_Destaque Chevrolet Lançamentos Sedãs Test Drive zslider

Novo Chevrolet Cruze 2017: Detalhes e impressões ao dirigir

novo-chevrolet-cruze-impressões-NA (46)

A General Motors está lançando no mercado nacional o Novo Chevrolet Cruze 2017. O sedã médio ficou mais moderno, potente e eficiente. Pesando 100 kg a menos, o modelo ficou maior e mais espaço, embora tenha perdido 10 litros no porta-malas.

Com estilo mais agressivo e aerodinâmico, o Novo Cruze ganhou um aspecto jovial e esportivo. Disponível nas versões LT, LTZ e LTZ com pacote tecnológico, o sedã da GM custa respectivamente R$ 89.990, R$ 96.990 e R$ 107.450.

novo-chevrolet-cruze-impressões-NA (48)

Como destaque, o Chevrolet Cruze 2017 dispõe de motor 1.4 Ecotec Turbo SID Flex com 150/153 cv e 24,0/24,5 kgfm, bem como transmissão automática de seis marchas. O modelo tem Start&Stop, função ECO, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, alerta de colisão e ponto cego, câmera de ré, sensores de estacionamento, alerta e correção de invasão faixa, estacionamento automático, seis airbags, entre outros.

Além de tudo isso, o Novo Cruze pode oferecer multimídia MyLink 2 com Android Auto, Car Play, navegador 3D, comandos de voz e OnStar, que agora dispõe de função valet, alerta de rodízio, entre outras novidades. Ar-condicionado automático, acabamento em couro, volante multifuncional em couro, Isofix, retrovisores com rebatimento elétrico, retrovisor eletrocrômico, sistema de som JBL, entre outros itens.

novo-chevrolet-cruze-impressões-NA (50)

Impressões ao dirigir

O Novo Cruze apresenta um novo patamar para a GM no Brasil. O sedã agora dispõe de um visual mais impactante, dotado de um perfil esportivo. Por fora, chama atenção o conjunto ótico com projetores de facho alto e baixo, enquanto a versão LT tem dupla parábola. A grade superior afilada lembra até o Camaro.

Nas laterais da versão LTZ, as rodas de liga leve têm bom aspecto, enquanto as laterais apresentam frisos cromados envolvendo os vidros e presente nas maçanetas. Os retrovisores, no entanto, não apresentam repetidores de direção, mas possuem desembaçador e rebatimento elétrico.

Na traseira, as lanternas compactas não possuem luzes de LED, mas apresentam boa iluminação. A tampa do porta-malas ganhou um friso cromado. Câmera de ré e sensores de estacionamento estão presentes na LTZ. No teto, apenas uma antena ajustável.

novo-chevrolet-cruze-impressões-NA (17)

Por dentro, o ambiente tem bom aspecto, embora observamos alguns encaixes com folga, mas nada que desabone as mudanças realizadas. Com dois tons de cinza, o habitáculo ficou claro na LTZ e escuro (preto) na LT. O novo painel tem desenho bem mais moderno e agora com iluminação por LEDs. O quadro de instrumentos ficou mais amplo e ganha um novo computador de bordo com tela TFT de 4,2 polegadas.

O novo volante de três raios apresenta botões revestidos de capa emborrachada e comandos do alerta de mudança de faixa e colisão. Os ajustes de volume e mídia ficam na parte posterior da direção, no lugar que seria das borboletas de troca de marcha, um item não presente no Novo Cruze. Aliás, as mudanças são feitas apenas na alavanca de câmbio. O MyLink 2 é um sistema bem mais intuitivo e com funcionalidades adicionais do OnStar.

O espaço geral é bom e atrás, o Novo Cruze oferece mais para as pernas que no modelo anterior. Os assentos são mais envolventes e confortáveis. O banco do motorista tem ajustes elétricos. Há espaço suficiente para copos na frente e atrás, assim como porta-objetos e porta-luvas. O bagageiro perdeu 10 litros em relação ao modelo antigo, mas pode ser ampliado com o banco traseiro bipartido.

novo-chevrolet-cruze-impressões-NA (37)

Ao volante, o Novo Cruze mostra que é mesmo realmente novo. O sedã apresenta um desempenho superior ao modelo anterior, entregando muita disposição em baixas rotações, graças ao novo motor 1.4 Ecotec Turbo Flex. O giro sobe muito rapidamente e de forma vigorante, atende rapidamente ao comando do acelerador.

As retomadas são muito boas e as trocas de marcha suaves e precisas. Rodando a 110 km/h, a rotação é de 2.000 rpm. Em ultrapassagens e retomadas, o ponteiro rapidamente alcança 5.000 rpm. Cerca de 90% do torque fica presente entre 1.500 e 5.000 rpm.

O ponto alto é a dirigibilidade. Maior, o Novo Cruze tende a sair mais de traseira, mas a nova direção elétrica é adaptativa e rapidamente ajuda na correção. O alerta de faixa com correção atua de forma mais eficaz e impressiona pela agilidade em manter o carro na faixa de rolamento.

novo-chevrolet-cruze-impressões-NA (16)

No campo de provas da GM, em Cruz Alta, Indaiatuba/SP, pudemos observar que o modelo possui bom controle direcional, evitando saídas de frente, mesmo com a tendência natural, devido à tração dianteira. O equilíbrio nas curvas e em frenagens mais fortes é bom. O Novo Cruze possui controle de estabilidade bem atuante, trabalhando bem com a direção.

O nível de ruído é bom, mesmo com o motor em rotação elevada. A suspensão – com eixo de torção na traseira – tem ajuste voltado para o conforto, o que em parte justifica a atuação antecipada do controle de estabilidade e o ajuste da direção elétrica. O Novo Cruze absorve razoavelmente bem os vários tipos de imperfeições de solo, em nenhum momento batendo no fim do curso. Os freios atuam de forma eficiente.

No geral, o Novo Cruze apresenta não só um visual renovado, mas também melhor dirigibilidade, performance e economia em relação ao modelo anterior. No teste entre São Paulo e Indaiatuba, conseguimos média de mais de 16 km/litro, número melhor que o oficial, registrado pela GM junto ao Inmetro. A briga pela liderança, alvo declarado pela GM, deverá ser acirrada com o Novo Cruze. Em breve, traremos a Avaliação NA.

Galeria de fotos do Novo Chevrolet Cruze 2017:





  • Pedro Henrique

    não sei porque, não consigo gostar desse carro, nem de muitos da chevrolet…
    olho pra ele e meh

    • Jackson A

      Eu sinto isso só com os carros da VW, eu olho e… é, cansado demais.

      • Tosca16

        Também, apesar que alguns até que vai, mas no geral VW e Fiat não me agradam muito.

      • Mr Andrey

        VW são todos cópias, uns dos outros todos tem cara de gol

        • Leonel

          Sim, o Golf tem a cara do Gol né ? Além disso, todas as montadoras, sem exceção, tem a “mesma cara”, praticamente. É uma marca, não é só a VW. E só para esclarecer, não sou nenhum fã boy ou coisa parecida, apenas não vi sentido no seu comentário.

