Mercedes Benz Sedãs Segredos-Flagras

Mercedes-Benz C 200 com motor flex já é produzido no Brasil, segundo site

Mercedes-Benz C 200 Avantgarde 2016

Além do C 180, a Mercedes-Benz está produzindo em sua fábrica de Iracemápolis (SP) o Classe C na configuração C 200, que deverá ser anunciada nas próximas semanas. O modelo nacional, a exemplo da configuração de entrada, segue a mesma linha da versão importada da Alemanha, mas com direito a uma motorização bicombustível.

O novo Mercedes-Benz C 200 nacional usa um propulsor 2.0 litros flex de quatro cilindros, capaz de gerar até 184 cavalos de potência, a 5.500 rpm, e 30,6 kgfm de torque, entre 1.200 e 4.000 giros, com gasolina ou etanol, acoplado ao câmbio automático 7G-Tronic Plus de sete marchas.  Segundo dados da marca, o carro vai de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos e alcança máxima de 235 km/h.

Mercedes-Benz C 200 Avantgarde 2

A lista de equipamentos inclui sete airbags, assistente de estacionamento (Park Assist), retrovisores com rebatimento elétrico e anti-ofuscantes, teto solar elétrico, banco do motorista elétrico com memória, sistema Dynamic Select, controle de cruzeiro, ar-condicionado de duas zonas, faróis Full LED, sistema multimídia com GPS, rodas aro 17, entre outros.

O preço do C 200 produzido no Brasil deverá ser o mesmo do importado, de R$ 180,9 mil.

[Fonte: Jornal do Carro]





  • Ah, essa C200 😍

    • Robinho

      linda né?

  • Gran RS 78

    Meu amigo comprou no ano passado uma C200 preta Okm e pagou 160 mil reais. Os preços só estão subindo, desde os modelos ” populares” até os de luxo.

    • MG

      Uma amiga comprou não faz muito tempo, marrom, foi 147 mil.

      • Diogo Vasconcelos da Silva

        Pow…vcs estão bem de amigos eim..rsrsr

        • Jaspion

          meu amigo comprou um Uno Way… 43 mil kkkkk TOP

          • João Cagnoni

            Ontem um amigo veio aqui em casa pra carregar o bilhete único no NFC do meu celular.

            • Adson Lima

              kkkkk… ontem um amigo meu me mandou um zap pq tava querendo comprar um Civic 1999 de R$12mil

        • André Flandres

          Um amigo meu prendeu seu veículo no poste. Aí o agente do IBAMA apareceu e apreendeu o cavalo dele, sob a alegação de que estava carregando muito peso.

  • Charlis

    Passei 2 dias com ela alugada… é encantadora!
    Não tanto na pilotagem, neste quesito ai sou 10x a BMW.
    Mas no geral… uma qualidade, um luxo simplesmente absurdo.
    E por incrível que pareça, é muito econômica… nas viagens, era normal mostrar médias de 16, 17km/l.
    Na hora de devolver, igual tirar brinquedo da mão de criança.

    • Leonel

      Não reconheci a placada. EUA? Provavelmente a qualidade do combustível e as estradas de lá influenciaram na economia, mas aposto que mesmo aqui será algo próximo. Entre os três alemães, eu sempre achei o mais luxuoso e com maior qualidade entre eles a MB. Bacana!

      • Vitor Rangel Da Silva

        Acredito que seja Dubai.

        • Leonel

          É, está escrito Dubai na placa mesmo, mas como eles fazem isso mesmo fora do país, não sei dizer.

      • Guilherme Eduardo

        É Dubai mesmo. O prédio no fundo (do lado esquerdo) é o Burj Al Arab, aquele que parece uma vela de barco.

      • Charlis

        Esse ai foi em Dubai….
        Gasolina mais pura e barata que comparada aos US…

    • afonso200

      paga o IPVA, seguro e manutenção, seria como ter um Galaxie V8 fazendo 2km/l na cidade, fica elas por elas,,kkkkkkk pode fazer 30km/l, mas o resto pra “manter” ela é muito alto, e fica elas por elas importos/consumo….. que um V6 seminovo, etc……..e a culpa disso é brasil, se tivesse la fora, obvio que ja teria comprado, mas o valor que se gasta pra manter aqui, eu faço 2-3 viajens pra fora, alugo uns muscle V8 e me divirto

      • Galaxie e Dodge V8 fazem em torno de 4 na cidade, experiência própria.

