Citroen Hatches Segredos-Flagras

Novo Citroën C3 pode usar Airbumps do C4 Cactus

citroen c4 cactus 2016

A nova geração do Citroën C3 está sendo desenvolvida e deverá fazer sua estreia no segundo semestre deste ano, possivelmente durante o Salão de Paris, que acontece em outubro. E durante uma entrevista, o diretor de planejamento de produto da empresa, Xavier Peugeot, revelou que o novo hatch pode herdar algumas características do C4 Cactus.

Segundo o executivo, o novo C3 vai adotar o Airbumps do crossover compacto. Trata-se de uma espécie de bolhas de ar posicionadas nas portas laterais e também os para-choques, auxiliando em pequenos impactos. No entanto, para se adequar ao formato e tamanho do hatch, as peças poderão vir sob uma forma diferente.

“Eu não estou dizendo que vamos manter todos os aspectos do Airbumps, mas há diferentes maneiras de usar esses componentes para criar esta coerência no futuro, e estamos trabalhando nele”, disse Xavier.

O visual do novo Citroën C3 deverá ser inspirado ainda no elétrico e-Mehari, apresentado no final do ano passado.

[Fonte: AutoExpress]





  • Marcus

    Esses airbumps são, NO MÍNIMO, bastante polêmicos. Extremamente desproporcionais ao carro. Visualmente não ficou legal. O C4 em si é um belo carro (já o vi ao vivo), mas deixaria de comprá-lo em função desses band-aids gigantes.

    • Fabricio Conchon

      Então… vi ao vivo uma meia dúzia de versões de carros da Citroen com esses bumps na loja temática da Champs Elysees em Paris…. e achei bem legal…. Mas é questão de gosto mesmo… é fácil entender quem não goste.

  • th!nk.t4nk

    Esse C4 Cactus é horrendo ao vivo. Que me desculpem os fãs, mas é plástico demais. Faz até os Adventure parecerem conservadores.

    • Eddd

      A grande diferença é que no C4 Cactus, as proteções são funcionais.

  • Eddd

    Eu particularmente acho o C4 Cactus bastante interessante. É antes de tudo um carro nascido para ser prático. Embora o desenho seja pouco ortodoxo, é leve, espaçoso e cheio de soluções como os airbumps, o banco dianteiro inteiriço, o painel etc. Na Europa foi feito para entregar um ótimo custo-benefício com manutenção baixa (os airbumps fazem parte desta idéia). Eu sinceramente gostaria que ele fosse vendido no Brasil, no lugar do C3 Picasso por exemplo, mas por ser um produto muito diferente dos concorrentes, a PSA precisaria investir em muito marketing para mostrar aos consumidores o Cactus com o olhar correto.

    • Alvaro Guatura

      Também o considero muito interessante.

  • Airplane

    Estes airbumps são horrorosos e de mau gosto!

  • Esse carro é horrível, parece aquelas adaptações mal feitas dos anos 80.

  • Eduardo Santos

    De novo esse lance de airbumps? Pra que serve essa coisa feia? Realmente é pra bater no carro ao lado e receber menos impacto?