          • rodrigomalc

            Identidade visual é uma coisa… Ctrl+C Ctrl+V é outra…

          • Joaquim Grillo

            Tem cara de gol sim, não vejo nada de mais nesse golf atual, a geração 3 e 4 foi as mais bonitas

          • Mr Andrey

            Ok, como se as “outras “fazesem o mesmo que a VW faz, copiar a cara uma de um carro mais caro, e ficar meia boca, vc vê um gol é idêntico a um golf, vc vê um ônix não é idêntico a um cruze , etios /corolla,city/civic ,Sandero /fluence.. vc distingui os carros , coisa que na estrada vc demora pra perceber que está ultrapassando um golf pensando que é um fox, como já aconteceu comigo , e com outras pessoas, que por aqui msm já relataram isso, e o mais interessante é que os leitores e acompanhantes do portal não são leigos no assunto!

          • Debraido

            Até onde eu sei, a unica que não faz isso é a FIAT e o resultado nem sempre agrada.

          • Ailton

            Acho que é devido a política de trilhões de opcionais, que não consigo comprar nada de fiat e vw.

            • Leonel

              Os opcionais e respectivos preços nos VW realmente decepcionam. Poderia vir muito melhor ocupado e opcionais pontuais ou fazer igual Ford, pacotes fechados e prontos.

      • Pedro Henrique

        também sinto isso com carros da vw, mas na vw tem carros que eu até gosto, acho bacanas, olho e penso “po, carro legal”

      • Leonel

        Não sei como tu pode não gostar de um Golf, por exemplo, ou falar que ele é cansado demais…mas enfim.

        • Jackson A

          Parece carro de baixo custo, vendo por fora.

          • Leonel

            É ? Eu não acho, principalmente nas versões com xenon, porém entendo teu ponto de vista. Eu tenho mais essa impressão dos Renault e Fiat, mas entendo você.

          • Popdogue

            Eu tb. acho. Pra mim o Golf parece aquele tipo de carro que o proprietário quis comprar um melhor mas não teve grana nem crédito, então ficou com ele mesmo.

            • José Neto

              Pra você parece. Somente parece, pois na realidade é o hatch com melhor qualidade estrutural, de motor, mecânica, câmbio e acabamento disponível sua faixa de preço. E o único 5 estrelas para adultos e crianças. Quer mais o que? Cada absurdo que temos que ler aqui…

              • dCarvalho

                Mas o que ele disse? Parece. E parece mesmo.

              • Zeca Piroto 🤘🔥

                Acabamento e Volks, éé… não! somente do passat pra cima, os outros tem um acabamento que no Máximo é O.K. A geração importada do golf, até pode ser, mas depois que foi nacionalizado, sei não. São carros sóbrios… aliás, a proposta da volks é realmente essa… só que, são tão sóbrios que os carros abaixo da categoria do passat (que é bastante sóbrio, também) realmente Parecem ser de baixo custo.

                • PEDAORM

                  Pode parecer para você, mais não é assim, Golf tem os melhores matérias e encaixas entre todos os médios generalistas vendidos aqui, mesmo o modelo nacional. Sóbrio, de fato.

            • PEDAORM

              ????

            • Lucas Vilanova

              ???? [2]

      • Pietro_Turbo

        Quando o design é bem acertado chama atenção em qualquer momento, mesmo quando antigo.
        Vide o caso dos BMW. Em qualquer época, mesmo os produtos de +10 anos chama atenção por onde passa.
        Mas
        há outro fator que contribui para valorizar e sustenta a beleza do
        carro são os bons atributos do produto. Se é belo naturalmente, passa a
        ser também desejado quando embarca refinamento e qualidades de destaque.
        Não gosto de nenhum desenho dos carros da VW.
        São insossos, as vezes indefinidos (Jetta), e remetem a produtos inferiores, pobres, como bem citou.
        Para
        contribuir com o assunto se até o chefão de design da VW, Klaus
        Bischoff, admitiu equívocos em adotar um mesmo desenho para diversos
        modelos, quem somos nós para contrariar!?

        http://quatrorodas. abril. com. br/ materia/ vw-admite-erro-padronizacao-design-725192/

    • Mr Andrey

      Preconceito ou experiência ruim;?

      • Pedro Henrique

        não tenho experiencia com chevy’s, apenas algumas voltas num celta da auto escola.
        preconceito talvez, mas não sei porque cargas d’água

        • Walter Augusto

          Deixa eu adivinhar…. você ama a fiat…kkkkk

          • Pedro Henrique

            não, odeio fiat e falo com propriedade, possuo um kkkkkkkkkk
            motor manco(e não é tão economico como deveria ser), projeto antigo, acabamento ruim…
            porém em quesito quantidade de opcional e na manutenção (fire) é bem barato viu

    • Fred Fuchs

      Eu acho que é preconceito. Eu sou igual… Tem que admitir que o carro está bonito, e é bom… Mas não compraria porque é um Chevy. Quem sabe vendo ele ao vivo eu supero isso!

      • Pedro Henrique

        sim, se eu ler as specs ali, nossa é um carro bacana, motor bacana, tecnologia legal…
        mas dai vou pras fotos e… meh, é um chevy ‘-‘

        • Ricardo

          E o que há de errado num chevy? Finalmente a chevrolet traz um produto alinhado com o que há de mais moderno no mercado e um excelente pacote tecnológico. O problema da nossa gm sempre foi o powertrain ultrapassado e o consumo de combustível. Agora o problema parece ter sido resolvido. Pena ele chegar num momento ruim a julgar pelos preços, embora dentro do patamar do mercado atual. Sinceramente, vai incomodar o corolla.

          • Pacheco

            Duvido que incomode o Corolla… mas vai crescer em vendas e é realmente um produto de excelente qualidade.

            Eu acredito que com marketing, carro nas lojas e uma politica correta de vendas, ele pode vender mais de 2.500 unidades por mês tranquilo.

            • Ricardo

              Saiu hoje novo aumento para o Corolla: XEI a R$ 92 mil e Altis a R$ 105 mil. Só fã de Toyota pra preferir um Corolla.

              • Pacheco

                Aumentou e vai aumentar mais ainda. E isso vai aumentar as vendas. Eu confesso que a Toyota está surpreendendo. Como eu disse no Topico dele: Rumo aos 110 mil. kkkkk

      • Victor Porto

        Penso EXATAMENTE igual a vc..

    • Andre Baracho

      Talvez tenha sido o longo período de vacas magras (em termos de produtos) da GM no Brasil. A atual imagem dela é diferente do que era antigamente, e a conseqüência ta aí

    • Murilo Soares de O. Filho

      Compartilho da mesma opinião, achei ele até bem resolvido esteticamente em relação a outros Chevrolet, porém porém não vai, olho pra ele, enxergo modelos coreanos, japoneses, menos um Chevrolet…

    • T1000

      eu também não, tanto pelo design externo metido a chinês, como pela simplicidade do interior para um carro partindo de R$80k. O painel de instrumentos, se tirar o lcd, é parecidíssimo com o do antigo gol g3.
      Pelo menos evoluiu na mecânica, pois o consumo do cruze anterior era lastimável.

      • Uma correção: o carro parte de 90 mil… rs.

        • T1000

          putz tinha lido errado, 90k msm.
          Na minha opinião é um carro caro que não desperta o desejo e te-lo, ao oposto do que é, para mim, um, fusion, azera, civic, por exemplo.

