Chevrolet Hatches Sedãs Segredos-Flagras

Novo Chevrolet Prisma é flagrado durante testes

prisma-flagra-2017-2

O Novo Chevrolet Prisma deve chegar no começo de junho, junto com o companheiro Onix. O sedã compacto da GM ganhará modificações de estilo na parte frontal, notadamente faróis e grade remodelados, assim como para-choques e lentes das lanternas traseiras.

prisma-flagra-2017-4

Exemplares do sedã e também do hatch foram flagrados pelo leitor Matheus Barrionuevo, completamente camuflados e com vários enxertos para disfarçar os modelos.

prisma-flagra-2017-3

Além do visual, os Novos Prisma/Onix devem receber também multimídia MyLink com Car Play e Android Auto, além de OnStar e possíveis modificações mecânicas.

Galeria de fotos dos Novos Chevrolet Prisma e Onix:

Agradecimentos ao Matheus Barrionuevo.





  • Bruno Silva

    Quanto exagero de camuflagem para uma reestilização. Vamos ver o que vai sair.

    • Bruno Wendel Marcolino

      éééé, a possibilidade de sair algo tenebroso é forte, é só ver o Cobalt que era feio e agora piorou, ele era bem camuflado kkkkkk

      Mas o design nem precisava mexer, precisa mesmo é melhorar a eficiência do carro com motor x cambio novos.

      • Lucas Vilanova

        Câmbio não. O câmbio hoje da Chevrolet que equipa Onix e Prisma só perde para o do grupo VW (fiz o test drive no Up TSI e o câmbio é show). Câmbio curto, encaixes precisos e muito suave no funcionamento. Isso no manual, visto que o AT6 nem se compara à linha I-motion e se equivalem ao Aisin AT6.

        Tenho um Onix LT 1.4 comprado zero em dezembro de 2012 e o carro está com 30 mil. Câmbio está a mesma coisa desde 0 km..

        Já foi o tempo de câmbio da GM ser aquela desgraça que era na época de Celta.

        • Wellington Myph13

          Provavelmente ele quis dizer em novos cambios em questão de ter 6 marchas. Se não, realmente desnecessário…
          E a não ser que o cambio do Celta tenha mudado de 2010 pra frente, ele usa o mesmo cambio do Onix e Prisma (E Corsa), só com algumas mudanças leves, mas o Celta tem/tinha um cambio excelente (Conheço os de 2010 pra frente, se antes era outro, desconheço…)
          Cambio ruim hoje (e sempre) é Fiat e Renault…

          • Lucas Vilanova

            Um manual de 6 marchas acho desnecessário. Veja o câmbio do HB20 Turbo. Usa um de 6 marchas mas o escalonamento não foi apropriado, tanto que a 120 o carro – não tenho certeza – está a mais de 3 mil RPM.

            Sou um dos que prefere um câmbio escalonado de maneira correta, a um de mais marchas e mal escalonado.

            Antes de pegar o Onix eu dirigi muito o carro da minha mãe – ela tinha um Celta Spirit 1.0 comprado em 2005. O câmbio arranhava muita marcha, para entrar a ré era complicado. Fora que o funcionamento não era suave e os engates longos.

            Se usa o mesmo câmbio do Onix, eu não pesquisei. Mas se houve essas mudanças, realmente foram mudanças pontuais que tornaram o câmbio outro.

            • Wellington Myph13

              Acho que esta enganado, a 6a marcha do HB20 foi bem planejada, foi na verdade feita unicamente pra estrada como overdrive pra reduzir a rotação. O motor é 1.0, não tem como ficar menos de 3000 a 120km/h (A não ser que alongue demaaais o cambio como fizeram no up!, mas ai tem o detalhe que tem pessoas reclamando que o cambio “confunde” pois ele é muito longo, a pessoa troca achando que é um 1.0 normal e começa a pipocar por causa da baixa rotação…)
              A Hyundai fez a “tacada certa”, um cambio pouco mais longo pra não mudar muito do normal, e colocou a 6a pra estrada.
              Quem fez a 6 marcha como uma marcha a mais mesmo foi a Toyota, que inclusive no teste do NA, eles conseguiram mesmo em 6a a 50km/h ir acelerando de boa sem pipocar e ganhando velocidade, coisa que jamais seria possível numa 6a pra overdrive… E ainda assim o consumo do Etios melhorou com as 6 marchas.
              A GM sempre foi referência em cambios junto com a VW, não acho que se colocassem uma 6a marcha seria mal escalonada…

