Lançamentos Motos Preços Triumph

Nova Triumph Speed Triple R tem pré-venda iniciada e custa R$ 59.500

triumph speed triple r 2016 1

Apresentada em novembro do ano passado no Salão de Milão, na Itália, a nova Triumph Speed Triple R já está disponível no mercado brasileiro. A naked pode ser adquirida em pré-venda pelo preço de R$ 59,5 mil, sendo que sua estreia na rede de concessionárias está prevista para o início da segunda quinzena deste mês. Assim como outros modelos, a novidade está sendo produzida em Manaus (AM).

A nova geração da Speed Triple R, de acordo com o divulgado, “representa uma nova era para o lendário modelo da Triumph”. Além do novo visual, a motocicleta se destaca pelo inédito motor de 1.050 cc e três cilindros, que traz 104 mudanças em relação ao bloco da geração anterior, como novo cabeçote, pistões redesenhados, nova câmera de combustão e novo bloco do motor usinado. Segundo a marca, o propulsor é capaz de desenvolver 140 cavalos de potência e 11,4 kgfm de torque.

triumph speed triple r 2016 7

Há ainda novas tecnologias, como cinco modos de pilotagem (Road, Rain, Sport, Track e um personalizável), controle de tração comutável, freios ABS comutável, embreagem slip-assist e acelerador ride-by-wire. A versão inclui ainda amortecedores ajustáveis da marca Öhlins, peças em fibra de carbono, freios Brembo, entre outros.

A Triumph Speed Triple R está disponível nas cores Matt Graphite e Cristal White.

Galeria de fotos da nova Triumph Speed Triple R





  • Edson Fernandes

    E o mais impressionante é que esse motor serviria perfeitamente para carros de entrada. E obviamente por girar mais, andar muito mais.

    Pergunta porque é desconhecimento meu… mas porque os carros numa tentativa de redução de custos não poderia receber motores de moto?

    • Daniel

      De certa forma já recebeu… o motor da NC750X de 750 CC da Honda foi feito basicamente dividindo o motor do Honda FIT de 1.5 litros. Que por sinal na moto, e acredito que no carro também, são muito economicos.

    • Eng Turbo

      A grosso modo e de forma MUITO resumida:
      O Torque de motores de moto é baixo e aparece em altas rotações, o sistema de embreagem foi dimensionado para menos de 250 kg e não para quase 1t (Não há espaço pra adaptar, pois a embreagem fica “dentro” do motor)
      Custo – Motor de moto esportiva é INFINITAMENTE mais caro do que um motor de carro popular 1.0 ou .6 (Garanto), pois usa peças nobres de alta tecnologia e valor agregado.

    • Charlis

      Resumindo: torque!
      Esses motores é mais ou menos a mesma lógica de um carro de F1, é giro lá no alto para gerar potencia, isso funciona pra baixo peso.
      Fora, o custo do motor esportivo dessas motos, é absurdamente maior que de um motor de carro popular.
      Se tiver curiosidade, tire suas conclusões próprias, veja no youtube o Uno com motor de R1, se não me engano no canal Garagem do Bellote tem um vídeo completo…

      • Edson Fernandes

        Esse eu conheci! Mas o cara teve que adaptar muito o motor! Ali esse motor está bem modificado e tem mais potencia!

    • Maçaranduba o Porradeiro.

      Já vi algo de tipo, se não me engano, certa vez, vi em um vídeo uma Romisetta com motor de 800cc de uma honda (se não engano), e com um motor elétrico para a ré, ela ia de 0 a 100Km/h em 7,5 segundos e tinha um ronco sinistro pois o escapamento era o mesmo da moto esportiva da qual provinha o motor.

  • Filipe Melo

    Baita moto! Mas por esse preço, eu vou de MV Agusta Brutale.

    • Charlis

      Ah, eu também.
      A zica é a manutenção, nunca vi uma CSS dessa moto… mas essa moto é bem louca!

  • Maçaranduba o Porradeiro.

    Não o meu tipo de moto, gosto de musclebike, tipo Diavel e Vmax.

  • Mauricio

    Monstra!!!

  • Yamaha Mt-09

    Corrige a reportagem a moto tem 140cv.

  • Tom Costa

    A antiga sendo desovada há tempos por 37.500, e a nova por 60.000… Foi pouca a diferença, nem deu 100%, aumenta mais.
    A eletrônica embarcada nem de longe justifica isso tudo de aumento.
    Ultimamente a marca que menos tem aumentado o preço e começou a ofertar entrada baixa e restante sem juros é a Kawasaki. Peguei a nova Versys 650 ABS por 33.000.
    Enquanto uma certa marca da asa vende uma tal de NC750 por módicos 40.000 nas CSS, uma moto com suspensão de qualidade de 300cc e motor de 50cv…