Europa Fiat Lançamentos Sedãs

Novo Fiat Tipo é lançado oficialmente na Europa

fiat-tipo-europa-7

Fabricado na Turquia e cogitado para ser feito também no Brasil, o Novo Fiat Tipo está sendo lançado oficialmente na Europa, onde chega inicialmente em versão sedã.

Com visual interessante e apostando na funcionalidade, o Novo Fiat Tipo mede 4,54 m de comprimento, 1,79 de largura, 1,49 de altura e 2,64 de entre-eixos, proporcionando assim um melhor aproveitamento do espaço interno e um porta-malas generoso, contendo 520 litros. A carroceria tem 80% de aço de alta resistência e suspensão traseira por barra de torção.

fiat-tipo-europa-23

O Novo Fiat Tipo será oferecido na Europa em três versões de equipamento e quatro motores, sendo os diesel 1.3 MultiJet de 95 cv e 1.6 Multijet com 120 cv. Com gasolina, o modelo usará o 1.4 Fire 16V de 95 cv e o 1.6 E.torQ com 110 cv. Com este, o sedã vai de 0 a 100 km/h em 11,2 segundos e atinge máxima de 192 km/h.

Haverá opções de transmissão manual com cinco ou seis marchas, bem como uma automática de seis marchas, exclusiva do E.torQ. As rodas de liga leve poderão ser aros 16 ou 17 polegadas e o interior terá quatro opções de acabamento. Destaque para o 1.3 Multijet II com consumo médio de 27 km/litro e emissão de 98 g/km de CO2.

fiat-tipo-europa-16

Em termos de equipamento, o Novo Fiat Tipo vem apenas com o necessário, tendo multimídia Uconnect com tela de 5 polegadas, Bluetooth, auxiliar, USB, sensor de estacionamento, sensor de chuva e crepuscular, piloto automático, seis airbags, ESP, TCS, Hill Holder, volante multifuncional, câmera de ré e navegador Tom Tom 3D Touch.

Galeria de fotos do Novo Fiat Tipo:





  • Apopololo

    Gostei muito da aparência do carro achei bem bonito, aparentemente parece ser confortável e gostei do design do interior, em relação ao motor eu não posso opinar sobre isso, pois sou muito leigo no assunto.

  • Hadson Nobre

    Substituto do Grand Siena e Linea, com preços intermediários ao dos dois. Não há como a Fiat posicioná-lo acima disso. Esse papel ficaria para um genuíno sedan médio.

    • Gabriel

      Então esse fiat ai estaria abaixa da categoria do focus, cruze, corola etc.. eu achava que ele viria para ser um veiculo desta categoria.

      • Hadson Nobre

        O tipo na versão mais completa pode até competir com os médios na versão mais barata, só que de igual pra igual não. Nem motor pra isso a Fiat preocupa-se em ter por aqui.
        Basta ver que o próprio texto menciona que os recursos e opcionais são poucos, creio que para que ele ofereça bom custo/benefício. Então creio que está mais para concorrente de city, cobalt, fiesta do que os de categoria superior. Claro, se a marca quiser alcançar bons números de venda.

        • Gabriel

          Hmm ok, esclareceu minha duvida

      • Edson Fernandes

        Não, esse é o compacto médio aos moldes de Cobalt e Versa.

        O Viaggio que seria o médio “de verdade” da fabricante.

        • Matthew

          Será? Ele é muito maior que um Cobalt e tem praticamente as mesmas dimensões do Civic atual, embora seja um carro menos refinado. Eu acho que ele se enquadra melhor como um médio compacto do que como um compacto plus size, como são o Versa e o Cobalt.

          • Edson Fernandes

            Cobalt e Versa são considerados compactos médio aqui…rs

            Em outros mercados, carros como Civic e Corolla são médios compactos e porte do Fusion é medio.

        • Gabriel

          Hmm ok, esclareceu minha duvida.

        • oscar.fr

          Esse Viaggio é o Dodge Dart versão Fiat? Estou perdido com tantos modelos da marca…

          • Carol Vieira

            Sim.