        • Nada mau, meu antigo Gol GTS 1.8/s (álcool) 1992 fazia 4 a 4,5 na cidade. (e 8 8,5 na estrada)

        • afonso200

          ahh desculpa amigo, esqueci de dizer que é o Galaxie a ALCOOL faz 2 – 2,5 na cidade. a gasolina sim 4, a 4,5 na cidade. mas é para final de semana…..esse é o meu LANDAU a alcool e o V6 para dia a dia

          • Hugo Borges

            Que garagem em amigo, duas barcas de respeito! Parabéns e obrigado por ser uma pessoa que conserva dois ótimos carros. Infelizmente os Azera e Fusion usados da vida estão indo ladeira abaixo :(

            • afonso200

              o Fusion nao tem aquele requinte (2° geração) V6…… o Azera é macio, e tem mimos como volante com regulagem eletrica e cortina eletrica traseira

          • Tive um Landau 71, a gasolina, fazi 4 na cidade. E atualmente tenho um Dodge Dart também 71, também faz 4.

        • João Cagnoni

          Galaxie faz 4 na maciota! Experimenta acelerar na subida, vai embora o que tiver de combustível.

          • O Landau que tive fazia 4 sem ser maciota, condução normal, mesmo pisando um pouco a mais de vez em quando. E era automático ainda.

      • fbl

        Paguei 2500 (em 12x sem juros na compra ao final de 2014 numa c200 2015) pelas revisoes de 10,20 e 30mil km. Nao é caro pelo carro que é. Claro que as peças de reposição sao mais puxadas que um sedan medio comum mas tem que ser pela marca que é. Mas as revisoes basicas definitivamente na sao caras como as pessoas imaginam.

        • afonso200

          mas revisoes basicas,,,,, levar até 150mil km,,,,200mil km,,,,,,trocar buchas bieletas, liquido de radiador, de freio, de DH, isso nao ta incluso na basica,,,,,,,to falando pois tenho carro V6 e sei que tem um valor pra chegar até os 200mil km, fora oleo de cambio

          • fbl

            E vc tem certeza que é muito mais cara essa manutenção ate os 200mil km entre um classe C e por exemplo um azera antigo? Nao sei nao hein.

            • afonso200

              fica idem, mas no caso do azera, IPVA,, seguro saem muito mais em conta

              • fbl

                Cara, nada contra ate pq tb tenho carros mais “antigos” e adoro mas nao da pra comparar um classe C zero ou bmw serie 3 com um azera usado assim. O status é completamente diferente, mesmo dizendo que vem completo, tem espaço e etc. E o desempenho é mto melhor nesses sedan medios turbinados. Arrancam mais, fazem mais curva e bebem menos. Tive jetta tsi antes do c200 e nao tinha como azera, camry etc andar com ele nas retomadas e curvas. Sao carros mais modernos. Gosto do azera e acho que tem seu valor pra quem cuida bem e tem um bom custo beneficio no usado mas um sedan premium alemão é outro nível. E quem compra nao ta fazendo conta de ate 100 ou 200mil km geralmente não, nao é comum ficar em dúvida na compra do 0km por causa dessa conta.

                • afonso200

                  depende, ja rodei 300mil km num camry 2009…….uma 2012 335 6cil ja rodei 140mil km. vai de como anda

    • fbl

      Eu acho economica. Na cidade faz por volta de 9 e na estrada na ultima viagem fez media de 14

  • jfontes

    Dispenso o motor flex.

  • Leonel

    NA: “O preço do C 200 produzido no Brasil deverá ser o mesmo do nacional, de R$ 180,9 mil.” não seria o “C200 importado” ?

    No mais, 30,6 kgfm de torque à 1.200 RPM é um ótimo número, hein? Mas não sei, por esse valor eu iria pensar muito no A4, que ficou lindo demais nessa nova geração.

  • Marcos

    Isso que não entendo, deixa de importar e pagar os altíssimos impostos, II, IPI, PIS, Cofins, ICMS/ST mas os preços permanecem o mesmo! Aí quando são questionados: Ah! é o custo Brasil, mão de obra etc etc… Juro que não dá para entender!

    • Pedro Rocha

      O dólar abaixou quase R$1,00 e a RAM 2500 continua em 260K…

      • Rafael Yashiro

        “Shhh… Ninguém reparou ainda.”