              Quanto ao Celta, lembrei que tive um Classic em 2008, gostava do cambio também… tem que pesquisar pra saber se esse 2005 era outro mesmo… desconheço.

              • GM referência em câmbio junto com a VW? Nunca! Se está falando dos câmbios japoneses de Kadett, Monza, Omega, Vectra… Aí sim… Mas os valinhenses de Chevette, Opala, S10, Corsa e Celta eram razoáveis e olhe lá. E mesmo assim os japoneses eram “borrachudos”. Eram piores que os câmbios de Ford e posteriormente Honda e Peugeot. Ah, trabalhei nesse fornecedor.

                • Paulo Lustosa

                  Gosto bastante das NVG 3500 da S10 V6 e 2.8 MWM… de nada lembra aquele câmbio Isuzu que equipava Monza e Kadett que fazia o câmbio do Del Rey parecer uma seda no lugar.

                  • Olha, esse câmbio da S10 é realmente muito bom. Mas do Del Rey não é melhor que os Chevrolet’s. E desse câmbio eu entendo, pois foi meu primeiro um carro, um Ouro 82 (Tive mais um Ghia 90, com câmbio VW). Eu nem gosto do câmbio do Monza, acho ele muito borrachudo, ao contrário dos VW, onde você entende exatamente estar mexendo em um componente mecânico. Mas o curso do câmbio do Del Rey mata o carro. Parece que você dirige um ônibus! Gosto muito do carro, tanto que tive dois, mas para mim a suspensão muito macia e o curso da alavanca acabam com a graça do modelo..

            • Vitor Barcellos

              Ih rapaz. Pois no Celta 2013 que dirigi, o cambio era bem curto e bastante macio. Acho que é o mesmo cambio que o Onix… Mas enfim… houve essa melhoria ainda na vida do finado Celta rs

              • Lucas Vilanova

                Então pelo jeito foi o Celta aqui da patroa que estava pedindo arrego. Ela ficou com o carro durante 7 anos, vendeu-o em 2012 com 50 mil km (tinha comprado em 2005). O câmbio já estava mole mole. O dela era aquela versão que tinha o farol dianteiro estreito.

                Que bom que o Celtinha ganhou uma atualização rsrs

              • invalid_pilot

                Tive um Celta 2003 e parecia cambio de trator se tão duro que era, alem do mais o acionamento da embreagem era a cabo.
                Quando Celta morreu ele recebeu embreagem hidráulica e acelerador eletrônico.

            • Marco

              Não é o mesmo câmbio Lucas. O do Onix é bem melhor (mais macio) e com um escalonamento bem melhor.

              • Lucas Vilanova

                Não entendi meu amigo. O que você está falando?

            • Bruno Wendel Marcolino

              Cara, quase todos compactos que estão sendo lançados, ou re-estilizados ou novas gerações, a marcha de overdrive, 6º, ajuda e muito na economia na estrada. principalmente motores de baixa potencia que geralmente forçam mais o motor para aumentar a velocidade.

          • Hamilton

            Câmbio do Onix não tem nada a ver com o do Celta. Tive Celta, Corsa 1.4 e novo Prisma. O câmbio do Onix/Prisma é muito mais leve, além de contar com recursos que até outros carros mais caros não têm, como marcha a ré sincronizada.

            • Ré sincronizada no Onix e Prisma é só dos modelos 2014 em diante.

