Avaliações Lançamentos Sedãs Volkswagen

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (1)

O Voyage está com quase 35 anos de mercado e nos últimos anos perdeu terreno para rivais mais atualizados, entre eles Chevrolet Prisma e Hyundai HB20S. Para recuperar o tempo perdido, a Volkswagen promoveu mudanças na linha 2017.

As alterações foram poucas – até menos mudanças que no Gol – tendo a parte frontal recebido faróis atualizados, grade remodelada e novo para-choque, cujo estilo lembra o Golf GTI. No restante do visual exterior, apenas rodas de liga leve e calotas.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (8)

Por dentro, a mudança foi a substituição do painel e novos sistemas de áudio e entretenimento, além de um prático suporte de smartphone. Houve mudanças na padronagem dos tecidos também. Além de tudo isso o motor 1.0 8V cedeu lugar ao mais moderno 1.0 12V, que tem três cilindros.

Nesta Avaliação NA, o carro cedido pela Volkswagen é o Voyage Trendline 1.0 com opcionais ar condicionado e Interatividade Media, que ajudam o preço a subir de R$ 40.990 para R$ 44.625. Apesar dos pacotes, ele continua um sedã muito simples de fábrica. O preço básico está abaixo da concorrência, mas com estes itens, fica na faixa de acesso dos rivais.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (3)

Por fora…

Visualmente o Voyage 2017 reforça a importância do Gol para a Volkswagen, já que ganhou somente mudanças na frente, enquanto o hatch recebeu alterações até na tampa traseira, bem como lanternas.

O Voyage com a frente nova ganhou um pouco mais de vida, mas a traseira sem alterações nas lanternas – que não agradam – ficou desequilibrada. Estas poderiam ter aumentado de volume e recebido baixo relevo duplo para estarem em harmonia com as mudanças do Gol. Na Trendline, calotas aro 14 completam as poucas alterações no estilo. Maçanetas e retrovisores pretos dão a dica da opção mais espartana da gama.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (20)

Por dentro…

No interior, o Voyage recebeu um painel com visual bem mais moderno que o anterior – que não mudava desde a chegada dessa geração, que ressuscitou o sedã – tendo como destaque os difusores de ar horizontais e retangulares, quadro de instrumentos atualizado e novos sistemas de áudio.

No caso do Trendline 1.0, além do ar condicionado (R$ 2.800), o sedã estava equipado com o Interatividade Media, que consiste no rádio 140G, quatro alto-falantes e dois tweeters e suporte de celular. O aparelho vem com USB e auxiliar, assim como Bluetooth. O cluster tem iluminação vermelha e indicador de marcha, além de conta-giros. Faltou um computador de bordo de série.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (23)

O painel tem acabamento geral preto e textura na parte central. O suporte de celular é bem prático e vem com entrada USB para carregamento, podendo ainda ser removido. O volante é novo, semelhante ao do Golf, só que bem mais simples.

Ele não tem regulagem de altura, apenas o assento do condutor conta com isto. Há vidros elétricos apenas nas portas dianteiras e os retrovisores são manuais. O Trendline fica devendo uma chave canivete com comandos remotos. Abrir e fechar na chave física é bem ruim no dia a dia.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (24)

Muito simples, o Voyage Trendline 1.0 apresenta ainda banco traseiro rebatível e duas luzes de leitura dianteiras. O espaço continua o mesmo para os ocupantes, assim como para bagagens (480 litros). No geral, poderia oferecer alguns itens a mais de série. Afinal, ele é praticamente R$ 1.000 mais caro que um Nissan Versa 1.0, que tem retrovisores elétricos, computador de bordo e chave com telecomando, entre outros, por exemplo.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (27)

Por ruas e estradas…

Se carece de itens, pelo menos o Voyage 1.0 2017 ganhou pontos nos quesitos performance e eficiência em comparação com o anterior e até mesmo dos rivais. O motor EA211 1.0 de três cilindros e 12 válvulas foi a melhor mudança implantada no clássico sedã da VW. Ele entrega 75/82 cv e 9,7/10,4 kgfm, respectivamente com gasolina e etanol.

