Europa Hatches Lançamentos Renault Salões do Automóvel

Novo Megane: Surgem as primeiras fotos na internet

Renault-Megane-2016-1

Surgiram as primeiras fotos do Novo Megane de forma não oficial na Europa. O médio da Renault apresenta um visual agressivo, inspirado no sedã de luxo Talisman. O modelo da marca francesa fará sua estreia no Salão de Frankfurt.

Faróis de LED, LEDs diurnos e LEDs para neblina podem ser vistos na parte frontal, enquanto na traseira as lanternas também dispõem de diodos emissores de luz. A versão das fotos é a GT, que vem personalizada também por dentro.

Renault-Megane-2016-3

No interior, o Novo Megane 2016 tem um visual sofisticado, destacando-se o cluster análogo-digital e a multimídia Multisense com tela vertical sensível ao toque. Há freio de estacionamento eletrônico, HUD, paddle shifts proeminentes e porta-copos com tampa.

Feito sobre a plataforma modular CMF, o Novo Renault Megane terá motores 1.2 TCe de 130 cv e 1.6 TCe com 200 cv, além de naturalmente vir na versão RS, que pode chegar com este último propulsor, mas com algo entre 270 e 300 cv. A transmissão será manual ou EDC com dupla embreagem.

Galeria de fotos do Novo Renault Megane 2016:





  • FFSB

    Putz!!! :-) Tão belo, tão distante!

    A lateral lembrou a Classe A. Tem alguma relação, em virtude da parceria da Renault-Nissan com a MB?

    • Louis

      Eu achei bem mais bonito que o Classe A.

    • Filipe Augustus

      Se o Classe A for nacional, e a base for a mesma, existiria uma chance do Megane vir parar aqui tbm, claro que se isso se confirmar, porque visualmente parece e muito!

      • gveralonso

        A base não é a mesma, a da Mercedes é a MFA e não a CMF da Renault.

        • Jofran Martins

          Nossa, pensei que fosse a CPMF, ou IPVA, ou ICMS!!!
          Chega gelei aqui!!!!

  • Khusller

    Tá massa. Esse 1.6 de 200cv por 100 ~ 120 mil seria uma boa opção.

    • EuMeSmObYmYsElF

      o mercado brasileiro ta perdido mesmo…

      • duhehe

        Acostume-se ao fato do real não valer nada e os impostos dobrarem o valor do carro.
        Por 120k dilmas vai estar é barato.

        • Edson Fernandes

          Eu discordo. A não ser que estejamos falando da versão RS.

          • duhehe

            Faça a conta reversa, partindo de 120k Dilmas, vai tirando os impostos e depois divide pelo preço do Euro… não sobra nada.

            • Edson Fernandes

              Eu penso que se um Golf teve como chegar ao preço que chegou, o Megane também pode.

              Para mim, ou a Renault lança versões civis além da esportiva ou terá vendas minguadas mesmo. As pessoas precisam conhecer o produto e falar bem, para que alguem mais entusiasta compre e possa fazer propaganda. Antes de tudo, Megane é carro para boas vendas e não para ser nicho de mercado.

      • DevXav

        Eu falo, esse mercado nacional tem que levar facada sem dó mesmo..
        O sistema aqui é “tão bruto” que nego acha boa opção pagar 100 mil reais em carro que deveria custar 60, 40 em carro que deveria custar 20…

        Nada acontece, feijoada.

        • Khusller

          Anda a pé ou paga 100 no corolla então. Os preços tão aí, sou eu que tô dizendo que DEVE custar 100 pra ser bom não.

          • DevXav

            Novamente, péssimas sugestões.

            Reitero que esse mercado nacional merece a facada que toma.

  • Rmx

    Ficou legal!!
    Se os futuros Dacias forem parecidos o grupo Renaut lança no BR um quase igual!!!!!!!

    • Bruno Wendel Marcolino

      SQN.

    • Edson Fernandes

      Mas os atuai Dacia já tem esse visual da dianteira parecido com isso.

      Não é rebuscado, mas os desenhos são bem proximos.

