Novas marcas para todos os lados

15/05/2010

Era impossível alguns anos atrás vermos modelos de tantas marcas diferentes rodando facilmente por aí. Há pouco tempo o Brasil se abriu’ para o mundo, diversas montadoras se instalaram e as marcas mais antigas já não dominam tanto o mercado nacional.

É claro que não estamos perto de sermos um Estados Unidos , com uma diversidade imensa de marcas automotivas, mas de pouco em pouco a concorrência vai aumentando, e felizmente, as marcas tendem a fazer promoções e a trazer vantagens desejando atrair o consumidor.

A lei da oferta e procura está bem presente hoje em dia. Pena que pela má distribuição de renda , não são todos que desfrutam disso, mas vendo por um quadro geral, a situação melhorou. As vendas de carros novos aumentam a cada mês, e o sonho do carro zero agora está mais perto de todos.

Todo o tempo, notícias de nova marcas chegando oficialmente e de modelos novos aparecem, tomara que os preços dos carros continuem abaixando. Melhor para a população. O brasileiro está mais perto de ter um carro novo, só precisa agora saber escolher.

Texto de Eduardo Polloni Silva













  • fl4v10r04l

    Novas marcas oferecem sempre uma ocorrência maravilhosa quando pensamos no mercado.

    Mas vale fazer uma ressalva: Deveria existir uma condição rigorosa para que essas marcas tivessem respeito com os consumidores.

    Não falo da KIA, HYUNDAI, PEUGEOT, CITROEN, RENAULT, TOYOTA, HONDA porque essas já estão no nosso mercado a bastante tempo. E, as que saíram, voltaram em curto espaço de tempo.

    Mas o problema em dar a confiança para EFFA, JAC MOTORS, CHERY, DAEWOO, MG e outras que já se sabem que estão chegando é exatamente comprar e viver com o fantasma do abandono! Se elas não se saírem bem.. é simples. Arrumam as malas e vão embora para fugir do prejuízo. Mas e quem comprou, fica como?

    Sou totalmente a favor de novas marcas e de mais concorrencia. Só assim para vermos um lampejo de esperança na prática de preços extorsivos do nosso mercado automotivo! Mas é preciso que exista um órgão controlador responsável que garanta pelo menos o fornecimento de peças por parte do importador responsável por estas novas marcas.

    Porque virar as caras como fizeram MAZDA, SUZUKI, DAEWOO, DAIHATSU, ISUZU.. entre outras.. é sacanagem!

  • fl4v10r04l

    Novas marcas oferecem sempre uma ocorrência maravilhosa quando pensamos no mercado.

    Mas vale fazer uma ressalva: Deveria existir uma condição rigorosa para que essas marcas tivessem respeito com os consumidores.

    Não falo da KIA, HYUNDAI, PEUGEOT, CITROEN, RENAULT, TOYOTA, HONDA porque essas já estão no nosso mercado a bastante tempo. E, as que saíram, voltaram em curto espaço de tempo.

    Mas o problema em dar a confiança para EFFA, JAC MOTORS, CHERY, DAEWOO, MG e outras que já se sabem que estão chegando é exatamente comprar e viver com o fantasma do abandono! Se elas não se saírem bem.. é simples. Arrumam as malas e vão embora para fugir do prejuízo. Mas e quem comprou, fica como?

    Sou totalmente a favor de novas marcas e de mais concorrencia. Só assim para vermos um lampejo de esperança na prática de preços extorsivos do nosso mercado automotivo! Mas é preciso que exista um órgão controlador responsável que garanta pelo menos o fornecimento de peças por parte do importador responsável por estas novas marcas.

    Porque virar as caras como fizeram ALFA ROMEO, SEAT, MAZDA, SUZUKI, DAEWOO, DAIHATSU, ISUZU.. entre outras.. é sacanagem!

  • fl4v10r04l

    Novas marcas oferecem sempre uma ocorrência maravilhosa quando pensamos no mercado.

    Mas vale fazer uma ressalva: Deveria existir uma condição rigorosa para que essas marcas tivessem respeito com os consumidores.

