Finanças Mercado

Mercado: consumidor de menor poder aquisitivo sai de cena

comprando-carro-2

O mercado automotivo brasileiro enfrenta sua maior crise e todos saem perdendo com isso, especialmente o consumidor. Com o aumento do endividamento das famílias, restrições ao crédito, preços altos e perda da renda para a inflação, o perfil atual do cliente de carros novos é bem diferente daquele de dois anos atrás.

Com as finanças em marcha lenta, o consumidor de menor poder aquisitivo saiu de cena. A renda média dos clientes de carros novos entre 2012 e 2016, de acordo com fontes do mercado, subiu de R$ 5,2 mil para R$ 7,2 mil. Não, eles não passaram a ganhar mais, mas aqueles que já estavam em melhor situação, agora são os que sustentam o que sobrou do mercado nacional.

Muitos consumidores de baixa renda, quem podia comprar seu primeiro carro novo há, pelo menos, dois ou três anos atrás, hoje já estão fora do mercado. O preço do automóvel também ajudou a piorar a situação, aumentando bastante no período. O mais barato em 2014 era o Chery QQ por R$ 24 mil. Hoje ele custa em torno de R$ 29 mil.

O encarecimento dos carros, assim como dos demais custos e perdas financeiras por conta da crise econômica, acabaram cortando os consumidores que ganham menos. Assim, apenas quem tem situação financeira em melhores condições, pode agora optar por uma troca de carro. Por isso é que Corolla, HR-V e Renegade se destacam nas vendas, assim como compactos com venda média bem acima de R$ 40 mil.

O boom automotivo que impulsionou o Brasil no ranking mundial de vendas e produção, foi gerado em grande parte pelos novos consumidores, que saíram do mercado de usados para o de novos, catapultando toda a indústria e o mercado. Agora, o afunilamento provocado pela recessão mostra quem realmente ainda tem capacidade para comprar.

[Fonte: Valor]





  • Diogo Oliveira

    Isso não é novidade…

    • th!nk.t4nk

      Estou espantado que alguém teve o trabalho de escrever uma matéria explicando isso. Praticamente um Einstein.

      • Artur Barbosa

        A matéria suscitou várias (boas) discussões, acho que teve boa serventia. Realmente não entendo qual a finalidade de comentários como este…

    • Pedro Rocha

      Tanto que a melhoria qualitativa dos nossos modelos reflete isso, pois não há mais necessidade de lixos como Gol G3 ou Celta para vender para os de menor renda porque estes foram alijados do mercado pelos barbaridades econômicas do PT.
      Outro fator é o downgrade: quem tinha carro mais caro está passando a comprar carros de menor preço e quem vislumbrou esse movimento e passou a oferecer bons produtos em faixas de preço menores está colhendo resultados. A Hyundai, mesmo sem precisar, colocou um AT6 no HB20S, que hoje virou símbolo de classe média outrora ocupado pelo Corolla. A FCA trouxe o Renegade e mesmo com motor flex “meia boca” vende bem. A Chevrolet conciliou espaço bom espaço interno e câmbio AT6 na dupla Onix/Prisma e desbancou dinossauros como o Palio e matou o próprio Celta.
      Mas de todos, acho que quem realmente leu o mercado com acurácia foi a FIAT com a Toro, pois vai captar tanto consumidores de picapes médias que farão downgrade e potenciais compradores de picapes médias flex, tudo isso com um produto que cabe na vaga de um condomínio razoável (porque o que tem de vaga de garagem sem razoabilidade não é brincadeira!) sem maiores dificuldades.

      • Edson Fernandes

        E ainda que os motores da Chevrolet para seus compactos sejam um “dinossauros”.

        • Hélio

          o que está dentro do capô a tigrada não faz muita questão

    • Mario

      Não é uma novidade, mas a realidade, que se prolongará por muito anos.

  • Wolfpack

    Seleção natural, mas o pior é pagar estes preços absurdos por carroças, sem ESP, com dois airbags apenas, e com eixo de torção traseiro. Abuso de poder!

    • Maçaranduba o Porradeiro.

      Não tem nada de natural nisso… Se as pessoas começarem a achar que é natural o memento em que estamos passando tanto economicamente quanto politicamente, é mais do que motivo para preocupação.

      • th!nk.t4nk

        Ele nao quis dizer que é “natural”, e sim “seleçao natural” (os menos adaptados desparecem primeiro frente a grandes mudanças do meio). Capitain Obvious a seu dispor.

        • Maçaranduba o Porradeiro.

          Pois é, o que é mesma coisa, a seleção natural acontece de forma “natural” e não por abuso de terceiros…

          • Leonardo M

            A seleção natural acontece por causa de terceiros também. No Japão, em determinada região perto de uma fábrica que liberava muita fuligem, as mariposas que tinham a mesma tonalidade sobreviveram ao se camuflar nas árvores cobertas pela camada de fuligem. As de outras cores que não conseguiam se camuflar morreram.
            A questão é se adaptar ao meio que vive. Num mercado em crise, sobrevive que vende a carroça mais barata de se produzir com maior margem de lucro possível.

            • Maçaranduba o Porradeiro.

              Essa seleção não foi provocada por fatores naturais, por tanto é seleção artificial e não natural, a adaptação pode ter sido um fator de resposta natural a novo meio artificialmente modificado por terceiros… Por tanto, não faz sentido citá-la como natural, seria como falar que, as vacas que produzem mais de 25 quilos de leite por dia, evoluíram de forma natural pois antigamente o cruzamento era feito por meio tradicional e não por inseminação assistida, mas esse cruzamento não foi feito para atender uma demanda natural da espécie, já que, a quantidade de crias não aumentou (uma vaca continua em média gestando e parindo 1 bezerro por vez, portanto a demanda de leite não faz sentido do ponto de vista natural), mas sim para atender uma demanda de produção de alimentos que era solicitada pelo homem, o coautor desse processo de seleção.

              • Leonardo M

                Uhmm.. eu não conhecia a nomenclatura seleção artificial, pra mim chamavam tudo de natural. Pesquisando aqui você está certíssimo, desculpe a ignorância.

            • Ainnem Agon

              Essa eu escutei na escola lá pelos idos de 92, 93, e havia sido na Inglaterra…

    • Gustavo73

      Não entendi a questão do eixo de torção traseiro. Mesmo no primeiro mundo todos o compactos e a imensa maioria dos médios possuem essa solução na suspensão traseira. Até a geração anterior do Camaro era por eixo de torção.

      • PEDAORM

        O relato do nosso amigo me lembrou “o melhor hatch médio do mundo” vendido por 86k por aqui. Ao invés de mais airbags e ESP meteram foi um tetão solar.

        • Gustavo73

          Isso sim, mas o modelo desse carro vendido no maior mercado do mundo tem eixo de torção apesar da versão européia usar.multibaços.

      • Franco da Silva

        Eu já larguei uns aí (vários, na verdade), nem perco tempo respondendo quando vejo gigantescas incoerências e/ou sinal de hater.

    • Heitor Borges

      Não sei de onde você tirou que uns terem mais dinheiro que outros é seleção natural, isso é de uma ignorância preocupante, como nosso colega Maçaranduba comentou.

  • afonso200

    mas que noticiaaaa,,,,, isso qualquer LEIGO por assim dizer ja tinha percebido, só quem tem condiçoes esta comprando carro zero, que ganha até 4 salarios nao esta mais comprando zero, apenas pé de boi semi-novo

    • Marco Antônio

      Nem funcionário público em seu pedestal de “estabilidade”.

      • PEDAORM

        Pedestal que vem balançando forte recentemente.

      • Leonardo M

        Eu que sou funcionário público de carreira de Estado, não compro carro 0km faz eras.

      • Bruno Wendel Marcolino

        Bom, aqui no RS tão parcelando vários salários dessa galera “estável” hehe

        Deve ser pra pularem da barca.

      • Guilherme Eduardo

        Mas a estabilidade é só vale na questão de demissão. Se a inflação (ou as dívidas!) não deixa “sobra” no salário, a estabilidade não vale de nada na hora de gastar.

      • Mr. On The Road 77

        ‘Estabilidade’ compra carro?