  • DTF

    Lindo….uma pena apenas sermos um país de quinto mundo e por isso merecermos apenas a defasada linha da Dacia…..

  • Wellington Myph13

    Bem que a Renault podia apostar um pouquinho mais e trazer o Megane Hatch, mesmo que como Fluence…

    • Edson Fernandes

      Poderia mesmo. Eu seria um forte interessado.

    • Marcio Santos

      Por qual motivo traria? O brasileiro compra apenas os dacia, todos os renault (incluindo o fluence) que foram oferecidos não venderam.

      • João Felipe Machado Silvestre

        lembrando que o fluence NÃO É Renault…rs

    • Alexandre

      Seria outro forte candidato a comprar o megane hatch

  • Rbs

    kkkkkkkkkkkkkkk Renault!! Que coisa linda!!! Deu crise de riso, a beleza.

  • Franco da Silva

    Muito bom!
    E os bancos de couro enterrados com o console no meio?! Esportivão!

  • Franco da Silva

    Ah, e essa tela na vertical?! Escola Tesla em ação. Medo dos painéis virarem só essas telas sem graça!

    • Rbs

      Tem razão.

    • Fábio

      Vai se acostumando, é a tendência.

    • Porque medo? E o que teria mais “graça”?

      • Edson Fernandes

        E pensar que esse interior está muito lindo….

    • Edson Fernandes

      Tesla?

      Eu já digo que isso vem da Volvo.

  • Fábio S

    Achei lindo esse carro, embora tenha ficado meio estranho aquela tela na vertical, nada que desabone o interior excepcional! Não entendo o motivo da Renault não trazer esses modelos que tem na Europa pra cá.

    • Bruno Wendel Marcolino

      não entende?

      Simples, se vierem não teremos mecânicos que saibam mexer e logo logo a Renault volta com a má fama de manutenção “complicada” que adquiriu logo quando veio para o Brasil e quando ainda trazia carros alinhados com a Europa.

      Laguna, Scenic e o próprio Megane hoje valem menos de 10k no nosso mercado de usados e um Gol 92 vale mais de 10k, pra ver a ignorância.

      Merecemos Dacia…

      • Edson Fernandes

        Não entendo.

        Se o Fluence que é o sedan desse modelo pode, porque esse não?

        Lembre-se que se viesse para cá, iria ter a motorização da Nissan (e creio que no hatch teria até o motor 1.6 que poderia ser de origem Nissan) e no maximo um TCe na versão esportiva que duvidaria ser a de 300cv (uma de 200cv e o pessoal já ficaria feliz da vida).

        • Bruno Wendel Marcolino

          Que eu saiba, Fluence é da marca Samsung e não é o Megane sedã.

          não afirmo pois não tenho certeza. Mas o que quis dizer é que quando a Renault estava alinhada com a Europa, teve fama de manutenção ruim e frágil.

          Até porque, esse Megane não vai usar o motor 1.6 da Nissan na Europa correto?

          Se vier só o “casco” pra cá eu até concordo contigo, mas trazer a motorização de lá infelizmente acho que seria um tiro no pé.

          • Edson Fernandes

            Então vamos lá…rs

            Vc afirmou algo que vc não conhece…rs

            Vamos contar um pouco: O SM3 (Fluence) é fruto de uma parceria com a Samsung. O que fez essa parceria? ajudar no desenvolvimento do desenho da carroceria.

            Perceba que o Fluence é evidentemente um carro globalizado:
            – Motor e cambio Nissan (no mercado brasileiro)
            – Plataforma Megane da segunda geração
            – Desenho feito na coreia do centro de design da Renault França com estudio coreano da Samsung

            Sobre a questão de uso, creio que vale o que o mercado pedir. A europa não é chegada a sedans, portanto, não faz muito sentido ter o Fluence por lá. E todos os que exsitem sendo considerados compactos (um Focus hatch é um hatch compacto lá) são para uma questão de flexibilidade hatches ou então partem para uma SW.

