Jeep Segredos-Flagras SUVs

Novo Jeep Compass será apresentado antes do Salão de São Paulo, segundo site

novo-compass-flagra-1

Para aumentar sua participação no segmento de utilitários-esportivos, a Jeep prepara a estreia da nova geração do Compass no mercado brasileiro. No entanto, ao contrário do esperado, o novo modelo não será revelado durante o Salão de São Paulo, que acontece entre os dias 10 e 20 de novembro. Segundo fontes, a novidade deverá ser apresentada no fim de setembro, em uma espécie de avant-première.

A chegada do novo Jeep Compass nas concessionárias está prevista para o último trimestre do ano. O modelo deverá ser oferecido com um motor 2.0 Tigershark flex, com 160 cavalos de potência, acoplado a uma transmissão automática de seis marchas, além de um 2.0 Multijet a diesel, de 170 cv, com câmbio automático de nove marchas e tração 4×4, o mesmo conjunto já usado pelo irmão menor Renegade.

Quanto ao preço, o novo Compass deverá partir de cerca de R$ 120 mil, podendo alcançar os R$ 160 mil na versão topo de linha. Detalhes oficiais serão divulgados em breve.

[Fonte: UOL Carros]





  • Bruno Silva

    Se partir de 100mil vai ser sucesso. Acho também se custar mais de 120mil na versão de entrada vai ficar complicado, pois se acha o Cherokee por 150mil, e Q3 nessa faixa etc.

    • Raimundo A.

      O atual, importado, custa R$ 110mil com frete e tem alguns equipamentos tipo teto solar simples e air bags de cortina. Não há CMM, o motor tem menos de 160cv e o câmbio é CVT, isso somente com a tração 4×2 aqui.

      Como produto antes importado não significa redução de preço ao ser nacional, e ainda deve-se considerar que é uma nova geração, em tese, apenas R$ 10mil a mais sobre o atual preço tá muito bom. Por quê? Pode não ter os air bags extras como o Renegade não tem, mas terá o que o povão quer que é uma CMM, mesmo que simples, para na top ou opcional se ter a melhor. O motor será mais potente, flex, e o câmbio mais esperto. Recursos que atual importado não tem de série e são comuns para a categoria, o novo terá, além da modernização estrutural para novas regras de segurança que força encarecimento do preço.

      Ideal seria manter o preço do importado mesmo com as melhorias, pois de certa forma perde-se equipamentos comumente opcionais, além de R$ 110mil ser um preço mais competitivo perante os concorrentes. Por outro lado, se partir de R$ 120mil, em tese cria margem para alocar um possível suv do Toro que teria como diferencial melhor espaço interno. É o que vemos entre Freemont e o Compass com preços próximos.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Acho o preço puxado, mas a realidade de nosso país ninguém explica…

    • th!nk.t4nk

      O pior é que o preço está “bom” até. O problema é a perda do poder de compra no Brasil :(

      • Tosoobservando

        Preço bom? kkkkk mereço tais comentarios. Esta absurdo de caro, e nao importa se tem custo brasil ou o que for, esta caro sim e nao vai deixar de estar tao cedo.

    • Raimundo A.

      Puxado é a Honda cobrar pelo CR-V 4WD mais de R$ 130mil e não é lá essas coisas. Puxado foi a CAOA ao trazer o ix35 cobrar, salvo engano, quase R$ 20mil a mais sobre o Tucson.
      Da mesma forma, vermos a Toyota cobrar absurdo pela Hilux SW4, mas mesmo sendo bem mais cara e com mecânica pior comparada a TrailBlazer, é o Toyota que vende mais.
      O fabricante determina um preço baseado nos custos, concorrentes, status e sua clientela cativa. Se este último aceita o valor cobrado, então a culpa é deles e não diferente do que várias criticam que os fabricantes não respeitam os clientes.
      Se os clientes tivessem conhecimento do que elas fazem lá fora e valorizasse muito mais o seu dinheiro, deixaria de comprar a quem cobra mais por menos mesmo que a confiabilidade tenha peso. Confiabilidade todos tem que entregar. Ninguém compra um bem durável para durar pouco.

      • Guilherme Batista

        É isso mesmo, povo esquece que os preços no Brasil já mudaram faz tempo, nem esperaram o carro ser lançado e já estão reclamando

  • Alligator

    Coloquem o motor do Alfa Giulia nesse carro

  • 1C4TORZE

    120 mil?!?!? Ta bom viu dona Jeep, já tá pegando o jeito né?

  • Lzu

    Estou lembrando do lançamento do Renegade. O diesel era esperado entre 80-85 mil e veio a 99. Será se o Compass flex fica a 120 mesmo? Será se o diesel fica a 150-160, já que o Renegade Trail já está por 135?

    • Lzu

      Comprei um Renegade (Lgtd flex) na estréia (jul/15), fila de espera, e achei vantagem por escapar do ágio. Comprei um segundo Renegade (Lgtd diesel) 6 meses depois (fev/15), já por 10 mi abaixo da tabela. No Compass, não cometerei o erro do primeiro Renegade… só quando estiver como o Renegade está agora, e com desconto maior.
      Se não existissem os afobados por novidade (como eu fui), quem sabe apolítica de preços já fosse diferente.



Send this to friend