Chevrolet Lançamentos Preços Sedãs

Novo Cobalt 2016 chega com novidades a partir de R$ 52.690

novo-chevrolet-cobalt-2016-dinâmicas-NA (12)

O Novo Chevrolet Cobalt 2016 chega com importantes mudanças no visual, destacando-se os novos faróis de dupla parábola, mais afilados e modernos que os anteriores, bem como grade remodelada, lanternas redesenhadas e com prolongamentos na tampa do porta-malas. Os para-choques apresentam novos perfis e as rodas de liga leve foram atualizadas.

No interior, o Novo Cobalt 2016 recebeu mudanças no acabamento, que agora dispõe de materiais de melhor qualidade, especialmente com detalhes em preto brilhante e marrom. Os comandos de ar condicionado foram atualizados.

novo-chevrolet-cobalt-2016-dinâmicas-NA (5)

O destaque fica para a multimídia MyLink II, que agrega Car Play e Android Auto, além do sistema OnStar, central de concierge da GM. USB e Bluetoth para conexão de até 10 celulares. Além disso, o sedã da GM ganha a versão topo de linha Elite, que adiciona bancos com revestimento premium Brownstone, sensores de chuva e crepuscular, sensor de estacionamento, câmera de ré e o exclusivo OnStar.

Custando a partir de R$ 52.690, o Novo Cobalt 2016 é o primeiro Chevrolet que faz parte do plano de investimentos de R$ 13 bilhões, que a GM pretende fazer nos próximos anos. Disponível nas versões LT, LTZ e Elite, o sedã mantém a motorização 1.4 Flex de até 102 cv e 13 kgfm, assim como o 1.8 Flex de até 108 cv e 17 kgfm. A transmissão pode ser manual de cinco marchas ou automático com seis.

novo-chevrolet-cobalt-2016-internas-NA (1)

O Novo Cobalt 2016 tem 4,47 m de comprimento, 2,62 de entre-eixos e 563 litros de porta-malas. O modelo é oferecido nas cores Branco Summit, Azul Macaw, Prata Switchblade, Preto Carbon Flash e Cinza Graphite, sendo ainda incorporadas à linha 2016 o Bege Pepper Dust, o Cinza Aztec e o Marrom Mogno Brown, esta desenvolvida exclusivamente para o lançamento do veículo.

Confira abaixo os preços do Novo Chevrolet Cobalt 2016:

Novo Cobalt 1.4 LT – R$ 52.690
Novo Cobalt 1.4 LTZ – R$ 57.590
Novo Cobalt 1.8 LTZ – R$ 59.990
Novo Cobalt 1.8 LTZ AT6 – R$ 65.990
Novo Cobalt 1.8 Elite AT6 – R$ 67.990

novo-chevrolet-cobalt-2016-internas-NA (7)

Confira abaixo o conteúdo de cada versão do Novo Chevrolet Cobalt 2016:

Cobalt LT – ar-condicionado; direção hidráulica; conjunto elétrico das travas, portas e vidros; chave tipo canivete com controle remoto de abertura inclusive da tampa do porta-malas; bancos e volante com regulagem de altura; freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem); airbag duplo e comandos elétricos dos retrovisores e dos vidros traseiros.

Cobalt LTZ – Itens da LT, mais faróis de neblina com moldura cromada, sensor de estacionamento, computador de bordo, volante multifuncional, bancos com a nova combinação de tecido e revestimento premium, encosto de braço em material “soft touch” controle de cruzeiro, multimídia MyLink, sistema OnStar e rodas de alumínio.

Cobalt Elite – Itens da LTZ, mais bancos com revestimento premium nas cores Brownstone e Jet Black e a assinatura do nome da versão, volante e encosto de braços com costura pespontada, frisos cromados na região das saias laterais, sensor de chuva e crepuscular, além de rodas de alumínio exclusivas, sistema OnStar e a multimídia MyLink de segunda geração. Logo mais vamos publicar nossas impressões ao dirigir.

Galeria de fotos do Novo Chevrolet Cobalt 2016:

Evento a convite da GM.





  • Cyro

    Não sei nem o que comentar do preço….
    Mas vai ser tendencia para o próximo ano… aumentos expressivos.

    • Queria ver o interior da versao de entrada…

      Qual é o mais velho? 1.8 Econoflex, 1.8 E-torq, ou 2.0 do Jetta?

      Cada motor um mais top que o outro. kkkk. Antes que alguem venha me dizer “cumpre com as necessidades, e nao é carro pra arrancar no farol”, digo que downsize é tudooooooo (desempenho, consumo). Nesse ponto, parabens pra Volks por ter trazido o 1.0 TSI, espero que assim as coisas mudem a cabeça do povão. Isso me lembra quando os chineses trouxeram airbags de série, e tinha muita gente dizendo “airbags para que? Nao fico tirando rachas”……

      • Martini Stripes

        E parece que finalmente a Ford se mexeu e trará o 1.0 Ecoboost ano que vem em Fiesta e Ecosport! RÁleluia!

        • João Cagnoni

          Vai ter preços de carro híbrido.

          • Martini Stripes

            Isso é vc quem está dizendo.
            Acho que vai ser como na VW, 4k a mais e vc leva o motor melhor.

            • João Cagnoni

              Sim, ainda é um “achismo” meu, mas com fundamento histórico. Aqui exclusividade custa caro, e pode ter certeza que qualquer novidade terá uma margem de lucro muito maior para a montadora. Em países sérios, novos modelos não chegam acompanhados de aumentos de custos.

            • luis batista

              seraaaaaaa?????? estamos na mer@da do Brasil

              • Martini Stripes

                Merda do Brasil?! Como assim cara!?
                Uma coisa é ter a consciência de que vive em um pais subdesenvolvido e que tem muitos problemas. Outra é nem respeitá-lo. E ao meu ver, é por isso que os políticos que emergem da população fazem o que fazem. Pensam como vc.
                #bjomeliga

        • FocusMan

          Vocês terão uma grata surpresa!

          • DevXav

            Eu já aposto muito mais na INgrata surpresa…

            • FocusMan

              Deixa de ser negativo rapaz!

              A Ford tem os motores aspirados mais potentes do mercado, porque não seria o mais potente turbo?

              • DevXav

                E em algum momento eu falei que a Ford não tem capacidade pra isso?

                Se eu sou negativo você é louco..

      • saulo

        Não sei, só sei que o mortor V-TEC da Honda é de 1989 e é idolatrado….rs

        • fredggp .

          Eu queria saber o que esse povo ira falar se aVW colocasse turbo e injeção direta no motor AP….

          • João Cagnoni

            Não é simples assim, precisariam começar outro projeto de motor. Não dá pra pegar um turbo e uma injeção direta e grudar lá dentro com um silvertape.

            • fredggp

              Fui irônico camarada…..

          • Junior Gouveia

            Fred, trabalho na industria automotiva, e posso afirmar com clareza, desenvolver motores, custa muito, mas muito dinheiro mesmo, custa algo parecido a desenvolver um familia basica inteira de carros, (hatch, sedã, perua e Crossover) por isso as montadoras usam o mesmo motor a anos, só atualizando algumas coisas, isso quando atualizam…

            • sheldonDS3

              exato… e normalmente o projeto de um motor novo dura uns 10 anos…

            • Ainnem Agon

              Mas pra quem consegue 1 bilhão da noite pro dia do BNDES desenvolver um motor custa dinheiro de pinga.

              • Junior Gouveia

                Que montadora conseguiu 1 Bi do dia pra noite no BNDES?
                Alias, vc acha que custa quanto fazer um carro novo do zero?

                • Ainnem Agon

                  FIAT

            • fredggp

              Beleza, Júnior! Sei disso, sou engenheiro e trabalho na área também. Fui irônico, só que acho que não fui muito claro no texto que escrevi…valeu!

          • Marcelo Henrique

            Só de colocar um cabeçote novo já dá um status de motor novo.

          • Paulo_Lustosa

            E tem

        • Diego

          Sim, mas já em 89 era 16v com comando de válvulas variadas, o que nenhum dos motores citados pelo Lucro Brasil possui…
          A palavra correta pra tratar aqui não seria “velho”, mas sim desatualizado…

          • ViniciusVS

            Motor Honda não tem Turbo nem Injeção direta ainda, e é desatualizado em relação a linha Earth Dreams.

            O 1.5 por exemplo tem somente 116cv (graças ao VTEC) aqui no Brasil, enquanto tem mais de 130cv lá fora.
            116cv para um 1.5 não é grande coisa no nosso mercado e antes de falarem que “potencia não é tudo”, ” O que vale é torque”… Honda também não tem torque.

            São carros bons com mecânica boa mas são tão velharia quanto os citados… me perdoe mas não esta muito fora de um E-Torq 1.6 que temos em Palio não…

            • O ADG tem nojo dos motors Etorq, pela pessima qualidade dos mesmos.

              • João Cagnoni

                Acompanho os vídeos do ADG há anos e NUNCA OUVI ele falando mal dos eTorq, somente em um defeito na vedação do cárter, assim como ele também critica a Honda pela necessidade na regulagem de válvulas.

                • Ahhh, voce nao vai me fazer procurar o video né? hehehe. Ele disse isso num dos videos do Novo Uno.

                  • Felipe

                    Eu ficaria feliz se vc procurasse pois também acompanho ele há anos e endosso o comentário do joão, o que ele reclama é só da vedação do cárter. Lembrando que o novo Uno não usa o e-torq.
                    Independente disso, o ADG opina com um viés diferente da maioria do pessoal que comenta aqui. Um exemplo são os motores da GM, aqui todo mundo critica pq não tem comando variável, pq é só 8V… só olham com viés de modernidade, o ADG elogia esses motores pq ele olha com viés de robustez e o baixo custo das peças.

                • pedro rt

                  ele disse uma vez q o 1.6 e.torq era melhor q o 1.8 e.torq

                  • Nao era o contrario? kkkkkk. Edit/: Achei, ele corrigiu a informação.

                  • João Cagnoni

                    Segundo ele mesmo, “o 1.8 etorq não é mais ruim”. Ele criticava o mesmo pela falta de peças de reposição de retífica, fato que ele mesmo disse ter sido corrigido.

                • Ygor Soares

                  Amigo, o que ele elogia vem é o T-Jet! Pq todos os outros ele mete o pau!

              • FocusMan

                o ADG fala que os motores não são bons como os antigos FIAT de verdade. Apenas isso.