          • Edson Fernandes

            Isso mesmo. Mas a Fiat deixou claro que não comercializaria o Viaggio por aqui.

            • oscar.fr

              Se vendesse o Dart poderia ter mais sucesso, não sei se seria um fenômeno como o Renegade, mas, ao menos, repetiria a fórmula de trazer uma marca cara para faixas mais acessíveis do mercado.

              • Edson Fernandes

                E eu seria um forte candidato a te-lo. De preferencia com os motores 2.0, 2.4 ou 1.4 T-Jet. (com cambio automatico ou TCCT)

    • Murilo Soares de O. Filho

      O que seria um genuíno Sedan para você?

      • sigma7777777

        No meu caso, pensando nos sedans médios japoneses, seria conforto, isolamento acústico, resistência e desempenho. Só em 5-10 anos para saber se o Tipo se manterá bem nos três primeiros quesitos. O irmão Renegade parece que tem problemas de isolamento acústico e desempenho com o eTorq 1.8, o que já é um mau presságio.

        • Edson Fernandes

          De isolamento acusticow Mas em todas as avaliações justamente o isolamento acustico é citado como ponto positivo….

          • sigma7777777

            Eu pensei ter lido o contrário, mas vou pesquisar novamente. Se estiver certo eu me empolgaria em comprar o Tipo, embora reste saber sobre a suspensão para o contexto das irregularidades dos pisos brasileiros.

            • Edson Fernandes

              Se for igual ao do Linea… pode ter certeza que tem bom acerto. Mas tem que conhecer todo o produto mesmo.

    • Andres Francisco

      Na minha opinião, pra Fiat tentar fazer frente mesmo ao Corolla e ao futuro Civic, acho que deveria trazer o Dodge Dart, mas o original norte-americano e não o xingling Óttimo. Ou então lançar esse Tipo (com outro nome) sob a marca Dodge ou Chrysler. Fiat não dá.

      • Thiago Maia

        O Dodge Dart é um projeto tampãom por exigenca do governo americano. Para quê trazer um carro “tampão” , com prazo de validade e feito em outra plataforma?

        O planejamento, se não mudar, é de um Chrysler 100. O Dart deve mudar em 3 anos para tração traseira e pode virar coupê

        • Andres Francisco

          Não sendo Fiat………….

          • Alexandro Henrico von Mann

            É só você não comprar. Por mim pode ser Fiat sim. Existem várias opções no mercado, esquece da Fiat se ela te incomoda tanto assim.

            • Edson Fernandes

              Além do que, dá a entender no comentário dele que o emblema só sendo Fiat já basta. Eu não ligo se for um otimo produto.

              Alem disso, tirando motorização o Freemont não deve nada ao Journey.

              • Bruno Wendel Marcolino

                também acho isso, muitos reclamam do Linea por exemplo, porém acho um sedã bacana, o erro foi lança-lo como pseudo-médio pela Fiat e que, se não fosse isso, talvez estivesse vendendo bem como Punto Sedã…

                Particularmente não gostaria de ter nenhum Fiat, apenas teria Punto e Bravo T-Jet, Linea(apenas semi-novo e manual) ou a Freemont. O 500 eu acho bacaninha, mas não teria.

                • Edson Fernandes

                  Mas esse foi o problema! Inclusive para um compacto médio, ele tinha um preço até correto, depois que pirou de vez. Hoje sem duvida ele não vale a pena.

            • Walter Augusto

              Kkkkkk….calma amigo….a fiat não é o único carro disponível no mundo não……
              O andres só deu a entender que não gosta de fiat e vc não precisa ficar nervosinho não, só pq é um fieteiro fanático.

              O dia que a fiat tiver um sedan pra concorrer com corolla, civic, focus, fluence, cruze, jetta, sentra, aí acho que vc pode sentir orgulhozinho da sua lixo fiat.

              • Gollun

                Acho que você não entendeu a colocação do colega massssss.

