Chery China Crossovers Segredos-Flagras

Novo Tiggo ainda não chegou ao Brasil e já ganha facelift na China

novo-tiggo-2016-1

O Novo Tiggo, chamado de Tiggo 5 na China, ainda não chegou ao mercado brasileiro. O SUV médio da Chery deverá ser fabricado em Jacareí/SP a partir de 2016. Enquanto isso, ele recebe um facelift em seu país de origem.

Inspirado em uma versão conceitual apresentada em Xangai, o Novo Tiggo 2016 teve os faróis remodelados, passando a adotar friso interno personalizado e projetor tipo canhão. A grade não teve mudanças, mas o para-choque ganhou um perfil diferenciado e agora dispõe de LEDs diurnos.

novo-tiggo-2016-3

Na traseira, as lanternas receberam nova configuração de iluminação, enquanto o para-choque adota um desenho mais sofisticado, tendo friso cromado e escapes totalmente integrados ao conjunto.

Por dentro, o Novo Tiggo 2016 teve o acabamento melhorado, destacando-se o redesenho dos assentos e a introdução de detalhes em preto brilhante. A multimídia com tela de 8 polegadas também é outra novidade no SUV chinês. A motorização deve permanecer a mesma, tendo um 2.0 de 139 cv ou um 1.5 Turbo com 152 cv, ambos com opção manual ou CVT.

Galeria de fotos do Novo Chery Tiggo 2016:

Agradecimentos ao Lucas Farias.





  • Brasileiro

    Estão melhorando rapidamente!

    • Pedro Rocha

      O Tiggo vai ter CVT e a Peugeot continua oferecendo câmbio AT4 no 2008…

      • Floma08

        Depois não entende porque vende tão pouco no Brasil. Sei lá, se não se mexeram até agora é porque a situaçãp deve estar boa pra eles.

      • Mas o Peugeot você pode ir na concessionária e comprar o modelo atualizado.

        • Pedro Rocha

          Em partes, já que ele deve algumas coisas em relação ao europeu, mas tem a vantagem ao menos de ter câmbio AT4.

      • oscar.fr

        Pode ter câmbio 10 marchas o Tiggo que eu ainda compro 2008 4 marchas ou qualquer outro modelo de marca confiável 4 marchas. Antes carro fosse só o número de marchas que tem…

        • Tosca16

          É mas se viesse com o obsoleto de 4 velocidades vc’s mesmos não perdoariam …

        • Triton

          Engraçado, marcas “confiáveis” andaram fazendo câmbios não tão confiáveis assim, vide Powershift, AL-4, aquele de 9 marchas da Chrysler, etc… Enquanto isso, sem relatos de problemas com o câmbio automático do Tiggo já vendido no Brasil…

          • Tosca16

            Mas espero que junto ao novo Tiggo restilizem também a versão do Tiggo 3 seguindo os demais mercados como Rússia e China, colocando a opção do câmbio CVT de 7 velocidades .

          • oscar.fr

            Vende quantos Tiggo por mês no Brasil?
            Fazer a pergunta já é responder.
            O Powershift é problemático porque vende milhares por mês, o Tiggo deve vender uns 3 mil ao ano.

            • Leandro Balmant

              “O Powershift é problemático porque vende milhares por mês”. Engraçado falar isso, porque a Honda (apenas um exemplo) vende milhares com câmbio automático e não é problemático.

            • Paulo Bianchini

              Não sabia que se um carro vendesse milhares de unidades, ocasionava problemas no câmbio.

            • Triton

              Não tem problema. Pode estender a pesquisa do Tiggo para níveis mundiais e deixar a do Powershift só no Brasil mesmo. A constatação permanece.

        • Rômulo M.

          Defina confiável né… pq se fosse tão confiável assim não desciam tanto a lenha nesse câmbio de 4 marchas, e o pós venda da Peugeot na minha cidade é digno de marca chinesa ou talvez pior.