            • Rodrigo

              Até onde sei o motor 1.5 do Fit / City é diferente do motor 1.5 do Civic dos anos 90… Preciso obter as fontes, mas é quase certeza que o atual 1.5 estreou na primeira geração do Fit, em 2001 se não me engano.

              • FocusMan

                É outra Família. O motor 1.5 atual é de 2008.

                • MauroRF

                  Disso eu não sabia, Focus. Achei que era de 2001. Tenho um City 15/15 e estou gostando bastante. É um motor econômico. E tem desempenho na medida certa, não saí pulando no farol nem é “manco”. O único “defeito” dele foi custar caro pelo que oferece, mas o carro é bom sim e tive um atendimento espetacular na Honda, algo que nunca tive, infelizmente, na Ford.

            • FocusMan

              Olha infelizmente a o Motor E-Torq é muuuito antigo. Os Hondas atuais não são bem mais novos.

            • Diego

              Os motores VTEC estão longe de ser o que há de mais moderno no mercado, mas novamente eles são de 1989, estão no Brasil desde 1992 nos modelos mais top do Civic. Enquanto esses outros motores nem passado esse tempo resolveram adotar essas tecnologias para melhorar desempenho/consumo.
              O motor 1.5 do Fit/City é um 16v SOHC i-VTEC, a tecnologia i-VTEC é uma evolução do original DOHC VTEC focada em economia de combustível, ou seja, o motor 1.5 16v rendendo próximo de um motor E-Torq 1.6 16v e consumindo combustível como um 1.5 8v (em baixa rotação).

              PS: vale lembrar que VTEC é uma marca da Honda, mas a tecnologia de comando válvulas variável é o fator crucial aqui, então pode-se afirmar o mesmo para Valvematic/VVT-i (Toyota), CVTVS(Nissan), CVVT(Renault, Hyundai, Kia), MIVEC (Mitsubishi), Ford(iVCT) entre tantas outras…

            • Rodrigo

              Não entendo esta lenda que Honda não tem torque, o torque dos motores aspirados da Honda estão na média de qualquer outro motor aspirado de outra marca.

              • Lucas Mendanha

                Isso na ficha técnica.. o negócio é na prática..

                o 1.8 VVTi do Corolla 2009 tbm..A ficha técnica sugere que é um motor com bom torque em baixa (subquadrado), mas que na prática é 8 ou 80: frouxo antes de 4000 rpm e valente acima disso..

                Parece até que a Toyota calibrou o motor pra ser economico em baixo giro, a troco dessa lerdeza. Tanto que o carro ficou bem melhor na nova caixa CVT em relação a AT4 da geração que temos em casa..

                Por incrivel que pareça, o Focus Mk2.5 com o Duratec 2.0 (superquadrado) tem peso x torque e peso x potencia inferior ao desse Corolla e é bem mais arisco, a troco, infelizmente, de um consumo maior.. (tenho esses dois em casa)

          • FocusMan

            Quem matou essa tecnologia no Brasil foi o consumidor.

            Em 1997 já tinhamos carros populares com 16V. em 1999 já tinhamos coletores variáveis. em 2000 já tinhams comando variável.

            O que o consumidor fez?

            QUERO CARRO FRÉXIS E COM 8V APENAS!

            • VCD 2.0 16V

              Exatamente, e ainda não trocam óleo na data/quilometragem correta. Tive dois Vectras 16v muito bem cuidados e muito bem utilizados. Todos com tecnologia dos anos 90.

            • Rodrigo

              E já tinhamos motores 1.0 turbo (VW) ou Compressor (Ford). Portanto já tinhamos dado o primeiro passo rumo ao downsizing, pena que não pegou naquela época.

            • Lucas Mendanha

              “Carro 16v nao presta pq quebra e pra andar bem tem que ficar trocando marcha.. usa oleo sintetico que custa uma fortuna, e a correia dentada tbm é uma droga, se partir f*de tudo… O VVT da pau, ai ‘a gente’ troca por polia regulavel que é muito mais da hora.” BRASILEIRO, Povo.

              E depois ainda vem reclamar que por aqui só tem motor defasado…

        • Filipe Augustus

          o Ecotec do Cruze que foi lançado como motor novo e o 1.616V do Sonic já existiam no Corsa GSI16V /Tigra de 1994 e no Corsa GSI 2002 1.816V na Europa! E se não estou engando existiam algumas versões do Vectra em 1996 na Europa já com esse motor 1.8! Salvo alguns motores, todas montadoras tem algum motor bem antigo em funcionamento até hoje, e isso não é exclusividade do Brasil! O Opel Insignia utiliza um motor 2.8 Bi-turbo da Saab que tem no mínimo uns 10 anos já!

          • pedro rt

            esse motor 1.8 ecotec ja nao e mais novidade nem no brasil… ele foi usado entre 2001 e 2004 na zafira, stilo e astra

            • FocusMan

              Não é não.

              O Zafira nunca usou esse motor. A Meriva usou.

              • Mr. On The Road 77

                Sim, sim, no lançamento. Brasileiro, ‘experto’, não deu bola e ficamos apenas com o 1.8 8v. Ambos são família I.
                As diferenças foram as modernizações que esse motor teve até equipar o Cruze.

                • FocusMan

                  Então, mas somente a Meriva usou. Meriva CD 2003/2004.

                  Zafira usa plataforma do Astra que nunca teve motor FI apenas FII.

                  A Zafira teve o motor X20XEV 2.0 FII, o mesmo que equipou o vectra de 1997 a 1999.

                  Abraços!

            • Ricardo Rangel Lirio

              O 1.8 do Stilo é o 1.8 do Corsa/Cobalt.

            • Rodrigo

              Não, não era o mesmo motor…
              Quer dizer, a base é a mesma, mas o motor do Cruze é bem diferente dos motores Powertrain daquela época.

            • Filipe Augustus

              Só uma correção, ele fui usado na Zafira apenas na Europa, no Brasil só a Meriva usou ele! E no caso do Astra foi o 1.8 do Kadett, com 8v mesmo!

            • Lucas Mendanha

              Só no Stilo e na Meriva.. o Astra e Zafira usavam o Familia 2 com cabeçote 16v

          • FocusMan

            Na verdade a gente fala muito mal da GM sobre isso por causa do motor Familia 2 8V.

            Se você for investigar a fundo a maioria dos motores rodando hoje no mundo são antigos. São atualizações.

            • Markus

              O pessoal fala mal do Família II da GM, mas ele é muito superior ao família 1, utilizado no Cobalt. A relação R/L do família II 2.0 é 0,3, enquanto que do 1.8 família I é 0,34 (por isso que é tão ruim em alta rpm).
              Se a GM tivesse usando o 1.8 família II (do Astra) ao invés do Família 1, teria um motor melhor e mais econômico.

              • FocusMan

                O problema do FII é que ele é mais pesado e não atende emissões hoje em dia. Inclusive foi o que matou o motor FII 16V.

              • Rodrigo

                Não sei no caso do Cobalt (que tem o cofre do motor bem grande), mas no caso dos outros carros não caberia um Familia 2, ainda mais se tivesse câmbio AT. Mas concordo que o Familia 2 é bem mais robusto e ‘rodador’ do que o F.1.

                • Mr. On The Road 77

                  E 10 anos mais antigo também…

          • Mr. On The Road 77

            O motor do Cruze, basicamente é o mesmo do Meriva 1.8 16v, que foi usado aqui no lançamento em 2003, por aí.
            Obviamente foi modernizado com cabeçote e cárter de aluminio e o dual CVVT.
            O motor 1.8 do Vectra B europeu dos anos 90, era o Familia II, lançado aqui no Brasil nos anos 80, que chegou a equipar o Astra 1.8, só que aqui só tinha 8v, sendo mais simplificado.

            • Filipe Augustus

              Negativo, o motor do Vectra B era o 1.816V Ecotec!

              Olha isso que eu achei na internet, todos os motores disponíveis no Vectra B, está assim meio estranho porque eu traduzi, pois estava em polonês, até pouco tempo atrás tinha no webmotors um Opel Vectra 1998 1.816V ecotec para vender!

              Fileira de quatro cilindros 1.6 a gasolina (55 kW) 1.6 16V (74 kW), 1.816V (85 kW) 1.8 16V (92 kW), o 2.0 16V (100 kW), o 2.2 16V (108 kW) garfo e seis cilindros 2.5 V6 (125 kW) 2.5 V6 (143 kW) 2.6 V6 (125 kW) diesel fileira quatro cilindros 1, 6 (60 kW), 2.0 (60 kW) 2, 0 DTI (74 kW), 2.2 DTI (92 kW)

          • Lucas Mendanha

            Assim como o Sigma 16v da Ford é o mesmo “motor que nao presta pq nao da retifica” Zetec-SE 1.4 16v do Fiesta que foi lançado aqui em 1996

        • Artur

          Mas já adotava soluções tecnológicas que somente hoje estão sendo implementadas nos motores mais “modernos” dos nossos automóveis, como bloco em alumínio, comando variável de válvulas etc.

        • Darwin Luis Hardt

          e não é pra menos que seja idolatrado, baita motor este ainda!

        • Samuel Campos da Silva

          É de 89, mas o 1.5 tem 115 cv e faz 11.5 na cidade. Ta bom ou não Ta ?

      • Brasileiro

        Esse motor do Jetta é novo, 1989.
        Rs

        • pedro rt

          89? e mais velho q isso ele e o mesmo AP 2.0 q foi lançado no começo dos anos 80

          • Ygor Soares

            Panela velha é que faz comida boa! KkKKK Na VW, lata velha é que faz comida boa! KkKKK

          • Gustavo73

            O 2.0 não é o AP2000

      • Edson Fernandes

        Cara, um carro de R$52000 1.4!!!!! imagino como deve ser o interior “da beleza”.

        Esse valor deveria ser da LT 1.8. Por isso seria acertado que só mantivesse motor 1.8 para pessoa fisica.

        • Quanto voce pagou no seu Fluence com ESP, 6 airbags, etc etc.?

          • Edson Fernandes

            Usado né? R$42000.

            • Guily

              Parabéns pela escolha, foi a fundo no que um carro pode te oferecer ao máximo! Fora a chave cartão, ar dual zone etc etc…. Ele tem uma mecânica japonesa

              • Edson Fernandes

                Exatamente! Foi esse o pensamento.

                Na verdade, muitos poderão dizer que gosto de “frescuras” e gosto! Sabe porque? Porque irá me acompanhar por anos a fio… então nada mais natural. Mas pensando no que ele me proporciona, acho que não tinha como ser uma escolha diferente.