            Voltando a questão de motorização, se lá possuem um motor em concorrentes mais moderno, economico e opções gasolina e a Diesel, porque iriam retroceder no motor HR16DE da Nissan?

            O motor da Nissan para o nosso mercado é motor atual, para eles, seria de geração anterior, ainda que não faça muito sentido, só caberia se fosse uma opção de entrada abaixo dos motores turbo downsizing.

            Mas para o nosso mercado, caberia um Megane 1.6 e um 2.0, alem de um esportivo.

            Sobre o Megane: Ele é bem robusto. Quem teve sabe disso. Ele tem alguns detalhes a revisão, mas certamente não são mecanicos.

            Portanto, o Megane mais atual seria uma bela opção frente aos demais concorrentes.

            • Bruno Wendel Marcolino

              1º não afirmei, exatamente por não saber, conforme escrevi, falei o que eu achava que era.

              2º Conforme falei, se usarem o “casco” do Megane com o motor Nissan por aqui, SEM DUVIDA seria uma ótima opção, tanto 1.6 como 2.0, pois além de um desenho bacana, usaria um motor que estamos acostumados a ver por aqui, ainda que eu defenda a vinda de motores atuais, sei que nossa mão de obra seria escassa, ou seja, concordei contigo.

              3º Sei que a linha Megane tem boa durabilidade, porém os primeiros tiveram certo problema devido ao motor ser novo na época.

              Eu certamente gostaria de ver o Megane por aqui e toda linha da Renault na Europa na verdade, porém a Renault preferiu trazer os Dacias…fazer o que.

              • Edson Fernandes

                Mas a Renault fez a liçaõ de casa: Se eles trouxerem o Megane hatch com outro nome, isso tira o historico da marca. Foi o que eles fizeram ao lançar o fluence que tem otima aceitação.

                Incrivelmente eu pesquisando sobre ele, qdo anuncia vende! Alias, eu por tomar tempo para escolher, vou querer tentar fechar e qdo vejo o cara já vendeu. Perdi compra por conta disso.

                • Bruno Wendel Marcolino

                  isso é verdade, trocar de nome no Brasil dá certo muitas vezes, só a Fiat não tem sucesso nisso hehe Tirou tempra, tipo, marea, brava e segue sem ter vendas fortes em seguimentos mais caros…

                  • Edson Fernandes

                    Mas também convenhamos: trocar a CADA MODELO é um belo tiro no pé né?

                    O consumidor brasileiro ainda tem apego ao nome de um produto… ele pode ser totalmente diferente, o consumidor vai se apegar a isso. Tanto que a Fiat ficou com receio do nome Bravo ligar ao Brava. Por isso aquelas propagandas terriveis de lançamento.

                    Mas para mim, se fosse Stilo, a Fiat continuaria um carro que chegou a fazer muiito destaque em vendas para a marca.

              • Edson Fernandes

                E me desculpe pela minha resposta anterior, não quis te ofender.

                • Bruno Wendel Marcolino

                  não achei ofensivo, tudo de boa!!

    • A tela na vertical permite que os comandos fiquem mais próximos do motorista. É claramente uma questão ergonômica.

  • Fanjos

    Tanto faz…. Nunca virá

    • th!nk.t4nk

      Do jeito que tem cada vez mais brasileiro se mudando pro exterior, vale a pena acompanhar o mercado europeu sim.

      • Fanjos

        Acho que a Europa não é o melhor destino para se fugir para as montanhas agora o___O

        • fschulz84

          Sim, realmente buscar “abrigo” nos países mais procurados da UE não é bom negócio agora…

          Mas tem muitos países nem tão procurados que podem propiciar uma qualidade de vida bem interessante.

          Cito dois que conheço: Eslovênia e Eslováquia

          O primeiro é aquele típico país que se vive bem com muito pouco. Praticamente não existem indústrias, o foco do país é a agricultura orgânica. Eu tenho como meta de vida ter a oportunidade de pelo menos morar 1 ano por lá.

          O segundo vem crescendo muito na área industrial (principalmente automobilística) e se tornando um polo para empresas de TI. Não tive a oportunidade de passar muitos dias por lá, mas 1 dia já foi o suficiente para me fazer pesquisar mais e descobrir o quanto vem crescendo.

