Ford Mercado SUVs

Leitor relata grande quantidade de EcoSport usados na troca por Honda HR-V

honda-hr-v-ex-avaliação-NA (31)

O leitor Erick Rugani está querendo adquirir um Honda HR-V e com esse objetivo, foi buscar preços e condições favoráveis em concessionárias da marca japonesa em São Paulo.

Durante a procura, ele apresenta dois fatos sobre o crossover nipônico no mercado local. Um deles diz respeito ao ágio, que de acordo com Rugani, varia de R$ 3 mil a R$ 5 mil.

O outro fato é que, durante a pesquisa de preços e condições, Rugani observou um grande número de unidades do Ford EcoSport em estoque, usadas pelos clientes na troca pelo crossover japonês.

ford-ecosport-1 (30)

Em uma loja da zona leste de São Paulo, havia pelo menos 17 exemplares das duas gerações do EcoSport, que em sua maioria entrou como parte do pagamento no HR-V.

No mercado, o Honda segue líder no segmento, tendo o Duster em segundo lugar (conquistado me outubro) e o EcoSport em terceiro. O Jeep aparece em quarto.

Agradecimentos ao Erick Rugani.





  • zekinha71

    Isso também explica a queda das vendas da Eco zero, além de não estarem comprando a zero está entrando no mercado uma grande quantidade de usadas.

    • Pacheco

      E devem estar pagando muito pouco. Otimo para quem busca um carro equipado e atual. Otima compra esse Eco Usado.

      • Ótima compra? acho que não.. lembre-se que o EcoSport foi reprovado no teste de 60 mil km de uma certa revista. Esse carro é só status por fora para os mais desavisados, por dentro ele é um new fiesta, acabemento porco se não forem as versões mais caras.

        • CharlesAle

          Não vejo com esse radicalismo todo. A Eco foi líder até chegar HRV e Renegade. 2 concorrentes novíssimos fica difícil, ainda mais que a atual Eco é de 2012!! Seu acabamento só é ruim na versão de entrada, fora essa, o acabamento não é ruim, senão até então não venderia tanto..Sobre essa revista, só digo que os motores Sigma estão firmes e fortes rodando por ai, alguns até bem rodados como Taxis, com o Focus..E não se vê videozinhos de gente reclamando do Sigma. As Css Honda aceitam Eco por que sabem que a Eco é forte no mercado de usados, do contrário, não aceitariam. E é normal alguém trocar um carro de 2, 3 anos por um zero…

          • Ser líder não quer dizer que é bom, quer dizer que muita gente comprou. ônix é líder, ele é a melhor compra do seguimento dele? Gol tbm já foi líder…Concordo que com dois concorrentes recém-lançados, fica mais difícil mesmo. Quanto ao acabamento, discordo. Meu amigo tem um freestyle e por dentro o carro tem muito plástico duro, aquele rádio que parece um MS-DOS. A revista não falou só do motor, falou de grilos, falha na construção e também falou do acabamento. Eu não compraria um Ecosport

            • Pacheco

              O primeiro Eco tbm tinha grandes problemas de acabamento. Todos sabemos que isso é de serie na Ford.

            • rpriamo

              E ninguém cala esse chroro… “plastico duro mimimimi, revistinha mimimimi”

              • Edson Fernandes

                Choro? Eu me irritaria se meu carro tivesse barulhos devido a qualidade dos plasticos e montagem.

              • x1

                plastico duro mimimi, acabamento ruim, mimimi, estepe pendurado mimimi,,,mas todos os mimimi’s tem algum sentido amigo!

              • Quem não tem argumento escreve ‘mimimi’.

            • Peuooo

              Plástico duro, por plástico duro, o HR-V tem tanto quanto… pode ser melhor montado, mas bebe da mesma fonte… e o eco, custa no minimo quase 10 mil a menos q ele…

              • 4lex5andro

                no caso da eco, essa queixa da montagem (desalinhada) no acabamento de portas e painel é compartilhada pelo fiesta tbm ..

                e ambos, fabricados na filial baiana da ford, coincidentemente..

                • Vinicius

                  O New Fiesta é montado em SBC, só o Ka e Ecosport em Camaçari

              • Na verdade o Ecosport tá rivalizando quase que diretamente em preços, considerando que só a 2.0 tem motor com cavalaria próxima do 1.8 do HR-V e do Renegade.

                • Peuooo

                  Depende do seu ponto de vista. O 1.6 do eco é mais que honesto para o carro, tanto que ele “perde” de 0 a 100 em 1s pro hr-v mesmo sendo 1.8… Então acho q esse negócio de comparar carro por causa de motor, não tem nada a ver…

                  • Tem sim, pois além da cavalaria, tem o torque, onde um carro com mais motor (maior litragem), berra menos, dando maior conforto na rodagem. E o Ecosport tem uma série de outros maus predicados que o tornam menos interessante até mesmo que o Duster.

                    • Peuooo

                      pra mim, no que peca o eco, é o tamanho em geral e uma melhoria no interior, apenas isso… O eco, acabou sendo escola pra todas as marcas e mundo afora, não apenas no Brasil… e acabou tb trazendo vários equipamentos que até hoje carros de categoria superior nem pensam em trazer… acho que é pegar muito no pé de um carro e ainda mais falar que seja pior que um duster… que antes mesmo, era sinônimo de carro podre, pobre de equipamentos, ruim, entre outros…

                    • Ecosport não é, nem nunca foi referência mundial, vide desde sempre ser tão criticado e em sua atual alçada a nível global, ser sempre muito criticado, a começar pelo tamanho, e pela falta de qualidade em geral, resultando em baixa robustez, que é a característica principal esperada de um SUV Crossover. Que fique claro, que tanto no Brasil, quanto no mundo, o Ecosport não é e não foi o primeiro SUV compacto a ser comercializado, mas por aqui, foi o primeiro a ter grande sucesso, justamente por ter sido o único dentre as quatro maiores marcas do país, por quase uma década.

                      Duster não é, nem nunca foi taxado de ruim, cumpre claramente seu papel de utilitário, com conforto, robustez e porte, ficando devendo é claro em equipamentos de segurança ativa. Refinamento nunca foi uma premissa para o modelo e para o segmento, sendo uma tendência atual, que será atendida pela Renault com o Captur, mantendo o Duster com sua essência de utilitário.

              • Nunca entrei no HR-V, não posso dizer como é..