        Aposto que deve ser isso que muita montadora está dizendo atualmente.

    • Gustavo73

      Cara fora o II todos os outros impostos um carro nacional também paga. Lembrando que como seria produzido aqui, os impostos a mais pagos pelo importado viram créditos usados juntamente para montar a linha de produção nacional.

      • Marcos

        Gustavo, concordo contigo em partes, não recolhe o II o que já deixaria de recolher algo em torno de 35%, mas alem de tudo isso os impostos em efeito cascata incide sobre o preço total da nota e não estou incluindo o custo de logística, armazenagem etc… O custo do nacional é muito inferior, a minha revolta é de não repassar isso ao consumidor!

        • rafa93

          recolhe imposto de importação no momento da entrada do veículo desmontado no país, não tem como as montadoras fugir disso, só quando nacionalizarem as peças.

    • Guilherme Eduardo

      Já estão antecipando os aumentos do próximos meses kkkkkk

    • rafa93

      isso é mito, assim como qualquer produto importado, as peças sofrem a tributação quando chegam ao país, no momento estão montando os carros em CKD, quem sabe um dia com a nacionalização possa existir alguma diferença, porque atualmente não há diferença dos tributos nos preços na nacionalização.

    • Thiago

      Como é montado em CKD, paga II do mesmo jeito, bem como todos os demais impostos, que não sei pq vc imagina que deixaria de pagar.

      Abaixo de certo percentual de nacionalização, continua com toda a tributação de carro importado.

      • Marcos

        Não sabia pelo simples fato de não saber que é MONTADO ao invés de ser FABRICADO no Brasil! Simples assim!

    • André Flandres

      Eles projetam um volume de demanda e o preço que essa demanda está disposta a pagar. O resto é custo e margem. Se aumentar o custo, pode ser que diminuam a margem para segurar o preço e o padrão de demanda projetados inicialmente. Se diminuir o custo, ganham aumentando a margem, sem precisar mudar o padrão de preço e demanda.

      Enfim, a variação do custo nem sempre reflete no preço final. Eu diria que quase nunca reflete, a não ser nos casos em que a estratégia é ganhar em escala mantendo as margens de lucro muito próximas do custo por unidade. Mas essa estratégia só costuma ser aplicada em bens que tenham grande liquidez no mercado. Não é o caso de um carro da categoria da Classe C – aliás, nem de carro nenhum – numa economia como a brasileira, muito menos nesse momento de crise.

  • afonso200

    xenon ???

    • Gustavo73

      Full ked

  • Yuri Calmon

    ” O preço do C 200 produzido no Brasil deverá ser o mesmo do nacional ” ??? Entendi nada !

    • DTF

      Todos não entenderam…rs

  • CanalhaRS

    Bah, 180 contos num C200 nacional é para desanimar.

  • V12 for life

    O preço do C 200 produzido no Brasil deverá ser o mesmo do nacional. ??????????

    • DTF

      coisas do site NA…

  • kravmaga

    É um carro que gostaria de ter pelo bom acabamento e, na C200 e C250 uma motorização compatível com um carro premium, mas 180 mil tá salgado demais.

    Fico aqui mesmo com o meu Audi genérico, que pelo menos na mecânica não fica devendo a essa C200.

  • Tosoobservando

    Esse carro é lindo, mas como tudo no país, esta muito caro.

  • Rodrigo

    Ah mas toma pau do Novo Cruze! [ironic off/]

    • cepereira2006

      Que por sinal custa a metade do preço. 180 paus é surreal. Imagina o seguro de um carro deste valor.

      • Rodrigo

        É outro nível de carro. Não tem nem como comparar com o Cruze (a Chevrolet fala “um de seus concorrentes do segmento premium” – jamais!).
        É o mesmo que vc sair de casa hoje querendo comprar um Cruze e compará-lo com um Siena.
        Viajou (bonito) na ganja o povo de mkt da GM.

    • fbl

      Nao fala besteira…rsrs

      • Rodrigo

        Ué vc não viu a propaganda da Chevrolet?! Kkk
        ;)

        • fbl

          Caramba ta valendo tudo entao..rsrs tava em viagem, vou ver entao.

          • Rodrigo

            Busque por “desafio Cruze” no YouTube.