    Não falo da KIA, HYUNDAI, PEUGEOT, CITROEN, RENAULT, TOYOTA, HONDA porque essas já estão no nosso mercado a bastante tempo. E, as que saíram, voltaram em curto espaço de tempo (caso do grupo Kia-Hyundai que saíram para arrumar a casa lá fora.. quando a HYUNDAI comprou a KIA. Mas logo que arrumaram a casa, voltaram pra cá)

    Mas o problema em dar a confiança para EFFA, JAC MOTORS, CHERY, DAEWOO, MG e outras que já se sabem que estão chegando é exatamente comprar e viver com o fantasma do abandono! Se elas não se saírem bem.. é simples. Arrumam as malas e vão embora para fugir do prejuízo. Mas e quem comprou, fica como?

    Sou totalmente a favor de novas marcas e de mais concorrencia. Só assim para vermos um lampejo de esperança na prática de preços extorsivos do nosso mercado automotivo! Mas é preciso que exista um órgão controlador responsável que garanta pelo menos o fornecimento de peças por parte do importador responsável por estas novas marcas.

    Porque virar as caras como fizeram ALFA ROMEO, SEAT, MAZDA, SUZUKI, DAEWOO, DAIHATSU, ISUZU.. entre outras.. é sacanagem!

  • fl4v10r04l

    Novas marcas oferecem sempre uma ocorrência maravilhosa quando pensamos no mercado.

    Mas vale fazer uma ressalva: Deveria existir uma condição rigorosa para que essas marcas tivessem respeito com os consumidores.

    Não falo da KIA, HYUNDAI, PEUGEOT, CITROEN, RENAULT, TOYOTA, HONDA porque essas já estão no nosso mercado a bastante tempo. E, as que saíram, voltaram em curto espaço de tempo (caso do grupo Kia-Hyundai que saíram para arrumar a casa lá fora e também por irresponsabilidade da gestão nacional anterior.. quando a HYUNDAI comprou a KIA. Mas logo que arrumaram a casa, voltaram pra cá)

    Mas o problema em dar a confiança para EFFA, JAC MOTORS, CHERY, DAEWOO, MG e outras que já se sabem que estão chegando é exatamente comprar e viver com o fantasma do abandono! Se elas não se saírem bem.. é simples. Arrumam as malas e vão embora para fugir do prejuízo. Mas e quem comprou, fica como?

    Sou totalmente a favor de novas marcas e de mais concorrencia. Só assim para vermos um lampejo de esperança na prática de preços extorsivos do nosso mercado automotivo! Mas é preciso que exista um órgão controlador responsável que garanta pelo menos o fornecimento de peças por parte do importador responsável por estas novas marcas.

    Porque virar as caras como fizeram ALFA ROMEO, SEAT, MAZDA, SUZUKI, DAEWOO, DAIHATSU, ISUZU.. entre outras.. é sacanagem!

  • Novas marcas é sempre uma ocorrência maravilhosa quando pensamos no mercado.

    Mas vale fazer uma ressalva: Deveria existir uma condição rigorosa para que essas marcas tivessem respeito com os consumidores.

    Não falo da KIA, HYUNDAI, PEUGEOT, CITROEN, RENAULT, TOYOTA, HONDA porque essas já estão no nosso mercado a bastante tempo. E, as que saíram, voltaram em curto espaço de tempo.

    Mas o problema em dar a confiança para EFFA, JAC MOTORS, CHERY, DAEWOO, MG e outras que já se sabem que estão chegando é exatamente comprar e viver com o fantasma do abandono! Se elas não se saírem bem.. é simples. Arrumam as malas e vão embora para fugir do prejuízo. Mas e quem comprou, fica como?

    Sou totalmente a favor de novas marcas e de mais concorrencia. Só assim para vermos um lampejo de esperança na prática de preços extorsivos do nosso mercado automotivo! Mas é preciso que exista um órgão controlador responsável que garanta pelo menos o fornecimento de peças por parte do importador responsável por estas novas marcas.

    Porque virar as caras como fizeram MAZDA, SUZUKI, DAEWOO, DAIHATSU, ISUZU.. entre outras.. é sacanagem!