                Confesso que foi feito para mim mesmo. Infelizmente o preço do 0km está abusivo e estou contente pelo usado, mas só tive porque um dia alguém comprou ele zero né…

                Mas eu agradeço pelas congratulações :)

                Abs!

        • Brasileiro

          Pois é, saiu uma reportagem do Fiat Uno 1.4 Blue nao sei o que, por apenas R$ 45 mil.

          • Edson Fernandes

            Abusivo também! E muito feio!

      • pedro rt

        pode ter certeza q e o 2.0 do jetta q e o mesmo motor ap do começo dos anos 80, o 1.8 da fiat foi usado no final dos anos 90 e começo dos 2000 nos bmw, mini e chrysler pt cruiser mas esse motor mudou e ganhou 80% das peças novas qdo virou e.torq, ja o 1.8 da chevrolet usado hj nao tem nada haver com os antigos 1.8 e 2.0 familia 2 usados no vectra, astra, monza… ele e o familia 1 q chegou aqui em 95 atraves de um 1.6 8v usado no corsa picape e com o tempo ele foi evoluindo ate chegar 2002 qdo lançaram o corsa 1.8 e de 2002 pra ca esse motor teve poucas mudanças.

      • Guilherme Rezende

        Não foram os chineses que trouxeram o airbag de série,foram os Renault’s Clio e Clio Sedan,mas ninguém quis,só foram dar valor a Renault quando lançaram os Dacia’s por aqui,Logan e Sandero.

        • FocusMan

          Essa historia é lenda.

          O Clio tinha Air bag pq a central eletrica dele precisava do Air Bag. Air bag custava mais barato que desenvolver uma central nova. Quando desenvolvram uma nova, tiraram o air bag.

        • sheldonDS3

          Citroen trouxe os Xsara e Break antes da chegada do Clio…. tá certo que eram importados….. mas na época era um diferencial em relação aos concorrentes…

          • Rodrigo

            Os primeiros Golf MKIV (vulgo sapão) quando vieram para o BR importado da Alemanha (1.6 RS, 2.0 e 1.8T GTI) vinham todos de série com, no mínimo, duplo airbag + ABS (isso em 1998). Era até estranho ver um Golf de entrada com manivelas nos vidros (trio elétrico era opcional até o 2.0) mas com 2AB+ABS. Quando a VW passou a produzi-los em Pinhais/PR, a primeira coisa que fez foi deixar o AB2+ABS opcional.
            Sem contar que tirou o excelente motor 1.6 SR alemão e colocou o EA111 no lugar.
            Falo porque tive um 1.6SR 2000/2001 e era fácil fácil alcançar média de 12 km/l na cidade e mais de 15 km/l na estrada.

            • sheldonDS3

              Xsara veio em 97…..

              • Rodrigo

                Ah é! Esqueci do Xsara. Inclusive foi famosa a propaganda em que eles usavam a top model Claudia Schiefer como dummie num crash test para demonstrar a segurança do modelo. Bem lembrado!

                • sheldonDS3

                  exatamente… rsrs

      • Rubem

        mais velho não significa pior assim como mais novo não significa melhor. desses ai num 0 a 100 o mais lento é o jetta que leva 11 segundos, nada mau para um carro de quase 1t e meia

        • Rodrigo

          Exato… Há inúmeros exemplos disso.
          O próprio motor sigma 1.6 da Ford, numa rápida pesquisa na internet, mostra que a base é o Zetec 1.4 que equipou o 1o Fiesta Nacional (um ótimo motor, por sinal). Além dele temos o motor Toyota 1.8 (Corolla) da década de 90 também, o 1.6 16V aspirado da PSA que estreoou no Xsara no começo de 2000, o 1.5 PSA é derivado do 1.4 que equipou o 205 em 1994, enfim… Há vários exemplos. O que muda são as atualizações, mas o projeto original é o mesmo, e isso não é nenhum demérito.

          • Guily

            Realmente, sua resposta e do Rubem é tudo e apenas o que se precisa “ouvir”(kk ler) em notícias de lançamentos com motores de origem antiga. Não chega a ser um demérito..

          • Mr. On The Road 77

            O 1.5 atual da PSA foi lançado no Citroen AX de 1988, como 1.4, que foi como ele chegou ao Brasil, no antigo Pug 205.

            • Rodrigo

              Opa, então é mais antigo do que eu imaginava… Valeu!

        • VCD 2.0 16V

          Falou tudo.

      • Sassá

        ainnn povao nao faz o que eu quero portanto sao errados………………no mais, te digo hihihihihihihih………….cof cof cof cof

      • Leo

        É muito complicado/caro para a GM equipar esse mesmíssimo motor com cabeçote de 16V?

      • Marco

        Com certeza, é o 1.8 Econoflex, amigo.

      • Rodrigo

        Nóóóssaaa como tem gente entendida de motor por aqui.

      • Emanuel Martins

        Sinceramente, não vejo só desvantagens em utilizar esse tipo de motor. Muitos deles já são comprovados que tem bastante resistência e aguentam muitos km sem dar atenção em manutenções. Além disso, nosso país subdesenvolvido carece de mão de obra especializada para diagnosticar problemas com motores mais modernos, praticamente só existem “mechitronicos” e as concessionarias cobram absurdos por qualquer manutenção. Por isso, prefiro ter algo que a oficina da esquina resolve do que ter algo que vai me dar dor de cabeça no futuro.

      • Marco

        Com certeza é o 1.8 Econoflex, amigo.

    • Renato

      Concordo totalmente. Não estou dizendo que justifique o preço, mas que melhorou DEMAIS, isso temos que admitir.

    • Guilherme Augusto

      Parabéns pela excelente matéria Noticias Automotivas, sempre trazendo mais informação do que os concorrentes.
      Possuo
      o carro 1.8 LTZ 14/15 e não tenho o que falar, carro excelente. O
      engraçado é que tem muita gente que se acha o ESPECIALISTA em carros e
      sai comentando qualquer merda. Se ta caro pra você é porque não tem
      dinheiro então por favor não pague mico.
      Em relação a consumo, essas coisas, carro é despesa, não quer ter não compre, ande de ônibus, compre uma bicicleta e ai vai.

  • Bonito não ficou… mas melhorou muito com relação ao que era. Ao menos o design da remodelação não compromete como o anterior.
    Quanto ao preço… barato não é, mas está bem colocado dentro do que se tem no mercado. Vai continuar vendendo para taxistas como pão quente.

    • radiobrasil

      Concordo.. não é mais HORROROSO como era rsss

    • Heitor Regiani

      feio ainda está na minha opinião mas está muito melhor que o anterior mesmo, já o preço ta feio demais kkkk

    • Martini Stripes

      Melhorou 1.000% mas agora está com uma cara de chinês!
      mas é chevrolet, então vai vender.

      • Os taxistas choram quando veem um Cobalt na frente… rs.

        • Neto

          nem fale, eles como passam o dia todo dirigindo eles sabem apreciar algo bom comfortavel e que nao da dor de kbça…

          • Neto

            *****confortável

          • Sei não, hein… taxista adora Palio Weekend, e nem por isso se pode dizer que ela é confortável e bom de dirigir. No máximo pode-se afirmar que não dá dor de cabeça. Palavra de quem trabalha em uma empresa que tem umas 100 Weekend na frota… rs.

    • fredggp .

      Agora pelo preço da versão top, merecia um ar digital, não?

      • Com certeza. Mas os concorrentes fazem muito dessas coisas, também… rs.

        • Edson Fernandes

          Um Versa já se garante e a Fiat tem como acessório. Fica dificil aceitar os preços. ela não quis canibalizar o Prisma mas exagerou nos preços para o Coblat.

      • ViniciusVS

        Ou Pelo menos um Display digital estilo o do Agile…

      • Bruno Wendel Marcolino

        merece um motor novo, ar digital, teto solar, esp, mais airbags

        • Neto

          sim, esse é o Cruze

    • Edson Fernandes

      Eu achei caro pelo que oferece. R$52000 é preço de muitos carros até na versão topo de linha. O proprio Versa é melhor negocio.

      Alias, Grand Siena, Versa, Logan…. todos em proximidade dos R$55000 em versão topo de linha.

      Sinceramente está bem caro para o que se propoe ainda mais pela versão de entrada ser essa 1.4 .

      • mangue

        Primeira coisa que pensei foi no versa.

      • FocusMan

        Acho que vale mais do que o Prisma que custa igual

    • Clovislauro

      O City tem preços similares, mas é muito melhor construido, tem motor muito mais moderno, CVT de 7 marchas virtuais (mas ainda é um CVT, pena), muito mais economico, muito mais segurança conforme LatinNcap, cinto de 3 pontos e encosto de cabeça no meio atrás e o Cobalt continua não tendo e também muito espaçoso e porta malas enorme. Havendo City, não entendo como pode se comprar um Cocobalt. Isso sem falar de concorrentes bem mais em conta como Logan e Versa. Mesmo o Linea ainda me parece opção bem mais interessante.

      • Vitor Barcellos

        o AT6 do Cobalt é tão moderno quanto o CVT do City. Com relação a acabamento, são bem parecidos. Cobalt só peca pela falta de air-bags. E o City só oferece os AB laterais na versão EXL

      • Sem querer entrar no mérito da melhor escolha, mas Cobalt ainda não foi testado pelo Latin NCap. O Chevrolet tem a vantagem do espaço interno com relação ao City, que é significativa, em especial na largura da carroceria. Preço a preço, o Honda vem devendo equipamentos em relação ao GM. O Cobalt também é mais confortável que o Honda… para quem prefere uma suspensão mais macia, pode ser um diferencial.
        Quanto ao motor, sinceramente o 1.5 da Honda não me parece o motor ideal para o City, cedendo um desempenho apenas aceitável para o carro, e até deficiente em rotações mais baixas. Ao menos melhoraram o isolamento acústico nesta nova geração, pois no anterior o ruído interno em rotações mais elevadas era horrível. Não que os motores da GM sejam ótimos, mas o 1.8 acaba dando uma tocada mais agradável ao Cobalt do que aquela que se tem no City, apesar de o consumo do GM ser significantemente mais elevado. Na versão 1.4 o Cobalt tem o desempenho modesto em excesso.
        É aquilo, em uma hipotética escolha entre os dois, eu optaria pelo City, também (acho o Cobalt horrendo), mas há argumentação para aqueles que preferem o GM (motoristas de táxi, por exemplo – não me lembro de ter visto um City táxi na vida). É questão de valoração ou não de certas qualidades do veículo.