            • CharlesAle

              OK..A revista testou as primeiras unidades, sempre propensas a muitas falhas de acabamento, montagem..Mas o motor , que o tempo provou, é muito bom e não é essa fragilidade que a revista quis mostrar..Por isso que não concordo ainda em dizer, apesar dos vídeos, que o UP TSI tem motor problemático. Pode ser apenas poucos casos isolados..

            • Robson Oliveira

              Amigo, se você acha ruim o rádio do ecosport, o que dizer do rádio do hrv?
              Até caminhão tem rádio mais bonito, sem falar no volante ridículo. Também não curto a eco, mas esse rádio e volante da Honda é tirar com a cara de quem paga 80k em um carro.

              • E o volante do Eco? parece um aro de bicicleta de tão fino, e ainda tem aqueles calombos escrotos. Realmente, parece que o rádio do HR-V também é tosco. Por isso, sou mais comprar um hatch médio mesmo…

          • Pacheco

            Realmente… ele tem otima revenda, porem acredito que não tem a mesma que terá o Renegade e o HR-V.

        • Rodrigo

          Compare os resultados do teste de 60000km do Duster com o do EcoSport. Praticamente o mesmo.
          Maaaas, o Duster foi aprovado, o Ecosport foi reprovado.
          QR se esforça mesmo em tirar fotos, nada mais. E dá-lhe jabá!
          No mês passado fizeram um ranking e encheram de fotos experimentais para apresentar os segmentos. Eu particularmente não gostei, mas há quem ache legal. Dê uma olhada!

          • Pacheco

            Mas a Eco deu problema no motor… e ela tinha aqueles problemas chatos que ninguem suporta. A Tampa do Combustivel que desalinha (ou cai), limpador de parabrisa que trepida, alarme que dispara na chuva…

            • Rodrigo

              A revista reprovou o EcoSport por causa das borras que deram no motor, além das pequenas avarias que também foram conferidas no rival francês.
              Com o mesmo efeito e intensidade dos problemas que o EcoSport teve, o Duster foi aprovado.

            • Peuooo

              foi na primeira fornada… o Eco, pelo que eu vejo, não tem mais destes problemas… os caras ja arrumaram isso, e a eco, nem usa mais esse motor, que acabou de mudar… enfim…

          • Viu a melhor compra? Toyota Etios..

          • Lu RS

            4R e Jabá tudo a ver!!!!!

          • Não… Duster não teve relatos de problemas no acabamento, rangidos, nem deu problema no motor.

        • Pacheco

          Como falei, é uma compra Usado. Eu sempre achei ele caro 0km, mas usado vale a pena. É um carro com otima aceitação e principalmente robusto. Eu acredito que o da Quatro Rodas tinha algum problema, pois não ouvi mais relatos de problemas a não ser no cambio auto.

          • Eu não vejo muito propósito nesses mini fake SUVs, a não ser que você vá fazer off road…sou muito mais comprar um hatch médio

          • Darwin Luis Hardt

            melhor esperar passar uns 2 anos e pegar um renegade usado! hehe aí sim

        • Junoba

          Lembre-se que essa e outras revista são muito manipuladoras. Por isso não compro mais nas bancas.

        • FocusMan

          Guedes, me desculpe, mas usar teste da 4 rodas como parâmetro para algo é de lascar…

          O defeito do Eco é encontrado na maioria dos carros testados, carbonização excessiva.

          Interessante é que o motor usado no Ecosport testado foi sempre referencia em relação a durabilidade em todos os meios.

          O problema maior do Eco não é relacionado a defeitos, mas sim ao exíguo porta-malas e ao controverso design que o deixou com cara muito urbana, ao contrário do que o consumidor padrão do carro procura, um jeepinho.

          • Não acho o Eco feio não.. pra mim, chuparam na cara de pau o Evoque.

            Pra mim, o maior defeito dele é o acabamento porco pelo preço que custa.

            Quanto a jabá… isso é muito complicado, realmente, tá se alastrando em tudo quanto é revista, jornal.

            Ficamos perdidos, sem saber em quem acreditar.

        • Peter Bishop

          Esse “reprovado” foi meio suspeito. Não se vê reclamações desse carro com mais de 60k rodados. Embora ele seja de fato uma porcaria.

        • Lucas Irrthum

          Me recordo que um parente adquiriu um EcoSport zero, porém da primeira geração, e tinha um aviso no quebra sol alertando sobre o risco de capotamento se você fizesse uma curva à 80 km/h. Na época achei hilário isso, mas no fundo o aviso era necessário. A estabilidade do modelo de primeira geração era ridícula, a carroceria rolava horrores. Quanto ao modelo atual, não posso dizer. Mas com Renegade e HR-V no mercado, jamais compraria um EcoSport.

          • Lu RS

            O aviso é norma, é obrigado a colocação para veículos que possuem o CG alto…

            E não…mesmo a Eco da geração antiga não rolava tanto a carroceria….

            • Lucas Irrthum

              Talvez fosse porque estávamos acostumados à veículos de boa estabilidade, e fosse um dos primeiros utilitários que entrava na família. O caso em questão é do meu tio, que tinha um Golf (ou melhor, Golfssauro) na época, e trocou na EcoSport. Ele sentiu muito a diferença, e não demorou para vendê-la.

              • Lu RS

                É que daí complica né kakakakakaka

                São universos totalmente diferentes!!!

                • Lucas Irrthum

                  Mas eu já li vários relatos de proprietários reclamando da estabilidade do modelo de primeira geração. Dizem que o EcoSport que está sendo comercializado atualmente, melhorou bastante neste quesito.

                  • Lu RS

                    Reclamavam do mesmo jeito que o seu tio, pois na época não existiam veículos semelhantes e com este “comportamento”…

                    A Nova Eco é uma evolução e como tal tem a tendência a ser melhor, mas mesmo a velha não serve como instável…….tanto que as reportagens elogiavam a mesma apesar da altura do veículo…

                    • Lucas Irrthum

                      Acho que você tenha razão, avaliar a estabilidade deste tipo de veículo varia muito do que a pessoa espera, ao que ela já está acostumada.

                    • Lu RS

                      É que geralmente a gente já vem de padrões e acaba invariavelmente comparando, ainda mais vindo de um Golf, que é um carro com uma estabilidade exemplar!

        • Robinho

          aff…pelo amor…nem vou comentar

          • é, quem não tem argumento se abstém de comentar.

        • Gran RS 78

          Mas isso só vale para os Ecosport 1.6, pois com 2.0 duratec a 4 Rodas não testou com esse motor.