  • fl4v10r04l

    Novas marcas oferecem sempre uma ocorrência maravilhosa quando pensamos no mercado.

    Mas vale fazer uma ressalva: Deveria existir uma condição rigorosa para que essas marcas tivessem respeito com os consumidores.

    Não falo da KIA, HYUNDAI, PEUGEOT, CITROEN, RENAULT, TOYOTA, HONDA porque essas já estão no nosso mercado a bastante tempo. E, as que saíram, voltaram em curto espaço de tempo (caso do grupo Kia-Hyundai que saíram para arrumar a casa lá fora e também por irresponsabilidade da gestão nacional anterior.. quando a HYUNDAI comprou a KIA. Mas logo que arrumaram a casa, voltaram pra cá)

    Mas o problema em dar a confiança para EFFA, JAC MOTORS, CHERY, DAEWOO, MG e outras que já se sabem que estão chegando é exatamente comprar e viver com o fantasma do abandono! Se elas não se saírem bem.. é simples. Arrumam as malas e vão embora para fugir do prejuízo. Mas e quem comprou, fica como?

    Sou totalmente a favor de novas marcas e de mais concorrencia. Só assim para vermos um lampejo de esperança na prática de preços extorsivos do nosso mercado automotivo! Mas é preciso que exista um órgão controlador responsável que garanta pelo menos o fornecimento de peças por parte do importador responsável por estas novas marcas.

    Porque virar as caras como fizeram ALFA ROMEO, SEAT, MAZDA, SUZUKI, LADA, DAIHATSU, ISUZU.. entre outras.. é sacanagem!

  • Gustavo Pimenta

    Ao contrário do que diz em parte o texto, lembro-me de quando um ford Ka era lançamento pelos seus 8 mil reais, uno mille por 7.500… Acho que o poder de compra do brasileiro aumentou sim, mas esse sonho do carro zero está ficando mais distante, afinal um carro de entrada por módicos R$30.000,00 nos assusta. Se a projeção continuar, em 10 anos compraremos o próximo uno (ou qualquer carro de entrada) "pelado" na faixa de 40 ou 50 mil reais. A inflação está voltando…

    • isso é verdade.
      e o que me deixa P. da vida é que tem muita gente que abre a boca para dizer:
      "tá reclamando porque não pode pagar" ou então "carro tem que ser caro mesmo. senão nosso transito vai parar".

      A primeira frase é de gente idiota.
      A segunda é de gente muito acomodada!

      Lembro-me que o primeiro carro que eu tive foi um MILLE EP 1996.
      Comprei por 13 mil e alguns quebrados. Meu EP vinha com 4 portas. Vidos elétricos dianteiros. Ar Condicionado. Alarme. Travas elétricas nas 4 portas. Relógio digital. Acendedor de cigarro (ou tomada). Limpador, desembaçador e lavador do vidro traseiro.

      Hoje você compra um MILLE por bem mais de 20 mil reais sem NADA disso!

      A inflação está à nossa porta, sim!
      Mas não acho que isso é efeito dela não! Isso é esperteza das montadoras aliada à compulsão irracional do consumidor!

      Eu quero um carro 0km. Não importa o quanto me custe.

      E a concorrencia das novas marcas é apenas uma esperança. Porque ainda assim não é certeza de melhorias para o consumidor!

      Como muitas que chegaram antes.. elas já estão bem sabidinhas dançando no ritmo do mercado brasileiro.

      Basta ver o caso da renault que chegou com airbags de série e percebeu que brasileiro queria mesmo era visual aventureiro.
      porque para brasileiro ninguem "compra carro pensando em bater".

      acreditem.. mas já ouvi essa pérola!! "airbag? rapaz tu já compra carro pensando em bater?"

      me deu vontade de vomitar!

