Home Hatches Logan e Sandero 2013 chegam com novo motor 1.6 8V Hi-Power

logan sandero 2013 10 620x414 Logan e Sandero 2013 chegam com novo motor 1.6 8V Hi Power




A Renault lançou a linha 2013 do Logan e Sandero, a dupla romena que tem conquistado os consumidores brasileiros. A principal novidade é a introdução do motor 1.6 8V Hi-Power, que recebeu atualizações para atingir 106 cv com etanol e 98 cv com gasolina. Neste motor, o torque foi elevado para 15,5/14,5 kgfm, respectivamente.

O novo propulsor garante melhor desempenho e até 10% de economia na cidade e 5% na estrada. O 1.6 8V Hi-Power está disponível para Logan, Sandero e Sandero Stepway 2013.

logan sandero 2013 13 620x426 Logan e Sandero 2013 chegam com novo motor 1.6 8V Hi Power

Outra novidade é a introdução da versão GT Line ao portfólio do Sandero, ampliando a gama de opções. Os dois modelos também ganharam novos itens de série.

A versão Authentique 1.0 Hi-Flex do Logan agora conta com novas calotas, alavanca de câmbio com detalhe em alumínio, desembaçador traseiro, logotipo Renault cromado no volante e novos puxadores das portas. Os itens eram opcionais no modelo 2012.

logan sandero 2013 6 620x395 Logan e Sandero 2013 chegam com novo motor 1.6 8V Hi Power

Já a versão Expression agora conta com ar condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros/travas elétricas, faróis de neblina e computador de bordo de série.

No Sandero 2013, o alarme é acrescentado de série nessa versão, assim como rodas de liga leve com motor 1.6. Além do novo motor 1.6 8V Hi-Power, Logan e Sandero 2013 ainda dispõe dos já conhecidos 1.0 16V Hi-Flex e 1.6 16V Hi-Flex.

Abaixo, o conteúdo de cada uma das versões do Logan e Sandero 2013:

Logan 2013

Authentique 1.0 16V Hi-Flex – ar quente, desembaçador traseiro, frisos laterais na cor preta e novas calotas.
Expression 1.0 16V Hi-Flex – ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, farol de neblina e computador de bordo.
Expression 1.6 8V Hi-Power – ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, farol de neblina e computador de bordo.
Expression 1.6 16V Hi-Flex automático – ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, farol de neblina e computador de bordo.

Sandero 2013

Authentique 1.0 16V Hi-Flex – ar quente, desembaçador traseiro e limpador de vidro traseiro.
Expression 1.0 16V Hi-Flex – ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, farol de neblina, computador de bordo e alarme.
Expression 1.6 8V Hi-Power – ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, farol de neblina, computador de bordo e alarme.
Privilége 1.6 8V Hi-Power – ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, farol de neblina, computador de bordo, retrovisores externos com acionamento elétrico, rodas de liga leve e rádio CD Player 2DIN com comando satélite na coluna de direção.
Privilége 1.6 16V Hi Flex automático – ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, farol de neblina, computador de bordo, retrovisores externos com acionamento elétrico, rodas de liga leve e rádio CD Player 2DIN com comando satélite na coluna de direção.
GT Line 1.6 8V Hi-Power – para-choques exclusivos, faróis com máscara negra, novas rodas aro 15, adesivo nas portas dianteiras, lanternas traseiras escurecidas, aerofólio na cor preto brilhante, adesivo GT Line na traseira e acabamento interno esportivo), além do freios ABS, airbag duplo, ar condicionado, direção hidráulica, rádio CD Player 2 DIN e computador de bordo.
Stepway 1.6 8V Hi-Power – bancos em couro, airbag duplo, ABS, terceiro apoio de cabeça (somente com airbag), alarme perimétrico e adesivo para personalização são opcionais.
Stepway 1.6 16V Hi-Flex automático – vide acima.
Rip Curl – série limitada ainda disponível para a linha 2013

logan sandero 2013 9 620x379 Logan e Sandero 2013 chegam com novo motor 1.6 8V Hi Power

