América Latina Nissan Renault Sedãs Segurança SUVs Vídeos

Latin NCAP: Nissan Tiida Sedan e Renault Duster ganham quatro estrelas (vídeo)

duster-ncap-1

O Latin NCAP divulgou dois novos resultados de testes de segurança com carros vendidos no mercado latino-americano. O Nissan Tiida Sedan ainda é fabricado no México, onde a montadora disponibilizou sem custo uma unidade para avaliação do instituto.

O sedã japonês obteve quatro estrelas para proteção de adultos e duas para crianças. O modelo é vendido agora somente com airbag duplo e cintos com pré-tensionamento. O Latin NCAP diz que isso é fruto do resultado anterior do Nissan, feito sem bolsas infláveis.

tiida-ncap-1

O outro modelo avaliado foi o Renault Duster, fabricado e adquirido na Colômbia, mas equipado apenas com airbag do motorista. Mesmo assim, o SUV compacto da marca francesa obteve quatro estrelas para proteção de adultos e duas para crianças. Não havia Isofix para cadeiras infantis, embora constasse no manual.





  • Foxtrot

    Sera que o Duster brasileiro consegue um resultado semelhante ao colombiano?

    • Interessante ver que o Duster testado nao tinha aviso de cinto, logo os 11 pontos sao 4 estrelas mesmo. Mas a estrutura foi considerado instavel, nao podendo suportar cargas maiores. Embora foi no limite do limite de 4 estrelas, mas está valendo. Agora o Tiida, eita carro que gosta de ser testado. Essa já é a quarta vez testada.

      • Tosca16

        deveriam repensar essas pontuações, por que não colocam uma escola de 0 à 100; sei lá, muita gente olha só as estrelas sem ver que tem discrepância entre os mesmos carros que tiraram o mesmo número de estrelas .

        • Wilian

          Se é a assim a escala é porque provavelmente não tem tanta discrepância assim entre os mesmos carros com as mesmas estrelas. Não deve aumentar consideravelmente a chance de sobrevivencia em caso de acidente, que é o que importa. Garanto que muito leitor do NA ficou surpreso com isso. Agora talvez se convençam que o Sandero também é seguro e que provavelmente deve receber 4 estrelas num teste de colisão.

          • Tosca16

            bom, alguns carros poderiam ter tirado 5 estrelas mas faltaram equipamentos de segurança, outros ficaram no limite para serem rebaixados pra menos estrelas, tipo de 4 pra 3 e isso se repete constantemente, de 0 pra 2 com adição de equipamentos, de 2 pra 3 com algum aviso sonoro ou coisa do tipo … pra mim faz uma escala logo, de 0 à 100. E com critérios rigorosos e de conhecimento geral do público, não é pra o mesmo carro tirar digamos 35 e num outro teste por que adicionou algum alarme sonoro passar pra 50 ou mais, tem que ser mínima essas alterações .

      • Diego

        Imagino que no caso do Tiida, pq ele está a muito tempo no mercado, sofreu algumas mudanças de equipamento para melhorar a segurança e pq a Nissan disponibiliza o veiculo pra testes sem custos.

        • Bruno_O

          Não, desde o antigo ele tem a mesma pontuação.

    • ObservadorCWB

      Veja o teste completo. Não sei porque o NA não posta o vídeo. A concorrência mostrou e levou um bom tempo para conseguirem abrir a porta do motorista. Dica…..quatro….ro..s .. kkk Procure lá, chega a ser engraçado o instrumental e a força aplicados para abrir a porta.

    • celso

      A única diferença deve ser o pó que sai do airbag quando o mesmo se infla.
      Sendo fabricado na Colômbia, esse pó é suspeito. Rsrsrs.

    • Alligator

      Esse Duster é fabricado em CKD, muito provavelmente ele é Romeno

    • Peter Bishop

      Acho que melhor. Aqui tem 2 airbags.

  • oloko

    Para ver a diferença né, um duster com 1 air bag ganha 4 estrelas, onde em testes na europa e eua carros com 6 7 air bags não ganham nota máxima, fica uma duvida em relação a qualidade

    • Rodrigo

      O número de airbags é apenas um dos fatores que influenciam na performance de avaliação do NCAP.
      É importante, mas não determinante.
      As análises consideram diversos fatores, desde airbags, deformação de carroceria, intrusão de coluna de direção, vazamento de fluidos, HIC (head injurie criteria), dados computados nos dummies e por aí vai.