  • garch

    PELO AMOR DE DEUS.. EU ADORO CARRO.. MAS AS CIDADES JÁ NÃO ANDAM MAIS.. TODO MUNDO FALANDO EM MELHORAR OS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO PARA DEIXAR DE PERDER PASSAGEIROS PROS CARROS E O CARA VEM FALAR QUE ISSO É MELHOR PARA A POPULAÇÃO?
    VAI ANDAR EM SÃO PAULO AMIGO PRA VER SE VC VAI TORCER PARA TER MAIS CARROS NAS RUAS…
    O CARRO É UMA ÓTIMA INVENSÃO.. EVOLUI NA ESTÉTICA E TECNOLOGIA, ISSO É FANTÁSTICO.. MAS PRECISAMOS TER MAIS CONTROLE, CASO CONTRÁRIO LOGO ESTAREMOS COMO A ÍNDIA E OS SEUS TUC TUC DE TANTA PORCARIA CIRCULANDO POR AÍ..

    • fl4v10r04l

      Bom. Para começar a conversa, o carro é um problema em todo o mundo.
      Mas é curioso pensarmos que mercados consumidores proporcionalmente maiores que o nosso, como os países europeus, tem uma estrutura melhor com investimentos simples que deveriam ser tomados por aqui e não são!

      Eles tem menos carros? Sim.
      mas tem menos ruas e menos espaço territorial.
      No entanto as pessoas são estimuladas a fazer uso racional do carro!

      E tem motivo pra isso!
      É fácil pensar só no seu umbigo e no seu conforto tentando evitar engarrafamentos na sua São Paulo querida.
      Mas e aqueles colegas que estão ali.. a centimetros da sua janela se ACOTOVELANDO num onibus lotado.. sem conforto.. sem segurança e pagando CARO por isso.. será que eles não tem o direito ao acesso?

      Se houvesse o carro barato e em contrapartida o governo investisse nessa conscientização aliada ao investimento no transporte público.. já terimos um bom motivo para poder ter carro na garagem e ir trabalhar de onibus ou metrô!

      E se você disser que é utopia convencer o brasileiro a isso.. Não meu, caro.. não é!

      Com milhões em publicidade o governo convence que o Lula não sabia de NADA! E que a Dilma é uma chuchuca!
      Política à parte, o que quero dizer é que a cabeça das pessoas é totalmente mutável desde que um trabalho sério de conscientização seja feito!

      Agora só dizendo que "não cabe mais carro nas ruas" realmente nada acontece!
      Porque os carros continuarão sendo vendidos! Custando muito ou pouco!

    • fl4v10r04l

      Bom. Para começar a conversa, o carro é um problema em todo o mundo.
      Mas é curioso pensarmos que mercados consumidores proporcionalmente maiores que o nosso, como os países europeus, tem uma estrutura melhor com investimentos simples que deveriam ser tomados por aqui e não são!

      Eles tem menos carros? Sim.
      mas tem menos ruas e menos espaço territorial.
      No entanto as pessoas são estimuladas a fazer uso racional do carro!

      E tem motivo pra isso!
      É fácil pensar só no seu umbigo e no seu conforto tentando evitar engarrafamentos na sua São Paulo querida.
      Mas e aqueles colegas que estão ali.. a centimetros da sua janela se ACOTOVELANDO num onibus lotado.. sem conforto.. sem segurança e pagando CARO por isso.. será que eles não tem o direito ao acesso?

      Se houvesse o carro barato e em contrapartida o governo investisse nessa conscientização aliada ao investimento no transporte público.. já terimos um bom motivo para poder ter carro na garagem e ir trabalhar de onibus ou metrô! até porque como limitador de excessos nos já temos o combustível CARÍSSIMO!

      E se você disser que é utopia convencer o brasileiro a isso.. Não meu, caro.. não é!

      Com milhões em publicidade o governo convence que o Lula não sabia de NADA! E que a Dilma é uma chuchuca!
      Política à parte, o que quero dizer é que a cabeça das pessoas é totalmente mutável desde que um trabalho sério de conscientização seja feito!

      Agora só dizendo que "não cabe mais carro nas ruas" realmente nada acontece!
      Porque os carros continuarão sendo vendidos! Custando muito ou pouco!

    • fl4v10r04l

      Bom. Para começar a conversa, o carro é um problema em todo o mundo.
      Mas é curioso pensarmos que mercados consumidores proporcionalmente maiores que o nosso, como os países europeus, tem uma estrutura melhor com investimentos simples que deveriam ser tomados por aqui e não são!

