Coréia Crossovers Ecologia Nissan

Nissan interrompe venda do Qashqai na Coreia do Sul por causa de emissões

nissan-qashqai-xtrail-premium-concept-1

A Nissan interrompeu as vendas do crossover Qashqai no mercado sul-coreano. O motivo é a questão das emissões de poluentes, pois descobriu-se que o sistema de gestão de emissão pode alterar os dados, mas de forma diferente da Volkswagen.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente da Coreia do Sul, o sistema de controle de emissões do motor diesel Euro 6 do Nissan Qashqai, se desliga quando o motor atinge a temperatura de 35°C ou cerca de 30 minutos após o funcionamento.

O ministério diz que normalmente os sistemas desligam ao atingir 50°C de funcionamento, a fim de evitar um superaquecimento. O software não teria sido desenvolvido pela Nissan, mas um recall poderá ser necessário para corrigir o problema. Nesse caso, o desligamento antecipado aumenta os níveis de emissão de NOx.

O óxido de azoto se tornou um problema para os fabricantes de veículos que utilizam motores diesel. No caso da Nissan, acreditava-se há algumas semanas que o problema estaria relacionado apenas com os modelos mais antigos, mas descobriu-se que a versão mais atual excede os limites. A Nissan disse que está trabalhando para resolver a questão.

A Volkswagen deliberadamente utilizou um software que desligava suas funções durante a condução, emitindo até 40 vezes mais o óxido de nitrogênio. A Opel também está sendo acusada de exceder os limites. Fiat, Renault, Mercedes-Benz e até BMW já sofreram algum tipo de acusação ou suspeita de irregularidade nesse sentido.

[Fonte: Auto Evolution]





  • Ta ficando bom.

    • Pacheco

      Quero ver onde isso ai vai chegar.

      Olha…. eu vou fazer um palpite: Fim dos motores a Diesel em breve.

  • Douwe

    Me surpreende ver que marcas japonesas conseguem sobreviver na Coréia do Sul, um mercado extremamente fechado para carros estrangeiros e ainda com a rixa de muitos coreanos com coisas que são relacionadas ao Japão…rixa que é recíproca, aliás.

    • Marcos Medeiros

      O bolso fala mais alto, no japão existe um shopping da Sony que é chamado de shopping fantasma pois quase ninguem entra lá para comprar os produtos da Sony, os japoneses preferem mais uma TV da Samsung que da Sony por causa do custo beneficio.

      • Douwe

        Eu li em algum lugar que não lembro qual que a Sony só vende TVs no Japão para o público mais velho, que é mais tradicional. Os jovens compram de outras marcas mais baratas.
        Se continuar assim ela vai sobreviver só de Playstation, já que todos os outros produtos destinados ao consumidor final tiveram queda, fruto da concorrência das coreanas, chinesas, taiwanesas e até de outras japonesas que baixaram a bola (Canon, Sharp, Panasonic)…TVs, celulares e câmeras da Sony estão agonizando.

        • Edson Fernandes

          Eu mesmo nunca mais compro TV e notebook da marca. Ambos ela não dá mais o suporte adequado no Brasil.

          Hoje em relação a TV que até gosto da qualidade da imagem, mas ela deixou os clientes na mão por falta de atualização do que teoria seria das smart.

      • Redpeak77

        Cara, onde você viu isso?
        Em minhas últimas viagens, nunca vi uma TV coreana no Japão nem à venda, supostamente pelo motivo que o @disqus_LyshyGZ5123456S6m:disqus comentou.
        Sei que há bem pouco tempo atrás, a Samsung vendia celulares no Japão mas sequer colocava a própria marca neles. As operadoras vendiam, por exemplo, como “Galaxy Vivo”.
        O @lucrobrasil:disqus deve saber informar melhor.

  • Leonel

    Nissan, traga para o Brasil que aqui pode tudo, está tranquilo. E digo mais, iria vender muito bem.

    • Pacheco

      Opa… aqui ainda tem Diesel 1800 no interior… kkkkk

  • Louis

    O futuro próximo definitivamente será dos elétricos.

    • Pacheco

      Acredito em extinção dos carros Diesel.

    • Lucas de Lucca

      E a questão da produção da energia elétrica necessária para tocar esses veículos? Não é um processo nem um pouco limpo e ecológico, principalmente onde utiliza-se as termoelétricas a carvão. Como fica? Será mesmo que os elétricos são a solução?
      Talvez os híbridos? Complicado isso ainda para afirmar que o futuro será dos elétricos. Afinal, a 20 anos atrás o futuro era o diesel “limpo”.

      • Louis

        Países sérios estão investindo em fontes de energia limpa. Carros elétricos e fontes de energia limpa vão evoluir juntos.

        • rkimwb

          Infelizmente os poucos países sérios que investem em fontes de energia limpa (como a Noruega) estão longe de compensar as emissões de EUA, China, só para citar os dois mais poluentes.

          Ainda mais com o preço do petróleo lá embaixo, acredito que os elétricos ainda demorarão décadas para serem adotados em massa ao redor do mundo.

  • Lucas de Lucca

    Até tu japas?