O pequeno de três cilindros apresenta performance superior ao antigo 1.0 8V, respondendo muito bem acima de 3.000 rpm, quando o torque máximo – de até 10,4 kgfm – entra em ação até os 3.800 rpm. Nessa faixa, ele parece um 1.4 no leve Voyage. Em saída, ele trepida um pouco em baixa (menos com coxins hidráulicos), mas logo que o giro sobe (a partir de 2.000 rpm já tem 85% do torque), seu funcionamento é suave.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (31)

O câmbio de cinco marchas teve as relações levemente alongadas e mantém a maciez nos engates e a precisão já conhecidas da caixa MQ200. Nas retomadas, o Voyage 1.0 é adequado à proposta. Ou seja, na cidade vai bem, mas na estrada é recomendável reduzir mais e manter o giro bem alto para ter disposição nas ultrapassagens ou subidas íngremes.

Rodando a 110 km/h, o ponteiro marca 3.500 rpm. O consumo urbano ficou em 12,1 km/litro, enquanto o rodoviário em torno de 14,2 km/litro, ambos com gasolina. Números bons para um sedã 1.0. O indicador de marcha também ajuda muito nessa parte. O nível de ruído interno é adequado, enquanto a direção hidráulica responde moderadamente. Poderia ser elétrica e oferecer mais leveza em manobras, mas não é todo ruim.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (21)

Os freios agora possuem discos maiores e poder de frenagem melhor. Além disso, o Voyage 1.0 recebeu pneus de baixa resistência a rolagem, que ajudam a reduzir o consumo. Por conta da pressão, também auxiliam na estabilidade, que já é boa neste carro três volumes.

Por fim, a suspensão continua ajustada para a realidade brasileira, absorvendo bem a buraqueira e dando conforto relativo aos passageiros. O escape agora é de aço inox, aumentando assim sua vida útil. No todo, o Voyage com esse motor 1.0 ganhou vida nova.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (6)

Por você…

A vida não é fácil num mercado onde os sedãs pouco equipados e acabados começam na faixa de R$ 45.000. O Voyage teve redução média de 5,7% e uma recomposição dos opcionais para ter melhor custo-benefício.

A versão Trendline 1.0 está no mesmo nível de alguns rivais em preço, mas ainda deve em equipamentos. Por R$ 44.625, o rádio é um diferencial bom, mas o sedã peca pela falta de retrovisores elétricos, chave com telecomando, direção elétrica, computador de bordo e detalhes na cor do carro, itens que denotam maior preocupação com o visual e acabamento.

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA (25)

Em performance, o Voyage 1.0 2017 agrada, assim como no consumo, tendo um equilíbrio maior entre ciclos urbano e rodoviário. Claro, se fosse 100% a gasolina, teria um ganho maior em economia, mas isso seria apenas fora do Brasil, já que aqui impera o Flex. Os preços das revisões não foram divulgados ainda, mas devem ficar no mesmo patamar. A conclusão é que, no desempenho, ele vale a pena, mas no conteúdo, não.

Medidas e números…

Ficha Técnica da Volkswagen Voyage Trendline 1.0 2017:

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 3 em linha
Cilindrada – 999 cm³
Potência – 75/82 cv a 6.250 rpm (gasolina/etanol)
Torque – 9,7/10,4 kgfm entre 3.000 e 3.800 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão – Manual de cinco marchas

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 12,9/12,7 s (gasolina/etanol)
Velocidade máxima – 173/175 km/h (gasolina/etanol)
Rotação a 110 km/h – 3.500 rpm
Consumo urbano – 12,1 km/litro
Consumo rodoviário – 14,2 km/litro

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Barra de Torção.
Hidráulica

Freios
Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Aço estampado aro 14 com pneus 185/65 R14

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.218 mm
Largura – 1.656 mm
Altura – 1.463 mm
Entre-eixos – 2.467 mm
Peso em ordem de marcha – 974 kg
Tanque – 55 litros
Porta-malas – 480 litros
Preço: R$ 40.990 (básico)R$ 44.625 (versão avaliada).

Galeria de fotos do Novo Voyage Trendline 1.0 2017:





  • Louis

    Só de tirar as saídas de ar redondas, painel já ficou mais bonito do que do A3.