Abaixo, os preços sugeridos para Logan e Sandero 2013:

Novo Sandero Authentique 1.0 16V Hi-Flex R$ 27.030,00
Pintura metálica R$ 850,00
DH R$ 1.000,00
CA + DH R$ 3.700,00
Novo Sandero Expression 1.0 16V Hi-Flex R$ 32.610,00
Pintura metálica R$ 850,00
CD R$ 500,00
CD +Pack Segurança R$ 2.400,00
Novo Sandero Expression 1.6 8V Hi-Power R$ 35.930,00
Pintura metálica R$ 850,00
CD Player R$ 500,00
CD + Rodas de liga leve R$ 1.000,00
CD + Pack Segurança R$ 2.400,00
Novo Sandero GT Line 1.6 8V Hi-Power R$ 38.470,00
Pintura metálica R$ 850,00
Novo Sandero Privilège 1.6 8V Hi-Power R$ 38.470,00
Pintura metálica R$ 850,00
Pack Segurança R$ 2.300,00
Novo Sandero Privilège 1.6 16V Hi-Flex automático R$ 41.750,00
Pintura metálica R$ 850,00
Pack Segurança R$ 2.300,00
Novo Sandero Stepway 1.6 8V Hi-Power R$ 40.660,00
Pintura metálica R$ 850,00
Pack Top R$ 1.400,00
Pack Segurança R$ 2.300,00
Pack Top + Pack Segurança + Couro
R$ 4.800,00
Novo Sandero Stepway 1.6 16V Hi-Flex
Câmbio automático
R$ 44.870,00
Pintura metálica R$ 850,00
Pack Segurança +
Couro
R$ 3.400,00
Série limitada Novo Sandero Stepway
Rip Curl 1.6 16V Hi-Flex
R$ 41.150,00
Pintura metálica R$ 850,00

logan sandero 2013 3 620x347 Logan e Sandero 2013 chegam com novo motor 1.6 8V Hi Power

Novo Logan Authentique 1.0 16V Hi-Flex R$ 26.450,00
Pintura metálica R$ 850,00
DH R$ 900,00
CA R$ 2.800,00
Novo Logan Expression 1.0 16V Hi-Flex R$ 31.770,00
Pintura metálica R$ 850,00
CD R$ 500,00
CD + Pack Segurança R$ 2.400,00
Novo Logan Expression 1.6 8V Hi-Power R$ 35.480,00
Pintura metálica R$ 850,00
CD R$ 500,00
CD + Pack Segurança R$ 2.400,00
CD + Pack R$ 1.600,00
Novo Logan Expression 1.6 16V Hi Flex
Câmbio automático
R$ 39.230,00

Pintura metálica R$ 850,00
Pack +
Pack Segurança
R$ 3.000,00

Galeria de fotos do Logan e Sandero 2013:


  • Marciomaster

    De novo não tem nada, é o antigo motor 1.6 8v, que é um bom motor e deve casar muito bem com o conjunto e a proposta desses carros. Alem do mais vai acabar substituindo aos poucos o 1.6 16v, que na versão flex sempre foi problematico. agora esse tipo de matéria por aqui vai ser alvo de criticas, por que só tem 98cv, por que só tem 8v, porque o brasil é um retrocesso e bla bla bla…..

    • Leandro1978

      Não vão falar nada disso, porque é a Renault, agora, se fosse GM ou VW…

      • AutoIng

        Ah Leandro, mas não é você que trabalha na GM? De qualquer forma acho lamentável que o Privilége venha com um motor 8v. Pagar 38 mil pra andar de 8v em pleno 2012 é colocar um nariz de palhaço no consumidor.

        • Leandro1978

          Então, eu trabalho na GM, sou fanboy da VW e tenho um Fiat e um Ford…rs…(é uma brincadeira, vai que tem uns que acreditam…rs…)

        • josenum

          nao é pq é 8v que seja ruim, tem varios 8v ai que dao show em mesma cilindrada 16v.