    • ObservadorCWB

      Gostei dos equipamentos. Não gostei dos preços claro. Mas realmente sinto saudades da época Opel da GMB. Como esquecer dos Vectras I e II ??? Mesmo das soluções do Kadett ? E a Zafira ??? já viu a Zafira 2016 ?? Quanta diferença para a nossa Spin…rsrs

    • Joaquim Grillo

      Também não esse não vai ser diferente

    • mmcinza

      pois é, depois que a GMB abandonou os carros/projetos da Opel e começou a fazer projetos de carros para terceiro mundo, com exceção do Cruze…..a GMB ficou de lado na minha preferência.

    • kravmaga

      O problema é que a maioria das pessoas descarta certos modelos por causa de visual somente sem mesmo tentar fazer um test drive. Há carros que surpreendem apesar do visual pior e outros que decepcionam (bonitos mas fracos).

      Eu faria um test drive no Cruze se fosse comprar um sedã hoje, assim como fiz também do C4L THP p.ex. no ano passado.

  • renanfelipe

    Até agora não vi fotos do LT em lugar nenhum… queria ver como ficou o interior todo preto (geralmente prefiro) e farol mais simples…

    • Lucas086

      São 2, queria ver um Lt e ver se as rodas são escuras também.

      • G.Alonso

        O LT tem as mesmas rodas dos LTZ, só que prateadas.

    • Edson Fernandes

      Olha, eu nao gostei da padronização que usaram no Cruze. Eles usaram o tom claro em partes que não criam contraste para transpor uma imagem sofisticada. E pensar que nos EUA há uma opção que a parte superior é clara e a inferior preta. (que me agrada)

      Dessa forma olhando por fotos não me agradou tanto. E Chevrolet ATE QUANDO vai ficar REGULANDO um bendito ar de duas zonas???

      • E o repetidor de seta no retrovisor… rs.

        • Lucas Vilanova

          O Cruze anterior tinha o repetidor, mas era na coluna A. Incrível como esse carro não veio com repetidor. A seta dianteira não fica em uma posição visível (lembra a posição do HB20), sei não hein…

          • Pois é, o repetidor do antigo no para-lama dianteiro já não era bom visualmente, mas ao menos cumpria a função.

      • Pacheco

        Eu já não gosto de interior claro… sempre que tive, foi problema.

      • Lucas Vilanova

        Realmente um ar dual zone faz falta. Até hoje não vi um carro da GM Brasil ter um carro com essa tecnologia.

        Você tem namorada/esposa friorenta? A minha chega a ser irritante, fazendo viagem então é um aperreio fora do comum rsrs

        • Marco Antônio

          Parece que estás falando da minha mãe! kkkkk Que tortura!

          • Lucas Vilanova

            kkkkkkkkkkk minha mãe também é outra. Minha nossa senhora….

            • Marco Antônio

              Velho… Que tortura..!

        • Edson Fernandes

          hehehehe tenho esposa…rs

          E sim, era um problema quando tinha o C3. Duas coisas que justificam esse assunto:
          – A falta de duas zonas do ar
          – O volante que faz o ar chegar indiretamente ao condutor

          As vezes não era porque tinha frio, mas era porque o ar chegava facilmente no passageiro. Então eu tinha que controlar e algumas vezes passava calor. E era dureza, pq vc tem um carro com ar condicionado onde vc passa calor! srsrs

          Na conclusão da historia, é que ela começou a fechar o lado dela para eu não passar aperto… mas era ruim sim.

          Com o meu carro atual os problemas foram resolvidos… curiosamente as vezes eu sinto frio e ela calor e vice-versa (mas cada um ajusta seu lado e tudo se resolve… e funciona bem viu? rs)

      • renanfelipe

        O desenho do interior é ótimo, mas os materiais não foram bem escolhidos/aplicados. Não passa refinamento algum, mesmo tendo revestimento em couro, cromados, etc…

        • Edson Fernandes

          Poxa, o refinamento existe sim.. ao meu ver claro, o que falta é a combinação. Preciso ver pessoalmente para ter certeza, mas por fotos não me agradou de fato.

          • renanfelipe

            Eu acho que áreas cromadas ou em prata (principalmente brilhante, como no painel central) tem que ser usadas com muita moderação. Nessa quantidade, e o interior jé é bem claro, me passa a impressão de algo “de brinquedo”. Exagerando, lógico.

      • Ander33x

        E o Teto Solar…

        • Edson Fernandes

          Bem, isso parece ser algo que a GM reluta em não ofertar livremente em seus carros, sem uma explicação plausivel. E errou no passado com o Vectra C (vulgo Astra europeu) onde o hatch não tinha como opção e era de série na versão Elite do sedan.

          Agora inverte… porque não ofertar para as duas variantes? Eu tbm acho errado.

    • MMM

      Coloca new cruze 2016 interior no Google q vc consegue ver. Eu coloquei a imagem aqui mas aparentemente foi bloqueada

      • vidgal

        Você vai ver o modelo fabricado nos EUA e não na Argentina.

    • R.C.B.

      A msm coisa aconteceu com a “nova” S10 , vi poucas imagens da LT nas reportagens.

  • Mr. Car

    Gostei muito deste interior cinza, que já é bem mais agradável que os soturnos, sem graça, e claustrofóbicos interiores “pretinho-básico” dos infernos. Seria melhor ainda se fosse bege, e fantástico se fosse azul claro, como os que a Chrysler ofereceu para os Dodge Magnum/Le Baron, R/T, e Polara. Bola dentro, Chevrolet, golaço!

    • G.Alonso

      No anterior já tinha interior claro, no Civic é, no Corolla, no Sentra fizeram uma edição especial… Pretinho básico nos sedans médios é difícil, já nos hatch… só o Golf e olhe lá, oferece tal opção, e mesmo assim, na Highline, que nem chegando as concessionárias está.

    • vidgal

      GOSTO É UMA MERDA….MAS NÃO SE DISCUTE…SE LAMENTA!!!

      • Mr. Car

        É. Por isto estou lamentando profundamente o teu.

  • Pauloo. Lucas

    Sensacional, quero um desse !!!!!!!

    • Mr Andrey

      Tbm quero mais o preço não ajuda kkk

  • Antonio

    O farol aux. de traz não e mesmo do americano, e sempre isso! Por isso que Honda destaca, o mesmo civic de lá, será o daqui.

    • Gustavo73

      Nem hoje o mesmo Civic de lá é exatamente igual ao daqui. Seja no motor 2.0 que não é o mesmo de lá seja na lista de equipamentos. O mesmo com o Fit/City ou o HRV.

    • PEDAORM

      Ouvi dizer até que nosso Civic teria acabamento diferenciado em relação ao modelo americano, difícil acreditar, só se por diferenciado eles estão pensando em capar algo…

    • Pacheco

      Civic é diferente… são detalhes que mudam para cada mercado.

      Só o Si é igual.

      • Antonio

        Eu quis dizer “fidelidade” da Honda em estética e design, em carros (global) e em referençia ao novo modelo “Civic” que esta chegando, uma vez que o novo Cruze capou na lanterna aux, sem dar explicações, uma vez que vinham mostrando o carro como se fosse o modelo americano. Enfim, isso ja era de se esperar pois esse já e o terceiro novo Cruze com mudança de design e estética. India, EUA e agora o Argentino

  • Mr Andrey

    Legal o carro, consumo arrasando perante aos rivais

  • Lucas086

    Gostei, achei a traseira lembra, repito, lembra o new fiesta sedan. Mas gostei, erro grave e bobo, não tem repetidor na lateral, ainda por cima que o pisca fica na esquerda do farol, ie besta que pode evitar um acidente. Acabamento bonito, aparenta materiais bons, apesar de achar o tal do jet black mais bonito. Poderia ter led na traseira também. E parece que o motor ficou acertado, isso é muito bom, vamos agora esperar a recepção doa consumidorea.