    • Pedro Henrique

      mas 44 mil por isso, nem maçaneta na cor do carro tem…
      foda em…

      • Louis

        Sim sim, caríssimo, eu jamais pagaria isso.

        • Aceleração de 0 a 100 km/h – 12,9/12,7 s (gasolina/etanol),

          • Esses números de fábrica… eu chuto entre 14 e 16 segundos.

            • Retrato do Papai

              acredito que feche nos 16 segundos… no 1.0 4 cilindros o gol faz em 16s e o voyage 17s, como o motor foi atualizado deve haver uma melhora…

              • Gustavo_C.

                O nosso GolG5 no etanol faz 14 segundos no 0 a 100.

            • Franco da Silva

              14 alto foi o que fez o up! nos testes das revistas. Acho que o Gol é um pouco mais pesado e o Voyage ainda mais… deve ser pelos 15 alto.

          • rafa93

            É mais fácil o Bugatti Chiron alcançar 300km/h do que este 1.0 marcar 100km/h no velocímetro

          • Ramon Grigio

            O tec 1.0 gira entre 17 e 18 segundos… (alcool/gásosa), então estou contigo. Só vendo mesmo.

      • Angelo_RSF

        Compre na cor preta e ai ta resolvido o problema (rsrsrsrsrsrs)

      • Rodrigo A.

        O problema realmente é o preço, se fosse mais barato, o custo- beneficio seria muito bom.

        • João Cagnoni

          Que comentário mais inútil… Qualquer carro que ficasse mais barato teria um custo X benefício melhor.

          • Rodrigo A.

            Nossa que educado.

            • Rbs

              kkkkkkkkkkkkkkkk!!

            • João Martini

              João Cagnoni/Petrucci/320i. De longe dá pra reconhecer só pela educação Rs.

              • Gustavo73

                Coloca aí o Offspring…

          • Bruno Bayern

            depende,Jão! talvez o carro tenha um custo baixo, mas nada de benefício.

      • beto

        VW sendo VW.

      • Rbs

        Isso é a Volkswagen fazendo Volkice.

    • Rbs

      Cara. . . Eu ia falar exatamente isso!! Outro detalhe, esse volante é praticamente igual ao do Jetta 1.4 TSI Trendline que custa mais de 80 mil. Quem compra o jetta fica como?

      • Que diferença faz para quem compra o Jetta um outro carro ter um volante igual ao dele?

        • Rodrigues

          Nenhuma, estou contigo. Outro dia levantaram essa bola por aqui, não vejo problema algum, afinal, não conheço quem decida a compra de um automóvel pelo “volante exclusivo”… Cada coisa que aparece…

          • Eu sempre pego nessa questão em relação a Peugeot e VW (Curiosamente a Chevrolet que também usa esse expediente nunca li uma citação sequer. Curioso isso, não?) . Não gosto de generalizar, mas na pouca experiência que tenho vejo essa característica muito brasileira: Somo são vira-latas, tão carentes, tão humilhados que temos uma necessidade doentia que o papel da bala que chupamos mostre que somos melhores que outros…

            • BillyTheKid

              Outra característica brasileira que eu acho sem sentido: O desejo de sentir-se rei e ser servido por outros. Temos empacotadores nos supermercados, temos frentistas pra abastecer nossos carros, queremos que todos os lugares tenham gente nos servindo, pois aparentemente somos bons demais para executar essas tarefas de “baixo nível”…

              • Ao mesmo tempo que priorizamos sub empregos. A visão que está errada: Você pensa que está gerando empregos. Mas você na verdade está tornando o país menos eficiente.

              • Rbs

                Eu penso exatamente assim!! Mas eu não sei o que fazer para te convencer que o meu motivo não é esse citado por você ( para não executar essas tarefas de “baixo nível”)

                Inclusive aqui na minha cidade alguns postos de gasolina tentaram colocar isso em prática e acabou não dando certo.

                Tenho certeza que dei a minha contribuição pra isso por que quando via que não tinha frentista eu passava direto.

                Você sabia que um ser humano mesmo diante de todas as adversidades impostas pelo nosso governo, um cidadão consegue sustentar uma família empacotando compras num caixa de supermercado?