      Eles tem menos carros? Sim.
      mas tem menos ruas e menos espaço territorial.
      No entanto as pessoas são estimuladas a fazer uso racional do carro!

      E tem motivo pra isso!
      É fácil pensar só no seu umbigo e no seu conforto tentando evitar engarrafamentos na sua São Paulo querida.
      Mas e aqueles colegas que estão ali.. a centimetros da sua janela se ACOTOVELANDO num onibus lotado.. sem conforto.. sem segurança e pagando CARO por isso.. será que eles não tem o direito ao acesso?

      Se houvesse o carro barato e em contrapartida o governo investisse nessa conscientização aliada ao investimento no transporte público.. já terimos um bom motivo para poder ter carro na garagem e ir trabalhar de onibus ou metrô! até porque como limitador de excessos nos já temos o combustível CARÍSSIMO!

      E se você disser que é utopia convencer o brasileiro a isso.. Não meu, caro.. não é!

      Com milhões em publicidade o governo convence que o Lula não sabia de NADA! E que a Dilma é uma chuchuca!
      Política à parte, o que quero dizer é que a cabeça das pessoas é totalmente mutável desde que um trabalho sério de conscientização seja feito!

      Agora só dizendo que "não cabe mais carro nas ruas" realmente nada acontece!
      Porque os carros continuarão sendo vendidos! Custando muito ou pouco!

      Continuo achando injusto que quem pode pagar mais tem o direito de andar de carro.
      Quem não pode, anda de onibus e corre o risco de morrer na bala entre a parada de onibus e o trabalho!

      Quem sabe se o transito PARASSE DE VEZ o governo não fosse obrigado a tomar medidas que já deveriam ter sido tomadas DÉCADAS atrás, não é amigo?

      Aposto que voce abre a boca para reclamar da quantidade de carros.
      mas não reclama do sofrimento diário daqueles que dependem dos transportes publicos.

      tem gente que nem sabe a realidade desse tipo de transporte, rapaz!

    • Bom. Para começar a conversa, o carro é um problema em todo o mundo.
      Mas é curioso pensarmos que mercados consumidores proporcionalmente maiores que o nosso, como os países europeus, tem uma estrutura melhor com investimentos simples que deveriam ser tomados por aqui e não são!

      Eles tem menos carros? Sim.
      mas tem menos ruas e menos espaço territorial.
      No entanto as pessoas são estimuladas a fazer uso racional do carro!

      E tem motivo pra isso!
      É fácil pensar só no seu umbigo e no seu conforto tentando evitar engarrafamentos na sua São Paulo querida.
      Mas e aqueles colegas que estão ali.. a centimetros da sua janela se ACOTOVELANDO num onibus lotado.. sem conforto.. sem segurança e pagando CARO por isso.. será que eles não tem o direito ao acesso?

      Se houvesse o carro e o governo investisse nessa conscientização aliada ao investimento no transporte público.. já terimos um bom motivo para poder ter carro na garagem e ir trabalhar de onibus ou metrô!

      E se você disser que é utopia convencer o brasileiro a isso.. Não meu, caro.. não é!

      Com milhões em publicidade o governo convence que o Lula não sabia de NADA! E que a Dilma é uma chuchuca!
      Política à parte, o que quero dizer é que a cabeça das pessoas é totalmente mutável desde que um trabalho sério de conscientização seja feito!

      Agora só dizendo que "não cabe mais carro nas ruas" realmente nada acontece!
      Porque os carros continuarão sendo vendidos! Custando muito ou pouco!

  • garch

    1o, não sou de são paulo.. tenho carro, mais preciasamente um c3 preto, mas volta e meia vou pra faculdade de onibus em curitba porque o transporte é eficiente.. essa é a questão…
    você nunca vai entender.. transporte na cidade tem que ser coletivo e de qualidade.. arranje vagas para todo mundo estacionar.. e aonde temos ruas sobrando, diga? falta de informação.. na sua aldeia do interior talvez…

    • fl4v10r04l

      Não disse em nenhum momento que temos ruas sobrando.
      Você tem um C3 preto e vai para faculdade às vezes de ônibus. Porque em Curitiba o transporte é eficiente.