          • GT4

            Excelente observação! E faltou citar que os de 8v não precisam girar além de 4.000 rpm para entregar o torque máximo, como é o caso dos motores de 16v.

            • marcelo_ricardo

              Não é bem assim, qualquer 16V moderno entrega um bom torque em baixas rotações. Além disso estão com a faixa de torque bem plana.

              • GT4

                Concordo. Alguns motores de 16v se destacam por entregar um bom torque desde cedo. Exemplo do E.torQ da Fiat e do EC5 da Peugeot-Citroën (PSA), ambos de 16v, mas que já disponibilizam 80% do torque a 1.500 rpm.

    • RmouraTW

      Se era tão fácil aumentar a potência desse motor porque não fizeram isso antes? E afinal o que foi mexido no motor? Creio que pode até ficar mais potente um pouquinho, mas a durabilidade certamente será menor também. Eu dirijo um logan 1.6 8v varias vezes por semana, e digo que o motor é MUITO FRACO, o pessoal fala até que é 1.4… Uma sacanagem tirar o 1.6 16v do Sandero GT, mas pelo menos vem com os adesivos infantis hot wheels.

    • Soichiro_Honda

      Nunca ouvi falar de problemas do K4M 1.6 16v… pelo contrário. O motor já era bom e foi inclusive transformado em flex na França, que na época importou o alcool brasileiro para testes. Econômico e com um desempenho muito bom se mostra disposto a empurrar Duster e os Megane GT. Aliás há testes desse motor no Fluence, inclusive esse motor equipa os Livina da Nissan.
      O que aconteceu na Renault foi um retrocesso. Deve ser mais barato fabricar esses K7M de 8 válvulas.

    • pauloferrer

      onde q esse motor 1.6 16v é problematico? tenho 2 carros com esses motores, um com mais de 90 mil km e não tenho problemas….

  • brnmilk

    pensava eu que os motores 16v eram mais modernos…

    • PauloPGomes

      Sim, são mais modernos.
      Mas exigem mão de obra especializada, coisa rara hoje no Brasil.
      É difícil encontrar mecânicos que saibam trocar a correia de carros DOHC (Double Overhead Camshaft ou Duplo comando no cabeçote), e se for mal feito, um abraço pro motor.
      Costumam usar óleos mais nobres, com trocas em periodos menores, e o brasileiro, espertão, poe oleo barato em periodos de troca menores que os estipulados pela fábrica, super esperto!

      Olha, sou a favor de evolução, de Downsizing com turbo, motores multiválvulas com comando variáveis.
      Mas temos que ser realistas, é raro achar mão-de-obra competente pra motores modernos.

      • Edson Roberto

        MÃO DE OBRA especializada? Estamos no mundo onde: Civic, Corolla, Focus, C4, entre MUITOS outros tem 16v.

        Impossivel a FALTA. Ah não ser que seja bem interior onde só tenha mexanico, pois de resto não é possivel que não saibam mexer com motores 16v simples.

      • AutoIng

        Mas olha o E.torQ 16v então… Ele tem corrente (não precisa trocar por muito tempo) e o cabeçote tem comando único (não duplo). É tão fácil de mexer quanto qualquer 8v, tanto que tem até fã clube dos Mini na Europa com esse motor.

        • GT4

          Esse motor é o antigo Tritec atualizado para ser Flex. Tem comando de válvulas por alavanca roletada, o que diminui o atrito e o número de peças móveis, e consequentemente, tem menor custo de manutenção.

          • Tripa-Seca

            Desculpa, mas desde o Zetec, quase todos os motores tem alavanca roletada. E isso não diminui o número de peças móveis, muito pelo contrário. Adiciona mais peças, só que mais barata, que é o rolamento, no lugar da bronzinha.

        • Tripa-Seca

          fã clube por fã clube, 320, Tipo, Tempra, Fiesta e Marea também tem…
          Assim como Zetec e AP…

      • Tripa-Seca

        Desculpa, mas não existe essa de óleo mais nobre, nem de troca em período menor. Isso é lenda.

