Ford Hatches Mercado Montadoras/Fábricas

New Fiesta completa 200 mil unidades fabricadas no ABC Paulista

ford-fabrica-abc

A Ford está comemorando 200.000 unidades do New Fiesta produzidas na fábrica da empresa no bairro do Taboão, em São Bernardo do Campo/SP. O compacto premium da marca americana tem 82% da produção voltada para o mercado interno.

new-fiesta

Com pouco menos de três anos de lançamento da versão atual, que passou a ser feita no ABC Paulista, o New Fiesta brasileiro – feita apenas na versão hatch – continua a trajetória bem-sucedida no país, onde já vendeu 1,8 milhão desde os anos 90 através das gerações anteriores.

new-fiesta-sport (1)

O compacto já emplacou mais de 15 milhões pelo mundo. Aqui, o New Fiesta Hatch parte de R$ 49.990 e é oferecido nas versões S, SE, Sport e Titanium, tendo motores 1.5 Sigma Flex de até 112 cv e 1.6 Ti-VCT de até 128 cv, além de opção de câmbio Powershift.





  • Bruno Silva

    Murchou. Além de encarecer muito, perde para o Ka em espaço interno e nas versões manuais não tem muito diferencial.

    • Mario

      Então podemos dizer que foi ‘fogo amigo’ ou concorrência interna? Acho que isso era previsível e até seria o objetivo da Ford, já que imagina o ka sendo um carro mais barato de se fabricar…acho.

  • e_angel

    Uma pena que, pelo menos no Brasil a quantidade de Fiestas tendem a diminuir com a política de preços da Ford.

    • Robinho

      então amigo, não é so a Ford…

    • Paulo Reis

      não é exclusivo da marca,são todos. Ja viu os preços do Fit, concorrente direto? Ainda que, comparando com preços com todos os concorrentes, fiesta acaba sendo mais carro.

      • Bruno Silva

        O problema é que desde o lançamento, o Fiesta aumentou 11 mil reais. O Fit, aumentou 2 mil. Aí o Ford deixou de ser competitivo.

  • Bruno Gomes

    A Ford comemora e nós proprietários sofremos com o pós venda. Não recomendo essa versão nacional a ninguém…
    Creio que um produto chinês de quinta categoria tenha mais qualidades que esse carro. Isso sem falar no absurdo que está a versão de entrada.

    • Vitor Cervelin Jr

      Amigo, pode citar os problemas que enfrentou com seu Fiesta? Tenho um SE 1.6 13/14 manual e por enquanto só alegria.

      • CharlesAle

        Amigo, melhor ir em sites de donos sobre isso. Aqui muitas reclamações sobre carros, em especial do powershift, é de gente que sequer já entrou em um Fiesta, que dirá ser dono. Não é só com o Fiesta, mas em geral com a maioria dos carros..

        • th!nk.t4nk

          Já tive um, mas com câmbio manual. Zero problemas. Mas de fato, a versão Powershift teve um histórico ruim (diz a lenda que consertaram o barulho, não se ouve falar de problemas mais).

      • Robinho

        temos duas Ecosport na familia com Powershift…ate agora nenhum problema.

        • shdn2010

          Desculpe a pergunta, mas está com quantos km?

          • Robinho

            a do meu sogro (2013) esta com 40 mil e alguma coisa, a da minha prima (2014) acho que deve estar com uns 60 mil, pois a ultima vez que a vi estava com 53 e ela anda pra caramba…e já falei para eles sobre os problemas do powershift, mas ate agora não apresentou nada…não digo que o problema não existe, pois há donos relatando que existe, agora não se pode generalizar…ate porque há outras marcar com problemas tbm…o que é lamentável.

      • Bruno Gomes

        Então meu caro, a minha versão é a SE 1.5 2014/2014. Desde a saída da concessionária tenho tido problemas com diversos componentes do veículos que vieram com folga, um ruído na parte dianteira esquerda dentre outros problemas. Aos 5000km trocaram as pinças por já estarem gastas e com 15000km a troca dos amortecedores traseiros. Meu vidros traseiros vieram com folga e descem ao decorrer da viagem, as borrachas que envolvem as portas também vieram soltas, sem falar na pane elétrica com 1500km. Hoje ele está com 35000km e estou doido pra acabar o processo pra me livrar dessa bomba.

        • th!nk.t4nk

          Que loucura. Meu SE também tive em 2014, vendi com 30 e poucos mil km. Sem brincadeira, tive zero problemas. Absolutamente nada, e olha que sou bem chato em procurar defeito. Até o atendimento da concessionária foi excelente. Só passei stress com a altura do carro, isso me levou a repensar a atitude de quem opta por um crossover no Brasil.

    • Elias

      Também tenho um 13/14 que só me dá desgosto. já está com 42k rodados e após a ultima revisão que acabei de fazer larguarei a ford fora. cansado de tentar resolver problema que ao ver a montadora deveria correr atras. ah lembrei é que estamos no Brazil!