        • Clovislauro

          Se o Onix teve 3 estrelas (mesma plataforma do Cobalt) e Cruze 4 estrelas, difícil acreditar que Cocobalt tire 5 estrelas, mas beleza, papai noel está vindo com os presentes.

          • Prefiro ter os resultados do Cobalt antes de fazer afirmações sobre o assunto. Até lá, prefiro omitir nas comparações este item. No mais, é como eu disse: apesar de não me atrair nem um pouco, o Cobalt tem os seus atrativos que justificam sua escolha. Foi esse o tópico de meu post. Não podemos estabelecer nossas escolhas com vistas em nossas prioridades como padrão aos demais, certo?

            • Clovislauro

              Certíssimo, concordo e respeito quem é contrário a minha opinião, afinal se todos gostassem do mesmo produto, o mercado não teria porque oferecer uma variedade produtos, o que tornaria tudo muito chato. Mas o espaço para comentários deste blog são essencialmente para que cada um possa expor sua opinião, se o leitor concorda ou não, passa a ser uma questão individual.

              • Grande abraço, amigo. Corretíssimo seu comentário.

    • RicardoP

      Ficou melhor, mas aquela gambiarra na lanterna ficou bem estranho…

  • Ricardo Marchesi Primo

    Faltou só um motor decente e uns preços mais baixos.

  • Marcos Lopes

    “alguma coisa esta fora … da ordem ” …

    • GPE

      Acho que esse tópico vai ser um dos campeões em comentários… Preço bizarro, carro feio e motor velho… excelente pauta!

  • Supernescau

    Por R$ 69 mil se encontra o Cruze LT automático.

    • V12 for life

      Por enquanto, não se esqueça que o Cruze está em fim de vida.

      • Osni Duarte

        Acredito que um Cruze em vias de mudar de geração ainda é melhor que um Cobalt com facelift. E não é pouca coisa melhor não!

        • Artur

          Com certeza!

        • V12 for life

          Isso é sem comparação, só quis dizer que a diferença pequena será por pouco tempo.

      • pedro rt

        e pode ter certeza q o novo vai custar a partir de 80mil, 85mil…

        • V12 for life

          Se não for mais.

      • Junoba

        Mas é bem melhor que o Cobalt.

      • Marcelo Henrique

        Cruzes… o carro não tem nem 5 anos de mercado e já querem retirá-lo de linha?

        • Vitor Barcellos

          Não vai sair de linha, vai ganhar uma nova geração.

        • V12 for life

          Vai ter exatamente 5 anos quando a nova geração chegar, mas o Cruze foi lançado em 2008 como Daewoo Laceti, então ta mais que na hora de mudar, e para nossa sorte não teremos de esperar 3 anos pelo novo.

      • GPE

        Se o Cruze tá em fim de vida, mas tem plataforma nova, segura e muitos equipamentos, o que dizer do Cobalt???

        • V12 for life

          E isso não deve mudar tão cedo, aquela plataforma totalmente nova que chegará em 2019 para países emergentes, pelo que tenho lido será apenas um variações simplificada da G2SC que é abreviação de Gamma 2 Small Car, ligando os pontos a plataforma atual será pouco modificada.

    • GABRIELCSFLORIPA

      Para quem faz questão de sedan, Kia Cerato tb custa 69 mil.

      • Brasileiro

        Preço é bem convidativo, porem preço de peças de reposição exorbitantes, poucas concessionarias e alta desvalorização, é um excelente carro sem duvidas, mas merecia um motor maior.

        • GABRIELCSFLORIPA

          Concordo com quase tudo oq disse, exceto na parte do motor maior, pois p desempenho é equivalente ao concorrentes, como Honda City que usa motor 1.5

          • Artur

            Mas o motor do City é bem mais moderno, de alumínio, comando de válvulas variável, 116cv e câmbio CVT. Isso sem mencionar que o City é mais bonito (minha opinião pessoal), mais seguro (5 estrelas Latin Ncap) e ao menos tem os 3 encontos de cabeça e cintos de 3 pontos para os três ocupantes do banco traseiro.
            Isso sem falar no pós-venda da Honda e a maior confiabilidade da marca (inclusive tornando-o mais fácil na hora de revender).
            Para mim, esse Cobalt tem até seus predicados, mas está excessivamente caro. Eu não compraria, nem como última opção (preferiria mudar de segmento).

            • Matthew

              Realmente, a ausência do cinto de três ponto e do encosto de cabeça para o ocupante central, bem como a falta do apoio de braço central é uma economia muito porca, mesmo para os padrões da GM. Esperar dela múltiplos air bags, controle de tração e estabilidade acho que seria pedir de mais.

        • Edson Fernandes

          Tá bom, tem Sentra e Fluence a R$70000. Pronto resolvido.

    • BillyTheKid

      E o Cruze ainda vem com 4 airbags, ESP, TC e um motor 1.8 mais decente. Tá pra ser substituído ano que vem, mas eu acho muito mais negócio que o Cobalt Elite…

  • Michel Francisco

    Alguém pode me explicar o que pensa a GM, com a manutenção destes motores completamente arcaicos? Seria melhor ter mantido em linha o 2.0 de 140cv do que relançar esta aberração 1.8 de 108cv. Achei que seria algo provisório, mas….

    • Mr. Bola de FOGO!

      Corte de custos, e facilidade na manutenção, é uma mecânica bastante conhecida.

    • V12 for life

      É provisório, até que os Ecotec Turbo flex fiquem prontos, sabe se lá quando isso vai acontecer, e esse motores são mais novos que os família II.

      • Vitor Barcellos

        Dizem que esses motores Ecotec Turbo saem até 2019…

        • V12 for life

          Já li isso também, embora 3 anos pareça muito, não faz sentido comercial criar ferramental para produzir os aspirados por pouco tempo, e já que vai mudar que seja para oque tem de melhor.

    • Alessandro

      Até os Fords 1.5 batem esses 108cv

      • th!nk.t4nk

        E consumindo bem menos.

      • João Martini

        O Cobalt 1.8 anda bem. O problema é o consumo.

    • CorsarioViajante

      Pelo mesmo motivo que a Fiat mantém muitos motores antigos… Além do mais, isso é assim, sempre fica faltando alguma coisa, nenhuma marca oferece tudo.

      • Edson Fernandes

        Eu só acho que falta as muitas fabricantes a sacada de saber colocar um pacote de itens de série bem cadenciado. O desse Cobalt está horrivel.

        • CorsarioViajante

          NEste ponto, a Ford de forma geral está mandando muito bem.

          • pedro rt

            a chevrolet vai tirar de linha esses 1.8 SFI,1.0 MPFI e 1.0/1.4 SPE/4 e colocar no lugar um novo 1.0 de 90cv e um 1.0 turbo com injecao direta de 115cv

            • Artur

              Talvez em 2059 isso aconteça (sendo otimista)! :D

              • pedro rt

                nao, sera em 2017 msm

                • Artur

                  Estou brincando. Espero que isso aconteça mesmo. Talvez ajude a concorrência se mexer.

                  • pedro rt

                    quem vai se mexer muito ano q vem nos motores e a RENAULT, vao tirar os 1.0 e 1.6 de linha e colocar o 1.0 do march/versa no lugar e um inedito 1.0 turbo e 1.3 turbo com injecoes direta

                  • Bruno Wendel Marcolino

                    mas a concorrência já se mexeu, está acima da GM hoje, na minha opinião a linha da GM só é melhor que a da Fiat, e olhe lá.

          • Edson Fernandes

            Só considero que os preços dessa fabricante estejam umpouco acima do ideal .Uma pequena baixa e a Ford poderia com facilidade disputar a liderança do mercado em vendagens de um unico produto como também somar sua gama de produtos.

            • CorsarioViajante

              Sem dúvida poderia ter uma postura mais agressiva em preços para ganhar mais espaço. Vide Fiesta, que ficou caro demais para um hatch que a própria ford falou que de premium não tem nada, ou o Focus, cuja versão SE poderia sumir deixando a SE PLus no lugar pelo mesmo preço.

              • Edson Fernandes

                E veja que coisa… vc deixou de pegar um por esse preço que considero sinceramente ganancioso.

                • CorsarioViajante

                  Não exatamente, eu deixei de comprar carro várias vezes por ser muito cauteloso e pé no chão e porque nenhum carro que poderia comprar me seduziu de verdade.

                  • Edson Fernandes

                    As vezes te seduziu… porém era caro. Eu não me esqueci do Fiesta azul que vc comentou viu…rs

  • V12 for life

    Nas projeções a dianteira tinha ficado melhor, é por isso que não gosto delas, no interior somente o My Link mudou, também não gosto dessa combinação de couro marrom, devia ter ao menos 3 opções.

    • Fábio Henrique

      Expandiram tb o revestimento das portas, no anterior qd se ia apoiar o braço a maior parte ficava no plastico duro, era mto sem sentido, enquanto tinha um pedaço de veludo pra fora da área de apoio

    • Gustavobrtt

      Couro marrom com interior preto virou moda? Imitando os HB20, Duster? Combinação horrorosa…

      • pedro rt

        acharia mais bonito se fosse como era o monza no final dos anos 80 q vc poderia escolher o interior todo em vermelho escuro

    • pedro rt

      acho bonito mas nao compraria bancos de couro marrom, prefiro preto, bege e cinza claro

  • Bruno Brasil

    “…o sedã mantém a motorização 1.4 Flex de até 102 cv e 13 kgfm, assim como o 1.8 Flex de até 108 cv e 17 kgfm…”

    • Iran Borges

      17kgfm pra 108cv… até que o torque não é ruim. Será que bebe muito?

      • bow

        Cara eu tenho um Palio 1.8R usa o mesmo motor porém com uma calibração diferente, na cidade esse motor não é muito econômico, porém na estrada pelo bom torque em baixa você não precisa esguelhar ele a todo o momento e o consumo é bom. Isso vai variar muito do pé do motorista.

    • pedro rt

      esse motor 1.4 econo.flex nao tem mais, agora e so o SPE/4 de 106cv

  • Murilo Soares de O. Filho

    Lindo nunca irá ficar, mas melhorou substancialmente, mas só mudanças estéticas.

  • Rafael Marques Soares

    Se colocassem este interiror na TRACKER melhoraria muito!!!

  • GABRIELCSFLORIPA

    Pq comprar um Cobalt por 67.990 se tem o Cerato por 69.900,00 ?