        Trocaria a minha ‘estabilidade’ por FGTS sem o menor problema, por exemplo.
        Imagina comprar um imóvel sem ter como usar o FGTS para dar de entrada?

        Sem contar ser sempre taxado de preguiçoso, câncer da nação, ficar três ou quatro anos se aumento de rendimentos.

        Não tá fácil pra ninguém não…

        • -Estabilidade não compra carro, mas ajuda a aprovar a ficha o que para alguns é quase sinônimo (infelizmente).
          -Só recebe FGTS os que estão trabalhando. Quem foi mandado embora por não ter estabilidade não recebe.
          -Generalizações são o verdadeiro câncer, da internet pelo menos. Não ligue para isso. São seres que não evoluíram, deveriam voltar para as árvores.

        • Marco Antônio

          Verdade. Bem triste mesmo!

        • kravmaga

          Sem contar que, com algumas poucas exceções, o salário no poder público é geralmente melhor do que no setor privado para profissões de baixa escolaridade, mas para profissões de escolaridade mais alta tende a ser o contrário.

    • PEDAORM

      Triste fim, outrora partia para o semi-novo para pegar um veiculo mais completo, hoje é usado pé de boi mesmo.

      • Bruno Wendel Marcolino

        Pior é que, com a gasolina cara, nem vale a pena pegar carros muito potentes….

    • Bruno Wendel Marcolino

      Mas mesmo ganhando 8 ou 10 salários mínimos eu não compraria zero…bem capaz.

  • Marcos Andrew

    Altas taxas, impostos absurdo .. Por exemplo um ecoSport de 74 sem seus impostos cai pra 43 mil.. Que governo explorador!

    • Maçaranduba o Porradeiro.

      Se fosse só o governo estaria de boas, a pior ilusão é, achar que o só o governo que mete a mão, sendo que as montadoras e as Ccs estão te passando a rasteira nessa brincadeira de comprar carro novo, seminovo e usado com garantia…

      • Heisenberg

        Vc está certo, mas a mão pesada de fato é maior do governo. Mas isso graças ao arcaico sistema tributário (em que a tributação por consumo é maior do q por renda e herança)

        • Maçaranduba o Porradeiro.

          Mas isso já ta mudando, tanto herança como renda estão cotadas par ter aumento tributário, agora não quem page menos impostos, todos vão pagar muito imposto.

          • Heisenberg

            Mas em proporção o imposto sobre consumo é bem maior (44% para consumo e 21% para renda. A Terra do Tio Sam é uma maravilha, pois lá é 44% para renda e 18% para consumo)…

            • Maçaranduba o Porradeiro.

              Dependo da sua posição social, esse sonho pode virar pesadelo, tem um amigo de trabalho que saiu daqui para fugir da crise, na nossa área de trabalho a crise chegou mais cedo, ele foi pra lá tentar o sonho americano e conseguir um qualificação intelectual melhor, só que, para a “surprise” dele a economia por lá não está lá essa coisas ainda, está se recuperando, mas ainda não voltou a ser o que era a 10 anos (pelo menos foi que ele relatou), o jeito pra ele foi pegar um trampo mediano até conseguir se estabilizar, aqui ele era chefe de equipe, lá ele é auxiliar de serviço…
              O maior medo dele é estourar o maior parte das economias que ele fez para passar o tempo que ele precisa para terminar o MBA, já que ele formado em ADM e tralhava com consultoria aqui…

              • Heisenberg

                A maravilha para os turistas brasileiros (ávidos por produtos baratos).

                • Maçaranduba o Porradeiro.

                  Só que com IOF, esse produtos não saem tão baratos assim.

                  • Marco Antônio

                    E se extrapolar os 500 US$ vai pagar 60% de II.

              • Marcelo Alves

                Tem um pessoal já falando que os EUA estão em crise, só ainda não ficou aparente porque é ano de eleição e o governo lá está maquiando o máximo possível, é só questão de tempo até a real situação da economia deles se tornar aparente (ou a bomba explodir), essa crise é continuação de 2008, já que o governo não consertou nada, apenas despejou dinheiro a rodo na economia e elevou a dívida a níveis estratosféricos. Vai dar merda grande quando explodir de vez…

            • Marco Antônio

              Vocês são todos doidos. Imposto de renda é o mais espúrio dos impostos. Por isso que o país não vai pra frente.!

          • Sergio

            em vez de vc querer menos imposto pra todo mundo, vc fica contente que o rico vai pagar mais… é cada uma.

            • Maçaranduba o Porradeiro.

              Em que momento eu falei que estava contente com isso, eu também tenho herança pra receber, sabia?
              Não, né?… Então não saia julgando como se fosse o dono da razão….

              • Sergio

                vixi, o cara tá contente pq vai pagar mais imposto, e tá mais contente ainda pq agora todos vao pagar mais, qdo deveria ficar contente qdo pagam menos.
                amigo, ‘contente’ foi uma ironia, troque por ‘conformado’ e de boa.

                • Maçaranduba o Porradeiro.

                  Também, não tô conformado, em momento nenhum deixe que essa impressão fosse passada no meu comentário, vc que simplesmente supôs do nada que eu tenho esse tipo de visão de conformismo alienado….
                  O fato de eu citar as novas cobranças tributos para a diferentes classes (Alta/Média/C/Baixa) não faz que eu concorde ou me conforme… Simplesmente ressaltei que agora em questão de tributação haverá um igualdade maior (mesmo que seja uma coisa ruim) nessa parte e todos vão pagar mais impostos isso é um fato, eu não concordo ou acho bom, mas ainda assim é um fato…

                  • Sergio

                    Se posicione meu caro, vc é o Maçaranduba, não fique em cima do muro! :) Não deixe ngm meter ainda mais a mão no seu bolso.

                    • Maçaranduba o Porradeiro.

                      Já fiz isso a muito tempo…

            • PEDAORM

              Não faria nem questão de pagar tanto imposto, pagaria com gosto se tivessem contrapartidas. O duro é pagar imposto, e ter que pagar estudo particular, plano de saúde, ser obrigado a ter carro, etc, etc etc.

            • Vattt

              Verdade! Mas quando a gente procura ver quem é esse tipo de pessoa que concorda com isso, são os “vítimas da sociedade capitalista”.

              • Sergio

                unica vitima é quem paga imposto e nao tem retorno. capitalismo é o mesmo que comercio, e no comercio nao tem vitima, vc compra o que quiser de quem quiser onde quiser, ou nem compra. ao contrario de imposto, que vc paga e aceita a naba. se o governo nao atrapalhasse, o capitalismo seria melhor. todo setor mais regulado pelo governo é ruim, pode ver, telefonia, aviação, planos de saude, bancos, e por aí vai

      • Marcos Andrew

        Mete e mto

      • Fernando

        Concordo. Só para efeito comparativo um ford Ka é 40 mil zerokm

        O mesmo carro 2015, ou seja, de alguns meses atrás se acha na web por 32 mil. Uma diferença de 8 mil, sem contar que no zero paga-se documentação e ipva

        Ou seja uma, só essa diferença aí já deve ser lucro da CSS pois uma vez usado o mesmo carro já está depreciado 8 mil, chegando na conclusão que o valor ” real” dele no mercado é os 32 mil e não 40 mil como o zero.

        Que vantagem há comprar o zero? Coisas de Brasil

        • Edson Fernandes

          Mas se alguém não comprar o zero por 40000 não terá o felizardo a comprar por 32000…. longe de eu concordar com os preços, mas só tem usados porque compraram um carro 0km um dia.

          Eu já procuro defender o custo x beneficio. Aquele que atender melhor a esse aspecto é o que deve vender. O Onix fica sendo lider pelas promoções, logo o mercado responde como o respectivo lider. Não que eu concorde em termos de produto, mas é a realidade do mercado.

          • Fernando

            Ah sim, concordo contigo, porem o que acho um absurdo é o sobrepreço do produto, no caso aqui, um carro.