          • oscar.fr

            Tirando Honda e Toyota não existem pós-vendas que sejam unanimidade no Brasil. Mas comparar um Peugeot com um carro chinês é sacanagem. Pode parar. Marcas chinesas se comparam entre si, hoje. Não quer dizer que nunca serão marcas confiáveis, mas hoje ainda não o são. É como a Hyundai que nos anos 1990 era um fiasco e hoje é uma marca bem visto, confiável e com ótimo desempenho no mercado.

            • Matheus Lelis

              Honda e Toyota tem o melhor pós venda do Brasil?

              • oscar.fr

                É o que dIz a lenda. Nunca tive estes carros. Pessoalmente, só usei serviço de pós venda VW, Renault e Peugeot.

                • Matheus Lelis

                  Como você tem muitos, que elogiam e criticam algo sem saber ou usar o serviço, tenho um Fiat e na CSS que vou, sou super bem atendido, tudo que preciso tem, e com preço bom, assim como já vi Renault e Ford com ótimo pos venda na minha região.

                  • oscar.fr

                    Mas, sinceramente, eu nunca vi reclamações sérias a respeito de Toyota e Honda. Claro que há muitos poréns nesta história, a começar que nenhuma das duas esteve presente no mercado dos populares. Gostaria de saber se a chegada do popular Etios na Toyota representou uma queda da qualidade de serviço. A durabilidade dos carros de ambas as marcas (novamente não sei se isto se aplica para o Etios) também é algo bastante elogiado. Ao menos que alguém me apresente críticas bem estruturadas para estas marcas, vou continuar tendo esta opinião, pois é o que escutei até hoje. Dito isto, atualmente não teria nenhum carro Toyota ou Honda, pois acho que o mercado oferece opções com melhor custo-benefício que os modelos destas marcas.

            • Tosca16

              Depende muito da região, aqui mesmo não vejo reclamações com a Chery mas algumas com a Citroen, e marcas não tão conhecidas como SsangYong também tem um pós venda considerado bom no estado .

        • Pedro Rocha

          A Peugeot não é tão mais confiável.

          • oscar.fr

            Hahahahahaha, tá bom

        • Paulo Bianchini

          E Peugeot é muito confiável né?!

          • oscar.fr

            Não, Peugeot dura cinco mil km só.
            Tu compra um e dos doze meses do ano ele passa treze na oficina.
            Por isso que ninguém compra na Europa e os chineses vendem horrores (cá e lá inclusive).
            Cherry sim, isso é que é marca confiável, durável e que respeita o consumidor. Só não vê quem não quiser.

            • Lucas

              Cara, aqui em casa temos um Peugeot e eu não gosto dele.
              Carro 2014, 10mil km e já está com problema na embreagem, não vejo a hora de passar para frente (vamos arrumá-lo antes de vendê-lo rsrs)

              Antes dele tivemos um Fox e o vendemos sem apresentar problemas, agora esse Peugeot 207… Embreagem dura demais (acabei com meu joelho), motor não casa com o câmbio.
              Só compramos, pq precisávamos de porta-malas (Fox não possui rsrs) e na época ele tinha bastante desconto e itens de série, tbm sendo de longe, o sedan mais barato entre os concorrentes.
              Mas é um carro de projeto antigo, velharia…acho que os novos devem ser melhores.

              Estou até pensando em escrever um breve relato dele aqui no NA, pq nunca vi um dono não gostar do próprio carro hehe

      • Mr. Bola de FOGO!

        Faz parte da estratégia de mercado da Peugeot, já que, ela ñ tem grande participação no mercado nacional, não vale a pena investir em melhorias dos seus produtos por aqui, seria muito gasto pra pouco ganho.

        • Pedro Rocha

          Teremos que aguardar a substituição dos automatizados de 5 e 6 trancos pelo AT6 atualmente usado no DS3.

    • Louis

      Pena que estão melhorando justamente quando o mercado nacional se deteriora.