            • fbl

              Acabei de ver kkkkk cara eles pegaram uma c180 naquela versao super basica que colocaram a venda um tempo atras, sem led e sem nada. Aí ate acredito na arrancada. Essa versao da classe C a última informação que tive na ccs nem vao vender mais pq nao vale a pena. Mas se pegar mesmo uma c180 normal jamais daria pra comparar com um cruze. Premium é premium. Mas vale pelo marketing diferente da GM. Quase uma piada rsrsrs

    • kravmaga

      A C180 deve tomar mesmo pau do Cruze, mas não a C200.

      • Rodrigo

        Acho que por mais que tentem comparar, são segmentos muito diferentes. Preço relativamente próximo não seria um argumento razoável (pelo menos pra mim).
        Posso até crer que o Cruze entrega um desempenho em aceleração melhor que essa versão da classe C, porém isso não seria o fator primordial para decidir a compra caso estivesse em dúvida entre os 2.

        • kravmaga

          Se o motor não fosse coisa primordial, a Mercedes não faria 3 versões do Classe C (C180, C200 e C250), com 2 motores e 3 níveis de desempenho, fora os AMG…

          A C180 pode satisfazer o vovô que quer desfilar com o carro e tem medo de andar mais rápido na estrada, mas não é um desempenho digno de um premium. A C200 começa a ficar legal e a C250 arrebenta.

          • Thiago

            A C250 anda como teu jetta, já a C200 anda menos que uma 320i mono (impressão minha que dirigi os dois), a C180 é 1.6, não dá para comparar. As MB não são muito de instigar o condutor a ter uma tocada mais esportiva, elas são focadas mais no conforto mesmo. Agora se você quer algo realmente forte, vá de 328i, que nem GTI consegue acompanhar, agora o seguro e a manutenção também vem com força.

            • kravmaga

              Pois é, eu até gostaria de ter uma C250 ou 328i, mas não teria morando no Brasil. Se for morar na Europa no futuro, aí teria coragem de gastar dinheiro num carro premium.

          • Rodrigo

            Como não conheço direito a MB C180 tive que recorrer ao Google:

            Por baixo do capô

            A versão de entrada C 180 agora vem equipada com motor 1.6 turbo flex que rende 156 cv de potência e 25,5 kgfm de torque tanto com etanol quanto com gasolina.

            Por mais que o Cruze ande mais (segundo a propaganda) o motor da C180, pelos dados técnicos, não deixa nada a desejar (mesmo pra um modelo premium de acesso).
            Quem quiser um motor mais potente tem a opção de ir para outra versão do mesmo modelo. Simples assim.

  • Ricardo Blume

    Um grande carro mas por um preço injustificável!

  • Bruno Silva

    Taí um carro que pra mim vai demorar a cansar. Você pega um A4 e já sai da ccs com aquele ar de mais do mesmo. A MB tem algo único, personalidade fortíssima e é classudo que só ele. Minha marca favorita, pena que nos modelos mais caros (em especial SUV) vem deixando a desejar para as concorrentes.

  • Cars are life

    Andei numa semana passada (só de carona infelizmente 😳), mas excelente, confortável qualquer esticadinha (2.300 rpm) já gruda as costas no banco 😍

  • EuMeSmObYmYsElF

    com esses mesmos 180 mil reais você quase pega uma C63 AMG aqui no Canada… dá e sobra pra C450 AMG.. é de chorar.. vai brasil!

  • fbl

    Vinte mil de aumento em um ano e meio…pra fechar vai bater talvez 175. De resto o carro vale cada centavo se comparado a concorrência. Otimo carro.

  • Thyago Vieira Alves

    Apesar de ser fã da marca, inclusive possuo a c180 coupe, sou racional e sei que esse carro não vale 180 mil reais.

  • Pedro Cunha

    “O preço do C200 nacional, segue o mesmo do importado…”
    Então o que melhora mesmo é o lucro do fabricante, né? Além de isenção de impostos e economia em logística, lucra beeeemmm mais em cada unidade….
    Mas isso de fato, não interessa, pois quem nesses tempos de desemprego á quase 20%, inflação passando dos 10%, juros nas alturas tem “bala na agulha” pra botar uma dessas na garagem, tá é bem longe da crise.
    F0D1D0 mesmo estou, que nem renda pra financiar um mobi peladasso tenho.
    “BRAZIL, UN PAIZ DI TODUZ.”



Send this to friend