    • Agnaldo Gastaldi

      Preço de manutenção talvez…

      • GABRIELCSFLORIPA

        Isso é desculpa de quem comprar carro popular, não para quem compra um carro de 70 mil.
        A diferença no custo de manutenção não é tão grande assim.
        Isso é verdade se comparar a manutenção de um Corolla de 100 mil com a de um Audi do mesmo valor.

        • Lucas

          Manutenção Kia é muita cara, a primeira revisão de um Cerato custa 600 conto, pelo menos na única concessionária aqui da cidade. Comparação com um corolla, custa 200 e pouco.

        • CorsarioViajante

          Essa diferença sempre existe… É muito mais fácil manter um cobalt que um cerato – não apenas pelo custo. Especialmente para quem mora fora dos grandes centros. Além disso as marcas que já tem uma história consolidada no Brasil despertam mais confiança que marcas com trajetória errática como Kia, Suzuki, etc.

        • Gustavobrtt

          Ah filho é grande, e ainda tem que colocar na ponta do lápis IPVA e seguro….

    • Raphael Julião Corrêa

      Por 69.900 tem sentra tbm!

    • Fernando S.

      Manutenção da KIA é altíssima, rede de atendimento pequena e não estranharia que ela fechasse as portas aqui no Brasil pelo volume de vendas pífio que tem.

    • rvmattos

      69 um cerato eh?

    • Iran Borges

      Realmente… colocar o cerato ao lado do cobalt dá até pena do chevrolet, principalmente em termos de beleza. Eu arriscaria ter de lidar com a rede KIA neste caso.

    • pedro rt

      o cerato e bom e bonito mas e a mesma coisa q vc levar uma mulher ou um homem frigido pra cama… nao faz nada na hora H… rsrsrsrs

      • GABRIELCSFLORIPA

        Então o Cobalt é melhor de cama do que o Cerato?

  • Fernando S.

    Parte de incríveis 53 mil reais e não dispõe (nesta versão) de um simples computador de bordo e faróis de neblina. Nem vou falar de mais air bags (pelo menos laterais) pq isso já é praxe de qualquer montadora tupiniquim,

    • vicegag

      Mas não se dignou de recolocar os repetidores laterais, item não muito caro que no Brasil com os motoqueiros malucos no corredor é de suma importância para segurança.

      • Matthew

        Verdade. Pior ainda que os primeiros Cobalts vinham com a sinalização no para-lama e depois a GM capou. Tinha esperança de que fosse voltar nesta re-estilização nos retrovisores.

  • Marcelo SR

    Continue tentando GM. Esses preços são um roubo.

  • Guilherme

    os taxis piram…

    • Felix Sehnem

      e verdade

  • Bittencourt

    Ficou muito bom!

    • Iran Borges

      Melhorou 1.000.000%. Agora é “outro carro”, e eu não me importaria de ter um. Já o velho, com aquela cara de marmota, nem de graça.

  • Debraido

    Varias modificações, porem nenhum aprimoramento em segurança. Lamentável, maquiagem somente.

  • Lucas

    Esp, Tsc e bags laterais nada né? Que painel ridiculo, falta alguma coisa, sei lá. A traseira com essas lanternas sente o mesmo com o voyage, paraecendo que falta lanterna ainda e essas rodas!? Parecem aro 12… mas a frente, pqp, ficou muito boa, se o onix seguir essa frente, vai ficar show de bola.

    • Alessandro

      Design é uma coisa bem subjetiva mesmo né? Eu odiei mortalmente essa frente. Achei que ficou larga demais, um design meio estranho… talvez um impacto semelhante ao me deparar com um fétios.

  • Jacson M. R. de Moura

    Essa multimídia continua sem GPS integrado?

    • Boleta7

      Se ele vem com o CarPlay e Android auto, provavelmente vai usar o GPS do celular do cara

  • Brasileiro

    Melhorou bastante esteticamente!

  • Renato Alves

    A partir de R$ 52.690 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Agora fala sério!

  • Alex

    Não que o anterior seja um exemplo de beleza, mas o estilo meio 300C do modelo velho me agrada mais que esse aí. Parece que as lanternas e faróis não se encaixam no design. Minha opinião.

    • Cesar Mora

      A traseira do antigo não era exatamente ruim… o problema eram os farois com aquele vazio em baixo… e não gosto desses vincos lateral no paralama dianteiro…

      • fredggp .

        Também acho. A traseira era aceitável, mas a frente era horrenda.

  • Rodrigo

    52,6k quase pelado e com motor 1.4 de 102cv e 13 kg/f ??? Eu não entendo como um carro desse pode continuar vendendo, confiabilidade? Manutenção? Só pode ser, porque não oferece nada e por um preço muito alto.

    • Brasileiro

      Preço Brasil!
      Spacefox 72 mil
      Gol 55 mil
      HB 20S 1.0 50 mil
      e por ai vai!

      • Boleta7

        Esqueceu do Crossfox e seus 62k! Se tiver todos os opcionais, custa mais caro que o golf de entrada

      • pedro rt

        a spacefox na versao mais cara e completa chega a 83mil!!!

  • CorsarioViajante

    A frente ficou muito melhor, ficou legal. A traseira ficou pior, a anterior tinha mais personalidade, esta ficou para lá de genérica.
    De resto, quando olhamos os motores e equipamentos, lembramos à que categoria ele pertence. NAda de interessante ou empolgante. Mas para quem quer precisa de espaço e quer um sedã, é uma opção.

    • THE GUNSLINGER

      Concordo. Há de se ressaltar que o motor, apesar de arcaico, apresenta um torque razoável na versão 1.8. E o câmbio automático de seis marchas é elogiado, ainda mais considerando as opções do segmento. Ok, agora o HB20s também tem seis marchas, mas o Cobalt é bem mais espaçoso, e a Chevrolet tem presença muito mais marcante no interior do que a Hyundai. Eu diria que para um público mais conservador, que busca espaço, algum conforto e confiabilidade, é uma opção interessante. Obviamente não é um carro para entusiastas, e nem pretende ser.

      • CorsarioViajante

        Exato… Pessoal aqui tem dificuldade de entender propostas diferentes para públicos diferentes!

        • Leo

          Só acho que não tem desculpa para a falta de mais airbags e ESP. Não com esses preços

          • CorsarioViajante

            Claro que tem desculpa para os iarbags: quem oferece algo com mais airbags com este tamanho por este preço? Não consigo pensar em ninguém. ACho que só Fiesta na versão de topo e 208, sendo que ambos ficam devendo o espaço.
            Incompreensível mesmo é não oferecer o citado ESP e o simples e barato isofix, fundamental num veículo familiar.

            • Leo

              Você mesmo respondeu: Fiesta e 208. E o Punto também pode vir com mais airbags. É inaceitável nivelar por baixo numa atualização.

    • Boleta7

      Os taxistas piram!

      • CorsarioViajante

        Por exemplo!

  • Leandro

    Detalhe para a lanterna traseira. Obviamente nota-se que a GM não quis mudar a estamparia da lata… daí eles fizeram aquela extensãozinha para cima…. dando aquele charme…

  • th!nk.t4nk

    53 mil pelo sedã mais tiozão do mercado, com motorzinho 1.4 e só com kit elétrico. Dessa vez a GM se superou heim.

  • Thiago C

    O céu é o limite. Ou não.

  • Achei o Design desconexo. A frente ficou até bonita e a trazeira também. porém assim como no Peugeot 207 Sedan, ou no Ford Fiesta do ultimo modelo quadrado, o design da carroçaria como um todo não conversa com os detalhes da frente e trazeira. (opinião pessoal)

    • Artur

      Desculpe a intromissão, mas “traseira” é com “s” amigo.
      Também compartilho da mesma opinião. As laterais, ainda, com aqueles vincos estranhos que acompanham a caixa de rodas e descem no meio da porta, continuam ridículas e não combinam com o restante do carro.

  • afonso200

    xenon e teto que é bom nada……………….. e cambio AT na versao de entrada tambem nao, uahsuahsuahs PIADA

  • Edney

    Melhorou e muito a aparência geral, parece que a GM está diminuindo os “olhos” de seus carros, pois teve uma época que os faróis eram desproporcionais ao carro, deixando-os “zoiúdos”…preço nem falo nada, pois isso não é um privilégio só da GM, todos carros estão caros. Merecia um motor mais atual, um 1.6 com seus 120/130cv cairia muito bem no sedã/sedan tiozão da GM, para quem quer espaço é um bom carro. Minha opinião.

  • Era feio, ficou bonito? Não, só melhorou. Já o preço? Quero que vire um grande mico, ainda mais com esse interior marrom ridículo copiado do Duster.

    • Boleta7

      Duster e HB20! hahaha

  • Raphael Schiavon

    Na minha opinião, sedã com uns dos melhores custos benefícios hj, Sentra! Custa 69.990 e é extremamente espaçoso pata todos os ocupantes junto com porta malas de 500 litros.

    • Artur

      Mas daí já é outra categoria. Acho que o Cocobalt deve ser comparado com Linea, City, Logan etc.

      • pedro rt

        logan e categoria abaixo assim como o versa

    • klaus

      Sentra é sensacional, mas é outra categoria.

  • Matheus Cavalheiro

    As versões LTZ e Elite mereciam “pelo menos” 4 airbags.

  • Conseguiram melhorar o design da carroça, mas continua sendo uma carroça.

    Impressionante que o preço vai aumentando mas os itens de segurança continuam os mesmos, só aumentam as firulas.

    • Jackson A

      Isso é questão de mercado, se o povo não quer, eles não vão oferecer.

    • Boleta7

      Demanda…grande parte das pessoas preferem essas perfumarias de controle no volante, telinha no painel do que airbags, ESP e etc

    • Rodrigo

      Boa definição: carroça.

  • Hiboria

    Olha, para mim não importa a data do motor, desde que esse seja eficiente e esteja em linha com o mercado. O problema está quando a potência/torque e consumo não evoluem.

  • A.Lai

    Melhorou consideravelmente o design exterior, mas pecaram em não oferecer 6 airbags e o 5º encosto de cabeça. Poderia também ter um apoio central de braço para passageiros.

  • Rodrigo Almeida

    A turma mete o pau na GM e a GM liderando! Entrega o que o mercado quer, com qualidade e acabamento diferente das outras!

    • Artur

      Correção: entrega o que mercado quer, ou seja, motores mancos, beberrões, acabamento porco e preços altíssimos!
      Se brasileiro fosse inteligente o país não estaria na m*rda em que está…

  • Vinicius Lima Santos

    Quase 70 mil num carro de plástico com motor manco é de cortar os pulsos.