            Se o valor de mercado dele é 32 mil, concorda, que, honestamente falando, esse carro deveria que valer no maximo uns 36, 37 no zero km?rs

            O problema é que no Brasil as coisas é muito maluca. Se vc comprar um Ka hj por 40 mil e por algum motivo precisar vende-lo daqui 2 meses, por quaisquer motivo que seja, se o valor de mercado dele é 32, 33 mil, se for vender para um lojista irao te pagar uns 28 mil, 29…estamos falando de um prejuizo de 12 mil reais em 2 meses.

            Isso no meu ponto de vista, como consumidor, seja de carro, ou de qq coisa é revoltante. É sinal que o valor cobrando pelo produto novo está acima do que deveria. E por causa de promoçoes onde a pessoa dá 25 mil de entrada, parcela varias vezes em R$ 500 o restante e sai de carro novo.

            O brasileiro na maioria das vezes só ve o valor da parcela, nao o montante final, e é isso que acaba com o nosso mercado financeiro como um todo.

            Um tanto revoltante e triste essa nossa realidade.

            • Edson Fernandes

              Mas isso é culpa do consumidor. Quer ver outro exemplo? Lembra de ver entre 2012 e 2014 pessoas vendendo carros com 1 mes de uso e menos de 2000km rodados? Porque isso? Porque não suportaram pagar.

              Eu quase peguei um carro assim. O valor era “justo” pelo que o cara queria, só que ele naõ aceitou o negocio pq ao invés da “entrada” eu daria um carro na troca.

              Fico feliz de não ter dado certo viu…rs o que ue pegaria seria a versão de entrada do modelo que tenho sendo que hoje é a topo de linha…rs

              Mas esse tipo de consumidor que não compra pesquisando e sim por “gosto”, compra até o que não deveria porque achou “bonito”, “legal”, “potente”, “marca confiavel”, sem sequer pesquisar concorrentes que na verdade sempre tem um que poderia ser o escolhido combinando fatores como confiabilidade, robustez mecanica, beleza e economia.

    • Ailton

      É que montadoras exploradoras! Ex: montana venda PJ com 26% desconto, s10 17%, pq não abaixar o preço de tabela e dar o desconto para todos?! Deixo claro que acho os impostos absurdos, mas as montadoras estupram os brasileiros!

      • Gustavo73

        A.maior parte dos descontinuação pra PJ vem da isenção de impostos.

        • tjbuenf

          Mas quando se vê desconto de mudança de geração, por exemplo, vê-se que o carro é muito inflacionado pela fabricante também…

          • Gustavo73

            Sem dúvida, o Golf Conforline 1.4 chegou a ser oferecido por 69 mil aqui no Rio, na época já cuatava na tabela 76. E não era na negócios não. Tinha faixa estendida imensa sobre os carros.

            • Edson Fernandes

              Pois é…. esse comfortline de 69000 (mesmo em SP tbm com pacote elegance!) foi mto mais negocio que o “nacionalizado” MSI!

        • th!nk.t4nk

          A maior parte do culpado é o governo sim. O lucro das montadoras é considerável, mas pode ter certeza de que é a menor parte nesse bolo.

          • Linkera

            Tem gente que ainda acha que a culpa é do tal do “Lucro Brasil” quando na verdade o grande culpado é o Custo Brasil.

            Os carros fabricados aqui tem que arcar, durante o processo fabril, com alta carga tributária na energia, na folha altamente onerada, imposto sobre propriedade (IPTU), alto custo de transporte devido à alta carga tributária em combustíveis, valores abusivos em pedágios, sem falar no ISS sobre este transporte e outros N impostos existentes sobre a cadeia produtiva.
            Não satisfeito, quando pronto, o produto ainda sofre a incidência de 12% de ICMS e 9,25% de PIS/COFINS, e de 7% a 18% de IPI.

            Quanto ao importado, há a incidência de 35% de II, 3% de Despesas Aduaneiras, 54% de ICMS e PIS/COFINS e até 55% de IPI!

            Na prática, um carro nacional tem ate 38,7% de impostos diretos (não considerando os impostos sobre a cadeia de produção, o que eleva este patamar a números incalculáveis) e um importado pode chegar a 60% do seu preço para pagar somente os impostos.

            Dado os fatos mencionados, tem que ser muito cético (se não estúpido) para achar que os maiores culpados ainda são as “montadoras gananciosas”.

            Nenhuma indústria é filantrópica, todos maximizam o lucro da melhor forma que podem, inclusive você [leitor]. Então pare de achar que a culpa é das montadoras e que milhões e bilhões são enviados ao exterior às nossas custas porque é assim que o mercado vive! Quando o mercado é bom e sobra aqui, envia-se o lucro para lá [matriz], e quando sobra lá e falta aqui, manda-se para cá.

        • Ailton

          OK…já pensei muito nisso. Mas me explica qual isenção de impostos seria?
          Qual a diferença de impostos de faturar o carro para a revenda ou diretamente para uma empresa na venda direta?

      • Marcos Andrew

        Amigo esses descontos na maioria das vezes retiram altas taxas tributárias ( impostos). Por isso saem mais em conta!

        • Heisenberg

          Se só fosse por isso tudo bem, mas qual foi a fórmula da Chevrolet para vender o Astra em seu último ano naquele preço tão abaixo do praticado?

          • th!nk.t4nk

            Projeto super amortizado. Além disso, quase todos os componentes do Astra eram de tecnologia super ultrapassada, já atingindo o vale de menor custo durante a vida do produto.

            • Heisenberg

              Mas em quanto tempo já alcançou a amortização, qual a margem de lucro reduzida? O que não falta são projetos pra lá de pagos, mas mesmo assim não reduzindo nenhum centavo (fazendo-o apenas quando em óbito).

          • Bruno Wendel Marcolino

            44k era o Astra no fim da vida…i30 era vendido por 55k e as vezes por 50k…Focus G2 partia de 49.900…que agonia esse mercado…

            • Heisenberg

              Exato… fim da vida, mas pagando o mesmo imposto que era vendido antes.

    • tjbuenf

      Você sabe o que aconteceria com o preço dos carros se os governos retirassem os impostos? NADA! Quando teve a redução de IPI há algum tempo os preços dos carros subiram em demasiado porque estavam vendendo, e bem. As fabricantes não pensam em fazer concorrência nesse mercado. Isso aqui não é mercado de status como é nos USA ou parte da Europa, que servem de vitrine para o resto do mundo. Isso é mercado de exploração, para arrancar dinheiro do consumidor de todas as formas possíveis, e só. Em época de maré baixa, como agora, é quando elas planejam como sugar o consumidor nos próximos anos de fartura. Então com ou sem imposto o preço dos carros continuarão altos, por isso ainda prefiro que tenha imposto sim.

      • Heisenberg

        “Você sabe o que aconteceria com o preço dos carros se os governos retirassem os impostos? NADA!” Mas não pode existir a intervenção do governo pra isso (não estou falando que vc quis expor isso. Mas muitos acabam querendo esse tipo de intervenção ao mesmo tempo que criticam a intervenção dela aos importados). A maturidade do consumidor é o que conta nesse momento… Por isso que é tão fácil sair daqui e viver em um país em que os consumidores construíram essa maturidade.

        • tjbuenf

          Mas, em teoria, redução no valor do bem pela redução de impostos seria o natural em qualquer mercado, não vejo isso como intervenção do governo, até porque menos impostos significa menos relação com o governo e assim uma economia mais liberal.
          Eu já pensei que maturidade fosse algo relevante mas já estou abandonando está ideia. O Brasil é um país subdesenvolvido, de dimensões continentais e as fabricantes sabem bem que o povo precisa de seu produto. Se a demanda for reduzida, elas irão ajustar a produção à procura, ou o line up ao valor que querem dar para o carro. Como disse, isso aqui é mercado de exploração, de ganhar dinheiro. Não é mercado de fazer concorrência feroz (a ANFAVEA está aí para mostrar isso) para mostrar seu produto em um mercado que lança moda para o resto do mundo.