  • TTropicthunder

    Fico tentando achar esse carro agradável mas não dá… Ainda bem que ele tem espaço…

    • Leandro1978

      É a principal característica dele…

  • _Hofmann_

    Eu não consigo entender a imprensa automotiva, que critica as montadoras de forma dura em seus textos, e ao mesmo tempo tem a coragem de chamar pequenas alterações de "novo", meio que obedecendo ao departamento de marketing das montadoras. É o caso do motor "TEC" da VW, um velho e ultrapassado VHT com consumo 4% menor, desse "Hi-Power", o mesmo motor K7M 1.6 8v de sempre, mas agora com alta taxa de compressão, que oferece o benefício do motor grilando com gasálcool, ou mesmo algumas publicações (não é o caso do NA), que tem a audácia de chamar um Gol G5 (que nem G5 era pra ser, na verdade) com farol de Fox, pelo nome de "Gol G6".

    É triste um motor velho, com 8 válvulas, ruidoso e áspero como esse, substituindo o K4M 1.6 16v, que já não era lá essas coisas em termos de modernidade, mas pelo menos oferecia desempenho condizente com a cilindrada, além de ter uma manutenção bem simples, não tão barata, mas não é um motor complicado de mexer, nem problemático. Enquanto os europeus estão usando modernos motores de 4 ou 5 válvulas por cilindro, com injeção direta, turbo e duplo VVT, isso sem falar nos Diesel de consumo baixíssimo, o brasileiro se contenta com seus modernos motores de 2 válvulas por cilindro, flex, que quando ótimos, fazem seus 10km/l na cidade, pois 16v é manutenção complicada e cara, não oferece torque em baixa rotação, potência não importa pra nada, etc, etc. Nosso mercado automotivo é vergonhoso.

    • pauloferrer

      perfeito comentario!!! tem que aparecer um Collor da vida ae de novo pra chamar os carros de carroça pra ver se da uma modernizada pq ta f…. noto que estamos andando pra trás mesmo, e é o povo que pede!!!

    • Rafael_CTBA

      Beleza…. é bem isso mesmo!

      Mas estamos no "Brasiu" e o IPI tá baixo, tem opções melhores? EU acho que não e que carro aqui é quase tudo igual, além disso as pessoas não vão deixar de ter o sonhado carrinho 0km. Então vamos de carroça mesmo enquanto o pessoal só se manifesta em redes sociais.

      OBS: Assistam o video do "Canal do Otario" sobre "carros" 0km.

  • victormsousa

    como melhorar o sandero GT line:
    -aumentando as rodas
    -suspensao esportiva
    -motor 2.0 16v
    -colocar a antena na parte traseira

    • rogeriulima

      Eu não gosto dessas versões esportivadas, mas tenho que reconhecer que esse GT line possui o melhor custoXbeneficio da linha Sandero, pois custa o mesmo que a Privilege porém já vem equipado com airbag e abs ficando só com a pintura metálica de opcional.

      • Edson Roberto

        E ainda, é possível retirar facilmente os detalhes "esportivos" dele. A unica coisa que não dá para salvar é o terrivel cinto vermelho. Eu acho de mal gosto.

    • k3p13r

      Já que existe a aliança RENAULT/NISSAN não seria nada mal colocar o motor 2.0 do duster, que é da nissan, no sandero GT.
      Creio que não o fazem pois seriam obrigados a melhorar bastante os freios do carango. No mínimo ABS, EBD e de quebra um bom SRS.

      • aprs

        O motor do Duster é Renault do finado Mégane com alguns ajustes. Não fazem isso por causa do freio, mas por questões mercadológicas.

        • k3p13r

          Existe a versao 2.0 com motor 16v cvvts do nissan sentra. :-)

          • aprs

            Existe, mas não no Duster. Consulte!

            • k3p13r

              Existe sim. Procure a versao de 61mil. Consulte ! http://www.renault.com.br/Veiculos/conheca-e-comp

              • aprs

                Não adianta dizer pra você consultar. Esse motor aí é do antigo Mégane, como já havia dito. Pesquise matérias sobre o lançamento do Duster, lá você verá que em todas as matérias o motor foi retrabalhado, o motor 2.0 do Mégane. Desisto!