  • oscar.fr

    Se eu estivesse interessado em um sedan compacto grande, como estão chamando-o, seria bem fácil : iria na GM ver o novo Cobalt e depois atravessaria a rua para ir na Renault ver o Logan. A GM teria que me surpreender muito para justificar os R $10 mil a mais que pede no Cobalt.

  • Pedro Cunha

    Só acho que “Cobalt” e “Elite” são palavras e logotipias que não harmonizam. Pelo menos NESSE Cobalt BRBR.
    Amenizou a feiura natural dele, mas ainda tá longe, muito longe de cumprir a “meta” que a GM lhe deu de “substituir” o Astra Sedã. Pelo menos tecnicamente e em “carisma” no mercado.

    • pedro rt

      substituiu o astra hatch tmb ele

  • Diego

    As novas lanternas são absurdamente mais bonitas que as antigas, ficaram um pouco altas, mas devido ao novo family face da GM Global, então não sobra muito oq fazer.
    Na traseira não consigo imaginar forma de ficar mais bonita.
    Mas a velha e quase não modificada lateral, não tinha muito oq fazer num facelift, mas eu continuo achando os vincos quase idênticos saídos um da lanterna traseira e um da frontal que descem no meio das porta uma coisa horrível.

    No geral melhorou bem em relação a atual versão do Cobalt, claro que não ficou o carro mais lindo do mundo, mas lembrando dos velhos Cobalt e Agile, a equipe de design da GM está indo numa boa direção…

  • joel

    procede mesmo essa informação de que vai ter versão 1.4 LT, NA? porque vem sendo veiculado que teria LTZ 1.8 e Elite 1.8 apenas.

  • Miro Saraiva

    Capaz da minha mãe se endividar por um desses e não aceitar um seminonovo automático
    Eu piro…

    • pedro rt

      achei muito bonito o novo cobalt mas nao entro mais em carnê de 36 meses… prefiro esperar pelo prisma reestilizado e pagar de 24 vezes

  • Gian

    Não vou comentar nada sobre motor e preço para não ser repetitivo. Vou focar em design.

    A GM fez um belo trabalho para melhorar o Cobalt.
    Não chega a ser um carro belo, mas melhorou absurdamente. Muito muito muito melhor.
    Agora é um produto que faz sentido. Da forma como era, servia apenas como carro de frota.

    Os faróis e lanternas novas cairam muito bem ao Cobalt e gostei desses bancos em couro marrom escuro. Ficou diferente e de bom gosto.

  • Denis Lopes

    Promovido de “Feio Pra Caramba” para “Marromeno”

  • FocusMan

    Em breve as rodas do modelo ELITE estarão rodando em todos os Celtas e Corsas rebaixados do Brasil.

  • klaus

    frente melhorou
    traseira piorou
    e aquele painel de honda biz…sem comentários…

  • FocusMan

    Outra coisa…

    Melhorou muito o carro.

    Acho que passará a vender mais que o prisma.

    A GM perdeu a chance de colocar um painel de instrumentos de carro e tirar o de MOTO!

    • Edson Fernandes

      E perdeu a oportunidade de deixar os preços corretos também.

      • FocusMan

        Não tem como mexer no preço.

        É sério! Vc não tem noção do que aconteceu com os custos dos carros nos ultimos 3 anos. Coisa braba mesmo.

        Eu não sei o que vai ocorrer nos próximos 3 anos. A conta não vai mais bater, aqui vai ficar igual a Europa, onde fabricam-se carros com prejuizo apenas para manter a marca viva por lá e tentam obter lucro em outras regiões para cobrir o gap.

        • Edson Fernandes

          Eu só quero ver, pq vai ter mais retração de mercado. Quem comprar é porque terá real condição para isso, mas muitos deixarão porque não terá para onde correr. Felizmente eu fiz uma compra atual justamente para suportar toda a crise com um carro que considero bom o suficiente para passar comigo.

          E ainda assim foi usado… (não estou aqui dizendo para fazermos isso, estou dizendo que em vista dos preços atuais, eu parti para um usado porque o 0km está muito caro).

          • FocusMan

            A retração do mercado resultará no fechamento de fábricas.

            Nenhum empresário resiste muito tempo lucrar pouco ou perder dinheiro. Melhor pegar o capital e deixar rendendo em algum fundo que pague 2% ao ano do que arriscar para ganhar 5%. É mais que o Dobro? Sim, é! Então para quem tem muito capital, investir e lucrar 5% é um ótimo negócio nos EUA.

            Lucrar 5% no Brasil ou em qualquer lugar sugeito a variação cambial como o Brasil é muito arriscado. Ninguém vai querer arriscar mais.

            Sabe onde chegaremos? Aos anos 80.

            O Brasil parecia que iria crescer um monte nos anos 70. Diversas marcas vieram para cá. De um dia para o outro o governo inventou uma reserva de mercado e ferrou com tudo.

            Esse é o cenário que se desenha hoje. O INOVAR AUTO já é um passo para um regime de reserva de mercado. No mundo global que vivemos hoje, restringir a produção para o mercado local é suicídio.

          • Christian Balzano

            Fiz a mesma coisa.

  • rafael maximo

    Toda montadora tem seus erros e acertos.. esse é o erro da GM.

    • Fábio

      Será? Ele é um dos modelos mais vendidos da sua categoria. E aí?

  • Moreno Rocha

    É impressão minha ou a GMBR não adiciona NADA de segurança em qualquer versão que seja? Essa Elite, por exemplo, APENAS acrescenta firulas estéticas e a multimidia de segunda geração. E ainda com esse motor gastão e que não anda na mesma proporção. Mas a gente deve tá merecendo! :-(

    • Leandro Balmant

      Todo mundo fica falando que o motor 1.8 não é fraco, pois possui mais de 17 kgfm. Ok, ele tem força para acelerar, mas não consegue manter a velocidade. Tem que ficar reduzindo marcha.

      • Moreno Rocha

        É parecido com o motor 1.6 do meu Fox, ele tem força em baixa mais fraqueja em alta velocidade. Ambos são de concepção antiga e bebem mais do que deveriam, em relação ao que entregam.

      • Gustavobrtt

        Reduzindo marcha este motor? Ou você está entranhando o câmbio longo (baixos giros tem um limite) ou seu carro está fora de ponto. Nas experiências que tive, subia as serras de Poços de Caldas e Campos com 4 pessoas e bagagem com muita agilidade.

      • VCD 2.0 16V

        Pois é, tem gente que só dá valor ao torque e chegam a dizer que a potência é irrelevante. Essas.pessoas acreditam em coelhinho da páscoa.

  • Darlon Anacleto

    Nossa, nem com foto produzida e nem na versão “top dos top” consegue ficar bonito. Ao menos é mais barato que o HB20, outra coisinha feia, mas que o marketing quer vender como se fosse “o melhor e mais belo”.

  • Leandro Balmant

    Pelo preço, prefiro levar um City que possui motor melhor, mais bonito e tão espaçoso quanto.

    • Artur

      Sem mencionar o pós-venda da Honda, que é bem superior ao da GM.

  • Artur

    Cadê o encosto de cabeça para o terceiro ocupante do banco traseiro?

    • Leandro Balmant

      Cinto de 3 pontos também não tem.

      • Artur

        Bem observado.

    • Moreno Rocha

      Ih, GMBR tá (kgando) pra segurança. Vão ofertar o mínimo e só. Só incrementam os modelos que não tem vida fácil da concorrência (Vide Cruze e Tracker).

    • Iran Borges

      Pelo menos agora a gente olha e não vomita. Já é um grande avanço para o bem estar dos pedestres… talvez isso ajude na segurança dos pedestres de alguma forma kkkk

  • Adriano

    Na boa, cade o ESP e 6 air bag? GM faz faz faz e não faz nada, cade motor turbo, só perfumaria! 70 mil num carro que o melhor atrativo é uma tela?

  • Christian Balzano

    Ficou bonito, parece um sedan americano tradicional. O interior do Elite está caprichado. Só não sei se esse preço no patamar do City/Fit vai conseguir alguma coisa pelo fraco motor. O que adianta ter um porta-malas gigante se não tem força? A princípio os taxistas vão comprar bastante.

  • Zazula

    Gostei….ficou muito bonito e bem acabado….

  • Lenicio Felinto

    Quando você chega no para-choque dá uma tristeza ver um erro crítico como esse falso sorriso contrastando com lanternas pseudo-agressivas… veículo caro desse com placa no para-choque… #takipariu a sensação é essa.

    • Christian Balzano

      Carro com placa no para-choque é barato? Isso não faz sentido amigo.

      • Lenicio Felinto

        Corolla, Audi’s/todos, Civics, maioria dos sedãs tidos como médios aqui possuem placas na tampa do porta malas, compactos-premium idem o único carro caro, pelo que me lembre, que insiste nessa breguice é o Passat.
        Vê se presta atenção.

        • Christian Balzano

          Hahaha beleza!! Vou prestar mais atenção nisso. Quando eu ver um carro com placa no parachoque nem vou comprar. Igual essa Z4 aí que eu postei.

          • Fanjos

            Esta ai uma coisa que nunca reparei, onde a placa fica em determinado carro

        • Christian Balzano

          Olha uns carro “brega” de acordo com seu parâmetro

          • Lenicio Felinto

            Vendidos aqui? Somente o Passat foi anunciado.
            Voyage, Siena, Logan, GMB’s (exceto Classic)

            • Lenicio Felinto

              As vezes a responsabilidade de entendimento de uma ideia depende muito do emissor, portanto vou tentar simplificar o que quis dizer com o comentário inicial:

              Até vermos a traseira desse Cobalt notamos melhora, isso sem lembrar da motorização antiga. Quando reparamos no preço inicial e terminamos de ver o resto visual do veículo… bem eu particularmente não gosto de placas no para-choque, além de ausente de elegância, lembram dentes de castor. Os unicos nesse estilo que curti foram o Novo Mustang, Os Mercedes que vc postou, Gol e Fox! Veja só que coincidência 2 carros populares nacionais de uma marca que possui algum veículo caro com placa na tampa do porta malas? Só o Jetta, cujo motor também é antigo.

      • CorsarioViajante

        Nem perca tempo, o cara avalia a categoria do carro pela posição da placa traseira… Meu Deus!

    • Gustavobrtt

      Cada coisa que o pessoal repara, nunca tinha reparado nisso… Acho que depende de casar com o design de cada carro…

  • Don Ratao

    Tapa no visual funcionou ! Melhoru bem com relação ao anterior.