          • Marco Antônio

            Mas amigo, porque as empresas se importariam em competir se ao menor sinal de perigo ao seu “cartel” o governo impede a entrada de concorrentes externos?!! Inovar auto, regulamentações estúpidas, barreiras a importação não são só impostos não, que por sinal são exorbitantes no Brasil. O governo libera qual concorrência no Brasil? Operação zelotes não deixa mentir, a compra de MP para beneficiar as montadoras que fabricam aqui. Crédito de longo prazo? Só via BNDES… Dinheiro de imposto que o governo decide pra quem dar.. OBS: a juros subsidiados. Sò para os amigos do Rei (governo.). É muito fácil falar que a culpa é das montadoras, difícil mesmo é aceitar que o governo é o maior, se não o único, culpado dessa farra toda.!

            • tjbuenf

              E em que momento de mercado aberto os preços dos veículos eram razoáveis à renda da população? Inovar auto, regulamentações, barreiras de importação, Operação Zelotes são dos governos recentes. Antes de tudo isso, diga-nos como era o mercado, os produtos e seus valores.

              Do seu ponto de vista, também é muito fácil dizer que o governo é o maior, se não o único, culpado, como se alguém pudesse ser corruptível (governo) sem que houvesse corruptor (montadoras).

              • Marco Antônio

                Já ouviu falar da teoria da captura.? Se não ouviu, vou te apresentar. Basicamente é assim. Se existe um órgão que REGULA UM MERCADO, ele pode ser corrompido, quando (e ele vai) ser corrompido o setor PROTEGIDO pelo órgão (governo) irá capturar o órgão regulador. É simples. Porque empresas se dão ao trabalho de corromper alguém? Porque é vantajoso. Dá grana, e muita grana, ter toda a fatia de mercado só pra ela. Veja só as telecomunicações no Brasil, 4 empresas decidem todo o mercado, veja a indústria automotiva, ao menor sinal de ameaça externa o governo cria uma “nova lei” para impedir a entrada de novos concorrentes. Isso sem falar dos impostos. Os carros chineses foram a mais recente vítima, veio o inovar auto para “estimular” a fabricação dos carros no brasil e acabou com os chinas. Isso foi bom pra quem? Sò para os amigos do rei (Governo.). Para ninguém mais.Porque as carroças que estão sendo feitas no brasil, nas plantas “estimuladas!” pelo governo, são isso mesmo. Carroças para terceiro mundo. Ai vão reclamar das empresas malvadas que não trazem os super motores turbo e injeção direta de 500 cv, com 300 airbags , disco nas 5 rodas (incluindo estepe) e controle de estabilidade e tração. (inclusive no estepe)..

                • tjbuenf

                  Então pelo que você expôs pode-se concluir que ser corruptor é totalmente aceitável já que o governo é corruptível…

                  • Marco Antônio

                    Não, eu nunca disse isso. Você não pode fazer um julgamento de valor dessa proporção de uma constatação LÓGICA E TEÓRICA. Um julgamento moral de um preceito teórico nesse molde é no mínimo perjúrio contra minha pessoa. Ser corruptor é imoral, indefensável. É passível de penalidade jurídica. O problema que eu AFIRMO existir é que quando se trata de procurar os culpados o brasileiro comum só quer saber de culpar as montadoras malvadas e inescrupulosas, sendo que o governo é imputável do mesmo crime que as empresas protegidas.!

                    • tjbuenf

                      Perjúrio não é isso não, mas ok…
                      Eu em momento nenhum disse que o governo é bonzinho. Quem afirmou culpa (quase que) exclusiva do governo foi você, mas ok também…

                    • Marcos Andrew

                      só falta reunir a galera e descer uma gelada!

                  • Marcos Andrew

                    O governo acabou com Jac motor, além de absurdos e dificuldades na implementacao da fábrica. Elevou o preço cobrado para carros chineses ..

                    • tjbuenf

                      Como o governo dificultou a implantação da fábrica deles? Governo elevou preço dos carros chineses? De onde são estas informações?
                      Curioso que a Hyundai chegou aqui depois da JAC, tem fábrica e é top4 de vendas no país.

                    • Marcos Andrew

                      A caoa não tá sendo investigado na operação da polícia federal amigo?? Se informe..

                    • Heisenberg

                      Mas só a JAC entraria/entrou?

              • Matafuego

                No único momento em que o mercado esteve razoavelmente aberto o país estava quebrado – início da década de 90 com o Collor. Regulamentações e barreiras só servem para atrapalhar. Os burocratas criam dificuldades para depois vender facilidades.

              • @tjbuenf:disqus, sempre tenho essa discussão com meu primo, sendo que ele é um esquerdista, tanto que é filiado ao PC do B (Não estou falando que você é para efeito de discussão tampouco importa sua orientação política). Sim, ser corruptor é tão errado como o corruptível. Mas um governo você escolhe, e esse escolhe, coloca ou contrata o fiscal responsável pela lisura de um processo. Quantas construtoras temos no país? Não será mais fácil garantir que os funcionários públicos que nós pagamos e elegemos sejam responsáveis com o dinheiro dos outros? Imagine uma licitação para um hospital federal. Quantas construtoras podem fazer essa obra? 4, 5, 10, 15, 100? Quantas delas não estariam dispostas a dar por fora para garantir um contrato milionário? Mas se a pessoa responsável for honesta, as empresas podem querer dar um pré-sal para ela, que não fará diferença. Ela negará e ainda denunciará essa empresa, afastando-as de futuras concorrências. Assim só precisaríamos controlar a honestidade de uma pessoa, não de centena, de milhares. Não é apenas certo focar o controle da corrupção no aparelho público, mas é mais produtivo e inteligente. Porque é tão difícil achar essa pessoa honesta?

                • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

                  @Aless@lelagoeiro:disqus a tempos atrás estava falando com um tio sobre a Petrobras e ele disse que tem que vender pq só tem roubalheira, então eu comentei será que não tem pessoas honestas para ficar a frente dessa empresa? Uma empresa que tem condições de dar tanto lucro tem que ficar com a iniciativa privada?

                  • Sua pergunta me parece um pouco despropositada, mas vamos lá:

                    “..Uma empresa que tem condições de dar tanto lucro tem que ficar com a iniciativa privada?”

                    Não TEM que ficar com a iniciativa privada. Mas PODE ficar com a iniciativa privada. E acho que DEVE ficar com a iniciativa privada. Porque? Para cada um se concentrar no que é melhor para uma nação. O governo (utópico) em legislar, criar regras e fiscalizar o cumprimento das mesmas em atividades econômicas e o empresário em fazer a economia gerar. O despropósito da questão é: Uma empresa tem que dar lucro, independente de ser estatal ou privada. Sendo estatal, além do lucro ela ter que ter um viés social que uma empresa privada não precisa necessariamente ter (Sua função social já seria o pagamento de impostos e geração de postos de trabalho). Só que se o governo já ganha no pagamento de impostos da iniciativa privada, no benefício de ter seus cidadãos empregados, eu inverto a pergunta: Porque o governo precisa ter uma empresa, independente dela ser lucrativa ou não? Você sabe a resposta, eu também: Para usá-la como cabide de empregos, para trocar visando o fortalecimento do seu partido, não do país/Estado/cidade.
                    Vejo muitas frases feitas ao se tratar do tema. Esses dias me colocaram a questão: “Você viu o que o Serra fez, autorizou a exploração do pré-sal para outras empresas, agora isso vai virar quintal do EUA”. Tanta coisa errada, tanta desinformação, tanta frase feita da década de 60/70… Mas aí tive que ouvir na discussão que estavam vendendo “meu patrimônio”, que eu não ligava do EUA mandar no meu país”, que a riqueza do Brasil tinha que ficar aqui… Vamos lá:

                    “Meu patrimônio”. Meu patrimônio é meu AP que acabei de comprar, com dinheiro do meu trabalho (Para iniciativa privada, diga-se). Eu não chego em um posto BR e digo “Abastece aí a minha parte dessa empresa” e não uso o pró-labore dela nas minhas contas. O que a BR já trouxe para mim? Ela pagou impostos que ajudaram meu país? Fiat, VW, Carrefour, Coca-Cola, MCDonalds, Decatlhon também, além de formar e empregar profissionais brasileiros. Meu patrimônio é aquilo que conquistei. Não preciso que um governo me dê nada. Apenas não atrapalhe. Ah, para família do Eduardo Cunha a “nossa” empresa já fez bastante.