  • gui_cds

    Podia introduzir motores 16v em toda linha né, seria uma mudança justificativa.

    E esse GT Line tá bem tosco!

    EEEEE BRASILL!!!

    • aprs

      Pra que? O 1.0 já sofre bastante por ser o único 16v de entrada (Picanto é caro). Muitos ainda tem ojeriza a 16v.

    • pauloferrer

      o povo não gosta nem…. tem q usar oleo mais caro, mecanica é mais dificil, não tem torque em baixa…. lembra não do gol só deu problemas e era Volks em imagina esse ae q é da Renô…… ta doido to fora….. (kkkkkkkkkkkkkkk)

  • Landrutt

    Reduzir o preço que é bom a dona Renault não quer. O Sandero Stepway e Privilege com câmbio manual continuam pelo mesmo preço de quando eram oferecidos apenas com o motor 1.6 16v. Houve uma involução nos carros mas o precinho continua o mesmo. Daqui a pouco ela vai trocar os motores 1.0 16v pelo parco 1.0 8v do antigo Clio RL, transformar em Hi-Fréx e dizer que é melhor por ser isso e aquilo. Curiosamente tentaram usar o 1.6 8v no apagado Symbol mas meses depois foi extinto. Deveriam ao menos ter reduzido os preços dos carros e deixado o GT Line com o 16v já que ele é um "esportivo". Só pra constar, comprar um Sandero Stepway "normal" é praticamente impossível, a muito tempo o modelo só existe na teoria e no site da Renault(e mesmo assim com dificuldade pra configurar), os vendedores querem porque querem empurrar o Rip Curl…e pra quem faz questão de airbags e ABS é um terror porque a maravilhosa série especial não oferece os itens nem como opcionais.

    • rogeriulima

      Pra quem faz questão de Airbag e Abs já vai ser dificil achar um Sandero a pronta entrega, triste realidade do nosso mercado.
      Por isso eu até dei um ponto pro Sandero GT line que já vem com esses itens de série, mesmo sendo tosco.

      • Landrutt

        Não sabia que o Privilege vinha sem airbags e ABS de série. Nunca gostei do GT Line mas admito que é mais negócio que o Privilege, versão, inclusive, na qual ele é baseado. Mais equipado e mais seguro mas em contrapartida leva-se os ridículos cintos de segurança vermelhos, os aros vermelhos das saídas de ar e as rodas pretas. Vou dar a dica pro meu cunhado, que é o interessado no Stepway, mas acho difícil ele querer, uma das razões pra ele trocar o 2009 dele por um zero é a suspensão mais alta.

        • Edson Roberto

          Bem possivel então por causa do motor não trocar o Stepway. Acredite, ele vai sentir falta.

  • diogo_rs6

    O pior é que a série anterior do Sandero GT-Line tinha motor 1.6 16V, o que faz deste novo metido a Ian Gillan (vocalista do Deep Purple na época da gravação do Smoke on the Water) um tremendo "embuste"

    <img src="http://farm5.static.flickr.com/4131/5116992339_8aca02de7e.jpg"&gt;

    <img src="http://quatrorodas.abril.com.br/salao-do-automovel/2010/img/galerias/renault-sandero-gtline01.jpg"&gt;

  • AntonioCarn

    Aprendendo (para melhor ou pior, quem sabe) com a FIAT em pelo menos uma coisa: Infinitas versões de um mesmo carro.

  • anderson_sp

    Este motor de "novo" não tem nada, deve ter sido recalibrado pra oferecer uns potros a mais, nada arrebatador e animador, o véio ROCAM antigo de 111cv parece ser melhor.

    • Edson Roberto

      Até o "véio" 1.6 16v que já equipou a primeira versão GT-Line era melhor.

      • GT4

        Discordo! Tanto o motor de 8v atualizado quanto o de 16v entregam o mesmo torque. A diferença é que o de 8v entrega o torque mais cedo e o de 16v entrega o torque mais tarde.