      • oloko

        Sim eu entendo, mas mesmo assim a discrepância entre os testes é grande, o que faz pensar quanto um duster desse tiraria em algum desses outros testes,justamente pelo fato de quanto mais exigente o teste, melhor para o consumidor

        • Silas Rana

          A diferença principal está no fato de testarem no Latin-NCAP apenas impactos frontais. Enquanto nos mais exigentes tem os laterais com barreira móvel e fixa também. Se pegarmos apenas os mesmos testes europeus e americanos, por exemplo, certamente a grande maioria deveria ter o nota máxima. Mas, como na nota final lá é uma ‘média’ de todos os testes, as vezes um carro pode não ter um bom desempenho em um determinado tipo de colisão, o que diminui a nota…

          • Junoba

            Os testes laterais são feitos no Latin Ncap, mas só se a fabricante quiser ter as 5 estrelas e ser aprovado no teste

        • Gustavo73

          A partir do ano que vem, teremos obrigatoriamente 2 testes de colisão lateral. Aí os Airbags laterais farão diferença. Nossos testes tem só 5 anos, contra décadas em países de primeiro mundo. Estamos evoluindo.

      • Davi Millan

        Exato. O Airbag é uma ferramenta muito útil dos automóveis para que suas pontuações sejam melhores, porém ele só não basta para ter uma boa pontuação, como é o caso do Peugeot 207 que por mais que tivesse Airbags, a sua estrutura e a falta de cintos com pré-tensionadores fizeram com que o mesmo tivesse 2 estrelas na época, sendo hoje comparável a 1.

      • Mayck Colares

        Por falar em Head Injurie reparem como a cabeça do motorista ricocheteia e bate na coluna no teste com bastante força, na imagem em câmera lenta da pra ver a onda causada pelo impacto!

        • Gustavo73

          Várias partes do Dummie tem acelerômetros e outros sensores para avaliar a desaceleração e força G dos impactos. Eles serão os principais responsáveis pela pontuação relativa segurança física dos ocupantes dos carros.

      • FocusMan

        Para o Impacto frontal, o que foi testado, o que importa é o air bag frontal. Fosse testado o lateral, o carro dificilmente teria 3 estrelas.

    • Pelo que sei os testes americanos e europeus são mais exigentes, principalmente com equipamentos como isofix, fresagem automatica. .. mas creio que quanto ao nível de deformação da carroceria seja igual. No caso americano tem a questão de pegar 25% da área do carro no momento da colisão.

    • Junoba

      O Duster testado na Europa tinha 4 Airbags, não 6 ou 7.

  • Fabio Marquez

    Cintos com pré-tensionadores, ISOFIX e um air bag para o passageiro, embora, aparentemente não tenha havido contato do passageiro com o painel fariam melhor para o Duster neste teste.

  • Junoba

    Uma pergunta. Porque testaram o Tiida novamente, já que modelo hatch foi testado em 2011 com 1 e 2 bolsas !? Ou seja, de novo só o Duster.

    • Pedro Rocha

      Deve ser porque o Tiida foi 0800: uma estratégia de marketing da Nissan para melhorar a imagem do modelo.

      • Junoba

        Com certeza foi por isso, já que deu na cabeça de alguém do Latin Ncap testar o modelo sem airbags meses atrás.

        • Gustavo73

          Se o modelo mais simples não tem Airbags é oferecido ele será testado. Justamente para mostrar o quão importante é o dispositivo.

      • Davi Millan

        Com certeza foi 0800. Caso não fosse o modelo testado seria o sem airbags, que é o modelo de entrada no México (onde o carro é feito), pois a política do global Ncap é demonstrar a diferença que esses dispositivos de segurança podem causar. Porém como já haviam testado a versão Killyourself a Nissan deve ter cedido o carro para o teste para melhorar a imagem do modelo, além de corroborar a diferença citada.

  • Davi Millan

    É notável a pressão que o Latin NCap e a Global NCap estão fazendo sobre o mercado automotivo colombiano para que tenham carros mais seguros. Nem sempre a demanda é suficiente para que a evolução seja aplicada.

  • Brasil_MG

    O Duster brasileiro tem quantas estrelas?

    • Davi Millan

      O Duster brasileiro ainda não foi testado, porém a pontuação deve ficar um pouco superior ao modelo Colombiano, por ter mais um airbag.

      • Bruno Wendel Marcolino

        fora que o brasileiro tem isofix de verdade e não só no manual se não me engano hehe

        • Gustavo73

          O Duster tem isofix? Sandero e Logan não né?

      • celso

        Uma coisa é certa: o airbag do Duster brasileiro não solta o mesmo pó que o do colombiano, rsrsrs.

        • Alligator

          O colombiano já vem com anestésico de fábrica

          • celso

            Rsrsrsrs. Muito boa essa.

      • Ricardo

        Vc está equivocado, pois segundo o NCAP os itens de segurança ativa a mais do modelo nacional não garantiriam um resultado melhor, já que a estrutura foi classificada como instável.