                    “Dinheiro fica aqui, não vá para mão dos estrangeiros”. Mas o maior problema do nosso país é justamente a concentração de renda na mão de poucos. Qual a diferença do dinheiro ir para matriz de multinacionais ou para mãos de um Eike Batista da vida, ou para sustentar família de deputado ou Senador? Sendo a empresa nacional, o dinheiro vai para onde deveria ir?

                    “Quintal do EUA”: Esse pessoal precisa se atualizar, precisa viajar (inclusive dentro do seu país). Já ficou sabendo de algum edital direcionado a empresas de um determinado país? Se vão abrir pré-sal para empresas estrangeiras, porque empresas inglesas, francesas, árabes, venezuelanas, nigerianas… Seriam preteridas por empresas americanas? Empresas americanas tem mais know-how na área? Então eles tem méritos nisso, e se tiveram é porque investiram nessa área. Sei que na década de 30 eles faziam carros, aviões, arranha-céus, submarinos, bombas, filmes…. E a gente fazia… Café! Eles nos obrigaram a ser desse tamanhinho? Ou nós simplesmente fomos vira-latas, fechados dentro do nosso mundinho e hoje culpamos terceiros pela nossa falta de competência?

            • Marcos Andrew

              Tbm penso dessa maneira, eu não afirmo que a culpa seja 100% do governo até pq o culpado somos nós, que aceitamos e compactuamos com esses absurdos protecionistas. Um cidadão que vem me dizer que o culpado dos carros serem 70% mais caros aqui no “Brazil” , simplesmente pq as montadoras exploram o comprador , e mta falta de informação ou ingênuidade . Grande exemplo disso é a nossa gasolixo, vai na Bolívia comprar 1 litro p vc ver os impostos atuantes sobre o produto o qual aqui é exorbitante..

              • Marco Antônio

                Eu sou complacente com seu ponto de vista, e vou mais longe ainda. As empresas no Brasil são sim salafrárias e exploradoras, mas tem um imperativo que SEMPRE é negligenciado pelos comentaristas: As empresas explorar as necessidades do consumidor com o Aval do Governo eleito para melhorar a vida desses pobres coitados. Não enxergar isso é somente do interesse dos políticos, que continuarão ganhando gordas fatias desse sistema podre de protecionismo vulgar que temos no Brasil.

      • Marco Antônio

        Isso mesmo, é mais fácil culpar os empresários que te dão um bem que lhe será útil do que o governo que leva metade do valor desse bem para o bolso dos corruptos e das gastança desenfreada. Sò pra constar, grandes empresas pagam mais de 30% de Imposto de Renda para o governo. Maior parte desse lucro “abusivo” fica pro governo mais uma vez. Empresas malvadas, governo bonzinho.!

        • tjbuenf

          Se estamos falando sobre as empresas do setor automotivo especificamente deve-se fazer um adendo que, embora o produto seja útil, nem sempre tem a mínima qualidade.

          Fora isso, o governo ser corrupto e ineficiente não é motivo para não se ter imposto. Se o problema é o governo, então conserta-se o governo porque imposto existe em qualquer lugar, desde o Gabão até a Suécia, e em várias taxações diferentes.

          Por último, nunca disse que governo é bonzinho.

          • Marco Antônio

            O governo bonzinho foi colocação minha, admito. Outra coisa, se o consumidor aceita o produto que não tem “a mínima qualidade” o que as montadoras podem fazer? Ofertar o supra sumo da tecnologia? Se o consumidor não está POUCO SE LIXANDO para o protecionismo perverso do governo porque vender Barato? Porque reduzir a margem de lucro? Não faz o mínimo sentido.Sempre, SEMPRE, um bom capitalista vai tentar obter a maior taxa de retorno possível. É simples. Agora, se as montadoras encontram no Brasil um mercado desesperado por bens de consumo, e que aceitam pagar CARO, por carroças e o governo PROTEGE, então não tem por que ser diferente!

            • tjbuenf

              Não é questão de aceitar, é de ser imposto àquilo.
              Note que não estou exigindo que as empresas ofereçam algo a um determinado preço, apenas afirmando que aceito sim que tenha imposto, pois sem imposto os preços continuariam nos mesmos níveis.

              • Marco Antônio

                mas é isso que estou tentando te dizer amigo. SE NÃO TEM COMPETIÇÃO, porque repassar o desconto????? Se eu não colocar uma fábrica no Brasil eu não vou ter esses “descontos”, não vou ter acesso a crédito em moeda nacional (ninguém investe em dólar aqui com a instabilidade de 10 em 10 anos. Uma fábrica é investimento de longo prazo.).. Está entendendo? Se o governo protege, porque baixar os preços? O cidadão precisa de um carro, pessoas querem carros. Existe mercado para automóveis, porém o governo fechou esse mercado para um grupinho seleto que só pode ter os “benefícios” se fizerem o que estiver nas regras do jogo do governo. É simples que chega a doer.!

                • Zoran Borut

                  Marco Antônio, não é exclusividade brasileira o fato de empresários usarem descontos em impostos para aumentar seus lucros, tanto que defensores da social-democracia já admitem este fato em países do Hemisfério Norte, ou seja, não adiantou reduzir impostos visando reduzir preços, porque o empresariado não repassou a mesma redução aos produtos. Capitalismo não se pauta pelo desenvolvimento social ou pela preocupação com este. É a sociedade que tem de se impor para limitar os abusos capitalistas, e onde não há coesão social, os abusos deitam e rolam. É muito comum os brasileiros dizerem que imposto só serve para alimentar corrupto, e jamais mencionarem o fato de que 47% dos impostos que pagamos são para juros da dívida pública que sustentam instituições financeiras e demais rentistas. Ou seja, naquele exemplo do colega de um carro com impostos por 74 mil e sem impostos por 43, teríamos cerca de 15 mil reais pagos para sustento da elite financeira, e o resto tendo de ser dividido entre todos os serviços públicos que um país necessita.

                  • Quem paga imposto que decide o que o governo faz com ele? Se pago um imposto quero o retorno, se o governo o utiliza para esses fins que falou o problema sou eu quem pagou o imposto, a “zelite” e não o governo?

          • O que seria ter a mínima qualidade para você?
            Qualidade acho que se refere a defeitos. E acredito que os carros brasileiros seguem padrões internacionais quanto a porcentagem de carros com problemas (Pelo menos no fornecedor que trabalhei era assim). Claro, carros não são televisões que ficarão grudadas em uma parede ou em cima de um rack em um local protegido da umidade e intempéries do tempo. Ele será colocado em ruas esburacadas, contra vento, chuva, sol, poeira, variações bruscas de temperaturas e com clara dependência da capacidade de condução dos seus usuários. Agora se você se refere a equipamentos… Isso não tem a ver com qualidade… Uma geladeiras sem freezer e sem dispensa na porta não tem menos qualidade que uma duplex com freezer e dispensa de água e gelo na porta. Ela apenas é destinada a um público de outro poder aquisitivo. Tanto que ela será mais barata que a segunda. Qual carro hoje não tem qualidade como meio de transporte?

        • Heisenberg

          Eles vendem um bem (ser útil ou não depende do que está se comprando). Empreender não é conto de fada em que o governo é um vilão… se fosse dessa forma países keynesianos como (eg.) EUA, Alemanha, Canadá, Noruega e Finlândia não haveria empreendedores.

          • Marco Antônio

            Olha o nível da comparação. Amigão, procure os índices de liberdade econômica para empreender nos países citados. Alemanha, Canadá, Noruega e Finlândia … Sugiro que não se espante, pois o protecionismo econômico. Procure pela facilidade em empreender, os acordos Multilaterais e bilaterais desses ´países na agenda de liberdade de comércio. Não se compara ao Brasil, não mesmo.!

            • Heisenberg

              Desculpa, mas apontar liberdade econômica apenas como referência para o empreendedorismo é uma grande falácia, da mesma maneira que apontar o governo como o vilão do conto de fada.