          • Derek

            Aquele volante é quase uma “ofensa”. É equivalente a comprar o mesmo carro de 80 mil reais com a maçaneta sem estar na cor do veículo, ou com para-choques sem estar na cor do veículo… Não é bizarro isto? É assim que vejo o volante do Jetta Trendline.

          • Rbs

            Pra mim quando o assunto é vw o detalhe não passa em branco. Nesse sentido na minha opinião a vw é a fabricante mais porca do brazil e sempre cobra caro por isso.

            A vw passou a vida toda aqui tendo como base o motor do fusca e o motor ap e se dependesse dela estaríamos ate hoje andando de Kombi com motor a ar.

            Fusca, Zé do caixão, Tl, Variante, Kombi, Variante2, Karman Ghia, Sp2 Brasilia, Gol, tuuudo com motor do fusca.

            Quando lançaram o gol já existia o motor AP e o que foi que ela fez? Lançou o gol também com o motor do fusca e acabou sendo uma verdadeira gambiarra e falta de respeito para com o consumidor.

            Depois disso tomaram vergonha e lançaram o gol com o motor AP. Antes disso . . . Passat, Gol, Saveiro, Voyage, Parati, Santana, Santana Quantum, Logus, Pointer, . . .Tuuudo com o velho AP.

            Se duvidar ate hoje você compra o Jetta com o velho AP de guerra.Essa é a questão, quando vejo esses detalhes não tem como não lembrar do passado desse fabricante no nosso pais.

            • Derek

              Olha, apesar do histórico, sinto discordar do cenário atual da VW. Ela trouxo motores turbo com injeção direta e disponibilizou para vários veículos da sua gama (alguns deles acessíveis, como o up! TSI e 1.4 TSI) muito antes de qualquer outra empresa aqui no Brasil. Hoje, no Brasil, ela é exemplo na parte de motorização.

              • Rbs

                Gostei do cenário atual que ela continue assim pra mudar essa imagem.

            • Marcelo Amorim

              Semana passada estive na ccs da VW e ainda restava um Jetta Trendline 2.0 15/15 que me foi ofertado por 68k.

              • Rbs

                Isso . . eu acho que só vai ate 2015 mesmo.

            • -A Ford ficou sem um motor de concepção própria do começo da década de 80 até o final da década de 90 com o motor Zetec. Precisou da VW para ter um motor 1.8 para combater seus adversários que já tinham motor 2.0
              -Do lançamento do Uno (futuro Mille) até o Tempra o motor Fiasa era o único disponível na gama. Com a saída do Marea variou de Fiasa a motor GM.
              -GM ainda usa os motores da família I e II da década de 80.
              -Renault ainda usa suspensão do seu maior sucesso…. Da Ford! Que data da década de 70.

              Que tal pesquisar a história inteira, não apenas a parte que interessa?

          • Rbs

            Eu também não conheço quem decida a compra de um automóvel pelo “volante exclusivo”.

            Não sei a sua idade mas você sabia que antigamente pra mudar de canal você teria que levantar e apertar algum botão na sua TV?

            Você sabia que depois de um tempo se a TV não tivesse controle remoto ela deixava de ser vendida?

            Partindo desse principio um carro de 90 mil reias não vai deixar de andar por não ter botões no volante mas você a de concordar que se tivesse seria bem melhor.

            Deixa eu só te contar um fato verídico, simples porem pertinente. Um amigo meu nunca tinha comprado um carro francês, resolveu comprar um Renault Clio.

            Depois de um tempo ele trocou de carro e você precisava vê a cara que ele fazia por sentir falta dos controles que o antigo Clio tinha abaixo do volante.

        • Rbs

          Não faz diferença. É só pra chamar atenção dos detalhes que a vw deixa passar.

          • De todos os detalhes que a VW deixa passar (motor 8V, preço pesado de alguns modelos e opcionais, deixar de oferecer alguns equipamentos básicos e falta de câmbio automático do Fox para cima entre tantas outras coisas) com certeza o volante do Jetta ser o mesmo do Voyage não está na lista, a não ser que cause algum problema de ergonomia (Como o volante do Palio Fire no Mille) pois como você mesmo acaba de assumir, não faz diferença.