    • Magno

      parece ser bem interessante…

  • Felipe Rezende

    De fato um belo carro, so esperamos que quando chegar ao Brasil venha com o minimo que eles tem lá no mercado de origem…

    • Tosca16

      É uma pena que uma coisa eu sei que não virá em breve, o motor 1.5 turbo … Creio que virá somente uma versão completa, ambas 2.0 de 139cv com a opção de câmbio manual ou CVT .

      • Edson Fernandes

        Ainda assim é bom. Minha expectativa é realmente ver o Celer com cambio CVT.

        • Pedro Henrique

          e o nissan march também, a nissan tem uns CVT’s bem acertados…

          • Lucas

            O Versa tbm. Se ele tivesse um visual mais acertado, principalmente aquela porta traseira que tem um desenho estranho e me incomoda muito, a Nissan ia vender bem.

          • Edson Fernandes

            O problema que hoje a versão SL já custa R$44900… então o CVT viria a mais de R$50000. Se o SV fosse 45000 seria deveras interessante.

            • Pedro Henrique

              esse problema afeta o mercado inteiro…
              antes 50 mil em um CVT que em um i-motion ou dualogic, o importante é vir pra criar concorrência.

              • Edson Fernandes

                Sem duvida… isso é verdade. Tomara que exista uma versao de R$45000.

  • Marcos Santana ↙

    Realmente belo. Apenas não gostei daquele puxador cromado nas portas: achei meio grosseiro. Externamente estão de parabéns!

  • Triton

    Ficou top. Que venha assim para o Brasil, junto com a última reestilização do Tiggo 3.

  • Rafael Yashiro

    Agora, mais do que nunca, a Chery me passa a impressão de chinês que realmente está interessado em se tornar uma grande marca. Acharam sua identidade visual, estão melhorando sua mecânica e o principal: Parece que vão parar de copiar os outros.
    Que a Chery tenha muito sucesso na sua empreitada no Brasil, estou torcendo por eles.

  • Adriano Tochio

    Esse Tiggo muda mais que cigano !!!

    • Tosca16

      é outro modelo, primeiro facelift desde 2013 …

    • Vitor Barcellos

      É pq são dois Tiggo. O Tiggo 3 e o Tiggo 5

  • GRANMA

    Agora ele vem!! Se já começou a ficar velho la fora é sinal de que já ta na hora de chegar por aqui.

  • Fanjos

    Esses xing ling mudam de 3 em 3 meses kkkkkk

    • Enquanto você escrevia mudou mais duas vezes.

    • Tosca16

      1 ° atualização deste modelo; tem mais de 2 anos de mercado… Bom, todas montadoras fazem isso, ao menos a Chery aparentemente fez algo para melhorar o carro, não só estética .

    • Mr. Bola de FOGO!

      Tá aí um mercado altamente volátil 😆😆😆

    • Junoba

      São dois Tiggo´s. Um é maior que o outro, tendo visuais diferentes.

  • Bruno

    assim como o x60 da lifan, esse carrinho tem chance de abocanhar uma fatia nas vendas, só que tem que vir com cambio at se não ja era. tem grandes chances de entrar na minha garagem, só vai depender do preço!

  • vinicius

    Esse New Tiggo está lindo, se chegar ao mercado no mesmo valor do atual vai vender muito bem.

    • Tosca16

      Chega não, é outro modelo. Maior e mais equipado; o Tiggo atual vai permanecer e até agora nenhuma notícia da atualização do Tiggo 3 em nosso mercado; esse modelo é tão diferente do atual que a Chery já disse que vai pensar em nomes para nosso mercado, não quer que atrapalhem o Tiggo 5 com o Tiggo 3 aqui comercializado .

      • oscar.fr

        Mas esse Tiggo 3 poderia sair de linha que ninguém perceberia. Carro antigo, caro, não vende… Melhor tirar de linha e colocar este outro, ainda mais se vier mais caro que o atual. Brasileiro não gosta de pagar pouco, impressiona pouco o vizinho do condomínio.