    • Mr Andrey

      Eu particularmente não ligo para os detalhes por vc ditados, porem poderia ter já que vc os viu, não vejo mancada apenas um corte de custo. E

      • Lucas086

        O led na lanterna traseira até concordo, mas o repetidor lateral é item de segurança, não? Meu uno tem e já evitou de motoqueiros se chocarem com a lateral, sem contar que no segmento, provavelmente só ele não tem.

        • Edson Fernandes

          Com certeza é! Meu C3 tinha e meu atual Fluence tem…. ainda que eu prefira incrivelmente o arranjo no paralama (tem melhor localização e reflete melhor a luz) mesmo no retrovisor ajuda e muito.

          São aqueles cortes de custo sem explicação… E para mim a Chevrolet tornou “meio Civic” o Cruze: Porta malas pequeno.

          Para ajudar, não trouxe o multilink existente nos EUA.

          • Lucas086

            Incrível a GM faz merdas sem explicação. O cruze que hoje saiu de linha, tinha no para-lamas, que eu concordo contigo que é mais eficiente. O classic desde 2011 tinha, em algum ano, a GM tirou, sem explicação. Mesma coisa o cobalt e a spin, tinham e a GM cortou. Sobre parece com o civic, por fotos eu não gostei do civic, vamos ver ao vivo. Mas concordo que ele deu uma “civicada” mesmo. E suspensão traseira é a velha questão brasil: nos não merecemos estar alinhados com o moderno que vende fora, infelizmente.

            • Bruno_O

              Sobre a suspensão, multi-link é mais confortável porém mais frágil e de manutenção mais cara. Pra bananalândia eixo de torção parrudo acaba sendo melhor.

              • Neto

                Não concordo. Só é melhor para as montadoras que tem mais lucro. A falta da suspensão multi link para mim já é um motivo para eu não comprar esse carro.

                • Gustavo73

                  Então você não teria ele mesmo já que não existe essa opção em lugar algum.

                  • Neto

                    Não entendi sua colocação, mas enfim, por isso que existe concorrência, se o Cruze não tem multi link outros sedans médios tem, e isso é apenas um dos motivos entre outros que eu não compraria esse carro.

                    • Gustavo73

                      Misturei os comentários.
                      A suspensão independente sem dúvida é melhor tecnicamente falando. Mas não acho que seja um absurdo ele não ter. É perfeitamente possível uma suspensão mais simples ter um desempenho bem próximo. Amortecedores,molas e outros elementos podem ajudar nisso. Claro que é uma questão de opção pessoal. Mas hoje no mundo a maioria não usa a independente nos carros médios. Pessoalmente me incomoda mais a audiência de ar dual zone e do Xénon na top de linha.

                    • Pacheco

                      Se ela for bem ajustada, pode ser até mais eficiente que uma suspensão independente.

                      Tudo vai de ajuste. Tenho certeza que a Chevrolet não errou nisso, até por que ela usa a tempos.

                    • Neto

                      Tranquilo Irmão! Tudo é questão do que priorizamos num carro. Nunca existirá um carro exatamente do jeito que queremos, mas se geral o conjunto agradar é o que importa.

                    • Gustavo73

                      Sem dúvida não é uma equação simples. E cada um terá um peso diferente para cada item.

                • Amigos do Bonde do AP

                  Tem Z-Link, que é muito boa.

                • Pacheco

                  Em manutenção ela é mais cara é trabalhosa. Exige até alinhamento que são poucas oficinas que fazem.

                  Sem falar o número de buchas e rolamentos que ela tem e uma hora vão precisar ser trocados.

            • Matthew

              A GM adora fazer essas economias porcas. O Onix na linha 2016 vem sem iluminação no porta-malas também e o banco traseiro não é mais do tipo bi-partido, que vinha de série na linha 1.4. E os últimos Cruze não estavam mais vindo com a regulagem elétrica de ajuste do faixo dos faróis nas versões LT.
              Imperdoável a falta de repetidores laterais de luzes, que a meu ver deveria ser obrigatório por lei.
              Enfim, pra mim a GMB perdeu a graça há um bom tempo. E sim, seus modelos passaram por uma orientalização extrema, a exemplo do novo Cruze agora.

          • Ricardo

            Quanto ao porta malas parece que o novo civic vai dar uma bela reduzida tb. Talvez tirando o focus da lanterna.

          • Gustavo73

            Não é multilink nos EUA, nem o Astra tem suspensão independente. É a Z-link uma variação do eixo de torção.

            • Edson Fernandes

              Em outra publicação de renome e bom conhecimento era dito como multilink, mas pode ser uma solução como a doublewishbone do Civic anterior tbm…

              • Gustavo73

                O Astra e a versão Premium do Cruze que não temos aqui usam a Z-link uma variação da eixo de torção.

                • Edson Fernandes

                  Legal, obrigado!

          • Amigos do Bonde do AP

            Não há multilink, e sim eixo de Watts (Z-Link), presente na versão brasileira.

          • Paulo Lustosa

            Cruze não usa Multilink nem nos EUA, usa o Eixo de torção com barra Watt, o chamado Z-Link.

          • Pacheco

            O Pisca lateral é otimo para segurança e não gosto quando é no retrovisor. Alem de aumentar o valor em caso de troca, um motoqueiro tem menor visão dele.

            • Edson Fernandes

              Bem… motoqueiro no corredor não tem visão de nada que não seja andar e buzinar…rsrs

              Esses poderia ter um farol baixo na lateral que não enxergam…rs

              • Pacheco

                Concordo… mas se eles entrarem vc precisa frear.

                Os videos de moto no Youtube eu gosto de assistir só pra criticar nos comentários. Outro dia deu uma discussão danada pq eu apontei cada erro dos 10 minutos de filmagem.

        • Mr Andrey

          Eu agora que fui ver se ele não tinha msm.. KkKk,, fiquei um pouco desanimado até pq da um tom de mais sofisticado..

    • Ander33x

      A lanterna sem LEDs até da pra engolir esse corte de gasto, mas o repetidor lateral isso faz uma falta danada.
      Nem precisava sem no retrovisor, no para-lama lateral dianteiro como era o do antigo Vectra e Astra e o último Cruze já resolveria.
      Esses indicadores laterais já me ajudaram muito mesmo, alias continuam ajudando pois ainda não troquei de carro.

  • Fabio Marquez

    Achei o interior pobre nessa cor clara. Poderiam ter copiado o interior do modelo americano que é marrom e preto.

    • Mr Andrey

      Pobre? Painel todo em couro, vc reclamou do vrovrolla! E o civic atual?

      • Khusller

        Pobre visualmente… Algo que realmente está, essa combinação de cor é estranha e feia.

        • Mr Andrey

          Achei o acabamento melhor visualmente falando que o da concorrência, tirando o c4l. Que na minha humilde opinião é melhor..