            • Rbs

              Você paga quase 90 mil reais num carro . . . Qual seria a lógica? Você vê para onde foi esse dinheiro ou você passar o resto da vida olhando para onde ele deviria estar?

              • O que isso tem a ver com o assunto? Que pergunta mais sem sentido! Se eu gasto 90 mil em um carro (Ou 40 mil que seja) quero que ele mw ofereça mais que um concorrente de preço similar dentro do que busco em um veículo (pode ser espaço para passageiros e malas, e ir de Golf Variant, pode ser um veículo que alie espaço e capacidade de transporte, aí iria para uma pick-up cabine dupla, pode ser que quisesse um design mais bem resolvido e iria para um Focus etc)…. E ainda não mudaria nada para mim se o modelo de volante do carro estivesse disponível em um modelo mais simples… O volante se tornaria ruim no meu carro? Você acha que o Jetta não tem diferenciais do Voyage para custar mais? Você deixaria de comprar o carro por isso? Conhece alguém que escolheu um outro modelo concorrente porque o volante do carro que ele queria comprar estava disponível em um modelo mais barato? Quando vai na concessionária você entra no carro que se propõe a comprar ou também entra nos mais baratos da linha para ver se eles compartilham peças para descartar a compra?

                • João Martini

                  Nem perde seu tempo.

                  • Rbs

                    João Martini, você sabe por que ele ta perdendo o tempo dele? Por que com certeza ele sabe o significado da palavra ( Blog ).

                    Outro detalhe . . . Alguém um dia falou que não costumamos aprender com quem só concorda com agente.

                  • Queria entender algumas coisas… Ter status em um Jetta???!!!?? Um bom meio de transporte em países mais desenvolvidos (Sem o mimimi de “carro de entregador de pizza no EUA”. Dane-se que lá é carro de pobre. Não moro lá e não vivo a realidade deles. Mendigo poderia andar de Maybach lá que não mudaria a linha vermelha que tomo todo dia) e só. E pior é que nem conhece a filosofia da marca: VW é exatamente isso: Tenta trazer um pouco do mundo dos seus irmãos mais nobres (Mercedes, BMW e Audi) em relação a mecânica em “pele” de carro do povo. Tanto que nenhum dos concorrentes dela, Toyota, Honda, Renault, Fiat, GMC, Ford, PSA… Tem carros como Phaeton e Touareg: Quando querem agir nesse mercado, usam suas submarcas que foram feitas para isso. VW NUNCA dará status porque isso é justamente o que a marca propõe. Agora a pessoa se incomodar com o volante do seu carro, não por ser ruim, mas por estar em outro carro da marca… Sinceramente…

                    • Rbs

                      Eu não entendo por que você se apegou tanto nesse detalhe do volante. Só aqui nessa pagina existem outros exemplos dando o mesmo sentido ao exemplo que foi dado.

                      A ideia da marca não é ser popular? Nao tem problema, que seja!! A pergunta é, por que também não praticar um preço popular? Desse jeito tudo ficaria certo.

                      Os apaixonados pela marca reclamam exatamente desses detalhes que estou falando, eles não entendem como a vw mesmo tendo em mãos um bom produto se perde com economia porca e mesmo assim cobrando caro por isso.

                    • “…Outro detalhe, esse volante é praticamente igual ao do Jetta 1.4 TSI Trendline que custa mais de 80 mil. Quem compra o jetta fica como?…”

                      “..Eu não entendo por que você se apegou tanto nesse detalhe do volante…”

                      Sério que você não entende? Aí seu problema não é comigo nem com o fabricante…

                      “..A ideia da marca não é ser popular? Nao tem problema, que seja!! A pergunta é, por que também não praticar um preço popular? Desse jeito tudo ficaria certo…”

                      Qual marca tem preço popular aqui? A VW é tão generalista quanto Renault, Fiat, Ford, GM… A VW tem alguns preços injustificáveis (Talvez a que mais tem) mas ninguém fala que alguns produtos dela custam mais caro porque são melhores que a concorrência. A ordem é tacar pedra olhando preço de tabela e equipamento… Eles desprezam a questão mecânica em um carro! Eu vejo esse pensamento similar em elogiar um avião que fosse o mais confortável que os concorrentes mas que não voasse..