          • Vitor Barcellos

            Pois é… Dirigi um Celta 2013 e acha o cambio bem macio. E olha que ele tinha quase uns 90mil km kkkk

          • Bruno Wendel Marcolino

            Exatamente, cambio de MT6, a maioria dos novos lançamentos já estão adotando, até a Toyota botou no Etios.

          • radiobrasil

            Tive um Corsa B 2004… coisa mais horrivel do mundo aquele cambio com primeira HIPER reduzida… como não dirigi os novos gms nao sei, mas se for o mesmo cambio eu detestaria.

            • cepereira2006

              Eu dirigi um Celta dos primeiros que era assim e me fez ter horror a câmbio curto. A gente não tinha tempo de colocar a mão no volante após a primeira, pois já estava na hora de trocar para a 2ª. Fora que não andava nada.

        • Gustavo73

          Mas câmbio manual não dá problema. Com 30 ou 100mil km.

          • Lucas Vilanova

            Claro que todo componente, seja elétrico ou mecânico, dará problema. O ponto crucial é o tempo e a qualidade do material empregado. O ponto que fiz questão de citar foi o funcionamento do câmbio, que continua o mesmo desde zero.

            Um colega de trabalho da minha mãe comprou um LTZ MT e teve muitos problemas graves com o carro. Tanto que o vendeu com 10 mil km.

            • Gustavo73

              Volto a repetir câmbio manual pra dar problema é muito mas muito difícil. Tenho 25 anos de carteira e nunca tive um carro mei família ou amigos com problemas no câmbio. Meu paí tem um Fusca 68 que já deve estar vom uns 300 mil km nas costas o motor já passou por retifica mas o câmbio de boa. Outros problemas até ppdem acontecer como o do seu amigo. Mas câmbio olha… Exemplo tenho um Fiat 2011 com quase 60mil km, uma marca que já teve fama de câmbio problemático. E de boa. A questão do câmbio pode se referir a toca de marchas e outras coisas como suavidade mas não dá problema. Inclusive um carro com 30 mil km é um carro novo. Pra manutenção ir além do básico só a partir do 60mil. E feito direitinho chega aos 100 mil de boa.

              • Lucas Vilanova

                Sem dúvidas, um carro com 30 mil é um carro novo. Mas não podemos generalizar, você pode passar toda a sua vida sem dar problema no câmbio, eu posso comprar um carro manual e o câmbio apresentar problemas hoje mesmo. É muito relativo. Como falei anteriormente, depende da qualidade do produto e do quesito sorte. Para uma pessoa que dirige corretamente, sem forçar a embreagem desnecessariamente, o câmbio dura mais de 100 mil km.

              • tiago

                Meu pai tinha um gol bola 96, que o câmbio “encavalava” era isso que o mecânico dizia, kkkkk.
                Enfim, acho q é raro câmbio manual dar problema, mas longe de ser impossível.

                • Gustavo73

                  Olha desse aí posso falar com conhecimento de causa. Tive um Gol CLi 95 comprado 0km em 97 troquei ppr um Gol TSi 2000. Minha irmã ficou com o CLi até “virar” o hodômetro sem problemas sérios. O TSi ficou comigo até uns 70/80 mil km. Mas impossível não é …

              • Pois eu já fiz câmbio e consegui a proeza de quebrar dois! Um VW e um Fiat!

                • Gustavo73

                  Caramba!

                  • Mas foi relaxo. O Palio 1.3 “informou” o problema, na verdade um dos coxins se quebrou (Ocasionando um barulho que foi ignorado pela besta aqui), fazendo o eixo do câmbio trabalhar enviesado, quebrando uma cruzeta (Acho que é isso). No Fusca, quebra de engrenagem mesmo. No mais, nunca conheci ninguém com problema no câmbio manual japonês de Chevrolet por exemplo…

          • Ricardo Rangel Lirio

            Não é bem assim não…
            Tive um Cobalt que teve a terceira e a quinta danificadas por causa de uma guarnição (de borracha) do atuador da embreagem rompida, que causou o vazamento do sistema hidraulico, a quebra da embreagem e do câmbio. Tudo isso com cerca de 30.000 km