              • tiago

                Você, neste comentário, foi mais fanático que o autor do comentário ao qual você replicou.

    • Vitor Barcellos

      Teria cuidado com as palavras “Não há como a Fiat posicioná-lo acima disso”. Porque a Fiat é acostumada a fazer limonada com apenas 1 limão. Não me surpreenderia que a versão top chegaria acima dos 80k

    • Mario

      O problema, é que no Brasil, existem muitos ‘especialistas’ !

    • Matthew

      Mas as dimensões dele se aproximam muito das de um sedã médio. Ele é maior que um Cobalt, por exemplo. A largura é igual a de um Civic, assim como o comprimento total não fica muito atrás. Eu acho que tá mais pra um médio-compacto do que pra um compacto plus size.

  • Zazula

    Gostei, ficou bonito!

  • gustavo

    Vai fazer 27 km por litro em cima de um caminhão cegonha !!

    • A Diesel 1.3 faz sim. Tenho um Peugeot 301 a Diesel que rende 22 na estrada, sendo 1.6. E isso pq tenho o pé pesado.

      • gustavo

        Sim Patrão, se for Diesel ai e outra historia !!

  • Debraido

    Esse carro venderá muito bem.

    • Marcelo Henrique

      Falaram a mesma coisa na época do lançamento do Linea, que embora fosse lindo e ao mesmo tempo deu menos problemas que o Tempra e Marea, nunca vendeu bem devido ao fato da má fama e da explosão de vendas do Civic e Corolla.

      • Edson Fernandes

        O erro foi posiciona-lo em um porte de carro que ele não é. Esse foi o erro da Fiat.

        • Marcelo Henrique

          Concordo, era para concorrer com o Polo.
          Merecia o 1.4 tjet como edição de lançamento, 1.6 16v e 1.8 16v

          • Bruno Wendel Marcolino

            Mas teve Linea T-Jet em 2009, depois saiu de linha por algum motivo do além, mas é possível achar Linea T-Jet usado.

        • Iran Borges

          Acho que o maior erro mesmo foi não ter colocado um câmbio automático de verdade, pois o carro era bonito por dentro e por fora, e talvez até desse pra enganar como médio se tivesse isso desde o lançamento.

          • Edson Fernandes

            Se ele tivesse cambio automatico antes do facelift ao mesmo preço do Liena 1.8 dualogic Essence, eu teria comprado ele.

            Daria para ter comprado com negociação o Essence com ar digital, rodas aro 17″ (faz parte do pacote que eu recebi), som com bluetooth (blue me) e bancos em couro.

            R$46000 mas sem pintura metalica (eu vi um branco na epoca)

            Se tivesse o Essence com o cambio citado eu teria tido.

      • Debraido

        Marcelo, estava me referindo à Europa, mais especificamente na Italia, onde seu preço começa em 12.900 Euros.
        Lá, ele foi posicionado abaixo dos médios como Civic, Corolla, Golf, 308, Megane, etc.
        Se por aqui, caso venha a ser lançado, a Fiat posiciona-lo da mesma forma, acredito que tenha bastante sucesso. Não acredito que repetirão o mesmo erro que cometeram com o Linea. Que, apesar de ser um bom carro, não passa de um Punto sedã e a FIAT tentou vende-lo como um carro genuinamente médio.

  • HugoCT

    É muito Bonito. Se vier para o Brasil a fiat poderia ter 2 versões, sendo: com Motor 1.8 etorQ evo 135 cv. (manual e automatica 6 vel) e 1.4 T-jet 152 cv. (manual e automatica, como no golf). Quanto a corolla, Civic e Focus, deixem que se matem entre eles, a fiat pode pegar outro nicho de mercado, como o Renult fez com a Oroch e a propria Fiat com a Toro.

    • Lucas Irrthum

      Qual nicho de mercado a Fiat pode pegar com o Tipo? Entre os sedãs médios e os sedãs grandes? Com essa motorização e tamanho de carroceria, acho pouco provável.

