Hatches Mercado Nissan Sedãs

Nissan vai exportar March e Versa para a América Latina

Versa ganha nova central multimídia e opções de pacotes

Produzidos na planta da Nissan em Resende (RJ) há quase dois anos, os compactos March e Versa nacionais vão passar a ser vendidos na América Latina. Desde março, os modelos são exportados para o Paraguai. Já a partir de julho ou agosto, os carros serão enviados também para a Bolívia, Chile, Peru e Uruguai. E, posteriormente, a empresa planeja vende-los ainda na Argentina.

O Nissan March e o Nissan Versa são exportados em diferentes versões, todas equipadas com o motor 1.6 litro de quatro cilindros, com transmissão manual, automática e CVT. Ainda neste ano, o complexo industrial fluminense vai passar a produzir o crossover compacto Kicks, que também deverá ser exportado futuramente.

Versa ganha nova central multimídia e opções de pacotes

“A ambição da Nissan de ser a marca japonesa número 1 está vinculada ao fortalecimento e expansão da nossa base de manufatura. A combinação da produção de carros e crossovers na nossa planta de Resende e a futura produção de picapes na Argentina em 2018 vão gerar sinergias que vão beneficiar consumidores no Brasil e na região. É um momento único na história da Nissan do Brasil.”, afirmou François Dossa, Presidente da Nissan do Brasil.

Além dos automóveis, a fábrica de Resende é responsável pela fabricação dos propulsores 1.0 litro de três cilindros e 1.6 litro de quatro cilindros. O local tem capacidade para produzir 200 mil veículos e 200 mil motores por ano.





  • Gustavo73

    Para sobreviver em um mercado em crise (que voltou a ter números de 10 anos atrás e redução de quase 50 % do que em 2013) a solução é essa, exportação. Todas estão fazendo isso. Quem não conseguir terá problemas. Até a BMW que produz aqui em CKD vai mandar umas 2 centenas de X1 para os EUA.

    • Boris

      aproveitar q o dólar ta alto…….

    • João Cagnoni

      E lá nos EUA vai vender a X1 por um equivalente a 100~110 mil reais. Vergonhoso isso. Ainda tem a cara de pau de dizer que os carros são caros no Brasil só por causa de imposto.

      • Gustavo73

        Não podemos negar que os impostos aqui são muito mais altos. O lucro também é maior, mas os riscos também.
        Tem uma matéria sobre o assunto que fala bem disso.

        “Fabricantes, por meio de sua associação, a Anfavea, culpam o chamado “Custo Brasil” formado pelos impostos em cascata que afetam toda a cadeia produtiva: da energia elétrica e matéria-prima à logística de distribuição e venda. No começo deste ano, o então presidente da Anfavea, Luiz Moan, disse que a carga tributária incidente sobre os automóveis é a maior do mundo. Segundo Moan, os impostos variam entre 37,2% (nos modelos de até 999 cm³) e 43,7% (nos modelos de 1.000 a 2.000 cm³) do valor do carro — isso sem contar encargos menores embutidos no valor final, que elevam esse percentual para 48,2% (1.0) e 54,8% (de 1.1 a 2.0). Nos EUA, os impostos correspondem a 7,5% do valor final do carro, na Alemanha eles são 19%, no Japão 5% e na Itália 22%. Mesmo na América Latina somos os campeões de impostos: no México o preço dos carros tem 16% de tributos, no Chile são 19%, como na Alemanha, e na Argentina 22%.

        No outro lado do balcão, culpa-se as margens de lucro mais elevadas no Brasil. Em 2012, uma matéria do jornal O Globo entrevistou um representante da consultoria IHS Automotive, que fez um levantamento global e concluiu que as margens sobre o custo do carro no Brasil são de 10%, em média, enquanto nos EUA elas ficam nos 3% e a média mundial é de 5%. “

        • João Cagnoni

          Acho que você não entendeu… Estou dizendo que o X1 produzido no Brasil é exportado para os EUA, custando respectivamente 160k e 110k, sendo que não é segredo nenhum que o frete é bem caro, mas mesmo assim o carro custa 50k a menos nos EUA em uma conversão direta entre dólar e real. Será que com os impostos “do jeito que estão” não daria pra vender X1 por 100k (o preço de uma porcaria de um Corolla ou Cruze)? Não pensa que estão fazendo caridade para os EUA, mesmo com o preço que vendem por lá ainda tem uma boa margem de lucro.

        • Tosoobservando

          Dae se percebe como o brasileiro é burro de carga, alem de paga as altas taxas tributarias, e nao receber nada de bom em troca, ainda paga o lucro gordo das montadoras kkk Pq sera que o povo brazuka é tao burro?

