

      Mais torque sem potencia não é tudo.. vide o Renegade Diesel na pista vs o HRV… quem não viu, veja no Acelerados!



Send this to friend