    • Thiago Chaves

      Cara vc foi azarado na sua compra! Tenho o modelo 1.5S 2014, com 34mil Km rodados e ate agora nada de problemas que dessem desgosto.

      • Marco

        .O meu Fiesta Hatch 1.6 SE 2014/14 está com 25 mil KM e até agora só meu deu alegria! Unica reclamação que tenho é por conta do carro ser muito baixo. Tenho que tomar muito cuidado com a frente senão raspa.

        De resto, só alegria!

        Está mais econômico do que esperava! Estou fazendo na cidade média 8/8,5 no ácool. Quase não uso gasolina. Exceto quando viajo. Na estrada já cheguei a fazer 16,3km/l na gasolina, indo de São Paulo a Paraty, com o ar ligado.

        O seguro é barato comparado com os concorrentes e as revisões ficam na média.

        Portanto… Bem relativo. Acho um bom carro. Caro. Mas muito bom.

        Se for pensar bem o que vem de fábrica nele não está disponível sequer como opcional em muitas versões de carros ditos de “categoria superior”, como Corola, Civic..

        Eu penso em trocar o meu por um outro quando lançarem com o Ecoboost 1.0.
        Vai depender da potência com que vier este motor no Fiesta. Se for a versão de 125cvs eu vou certo!

        • th!nk.t4nk

          Lendo seu relato, até parece eu escrevendo. Tive a mesma experiência: um carro confiável e extremamente econômico, porém muuuito baixo.

    • Zidane

      Eu tive um 14/15 Titanium powershift e em termos de acabamento, isolamento acústico, itens de série e dirigibilidade supera com folga qualquer outro carro do segmento. Acho que a Ford melhorou bastante o acabamento a partir dos 14/15.

      Agora, o problema mesmo era o powershift. O meu já trepidava desde o primeiro mês de uso, mas de forma leve. Percebi que as trepidações estavam aumentando gradativamente e que ia me incomodar. As duas pessoas que eu conheço que tinham um carro igual trocaram a embreagem antes dos 15 mil Km e o problema voltou…

      No fim das contas troquei por um Focus manual….

  • Cleidson

    Infelizmente, eu só compraria o sedã por ser mexicano.

  • _William

    Nunca vi um Fiesta Sport desses na rua, tem que ser meio louco pra comprar esse carro.

    • afonso200

      pelo preço,

  • afonso200

    powerSHIT

  • MauroRF

    Eu tive um Titanium 14/15 Powershift, carro muito bem equipado, porém, acabamento ruim, pós-vendas ruim e o câmbio que deu problema.

    • th!nk.t4nk

      Parece que esse carro no Brasil é uma loteria total: ou vem perfeito, ou vem totalmente zoado. Eu não sei como a Ford consegue essa proeza. Será que tem duas linhas de montagem diferentes? Ou o turno da noite sacaneia? Algo bizarro acontece aí.

  • No_Name

    200 mil unidades para um compacto premium em um relativo curto espaço de tempo é um sucesso. Atualmente o Fiesta é bastante dependente de componentes do exterior, a Ford podia aumentar a nacionalização para interromper a escalada de preços, porque o desempenho comercial deu uma enorme despencada após sucessivos aumentos. Não seria em vão subir o índice de peças locais, porque o México não produzirá o Fiesta B479, então já ficaríamos preparados para produzir a próxima geração em larga escala.

  • Darwin Rigamonti

    Meu Powershift tá aguardando peça desde Setembro de 2015. Vamos comemorar 100.000 unidades problemáticas. =)

  • fbl

    E quantos powershit tiveram problemas e quantos continuam tendo?

  • Felipe

    Comemore com um aumento de preços!
    Não, espera, isso já aconteceu essa semana…

  • SportGP

    O problema desse carro é o powershift problematico.

  • EJ

    O problema desse carro é o preço.

  • O problema desse carro é o powershift, o preço, o acabamento interno e a falta de qualidade na montagem, ou seja, quase tudo.

  • Airplane

    Fiesta vendendo cada vez menos devido:
    1) preço alto demais;
    2) powershift problemático;
    3) pós-venda ruim.
    Nada a comemorar!

  • Fernando Vilela

    Eu dirijo todo dia um 1.6 SE manual tirado zero da concessionária no começo de 2015 e após um ano (15.000km) recomendo a compra.

  • Lucas Irrthum

    O grande problema da Ford se resume no preço dos componentes que são empregados nos seus carros. Dizem que manutenção do New Fiesta é caríssima.

  • Felipe S. Rangel

    Na época (2014) deixei de pegar um SE 1.6 PowerShift. Por questões de negociação peguei um Onix LTZ At6. Até um bom tempo depois fiquei com um pouco de remorso. Porém, com a convivência, fui admirando cada vez mais meu carro e desgostando do que lia a respeito do Fiesta. Ainda teria um, tanto que quando for trocar de carro farei uma visitinha à Ford, mas posso afirmar que o Onix até agora (50.000 km) tem sido uma tranquilidade só. Poucos carros que tive me passaram tanta confiança quanto o Onix. Não sei se pegaria um Powershift com esse mesmo sentimento.



Send this to friend