_Destaque Finanças Governamental/Legal Trânsito

Não há seriedade na pavimentação de estradas no Brasil, segundo especialistas

br-316

Anualmente, o Brasil gasta milhões e milhões de reais em recapeamento de estradas, que deveriam durar muito mais do que realmente duram. Um exemplo é a BR-316 (foto acima), no Maranhão, que custou R$ 107 milhões para ser recapeada.

A recuperação da rodovia federal deveria proporcionar vida útil de oito anos para o asfalto da estrada. No entanto, apenas três meses após a conclusão do recapeamento, uma nova licitação teve de ser feita. O motivo? A estrada já estava esburacada novamente.

Para recapear o que havia sido recapeado recentemente, foi necessária a aplicação de mais R$ 72 milhões. Diante disso, dá para imaginar quantas reformas a BR-316 passará nos oito anos propostos pela primeira recuperação da rodovia.

De acordo com especialistas, o solo brasileiro é extremamente propício para pavimentação e nosso asfalto é de qualidade, feito pela Petrobrás, embora não haja concorrência. O asfalto recebe aditivos para ser melhorado em empresas químicas, mas não se sabe se estas atuam conforme mandado pelos editais.

Para pavimentação, é necessário um projeto, mas nem sempre isso é realizado. O que acontece é má vontade política, de acordo com quem entende do assunto. No Brasil, o processo de pavimentação ainda usa técnicas de 50 anos atrás, por isso muitas estradas não duram o que deveriam por erros nas obras.

Não há engenheiros especializados suficientes no país e por isso não se faz o trabalho como deve ser realizado. Climas diferentes registrados no país também afetam a durabilidade do asfalto, mas não são levados em consideração.

buraco-rs-2

Até mesmo a análise do tipo de pavimento não é realizada. Hoje, o piso é projetado levando-se em consideração a frenagem de um veículo à 100 km/h. Mas isto ocorre apenas lá fora, sendo que no Brasil sequer essa possibilidade é avaliada. Para os especialistas, se a pavimentação for feita com técnicas atuais e com engenharia especializada, a qualidade será 90% superior.

Os projetos de pavimentação devem ser pensados para 50 anos, sendo o mínimo em 20 anos de durabilidade. Atualmente eles já vêm aprovados do governo e não levam em consideração a região e nem a estrutura da via, sempre com restrições orçamentárias, mesmo que os contratos sejam milionários.

O ideal seriam contratos que preveem punição para as construtoras, que devem pagar a conta se algo der errado no período de vigência da durabilidade do asfalto. Se acontecer algo antes, a empresa terá de arcar com os custos de recapeamento. Um bom trabalho pode custar entre 20% e 30% mais, mas a durabilidade do pavimento compensará muito.

[Fonte: Exame]

Agradecimentos ao Gustavo73.





  • Luis Burro

    Ah serio, e em q outro setor hah?Ngm tah nem aih,ateh tem gente q quer melhorar,mas ou fica no arroz e feijao e se contenta com isto ou logo desiste por ter de fazer tdo sozinho!

    • Carrera

      O Brasil é o país onde mais se arrecada com multas no mundo, então deveria ter o melhor asfalto e as melhores estradas do mundo, já que se fosse um país sério esse dinheiro deveria ser investido no trânsito, mas sabemos que a unica coisa que eles investem é no próprio bolso.

      • Luis Burro

        Estes tipos de impostos sao uma forma de arrecadar dinheiro soh.Mas nao necessariamente pra ser utilizado na area.Alias a maioria dos impostos no Brasil parece q sao soh pra arrecadacao.

      • !Marcelo Surf!

        E uma das formas do dinheiro das multas entrar no próprio bolso dos governantes é justamente esta, pavimentando estradas, portanto quanto menos durar melhor e por isso não há interesse por parte das autoridades publicas que este asfalto dure mais do que dura hoje

  • Filipo

    Propositalmente, na maioria das vezes, fazem mal feito mesmo que é para poucos meses depois ter de refazer e assim embolsarem mais. Uma máfia!
    São verdadeiras quadrilhas!

    • dallebu

      A mesma coisa acontece com as faixas e sinalização horizontal das vias. Aqui na minha cidade a cada 3-4 meses o pessoal vai pras ruas pintar de novo as faixas de pedestres, demarcações de estacionamento e linhas de divisão da pista pois ficam apagadas rapidamente. Morei na Itália e lá a pintura era feita com uma tinta bem grossa misturada á um material abrasivo parecendo uma areia bem fina, e duravam uns 2~3 anos antes de ficarem um pouco apagadas, além de não serem escorregadias quando molhadas.