      O transporte tem que ser eficiente. Mas todos tem o direito de ter seu carro. Como acontece em muitos e muitos países desde que o uso seja racional.

      Talvez você é que não entenda esse conceito de civilidade. Talvez por estar muito feliz nas linhas públicas de Curitiba ou no seu C3 Preto!

      O transporte tem que ser bom. Mas e quando aquela pessoa tem uma encomenda grande para transportar?
      Ela tem que gastar a economia num taxi (caríssimo) porque não tem um carro!
      Ó céus.. É difícil entender que carro é, muitas vezes indispensável?

      Também é dificil entender que o que eu disse é que com investimento em ruas, viadutos, elevados somado a investimentos de conscientização do povo somado com investimento no transporte público somado à segurança pública funcionariam perfeitamente?

      E que só impedir o acesso facilitado a carro nao adianta nada porque – como você deve ver nas ruas da sua cidade – o numero de carro só aumenta mesmo com preço alto?

      Não. Não moro em uma aldeia de interior.
      Mas acho que você deixou sua educação em alguma dessas aldeias por aí. E alguem achou!
      Porque encontro muito interiorano mais educado e que sabe debater com argumentos do que o curitibanozinho aí!

    • fl4v10r04l

      Não disse em nenhum momento que temos ruas sobrando.
      Você tem um C3 preto e vai para faculdade às vezes de ônibus. Porque em Curitiba o transporte é eficiente.

      O transporte tem que ser eficiente. Mas todos tem o direito de ter seu carro. Como acontece em muitos e muitos países desde que o uso seja racional.

      Talvez você é que não entenda esse conceito de civilidade. Talvez por estar muito feliz nas linhas públicas de Curitiba ou no seu C3 Preto!

      O transporte tem que ser bom. Mas e quando aquela pessoa tem uma encomenda grande para transportar?
      Ela tem que gastar a economia num taxi (caríssimo) porque não tem um carro!
      Ó céus.. É difícil entender que carro é, muitas vezes indispensável?

      Também é dificil entender que o que eu disse é que com investimento em ruas, viadutos, elevados somado a investimentos de conscientização do povo somado com investimento no transporte público somado à segurança pública funcionariam perfeitamente?

      E que só impedir o acesso facilitado a carro nao adianta nada porque – como você deve ver nas ruas da sua cidade – o numero de carro só aumenta mesmo com preço alto?

      Não. Não moro em uma aldeia de interior.
      Mas acho que você deixou sua educação em alguma dessas aldeias por aí. E alguem achou!
      Porque encontro muito interiorano mais educado e que sabe debater com melhores argumentos do que o curitibanozinho aí!

    • fl4v10r04l

      Já que carro é para poucos e os onibus de sua cidade são assim tão bons.. você deveria ir apenas de onibus para sua faculdade… e não "volta e meia" como você mesmo diz.

      Não disse em nenhum momento que temos ruas sobrando.
      Você tem um C3 preto e vai para faculdade às vezes de ônibus. Porque em Curitiba o transporte é eficiente.

      O transporte tem que ser eficiente. Mas todos tem o direito de ter seu carro. Como acontece em muitos e muitos países desde que o uso seja racional.

      Talvez você é que não entenda esse conceito de civilidade. Talvez por estar muito feliz nas linhas públicas de Curitiba ou no seu C3 Preto!

      O transporte tem que ser bom. Mas e quando aquela pessoa tem uma encomenda grande para transportar?
      Ela tem que gastar a economia num taxi (caríssimo) porque não tem um carro!
      Ó céus.. É difícil entender que carro é, muitas vezes indispensável?

      Também é dificil entender que o que eu disse é que com investimento em ruas, viadutos, elevados somado a investimentos de conscientização do povo somado com investimento no transporte público somado à segurança pública funcionariam perfeitamente?

      E que só impedir o acesso facilitado a carro nao adianta nada porque – como você deve ver nas ruas da sua cidade – o numero de carro só aumenta mesmo com preço alto?