      • PedroHMC

        Entre os compactos “”premium””(Cobalt, Fiesta, City) e os sedans médios, é mais provável

        • Thiago Maia

          Exato. É isso mesmo. Um carro bem construído – em tese, é a idéia -, do tamanho de um sedan médio compacto e preço abaixo dos mais tradicionais.

          Mas tá na cara que é um carro melhor que o Cobalt. Daqui a pouco vão querê-lo como rival do classic somente por “ser Fiat”.

        • Lucas Irrthum

          Então seria uma nova categoria, “compactos premium um pouco maiores que são quase sedãs médios” hahahaha.

          • 0terceiro

            Já tem tanta categoria por aí que nem sei direito qual carro pertence a cada uma.

            Temos, por exemplo:

            – Sub-compactos (J2, X1H)
            – Compactos (Gol, Uno, etc)
            – Compactos Plus Size
            – Compactos Premium
            – Meio-médio
            – Médio
            – Médio-Grande
            – Grande
            – SUV
            – SUP (Toro e Oroch)

            Aí esse Tipo entra na nova categoria “compacto premium plus size meio-médio”
            kkkkk

            • Lucas Irrthum

              kkkkkkkkk, gostei do nome da categoria.

      • HugoCT

        Ele tem o mesmo tamanho da geração anterior do Corolla (fabricado até 2014), pode ver. O civic e corolla tambem tem motor 1.8 16v, é so fiat atualizar ele. Em termos de dimensões ele pode vir a brigar com os medios, o focus e grande por fora e apertado por dentro (por exemplo). E o porta malas, maior que o do civic, acho que não tem regra definida, alguns milimetros/ centimetros a mais a menos não podem tirar ou colocar um carro em uma categoria.

        • Murilo Soares de O. Filho

          Brasileiro adora comprar carro por metro.

          • sigma7777777

            Se o tamanho da garagem for limitada, como é no meu caso, esses 4,54 do Tipo me agradam e muito.

          • 0terceiro

            Nem carro eu tenho,
            mas tenho muita vontade de, quando for ter um,
            conseguir encontrar um carro que me cabe sem me espremer.

            E nisso, até hoje, os compactos não me atendem.
            Sou quase ‘obrigado’ a comprar carro por metro.

            PS: sem contar que sempre achei os carros grandes lindos!
            Tá cheio de carro grande bonitão por aí,
            o que falta é a grana
            kkkkkk

        • Thiago Maia

          Esse carro é uma alternativa mais barata aos medios tradicionais. Essa é idéia. Está mais para médio(usando a terminologia brasileira e europeia) do que compacto, como insistem alguns

          • Edson Fernandes

            Só que bitola, concepção mecanica, conforto de marcha, entre outros…. ele está mais para compacto que para um médio.

        • Lucas Irrthum

          Sim, concordo com tudo o que disse. Mas não vejo qual outra categoria o Fiat Tipo poderia entrar, tal como você citou.

          • 0terceiro

            Já falei mais acima: compacto premium meio médio plus size

  • klaus

    curti essa frente

  • Fábio

    Tem ângulos que esse carro fica muito bonito. Aliás no geral é um carro bonito e aparenta ser bem feito. Se a Fiat não tiver olho gordo e posicioná-lo corretamente, pode vender muito bem.

  • Willian Ricardo Rodrigues

    a Fiat devia pegar um Alfa ou um 200 dos EUA e colocar como sedan aqui, esse ai será fiasco igual aos outros, enquanto a FIAT não fizer melhor que os concorrentes nesse seguimento nunca venderá mais que o Cruze que é o terceiro ou quarto do seguimento

    • automotivo

      Bom comentário… até chegar em ´´seguimento´´…..

  • sigma7777777

    O visual me agradou, no entanto estou curioso para saber sobre o conforto da suspensão e isolamento acústico, pois os sedans médios japoneses de entrada oferecem boa solução nesses quesitos.

  • Jeremias Flores

    visual interessante, mas nada de muito.

    pra mim os dois problemas: moter e-torq e o logo na grade frontal

    • sigma7777777

      Realmente, o logo chama muito a atenção e quem sabe pudesse ser colocado apenas na traseira.

