Home Mercado Motos mais vendidas na primeira quinzena de novembro

motoreport Motos mais vendidas na primeira quinzena de novembro




Leia no MotoReport: Com o mercado em alta de 8,38% na primeira quinzena de novembro, agora vamos falar dos modelos de motocicletas mais vendidos em cada segmento.


  • gustavohenrik

    o dominio da honda e total mais no final das contas ela ainda e a melhor nao so em qualidade geral dos produtos mais tambem por ter a linha mais diversificada do mercado

    • MattTr00

      vendendo tantas motos e com lucros astronômicos, a Honda podia ao menos oferecer mais opções de cor, não apenas aquelas 3 cores como sempre…

  • MattTr00

    acho BEM FEITO a Yamaha vender tão mal, só quem teve uma XT225 sabe o que eu tô falando. Tive tanta raiva desta moto e da Yamaha por consequência, que deu vontade de ir até à fábrica deles largar uma bomba lá dentro.

    • Wikle

      Tive uma Yamaha Tdm 225 e tenho uma Fazer 250. E para mim nunca deram problemas. A Fazer tem 5 anos de uso e só precisou de oficina em virtude de acidente, de resto nem uma lâmpada queimada.

      Problema da Yamaha é a rede de assistência. A autorizada Promotos de Curitiba não tinha sequer o Pneu traseiro original quando precisei.

      • MattTr00

        pois é, parece que a yamaha fabricou motores 225 bons e ruins, pois conheço gente como vc que nunca reclamou, enquanto tem outros donos que estão desesperados como eu estava quando tive a moto.

        Os problemas da minha, só pra citar alguns, que começaram aos 5mil km e terminaram aos 20 mil km, quando vendi a moto;
        Queima do estator 2 vezes, preço do conserto: 700+mão de obra cada vez
        Troca das duas válvulas, 2 vezes, ao preço de 500 reais, por vez, e quando vendi tava pedindo troca de novo
        Troca da corrente de comando, troca do motor de arranque… etc etc
        Aos 15mil km começou a fumacear, tive que trocar os anéis do pistão e por incrível que pareça parou de sair fumaça

        Certa vez me acidentei com ela, coisa pouca mesmo, que numa Bros custaria menos de 200 reais, pra mim custou 900 reais, fiquei muito p… mesmo, tinha uma pecinha plástica que vai embaixo do velocimetro que só ela custou absurdos 300 reais…

        resumindo, foi só desgosto, gastei metade do valor da moto só em manutenção

        por isso pra mim, Yamaha nunca mais… sem falar que na segunda vez que queimou o estator eu estava fazendo uma aventura pela praia do Cassino, a mais de 50km da civilização, tive que esperar meio dia até aparecer alguém pra me salvar.

  • Wikle

    Honda e Yamaha cobram muito caro por seus modelos superiores a 300cc. Espaço para a BMW/Dafra se estabelecer, com ótimos produtos (ABS e aquecimento de manoplas de série) e preços justos.

    • Edson Roberto

      Eu que não entendi e sou super leigo em relação a motos, poderia esclarecer, para qual proposito serve o aquecimento das manoplas? Seria mesmo para que o corpo não fique frio e por isso esse recurso ?

      • Wikle

        Sim, em situações de temperaturas baixas, as extremidades do corpo humano são as primeiras a se esfriar, causando, no caso das mãos, perda da sensibilidade e desconforto. E para quem pilota uma motocicleta, é essencial conservar as mãos bem aquecidas, não só pelo conforto, mas também pela segurança. E por quê outras marcas também não adotam tal sistema? Simples: a BMW patenteou o aquecimento das manoplas e certamente cobraria para disponibilizá-lo.