          Acho que com a crise migratória que vem ocorrendo por lá, existem grupos extremistas nos países (principalmente Alemanha, Áustria e os países nórdicos) que começaram já a perseguir os estrangeiros que estão entrando no país e, mesmo não sendo um refugiado, creio que cresça muito uma onda de preconceito com estrangeiros.

  • PEDAORM

    Bem bonito no geral, mas como sempre pecam na exagerada ênfase e tamanho desse emblema frontal.

  • No_Name

    Genérico. Design-cópia de vários carros: Classe A, Golf, Focus, 308… Tá difícil alguma coisa original.

    • Bruno Wendel Marcolino

      ????????

  • Vitor Yohan Casaes

    Exageros estéticos à parte, a evolução do caro é muito grande, gostei bastante no geral.

  • V12 for life

    Mais sóbrio que o atual, realmente lindo.

  • Zazula

    Me Surpreendeu!!Muito Bonito!

  • Zeca Piroto

    Putz… porque a Renault do brasil, pelo menos, não se espelha nesses designs!? iria vender muito mais… ao invés disso fica apostando na bagaça da Dacia… ao menos no disign interior, que ainda é um dos pontos mais fracos da Renault aqui…

    • Achei que o Sandero atual, que acho bonito, lembra bem esse daí

      • Zeca Piroto

        É… realmente, a cor e o simbolo são iguais…Rs. Concordo contigo, o sandero atual está mais bonito, mas é aquela coisa, é um carro honesto e que vende por ser funcional, mas não tem nada que realmente empolgue nele.

  • Alvaro Guatura

    Eu vi o facelift do logan naquela dianteira

    PS: os números do conta giros na foto do painel parece colocada no Paint

  • Fábio

    Tá bonito e elegante, a Renault voltando ao que era nos anos 90 (a partir de 2000 só carro com design esquisito). Só espero que esse novo Megane esteja a altura dos concorrentes, pois o seu “primo” Nissan Pulsar decepcionou e se mostrou apenas “mais um”, o contrário do que a Nissan tinha prometido.
    Pena que aqui ó, NEVER não é Renault?

  • ESouza

    Muito legal a última foto mostrando o vidro traseiro caindo quase reto lembrando a versão dele mais antiga:

    • ESouza

      Vi de novo e aquilo na ultima foto do modelo novo nada mais que é uma aleta.. que acredito que tenha funçoes aerodinamicas… mas q lembrou lembrou rs

  • André Maia

    Gostei desse aí.
    Tomara que venha logo!

  • Felipe Rezende

    igualzinho no brasil…

  • R5GT

    Poxa, bem genérico, não há harmonia (é só ver um Clio IV). Exceto a frente, que ficou ok, desconsiderando os parachoques da GT, que são exclusivos. II>I>III>>>>IV

  • André Borges

    Tem horas que este site vira o muro das lamentações dos vira-latas. impressionante. O mercado de hatches médios brasileiro é dominado por carros globais e up to date com os demais mercados como o Focus, o Golf, o Cruze, o I30. Se a Renault não traz o Megane, sabe bem q é pelas vendas baixas das marcas francesas por aqui. Ela vê a péssima resposta do mercado à Citroën, à Peugeot e se espelha no fiasco de seu próprio passado recente. Por isso, aposta nos carros populares. Não tem nada a ver com o mercado ser de 4º ou 5º mundo. Marcas competentes conseguem boa receptividade em qq faixa do mercado. Sejam menos complexados.

    • Regina Campos

      Super sensato seu comentário, parabéns pelas palavras!!!

  • Bittencourt

    Muito bonito!!!
    Mas ele não é “inspirado” no Talisman, é basicamente sua versão hatch.
    Bom feriado a todos!

    • Fabio Marquez

      Também pensei a mesma coisa. Agora é esperar uma versão Samsung ou Dacia para substituirem o Fluence.