      • Gustavo73

        E ainda deviam ser reflexivas. Aqui é quase uma tinta de parede. Mas já tivemos de qualidade, mas essa durava muito não possibilitando novas licitações em pouco tempo.

        • leomix leo

          Nessa jogada de licitações que eles enchem os bolsos de nosso dinheiro. Não gosto de discutir política, pois 90% dos brasileiros acham que devemos pedir caridade a esses sacripantas, mais na vdd, somos nós que sustentamos esses vermes sanguessugas, eles tinham que arrastar a barriga no chão e nos tratar com mais dignidade. Agora mesmo os puxa sacos já estão frenéticos atrás dos candidatos das próximas eleições.

          • Erismar Araujo

            Nosso pais não é serio por que a forma de nossa democracia é a mais perfeita forma de corrupção já instalada, funciona com celulas individuais mas que se completam. O execultivo paga propina ao legislativo para aprovar projetos que lhe dem lucros (caixa 2), o legislativo é leniente quanto a questões juridicas para favorece o execultivo e o legislativo que por sua vez sancionam e aprovam aumento de salario do judiciário (recentemente 45%). Dessa forma nunca teremos força suficiente para derrotar os três poderes que lutam para continuar com sua hegemonia, tornando legal materias imorais. Criando o caús para que a população aceite o inaceitavel, por que em tempos normais não aceitariam. Não estou de situações exclusivamente recente, não esqueçamos da politica de PÃO e CIRCO que deturbou a figura do trabalhador humilde transformado este em um pedinte de filas interminaveis de auxilio dos mais variados. Temos um pais riquissimo mas este bem estar está retido na casa de poucos.

            • Lucas Vilanova

              O nosso regime de governo, ou se preferir, regime político, não é culpado dos acontecimentos que assolam o país. Digo a você, meu amigo, a autocracia não favorece em nada um estado maior e melhor. Não preciso te lembrar das monarquias autocráticas…

              Somos um estado democrático de direito, em que o estado seguem as leis. Só a lei determina ou autoriza a prática do ato. Apesar de haver brechas, temos o controle dos atos estatais por meio de dispositivos diversos: ação popular, referendo, plebiscito, iniciativa popular de leis.

              O problema sim, está no sistema de governo: presidencialismo, hoje conhecido mais como presidencialismo de coalizão. É aquele faz aqui, você ganha ali, tu fazes e eu ganho e etc. Poderíamos pensar: Ah, temos o parlamentarismo, seria uma boa ideia. NÃO. Nesse congresso não há uma sigla partidária unida em prol da sociedade, do bem comum.

              O que nós, realmente, precisamos é uma de uma população esclarecida, bem instruída, que comece a ver o seu país como um lugar melhor. Ninguém conhece a constituição, as leis, formas de controle popular – como eu citei acima. E conhecer o seu estado não é exclusivo dos estudantes de direito – eu mesmo não sou.

              Enquanto não mudarmos, nosso país não muda.

              • Pessoalmente tenho uma convicção. Sou da teoria que político não se deve reeleger, mesmo que em cargo diferente. Por exemplo, se você vira vereador cumpre o mandato só que não pode se candidatar em nenhum outro mandato como deputado, senador ou prefeito. dessa forma política deixa de ser emprego. E vou mais longe, funcionários públicos ligados a administração deveriam trabalhar no máximo 10 anos para o governo, depois outros ocupam o lugar e os que estavam trabalhando pro governo devem procurar emprego na área privada. Acho absurdo a idéia de alguém entrar hoje no ministério público seguir carreira e chegar a juiz para se aposentar com regalias. Hoje teríamos muitos advogados com alta capacidade de formação acadêmica que poderiam substituir um juiz por um breve período. E assim sucessivamente trocando as peças do poder.

                • Flavio J. Alves

                  Política tinha que ser voluntariado. Aí queria ver quem gostaria de estar lá. Tinha que ter uma ocupação formal e ser voluntário. 99% de nossos políticos vão a política enriquecer o bolso e também o ego. O raça pra gostar de aparecer

          • Zoran Borut

            Licitação é para contratar empresas privadas, com donos e tudo, ou seja, empresários.

            • leomix leo

              Geralmente esses empresários são como os da Odebrech, tudo ladrão.