              • Marco Antônio

                1° você que afirma que keynesianismo tem alguma relação com a existência de empreendedores. 2° Sim, é infinitamente mais fácil empreender nos países acima citados, uma vez que a legislação não impede a entrada de novos concorrentes em muitos casos.. 3° existe um ponto crucial que você negligencia. Não existe uma ÚNICA aplicação keynesiana. O keynesianismo monetário é sim forte nesses países, porém muito mais avançado em países subdesenvolvidos, onde as agencias reguladoras concentram o mercado na mão de poucos.

                • Heisenberg

                  Falei de keynesianismo e não de liberdade econômica… Até porque o Brasil lidera como o país de maior número de empreendedores (atrás da China).

      • Marcos Andrew

        43 mil pra 74k e um absurdo de impostos.. tá certo que a ford tira seu lucro porém é demasiado o quanto o governo come. E vc não pode agregar todos os impostos apenas no IPI, existem outros trilhões de impostos.. Sabe se lá quais..

    • João Cagnoni

      Ainda é muito caro 43k por um Ecosport, sem contar que nenhum país vende carro sem imposto.

      • Marcos Andrew

        43mil Temers e um forde ka .

        • João Cagnoni

          Quando eu pagaria 43k em um Ford Ka?? Nem por 20!

  • Maçaranduba o Porradeiro.

    Poxa vida, com que o banco me oferece de crédito não dá para compra nem um QQ.

    • Marcos Andrew

      Put’s . O meu caso tbm. Lamentável . Fui ver a mobi . E nem a mais pelada cabe no meu orçamento . Em compensação meu pai comprou uma Toro :(
      Só p me fazer inveja.

    • O banco te dá crédito e você ainda reclama?

      • Maçaranduba o Porradeiro.

        Quando é pouco sim, pois tenho minhas contas sempre em dias e quando atraso, pago em até dois meses, mesmo com os juros absurdos que eles cobram, eles disponibilizaram 27 mil pra comprar um carro, mas nem dou bola, por que sei que, não dá para comprar nada com essa valor, além do que, as taxas estão muito altas para assumir um compromisso mais longo 72 vezes.

  • fbl

    Parabens PT. “Tirou” uma parte da poupalçao da pobreza e depois colocou uma pá muito maior de volta à pobreza

    • V.mario

      “Ninguém voltou a pobreza, agora são CLASSE MÉDIA BAIXÍSSIMA, mas permanecem classe média!”
      BR um país sem pobreza!

    • Louis

      Não tenho dó, não. Votaram em peso no pt, merecem.

      • fbl

        O mais legal seria o proximo governo podar trocentos cargos publicos criados pelo PT, que inchou os quadros do funcionarismo publico muito mais do que deveria pra angariar votos. Tem que implantar politica de austeridade mesmo nesse bananal comunista, onde todos esse atos irresponsaveis do governo so fizeram aumentar o tamanho da máquina sem necessidade e gerando um custo enorme pra sociedade.

    • zekinha71

      Que nada a qualquer momento o IBGE passa a considerar classe média que ganha R$ 30,00 por mês, até mendigo vai ser a nova classe média.
      E depois vem aquela louca petista dizer que odeia classe média e o povo aplaude de pé.

  • Anderson

    Estamos voltando no tempo, para a época em que carro zero era coisa de rico.

    • Marcos Andrew

      O meu caso tbm. Lamentável . Fui ver a mobi . E nem a mais pelada cabe no meu orçamento . Em compensação meu pai comprou uma Toro :(
      Só p me fazer inveja..

      • Anderson

        Teu pai fez uma ótima compra, aproveite para dirigir.

  • Ricardo Blume

    O Zé Povinho que agora não tem nem comida na mesa não pode mais nem sonhar com um carro na garagem. E o pior disso tudo é o tempo que levará para organizar toda essa bagunça. Estamos tão ferrados que até as classes mais altas estão sentindo a mordida, somado a isso os abusivos preços dos carros novos no país ao qual as montadoras insistem em dizer que é culpa do custo Brasil e da carga tributária. É assim com os veículos, com os remédios…

  • Gustavo73

    A bolha estourou,o mesmo está acontecendo com os imóveis.

    • Maçaranduba o Porradeiro.

      Aqui na minha cidade, imóveis financiados pela Caixa estão com valores em média 45% mais caros, sem falar que para financiar o banco está exigindo entrada de 50% do valor a ser pago pelo imóvel e a maioria das parcelas deixaram de ser decrescentes…
      Me lembro de um casa recém (fevereiro) construída por um empreiteira teve o valor reajustado 5 vezes só esse ano de 135 mil passou para 260 mil (120M²), os apês também tiveram seus aumentos, as mais caros estavam na casa dos 95 mil, agora já passam do 150 mil (70m²)…

      • Gustavo73

        Moro no Rio e aqui a coisa foi surreal nos últimos anos. Em Botafogo um apartamento de 120 mt2 custava 300/400 mil reais à alguns anos atrás, hoje você acha na faixa do milhão, milhão e meio. Na Tijuca derrepente qualquer lançamento com 70/80 mts2 custava 500/600 mil. Agora o mercado estagnoi, tem.pouco tempo hoube uma reportagem, em uma das áreas que mais se construíram imóveis nos últimos 5 anos tem prédio com 80% de.apartamentos vazios. Ps.preços começam a cair. Em 2013 comentando justamente sobre o aumento desenfreado dos preços, eu achei uma casa de 90mts2 sem estar pronta por 90mil reais na FAVELA da Rocinha.

        • Maçaranduba o Porradeiro.

          Tá, tenso, mas só para efeito de comparação, eu moro no núcleo rural, a infraestrutura aqui é mediana pra baixo, é cidade de beira de estrada, as grandes atrações da cidade são, posto de gasolina com Shopping ( na verdade micro-shopping apenas 5 lojas) e uma pousada com pesque e pague, chales e piscinas…

          • tjbuenf

            Ainda bem que você tem internet….

            • Maçaranduba o Porradeiro.

              Mas aqui expandiu rápido desde 2009 tem banda larga, pois faz parte da área de concessão do Desgoverno para OI, ela não iria deixar de abocanhar esse mercado, já que ninguém pode entrar para competir nos próximos 15 anos, temos que aturar ela e o seu serviço mediano, além do mais que, associação comercial da cidade (donos de cerca de 25 comércios) exigiram as obras de infraestrutura para continuar com a expansão da cidade, caso contrário todo mundo sairia fora(sem comércio sem impostos), o vice-prefeito saiu correndo atrás disso junto ao ministério das comunicações e deu certo, o Shopping foi construído logo depois em 2011…
              O mais engraçado é que, boa parte da cidade nem estava interessados, hoje 90% da cidade tem nem que seja o plano mais básico de banda larga…

        • Zoran Borut

          Gustavo, tenho notado que aqui no centro velho de São Paulo há apartamentos novos cujo preço anunciado já foi reduzido em pelo menos 50 mil reais, além de haver diversos edifícios recém construídos praticamente vazios (coitado de quem tem medo de assombração, morar num prédio totalmente vazio hehehe). Agora há pouco passei em frente a uma obra que está sendo tocada há dois anos e me espantei ao ver que o negócio mudou de dono antes mesmo de começar a ser levantado, sinal de empresas fechando ou desistindo de negócios.

          • Edson Fernandes

            Cara…. ao contrário do que vc disse, é uma DELICIA morar em prédio vázio. Do ponto de vista de paz… pq as contas são divididas por menos pessoas = condominio mais caro.

            Mas é muito bom poder estacionar, não ter aquele vizinho folgado e tudo mais. Mas tudo na vida tem um preço, seja por terem preenchido ou não a vaga de um predio…rs

            • Zoran Borut

              Do ponto de vista da paz sim, eu mencionei assombração porque uma amiga minha foi morar num prédio desses e vive reclamando, diz que se lembra até da Isabela Nardoni, não tenho como não rir quando vejo um prédio novo com poucas luzes acesas.

              • Edson Fernandes

                hehehehehehe

                Nossa então ela é medrosa, porque eu e minha esposa adoravamos a tal paz e inclusive os primeiros moradores geralmente educados e amigos. Tanto que foi nessa epoca que consegui conquistar amizade de alguns deles.

    • LLace. Saudi Arabia power

      Automóveis eu Concordo plenamente! Mas, o pessoal tá falando que tá acontecendo com os imoveis, Mas ainda não vejo nenhum preço cair. O preço que cai mesmo é do aluguel segundo o zap, mas do imóvel só aumentou pelo jeito. Eu vi isso no fonte Zap.