  • Whering Alberto

    E é o Talisman Hatch, é? :B

  • Stéfano

    Perfeito.

  • Alexandre

    Com o devido respeito, a frente, olhando de lado, pareceu o Cobalt. rs

  • Diego Sabino

    A Renault acertou a mão nesse carro! Muito bonito!

  • Bruno Wendel Marcolino

    Aguardando ansioso para ver como será a Megane Gran Tour nova também!!! hehe

    #savethewagons

    • Sam_Van

      Somos dois então. Comprei a minha faz poucos meses e estou muito contente. Já tive Clio sedan 2007 e Scenic 2010, ambos 1.6 privillege, o mesmo motor da GT. Vou ficar muitos anos com ela e espero que quando precisar trocar já tenha uma nova geração disponível, usada de preferência. [ ]s.

      • Acho que infelizmente os fabricantes ainda não fazem carros usados! hehehe
        Mas não seria mais fácil torcer para carros com preços justos do que planejar comprar carro usado? Aí um fabricante lança um carro com bom preço no mercado, tem uma boa oportunidade de negócio e não irá fazer porque? O que um carro usado teria superior a ele mesmo zero km? O preço? O preço com certeza seria mais baixo. Seria mais justo?

        • Sam_Van

          Desculpe se não me fiz entender. Quando falei usado, é porque espero um ano pelo menos após o lançamento para depois comprar. Sou repres. coml. e rodo muito com o carro, então perco muito dinheiro comprando zero, pois tenho que trocar a cada 3-4 anos devido ao uso severo. A Scenic comprei zero somente porque ganhei um baita desconto pois estava em fim de fabricação. Com certeza se pudesse, sempre compraria carro zero, mas como procuro adquirir carros com melhor índice de segurança e que me atenda os requisitos para o trabalho que exerço, o preço me imprede no momento. [ ]s

          • Entendi amigo! Só uma dúvida: Qual ano e modelo da Scénic? Você aconselha o carro? Pelo jeito acaba não fazendo a manutenção pesada, mas o que você poderia dizer da manutenção do dia a dia, estilo freio, alguma parte elétrica?

            • Sam_Van

              Scenic 10/10 1.6 16v privillege. Mesmo motor do Clio 2007 e da atual Megane GT. E não é por acaso, é porque nunca tive problemas sérios com eles, somente na Scenic troquei 3 vezes a correia do alternador, que se desmanchava devido a uma falha na polia que provocava essa avaria na correia. E só. Tentei comprar uma Scenic novamente, mas como não encontrei uma com baixa km, fui na grand tour. Se tens família então, nem se fala. Bancos individuais para todos, bagageiro generoso e o sistema de rebatimento e retirada dos bancos traseiros é muito útil. Realmente não precisei fazer manutenção pesada, apesar do uso severo. São muito econômicos. Trabalho na serra gaúcha e consigo médias sempre acima de 14,5 km/l. Só sinto falta de um bom câmbio automático. Se tens a oportunidade de pegar uma Scenic de boa procedência, vai sem medo. Obs: falam muito mal das automáticas. [ ]s

      • Bruno Wendel Marcolino

        “pode tirar o cavalo da chuva”, hehe.

        Gran Tour não volta tão cedo ao Brasil, primeiro que a Renault só vende Dacia por aqui e Megane é um projeto Renault, outra coisa, com a moda SUV, acha que vão arriscar vendas da Duster para vender Perua? Na verdade, a Duster substituiu a Gran Tour :X

        Enfim, é uma pena não termos mais Gran Tour em linha, mas ainda bem que existem as seminovas hehe.

  • Filipo

    RENAULT ou DACIA DO BRASIL: Nós, “pobres brasileiros”, te suplicamos para que tragas este veículo!!! Não queremos um Mégane Dacia, e sim o legítimo. Golf e Focus estão aqui!

  • Willian Freitas

    renault só tras porcaria pro brasil por que nao tras este megane hum…
    brasil é foda mesmo ainda cobra absurdo por estas porcaria que eles trazem q ninguem quer la na europa…
    acorda brasilll…



Send this to friend