        • Tosca16

          Temos carros bem mais antigos como o Tucson e ninguém fala nada; bom ao Tiggo 3 só resta seguir a restilização atual e colocar mais equipamentos de série, para sua proposta de ser o SUV mais barato do mercado não vejo mal algum, mantiver esses preços e colocar um câmbio melhor além de novos equipamentos não tenho como dizer que está ruim .

          • oscar.fr

            O único porém é que o Tucson é muito superior ao Tiggo 3, mas claro que não justifica o que está vendendo. Mas para a nossa classe média alta que não tem memória, basta dizer que é Hyundai que é maravilhoso. ninguém lembra a porcaria que era Hyundai nos anos 90, quando abandonou nosso país, deixando dívidas aqui e milhares de clientes na mão. Pode escrever, HB20 novo vai custar mais que 208, C3 e Fiesta e vender mais, pois é Hyundai.

            • Tosca16

              Pelo preço sugerido do Tiggo 3 creio eu que em SUV não tem nada melhor; não me refiro aos usados, só 0Km … Bom, é um carro de projeto antigo sim; mas ao menos é bem mais barato que alguns concorrentes; se atualizassem o câmbio para um CVT mantendo esses preços poderia vender bem, é sua proposta ser o mais barato do mercado, não podemos pedir mais que isso .

              • André

                Tosca, quando o assunto é carro chines, gosto dos seus comentários, pois não é do contra por principio, acho que os chinas merecem uma chance, principalmente porque costumam oferecer bom custo beneficio. Se voce visitar nossos países vizinhos, especialmente, Chile, Peru e Colômbia, verá que já há muitos destes rodando, como estes países importam quase 100% de sua frota, o povo tem cabeça mais aberta para novos produtos, não se fecha tanto nas marcas tradicionais. A propósito, carro brasileiro por lá também não tem essa fama toda de qualidade, não. Até agora não tive coragem de comprar meu primeiro chines, mas não descarto a possibilidade de um dos meus 2 sedãs virar um Geely EC7 no futuro.
                Só por curiosodade, voce tem um carro chines?

                • Tosca16

                  Já trabalhei com Vuc’s em serviços veterinários; bom no momento estou sem carro, estou esperando vir o New QQ nacional para comprá-lo ou não… já rodei com bastantes Chery, um professor tem uma Tiggo das primeiras 2009/2010, alguns primos e meu pai por ser mecânicos trocam de carros sempre, meu primo teve um J3 … Bom, estou bem interessado no New QQ mas espero vir o nacional flex, se for como o Celer ao ser nacionalizado virá com melhorias visíveis, bom vou esperar mais um pouco; mas não duvido pegar o importado, se o nacional não vir muito melhor e tiver desconto no importado pode ser que eu fique no importado mesmo .

            • A Hyundai não ficou nem dois anos fora do mercado. A CAOA assumiu a operação ainda em 1999 e as antigas representações iniciaram em 1992 a 1995, ganhando novo representante no mesmo ano, este que deixou o mercado no final de 1997, após ter lançado a linha 1998. A Hyundai Motor Company só chegou ao país em operação própria no ano de 2012, ao inaugurar a fábrica da HMB, antes disto só representações. A marca Hyundai em si, nunca chegou a sair de fato do mercado, desde 1992, ficando apenas fora por curtos períodos.

          • Eu já acho a atual reestilização do Tiggo 3 vendida no Brasil mais bem
            acertada no visual que a atual da China. Mas de fato, por ser oriundo de
            um carro pra lá de datado, que é o RAV4, totalmente fora da atual
            filosofia da Chery, já está chegando na hora de se aposentar (ir pra
            Cowin). Pena que o conceito Tiggo TX foi para a submarca Cowin, pois ele
            iria substituir o modelo Tiggo 3 com maestria em todo mundo, sendo um
            passo ousado para a Chery, mas por fugir a atual linha de identidade
            criada para a marca, acabou excluído. Mas que era bonito, era!