      • Fabio Marquez

        Essas cores claras (cinza) passaram um aspecto ruim, só isso. Gosto de interior em cores mais escuras, por isso a sugestão de um painel em couro marrom e preto, assim como no encontrado no modelo americano.

        • Pacheco

          Eu gosto das cores escuras por causa de sujeira.
          Ninguem merece vc ter que bater o pé pra entrar no carro.

          • Fabio Marquez

            Depende da cor que é usada no acabamento, aqui na minha cidade tinha um Serie 3 azul, com interior bege. Coisa mais linda de se ver, tanto que o dono mantinha o carro sem isulfilm. Agora este cinza do painel do Cruze não ficou legal.

            • Pacheco

              Lindo é… mas nunca entre nesse carro depois de chover.
              Eu acho lindo interior vermelho, vinho, branco, caramelo, etc. O problema é manter ele agradavel.

              É que nem bancos de veludo. Acho sensacional, mas pega pelo até sem ninguem usar.

        • Mr Andrey

          Mais a versão de entrada e em tons pretos

    • Leonardo

      Tbm acho que o marrom escuro ficaria melhor, super concordo com vc

  • Tosca16

    O Cruze subiu muito de patamar, ao menos nos preços; entretanto sei muito bem como o consumidor tradicional que é vai sempre o colocar abaixo dos sedãs japoneses .

  • Lucas Vilanova

    O que faltou para mim: um esmero no porta luvas, visto que outros carros tem revestimento dentro dele, saída de ar para os ocupantes traseiros, ar dual zone, luzes internas de LED. Acho que só.

    O acabamento parece ser bom. Pelas fotos aparentam ser bem encaixados, embora o site tenha falado que achou folgas.

    Realmente o consumo foi excelente e tem espaço para melhorar aí. Realmente o conjunto mecânico do carro tá show. Esperar o Civic Turbo e comparar.

    E para encerrar, o que realmente matou nesse carro na minha opinião foi o interior em cinza claro. Não passa requinte. Melhor se tivessem escolhido o marrom ou o caramelo. Se quiseram passar luxo, na minha concepção, não passou.

    • Edson Fernandes

      O que eu acho que foi a proporção utilizada. Geralmente e nos EUA possui, há uma versão em que a porção superior do painel é cinza claro e a inferior preto. Dá um ar de sofisticação ao meu ver.

      O que me faltou é o que eu tenho de opinião igual a sua. Outro item que faltou no carro na versão de topo (mesmo como opcional): Farois de xenonio.

      Por conta da falta desses itens que chateia algumas posturas da Chevrolet. Entretanto não esqueceu da segurança ativa.

      • Lucas Vilanova

        Verdade, não devemos esquecer principalmente da segurança ativa. Os médios hoje estão inovando nesse quesito. Veio com o Cruze, virá com o Civic.

        Bem lembrado mesmo, esqueci do farol de xenonio. O carro já tem tudo pronto, projetor e regulagem elétrica do farol.

        • Pacheco

          Seria legal o Xenon com aquele recurso que mexe nas curvas. O C4 Pallas tinha e era maravilhoso.Aumenta muito a visibilidade em locais muito escuros ou sem iluminação publica.

        • Edson Fernandes

          E nos EUA tem a opção de xenon…rs

          • Lucas Vilanova

            Sei nem o que falar…

            • Edson Fernandes

              Na realidade é triste saber que em outros locais o mesmo produto tem a tal opção. Poxa os rivais diretos tem uma ou outra versão (quando não opcional) do item… custa a fabricante ofertar que fosse como opcional? O consumidor que poderia optar pelo interesse ou não.

              Está bem claro pra mim que a tatica com o Cruze é a versão LTZ1 pelo pacote ofertado. Pois na LTZ2 são itens que ainda interessantes, não são aqueles esperados pelo comprador.

              O comprador do LTZ2 será aquele cara que gostaria de recursos adicionais visto em carros premium em que carros até então não premium deixariam de ter. Esse será o consumidor comprador dessa versão.

              Poxa, se esse é o comprador, porque não incluir o xenon? E olha que as marcas premium ofertam bixenon ao contrário das “comuns” que ofertam xenon no farol baixo apenas (o unico que conheço das marcas generalistas e carro generalista que tem bixenon é o Golf).

      • Mauro

        Concordo com sua opinião. A opção de duas cores daria mais charme ao interior. E acho que a cor clara deve ficar na parte superior, visto que o painel preto sob o sol esquenta muito e reflete sobre os passageiros.
        A cor escolhida não é feia, mas faltou saber combiná-la.
        Também alguns itens “sofisticados” faltaram, embora em termos de segurança esteja nota 10. Só um porém: por 90 mil já deveria ter seis airbags…

        • Edson Fernandes

          Eu concordo. O jetta 1.4 em minha opinião é pior ainda custando o mesmo (Comfortline).

          Mas para mim, eu prefiro o inverso, preto em cima e bege em baixo.

          Isso porque é melhor visualmente e, a chance de sujeiras aparecerem é maior. Ainda que possa evitar um calor excessivo, o preto ajuda a desfarçar e evitar de manchar com essas poeiras na parte superior do painel.

    • Matthew

      Outras coisas estranhas de um projeto tipicamente americano: ausência de regulagem de altura dos cintos de segurança dianteiros e das alças articuladas no teto atrás.

      • Gustavo73

        Ausência de regulagem de altura dos cintos não tem?

        • Matthew

          Pelo menos nas fotos não parece ter.

          • Pacheco

            Um cumulo não ter… isso vem até o Onix LS.

      • Lucas Vilanova

        Nem prestei atenção nesses detalhes. Pensei que tivesse vindo no carro por ser itens assim tão “clássicos” em carros dessa categoria. Complicada a situação.

  • Yo soy Yo

    Gostei muito, mas se eu for pagar mais de 100k num carro vou de Volvo, Audi, BMW ou Mercedes.

    • Rodrigo Pasini

      É que com os mesmos 107k do top 0km tu consegue comprar um BMW, Volto ou Audi zero km também né, principalmente se for top.

      • Yo soy Yo

        É exatamente meu ponto, tipo, na boa, o carro é muito bom, mas tá longe da qualidade premium dessas marcas citadas pra custar tudo isso!!!

        • G.Alonso

          Sei lá, acho que ele foi irônico contigo, não sei… posso estar errado, mas, você não compra nenhum Audi, MB, BMW, ou Volvo com 100 mil que tenha os itens de conforto e tecnologia desse Cruze, nenhum.

          • Ricardo

            Meu irmão pagou 103 num A3 sedan ambiente mês passado. Pode não ter todas essas firulas, mas é um carro que expira qualidade em mínimos detalhes. Afora o prestígio da marca. Eu tb optaria por um A3 se fosse assinar um cheque de mais de 100 pilas.

            • Bruno_O

              Aspira qualidade? Os próprios fans da VW falam que o Jetta TSI tem melhor acabamento que o A3, fora o preço do seguro da criança.

              • Gustavo73

                Dúvido falarem que tem melhor acabamento. Até porque o Jetta já perde em acabamento para o Golf.

                • kravmaga

                  O acabamento do Golf para mim é melhor do que o do A3.

                  • Gustavo73

                    Nos plásticos acho que o nível é bem similar. Mas o Golf Highline tem bancos com tecido melhor e Alcântara na Highline. O resto é questão de desenho e preços.