      • Sorrindo_Pra_N_Chorar

        Sei não! Meu primeiro carro foi uma eco usada. Que bomba! (comprada em 2007, dois anos e meio de uso – 22.000kms). Já veio com braços da direção frouxo. A solução era trocar (R$ 1.000,00). A CSS Ford que tinha dado garantia de três meses no carro (na época só tinha um ano de garantia de fábrica), mas depois disse que era só para motor e câmbio (trocou com ordem judicial). Depois problemas de várias ordens. Guincho perdi a conta. quebra de suporte de motor. quebra de embreagem. Abs vivia dando problema. Depois na crise de 2008, aproveitei a promoção de um Fiesta 2008 0km, e devolvi a bomba na mesma CSS Ford. Depois ainda tive um Focus 0km (guinchado com três meses de uso), que mesmo tendo um acabamento superior ao Fiesta e Eco, ainda tinha muito plástico duro no seu interior. Mas a manutenção era o olho da cara. Com 60.000 Km quebrou o cabo do câmbio automático, e percebi que o carro já estava começando a ter problemas de velhice (rsrsrs). Deixei em uma CSS Honda na troca por um Civic usado (1 ano e 11.000 Kms), e daí para frente só alegria! manutenção, só a do manual e barata. Já estou no meu 2º Civic (usado) e não me arrependo de ter me tornado um cliente da Honda!

        • leomix leo

          Estou no meu primeiro e usado tb, 2012. Queria muito pegar o Fusion de minha mãe daqui a uns 3 anos, só que estou gastando em uma casa do 0, ai acho que não vai dar. Vou partir para outro carro, de preferência um civic.

      • x1

        Eu até cogitei comprar uma, na cor branca, mas a primeira coisa que eu ia fazer era tirar o estepe pendurado e deixar a tampa lisa ( tem várias Ecos assim na net), e também tirar aquela roda de liga com desenho de flor, e colocar outra mais bonita.

    • Deadlock

      Não sei como a Honda está aceitando esse carro que, novo, não é lá grandes coisas, usado vira nhecosport.

      • Pacheco

        Por que ele tem o mercado a seu favor… o Eco tem revenda garantida e no preço que eles vão ofertar, é uma otima compra.

        Quanto será q eles estão pedindo? Abaixo de 45 mil reais?

        • Peter Bishop

          Ouvi dizer que eles pagam 38 na média e vendem por 47!

        • Deadlock

          Na verdade porque isso é muito interessante, pois tira clientes da concorrência.

      • duhehe

        Não é a honda e sim o concessionário, a honda não tem nada a ver, e outra poucos carros ficam na mão da concessionaria, ganham 2, 3 mil e passam para alguma multi marcas que ganha outra fatia e assim vai indo.
        A quantidade de carros que entra via troca por 0km é imensa.

    • Bruno

      A HRV não tem qualquer negociação. a honda SP Japan está trabalhando com o preços de tabela e não tira nenhum centavo, na verdade o consumidor precisa ter sangue frio pra pegar uma dessas no preço que está…

    • C.A.

      Por que será que isso não me admira? Quem troca de segmento para os altinhos afinal de contas? Acho que quem está comprando esses lançamentos são principalmente os ex-donos de Ecos e Dusters… São minorias que decidem abandonar um sedã médio para ter um SUV compacto.

  • b.c

    A atual Eco foi lançada em 2012 e o povo comprou muitas, agora três anos depois querem trocar, já que ela continua igual partem para outras marcas como a Honda e a Jeep. Bom para quem procura uma usada.

    • Pacheco

      Concordo… hora da Ford dar um tapa nela ou lançar algo novo. Só o cambio PowerShifit no 1.6 não adianta.

    • Alvaro Guatura

      E o problema (pras concorrentes) é que o pós venda da Honda é superior.
      Quem entra nela ou Toyota depois fica com receio de mudar e se mantém na marca, caras ou não, a satisfação é grande.

      • Pacheco

        É algo que as duas já conquistaram e atualmente cobram por isso. Atendimento e honestidade.

  • FocusMan

    Esse Eco atual foi um grande erro de marketing e estratégia. A Ford passou 10 anos vendendo o carro que o Brasileiro queria e depois resolveu fazer o brasileiro comprar o carro que ela queria vender. O resultado está sendo visto agora.

    • RicardoP

      Fora a demora para lançar a segunda geração… Foram mais de dois anos de flagras, o carro foi apresentado e demorou mais um tempão para ser lançado. Quando começou a ser vendido já perdeu o aspecto novidade.

      • Pedro Rocha

        Se a FIAT Toro não fosse de um segmento novo, acabaria acontecendo a mesma coisa.

        • visanpai

          Mas a FIAT e FORD são mestras nisso, vide o Bravo (já chegou cansado) e o Focus que chegou com a cara antiga.

          • FocusMan

            O Focus chegou com a mesma cara que estava no resto do mundo. O modelo reestilizado chegou dois anos depois. Brasileiro gosta mesmo de reclamar viu…

            • Martini Stripes

              Mas o primeiro chegou com 1 ano de atraso. Não foi o Facelift que foi rápido, o primeiro que atrasou.

              • FocusMan

                O primeiro chegou dois anos atrasado. Mas na média do que temos aqui, ainda assim foi rápido.

                • Martini Stripes

                  2 anos com relação a Europa, mas era pra ter sido lançado 1 ano antes por aqui. Mas atrasou por instabilidade na Argentina. Tinha uma treta assim.

                  • FocusMan

                    Foram as greves. Rolaram varias tretas lá.

            • Brasil_MG

              Concordo que dentre as montadoras, a FORD é uma das que trazem as novidades primeiro. Novo Eco foi lançado primeiro no Brasil, Novo Ka também. Houve realmente um atraso no Lançamento do Focus (anterior) mas o Focus atual chegou até rápido. Ao contrário da Fiat e PUG que demoram 3 a 4 anos para lançarem no Brasil, um carro que já foi lançado em outros mercados.

            • Edson Fernandes

              A unica coisa que eu nção entendi na Ford foi: ela melhorou o facelift antes dessa atual geração atendendo aos clientes e depois ao fazer um carro que seria ao gosto da fabricante, esqueceu de manter o que tinha feito no anterior e o piorou?
              Pelo menos eu, que já andei em uma Freestyle vi certas montagens de peças od interior com uma boa diferença. Só dar o exemplo, o recorte do console central roçando no Banco. Perceba, não é o do banco ceder um pouco ao sentar, mas ele ficar ali colado gerando ruidos de movimento. Assim como ver o paralama com uma cor diferente do resto do carro (sem ter batido) e desalinhado perante os farois dianteiros (na verdade o dianteiro direito).
              E dentro alguns barulhos de acabamento vindo da reigão das portas e tampão.

