Esportivos Hatches Lançamentos MINI

MINI John Cooper Works 2016 é lançado no Brasil por R$ 153.950

mini-cooper-jcw-2016-1

A MINI anunciou nesta semana a chegada da nova geração do John Cooper Works no Brasil. O modelo esportivo da linha será vendido no mercado nacional a partir deste mês, com preço sugerido de R$ 153.950, e se diferencia pelo motor 2.0 litros de quatro cilindros transversal com a tecnologia TwinPower Turbo, o mais potente já produzido em série pela empresa.

O propulsor traz turbocompressor integrado ao coletor de escape, injeção direta, controle de válvulas totalmente variável patenteado pelo BMW Group e controle variável do eixo no lado de admissão e escape, e é capaz de gerar 231 cavalos de potência, entre 5.200 e 6.000 rpm (10% a mais, com torque também ampliado em 23% em relação ao modelo antecessor), alcançando agora 32,6 kgfm, a 1.250 rpm.

mini-cooper-jcw-2016-7

Junto ao bloco está o câmbio automático Steptronic de seis marchas. Segundo dados da marca, o JCW acelera de 0 a 100 km/h em apenas 6,1 segundos. O conjunto oferece ainda freios Brembo com pinças na cor vermelha e logotipo John Cooper Works.

Nos equipamentos, há direção eletromecânica com Servotronic, controle dinâmico de estabilidade com controle dinâmico de tração, controle eletrônico de bloqueio do diferencial e controle de desempenho. Há ainda seis airbags, Isofix, rodas aro 18, controle de distância de parada, assistente de estacionamento, câmera traseira (opcional), assistente de direção, incluindo controle de cruzeiro ativo com auxílio de câmera, aviso de colisão e pedestres com função de frenagem inicial, entre outros.

Galeria de fotos do MINI John Cooper Works 2016





  • Baetatrip

    Coisa boa hein?!

    Deve ser tesao de guiar ele na estrada!!!!!!
    “SP” e no lado….. Tao perto que e pulo de Mini… Heheheh!

  • João Guilherme

    Cada acelerada = um sorriso no rosto
    Coisa linda!

  • GPE

    Não acho q vale a diferença de preço para a versão S. O desempenho não muda drasticamente e passa dos 30mil de diferença.

    • Rafael Ribeiro

      A versão S tem 190cv né? são saudáveis 40cv de diferença.

      • GPE

        Mas na prática se traduz em 0,6s a menos no 0 a 100km/h, uma dinâmica um pouco melhor e adereços estéticos. Acho que é muito dinheiro pra pouco retorno.

  • V12 for life

    Steptronic de 6 marchas é como a BMW chama a caixa que GM oferece atualmente no país, pensei que não utilizava esse velho cambio da Aisin mesmo a Mini ficando abaixo da Alemã, pelo jeito também aposta na robustez assim como a VW com o Golf nacional e a Tiptronic também da Aisin.

    • Thiago

      Não é não.

      A caixa que a GM oferece é a GM Hydra-Matic 6T30/40. A Steptronic, Aisin TF-60SN, é “praticamente a mesma caixa” das VW 09G/M usadas nos últimos VW Tiptronic 6 marchas, mas com capacidade máxima de torque bem maior.

  • Gustavobrtt

    Caraca, como fizeram para caber um 2.0 + turbo (ou seriam 2 turbos?) neste compartimento do motor?
    Ninja hein

    • oloko

      Acredito que essa tecnologia twinturbo não seria 2 turbos, e sim 1 turbo com 2 ”canos” de fluxo, em que existe um cano menor para baixas rotações e um maior para rotações mais altas

  • Duda

    Uma dúvida : tenho um Mini 2.0, Recentemente levei a um oficina conhecida aqui no RJ especializada em porsche e coloquei no dinamômetro, deu 240cv , colocamos o Unichip e a potência foi para 290cv. Já escutei falar em potência na roda e potência no motor. Existe essa diferença ?

    • oloko

      Existe sim a diferença de potência nominal que é a do motor e a potência na roda medida por dinamomêtro. É porque a potencia nominal não é totalmente transmitida para roda pelo câmbio e por outros fatores, que faz com que a potência meio que se ”perca” no caminho, se não estou errado…

    • Thiago

      Complementando a resposta do oloko, a diferença entre potência na roda e no motor, no caso específico do Mini, é de cerca de 25%. É preciso levar em conta, porém, que o dinamômetro de rolo é excelente pra comparações, mas raramente está calibrado adequadamente para medir a potência original. Assim, acredito que os 240cv sejam uma medida “otimista”, mas o ganho de 20% é real.

      • Duda

        Obrigado, a sensação de potência aumentou claramente, se eu socar o pé no acelerador ele canta de 1 e 2 , o que não fazia quando stock.

  • Quero um da forma que este na foto…

    • Poperon

      Já eu queria um branco no esquema do Speed Racer, igual à um mini que tem no Canal do Renato Bellote!



Send this to friend