      • Pedro Henrique

        precisa melhorar a segurança estrutural tbm…
        e precisa melhorar o acabamento interno pq rebarbas é oque não falta
        além de motor e cambio
        precisa melhorar o carro inteiro, melhor voltar pra prancheta de projeto

        • Bruno Wendel Marcolino

          kkkkk, pois é, falei só no motor e cambio, mas realmente o que falou é verdade, mesmo a plataforma sendo de 2012 ela é um tanto insegura.
          O acabamento nem falo nada, porque no nosso mercado é complicado algo exímio em compactos. O painel acho bonito, o desenho, mas rebarbas tem mesmo…

      • Vitor Barcellos

        Achou mesmo que o Cobalt ficou pior??? Eu acho que ele melhorou e MUITO rs

        • Bruno Wendel Marcolino

          Achei pior sim, a traseira principalmente e a frente ficou parecendo enjambre, de lado continuo achando bacana.

          Mas visual é subjetivo. Essa é minha opinião.

      • Dricks

        cobalt feio? pqp para ne?

      • Hyago Luiz

        Cobalt ficou pior? Já viu um novo pessoalmente? O carro na minha opinião ficou show.

        • Bruno Wendel Marcolino

          Vi e não gostei, principalmente da traseira, achei feia.

  • th!nk.t4nk

    Mais um na linha “bonitinho, mas inseguro e com motor jurássico”. Mas desde que descobriram que brasileiro valoriza mesmo é um tablet chinês colado no painel e uma carroceria moderninha, tá valendo.

    • fschulz84

      Exatamente… Certeza que continuará com os motores arcaicos 8V que o mexânico da esquina consegue remendar com um chiclete.

  • edgar__rj

    E o novo motor?
    E níveis de segurança padrão Europa/USA ?
    Ah isso não precisa… Afinal essa dupla é uma das mais vendidas (Onix e Prisma)…

  • Ricardo Blume

    A GM vai justamente mexer no não precisa, o design. Como está ele poderia ficar mais um ano ou dois (entendo que agora toda a linha tem um novo facelift) mas o maior problema do carro é justamente sua mecânica. Seus motores, tanto o 1.0 quanto o 1.4 são muito antigos. Andam até que bem porém o consumo poderia ser melhor. Vamos lá GM, onde está seu três cilindros? A propósito, vocês não estão achando estranho nenhuma notícia do substituto do Celta? A GM está com um carro de entrada muito caro e agora com Mobi, Kwid e Chery QQ na faixa dos 31 k vai ficar pesada pra ela.

    • BillyTheKid

      Na verdade o consumo do 1.4 até que é bom. O complicado mesmo é o 1.0, que só não fica atrás do motor da Fiat…

    • Gustavo73

      Motor novo só em 2019. Pôde ser que surja um sub compacto nesse intervalo.

    • Vitor Barcellos

      Esse facelift já estava programado pra meia vida do carro. Cara, do jeito que o Onix ta vendendo, a GM não ta muito preocupada rs… Mas esta no plano da marca um modelo abaixo do Onix

      • Ricardo Blume

        Concordo VItor mas os tempos são outros. A concorrência está cada vez mais forte e os consumidores mais espertos e exigentes. Um exemplo disso tudo foi a errada da VW com o Gol. Acharam que teriam o modelo líder para sempre e aí está. Anos de atraso colocaram o carro lá embaixo. Abraço.

    • Boris

      GM só tem preço caro na etiqueta…. Vá negociar q eles baixam muito e fazem tudo pra vc levar

      • Só por isso o Onix é o mais vendido. Preço de tabela geralmente não corresponde à realidade.