              • FocusMan

                Coisas de empresas grandes… As vezes o direcional Global manda no mercado pequeno.

                Veja o que aconteceu hoje na VW. É tudo obra do megalomaniaco Dr. Piëch.

            • Nem dois anos. O Novo Focus havia sido lançado no Brasil em novembro de 2013 e em junho de 2015 foi lançado o 2016 já com facelift, ou seja 1 ano e sete meses, o menor tempo já visto no Brasil.

              • FocusMan

                O Civic nos EUA mudou a frente e a traseira de maneira mais profunda em menos de 1 ano.

                • Não comparo mercados maduros com o nosso, pois lá carro usado nem tem valor, enquanto aqui ainda é patrimônio. No Brasil, o Focus detêm o recorde. Nos EUA, foi clamor da população consumidora, que paga barato num modelo como ele, por lá e revende por troco.

                  • FocusMan

                    Não importa. Aqui já tivemos casos piore do tipo, a GM vender um carro com dois anos modelo iguais e carros completamente diferentes.

                    O produto está lá para ser vendido. Eu não liguei em ter lançado um Focus novo. Meu ego não ficou menor. E olha, a tabela Fipe do meu carro até subiu depois do lançamento.

                    Nego reclamou em relação ao New Fiesta também, mas o preço do modelo mexicano mal caiu.

                    Isso é apenas reclamação de quem liga para ter o carrinho do ano. Eu não ligo. Ligo para ter o carro novo, funcionando bem. Comprei sabendo que ia sair o novo e quem comprou também sabia.

              • FocusMan

                Só uma correção O lançameto foi em Julho de 2013.

      • FocusMan

        É, tambem não concordo muito com essa estratégia de apresentação. Você acaba matando as vendas do produto que ainda está no mercado ou dando vendas para o concorrente .

      • zekinha71

        Aconteceu isso com o 2008, só rolando fragas, era pra ser lançado primeiro e acabou sendo lançado por último e pra ajudar propaganda quase inexistente.

    • Deadlock

      Na verdade vendeu não tinha concorrentes. O ECO sempre foi um carro com bom design, mas claustrofóbico, e vendia bem porque criou essa categoria no Brasil e reinou sozinho durante um bom tempo.

      • FocusMan

        O Eco antigo era um carro muito bom. Tinha bom espaço interno e uma boa suspensão. Passado os primeiros dois anos onde o carro tinha problemas de corrosão, foi só alegria para os proprietários. Nunca gostei do estilo de carro, mas quem teve geralmente coleciona boas lembranças.

        • Martini Stripes

          O primeira era uma gambiarra forte, mas foi revolucionário.
          O porta-malas nunca foi o ponto forte da Eco, a diferença era a falta de concorrentes, agora que tem outros, vão nos outros, natural.
          Se não melhorar espaço e qualidade de montagem e nível de materiais, pelo menos nas top, vai ficar pra trás (já ficou).

          • Edson Fernandes

            Não foi uma gambiarra porque foi estudado com base nos carros americanos altinhos. O desenho de robustez veio em parte da Ranger e o conceito de plataforma do Fiesta que atendia bem ao publico desejado.
            O que eles fizeram foi só mudar o panorama das coisas e nessa epoca inclusive o carro veio a trazer o gosto de ter um carro altinho para as pessoas sem precisar ser um jipeiro. A pessoa experava certo confrto que o Ford deu. Por isso teve muitas vendas. Ele era falho em outras, mas similar ao Fiesta.

          • FocusMan

            Não era gambiarra não. O carro existia na Europa. Foi trocado apenas a parte traseira e a suspensão foi levantada. Chama-se Ford Fusion por lá.

        • Leo

          Temos em casa até hoje um Freestyle 2008, com 97 mil Km rodados. O carro NUNCA (repito, NUNCA!) nos deixou na mão. Fazemos a manutenção de rotina (óleo, filtros, discos/pastilhas) e ele simplesmente não quebra. Roda um bocado em estrada de terra e a suspensão continua original. Motor continua respondendo normalmente. O acabamento está inteiro, mas a porta traseira faz barulho quando trepida. Minha mãe está resistindo a trocá-lo por um mais novo.

  • _William

    Algo me diz que essas pessoas não voltam mais pra Ford..Se a Honda aplicar o tão famoso pós venda e conseguir fidelizar esses clientes, é um soco duplo na Ford.

    • Arthur Lima

      Eu já tive carro Ford 0Km e me encaixo perfeitamente no seu raciocínio. Não volto a comprar carros da marca, nem sob tortura.
      Ford para mim, nunca mais.

      • Marcos Lopes

        exatamente a mesma impressão que tenho sobre vw !
        VW NUNCA !

        • Robinho

          eu tbm…VW nunca.

      • Peter Bishop

        O que houve com o seu. Tive três e nunca me deram dor de cabeça. Mudei esse ano para a BMW, mas não tenho nada contra a Ford, só os motores que são beberrões.

        • RicardoP

          Igualmente, hoje estou com um VW, mas antes tive um Ford e nunca me deu problemas.

        • Arthur Lima

          O carro virou um chocalho ambulante e ficou assim até eu vendê-lo após 3 anos. Concessionária nem ameaçou consertar. Fora isso, o atendimento em 2 ccs que fui se mostrou péssimo.
          Na hora da compra te tratam como um fantasma, vc entra na ccs, fica perambulando pela loja e os vendedores no maior bate-papo entre eles. E na revenda? Queriam que eu praticamente doasse o carro para pegar um novo. Acabei vendendo para particular.
          Fora isso me sempre me desagradou o plano de revisões de 6 em 6 meses. Isso eu até aceitei na hora da compra mas não sabia que viraria uma encheção de saco como foi.
          Hoje, eu tbm não compro carro da VW por causa destas revisões semestrais. E já ouvi dizer que o atendimento em ccs VW é bem ruim.
          Tá difícil, ccs Peugeot fechou na minha cidade, Honda e Toyota nunca teve. Estou de olho num Renault, minha prima tem um Fluence e nunca reclamou do carro.