        • dallebu

          Exatamente, eram ligeiramente reflexivas.
          Contudo esqueci de citar uma excessão aqui aonde moro, no interior do ES, pois tem uma estrada que vai pras montanhas que foi refeita a mais de 6 anos e continua um tapete e um exemplo de sinalização e planejamento, com olhos de gato na estrada inteira, muita sinalização e os pontos de onibus tem recuos grandes com casinhas de madeira de lei e tijolinhos rústicos.
          Mas é uma excessão mesmo, pois as outras estradas embora bem sinalizadas não tem a metade da qualidade.

          • Marcelo Ceno Dutra

            Deixa eu adivinhar estrada que vai para domingos Martins.

            • dallebu

              Não exatamente, seria a estrada que vai de Cachoeiro de Itapemirim até o município de Vargem Alta, mas que é caminho pra Domingos Martins.

      • Snaro

        Pelo menos pintam a cada 3 ou 4 meses.

        Aqui em Porto Alegre há centenas de ruas em que tu precisas adivinhar a demarcação…

    • Pacheco

      Exatamente… a empresa que faz os remendos ganha por metro quadrado. Então qnto pior, melhor. Ela quer é mais buraco pra ir remendando.

  • Algo que se aprende no Brasil é: se algo está e permanece errado, é por que tem alguém se beneficiando disso.

    É exatamente esse o caso de nossos asfaltos…

  • Vanderley Almeida

    Não precisa ser nenhum especialista para chegar a essa conclusão!

  • Rodrigo

    Isso me fez lembrar do Rodoanel de São Paulo: foi construído quase que em sua totalidade de concreto (previsto pra durar muitos anos, já que o fluxo de caminhões é intenso), porém alguns meses depois de a CCR assumir a concessão, já estavam praticamente refazendo vários pedaços do trecho Oeste (entre a Bandeirantes e a Regis), obras essas que duraram uns 3 meses.
    Ou seja, o que o Estado fez serviu para pouco mais de 3 anos, mesmo tendo (supostamente) empregado o que mais de moderno havia na engenharia viária. E pra colocar a cereja no bolo ainda por cima batizaram a obra com o nome de seu ilustre executor (sic!): Governador Mário Covas (cuja família tem parte acionária relevante da atual Concessionária CCR que o administra).
    Conclusão: estamos, sempre estivemos é sempre estaremos governados por verdadeiros mafiosos.

    • Zoran Borut

      Fora que há denúncias de desvios bilionários nas verbas destinadas a esse Rodoanel, mas cujos responsáveis jamais são taxados de corruptos e continuam se elegendo folgadamente.

      • Rodrigo

        É tudo farinha do mesmo saco, meu caro. Covas e Maluf foram, inclusive, da mesma escola (Poli/USP). Entra ano, sai ano vemos sempre os mesmos rostos na política brasileira.

        • Zoran Borut

          Os desvios nem foram feitos pelo Covas, mas pelos seus sucessores que ainda estão vivos e reeleitos.

          • Rodrigo

            PSDB, PT, PMDB, PCdoB, DEM, o extinto PFL,… Todos da mesma laia. O Brasil nasceu da corrupção e vai ser assim pra sempre. Até índio é corrupto por aqui.

    • Redpeak77

      A pavimentação por aqui, meu amigo, é feita para durar apenas até o próximo ano de eleição, para que ele faça recapeamento para todo mundo ver…
      Nesse caso, parece que não durou nem o tempo para a reeleição. hehehe

  • Rbs

    A seriedade é relacionada as cobranças de multas, pedágios etc etc

    • Pacheco

      Um radar em SP que da mais de 10 mil multas por mês banca a reforma de todas as rodovias.

  • vicegag

    Falaram que um tal de Gaulle já tinha dito isto sobre o país inteiro há muito tempo atrás, e pelo jeito a coisa não mudou nos dias de hoje, acho que devemos tirar aqueles dizeres que estão na nossa bandeira, pois virou piada.

  • Mr. Car

    Ri demais, he, he, he! Precisa de especialista para concluir isto? Totalmente dispensáveis. E se forem especialistas do governo, por certo ganham uma nota preta para fazer esta “grande descoberta”, que é de conhecimento geral.

  • Paulo

    Não precisa ser engenheiro pra saber que um asfalto da grossura de um dedo mindinho não vai prestar. Até uma criança sabe disso.
    Quando eu era adolescente trabalhei com um Sírio, ele dizia que o asfalto na Síria era recapado em media a cada 4 anos, mas não por buracos. Com o passar dos anos o asfalto começava a ficar liso, então eles recapavam pra voltar ao normal.