            • Tosca16

              Esse conceito não entraria em produção, e pelo que sei essas marcas do grupo estão bem de fora dos investimentos no grupo; a Chery pretende bem enxugar a gama atual e lançar modelos próprios . E deste substituir o Tiggo 3 nem aqui nem em canto algum do mundo .

              • Estava em estudo para entrar em produção, mas acabou fugindo da identidade da marca. Hoje o modelo recebeu aplicações para se tornar mais civil e faz parte da Cowin Auto, sub marca da Chery, devendo ganhar produção em breve.

                • Tosca16

                  vou dá uma olhada melhor, mas dificilmente estará em produção creio eu … bom, gosto mais do Beta 5 que deu origem ao Tiggo 5 .

                  • Aqui tem mais detalhes: www. carnewschina. com/ 2015/ 02/ 10/ cowin-auto-i-cx-suv-will-launch-in-china-in-2016/

      • vinicius

        Creio q se a Chery estiver querendo crescer no Brasil, vai ter q vender o New Tiggo com valor bem perto do atua ou pouca coisa mais caro.

        • Tosca16

          Então esqueça; acho que as chinesas vão ainda oferecer mais por menos, mas não tanto quanto vocês almejam …

          • vinicius

            Então nunca vão crescer no Brasi.

  • De certo eles optaram por esperar por estas melhorias, para então vir a lançar o modelo, pois assim já o lança em sintonia com o mercado mundial. Assim espero.

    Esse volante (parecido com o Hyundai) e esta manopla de câmbio bem que poderiam equipar uma atualização visual do Chery Celer Nacional atual.

  • Tosca16

    Bom, como o Tiggo 5 e Arrizo 7 são frutos de uma nova geração de conceitos da marca e trazem ambos a nova identidade visual da Chery possivelmente o Arrizo 7 receberá em breve essa mesma atualização no design. Chery já me respondeu para aguardar um pouco mais, em breve segundo ela vem novidades do Tiggo 5. E pelo que vi no Club Chery, atividade promocional da marca com seus clientes possivelmente teremos a caixa mecânica e automática disponíveis no país no novo Tiggo 5.

  • VORTEC REDNECK

    Jamais compraria um Chinês, mas minha ex namorada tem um Cielo com 92.000 km rodados que tá perfeito e nunca deixou ela na mão. Sorte?

    • Tosca16

      Bom, volte e case com ela; deve ser bastante cuidadosa … (brincadeira).
      Olhando do ponto de vista que são apenas montadoras não vejo por que tamanha aversão; claro que ainda tem um caminho longo à evoluírem mas estão investindo ao que acredito ser o caminho certo …
      Aí eu olho ACTECO, Chery + AVL = Motor austríaco
      Peças da Bosch, Delphi e por ai vai …
      Certas horas só vejo os pneus Giti como algo de tão diferente do que estamos acostumados .

      • VORTEC REDNECK

        Rapaz, mas eu não volto com aquela lá nem se ela comprar um Bentley! kkkkkkkkk! Minha aversão quanto aos chineses é somente o atendimento de pós vendas e revenda. Parece ser um padrão dos chineses a falta de peças de reposição a pronta entrega, em especial peças de carroceria mesmo, pra funilaria. E convenhamos, revender um chinês é dose, principalmente na liquidez.

        • Tosca16

          bom, deixando a mulher de lado vamos lá .
          Eu acompanho aquele canal High Torque no youtube, e tenho também vários parentes mecânicos; as vezes meu primo me chama quando eu estou livre e chega um chinês na oficina, aqui por ser uma cidade menor e no interior o pessoal cisma em não querer mexer em carros como estes. Aí meu primo sempre diz algo que eu tenho que concordar, “é falta de vontade ou necessidade que não tem, por que se quisessem trabalhar pegavam tais carros ” . Aí ele olha lá sincronismo do motor, algumas peças já conhecidas e por incrível que pareça ao menos dos Chery tem peças até mais fáceis de achar quê de alguns outros carros… o quê falta as vezes é uma ou outra peça paralela, mas as originais se acham até com facilidade .
          Aí falando do preço de revenda tenho que concordar, mas não foi diferente dos coreanos nos anos 90 e 2000 por exemplo, me lembro quando pai teve um KIA e mesmo sendo mecânico foi zoado, “KIA só presta a BESTA” ouvir pouco isso na oficina quando era menor kkkk .