          • Rmx

            Eu acho esse negócio de revisão semestral uma robalheira mesmo !
            O povo nem sabe, mais na EU essas mesmas marcas fazem troca de óleo a cada 15.000/20.000 km ou um ano e manutenção a cada 2 anos ou 30.000 km.
            Tive um Renaut Megane e era tudo a cada 30.000 ou 2 anos!!! Comprei e vendi ele sem nunca parar para nada.
            Peugeot 508 SW Diesel 1 ano / 15.000.
            Dacia Doker Furgão Diesel 1 ano / 20.000 km, isso para carro popular de trabalho nada de Premium!!!
            Golf GTI PP 1 ano / 15.000 óleo e 30.000 ou 2 anos manutenção!!!
            6 e 6 meses e piada, só no BR o povo aceita tudo mesmo e sai sorrindo!!!

            • FocusMan

              O problema é que lá o combustível permite isso.

            • Matheus Marques da Silva

              Estava conversando com um amigo chinês sobre os planos de manutenção deles (para caminhões, diga-se de passagem) e eles me disseram que como o povo é relaxado, eles ‘antecipam’ o que seria recomendado pro pessoal atender pelo menos o básico! hehe tipo, engraxar os cubos a cada 2000km e outras atrocidades.. hehe

            • Zé Mundico

              O problema é que nosso combustível é esse xarope que sabemos e tem outra coisa. Brasileiro não tem grana para fazer manutenção e usa o carro até dar no osso. Depois que gasta muita grana para consertar o que poderia ter sido evitado, ainda sai dizendo que o carro não presta e que a manutenção é ‘caríssima”……rsrsrs

            • Fernando S.

              Rapaz, aqui no Brasil o motor não ia durar 50 mil nessas condições que vc citou kkkkkk

              • Rmx

                As vezes não dura nem fazendo tudo como manda o Manual de estrupiação!!!
                Vou até procurar saber como é o plano de manutenção dos rarissimos carros Flex tipo Focus daqui, se o suco de cana afeta muito isso. Ou sera os outros aditivos da mijolina BR!

          • Sofro isso com meu 500 na Fiat. CSS totalmente despreparadas. Gosto muito do carro, mas o pós da Fiat é triste… não pretendo ter outro carro da marca.
            Tive 2 Sandero, a Renault dá umas pisadinhas na bola, mas o pós-venda é OK, eram rapidos e resolviam…

          • FocusMan

            Você vai comprar um Renault? Boa sorte!

            • Junoba

              Qual o problema !? Pelo mesmo aqui na cidade a CSS tem um excelente atendimento.

              • FocusMan

                Se você precisar da fábrica, me avise.

          • Junoba

            Meu avô está no segundo Fluence. É um carro bem bacana. A única coisa que ele não está gostando, é que quando ele freia dando ré, faz um barulho estranho. Ele levou na CSS mas não acharam nada, fizeram uma limpeza e diminuiu o ruido.

            Fora isso nada demais. Ele possui um excelente custo-benefício e é bem acabado. Nunca fomos tão bem atendidos em uma loja como eles, pelo menos aqui na minha cidade é sim, e a maioria são bem humorados. Uma vez o vidro do passageiro deu problema poucos dias depois da compra, e o mecânico fez questão de visitar ele e arrumar o defeito. O pós-venda está sendo satisfatório.

            Eu aprovo, e a escolha dele é um compra bem racional, muito bem equipado. Um modelos usado, um 11/12 se acha por 35k. Por esse preo tu só leva Civic/Corolla 2008.

            • Sedici

              Pois é… to tentando tirar o HB20s da cabeça da minha esposa e convence-la a pelo menos considerar o Fluence semi-novo. Muito mais carro por menos $$

              • Junoba

                Com toda certeza. HB20 é carro popular, totalmente diferente do Fluence.

        • Ele falou do pós-venda e não do carro em si.

      • daneloi

        Digo o mesmo. Tive o desprazer de ter dois fords zero (fiesta e focus) e tantos problemas que nunca mais volto pra marca. Os carros tem muitas falhas de qualidade e construcao e o pos venda eh uma piada.

      • Rodrigo

        Rapá… eu nunca tive problemas na Ford.
        Nem em atendimento e nem com os carros.
        Mas isso depende mesmo das pessoas, não da marca!
        Há concessionárias e carros ruins em todo lugar, não é exclusividade da Ford!

      • Já tive eco e hoje tenho um k+, cinceramente hoje não compraria um ecosport
        por vários fatores um deles é o espaço interno e do portamalas,já o k+ estou adorando pelo espaço interno e portamalas,consumo preço e equipamentos que comparados aos concorrente torna o melhor custo benefio atualmente,paguei 49,900 em k+ cor prata emplacado com sensor de ré insufilm calha de chuva e protetor de carter, esse negocio que nunca mais comprarei da marca x ou y é besteira, evito apenas as chinesas ou então uso o seguinte termo hoje não compro determinada marca mais futuramente quem sabe.

        • MMM

          Cara, me desculpe perguntar. Acho que o Ka+ tem ar condicionado de serie, entao pra que serve uma calha de chuva?

          • Gustavobrtt

            e protetor de carter prejudica a segurança

      • Audi a5

        Eu comprei um Fusion 0km em 2009 e vendo em 2012: nunca mais compro Ford. O pós venda te faz querer nunca mais ter carro.

    • jorge

      Nem pra Ford e nem para as outras 3 grandes

  • Algo que poucas pessoas não compreendem sobre mercado é que mais importante que vender um produto é fazer o cliente voltar a comprar. Honda e Toyota fazem isso muito bem , e inclusive quem tem muitas vezes indica para amigos. Já a Peugeot, Citroën e outras não conseguem fidelizar o cliente. E um detalhe importante é que ambas as quatro marcas expandiram seus negócios no Brasil pelo ano 2000 . Se uma marca hoje está melhor que a outra é por mérito. E um detalhe , quando se fideliza um cliente pode se cobrar um pouco mais. E não é só com automóveis que isso acontece.

    • Fabio Marquez

      Que o diga meu pai. Ele está no primeiro Corolla (que está com 3 anos de uso e 70 mil km, pois é carro de viagem daqui de casa) e já quer comprar um modelo novo. Estou tentando convencê-lo a pular fora só pela falta de itens de segurança, mas no restante a marca e o carro estão aprovados.

      • Lobo

        Só ele pegar um Civil a partir do LXR (80mil), que já vai ter o ESP, porem 2 air bags.
        No Corolla o GLi (80mil) não vai ter ESP, mas terá 5 Air bags.

        • Pacheco

          Eu prefiro ESP e ASR do que 3 air bag a mais. Segurança ativa do que passiva.