      Não. Não moro em uma aldeia de interior.
      Mas acho que você deixou sua educação em alguma dessas aldeias por aí. E alguem achou!
      Porque encontro muito interiorano mais educado e que sabe debater com melhores argumentos do que o curitibanozinho aí!

    • fl4v10r04l

      Já que carro é para poucos e os onibus de sua cidade são assim tão bons.. você deveria ir apenas de onibus para sua faculdade… e não "volta e meia" como você mesmo diz.

      Não disse em nenhum momento que temos ruas sobrando.
      Você tem um C3 preto e vai para faculdade às vezes de ônibus. Porque em Curitiba o transporte é eficiente.

      O transporte tem que ser eficiente. Mas todos tem o direito de ter seu carro. Como acontece em muitos e muitos países desde que o uso seja racional.

      Talvez você é que não entenda esse conceito de civilidade. Talvez por estar muito feliz nas linhas públicas de Curitiba ou no seu C3 Preto!

      O transporte tem que ser bom. Mas e quando aquela pessoa tem uma encomenda grande para transportar?
      Ela tem que gastar a economia num taxi (caríssimo) porque não tem um carro!
      Ó céus.. É difícil entender que carro é, muitas vezes indispensável?

      Também é dificil entender que o que eu disse é que com investimento em ruas, viadutos, elevados somado a investimentos de conscientização do povo somado com investimento no transporte público somado à segurança pública funcionariam perfeitamente?

      E que só impedir o acesso facilitado a carro nao adianta nada porque – como você deve ver nas ruas da sua cidade – o numero de carro só aumenta mesmo com preço alto?

      Não. Não moro em uma aldeia de interior.
      Mas acho que você deixou sua educação em alguma dessas aldeias por aí. E alguem achou!
      Porque encontro muito interiorano mais educado e que sabe debater com melhores argumentos do que o curitibanozinho aí!

    • fl4v10r04l

      Já que carro é para poucos e os onibus de sua cidade são assim tão bons.. você deveria ir apenas de onibus para sua faculdade… e não "volta e meia" como você mesmo diz.

      Não disse em nenhum momento que temos ruas sobrando.
      Você tem um C3 preto e vai para faculdade às vezes de ônibus. Porque em Curitiba o transporte é eficiente.

      O transporte tem que ser eficiente. Mas todos tem o direito de ter seu carro. Como acontece em muitos e muitos países desde que o uso seja racional.

      Talvez você é que não entenda esse conceito de civilidade. Talvez por estar muito feliz nas linhas públicas de Curitiba ou no seu C3 Preto!

      O transporte tem que ser bom. Mas e quando aquela pessoa tem uma encomenda grande para transportar?
      Ela tem que gastar a economia num taxi (caríssimo) porque não tem um carro! E quando a mãe do cara passa mal e precisa de hospital??
      Ó céus.. É difícil entender que carro é, muitas vezes indispensável?

      Também é dificil entender que o que eu disse é que com investimento em ruas, viadutos, elevados somado a investimentos de conscientização do povo somado com investimento no transporte público somado à segurança pública funcionariam perfeitamente?

      E que só impedir o acesso facilitado a carro nao adianta nada porque – como você deve ver nas ruas da sua cidade – o numero de carro só aumenta mesmo com preço alto?

      Não. Não moro em uma aldeia de interior.
      Mas acho que você deixou sua educação em alguma dessas aldeias por aí. E alguem achou!
      Porque encontro muito interiorano mais educado e que sabe debater com melhores argumentos do que o curitibanozinho aí!

    • Não disse em nenhum momento que temos ruas sobrando.
      Você tem um C3 preto e vai para faculdade às vezes de ônibus. Porque em Curitiba o transporte é eficiente.

      O transporte tem que ser eficiente. Mas todos tem o direito de ter seu carro. Como acontece em muitos e muitos países desde que o uso seja racional.

      Talvez esse conceito de civilidade você não entenda. Porque está muito feliz nas linhas de Curitiba.