        • Junoba

          Se nem a Renault tem peça a pronta entrega nas CSS ( tem um caso de um parente que ficou esperando 15 dias por uma lanterna traseira do Fluence ), imagina marcas mais novas no mercado.

          • Tosca16

            Geralmente isso se confirma mas nem sempre marcas tem pós venda melhor pelo tamanho maior da rede ou tempo de mercado no país …

  • Mr. Bola de FOGO!

    Bacaninha, poderia vir logo pra cá…
    Ainda mais com esse motor turbinado😈😈😈

  • Milton Quadros

    Bonito!!

  • Vattt

    Será que vai chegar defasado novamente por aqui??? Os chinas não tem coragem nem capacidade de entrar com um produto atualizado e de boa construção e nosso mercado ou realmente não tem esse produto.

  • Antonio

    Os carros que a Chery mostrou no salão de sáo paulo o ano de 2013, modelos totalmente inovados, nos deu a entender que estas novidades viriam com a inauguração de sua power point aqui, A chery nos trouxe o Cielo, fez um bafafá danado , escolha do nome on-line, fez uma barulheira com seu lançamento na expominas em BH, e o carro sumiu, simplesmente sumiu! ate parece que que ela chery e so vitrine, Em São Paulo foi a badalação do Alpha e o Omega, uma dupla de Sedan cupê e um crossover de arrancar suspiros, O tal alpha que a partir dalí virou ARIZZO, que virou Arizzo 5 em xangai, e já se vão tres anos, a fabrica foi inaugurada com Tiggo, Celler e QQ, modelos que ja ficaram velhos na china, e nada do belissimo Alpha, e muito menos do Omega. Isso mesmo, alpha com PH.
    Mostram um recheado BomBom, e entregam uma balinha mixuruca?
    Depois vem reclamar que os projetos não deram certo? Num mercado que renova a cada semestre com varias novidades em automóveis, e a novidade da chery Brasil continua sendo um Tiggo, e Celler? Não e de se esperar outra coisa, Fa…..a;

  • Antonio

    Os carros que a Chery mostrou no salão de sáo paulo o ano de 2013, modelos totalmente inovados, nos deu a entender que estas novidades viriam com a inauguração de sua power point aqui, A chery nos trouxe o Cielo, fez um bafafá danado , escolha do nome on-line, fez uma barulheira com seu lançamento na expominas em BH, e o carro sumiu, simplesmente sumiu! ate parece que que ela chery e so vitrine, Em São Paulo foi a badalação do Alpha e o Beta, uma dupla de Sedan cupê e um crossover de arrancar suspiros, O tal alpha que a partir dalí virou ARIZZO, que virou Arizzo 5 em xangai, e já se vão tres anos, a fabrica foi inaugurada com Tiggo, Celler e QQ, modelos que ja ficaram velhos na china, e nada do belissimo Alpha, e muito menos do Beta. Isso mesmo, alpha com PH.
    Mostram um recheado BomBom, e entregam uma balinha mixuruca?
    Depois vem reclamar que os projetos não deram certo? Num mercado que renova a cada semestre com varias novidades em automóveis, e a novidade da chery Brasil continua sendo um Tiggo, e Celler? Não e de se esperar outra coisa, Fa…..a;

  • Rafael Koch

    Os chineses mudam tanto o visual dos carros que deveriam lançar coleção outono/inverno e primavera/verão ao invés de ano/modelo