      • Wellington Myph13

        Só esperar o modelo 2017 que terá ESP/TCS/HLA.

      • Junoba

        Eu indico o Fluence. O seguro dele é bem barato porque é um carro menos visado, e é bem equipado. O Corolla não tem um bom custo-benefício, não sei como vende tanto.

        • Jackson A

          Provavelmente sabe sim, apenas não aceita, porem qualquer pessoa que participa de blogs automotivos sabe pq corolla vende muito.
          A não ser os meninos do super-trunfo.

          • Junoba

            Já li cada coisa absurdo sobre a Toyota , que nem convém acreditar, as pessoas exageram em tudo. Teve casos de proprietários disserem que nem precisa fazer alinhamento/balanceamento porque é um Toyota. Você sabe disso.

  • jorge

    Normal, o comprador do ecosport quer um visual diferenciado, e encontra um substitutoa altura no Honda, aliando a confiabiliadade da marca…um grande chamariz

    • Pacheco

      E a propria Ford não valoriza seu usado. A Honda como está com Agil, deve estar pagando um pouco acima nos usados.

      Quero ver como ela vai queimar todos esses Usados no mercado.
      E esses carros são otimos para compra, pq é daquele perfil de consumidor que roda pouco, faz revisões em concessionarias e o carro está novinho.

      • Gustavobrtt

        a Honda está rápida então srrsrs

  • Helio Cintra

    Para mim a HR-V só ganha em espaço, pois as duas são mais do mesmo.
    uma tem motor e não tem espaço, a outra tem espaço e não tem motor.
    esse 1.8 chora para carregar o carro. se colocarem o 1.5T ira melhorar e muito.

    • Bruno Brasil

      Aonde vc viu isso ? Eu sei q a Renegade sofre com isso, mas a HR-V?!
      Quanto ao carro em si, Ecoesport nada mais é q um Fiesta alto, um engodo ! HR-V é outra coisa…

      • Helio Cintra

        Eu andei em duas, o motor rende bem para o lado econômico, porem carregada 4 pessoas e bagagem é sofrível, falta motor ou falta uma boa calibragem da usar o CVT. já o mesmo motor no civic com cambio automático responde melhor, e os dois tem o mesmo peso, porem no civic a calibragem é outra.
        e como eu falei ela ganha em espaço, porem o acabamento de entrada é sofrível, e na versão top não tem sensor de estacionamento, vc tem que colocar a parte a salgados 1200 reias, na CCS.

  • 1945_DE

    Carro Ford para mim. Só se for o Mustang. Dos outro passo longe. Principalmente da Eco.

    • radiobrasil

      Até o Fusion não presta?

      • Bruno Brasil

        Pra que se pode comprar um BMW a preço dele ?!!?!

        • Ricston

          Depende muito da proposta (objetivo). De parecido, só têm a faixa de preço.

  • Eu queria é ver a foto dos 17 EcoSports.

  • Lucas Mendanha

    O Hzao la na frente da muito mais status que o oval azul né…

    Isso conta muito pra essa faixa de mercado…

  • Peter Bishop

    Honda malandra. O cara troca uma Eco com 3 anos de uso, valendo uns 40 mil e compra um HRV (que anda quase igual) por 85 porque ele é “premium”! Se isso não é enganar o consumidor não sei mais o que é… Mais justo o camarada pegar um Renegade Flex de 66k. Daqui uns anos vamos ver um monte de HRV em leilões de financiadores….

    • Mauricio

      Mas ninguém é obrigado a comprar ou trocar o carro atual por um HR-V. Só é “enganado” quem quer.

      • Deadlock

        Eles pagam porque não querem ser enganados na qualidade do produto e no pós-venda, além de terem um bom preço de revenda. Será que estão sendo enganados mesmo?

        • Mauricio

          Por isso coloquei o enganado entre aspas. Se vou gastar mais de 70 mil em um carro novo, irei comprar um que me agrade, nem que para isso terei que pagar um pouco mais. A maioria esmagadora das pessoas agem pela emoção na hora de comprar um carro zero rsss

    • Renegade de 66 k não existe. é 68,900

    • FocusMan

      Porque enganar? O consumidor compra o que ele quer comprar. Cada uma… kkk

      • Peter Bishop

        Engana que o HRV é “premium”. Premium é Q3 pra cima. HRV é o Fit por 30k a mais!

        • Jackson A

          21k a +*

          9 Mil é uma quantia considerável.

        • MMM

          30 mil a mais? Considere versoes semelhantes, diferenca de itens entre elas e matematica de criança que isso muda bastante.

      • Peter Bishop

        Engana que é “premium”, mas é um Fit de salto alto.

        • FocusMan

          Premium é um conceito criado pelo consumidor.

          • Gustavobrtt

            premium pra mim é de Copper, A1, DS3 em diante…

    • Hélio

      poizé… já vi gente dando 15 conto em carro fipe 25 na troca, mas enfim…

    • Zé Mundico

      Cara, a Honda não tá enganando ninguém, vai lá quem quer e quem pode. E pessoalmente acho o HRV muito mais resolvido que o Ecosport. Dependendo por quanto receba o carro na troca, pode até ser bom negócio.

  • Stefano

    Todo mundo sabia que o HRV seria um sucesso…
    A Toyota e a Honda estão quase como a Apple: pode lançar qualquer produto, pelo preço que for, que o produto se vende, Não precisa nem de publicidade

    Esse negócio de fila de espera e de ágio ainda fortalecem a ideia de que se trata de um produto exclusivo, muito desejado, muito procurado etc, e arrebata mais uma grande parcela de potenciais compradores

    Isso porque, cada vez mais, o mercado de consumo se presta como maneira de demonstrar a posição social alcançada, o ápice da felicidade na vida profissional, a estabilidade (emocional e econômica), o sucesso, a posição de vencedor, o orgulho da família e dos amigos, a posição de provedor de segurança e conforto para os filhos, etc etc

    Tudo bem, o dinheiro é mesmo necessário e isso tudo faz algum sentido… É muito melhor ir num médico de 600 reais a consulta do que esperar 6h sentado no posto por um recém formado ou um cubano.

    O problema é o cara que NÃO TEM como sustentar essa imagem e abre mão de coisas mais importantes, como alimentação, lazer, cultura, saúde etc para possuir um Apple Watch parcelado em 24x nas Americanas… Ou o cara que começa a dar 171 nos outros para sustentar o desejo desenfreado de consumir… E por aí vai

    • FocusMan

      Opa!