      • Jeremias Flores

        o lance é que por ser fiat, sedã médio não vende, o mercado já criou a estigma.

        • Edson Fernandes

          Por isso que ele não seria vendido como médio e sim como um compacto acima do Grand Siena.

          • CorsarioViajante

            No lugar do Linea então?

            • 4lex5andro

              pra enfrentar city e nfiesta, esse novo tipo tem que vir no lugar do linea mesmo..
              mas do jeito que é a fiat, o bravo tambem devera ser descontinuado..

            • Edson Fernandes

              Exatamente. Se ele vier, iria para ocupar a posição do Linea. E apesar da Fiat dizer que é um produto simples, para nosso mercado ele se encaixa perfeitamente no perfil de atualização do Linea, podendo colocar novamente o motor 1.4 T-Jet e melhorar o 1.8 Etorq. além disso colocar o cambio de 6 marchas.

              Isso seria interessante se a Fiat conseguisse disputar de frente com o Cobalt. Ele é mais carro que o Cobalt, só falta ter o preço correto (claro que essa é meu ponto de vista).

        • Bruno Wendel Marcolino

          ele é compacto…

          • Jeremias Flores

            Novo Fiat Tipo mede 4,54 m de comprimento, 1,79 de largura, 1,49 de altura e 2,64 de entre-eixos

            Civic mede 4,52m de comprimento, 1,75 de largura, 1,45 de altura e 2,66 de entre-eixos

            Corolla mede 4,62 de comprimento, 1,77 de largura, 1,47 de altura e 2,70 de entre-eixos

            vou pelos numeros…

            • Diego

              A noção de compacto/ médio /grande varia muito de mercado pra mercado…
              Civic/Corolla são médios por aqui, mas são compactos no mercado americano.

              • Jeremias Flores

                logo, isso quer dizer que o Tipo vai ser médio por aqui e compacto no mercado americano.

            • Bruno Wendel Marcolino

              então Cobalt e Versa são médios pra você?

              • Matthew

                Compactos plus size. O Tipo tá mais pra um médio-compacto como o Civic e o Corolla.

                • Bruno Wendel Marcolino

                  Só se for pra você, qualquer matéria sobre o carro informa que ele será um compacto “plus size” como você nomeou.

            • Matheus Lelis

              Se fosse outra marca poderia ser médio, como é da fiat, não pode.

        • sigma7777777

          O carro parece bom e acho que tem potencial para mudar essa imagem.

  • Higo Belchior

    O carro é bonito mas essa CMM é muito pequena. Até a tela do meu celular é maior.

  • dogmarley

    se tratando de praticamente o mesmo produto, prefiro o design do Dodge Dart em primeiro, em segundo o Fiat Viaggio e este deixo por último. Não ficou feio, mas a traseira paga-pau de Civic 2016 não me desceu…

    Por favor FIAT, se trazer com o E-Torq eu até entendo, contando que tenha ainda opções 1.6 aspro e 1.4 turbo.
    Mas DUALOGIC não aceito.
    Se for Dualogic é mico CERTEZA, e eu to longe de ser a Mãe Diná!

    • Edson Fernandes

      Não, não é o mesmo produto. Esse modelo é feito em cima de uma plataforma de compacto (EDITADO) sugerindo a plataforma modular da familia 500 e o Dart/Viaggio em cima de uma nova plataforma média e é superior em tamanho.

      • dogmarley

        cacetada ai sim, isso foi uma aula hahah
        não sabia que tinha essas mutretas, é certeza dessa afirmação? Dart se não me engano é plataforma derivada do Bravo.
        O desenho das portas, colunas, painéis, etc, são muito parecidos. Só muda nodetalhe do caimento das janelas traseiras.

        Apesar que se os resultados dos testes de segurança tiverem o notas razoáveis, pelo menos pra mim a plataforma X ou Y indifere.