      • Gustavo73

        No Rio já estão caindo, pode ser que nos anúncios ainda não. Mas já teve reportagem mostrando que nundo real os preços já cairam 10/15%. Mas talvez seja aqui pois o mercado enlouqueceu nos últimos anos. Tem muito imóvel para vender e alugar. Aonde eu tenho consultório uma sala vazia era alugada em 2 meses no máximo. Tem sala já com um ano. Lojas vazias.começam a aparecer até em Shoppings de grande movimento.

        • LLace. Saudi Arabia power

          Ainda bem que finalmente está abaixando, espero que aconteça o mesmo aqui em São Paulo porque tá complicado, aqui o pessoal fala que vai começar a cair só em 2020! Se for verdade, eu só lamento. Ah desculpa, não coloquei quando editei, mas o índice que eu vi foi o FipeZap São paulo com os dados atualizados de abril. Cada vez que olho esse gráfico fico achando que realmente é verdade, vai demorar pra abaixar aqui..

          • Gustavo73

            A questão do Zap talvez seja pelo que falei. Na hora da negociação como tem poucos pretendentes o preço real cai. Mas o valor não fica registrado na tabela deles.

            • LLace. Saudi Arabia power

              Sim, verdade, mas pena que cai um pouco só para quem tem dinheiro já em mãos pra pagar quase ou tudo. Porque quem foi pensar em financiamento.. riri, não preciso nem falar.. kkkk

              • Gustavo73

                Só esses mesmo que são poucos c dinheiro e disposição para investir nesse momento tem essa vantagem. Que precisa de financeiro está perdido. Não tem dinheiro no mercado para isso a taxas palatáveis.

        • Edson Fernandes

          Em SP, algo que não acontecia antes era um cara querer vender por R$350000 onde moro, mas vir alguem pedir R$50000 a menos. Hoje em dia as propostas estão assim. Está complicado em SP pensar em vender hoe um apartamento. Quem quer vender e depende do vlaor integral da venda, cai do cavalo. Até 2 anos atrás, o cara disputava no “tapa” com preço a maior do que o declarado.

    • Marco Antônio

      Concordo. A bolha de crédito que o governo populista criou explodiu na nossa cara. Eu acho é pouco, quanto mais estragos esses populistas fizerem, mais fácil será expor as contradições dos sistemas defendidos por eles. kkkk

    • CharlesAle

      Sim..Sobre o sumiço dos consumidores de baixa renda, é pura verdade..Diadema, cidade quase 100% operária, viu sua CSS Fiat fechar esses dias..Tudo bem que a Fiat é uma das que tem mais perdido market share, mas uma cidade onde a Fiat em abundância não ter mais sua CSS é preocupante..

      • Gustavo73

        No Rio a quantidade de CSS fechadas é algo que nunca vi. Rodas grandes e de longa daya no mercado. Ontem vi mais uma a da Ford na Ilha do Governador. Li que a Fiat foo quem mais sofreu queda nas vendas seguida da Ford com a VW em terceiro. Até quem ganhou mercado como a Hyundai vende menos hoje.

        • Vinicius

          O grupo BarraFor está em recuperação judicial… E fechou muitos pontos de vendas…

          • Gustavo73

            Isso explica 2 CSS que vi fechadas da Ford.

            • Mr. On The Road 77

              A própria Barrafor Barra fechou.
              A Peugeot só tem 3 css’s no município do Rio.

  • Ricardo

    Antes pessoas que não tinham condições compravam carros novos, hoje, pessoas que não tem condições não compram carros novos. Simples assim!

  • Fábio Henrique

    uma parte dos que compraram em 60 x estao endividados ate hj. Sem contar q o ranking era dominado por uno, celta, classic, gol g4…soh os carros que dao até arrepios

  • Thiago

    a capacidade de compra e financiamento facil tb ajudou a inflacionar o preço do carro
    oferta e procura, agora as fabricas deve dar uma freada nos preços

    • Maçaranduba o Porradeiro.

      Isso não tem nada a ver, a demanda diminuiu e os preços continuam a subir, nosso mercado não segue essa regra da “oferta X demanda”…

      • Marco Antônio

        Não segue porque “oferta X demanda! é uma teoria. Só se pode analisar oferta X demanda quando se tem “tudo mais constante”, ou seja coeteris paribus. O uso popular da teoria de oferta e procura não serve de base nenhuma por desconsiderar JUSTAMENTE o coeteris paribus. Porque todos aqui sempre dizem “oferta e procura não funciona no Brasil”. Simplesmente porque ignoram que o preceito básico para a existência da relação entre oferta e demanda é que o mercado, o ambiente a ser analisado estaja CONSTANTE. Coeteris paribus. Pergunta, a atual situação economica do Brasil está com “tudo o mais constante” (Poder de compra da Moeda? Juros? Inflação? Câmbio? Crédito?).. É, eu acho que não!

        • Nitrous

          Mesmo que no Brasil estivesse com tudo isso constante ainda assim não funcionaria, o governo tirou os importados de cena criando um grande cartel protegido de qualquer ameaça externa, as novas montadoras acabam entrando no jogo.

        • Maçaranduba o Porradeiro.

          Mesmo com a economia em ordem nunca funcionaria por causa do Custo Brasil, ou Lucro Brasil, tudo aqui custa mais caro…

      • PEDAORM

        Entende quando é para aumentar, só não entende quando tem que baixar.

        • Maçaranduba o Porradeiro.

          Exato, pior é que te gente que já aceitou esse tipo de situação, tem um canal no YouTube em que um mulher e fazia as reviews dos carros e tentou implementar essa filosofia que “no Brasil os preços dos carros só aumentam”, como se isso fosse um evento natural e que deveríamos nos acostumar com isso, lógico que choveu deslike no vídeo dessa pessoa, o que fez com que ela postasse um vídeo de retratação de 20 minutos só pedindo desculpa aos inscritos que sobraram, foram cerca de 22 mil inscritos que saíram do canal.

          • PEDAORM

            Qual canal?

            • Maçaranduba o Porradeiro.

              Um canal aí, que seria anti-ético falar e difamar….

  • sepchampions

    Agora ta explicado pq eu não consigo comprar meu carro, vou pedir um aumento pro meu chefe.

    • Maçaranduba o Porradeiro.

      Cuidado para ele não te demitir….

  • Lupavideos Oliveira Guedes

    O triste é saber que o automóvel é o primeiro sonho de consumo dos brasileiros, se está ruim pra pobre comprar carro, imaginem casas. É ladeira abaixo.

  • pgoytaca

    A crise obrigou todas as classes a cortar gastos, acho que ninguém duvida disso. Agora como convencer quem ganha entre 3k e 5k que antes compravam carros “com parcelas que cabiam no orçamento ” e não perderam o emprego a pegar um novo carro 0? Será que ese pessoal ficou maravilhado com o pós venda oferecido ao nosso mercado? E aquela história de que novo não dá problemas, mas só pode usar serviços da css…
    Quem comprou um zero no sacrifício não compra o segundo a não ser que esteja muito bem. Os emergentes que não perderam o posto com certeza estão mais espertos com as armadilhas das montadoras.
    Se baixar o preço vão vender muito!
    Sem essa história que o Brasil é instável e bla bla, pode ser pro cidadão, mas pra banco e montadoras isso aqui é o paraíso.

  • Willian

    O consumidor não consegue mais comprar um carro, Solução: Vamos aumentar o preço! (?)

    • Zé Mundico

      Sua pergunta já traz a própria resposta.
      As pessoas não deixam de comprar carro por ser caro e sim por não terem dinheiro para pagar.