      Olha o Etios ai para quebrar sua teoria!

      • zekinha71

        Bem lembrado.

      • Jackson A

        Aquela aberração é … complicado né.
        Ele e Up só vão melhorar quando tiverem uma mudança drástica no visual.

      • Olha… o Etios está vendendo até que bem… me assusta o volume de vendas do mesmo com os preços exorbitantes ante o carro… o 1.5 XLS está custando R$ 53.000 com emplacamento e R$ 51.800 sem aqui em Porto Alegre, sem negociação, sem choro e nem vela… no máximo pagam a mais em quem entrega um semi-novo como parte do pagamento, mas sempre abaixo da FIPE se não for Toyota ou Honda.

        • FocusMan

          Pior que é verdade. Mas ele é o carro nacional que tem a maior depreciação atualmente.

  • Airplane

    Em termos de design, a Ford tem que tirar este estepe ridículo pendurado na traseira.
    Tanto o HRV quanto o Renegade não tem estepe pendurado do lado de fora.

  • Antonio

    Eu percebo outra coisa, simplesmente MARKETIG, por quem se dispõe a pagar

  • Antonio

    Eu percebo outra coisa, simplesmente MARKETING, por quem se dispõe a pagar

  • Lucas

    Imagina por quanto esses Ecosport estão entrando, e ainda vendendo o Hr-V com ágio… e a Honda ainda diz que não inaugurou a fábrica nova por conta da crise… ela é uma fanfarrona mermo. Eu fui ver o Hr-V, e vi que eles tão nem aí se a pessoa compra ou não, pq vem outro que compra, até para emplacar o carro, tem que ser com eles, pagando mais que o dobro do despachante, elencando venda casada. Honda virou premium mermo.

    • Lucas Salina

      A honda faz assim com todos os seus modelos. Ágio de 3-5 mil, jogam seu usado lá embaixo, tem q emplacar com eles e esperar a entrega. Por isso das 2 vezes que pesquisei honda, não fechei negócio.

    • Ágio fica com a concessionária e não com a honda. O mesmo vale do lucro do usado. Fabricar um carro é uma coisa. Vender é outra coisa. Isso não vale só pra carro.

  • EJ

    A Ford precisa reposicionar o Ecosport pra faixa de preço da Duster urgente, enquanto ainda dá tempo. Ou largar de mão do segmento.

  • Félix

    Isso é natural. É apenas a troca óbvia de quem tem um Eco e quer permanecer com um suv pequeno.

  • FocusMan

    Uma coisa interessante sobre esse tipo de consumidor de carro:

    Eles não tem fidelidade com a marca. Irão comprar o da modinha e ou que ofereça mais status.

    O HR-V e o Renegade são a bola da vez. Se a Ford lançar um novo Ecosport e o mesmo for elogiado pela imprensa, volta de novo a virar da modinha.

    • Cesar Mora

      Mas ao mesmo tempo são conservadores, não trocam uma Eco por um 2008 muito menos pelo J6… também nem consideram comprar um Subaru XV ( que está o mesmo preço das versões top do HR-V)

      • FocusMan

        Rapaz, analise bem os números.

        Muitos clientes que compraram HR-V na verdade vieram da própria Honda. Enquanto o número de HR-V vendida sobe todo mês, Civic e City vão caindo.

        Considerando que uma parte que tinha Civic passou a comprar Corolla, mas o Corolla não dobrou o número de vendas e que todos os concorrentes perderam em média 50% do seu mercado, a maior parte dos compradores de HR-V estão dentro de “Casa”.

        O Renegade é o verdadeiro “ladrão de clientes” da Ford.

        Muitas pessoas que compram Ecosport enquadram-se naquela categoria de pessoas que gostam de experimentar o novo e que vivem a vida de maneira mais leve que as pessoas que são conservadoras. Muitos desses clientes querem um Jeep pela sensação de liberdade (mesmo que falsa) que representam.

        • Cesar Mora

          Quanto a isso concordo plenamente… você tem os clientes Honda-Toyota que estão basicamente comprando só HR-V e Corolla, mas tem também a turma da “Modinha”… já o Renegade pega quem não foi fidelizado pelas japas.. ex- donos de Eco, Duster e também Cruze, além dos entusiastas da Jeep, e os aspiracionais dela também…

    • Jackson A

      Discordo…
      Pelo meu convício com pessoas com carros de honda e toyota eles são fieis sim.
      E dificilmente vão mudar de marca.

      • FocusMan

        Falei sobre pequenos SUVS, ou consumidor de carrinhos “Fofis e frescos”.

        O Consumidor padrão de Toyota e Honda é o velho comprador de VW. Compra qualquer coisa que lhe for apresentada.

        O Corolla 2012 do meu irmão segue a vida como um carro normal. A suspensão segue original com 97 mil km mas o carro teve vários defeitinhos de acabamento e até na bomba de combstível. Assim como o dele, vários outros tem os mesmos problemas, mas é um carro que ninguém tem coragem de falar mal, afinal, 90% dos consumidores que atestam que ele é ótimo trocam de carro a cada 3 anos e rodam 10 mil km por ano.

  • Bruno Brasil

    Óbvio, vc trocar um SUV falso por um verdadeiro, quem não ?!

    • Antonio_Brust

      HR-V tá bem longe de ser “SUV verdadeiro” também.

      • Bruno Brasil

        Mas bem mais perto q um Fiesta alto !

        • fschulz84

          Nem mais perto, nem mais longe…

          Nenhuma das duas sequer chegam perto de um SUV de verdade… E coloco todas as outras deste segmento no bolo (Renegade, Duster, 2008, Aircross, etc, etc, etc)

          Não passam de crossovers compactos altinhos que cobram infinitamente a mais do que seus originários compactos por uma falsa sensação de status.

        • Andre Bilha

          E o HRV não é um Fit alto não?

    • Christian Balzano

      SUV verdadeiro? Quem disse? Tá entendendo legal!

    • Matheus Lelis

      Fit alto não é SUV verdadeiro. O renegade sim é um verdadeiro SUV compacto.

  • Fernando S.

    Desculpem a sinceridade, mas uma pessoa que tem uma EcoSport do novo modelo (ou seja, 2013 ou 2014) e já quer trocar por um outro carro em 2015 merece pagar todos os ágios possíveis para deixar de ser burra.

  • Podem falar o que for, fazer todo o mimimi e tal.