    • Pacheco

      Fazem isso sempre nos Aeroportos. Deveria fazer nas ruas.

  • CharlesAle

    No Brasil só a corrupção é levado a sério…

    • Pacheco

      Pois é… levado até demais.

  • Poperon

    Imagino a dinherama pra corruptos que não deve rolar nessa montanha aí.

    Só alegria e diversão pros corruptos, e sufoco no buraco dos trabalhadores pra pagar tudo.

  • PH Sacchi

    É assim que eles ganham dinheiro ,cobrando caro por um pavimento que deveria ser de qualidade e entregando lixo …

  • Gustavo73

    Para multar e fiscalizar o cidadão, principalmente quando há multas e taxas o Estado é eficiente e ligeiro. Mas quando o Estado tem que cumprir as suas obrigações a morosidade e falta de compromisso é regra. E não precisa ser nem estrada. A região do entorno do Engenhão( Estádio construído para o Panamericano do Rio -2007) foi recapeada”n” vezes nesses nove anos. E seguindo o que aconteceu não deve durar 1/2 anos até necessitarde reparos.

  • Ítalo Figueirôa

    Se fizer um bom trabalho, acaba a mamata dessa cambada de ladrão f. d. p… Aliás, a cultura do Brasil é mestra nisso.

    • Pacheco

      Pois é… imagina acabar com o dinheiro facil desse povo?

  • João Carlos

    Não podemos esquecer do excesso de carga nos caminhões, que compromete o asfalto. Resultado da falta de pesagem. Dinheiro para câmeras de “excesso” de velocidade tem de sobra…

  • Roger Rosato

    Uma coisa que fiquei impressionado aqui no Canadá é a forma com que reformas viárias são feitas. Mal se vê a terra, tantas as camadas de pavimento, além do fato de que as reformas em si são muitíssimo mais frequentes e se iniciam antes mesmo que se possa notar qualquer dano.

  • fbl

    O brasil é uma imensa cabeça de porco. Aqui so resolveriam essas coisas na porrada ou na pena de morte pra corrupto e ladrão. Tudo é feito à moda krlho e de preferência entregando muito atrasado.

    • Louis

      Isso aqui é uma terra em que ninguém assume responsabilidades. Até a ex-presidanta, e também o 9-fingers são exemplos disso. “eu não sabia”, “não fui eu”, etc etc. P… se o presidente da república não é responsabilizado por quebrar um país, então para quê precisamos de presidente?
      Governantes que quebram cidades, estados e país deveriam ser responsabilizados, inclusive com apreensão de bens particulares.
      Se um empresário dar calote nos seus funcionários ou impostos, tem até os bens particulares confiscados para amenizar o calote deixado. Na vida pública deveria sem assim também. “não sabia”? Então deveria ser punido por omissão.

      • DinhoRoxxx

        O pior de tudo que a receita federal é mestre pra fiscalizar as pessoas pequenas, mas o crescimento do patrimônio dessas empresas e dos políticos, eles nunca pegam.

  • Tosoobservando

    Ou seja, o ideal é privatizar as estradas, inclusive pavimentação! Ja viram aquele video que compara a pintura de faixa em um país de primeiro mundo e aqui? La o cara usa um especie de motoneta com o dispositivo acoplado e uma pessoa rapidamente pinta uma via inteira. Aqui sao varias pessoas pintando a mao e demoram dias pra fazer uma rua sequer. E isso acontece em tudo, coleta de lixo (no Canada por ex as prefeituras fornecem um tipo de iixeira que o caminhão chega e consegue pegar automaticamente com braços mecanicos) entao so precisa do motorista de caminhão, que alias, ganha muito bem pra isso.

  • Tosoobservando

    Além da porcaria do asflato na maioria dos países o uso de ferrovias é maciço, enquanto aqui é irrisório, o que piora ainda mais a situação se considerar o tamanho do país e o volume de cargas transportadas.
    Mas aqui impera sim alem da cultura da impunidade, a do desperdicio. Ja viram aquele video que compara a pintura de faixa em um país de primeiro mundo e aqui? La o cara usa um especie de motoneta com o dispositivo acoplado e uma pessoa rapidamente pinta uma via inteira. Aqui sao varias pessoas pintando a mao e demoram dias pra fazer uma rua sequer. E isso acontece em tudo, coleta de lixo (no Canada por ex as prefeituras fornecem um tipo de iixeira que o caminhão chega e consegue pegar automaticamente com braços mecanicos) entao so precisa do motorista de caminhão, que alias, ganha muito bem pra isso.