    • Gerson Miolo

      Sabe respeito a opinião de todos mas na prática tenho um ONIX LTZ acho esse motor 1.4 muito bom ANDA RAZOAVELMENTE BEM E É MUITO ECONONÔMICO pois tem 106cv, pois já tive um PUNTO 1.4 de 88cv que não andava a metade desse, e já tive um HB20 CONFORT 1.6 que era um foguetinho mas consumia mais e tem a frente muito baixa para as cidades que eu ando e vivia raspando. e Dirigi os 3 e seu os prós e contras dos 3 realmente , o 1.0 do Onix e da FIAT nem pensar.

  • Wellington Myph13

    Alguém podia tentar ir por trás das cortinas, pagar uns cafezinhos aqui e ali pra descobrir a história que uma vez surgiu do 1.0 3 Cilindros que a GM esta planejando em versões Aspirada e Turbo pra substituir de vez os 1.0 e 1.4…
    De resto, vai continuar “vendendo” bem porque o projeto Onix e Prisma fez tanto sucesso que já se pagaram, então envolve desconto “a dar com pau”. Se olhar na Webmotors tem até hoje em Lojas e CSS alguns 15/15, e vários 15/16…

    • Gustavo73

      Segundo alguns motor novo só em 2019. Até lá os atuais irão recebendo ajustes. Já se fala até em um câmbio manual de 6 marchas nesse facelift.

      • Wellington Myph13

        2019 é tempo demais…
        O Cambio de 6 marchas deve ajudar um pouco mais na medição de consumo, agora os 1.8 do Cobalt e Spin não tem salvação nem com 10 marchas…
        Se eles recebessem o 1.8 16V do Cruze seria interessante, por ser mais leve o consumo deve ser melhor que no Cruze…

        • Gustavo73

          Essas datas seriam para o 1.0 e 1.4. Até esqueci do 1.8 8v. Nem precisam ser o 1.8 do Cruze, o 1.6 16v do Sonic já melhoraria bem. A questão é que os dois são importados do Cruze da Coréia e o do Sonic acho que é feito no México. Pro 1.4 a soluvnem me parece complicada. Pega o novo 1.4 T do Cruze tira o turbo e a.injeção direta e pronto. O EA211 1.6 16v da VWB é mais ou menos isso aonre a base do 1.4 Tsi, a diferença é que eles aimentarama cilindrada.

          • Wellington Myph13

            Tira o turbo e deixa a injeção direta, kkkk
            1.4 16V sem injeção vai ter o mesmo rendimento do 1.4 8V, até menos talvez pois o esse 1.4 8V estão praticamente tirando leite de pedra de tanta potência e “torque” e ainda assim tem bons números de consumo, as 6 marchas já ajudariam… O que precisa também é usar aqueles “injetores” pra dispensar o tanquinho de gasolina…
            Acho que o 1.6 teria consumo maior que o 1.8 devido ao peso do Cobalt e Spin… Sonic já não tinha o melhor consumo e era mais leve… E por pagar o mesmo valor sendo 1.6 ou 1.8, seria melhor o 1.8 de vez…

            • th!nk.t4nk

              O 1.6 do Sonic é super beberrão. Nem pensar em trazer esse motor pro Brasil. O que a GM precisa é desenvolver novos motores, do zero.

              • Vitor Barcellos

                E ela ta fazendo isso. Mas só chegam em 2019

            • Gustavo73

              Infelizmente dúvido deixarem a injeção direta. Se a VWB ao menos tivesse feito isso no Golf básico? O 1.6 tem(tinha) 120cv o 1.8 108cv acho que andaria mais era só escalonar direitinho o câmbio.

              • Wellington Myph13

                Golf Básico foi uma sacanagem da VW… Tinha que seguir o padrão que veio, inovar o mercado… Tinha que vir com 1.0 TSI com opções MT6 e AT6…
                Seria 1.0, pagando menos imposto, teria o preço que tem o 1.6 hoje (da até pra dizer que poderia ser uns 2,5k mais barato que o 1.6 como a Hyundai fez…), e renderia muito melhor…
                Sonho até hoje com a Lenda de que a VW lançaria uma versão Bluemotion com o 1.0 TSI no Golf, mas estou duvidando…

          • Paulo Lustosa

            São importados da Hungria o 1.6 16V e o 1.8 16V

            • Gustavo73

              Obrigado Paulo

        • Hamilton

          Cobalt LTZ 1.8 AT faz mais de 15 Km/l na estrada, rodando a 110 Km/h. Tenho um HB20 1.6 AT 2016 que não chega nem perto disso.
          O que acontece é que muitos tomam como base testes de certas revistas. Na prática é bem diferente.
          Antes de acreditar nesses testes, prefiro eu mesmo testar. Já fiz isso com vários modelos e digo: não há milagre.