  • alfredo_araujo

    Falou tudo…
    Meu Polo anda muito bem até os 100kms…
    Agora… se estou em uma estrada a uns 120kms e vem uma subidinha qualquer… ele não aumenta mais a velocidade…

    • Edson Roberto

      Ahhhh não… meu C3 sobe… impossivel seu 1.6 com bem mais torque não fazer isso nessa velocidade… claro que também não deve ser uma serra ingrime, mas se for subidinha sobe sim (é o pico de torque do C3 justamente nos 120km/h).

      • AutoIng

        Subir sobe, mas sem a força do 16v. Cavalaria é importante sim, principalmente na estrada.

        • Edson Roberto

          Isso com certeza. E é nesse momento que considero um 16v (mesmo simples como da Fiat) divertido, pois é onde ele tem a potencia que se espera. Fica elastico.

          Mas dizer que um Polo "sofre" também é demais…

          • _Hofmann_

            É exagero dizer que sofre… O desempenho do VHT 1.6 é bom no Gol, Fox e Polo e razoável no Golf, mas se fosse 16v e com uns 115, 120cv, o desempenho seria fantástico, só que com essa cavalaria, a VW já tem o AP 2.0 hahahaha… É ridículo.

  • PauloEFS

    Lamentável a fatla de AB2 e ABS em todas as versões. Lamentável.

  • PortoWF

    Torque X Cavalaria é questão de gosto!

    • AutoIng

      Então podemos dizer que o brasileiro tem um "gosto único" no mundo… Só aqui preferimos motores velhos ao invés de unidades mais modernas. Brasil-sil-sil!

      • PortoWF

        Sobre ser velho é outro assunto!!!

  • zemarreta

    Ah bom, a potência continua menor que a do 16V, mas agora ele é HI-POWER, que faz uma senhor diferença,né…
    Agora quando alguém perguntar… qual é o motor do seu carro?
    O dono vai poder encher o bico pra dizer é um H I – P O W E R !!!!

    • Edson Roberto

      Talvez essa nomenclatura faça para as pessoas que tenham turbo em seus carros terem medo! Afinal, é um HI-POWER!

  • WillScherer

    Opinião é opinião, a minha é de que esse carro é excelente, possui um excelente custo (em relação ao preço praticado no Brasil), ele é extremamente confortável para a proposta de baixo custo, para o mercado que veio atender, as manutenções são tabeladas, e possuem valores condizentes no site da Renault, e o preço do seguro desse veículo é inferior aos demais de mesma categoria (dependendo do perfil).

    • Xico Pires

      Também concordo. O Custo x Benefício é excelente e conheço várias pessoas que possuem um Sandero que nunca, nunca tiveram problemas com o carro, bastando fazer as manutenções preventivas. Acho que visualmente esse "tapa no visual" que deram no Sandero ainda o deixa atualizado. Quem fala de motor "super pontente", é pra que? Vai correr em Interlagos?

  • edubasso

    O motor 1.6 16v k4m era muito econômico quando era somente gasolina, depois que virou flex ficou beberrão. A introdução do 1.6 8v em toda a linha é pra tentar conter o consumo que neste 8v é um pouquinho melhor.

    • pauloferrer

      10km por litro cidade, de 15 a 17 na estrada ta ruim? realmente ele era muito mais economico antes de ser flex…. mas dizer q é beberrão tb nao….

      • edubasso

        É, dizer que ficou beberrão é um exagero, ficou um pouco menos econômico quando virou flex. Assim como todos os motores que viraram flex…

  • JulioCMO

    Não tem coisa mais asquerosa do que motor 8V convencional… motor seco, ríspido, ruim em altas rotações, excessivamente torcudo e ruidoso, sem "apetite" esportivo algum, sem nenhum pingo de personalidade. Dá até tristeza guiar um carro com motor assim rsrs'

    Estou acostumado a guiar um Zetec 1.6L 8V todos os dias, maldito bloco e cabeçote de ferro, fiz o test-drive no "aluminado" Sigma 1.6 16V… pra que, hoje odeio ainda mais o meu Zetec =/

    • k3p13r

      pensei que o zetec rocam fosse com bloco ou cabeçote de alumino

    • Edson Roberto

      Ao menos seu Focus não parece "pesado" para o motor 1.6. Ao contrário do Sigma que no Focus é um desespero. (culpa do cambio que ficou bem mais longo).