  • Zé Mundico

    Sinceramente, esperar que brasileiro pense 20 anos para a frente é exigir demais de um povo que mal consegue distinguir causa de consequencia.
    Se pelo menos a Terceira Lei de Newton (aquela sobre ação e reação) fosse corretamente ensinada nas escolas com suas devidas aplicações práticas, talvez as coisas pudessem começar a mudar.
    No mais, o jeito é ir empurrando com a barriga e assoviando baixo.

  • Renan

    Obriguem algum tipo de garantia para este serviço e quero ver se farão tão mal feito. No setor privado tudo é atrelado a garantia da qualidade do serviço, pq não aplicar a estes também? Nosso país é uma vergonha. Até em países que foram fortemente atingidos pela crise 2008/2009 tem asfalto perfeito.

    • Tosoobservando

      Como se os contratos sao feitos relaxadamente para contemplar futuros nem tão distantes “remendos” que darao lucros gordos e continuos nao só à construtora mas aos politicos e/ou funcionarios publicos envolvidos..??

  • iamdix

    Me pergunto aonde tem seriedade nesse pais……….

  • Roger Bersch

    Além de caro, é mal feito, é engraçado que andar em estradas de outros países você percebe a diferença, é PLANO, não é ondulado, cito Uruguai e Argentina, por exemplo. Lá até os remendos não deixam desnível no asfalto. Aqui é de péssima qualidade.

  • nightwishjp

    O que é feito com seriedade nesse país? Desviar recursos públicos?

    • Zoran Borut

      Sonegação fiscal também, hehe.

      • nightwishjp

        A carf quem o diga, né? Hahahhahahah

  • Matafuego

    Privatiza tudo!

    • Zoran Borut

      Mas as empresas que fazem a pavimentação já são privadas, vai fazer como?

      • Matafuego

        As empresas de pavimentação tiram proveito do estado, que é gerido por políticos (que via de regra estão interessados apenas neles próprios) e alimentado pelo pagador de impostos.

        Se você fosse um empresário mau caráter, com quem você preferira fazer negócio? Com uma empresa privada (que tem dinheiro finito e pode quebrar se acontecer alguma merda) ou com o estado (que possui dinheiro “infinito”, que é mal gerido e que tem sempre o pagador de impostos p/ pagar a conta, independente de êxito)? Eu escolheria o estado, assim como Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa, etc.

        A concessionária da estrada privada tem interesse em que o serviço de pavimentação seja bem feito, pois se for mal feito, ela vai gastar o dobro e vai ver seus lucros diminuirem. Simples e óbvio assim. O político tem interesse em manter o negócio três meses bonito antes das eleições.

        A intenção de ter o estado metido em nossas vidas parece ser legal quando somos crianças, mas a realidade é outra. A intenção pouco importa, o que importa são os resultados.

        • Marcelo Nascimento

          “A concessionária da estrada privada tem interesse em que o serviço de
          pavimentação seja bem feito, pois se for mal feito, ela vai gastar o
          dobro e vai ver seus lucros diminuirem.”
          Pior é que há exceções! Na subida da serra do Rio para Petrópolis o pavimento de concreto original durou décadas. A concessionária que assumiu trocou vários trechos (tiraram uns 30cm de concreto rachado e esburacado e fizeram tudo de novo). Poucos anos depois os mesmo trechos estavam cheios de rachaduras, buracos nas juntas (não sei o nome delas). Aí eles desistiram jogaram asfalto por cima do concreto…

          • Matafuego

            Depende de como foi firmado o contrato entre a concessionária e o governo. As últimas “concessões” do governo de extrema-esquerda do PT fazia o leilão baseado em quem oferecia o menor valor de pedágio por km rodado (muitos estados adotaram este modelo também). Para o cidadão médio, isso da a entender que o governo é legal e que ele vai pagar baratinho nos pedágios. Se vc enxergar um pouco mais fundo, vai ver que nestes contratos o governo não se preocupa tanto com o projeto da concessão – e aí ocorre este tipo de situação que vc citou. Se não está no contrato, por que a concessionária vai cumprir? Ela joga pelas regras do jogo – faz o mínimo para não ser punida.

            Ah sim, e a concessionária continua na mão do governo, já que ele próprio decidiu em contrato o quanto ela pode cobrar de pedágio. E aí recomeça a troca de favores entre os políticos e os empresários amigos do governo.