  • Vinicius

    Realidade do brasileiro endividado… O modus operandi é esse:

    Sintomas do pobre bananense iludido:

    Primeira fase – Infecacao

    1) Pessoa é infectada pelo vírus Creditus Fartuns

    a) Pequenas alterações no comportamento como comprar smartfoni de R$200 em 36X

    b) Começa os pequenos surtos abrindo crediário, cartão de crédito(3 ou 4) e ticket do salário(adiantamento)

    2) Vírus entra no corpo e após mutações fica mais forte, fazendo com que o hospedeiro precise gastar mais e mais.

    a) Começa a gastanca com carro, moto, viagens pro nordeste

    b) Começa pequenos surtos de querer trocar o Pálio tunado por Honda Civic 2010

    Fase 2 – Descoberta da doença

    1) Bananense descobre que está doente e como esta sem dinheiro vai no hospital mais vagabundo e fuleiro da cidade chamado Crefisa

    a) Médico fuleiro da R$1.200 como remédio em 48X de R$59,99

    b) Médico ainda receita dobrar o remédio caso precise

    2) Banense feliz com seu remedinho sai contando vantagem para os amigos como se curou rápido e fácil no hospital Crefisa de saúde.

    Fase 3 – Sintomas pioram

    1) Bananense começa a sentir algumas pontadas nas nadegas(local onde fica a carteira)

    a) Foi ao mercado e so conseguiu comprar carne de segunda e cerveja Bavária

    b) Conseguiu pagar pois caiu Ticket alimentação da empresa

    2) Síndico do prédio começa a esperar todo dia quando bananense chega do servico para pagar o condomínio

    3) Mulher do bananense começa a pedir também o remédio do médico da Crefisa. Diz que o CPF dela ainda está limpo e pode usar para melhorar o sintoma do bananense

    Fase 4 – Febres e dores de cabeça e cagacao constante

    1) Condomínio, IPVA, cartao de crédito, prestação casas Bahia 3 ou 4 vezes atrasado

    2) Comida de primeira qualidade é cortada por carne de segunda, frango, ovos e refrigerante de R$1,99

    a) Começa a caça por promoções e Leve 3 pague 2

    b) Começa a comprar mais verduras para incrementar na comida

    3) PLR tão esperada é cancelada por problemas na empresa

    4) PIS que ajudava o bananense a combater o vírus 1 vez por ano é cortado tambem pelo governo

    Fase 5 – Infectado tenta ferrar com os outros para alimentar o vírus

    1) Começa pedindo para parentes amigos, colegas de serviço, vizinhos e sempre dizendo que vai pagar dia 05 quando receber

    2) Pega CPF da irmã, tia, avo, avó para ir no hospital Crefisa e pegar mais remédios de R$1.200

    3) Começa a andar no “cheiro” e torcendo para chegar até em casa com aquele 2 litros que colocou no carro

    a) Começa a guardar o carro na casa da mãe para não correr o risco do banco tomar o carro por falta de pagamento

    b) Começa a entrar no FB e pergunta para 30 pessoas se está tendo blitz pela cidade pois o IPVA não está pago.

    4) Começa a traçar rotas de fuga caso veja a polícia, Síndico do prédio, parentes, amigos e vizinhos.

    Fase 6 – Morte lenta e sofrimento

    1) Hospital Crefisa recusa dar doses de remédio pois o mesmo está inadimplente em 4 meses

    a) Médico Crefisa oferece um remédio mais amargo.

    b) Médico oferece mais R$200,00 e refinanciamento dos RS1.200. Agora vai ficar em R$49,99 de 72X.

    2) Banco descobre casa da mãe e toma o carro

    a) Bananense compra biz de R$500,00 para poder “se locomover”

    b) Biz com doc atrasado e manutenção fora de dia

    3)Mãe, rios, parentes, amigos começam a olhar torto

    4) Banco da 30 dias para pagar o financiamento ou serão despejados

    5) Começa a ir mais na casa da mãe para almoçar e economizar em casa

    6) Catarrentinho é expulso do colégio por 6 meses estar sem pagar e não pode mais fazer matrícula para o próximo semestre.

    Fase 7 – Vírus ataca massivamente e mata vítima

    1) Bolhudinho tomado pela justiça

    a) De mala e cuia voltam para casa da mamãe

    b) Mãe começa a sustentar 3 bocas

    2)Biz caiu na blitz e mais multa

    3) Ninguém mais quer convidar a família pois a mesma só vai na casa dos outros para filar uma bóia.

    4) Crise atingiu setor da indústria e o mesmo foi demitido

    a) Bananense não recebe nada pois dinheiro que caiu na conta foi tudo para pagar dívidas

    b) Consegue sacar apenas FGTS

    5) Começa vender Notebook, tabblet, roupas, geladeira tudo por 30% do preço

    Fase 8 – Fim

    • Louis

      Alegria de pobre era receber ligação de financeira oferecendo crédito.

    • zekinha71

      Perfeito, só faltou no final o bananense entra na internet e falar que se não fosse o Mollusco ele nunca ia ter conseguido ter tudo que comprou, e que ele só está ferrado por causa do governo anterior.

      • “Mas ele colocou muitos pobres na universidade”. Queria saber como alguém que não sabe falar direito coloca alguém na faculdade…

    • Leo

      O pior é que o camarada é muito mais vítima do que causador do problema…

      Décadas sem educação financeira, sem acesso ao mercado de consumo…não poderia ser outro o resultado.

  • Zé Mundico

    Talvez agora o brasileiro médio entenda que tomar dinheiro emprestado não é sinônimo de melhorar de vida.

    Como já dizia o teólogo católico Santo Tomás de Aquino:
    “O pobre prefere um copo de vinho a um pão, porque o estômago da miséria necessita mais de ilusões que de alimento”.

  • Pedro Henrique

    baseou a economia no crédito.
    as pessoas se endividaram, acabou o crédito, sobrou a conta agora pra pagar…

    • Sergio

      zatamente. antecipou o consumo, como o pais não cresceu, **deu.

  • Airplane

    Quem mandou votar na presidenta ?
    Agora aguenta …

  • shdn2010

    Cade os ptistas dizendo que nao gostamos de pobre pq hoje eles podem viajar de aviao???

  • sigma7777777

    O Mobi, Clio e Onix/Gol pé-de-boi devem tentar preencher essa lacuna.

  • Vattt

    “aqueles que já estavam em melhor situação, agora são os que sustentam o que sobrou do mercado nacional.” E se depender desse governo socialista ladrão, essa faixa de consumidor vai diminuir ainda mais para bancar o populismo vagabundo.

    • Tosoobservando

      Para os ricos continua igual, entao, deixa a moça sorridente (ela deve representar os mais abastados kkk)

      • Vattt

        Não acho que continua igual, eles estão perdendo também, o governo anda sugando tudo de todos para fingir que ajuda a população, quando na verdade dá esmola. Quem tá com o dinheiro hoje é o governo e quem tem esquema com ele, o resto paga ao governo uns 5 meses do ano de faturamento ou salário através dos impostos e trabalha duro pra se manter e manter essa máquina de corrupção!!!

  • Eduardo

    é NA, tá na hora de abandonar essa moça sorridente e colocar outra, ou talvez seja o caso de “ter q rir pra não chorar”, pq a situação tá feia, muito feia…

  • Jaspion

    triste

  • Freaky Boss

    Isso era óbvio que ia ocorrer.
    E quem alertava para as burradas que esse governo fazia na economia (e nesses casos quem tem menos “colchão” sempre sofre mais) era chamado de pessimista e inimigo do povo.
    E quem dizia defender o povo estava era levando o país ao abismo.
    Populismo não funciona em lugar algum. Tomara que a população tenha aprendido.
    Brasil.

  • Fanjos

    mas mas masssss….não lacraram o 13 para o pobre andar de carro zero?

  • Guh MDNS

    Alem disso tudo q a reportagem disse, teve a taxa de juros pro financiamento e o valor da entrada, que subiu vertiginosamente e em um curtissimo espaço de tempo!!!

  • Aqui em BH vi duas concessionárias Chery anunciando QQ por 26k.

  • The Monster Man

    E vai piorar…

  • gap

    E, senhores, mesmo que a crise se vá nos próximos meses/anos, os valores não retroagirão.
    O problema de aumentos desenfreados é este, quando houver estabilização a população já estará acostumada com os atuais valores e as fabricantes/concessionárias não farão o mínimo esforço para diminui-los.

    • Leonardo

      Sempre achei isso mas sempre tive preguiça de escrever, mas vc está super certo