        • Edson Fernandes

          sim, tenho certeza. Mas é o que vc disse, o Dart, assim como o Viaggio são derivados da plataforma do Bravo ao contrário do Tipo que é em cima de uma plataforma compacta e feito para ser simples. (exemplo da simplicidade é mais focada em intercambear peças entre modelos compactos).

  • zekinha71

    Vamos ver quantos anos levará pra chegar aqui e se chegar.

    • 4lex5andro

      com a chegada do yaris, da toyota, nao é impossivel ..

      mas a fiat, diferente dos outros fabricantes, sempre deixou bem entendido que seu negocio no mercado brasileiro, é carro pequeno..

  • V.mario

    Achei muito bonito, se a Fiat posicioná-lo de forma adequada no mercado, pode sim vender bem.
    Precisa também de um câmbio aut., opções de motores 1.6/1.8 e 1.4T, bom nível de conforto e principalmente um pós venda “condizente”.
    Melhorar esses motores e-torq para obterem um melhor consumo e boas respostas em baixa, sem esquecer claro de um câmbio manual, melhor que os usados na família Palio, nunca dirigi o Linea por isso ñ sei se o câmbio dele é diferenciado em relação aos outros menores.

    • Matheus Lelis

      Eu tenho um com motor 1.8, acho ele bem econômico na estrada, eu fiz uma viagem de 250 km ontem, andando a 110, ele fez 9,8 km/l no etanol, coisa que muito 1.0 não consegue. Mas na cidade…. é no maximo 4,5 km/l

      • Vitorugo V.

        9,8km/l economico? um civic lxr 2.0 fez 12 km/l na bandeirantes a 120. Fluence CVT 10,5 km/l.

        • Matheus Lelis

          Na bomba? Sei não heim, mas tudo bem, só que você está esquecendo de uma coisa, fazer média na bandeirante toda plana, é uma coisa, aqui em minas é totalmente diferente, pista simples com caminhões que não deixam manter uma velocidade, toda cheia de subidas, tudo isso atrapalha o consumo. No plano sem caminhões pra atrapalhar como é a bandeirantes, aumentaria mais ainda a média. Então antes de achar ruim, pergunte primeiro as condições das estradas, nem todo mundo tem a oportunidade de ter a bandeirantes como rodovia, a realidade é totalmente diferente do que você está falando, com pistas ruins, simples, caminhões atrrapalhando e tudo mais. Mas mesmo assim, eu acho média acima de 9 no etanol muito econômico, acima disso pra mim é lucro, um dia você trás seu civic e fluence aqui na região e faça essa média que você falou, aí sim quero ver se é econômico. Talvez o que é econômico pra mim não é pra você, e vice versa

  • nightwishjp

    Isso é apenas o básico lá fora, se vier com esse pacote aqui…. hahahaha

  • Paulo Santos

    Ontem vi ele passando aqui em Pindamonhangaba todo cheio de adesivos, mas não conseguiu tirar fotos!

    • zekinha71

      Vc deve ter visto o Toyota Yaris, que está sendo testado na região.

  • Lucas

    Só o nome que não traz boas lembranças.

  • Vitor Barcellos

    Pq essa Central tão pequena? Parece ser do mesmo tamanho que a do UNO

  • Marcos Lopes

    novo grand siena.

    • 0terceiro

      Ou “Grand Grand Siena”
      ou ainda
      “Grand Siena Plus”

  • Franklin Diego

    Particularmente me agradou muito o interior desse veículo. O lado de fora é agradável.
    Apesar de não ser muito fã de carros sedans, esse aí seria um carro da FIAT abaixo dos 100 mil que a primeira vista eu teria.

    • Bruno Wendel Marcolino

      beeem abaixo de 100k, se chegar perto de 100k a Fiat merece um premio e quem comprar mais ainda.

      • Franklin Diego

        Do jeito que andam as coisas por aqui, honestamente, não duvido que esse carro na versão TOP chegue na casa dos 80k…

  • Leandro Santos

    Vem apenas com o necessário…………….