  • EJ

    Quando o carro resolve o crônico problema de design na dianteira, o preço vai para as alturas. Não vou nem comentar de motor, porque para taxistas quanto mais antiquado, melhor (preferem as peças baratas e a opinião do mexânico do bairro que até hoje acha que motor bom é AP). Parabéns, GMB. Felizmente vc tem público cativo.

  • André

    Novo Cobalt 1.8 Elite AT6 – R$ 67.990? Um cerato 2016 tá custando R$ 69.900. Esta versão acho que não tá valendo a pena.

  • Gabriel Boscatto

    Melhorou! Mas ta longe de ser bonito

  • Erik

    Ué, mantiveram o motor 1.4

  • pedro rt

    sera q as versoes 1.4 serao so pra frotista como ja falaram em varios sites?

  • Marcelo Ceno Dutra

    O motor 1.8 vem com um reboque de brinde para carregar galões de gasosa ?

    • gustavo

      Realmente o motor 1.8 8v da GM tem que pisar leve no acelerador !!

  • Alexandre Furtado

    Alguém aí avisa ao futuro comprador da versão elite que por mais um pouco ou se chorar leva Corolla ou Sentra…..

  • Blessa

    GM essa foi boa, conta a do papagaio agora, o Monza ainda continua dentro das fábricas da GM com os incríveis motores 1.8 e também o 1.4 já que o mesmo é derivado da linha MPFI do 2.0 e 1.8, motores modernos, silenciosos e econômicos.

    • pedro rt

      vc ta confundindo as coisas… o unico motor derivado do monza q continua em linha e aquele 2.4 16v da s10 q e o familia 2, o 1.0, 1.4 e 1.8 8v nao tem nada haver com monza eles sao derivados daqueles motores 1.0, 14 e 1.6 8v usados na familia corsa entre 94 e 98..

  • Blessa

    A conta é bem simples, enquanto tiver gente comprando e pagando o que as montadoras determinam, o céu sera o limite dos preços, já passou da hora do brasileiro começar a boicotar por um tempo a compra de carros OKM.

    • Matthew

      E já pararam. Só este ano as vendas reduziram 25% e nada mudou. A coisa não funciona sob as regras da lei de oferta e procura.

  • vicegag

    Mas não se dignou de recolocar os repetidores laterais, item não muito caro que no Brasil com os motoqueiros malucos no corredor é de suma importância para segurança.

  • Diego Miossi Poton

    Praticamente a mesma frente do Sail vendido no Chile

  • Ricardo

    Melhorou muito a cara!

  • Hox

    Quem estiver precisando de milagres nas suas vidas pode rezar para a Santa Chevrolet Brasil, que conseguiu o MILAGRE de fazer a aberração do Cobalt ser um carro aceitável esteticamente, bonito até.
    Uma pena que insistam no desgraçado motor 1.8 8V Monzatech que anda como 1.0 e bebe como V8. E não tenham corrigido problemas de segurança do carro, como a vergonhosa falta de um encosto de cabeça e cinto de três pontos para o passageiro traseiro do meio, isso sem falar na falta de Isofix, mais do que dois airbags e controle de estabilidade nem mesmo como opcionais.

    • pedro rt

      esse motor 1.8 F1 nao e o mesmo do monza, o do monza era 1.8 F2, esse motor 1.8 F1 e derivado do 1.6 8v usado no corsa picape dos anos 90

      • Hox

        O termo ‘Monzatech’ usado é uma forma de deboche com o motor caquético, não significando necessariamente que é o motor do Monza.

        • pedro rt

          sei disso mas e preciso separar “motor derivado de monza” de “motor derivado de corsa”

          • Matthew

            Os dois são velharias.

  • Luiz

    Melhorou bem, só faltam agora motores mais modernos

    • pedro rt

      vai ganhar em 2017 “talver um 1.0 turbo ou um motor um pouco maior tipo um 1.3 ou 1.4 turbo” e em 2019 chega a nova geracao completamente novo

  • Roger

    Pra táxi tá bom demais.

    • pedro rt

      os taxista tao trocando cobalt por prisma aqui…

  • Gabriel Ferreira

    Os motores Ecotec turbo a fariam um bem danado, pra os carros da GM do Brasil!

    • pedro rt

      os unicos ecotec q continuarao no brasil sao o 2.5 da s10 pois o 1.8 saira de linha ano q vem e entrara o 1.4 turbo no lugar. quanto aos antigos 1.0, 1.4 e 1.8 8v todos serao substituidos por novos 1.0 e 1.0 turbo com injecao direta em 2017

  • bow

    Teria sido interessante se a GM tivesse atualizado os motores e ter lançado o Cobalt com o motor 1.6 16V do Sonic, seria um diferencial e uma evolução. E ainda ficaria num meio termo entre o Prisma e o Cruze. Claro que existem vários motivos por trás e um deles é o custo.

  • Mayck Colares

    Acho que nessa versão de quase 70 mil faltou mais air bags, controle de estabilidade, apoio de braço e ar digital. (Fariam uma diferença gigante).

  • Jaderson

    Será que foi só eu que achei que o carro ainda tá feio e sem menor graça.

    • pedro rt

      entao espere ate 2019 qdo vai chegar a nova geracao do cobalt

  • shdn2010

    Achei muito bonito o carro, mas como alguns amigos aqui dizem nos comentários, estes preços para variar estão fora de realidade, isso era para ser considerado carro de entrada… mas fazer o que brasil…. parece que nascemos neste país para sofrer e passarmos vontade.

  • Felipe Rezende

    quase 70 mil e nada de cinto de 3 pontos e 3° apoio de cabeça…
    a famosa economia porca

  • Leandro Santos

    Imagina. Quase 70 mil.

    Esses preços me fazem muito mais feliz ao continuar com meu astra velhinho. Papai ama vc Eleanor.

  • sigma7777777

    💩Ui! R$ 68 mil por um Cobalt automático?💩 hahahaha

  • Ygor Soares

    “1.4 Flex de até 102 cv e 13 kgfm, assim como o 1.8 Flex de até 108 cv e 17 kgfm”

    Isso só pode ser alguma piada! 1.8 com 108CV! Ta de brincadeira né!

  • Apopololo

    Ficou mais bonito do que a versão antiga do Cobalt, porém mesmo assim eu estou achando ele um tanto quanto esquisito.

  • Ediomar

    Ok,esse motor não é um primor em tecnologia,mas as pessoas tem que se desapegar um pouco da potencia somente,o que faz um veiculo ágil no dia a dia é TORQUE,não potencia,pode se andar tranquilamente à 120km/h,o que pra começo de conversa são velocidades proibidas aqui no Brasil,ou você se mata nas estradas esburacadas e mau projetadas ou tem uma cartinha todo mês na sua caixa de correio com uma linda foto do seu veiculo,já tive carros com esse motor e teria novamente sem problemas,são muito robustos e de facil manutenção,o que vejo de gente sofrendo na mão de mecanico com carro cheio de firulas no motor,tem donos que entram em dividas com bancos pra financirem conserto de carro,isso sim é pior do que um motor ultrapassado.

    • VCD 2.0 16V

      Puts, mais um falando que potência não tem importância. Só concordo que são motores confiáveis porém defasados e beberrões. Agora vai, fica bravo e responde com mais uma tabelinha com números informados por quem quer vender carros sem potência, por quem não sabe o que é potência/torque ou por quem gosta de dirigir só caminhões.

    • gustavo

      Comentário racional !!

  • Gabriel

    Não é um carro que e diga “nossa que lindo” mas comparado ao anterior melhorou muito, acredito estar muito bom esteticamente para a proposta dele. Não gostei que mantiveram o painel de moto.

    • pedro rt

      e bom vc se acostumar com o painel pq sera assim em todos os carros modernos

      • Rodrigo

        Sério que os carros modernos serão assim?
        Ainda bem que a maioria então está atrasada, pois é muito zoado esse painel “moderno” de moto!

  • Hugosw

    Um carro de praticamente R$70mil sem arcondicionado digital é complicado.
    É incrível como as montadoras estão usando o preço para compensar a baixa nas vendas, não vai demorar muito para que um carro médio tenha o preço começando em R$100mil, já que esses compactos premium já estão superando os R$70mil.

  • Caio Henrique Alves Nascimento

    A chevrolet tem buscado competir com mais força contra os líderes do mercado e tem buscado galgar posições nos rankings dos mais vendidos, como fez com o ONIX. O que vejo é o seguinte: O COBALT melhorou, é um bom sedan, melhorou o acabamento interno, melhorou o design (para alguns), entretanto aumentou DEMAIS seu preço. Como um colega disse, fazer novos motores custa e deve custar muito mesmo, o que eu acho que não dá é a Chevy cobrar absurdos R$53.000,00 + taxas e insulfilm e tapetes e sensor por um carro 1.4 na versão q eles mesmos denominam de entrada. Ok, o carro melhorou bastante, mas já acho que essa elevação que as montadoras estão fazendo (diga-se de passagem não só a GM – FIAT,VW,RENAULT …) em que mudam a grade e a maçaneta e sacam no consumidor R$5.000,00 na nova versão já está enjoando, para não ser ríspido e dizer que é abusivo e de extremo contra-senso, principalmente pela situação que o país vive atualmente. O que resta é saber que isso não vai mudar e para aqueles que vão trocar de carro como eu, pesquisar e MUUITO.

  • Sassá

    Um certo cara de um certo site amante de Vw tá urubuzando aqui…… Fora isso, pela mecanica simples e poucas mudancas nao justificam esse preco. Nao tem desculpa. 37k no 1.4 tava bem pago. Taxistas vao a loucura.

  • Joao Eduardo Galli

    Parabéns GMB, está melhorando no design.

  • Rodrigo

    Finalmente deram um merecido tapa no visual do carro! Ficou aceitável!

  • Douglas

    Praticamente 53 mil num sedã 1.4 de entrada e sem computador de bordo?! Sem falar na falta de potência e no torque ridículo e desproporcional ao tamanho do carro. Pelo mesmo valor, o Civic LXL 1.8 2012 com padle shifts manda abraços.

  • Jeremias Flores

    curioso pra ver nas ruas, pq normalmente essas fotos profissionais deixam o carro muito melhor do que ao vivo.

  • Luciano

    Olha! Até o Cobalt desistiu de ser Taxi pra virar Uber!

  • EDUVINHAS

    Gosto e gosto . Mas nem todo cirugiao plastico tem a mao boa pra fazer milagre kkkkk. Mas curti a cor do carro.

  • Aloca

    com uma taxa tão alta de desemprego, é tão difícil assim encontrar um bom designer?