      Não. Não moro em uma aldeia de interior.
      Mas acho que você deixou sua educação em alguma dessas aldeias por aí. E alguem achou!
      Porque encontro muito interiorano mais educado e que sabe debater com argumentos do que o curitibanozinho aí!

    • fl4v10r04l

      Já que carro é para poucos e os onibus de sua cidade são assim tão bons.. você deveria ir apenas de onibus para sua faculdade… e não "volta e meia" como você mesmo diz.

      Não disse em nenhum momento que temos ruas sobrando.
      Você tem um C3 preto e vai para faculdade às vezes de ônibus. Porque em Curitiba o transporte é eficiente.

      O transporte tem que ser eficiente. Mas todos tem o direito de ter seu carro. Como acontece em muitos e muitos países desde que o uso seja racional.

      Talvez você é que não entenda esse conceito de civilidade. Talvez por estar muito feliz nas linhas públicas de Curitiba ou no seu C3 Preto!

      O transporte tem que ser bom. Mas e quando aquela pessoa tem uma encomenda grande para transportar?
      Ela tem que gastar a economia num taxi (caríssimo) porque não tem um carro! E quando a mãe do cara passa mal e precisa de hospital??
      Ó céus.. É difícil entender que carro é, muitas vezes indispensável?

      Também é dificil entender que o que eu disse é que com investimento em ruas, viadutos, elevados somado a investimentos de conscientização do povo somado com investimento no transporte público somado à segurança pública funcionariam perfeitamente?

      E que só impedir o acesso facilitado a carro nao adianta nada porque – como você deve ver nas ruas da sua cidade – o numero de carro só aumenta mesmo com preço alto? até mesmo porque existem milhares de FIATS 147 detonados a venda por menos de 1000 reais… que também entopem as ruas como os novos.. só que vivem dando prego e aumentando os engarrafamentos nas cidades…

      Não. Não moro em uma aldeia de interior.
      Mas acho que você deixou sua educação em alguma dessas aldeias por aí. E alguem achou!
      Porque encontro muito interiorano mais educado e que sabe debater com melhores argumentos do que o curitibanozinho aí!

  • Marcel

    auhsuahshauha a gmb eh fogo.. fica ai se exibindo com agile e classic.. aushuahs foda.. mais desejo que ela se recupere pois tem tradição e não kero mal para ngn..

  • MARCOS

    ENGRAÇADO OS IDIOTAS METEM O PAU NA GM MAS TEM , FIAT,VW, E FORD AINDA NÃO FIZERAM NENHUMA DESSAS ATRAS NAQUELA ÉPOCA O Q FAZIA FRENTE COM UM MONZATEC ….. CHUPEM BABACAS ……..

  • carberto

    e se depender do novo diretor da CNAuto virão mais modelos para o mercado:http://carroschineses.wordpress.com/2010/05/16/no

  • Carro no Brasil me da desanimo, pq a projeção da situação é: lucros cada vez maiores para as montadoras e carros cada vez piores em relação ao preço que nos pagamos. ;/

  • Cuidado com o "economês" de fim de semana pessoal. Um valor x em 1996, 1997 de um carro hoje representam 2x, quando deveriam estar em quase 3x, de acordo com a inflação. Ou seja: 15 mil num Uno naquela época, hoje, ao comprar o carro com os mesmos opcionais por 30 mil, temos que seu preço está menor comparativamente, por ganho de produção, aumento da escala, novas tecnologias de componentes levando a redução de preço. Lembro-me que meu pai bateu a nossa Royale em 1995. Com 20 pares das lanternas traseiras originais, compraríamos outra Royale zero, dado o valor altíssimo que custava a peça! Agora, pegue um carro de 70 mil hoje e veja o preço das lanternas traseiras: não custam mais do que 2% do preço do carro (o par).

  • "Os estadunidenses há 20 anos atrás também não sabiam o que é o Brasil…"

    Vivo nos EUA e posso te dizer que a maioria continua não sabendo.

  • Pois é Analyst…. mas saberão… Aliás, o maior parceiro comercial hoje do Brasil é a China… Garanto que governantes e empresários sabem quem somos. Agora… o caipira que deu certo lá do Alabama, pra ele só existe o país dele! hehehe