      • Rafael Ribeiro

        Mas deve manter 4 estrelas. Não espere mais que isso. Não é mais um airbag a mais que vai melhorar a pontuação em grandes coisa. Até porque ele ficou no limite das 4 estrelas. O brasileiro talvez ganhe mais uma miséria de pontos mas no geral vai ser o mesmo desempenho desse aí. Agora para proteção de crianças, o isofix deve aumentar pelo menos pra 3 estrelas

  • Cyro

    Aguardando o dia que o LATIN CAP vai usar os mesmos critérios de EUA e UE.

    • Gustavo73

      São décadas de diferença entre a aplicação doa testes. Mas velocidade e ângulos são os mesmos. A partir do ano que vêm será obrigatório 2 testes de colisão lateral, poste e barreira deformável. Além de exigência de isofix, cintos(retrateis) e encosto de cabeça central, esp. Levando em consideração que aqui só existem testes a 5 anos é uma evolução e tanto.

  • Fábio

    Queria que o Onix e Prisma fossem testados novamente, já que segundo a GM eles receberam reforços estruturais. E até hoje o novo Ka não foi testado?

  • Cássio Amaral

    Sinceramente, acho ridículo que adicionem uma estrela só por causa de um simples alerta sonoro de cinto, deveria ser só pelos equipamentos de segurança e deformação estrutural. Na prática, devemos retirar uma estrela de veículos com aviso de cinto?

  • Gran RS 78

    Muito estranho a nota do Duster, pois o modelo só tinha air bag para o motorista, não tinha esp ou isofix, a estrutura deformou mais que o recomendado e a porta do motorista só abriu com o uso de ferramenta, e mesmo assim o modelo ganhou 4 estrelas? Acho que alguma coisa não está cheirando bem nesses testes.

  • Nostress

    É impressionante como tentam achar argumento contra a Renault, e quando não tem argumentos contra o produto tentam denegrir a imagem do instituto que fez o teste. O carro tira 4 estrelas (mais que muitos nacionais que são adorados), e ainda assim não se convencem que apesar de ter desenhos simples, a marca produz carros iguais ou superiores às marcas mais tradicionais. Não que sejam o supra-sumo dos carros, mas não são piores que os demais do mercado de grande volume. E segundo um relato desses dias atrás, com qualidade de montagem digna para suportar nossas vias. Vê-se claramente que o preconceito é enorme.

    • No_Name

      Do segmento dele é o pior em segurança. Ganhou 4 estrelas quase que por sorte, se pontuasse abaixo de 11 seria 3 estrelas e o LatinNCAP afirmou que a estrutura não suporta cargas maiores, então foi no limite mesmo. EcoSport tem 13,64 pts, Renegade 16,12 pts, e HRV também deverá pontuar bem quando testarem.

      • Rafael Ribeiro

        A eco fez 5 estrelas não fez?

        • No_Name

          Ganhou uma estrela a mais por causa de terem colocado um lembrete sonoro para atar cinto de segurança. Eu prefiro considerar a pontuação do 1° teste (4 estrelas), pois essa foi baseada só no crash test em si.

          • Rafael Ribeiro

            Eu tenho um eco 2.0 da geração anterior e meu pai tem um da atual, ja tive oportunidade de andar na duster 2.0 e pude comparar com as duas gerações da eco, tanto a minha quanto a do meu pai (ambas automaticas), e senti muito mais segurança com a eco atual do que com o duster. Se isso se refletir em estrutura de carroceria e etc, que creio eu que o projeto da ford seja bem superior ao da dácia, o eco deve ser bem mais seguro sim. Inclusive a eco antiga deve se sair melhor no crash do que a duster. Demoraram horas pra conseguir abrir a porta do carro após o teste. Imagina esse carro pegando fogo após um acidente com vitimas dentro? deus que me livre.

            • Wilian

              Só teria um jeito de saber qual é mais seguro. Bater os dois de frente na mesma velocidade. Seria legal ver esse tipo de teste… Mas tá provado que nem de perto a Duster é insegura como muitos pensavam. Pelo menos dá pra sair pelo porta-malas da Duster, da Eco não…

          • Marcio Santos

            O carro não ganha uma estrela por ter o equipamento, ele perde uma por não ter, se o equipamento é incluído a pontuação perdida retorna, é um pouco diferente do que tu entendeu.

          • DFARAUJO

            Errado. O cinco estrelas do Ecosporte veio também com o impacto lateral, não feito no Duster. E se quiser comparar com o Renegade tem que usar o 14.64 pontos, pois o Renegade também ganhou os mesmos pontos com o SBR.

  • Peter Bishop

    Duster. Sempre no CustoxBenefício.

    • Doyle

      sempre no Custo

  • Ricardo

    Como a coisa mais importante da minha vida anda no banco de trás, a Duster passa longe de ser uma opção pra mim. Próximo…

  • Claudio Abreu

    Como é que o dummie do Duster dá aquela putsa cabeçada na coluna B e os caras ainda dão estrela? Me explica, por favor.

  • Doyle

    Duster continua atrás da Ecosport