        • Vitor Barcellos

          Será que não existe essa possibilidade do Cobalt e Spin receber o 1.8 do Cruze?

  • MESQUITA BH

    Com menos gastos FIAT MOBI poderia ter ficado bem melhor, era só colocar a frente do PANDA

  • MESQUITA BH

    Com menos gastos FIAT MOBI poderia ter ficado bem melhor, era só colocar a frente do PANDA

    • invalid_pilot

      Povão que compra isso ia falar que o desenho é sem graça e sem sal… Gostam de um lixo

      • Maçaranduba o Porradeiro.

        Mas a frente do Mobi não é feia, só traseira e lateral do carro que são, se remodelassem a Strada com essa frente ficaria bonita.

        • invalid_pilot

          Esse carro é todo errado, um deboche a qualquer escola de design.

          • Maçaranduba o Porradeiro.

            Escolas de Design só servem para formar os profissionais, a criatividade parte de cada um, no caso do MOBI foi usado mais “jeitinho” do criatividade, sem falar que nem sempre elas acertam…

            • invalid_pilot

              Esse carro tem 0 proporção, nada encaixa com nada, nao tem aproveitamento de espaço ou usabilidade (ja que o cofre rouba o pouco espaço disponível e a tampa do porta malas é alta demais)

              Enfim, apesar de tudo vai vender pelo menos 3 mil/mês

        • Acho que com a frente do Panda ficaria legal também. Mas prefiro a atual. Concordo contigo, a frente não é o problema do carro.

  • shdn2010

    A chevrolet poderia abandonar os motores aspirados e colocar um 1.0 turbo nestes carros como a concorrencia vem fazendo.

  • Marco

    Espero realmente que consertem esta traseira do Prisma que é uma verdadeira GAMBIARRA. Muita lata sem nem um mísero frizinho prá despistar.

  • Dricks

    nem parece aquela GM que restilizava de 10 em 10 anos kkkk vai ficar show tenho certeza

  • Elias Gomes

    olha galera o novo prisma! Lindo demais…

  • Maçaranduba o Porradeiro.

    Esse carro todo encapado é mais bonito que o antigo Cobalt.

  • Alvaro Augusto Rocha

    Acho que vem uma nova Montana aí, com base no Onix/Prisma !!!

    • Gerson Miolo

      Segundo minhas fontes Nova monta por equanto não.

  • Bruno Gomes

    Sortudo aqueles que compraram o Sonic e puderam ter um moderno 1.6 da Chevrolet. Essa família Ônix/Prisma não desce. Motor defasado, e fraco.

    • Bruno Wendel Marcolino

      1.6 nem era tão moderno, mas pra nós que convivemos com o 1.0 e 1.4 family 1 realmente o 1.6 é foi o ápice da modernidade na GM kkkkkkkk

      Fogo mesmo vai ser achar peças…

      tirando isso, o Sonic pra mim foi o carro mais bacana que a GM lançou nessa leva pós 2012.

    • Guilhe

      Sortudos nada, um dos maiores micos do mercado.

  • Iran Borges

    Na minha concepção, o prisma nem precisava de facelift agora… o design dele ainda não enjoou. Podia ser mais para meados de 2017.
    Obs: Lógico… estou falando de design apenas.

  • Fabão Rocky

    Será q a nova Montana derivada desse Onix reestilizado vai vir tbm?

  • Fernando

    Sera que os preços vao subir, pra variar?