      • Rafael_CTBA

        eu acho meu focus bem adequado…. eu estou satisfeito com a performance do motor do focus.

        Mas o Julio apelou, não tem comparação esse SIGMA! Eu fiz TD no Focus e pior.. no Fiesta! No Fiesta o Sigma caiu como uma luva!

        • JulioCMO

          É perfeitinho demais a combinação, principalmente no New Fiesta ! Nem parece setup nacional rsrs'

    • tpbastos

      Tive 2 Escort Zetec 1.8 16V. Máquina. A sensação de acelerar o "Zé" é fantástica. Mas, infelizmente, é difícil arrumar um mecânico que realmente saiba dar manutenção no Zetec 16v. E ele precisa de manutenção mais atenta.

      Pois bem. Hoje tenho um Focus 1.6 8v (Rocam). O motor é bom. Tem uma tocada que "lembra" o Zetec puro sangue. É bem mais econômico na cidade, mesmo consumo na estrada, manutenção quase "zero' fazendo que os "mexânicos" não estraguem o carro.

      Resumindo. 1.8 16V era pura emoção. Fico com ele.

      Mas como estou no Brasil e todas suas mazelas, o 1.6 8V é mais equilibrado.

    • Tripa-Seca

      Nossa, você conseguiu perceber o material que o cabeçote e o bloco eram feitos? Então não vai curtir o Ecoboost, que é do mesmo material! Eu também não curto muito acelerar meu Gol! Maldito óleo sintético!

      • JulioCMO

        O material pode ser o mesmo, mas o próprio ajuste do motor influencia nisso. Hoje a maioria dos motores tendem a ter um ajuste parecido com o do Zetec, ou melhor, parecido com qualquer motor genérico feito pra cidade, um monte de torque em baixas, morto em altas e sem apetite algum com tocada esportiva.

        E sim, dá pra sentir a diferença entre um motor e outro… principalmente pela vibração e do próprio peso que fica na frente do carro.

        • Tripa-Seca

          "…E sim, dá pra sentir a diferença entre um motor e outro… principalmente pela vibração e do próprio peso que fica na frente do carro…"

          heheh… Você sabe que está falando com um metalúrgico, não sabe? Ex funcionário de uma empresa de transmissões para carros de passeio Chevrolet, e caminhões VW, Fiat, Scannia…
          Um bloco de ferro fundido pode ser mais leve que de um alumínio (Como o Ecoboost). Só que nesse caso, ele será mais caro. E termodinamicamente mais eficiente.
          E desde quando vibração tem a ver com peso ou material do bloco do motor? Isso tem a ver com projeto de coxim e com curso de pistão e árvore de balanceamento (Que são sempre de aço, independente do material do bloco)…
          E essa de sentir o peso do motor é coisa que não tinha ouvido nem de Bob Sharp.. A não ser que você seja guincheiro ou empurre muito o carro…

          • JulioCMO

            Haha, conheço a figura do Bob Sharp… respeito, mas não me simpatizo nem um pouco, por isso sou suspeito pra falar do mesmo.