              • Amigos do Bonde do AP

                Fans da VW vão jactar um VW até em comentários sobre Bugatti e Bentley.

                Bom, um A3 de 145 mil reais tem acabamento muito superior do que um Jetta 2.0T de 110 mil.

              • Ricardo

                Expira (expele, revela, demonstra, exala), sim senhor. Já entrou em um? Sugiro que dê uma passadinha numa concessionária da Audi para conhecer o carro (versão ambiente com bancos de couro, ok?). O carro é muito bem acabado e montado. Preste atenção aos detalhes (painéis de porta, botões, textura e aspecto dos plásticos, isolamento acústico e proteção de partes metálicas, encaixes, vedação das portas, etc). Essa história de que o Jetta é melhor acabado é coisa de “fanboy” da marca. O seguro ficou em R$ 3.400,00. Ele pagava R$ 2.200,00 no Civic dele. Nada tão absurdo assim, principalmente que antes ele tinha uma apólice que cobria um valor de de R$ 54 mil e agora cobre R$ 105 mil.

                • Iran Borges

                  Entrei no A3 sedan top de 145 mil. Fiquei decepcionado no geral. Olhava o interior das portas e ficava triste. O interior todo preto (não gosto) não me encheu os olhos. Esperava mais. Depois entrei no A4 de 190 mil. Deus do céu, aquilo é um carro! É como comparar um gol e um fusion.

                  • Ricardo

                    Bom, entramos no campo do subjetivismo.

            • Amigos do Bonde do AP

              A3 Ambiente neste valor? Duvido. O mais barato que achei foi 110 mil, mas era 2015/16.

              • Ricardo

                Eu vou mentir pra que? R$ 103.900, com 60% de entrada e o restante em 24x sem juros na concessionária Audi Center Salvador. Só não peço a NF porque vai soar bem ridículo (“me empresta sua nota pra eu mostrar pra um cara que está duvidando que você pagou isso?”).

          • Yo soy Yo

            Oi, tudo bem, vc esqueceu de ler onde eu escrevi: ” […]mas se eu for pagar MAIS de 100k[…]” :D

      • Yo soy Yo

        Oi amigo, eu disse mais 100k, não exatamente 100k. Eu moro no Brasil e tenho uma média de preço desses carros :D

    • Amigos do Bonde do AP

      Audi A3 com bancos de tecido e sem piloto automático?

      • Yo soy Yo

        Oi, tudo bem, vc esqueceu de ler onde eu escrevi: ” […]mas se eu for pagar MAIS de 100k[…]” :)

    • kravmaga

      Usado, né, porque os modelos de entrada das marcas premium alemás já passaram bem dos 100 mil…

      • Yo soy Yo

        É, isso eu sei, eu estava sendo exagerado, mas percebi que o mercado de carros importados voltou ao patamar de “só rico que compra”, pq qlqr modelo PARTE dos 100k~120k.

  • Ramon Oliveira

    Essa cor roxa ficou absurdamente foda

  • afonso200

    comando de valvula é correia borracha dentada, ou comando interno em corrente de ferro ????

  • Ítalo Figueirôa

    Sem teto solar em nenhuma versão? O_o

    • afonso200

      pois é, que ruimmmmm

  • afonso200

    tem teto solar ???, quero ver se os custos altos de manutenção preventiva continuaram altos, pois manter o Azera 2011 com todas trocas de fluidos,(inclusive radiador, freio e DH) correia poli-V e polias esta mais em conta que o cruze aspirado………sem contar que troco oleo e filtro a cada 5milkm,,,,,,,, e troca parcial de oleo do cambio 6AT a cada 20mil km,,,,tiro 5litros dos 11L que tem dentro

    • Amigos do Bonde do AP

      Tive um Cruze de dezembro de 2011 a meados de 2014. Nunca foi nada disso. As trocas a cada 5 mil km apenas em USO SEVERO.

  • Bruno Silva

    Não gosto de sedã médio com interior cinza. Faltou a esse carro uma opção de interior bege.

    • Pacheco

      Interessante que colocam a parte beje onde vc pode sujar.

      Carpete beje? Nessas cidades imundas que vivemos?
      Eu tive uma Captiva toda beje por dentro e era um terror. Até tapete de borracha eu coloquei pq cansava de limpar tapete todo dia.

  • vidgal

    ERROU FEIO A GM EM COLOCAR ESSA RODA ESCURA PARA TODAS AS VERSÕES…ESTÁ MATANDO O VISUAL DO CARRO…AONDE ESTÁ A OPÇÃO DE RODAS CLARAS CONVENCIONAIS MAIS ADEQUADAS PARA UM SEDAN FAMILIAR!!!! ALÉM DE DEIXAR O CARRO COM VISUAL MENOS TUNADO!!!!
    PODERIA TER O INTERIOR TODO PRETINHO BÁSICO NA VERSÃO DE ENTRADA!!! ESSES CARROS COM INTERIOR ”A LA CHINA” TRICOLOR NO ACABAMENTO É RIDÍCULO!!!! ÊTA GM…COMO É DIFICIL TER BOM GOSTO E OPTAR POR FAZER O SIMPLES E BELO QUE AGRADA À MAIORIA!!!!!!!

    • Fábio Henrique

      Calma, não precisa gritar, a versão LT é com roda clara e interior mais escuro.

      • Tá vendo, como é o ‘comprador médio’ dessa categoria?! uma simples roda escura e o cara coloca tudo em CAPSLOCK pra reclamar.

      • vidgal

        Essa versão LT é igual a cabeça de bacalhau,ninguém nunca viu!
        Nunca aparece em site nenhum, nem aqui nem na Argentina.
        Virou cabeça de bacalhau!!!

  • Martini Stripes

    Alguns detalhes matam no Brasil.
    – poucos marcas oferecem opção de rodas, nem todo mundo gosta do mesmo modelo.
    – tons do interior, eu prefiro sempre preto, cinza suja fácil.
    Faltou suspensão independente atrás, mas de resto, dará boa briga pq tem beleza, e já é mais da metade do negócio.

    • Gustavo73

      Astra/Cruze não tem opção de suspensão independente em lugar algum. Z-link é por eixo de torção.

      • Martini Stripes

        Tudo, Corolla também não tem. Apenas mencionei o fato. Civic, Focus e Jetta são independentes, Corolla, C4L, Sentra e Cruze são eixo. Não é problema, mas é mais barato é menos estável, mas um bom ajuste já atende ao consumidor comum.
        O que é mais notável, a suspensão ou motor turbo? Acho que a Ford deveria atualizar logo os motores do Focus. Logo só ele ficará sem turbo.

        • Gustavo73

          Acho que Focus com Ecoboost aqui só na próxima geração.

          • Martini Stripes

            Tbm acho, o 2.0 atende as normas e tem uma performance razoável.

  • Douwe

    Não sei se é culpa desses tons de cinza, bem feiosos por sinal, mas estou com a impressão de que o acabamento está aquém do que o carro merecia. Preferia que o painel e volantes tivessem cor mais sóbria e que os bancos fossem revestidos em um couro marrom claro ou “branco gelo”, até um bege claro ficaria bacana.

    • Neto

      Interior cinza claro é bem agradável, gosto muito no Civic, fica de bom gosto e amplia a cabine, diferente do que comentam não fica com aspecto de sujo. Mas no meu próximo carro quero interior bege, muito top.

