Home Comprando e Vendendo Modelos com vendas baixas que podem sair de linha

renault clio campus 1 Modelos com vendas baixas que podem sair de linha




Alguns modelos nacionais estão em franca queda, vendendo menos e menos a cada ano que passa, também a cada mês que passa. Esses carros são sérios candidatos a receber uma atualização, ou até mesmo, na pior das hipóteses, sair completamente de linha. A Agência Auto Informe analisou quais são esses carros e a situação atual deles no mercado.

Vejamos o pior exemplo. O Renault Clio sedã. No primeiro semestre de 2007 ele vendeu cerca de 7.700 unidades. Já no primeiro semestre de 2008, caiu para 2.000 unidades, uma queda assombrosa de 73%. Tudo bem que o Renault Logan está dando fôlego para a Renault, do outro lado da moeda, mas mesmo assim o Renault Clio sedã não está nada bem.

Com essa queda nas vendas, a Renault reposicionou o Clio, eliminando a versão básica, Authentique, para abrir assim espaço para o Logan e ficou apenas com a Expression e a Privilege. Mesmo assim a queda foi grande: foram vendidos apenas 336 carros por mês. E o Renault Clio hatch também não fica muito atrás, perdendo muita venda para o Sandero e para outros hatches mais modernos.

Outro modelo que caiu muito no ranking foi o Audi A3. Ele não é fabricado por aqui, então não tem muito como “sair de linha”, mas a diferença do primeiro semestre de 2007 para o primeiro semestre de 2008 também é grande: vendeu 1.014 unidades e neste ano foram apenas 459.

Com o fim da produção brasileira, o Audi A3 mais barato passou a custar 110.000 reais, com motor 1.6, um valor que é uma fortuna, se comparado com modelos como Ford Fusion, Hyundai Azera e os novos utilitários que estão chegando ao Brasil, como Chevrolet Captiva, Ford Edge, etc.

A Toyota Fielder teve uma queda de vendas semelhante, de 53,5%, passando de 4.207 unidades vendidas no primeiro semestre do ano passado para 1.956 neste primeiro semestre. A Toyota diz que essa queda acontece por causa que a prioridade da empresa no momento é produzir o Toyota Corolla. Mas já se fala que a perua não terá uma versão com a carroceria nova, o que abreviaria o fim de produção.

Veja na lista abaixo os demais carros que mais perderam mercado no primeiro semestre do ano:

Veículo Jan-jun 2007 Jan-jun 2008 Queda%
Clio sedã 7.720 2.019 -73,9
Audi A3 1.014 459 -54,7
Corolla Fielder 4.207 1.956 -53,5
Citroën C4 VTR 875 497 -43,2
Clio hatch 9.902 6.062 -38,8
Discovery 621 423 -31,9
Fusion 5.931 4.634 -21,9
F250 1.377 1.098 -20,3
Accord 819 667 -18,6
Fiesta sedã 21.828 18.472 -15,4
Megane 5.338 4 548 -14,8
Fiesta 32.893 28 591 -13,1
Megane perua 2.751 2.409 -12,4
Focus sedã 3.561 3.162 -11,2
Peugeot 307 6.728 5.976 -11,2
Doblò 4.526 4.032 -10,9
Astra sedã 4.800 4.277 -10,9
Peugeot 206 SW 7.891 7.081 -10,3
Corsa hatch 25.894 23.331 -9,9
Focus hatch 6.858 6.188 -9,8
Space Fox 11.814 10.926 -7,5
Scènic 2.201 2.065 -6,2
Doblò cargo 745 711 -4,6
Courier 4.666 4.470 -4,2
Bora 1.218 1.169 -4
Peugeot 307 SW 805 786 -2,4
Passat 485 482 -0,6

[Fonte: Agência Auto Informe]



Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.