            • Marcelo Nascimento

              Pode ser. A única interrogação é que o pedágio não é baratinho. São 3 praças de pedágio de R$11,20 para 190km de concessão de uma rodovia que eles ganharam pronta, só fizeram melhorias.

  • Neto

    O Brasil é uma piada!

  • Moisés Nunes

    A cultura da maioria dos brasileiros é essa. Fazer nas coxas. Empurrar para os outros e por fim pagar três vezes mais por isso.

  • V12 for life

    Precisa de especialistas para dizer o que todos vemos? Próxima piada por favor.

  • rodrigomalc

    Cada dia mais nojo desse país…

  • Ronaldo M

    Se ainda fossem só os serviços de pavimentações..

  • Isaias Freitas

    Ué tem que ter garantia de serviço.

  • Isaias Freitas

    As olimpíadas tai pra mostrar a incompetência e desleixo dos brasileiros.

  • ####Carlao GTS

    Ah…. pára… Eu nem li…

  • Ricardo Blume

    E há seriedade para alguma coisa neste país. Citem uma coisa que funcione no Brasil além da Justiça Eleitoral.

    • Valdemir Souza

      Receita Federal.

      • Matheus Marques da Silva

        Se funcionasse não haveriam os rombos em fraudes e lavagem de dinheiro. Receita federal também não funciona.

  • Lexfamulus

    Lógico que é levado a sério! Matéria infundada e mentirosa. O superfaturamento e a corrupção são levados a sério, o uso dos piores materiais é levado a sério, o jeitinho e a falta de planejamento são levados a sério.
    A seriedade só desaparece quando a engenharia de construção do Exército toca as obras. Aí a seriedade brasileira dá lugar à qualidade e planejamento de sobra. E é tudo tão fora da seriedade brasileira que sobra até dinheiro. Infelizmente!

  • afonso200

    Tem video de um BR
    Nos eua. Mostra como é. Asfalto. Concreto com malha gg50 e mais 20cm de asfalto em cima.
    Aqui botam 5-6-7cm de asfalto

  • paulo sergio berezovski

    Mas se não fosse o estado quem faria as estradas belas e maravilhosas superfaturadas?nos EUA o ipva é cobrado de acordo com o peso do carro e sai muito mais barato,e mesmo assim o asfalto deles é bem superior(no YouTube tem um vídeo de comparação),e ainda temos o maravilhoso monopólioda Petrobrás orgulho brasileiro viva!#o asfalto é nosso.

  • awatenor

    Conte-se nos dedos das mãos empresas brasileiras realmente sérias…

  • Snaro

    Existe seriedade em algo na Banânia?

  • Ainnem Agon

    O esquema é multar farol desligado

  • ALVIN_1982

    E precisa de especialista pra saber disto? O que precisa é do brasileiro tomar vergonha na cara, aprender a votar e cobrar seus candidatos e principalmente fiscalizar o que está sendo feito com o NOSSO dinheiro.

  • Pedro Neto

    Tá, o que é sério neste país?

  • Anderson Menezes

    Não há seriedade porque os politicos e administradores fazem uso de materiais de baixa qualidade, superfaturamento dos valores das obras e desvios de recursos.

  • DinhoRoxxx

    Esse pais só vai melhorar no dia que político corrupto for parar na forca, pq a política atual do bandido entra na cadeia por uma porta e sai pela outra não funciona, ou melhor, funciona muito bem para o bandido

  • Luciano

    Já constroem as estradas meia boca sem contar na falta total de fiscalização dos caminhões que trafegam com muitos pesos acima do permitido, ou seja, os caminhões ajudam a destruir as já mal feitas estradas.

  • Deivid

    Querem conhecer pavimento de qualidade perto de nós?
    Pistas da Argentina

  • Ubiratã Muniz Silva

    Tá, agora conta a novidade.

    Engenheiros especializados e com conhecimento técnico na área existem, o que não há é interesse em obras que “durem”. uma obra que requer reparos a cada seis meses (e reconstrução total a cada 4 anos, que coincidência com o período dos mandatos dos políticos né?) é muito mais “lucrativa” aos envolvidos nos projetos.

  • Gran RS 78

    A foto do rapaz reparando um buraco reproduz exatamente como são feitos os ” consertos” em nossas estradas. Uma vergonha, e pode ter certeza que custou mais caro que um conserto bem efetuado em outros países.



Send this to friend