Home Lançamentos Mercedes-Benz lança nova geração do Sprinter no Brasil




A Mercedes-Benz apresentou a nova geração de vans, furgões e chassis da linha Sprinter, que chega com um novo visual e outra série de novidades, incluindo segurança, tecnologia, economia e desempenho. Este é o caso da nova geração de motores OM 651 LA, mais potentes, econômicos e ecológicos, que atendem à legislação PROCONVE P-7. Estes propulsores trazem a tecnologia BlueEFFICIENCY para os veículos comerciais leves.

Os propulsores Mercedes-Benz OM 651 LA biturbo de 4 cilindros conta com duas classes de potência: a versão 311 CDI Street passa a contar com motor de 114 cv (aproximadamente 5% mais potente), com torque de 28,5 mkgf de 1.200 a 2.400 rpm. Já as versões 415 CDI e 515 CDI têm motorização de 146 cv, com torque de 33,6 mkgf de 1.200 a 2.400 rpm, o que significa um incremento de  cerca de 13% na potência e 6,5% no torque. A transmissão é manual de seis velocidades.

O interior do Sprinter 2012 também foi totalmente modificado. O modelo ganhou um novo painel de instrumentos, novos materiais no acabamento e mais porta-objetos. O volante conta com comandos para se comunicar com o rádio e o telefone via Bluetooth. Além disso, a direção é regulável em altura e profundidade. O novo ar-condicionado também se destaca. A temperatura no interior do veículo é mantida sempre num nível ideal, independentemente da temperatura externa e da radiação solar. Ênfase para as vans, cujo ar condicionado de controle independente foi desenvolvido exclusivamente para o mercado latino-americano, de acordo com a Mercedes.

No quesito segurança, o Mercedes-Benz Sprinter traz controle de estabilidade (ESP), ASR, ABS, BAS e EBV. O novo utilitário traz também um airbag maior para os acompanhantes do motorista (furgão e chassi) ou para os passageiros da primeira fila de assentos (van). Além disso, o tensionador do cinto de segurança funciona de forma associada com o airbag.

A nova família Sprinter oferece maior capacidade de transporte, tanto no que se refere ao número de passageiros, no caso das vans, quanto ao volume de carga dos furgões e chassis. Isso se deve ao aumento das distâncias entreeixos (3.250 / 3.665 / 4.325 mm) e do PBT – peso bruto total, agora com versões de 3,50 / 3,88 / 5 toneladas.

Além das tradicionais versões 9+1 (9 assentos para os passageiros e mais o assento do motorista) e 15+1, a nova van Sprinter passa a oferecer as inéditas opções 17+1 e 20+1.

O novo furgão Sprinter oferece várias opções de capacidade volumétrica de carga, que vão de 7,5 m³ a 15,5 m³. A porta lateral corrediça, com 182 cm de altura e 130 cm de largura, está 24% maior em relação à versão atual. Com isso, permite, por exemplo, o fácil carregamento de um palet pela lateral do veículo, o que também pode ser feito pela porta traseira.

A opção de abertura de 270 graus da porta traseira e a exclusiva versão com portas corrediças nas duas laterais do veículo ampliam notavelmente as possibilidades de carga e descarga em locais estreitos e de difícil acesso. Com duas opções de alturas internas (1,65 e 1,95 m) e quatro comprimentos (5.245 / 5.910 / 6.940 / 7.340 mm).

Em comparação com a geração anterior, o novo Sprinter traz preços cerca de 3 a 5% maiores, partindo de R$ 79.505 na versão Chassis 311.

Os preços da nova linha sofreram aumento de 3 a 5%, partindo de R$ 79.505,75 para a versão Chassis 311. E estão disponíveis nos 200 pontos de vendas da marca a partir da segunda quinzena de junho.



Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.