  • Ricardo

    É… vai ficar difícil pra vc toyota.

  • Neto

    3 motivos que pelos quais não trocarei o Civic pelo new Cruze:
    1-Preço (vamos aguardar o valor do Civic Turbo), pois achei que a versão top Ltz está próximo do Civic Turbo. 2-Suspenção traseira (baixo custo). 3-Não ter padles shifts (item indispensável para mim).

  • Ca Oak

    Carrão. MAS, eixo de torção, GM? Pqp…

    • Amigos do Bonde do AP

      Z Link.

      • Gustavo73

        Que é um tipo de eixo de torção.

  • Lorenzo Frigerio

    Pelo preço desse Cruze, dá para comprar um Jetta TSi menos equipado. Eu não teria dúvidas.

  • Verdades sobre o mercado

    Aparentemente o Cruze ficou show ! A lamentar apenas a falta de borboletas para trocas de marchas atrás do volante.

  • FranciscoAdrianoSilva

    Boas notícias, bancos e suspensão voltados para o conforto, esse acabamento das portas remete a Ford e as rodas ao Civic.

  • Leonel

    Não consigo olhar para esse carro e pensar que ele pode custar R$108 mil. Faltou xenon e ar condicionado bizone, no mínimo, para esse valor. Claro que hoje, vale muito mais que qualquer japonês, inclusive o Altis.

    Por fim, eu iria tranquilamente num C4L THP Exclusive, que por R$89.990,00 vem completíssimo e um belo conjunto mecânico.

  • Cadu_jd

    Carro bonito, motor novo e ficou bem interessante. Mais ao meu ver esse preço assusta 90 , 97, 107mil e demais. pra quem comprar parabéns, mais acho que é muito dinheiro num Cruze. Prefiro Guardar um pouco mais e partir pra um carro de categoria maior. Nesse valor fica difícil pensar nessa opção.

  • Jaspion

    que belo produto, uma pena o preço ser tãaaaao alto

  • fbl

    Baita melhora no cruze. Só nao curti esse interior claro.

    • Jaspion

      tb não gosto mto, aliás, brasileiro no geral não gosta de interior claro, americano adora. e tb acho que eles poderiam ter caprichado mais na roda, achei beeeem simples.

  • Melhoras substanciais com relação ao modelo anterior, isso é inegável. Mas o preço de entrada assusta.
    Vamos ver na avaliação completa se faz jus ao valor salgado.
    O design ganhou em modernidade, mas perdeu muito em personalidade: frente de Civic, traseira de New Fiesta sedã. No geral, agrada aos olhos, mas é bem genérico.
    O espaço traseiro deve manter a característica do modelo antigo que condena a presença de pessoas mais altas no banco traseiro. O arco do teto cai muito forte em direção ao porta-malas.

    • A tempo: esse emblema “turbo” na traseira… compete de igual para igual com o “2.0” vermelho do Civic e com o “Flexone” dos Honda em geral pelo título de emblemas mais bregas e medonhos do nosso mercado automotivo… rs.

      • radiobrasil

        Um simples “T” ja estaria de bom tamanho rss

      • Dizer que é turbo é mole, queria ver é a GM colocar em vermelho tbm 1.4! kkk
        Os tiozão iam pirar. #SQN

      • T1000

        Sem dúvidas, ficou top brega pqp

  • FocusMan

    NA, sabem dizer se a suspensão traseira na versão Mercosul tem o paralograma de watt, como no modelo americano?

    • PEDAORM

      Z link no modelo americano, pelo que li, apenas nas versões topo de linha. E se não me engano, exclusivamente no hatch.

      • FocusMan

        Eu vi o Sedan RS e tinha. Não tinha o Hatch ainda no EUA.

  • Efulefante

    Apresenta boas melhorias.
    Dessa vez vou evitar comentários de gosto pessoal, mas detalhes cromados naquele ângulo perto da alavanca do câmbio, foram engenhosamente projetados para refletir luz do sol e de postes diretamente no olho do condutor. Até black piano é f***, imagina cromado. Dá até pra ver as árvores…

    • Lofin

      Fato. Motoristas de Peugeot com câmbio automático sofrem com isso!

  • Ainda não tem teto solar a versão sedan?

    • Cláudio Moisés

      Realmente, não entendo essa resistência da Chevrolet! Praticamente todos os concorrentes oferecem pelo menos na versão top! Imperdoável não ter nem na LTZ-2 de salgadíssimos R$107.450,00! Aliás, por um valor desse, ficou devendo muita coisa nessa versão! Tinha que ter diferenciais estéticos como lanternas em LED’s, o próprio teto solar, faróis xenon ou FULL LED, etc.

      • radiobrasil

        106 paguei no Fusion 2016 em agosto do ano passado COM teto.

  • Luis Burro

    Nd a ver!O Brasil eh relegado em relacao a Europa e EUA,e nenhuma montadora oferece as condicoes extatamente iguais a estes mercados.O produto pode ateh ser o msmo,mas o preco em relacao a renda eh muito diferente.
    A Volks soh aplicou o msmo estilo de design(iniciado no Sciroco) em toda a linha.Notadamente o Fox teve a reestilizacao inspirada no Golf,tlvz pro modelo pegar carona no sucesso do irmao.
    O Gol me lembra mais o Passat anterior.
    Dos Volks aqui no brasil,acho o desenho bom do novo passat,do jetta e do golf.

  • Lucas Vilanova

    Uma coisa que ninguém falou foi sobre o sistema de som do carro. JBL é show de bola. Não tem nenhum da categoria dele com um sistema de som tão bom. Fiquei curioso para ouvir.

  • Coffinator

    Melhor comprar um Jetta por esse valor.

  • CanalhaRS

    O carro evolui muito e está bem bonito. Mas sinceramente, para o que custa, não poderia fazer feio. Quando se comprava sedã médio por 50/60 mil reais, alguns deslizes poderiam ser perdoados, mas agora que passam dos 100 mil, ser potente, econômico e bem equipado não é mais que a obrigação. Vamos ver o Civic…

    • Thiago

      Concordo com você. E o acabamento não ficou lá aquelas coisas para custar 100 mil, pelo valor vou até de Sentra Top completo.

      • CanalhaRS

        Desde o lançamento desta nova geração nos EUA, a imprensa já afirmava que o acabamento interno era inferior ao do novo Civic.

  • Marcelo Sampaio

    Será que só eu achei esse interior mais bonito que do LTZ? Não gostei daquele cinza claro. Pelo menos por foto né.

  • Fanjos

    Achei muito feio esse acabamento cinza…..

    • vidgal

      Esse acabamento é de muito mau gosto…quando não se sabe criar, usa-se o tradicional pretinho-básico que vai agradar mais.
      Tonalidades de carros Coreanos e Chineses de 20 anos atrás…errou feio GM!!!!!

    • vidgal

      Nesse quesito os Alemãs mata a pau!!!

  • Walber Menezes

    Eu ainda prefiro os patamares da GM nos tempos de Kadett GSi, Vectra GSi e Omega …

  • Fanjos

    Pergunta, já tem nas css para dar uma fuçada ou nem?

  • renanfelipe

    Valeu! Nossa… se for esse… achei bem melhor! Essa parte central em black piano acho bem melhor que aquele prata brilhante….