    Mas tem que ser muito idiota e burro, para pagar ágio de 3 a 5mil em um carro que não é lá tudo isso, aliado a um mercado automobilístico em franca crise e decadência nos seus números de vendas…

    • Jackson A

      Não importa qual seja o carro, não se deve pagar ágio… mesmo que seja um super-trunfo da vida.

      • Ricston

        Eu concordo, mas, no caso de Veloster e Golf, quem pagou ágio logo no lançamento, acabou ficando “no lucro”.

      • André Flandres

        Se ninguém consegue comprar sem ágio, o que está errado é o preço da tabela. Isso é um princípio econômico tão primário, que ninguém deveria desconhecê-lo. Não existe nem jamais vai existir tal coisa, que muitos parecem acreditar que existe, como um oráculo que determina qual é o preço correto de um produto.

        O mercado “em franca crise e decadência” pode apenas transitoriamente gerar uma queda nos preços enquanto os estoques constituídos no cenário econômico anterior permanecem altos. Mas após a desova, a tendência é que os preços fiquem num patamar mais alto do que os do cenário pré-crise, compensando na unidade o que se perdeu em escala.

        Nada indica que a produção do HR-V já não está adaptada à nova realidade econômica, de sorte que, “podem falar o que for, fazer todo o mimimi e tal”, provavelmente o preço do carro é esse mesmo, de R$ 3 a 5 mil mais alto do que a tabela, esta sim provavelmente defasada.

  • Lucas

    Realmente, pagar ágio em qualquer produto, de qualquer segmento, é valorizar um produto mais do quê a própria fábrica valorizou, pq no preço já está embutido todos custos possíveis e imagináveis, até o lucro das concessionárias. Quam paga ágio, não merece respeito.

  • Fábio

    A mesma história se repetindo de 10 anos atrás: New Civic foi lançado e os pátios da Honda estavam cheios de Vectra.

  • mmcinza

    A Honda deve estar se divertindo. Por que, qdo o cliente encomenda a HR-V, ele dá um sinal e fica naquela espera para o carro chegar, mas o que muito acontece é aparecer uma HR-V de ultima hora, nem sempre na cor encomendada, mas na ansia de querer o carro, o comprador vai lá, pega o carro e dá o semi-novo na troca.

  • Vattt

    usadas bem novinhas!!! Ai sim um bom negócio.

  • Stefano

    Vi alguns comentando o teste em que o Ecosport foi reprovado na Quatro Rodas…
    Aproveito para relembrar que o Duster 1.6 também foi…

    E também gostaria de expressar o seguinte: muitos aqui no mundo mágico das redes sociais dizem que a “QUATRO PATAS” não merece respaldo…

    OK, um teste minucioso de carros ao longo de 60 mil km, com análise das peças por um mecânico, relatos de vários motoristas, relatos das revisões em concessionária e todos os defeitos, bem como fotos detalhadas de todas as peças após o desmonte do carro.. Enfim, um teste desses tem MENOS VALOR que os achismos de comentários de redes sociais…… Parem né. (sim, porque os comentários do NA, e dos outros sites congêneres que todos aqui visitam, não passam de uma rede social cheia de fakes que não têm os carros que dizem ter)…

    • Aplausos!

    • Valdemir Souza

      Muito bom, eu sou assinante e concordo com o que você diz, não só em relação a QR mas a outras revistas do gênero, opinião pessoal é importante, mas opinião de PROFISSIONAIS com certeza também são!

  • Diego

    Com todo respeito a quem comprou o carro, mas não vejo qualidades que justifiquem a compra desses Crossovers intitulados de SUV. Beberrão, plataforma simples de minivan, desempenho de carro 1.4, pouco espaço quando comparado a um Sedam, não tem aspirações esportivas, interior simplório….única explicação é um gosto particular pelo porte do carro.

    Não tenho um mínimo de desejo de ter esse carro, FIT e CIVIC teria desejo, apesar de mais baratos, prova de que não é uma implicância com a marca, conforme a necessidade, agora esses pseudos SUV eu vejo com grande demérito.

    • Ricston

      Depende muito de onde a pessoa roda. Um dos aspectos mais desejados nos crossovers é altura do carro em relação ao solo, bem como reforço da suspensão, justamente pelo solo lunar da maior parte das cidades brasileiras. Mesmo nas capitais, o asfalto não é lá de grande qualidade.

      Não concordo que seja apenas uma questão de apreciar o “porte” do carro.

    • Lucas

      Gosto não se discuti, merma coisa de dizer que quem compra sedam pra andar só, ou hatch pra andar em família… tiro por minha mãe, ando sempre de carro baixo, hoje anda de renegade , mais alto, mais facil de entrar, de sair, falsa impressão de segurança , status, já que algumas profissionais exigem isso… Então o que vale é cada um esta satisfeito com o que compra.

  • João Carlos

    O que pode não agradar no Eco:
    – é o pneu “nas costas”
    – pós venda ruim
    – não ter uma versão de “dois pedais” com uma caixa confiável e durável

    O seu visual mais de jipinho do que de perua alta (como o HR-V), fica com cara de imitação de um Jeep original. Só que agora quem gosta deste estilo, já não precisa comprar a imitação. Complicou o cenário pra Ford. Viva o Rei Mercado!

  • Andre Henrique Melo

    Guando foi lançado era novidade. Depois vieram outro concorrentes. Ford acomodou em seu produto. Reclamações de vários problemas mecânicos e acabamentos. Viva a concorrência.

  • Robinho

    Otima noticia ! bora compra minha eco seminova !

  • Amaral Oliveira

    e Logo Logo vem ai o IX25 da Hyundai e o da Toyota !!!! ai que esse fiesta disfarcado vai cair mais ainda!!!

  • Bikudin

    Quem agora vai se arriscar com uma Eco Automatizada (e que a Ford insiste em dizer que é automático), uma Free Style Pluz 1.6 está saindo 80.300 enquanto um HR-V 1.8 CVT está 79.700? Qual a preferencia? Nem preciso dizer.

  • GPE

    Confesso q achei estranho o comentário sobre o ágio. Aqui em Pernambuco, lugar onde o ágio sempre esteve presente na Honda, nem q fosse de mil reais, não ta sendo cobrado no HR-V. A única coisa errada é q o branco custa o mesmo preço das outras cores.

  • Valdemir Souza

    Dependendo do estado de conservação e quilometragem pode valer a pena pegar um Eco desses usado.

  • RED883

    E ainda pagam ágio na HR-V? Tem que ser muito burro…