    • Neto

      desenhar um carro maravilhoso é facil, o financeiro aprovar o gasto para refazer tudo que é dificil, nao sei se vc percebeu mas nem o paralama traseiro foi alterado!

  • Ricardo Amorim

    Não é por nada não , mas esse cobalt ficou com uma cara de carro chinês se colocassem a logomarca da Jac ou da Chery no lugar da gravatinha ele passava batido . Mudaram onde não deveria a traseira era bonita como era agora está esquisita lembra a traseira de 3 carros diferentes…

    Agora a tendência é colocar marrom chocolate no interior dos lançamentos depois dos HB20 com interior marrom agora veio a GM com cobalt e sua família

  • gustavo

    Um bom carro, bem melhor que um Voyage, apesar do motor 1.8 8v gastão !!

  • Marco

    Esse carro tem uma das laterais mais feias que já vi até hoje. Ele com a jabiraca da Spin dá uma boa briga de foice no escuro. Apesar que a Spin (assim como esse carro era) é medonha sob qualquer ângulo que você a veja. Essas janelas claustrofóbicas são horríveis, mas é notório que o carro melhorou seu design. Ficou digamos, aceitável agora. Uma coisa que achei legal foi o formato do farol, que abriga a luz de seta praticamente na lateral do carro (como era no Gol G6 antes do face-lift) já que tiraram o repetidor de seta lateral no lançamento da linha 2015. Era um ítem de segurança muito tecnológico e caro e poderia levar a combalida General Monsters à falência. Se comprasse um, mandaria colocar a seta lateral, só de sacanagem. No mais, continua com aquelas economias porcas de sempre, como ausência de palhetas do limpador do estilo flat blade e a falta do 3º encosto de cabeça, assim como o 3º cinto de segurança retrátil, no banco traseiro.

  • Alexandre Maciel

    Sempre achei esse carro um remendo. Melhoraram o visual mas, no final das contas, permanece um engodo montado para vender para o brasileiro. A GM vende pela tradição que alguns acreditam existir, o que é absolutamente desmentido pelo portfólio disponível no mercado nacional.

    Honestamente, na faixa de preço, caso fosse comprar algum veículo 0km, não colocaria isso aí como opção.

    p.s.: os bancos dianteiros continuam finos na parte superior, não dando apoio adequado às costas?

    • Guily

      Realmente, está parecendo um remendo, a lateral continua feia, mas o pior está nas lanternas traseiras, que aproveitaram o contorno da antiga e há também uma linha dando o contorno da antiga para compensar o espaço que era da antiga lanterna.. q coisa louca

      • Alexandre Maciel

        O engraçado é ver que há quem defenda. E o pior é perceber que alguns fazem isso atacando pessoal e diretamente quem critica. Hahahaha… parece coisa de torcedor de futebol.

        • Guily

          Sim, as vezes me surpreendo com as reestilizações que a Chery consegue fazer no velho Tiggo, ele aproveita a mesma carcaça de uma maneira bem mais interessante que as “brasileiras”! Só ver esse velho Tiggo3 que se percebe, já foram 3 tapas no visual, todos bem diferenciados e que o fizeram conviver com a geração nova, o Tiggo5

  • CanalhaRS

    Melhorou um pouco a desgraceira que era, mas continua desajeitado nas formas, muito alto e quadrado.

  • Guilherme Augusto

    Parabéns pela excelente matéria Noticias Automotivas, sempre trazendo mais informação do que os concorrentes.
    Possuo o carro 1.8 LTZ 14/15 e não tenho o que falar, carro excelente. O engraçado é que tem muita gente que se acha o ESPECIALISTA em carros e sai comentando qualquer merda. Se ta caro pra você é porque não tem dinheiro então por favor não pague mico.
    Em relação a consumo, essas coisas, carro é despesa, não quer ter não compre, ande de ônibus, compre uma bicicleta e ai vai.

    Mais uma vez parabéns pela matéria!
    Abraços.

    • M. Daniel

      Sou doido pra pra ter um desses, tenho atualmente um Corsa sedan Maxx 2008 1.4 com o motor econoflex de 99cv gas, 105cv álcool, e seu eu tivesse dinheiro comprava mesmo, pq sempre que pergunto a um real DONO de Cobalt, só falam coisas boas do carro, daí vem um “especialista” desse que nunca nem sentiu o cheiro do carro e critica… liga não brother, a gente sabe da realidade!

  • Hygor Mayrink

    Nossa, o cobalt antigo era medonho… esse ae passou de medonho pra bem feio, entao nesse ponto melhorou…ae eu vi o preco, e so me resta rir…. kkkkkkkkkk

  • Fábio

    Para os haters chorões ele tem mil e um defeitos e nenhuma qualidade. Porém, uma coisa é fato: ele vende bem! E faz relativo sucesso na praça e nas empresas. É tudo o que uma empresa como a GM quer em um carro.
    Não tenho nada contra esse 1.8 8V, já que ele tem manutenção barata, conhecida e confiável, e é isso o que os frotistas querem. Porém, o erro da GM é não disponibilizar TAMBÉM uma opção mais moderna para atender o consumidor comum. O 1.6 16V Ecotec do “finado” Sonic seria bem vindo.

  • Fico pensando um carro gigante desse com essa motorização 1.4 e até mesmo esse 1.8 jurássico….deve ser uma lesma beberrona

    Vai virar campeão de venda, de qualquer forma.

  • Dennis Costa

    com esse preço eu pego um Corolla 2012 semi novo….só no Brasil mesmo!

  • CÁSSIO

    um bom tapa no visual , agora a mecânica poderia ser atualizada né ……que tal um cabeçote mesmo que nestes motores 16v e injeção direta ja daria um belo UP no consumo e desempenho em geral …..

  • Davyson Costa

    Pelo menos não ganhou a frente da Spin

  • Miro Saraiva

    Um sr up grade em melhorias e preço…
    Apesar de ter reconhecido o comando dos retrovisores elétricos igual ao do vectra primeira geração

  • Autofahrer!

    Gostei! Independente do preço, agora eu compraria.
    Cairia bem um leve rebaixo e rodas maiores.

  • Alexandre Maciel

    A luz de seta lateral no para-lama já havia sido removida na versão atual? Ou é um “upgrade” exclusivo do “pega-trouxa lift”?

  • Andre Luis Bertolino

    so compro carro usado, esse cobalt ai 70 mil automatico, comprei semana passada um mercedes b200 sport 1.6 turbo 2013 por 75 mil… Como comparar??? Oode olhar no webmotors e conferir o preco…….

    • gustavo

      Ipva + seguro+manutenção ? sim otimo carro !!

      • Andre Luis Bertolino

        Gustavo, ipva 4% do valor do carro…. Seguro, saiu abaixo de R$ 3 mil para mim. Sao paulo, tenho 39 anos, mas ai depende de cada perfil, posso concordar, por obvio, que as pecas sao mais caras, mas vale o risco…. So nao consigo entender um carro popular, completo, sair R$ 70 mil…. Esquece meu exemplo, ainda sim pode comprar um sedan medio como civic, corolla, 408, fluence… Se nao zero, com um ano de uso no maximo…. Meu amigo ta vendendo um c4 lounge aut THP 2014 por R$. 65 mil….

        • gustavo

          Ok Andre, sem duvida e muito mais negocio !! concordo tem vários carros usados nessa faixa de preço, com motores e mecânica melhor que o lançamento da GM !!

  • DTF

    Bem melhor porém quatro pontos negativos: rodas são muito pequenas para esse desenho, deveria ter 16″ no mínimo, falta o cinto de 3 pontos para o passageiro do meio, nada de ESP e airbags multiplos e motor fraco e ultrapassado.

  • Cassio

    Visualmente, melhorou, mas não salvou.

  • André Gonçalves

    A traseira ficou legal, mas a frente tem algo estranho. Esse carro nasceu todo errado, então foi difícil tentar corrigir e deixar 100%

    • Marco

      A bem da verdade André, é que esta MARMOTA tinha que voltar prá prancheta e começar todo do ZERO. Isso não deveria nem ter nascido. Mas teve um lunático na General Monsters que concebeu, outro que autorizou o protótipo e outro maluco que deu o sinal verde para produzir um dos troços mais feios já feitos em terras brasileiras. Paciência. Melhorou a frente e a traseira, mesmo porque pior do que já era, não tinha como ficar. Mas a lateral não tem jeito mesmo: aquelas janelas são horríveis. Só falta a General Monsters agora renovar a jabiraca da SPIN e mandar pros infernos a MONSTRANA com aquela mal fadada frente de k-h-Agile. Não sei o que a GM tá esperando prá fazer isso. E como você mesmo disse com muita propriedade, é difícil deixar 100% um carro que já nasceu todo errado, amigo. Saudações e parabéns pelo comentário.

  • Magno

    Eu achei que a frente ficou legal e a traseira ficou bem mais ou menos …

  • Wagner

    Até que o Cobalski ficou bonitinho… mas o preço…

  • Pablo Silveira

    Até que ta bonito, mas com esse motor tuberculoso… não dá!

  • Eliezer

    Quando eu vejo os preços:Vou continuar com meu velhinho mesmo….

  • Danilo

    muito dinheiro… 68mil num cobalt. meu cunhado vendeu focus titanium dele 2015 com 7000km por 70mil, fora de base esses preços!!!

  • Quando vejo essas bostas sendo lançadas…só tenho mais a certeza que minha Mégane GT de 30mil km hoje, vai comigo até os 300K e olhe lá…vou usar até acabar e mais uns 6 meses!

  • Lucas Mendanha

    To em duvida sobre o que me estranha mais:
    se é essa frente tipo F1000 XK (sei, ela segue o atual “Family Face” da GM) ou se é esse pneu 240/50 R15.

  • JoãoAVR

    Se vão manter os mesmos motores, coloquem pelo menos o cabeçote 16v no 1.8. No Stilo esse motor rendia muito bem.

  • Pietro

    Embora esteja com essa lanterna traseira lembrando o Voyage, está bem mais bonito que a geração anterior, mas bem mais caro!

  • Thiagusss

    li em algum lugar que não teria mais esse 1.4. Somente 1.8. Que estranho!!!!

  • Marcos Villela

    E nem na versão Elite tem encosto de cabeça e cinto de 3 pontos para o passageiro central. Grande preocupação com segurança …

  • ‘Eduardo Oliveira

    Até que deu uma melhorada na dianteira, mas cagaram na traseira imitando lanterna de BMW série 3. Traduzindo, continua feio!