    • vidgal

      O Argentino não tem nada semelhante a esse acabamento amigão!!!

      • renanfelipe

        É, esse preto tá bem mais bonito… e o câmbio também está diferente mesmo.

  • Victor Oliveira

    Agora é só esperar essa dianteira em todos outros carros da marca , kkkkkkkk

  • gustavo

    Um bom carro, mas com um desenho muito genérico puxa muito para carro Asiático !!

  • Parece que não é só a GM Brasil que enfrenta ‘problemas’, digamos, de design.
    O carro não é feio/desproporcional como uma SPIN, AGILE ou ONIX da vida, mas parece um pastiche de vários carros. Falta personalidade.

    Muito se fala da pobreza criativa da VW, com carros todos com a mesma cara, mas prefiro isso à essas bizarrices da GM.

    • th!nk.t4nk

      Esse novo Cruze realmente não ficou bom. A traseira em especial é bem feinha. A GM não foi feliz dessa vez, infelizmente.

      • Exato. A traseira é a cara da do New Fiesta sedã.

  • Ander33x

    Eu que estava empolgado com o new Cruze, a lista do “contras” só tá que cresce aqui…
    Sem Teto-Solar
    Sem LEDs na Lan.traseira
    Sem Repetidores de direção nas laterais/retrovisor
    Sem Xenon
    Sem Ar Dual-Zone
    Interior Cinza Claro, tem que ser PRETO!
    Controle de som atrás do volante, no local das borboletas? Colocou um monte de tralhas na frente (…do volante) e esqueceu do mais usado e mandou pra trás.

    Será que com a versão menos equipada LT – LTZ 1 (não a 2) os botões de volume vem pra frente?
    Porque sendo essas eles não terão o controle de Lane assist, e nem de aux. colisão frontal, acho que é isso.

    Pergunta o NA testou alguma versão LT ou LTZ 1, pelo que vi ali só tinha a LTZ 2 não?

    • vidgal

      Concordo plenamente com sua narrativa!!!!

  • Diogo Oliveira

    O que impressiona nesse carro é o Motor, mesmo tendo 150 Cv pode se considerar ele como um Sedan médio comum, Corolla, Linea, Civc, C4 e etc não passam dos 170 Cv. Mas o melhor é o consumo, foi muito bom (principalmente para um Chevrolet). Não gosto dos carros da GM Brasil, mas esse daí ficou legal, só não gostei dessa grade ”Bocão” que lembra um Ecosport.

    • Gabriel M. Vieira

      C4 Lounge 1.6 16v THP Flex tem 173cv no etanol e 24.5 kgfm de torque.

  • Lucas Vilanova

    Há uma mudança para o nosso. Os porta copos ficam ao lado do freio de mão. O modelo da foto tem freio de mão elétrico. Mas acredito que não tenham grandes mudanças para o nosso modelo.

  • DTF

    Nessa faixa de preço faltam o ar dual zone, paddle shifts e opção de teto.

  • Marco Antônio

    Avaliação é sempre a mesma coisa. Aquele foco desmedido nas versões mais caras, e nada sobre as mais baratas. Sim, eu sei que o pessoal do NA em algum momento vai trazer uma avalização da versão LT. Mas é sempre assim, 1 mês depois, 2 meses. Por ai vai.!

  • vidgal

    Estão dizendo que não se pode desligar o start/stop….confirma?

    • vidgal

      Já está confirmado!!!
      ”NÃO É POSSÍVEL DESLIGAR O START/STOP DO CRUZE.
      E COM ISSO QUANDO O CARRO PARA O AR CONDICIONADO PARA TAMBÉM.
      QUEM É LOUCO PARA AGUENTAR UM TRÂNSITO PESADO NO VERÃO COM ESSA DESGRAÇA DE CALOR NAS ORELHAS!!!”
      QUE MANCADA DONA GM…ISSO AQUI NÃO É ARGENTINA NÃO!

      • Matthew

        Fonte?

        • vidgal

          Carplace, e a própria GM

  • vidgal

    Amigão!!!!Já falei que você está mostrando o Cruze fabricado nos EUA? O nosso é Argentinooooooo!

    • renanfelipe

      Calma kkkkk

    • MMM

      Sim, mas se o interior vai ser todo preto, não pode ser muito diferente disso, não?

  • Ailton

    Admito que estou seduzido por esse carro. Ah se não fosse a crise…

  • Adriano Lius II

    Alguém tem coragem de transar dentro dele na primeira semana?
    Oq vcs fariam se as namoradas ou esposas quisessem!!??

  • Marcelo Ceno Dutra

    Ficou curioso a respeito do som JBL ele possui quantos auto falantes? Qual versão ?

  • vidgal

    Agora sim!!! Esse é o carro com acabamento LT.

    • MMM

      Concorda q é bem semelhante?

      • vidgal

        Até o momento tenho que concordar!

  • Renato

    O Novo Cruze melhorou sua aparência, peso e motorização, mas o valor cobrado por ele é abusivo!

    Esse valor é para quem está no topo, líder de um segmento, e não quem quer chegar lá, que é o caso dele!

    Para ser cobrado esse valor, teria que ter uma confiabilidade grande, como Toyota e Honda conquistaram ao longo desses anos, e mesmo a Gm fabricando a décadas os carros no Brasil e com seu maior número de Concessionárias, não alcançou esse nível de confiabilidade!

    E não podemos mais culpar só os impostos, visto que esse veículo é feito na Argentina, e tem-se acordos de baixos ou até isenções de impostos para veículos fabricados por lá!

    É preciso verificar os valores das revisões e o tempo das mesmas, antes de tomar a decisão da compra.

    Sobre alguns detalhes específicos (Principalmente tratando-se de um veículo que chega a custar 107,5 mil !!!):

    – Painel com acabamento em plástico duro, em vez do material macio presente no Vectra;

    – Para Brisa não parece ser Degradê;

    – Sustentação do Capô aberto feito por haste, e não por amortecedor, como no Vectra;

    – Haste do Porta malas estilo pescoço de Ganso, em vez dos Pantográficos (Existente no Vectra);

    – Faltou Ar Condicionado de duas Zonas;

    -Faltou a troca sequencial das marchas através das borboletas no volante;

    – Air Bag para o Joelho;

    – Teto Solar;

    – Duto de Ar para os ocupantes traseiros;

    – Porta malas menor que o do último Vectra (que tinha 526 litros);

    – Pinos nas portas (tinha sido retirado no Vectra e voltou no Cruze);

    O quadro de instrumentos analógicos, e sua cor lembra um pouco do antigo Ford Del Rey. Acho que poderiam ter feito algo melhor nesse aspecto. Ponto positivo foi a tela digital ao centro do painel de instrumentos.

  • André Flandres

    Esses sedãs médios estão cada vez com mais cara de carro barato. Um Vectra da década de 90 e até mesmo um Monza pareciam bem mais sofisticados. Hoje o interior desses carros parece tudo de plástico. Conseguiram acabar com o conceito de “couro”. Os assentos agora são revestidos de plásticos vagabundos que eles chama de “couro sintético”, decerto bem mais baratos de se produzir do que um bom tecido que até pouco tempo revestia os bancos das versões de entrada e intermediárias. Aliás, o próprio Cruze que está saindo de linha parece ter um interior um pouco mais refinado que esse aí que está chegando.



Send this to friend