          • Gustavo73

            Aí é que está não tivemos. O pessoal paga e depois reclama na fila do banco no trem e etc. Mas na hora de votar vota nos mesmos. Destrói o patrimônio público pensando que isso afeta de alguma maneira os governantes. Mas não afeta. É só ver o nível de corrigir que atingimos, os valores e tem gente pensando no time que joga no domingo. É mais fácil o cara se revoltar contra o técnico ou o juiz do que presta a atenção no que afeta ele no dia a dia.

            • Tosoobservando

              Como se votar adiantasse, sabemos que a eleição é so um teatro, e os politicos sao os peões do tabuleiro, muda-se as peças, mas nao se altera o jogo.

      • Martini Stripes

        E veículo vendido por lá, paga apenas os tributos de produção, quando vc compra, entra ICMS, COFINS, e muitos outros que não incidem para os exportados.

    • Ricardo Blume

      O mercado jamais voltará a ser o que era antes, tipo, 5, 6 anos atrás. O governo deu muitos incentivos e perdeu muita arrecadação com isso, sem contar nas pessoas que compraram seus carros e agora estão endividadas pelos próximos anos e terão que pagar suas aquisições. Quem fez dinheiro vendendo carro fez, por que daqui para frente vai ser somente choradeira e lamento. Tenho amigos que trabalham no ramo e hoje ou estão desempregados ou estão trocando de ramo.

      • Gustavo73

        O aumento das vendas compensa a diminuição na arrecadação. O problema é que aqui as coisas são feitas sempre de maneira estabanada e com outros interesses.

  • cefaf

    Não entendo a falta de controle de cruzeiro / piloto automático, nem que fosse como opcional na versão top com CVT. Perdem assim muitos potenciais compradores.

    • Jackson A

      Pq praticamente ninguém usa, assim como as borboletas, imagino eu.

      • João Cagnoni

        Imagina você mesmo… Muita gente usa.

        • Jackson A

          Em fórum sim, fora dele, never.
          Igual o aclamado C4 THP, que ganha todas mas poucos querem.

          • João Cagnoni

            Eu tenho um C4 Pallas e meu limitador de velocidade fica ligado 100% do tempo, em estradas o piloto automático fica 100% do tempo ligado também. Em 3 anos, nenhuma multa de velocidade. Além do conforto, o carro fica bem mais econômico com o piloto ligado. Fiz 15,5km/L indo de SP pra Campos do Jordão pegando a marginal tietê inteira e um bom trecho da Ayrton Senna (2.0 automático com 1400kg + 2 pessoas + bagagem pra 5 dias). Sem o piloto automático fica próximo dos 14km/L.

            • CignusRJ

              Bom desempenho.
              Só por curiosidade o C4P é aquele cujo miolo do volante é fixo?

              • João Cagnoni

                Sim, o C4 Hatch, Pallas e VTR possuem volante de centro fixo, que foi removido no C4 Lounge. A Citroen disse que o principal motivo para o volante fixo era o airbag maior do motorista, se você analizar os crash tests verá que a geração anterior era mais segura. Além disso, diminuíram o disco de freio rsrs…

            • Jackson A

              Sim, não disse que era inútil, disse que fora de sites automotivos praticamente ninguém usa.

              • João Cagnoni

                Discordo… Meu pai usava até na Lumina 1991 que ele teve.

    • João Cagnoni

      Apesar de ser um item muito bom e bastante utilizado, nunca vi alguém dizer que não comprou um carro só porque não tinha piloto automático.

      • cefaf

        Esse cara sou eu, como diria Roberto Carlos. :p
        Piloto automático foi um diferencial que pesou forte para eu comprar meu carro atual, há alguns anos.

    • Megamente

      Eu desisti do versa cvt quando soube que não tinha piloto automático. E fiquei mais pasmem ainda quando descobri que o Kicks também não tem. Em cidades com transito muito travado o piloto não faz falta, mas cidades com grandes avenidas e na estrada é um grande diferencial que torna o cambio automático mais útil ainda. Eu uso, em algum momento, todas as vezes que dirijo. É questão de hábito começar a usar.

      • Marcus Fenix

        No Grand Siena do meu pai que eu utilizo bastante tem, mas só usei o Piloto Automático apenas nas duas vezes que viajei com ele, mesmo em grandes avenidas daqui do Rio pra mim atrapalha mais do que ajuda, mas é um item bom ter lá quanto quiser usar!!!



Send this to friend