  • Felipe Vianna

    Uma coisa que não consigo encontrar em nenhuma notícia desse carro é se o painel e portas são de material emborrachado/injetado/macio ou se é plástico duro.

  • CorsarioViajante

    Não acompanho muito a Fiat, mas fiquei surpreso com as motorizações a gasolina disponíveis. Para os padrões dos comentaristas, só “motor fraco”, realmente a Europa surpreende muitas vezes oferecendo motores aqui restritos à compactos em médios por exemplo.
    Quanto ao visual, é legal, mas nada revolucionário. Se demorar para chegar vai chegar já meio cansado. Aliás, nem sei onde a Fiat iria encaixar ele aqui. Talvez tirasse Linea e Grand Siena e colocaria só ele no lugar?

    • Diego

      Mas os problemas são da Fiat Brasil que desistiu de melhorar os motores de baixa cilindrada. Na Europa tem motores bem mais interessantes, compartilhados com a Alfa Romeo.
      O visual ficou muito bom, me lembrou bastante os da Dodge (especialmente o Dart / Charger).

      • CorsarioViajante

        Pelo que vi um dos motores é o 1.6 E-torq igual ao daqui, e o outro um Fire 1.4 16v, que acredito também tivemos aqui, mas com 8v. Posso estar fazendo confusão pois não acompanho muito a Fiat.

        • dogmarley

          quanto ao Fire é isso mesmo! tivemos apenas com os 8v.
          Ledo engano, se pegar esse Fire 16v e turbinar, temos o T-Jet.

          • Francisco Lunardi

            Aqui tinha o Fire 1.3 16v.

  • Rafael Straus

    Por mais que seja bonito, não tem o estilo tão marcante quanto o Linea.

    Até parece a história se repetindo: o estilo do Marea também não estava à altura do Tempra.

  • Matheus Cavalheiro

    Direção, cluster e painel do Renegade, certo?

  • FocusMan

    Um dos carros mais sem graça ja lançados: EVER

  • sepchampions

    Gostei do visual, não ligo se é Fiat, sendo um produto bom com preço atraente podem chamar de médio, ou sub-compacto que estará na minha lista ainda mais se vier concorrendo com o N. Fiesta com equipamentos e preço parecidos

  • Joaquim Grillo

    o painel desse carro é feio que dó

  • Daniel

    Se eu fosse diretor da FIAT e trouxesse este carro para vender no Brasil, a primeira coisa que faria é mudar o nome.

    Além do primeiro Tipo ser da época onde a FIAT tinha sua pior fama, o veículo por si só pegou também alguns adjetivos peculiares, como “carro que pega fogo”, etc.

  • Paulor1899

    Parece um Marea

  • Guilherme Eduardo

    Sevier para o Brasil, como ficaria a linha de sedans da Fiat? Hoje é Siena EL, Siena, Grand Siena e Linea. Pra mim acredito quedá pra tirar o Siena EL e colocar o Siena normal no seu lugar com facelift e vender como compacto, Grand Siena vende como intermediário e o Tipo entra no lugar do Linea e tenta vender como médio.

    • 0terceiro

      Qual é o Siena ‘normal’?
      Só tem Siena EL, Grand Siena e Linea.

      • Guilherme Eduardo

        Tiraram o Siena com frente de Strada, aquela com farol projetor!!! Tô desatualizado kkkkkk

    • Hox

      O Siena EL tem que morrer urgentemente, é um projeto muito defasado – apesar de ser, junto com o Classic, a única opção para quem precisa de porta-malas grande e tem orçamento restrito.
      O Grand Siena continuaria onde está, ele concorre com Voyage, HB20S, Ka Sedan, que são sedãs populares e cuja maioria absoluta das vendas de todos se concentram nas versões abaixo dos 50 mil.
      O Linea provavelmente morreria e abriria espaço para o Tipo. É um bom carro mas o mercado o rejeitou, e já está mais que provado que não importa o que a Fiat faça ele vai continuar vendendo muito pouco.
      O Tipo chegaria na faixa que é o Linea hoje, na faixa dos 60 mil, mas com muito mais apelo. Seria o concorrente de Honda City e New Fiesta Sedan, que estão nessa faixa de preço, entre 55 e 70 mil aproximadamente. Outro concorrente dele será o futuro Toyota Yaris, que é o Mazda 2 Sedan fabricado no México.