            O exemplo de peso é difícil de ser ilustrado no Brasil, até pela baixa diferença entre os motores que temos nos carros mais acessíveis, mas citarei uma experiência que tive no exterior: cerca de 4 ou 5 anos atrás, em uma viagem à família nos EUA, tive chance de dirigir 2 Accord, um V6 e um 4 cilindros, ambos carros "de casa" e ambos AT, era do chassi antigo ainda, os bons e velhos CD5, ou seja, não é culpa do carro. A primeira coisa que notei na primeira curva que fiz foi que o V6 arrastava mais de frente que o 4 cilindros, desde então eu comecei a reparar nisso. O feedback dificilmente aparece na direção, até porque existem meios de se driblar isso, mas a principal diferença fica na entrada de uma curva, principalmente quando são duas velocidades idênticas. A força no volante ou até a própria limitação dos pneus deixa evidente a diferença entre um carro e outro… detalhe curioso, foi por esse motivo que Carroll Shelby deixou de ganhar muitas corridas com seus Mustang V8… já que os europeus entravam em curvas muito mais rapidamente por usarem motores menores, Colin Chapman que o diga. Curiosamente, os Mustang V8 atuais ainda continuam com a maldição da frente pesada, até se comparados às próprias versões V6.

            No exemplo que citei, vibração não tem a ver com peso, pode ter parecido isso mas não foi o que eu quis dizer. As vibrações podem ser absorvidas de diversas formas, vide Saab, mas muuuuito dificilmente se encontra um motor de ferro que rode liso como um de alumínio, até a Ford confirma isso quando ela introduziu esse terrível Zetec 1.6 8V para o Brasil, motor que não tem um pingo de capricho na produção, típico burro de carga torcudo, além de soar como um liquidificador.

            Agora, Ecoboost tem inúmeras versões, não são todos iguais. Começando pelo 3 cilindros, ele deixou uma legião de apaixonados e odiadores pelo mundo todo por ser um tanto peculiar… ainda espero dirigir um deles pra poder dirigir, mas no Focus, todas as reviews elogiaram o desempenho dinâmico superior comparado ao antigo 4 cilindros.

  • Coringa

    Estou empolgadíssimo com a Dacia brasileira, cada dia pior. Olha, tira a DH, depois coloca motor traseiro e chaparia da década de 80, pronto, a maldita dacialização estará completa!

  • oliveirajc

    O mundo todo partindo pra injeção direta com turbo – pois multiválvulas já usam a decádas – e nós voltando para os 8 válvulas porque o mercado está pedindo (o velho pré-conceito com os 16V).

    Brasil, lugar dos "apaixonados por carros"… imagino se os odiassem…

    • pauloferrer

      na verdade é exatamente de futebol e carros acho q entendemos é muito pouco!!! basta olhar nosso campeonato e estadios e olhe os deles… e basta tb olhar nosso carros!!! pronto veremos quem é apaixonado mesmo…..

  • Corvo

    Bom, posso falar por experiencia própria e posso fazer uma análise mais detalhada. Tive um Sandero Expression 1.6 8v e troquei por um Sandero automático com pack segurança e a diferença entre eles é gritante em motor, acabamento, insonorização e equipamentos.
    O melhor do carro ? suspensão, estabilidade (mesmo sendo alto), espaço interno, pós venda excelente (pelo menos em SP capital), manutenção baixa e confortável.
    Sobre os motores, o 1.6 8v era muito valente, agradável na cidade e mais econômico, mas a diferença entre o 1.6 16v é grande a favor do 16v. Após 2800, 3 mil rpm o 1.6 16v vai embora, é mais silencioso, trabalha muito mais suave em baixas rotações (o 1.6 8v é bem barulhento). Em estrada, no 8v antigo tinha a sensação que ficava afogado em altas rotações. Nao sei se com as modificações que fizeram ele na pratica ficou melhor realmente

  • Long_life_tobigcars

    No brasil tudo é retrocesso. É o único país do mundo que retira um motor 16v para substituí-lo por um 8V.

    A ignorância é tão grande desses "entendidos" de motor que, para extrair mais potência desses motores 8V é necessário aumentar a taxa de compressão para mais de 12,5 no caso dos flex. Acredito que o motor desse Renault 8V deve girar em torno de 12 no mínimo. No 16V a compressão gira em torno de 9,5 ou 10.

    Quanto maior a taxa de compressão, maior o desgaste já que o motor trabalha em um regime de impulso do pistão com mais força.

  • macaense

    16v só nos automáticos? Mancada da Renault.