  • shdn2010

    O interior do carro me lembrou muito o jeep renegade.

    • 4lex5andro

      de fato, ægea e renegade compartilham a mesma plataforma, e alguns equipamentos como o conjunto de ar condicionado e o painel..

  • Murilo Soares de O. Filho

    No geral o carro está bem bonito e bem projetado, resta saber qual será o posicionamento dele no Brasil caso venha, e qual o padrão de acabamento a ser utilizado aqui. Para quem gosta de telinha no painel, A Fiat vai ter que por uma maior.

  • Rafael Pinheiro

    Carro bonito, gostei muito do visual, mas é só. Não tem interior para disputar com os carros de sua categoria do Brasil, se vier caro então, pode esquecer. É mais fácil a Dilma cair do que a Fiat emplacar um sedã médio. kkkkkkk

  • afonso200

    AT6 = evolução de 10 anos pra FIAT

  • CanalhaRS

    Se a intenção da Fiat é competir com civic, corolla e afins…melhor repensar…

  • Luciano Barbosa

    Será se vem com a suspensão do Grand Siena? Com eixo dianteiro (aproveitado do palio fire) mais estreito que o eixo traseiro? Aquilo é uma aberração. kkkk

  • Gustavo Miranda

    Aqui não tem espaço para esse carro, nosso mercado é pragmático e modelos de uma mesma marca com pouca diferenciação entre si não se saem bem por aqui, haja visto Prisma/Sonic/Cobalt, até na “beleza” eles se assemelham, Sonic foi pro espaço por falta de venda e os outros dois roubam volume de vendas um do outro.

    E esse Tipo parece equivalente a um Grand Siena… com a vantagem para o Grand Siena, que parece mais “cool”. Aqui vai ser mais um Marea ou Liena da vida… Se a Fiat quiser conquistar seu espaço na categoria de sedãs médios o mais indicado é o Viaggio, que está mais distante do Grand Siena em porte e visual. Não conheço o Viaggio de perto, mas vi um Dodge Dart novo perto do Shopping Butantã há um tempo atrás, e apesar de ter outra frente, o Viaggio é igual em tudo mais, eu afirmo, ele tem porte e presença para conquistar quem gosta de Corolla e Civic.

  • ################Carlao GTS

    Esse vem. E aposto que a perua chega primeiro.

  • Vattt

    Cogitado a apenas chegar defasado (atual só se lançar em janeiro de 2016)!!! Dai a Fiat vai querer fazer propaganda de que o produto é o melhor. Ou fazer como o Linea, um compacto com preço de médio, que não decolou.

  • Magnus Lincoln

    Motorzinho E-semtorq ordinario , passo .

  • Jose Silva

    Finalmente FIAT reduzindo peso dos seus veículos. Carro deste tamanho com 1100kg, isso faz até um motor 1.4 fire render. O punto 1.4 no Brasil tem 1200kg só de efeito de comparação, o Linea 1350kg. Esse novo Fiat com 1100kg ou 1150kg com motor 1.8 vai ser interessante.

  • kikofar

    Por fora, gostei. Achei o carro resolvido. Por dentro, confesso que senti ‘ares’ de Siena. Não gostei tanto.
    Mas, sendo muito sincero, vai depender de como a Fiat vai posicioná-lo no mercado. Se ela achar que é mais um anti-Civic ou Corolla e botar preço apenas 3 ou 4 mil reais abaixo, vai se dar mal! Esperando cenas dos próximos capítulos (caso eles se desenrolem desse lado do Atlântico).

  • Runner

    Cara de carro retrô…..mais um mico da Fiat, caso venha para o Brasil.

  • Diogo Oliveira

    O Carro é perfeito mas, porque raios a Uconnect é tão pequena?