                      “…Os apaixonados pela marca reclamam exatamente desses detalhes que estou falando, eles não entendem como a vw mesmo tendo em mãos um bom produto se perde com economia porca e mesmo assim cobrando caro por isso…”

                      Bem, apaixonado por fabricante? Putz… Esses caras não conhecem mulher não?
                      Economia porca tem em todas, desde Toyota até Audi, passando por Fiat, Chevrolet, Ford… Mas parece que quando é Ford, Fiat e VW é mais problema que outros.

                    • Rbs

                      Nenhuma marca tem preço popular mais nenhuma outra carrega tanto essa
                      bandeira como a VW, sendo assim teria que ter um diferencial quando o
                      assunto fosse preço, sem falar das revisões a cada 6 meses.

                      Se você prestar atenção no meu primeiro comentário, foi concordando que esse painel ficou melhor do que o painel da Audi, esse detalhe do volante pode pra você não ter importância nenhuma, mas isso não significa dizer que todas as pessoas pensam assim.

                      O que chamou a minha atenção foi mais uma demonstração boba de falta de capricho mas não (nesse) carro, outro pertencente a um seguimento acima e custando mais que o dobro.

                      Outro detalhe . . .O foco dessa conversa pra mim ta sendo VW, não tenho por que pesquisar sobre a historia do automóvel. Estou apenas dando ênfase a uma característica inerente a esse fabricante.

                      Nao estou aqui tentando eleger qual a melhor ou a pior apenas fiz um comentário que julguei ser pertinente.

                      Voce já parou pra pensar se toda vez que alguém perguntar de quem você é filho você tivesse que desenhar a arvore genealógica de sua família para depois responder?

                    • “..Nenhuma marca tem preço popular mais nenhuma outra carrega tanto essa
                      bandeira como a VW, sendo assim teria que ter um diferencial quando o
                      assunto fosse preço, sem falar das revisões a cada 6 meses…”

                      Fiat

                      “..Se você prestar atenção no meu primeiro comentário, foi concordando que esse painel ficou melhor do que o painel da Audi, esse detalhe do volante pode pra você não ter importância nenhuma, mas isso não significa dizer que todas as pessoas pensam assim…”

                      Reitero as perguntas que fiz e você não respondeu: Você deixaria de comprar esse carro (Ou qualquer outro da concorrência, como os Chevrolet que também usam volantes em carros de segmentos diferentes sem essa celeuma toda) se ele fosse melhor que a concorrência apenas porque o volante dele está em um modelo mais barato? Conhece alguém que deixou de comprar o Jetta para comprar um concorrente porque o volante dele era o mesmo do Voyage?
                      Lembra que a questão inicial é “Como fica quem comprou um Jetta com esse volante?”. Fica com um carro muito mais seguro que o Voyage, com mais espaço interno, mais bonito, melhor desempenho… O que ele perdeu com o volante no Voyage? Você mesmo já respondeu: Nada. Sou um defensor da liberdade de compra. Cada um faz o que quiser com o dinheiro sem ter que dar satisfações a terceiros, inclusive comprar uma SpaceFox com todos opcionais… Como também sou a favor da pessoa assumir suas limitações… Desistiu do Jetta mesmo o carro atendendo porque o Voyage tem o mesmo volante? É um direito da pessoa assim como é meu direito chamar de irracional uma escolha motivada por isso. Porque pode ser gosto, capricho, desejo… Qualquer coisa… E que a pessoa assuma isso… Agora falar que foi racional e inteligente..

                      Temos um carro como motorização 1.6 8V ineficiente, sem opção de câmbio automático, com pouco espaço interno, caríssimo para que apresenta… E você acha que a falta de capricho é ele ter o volante de um carro maior?

                    • Rbs

                      O que significa Volkswagen?

                      Quer dizer “carro do povo”, ou pode ser pronunciado também como Volks “do povo”. Fundada EM 1937, no século XX, por Ferdinand Porsche e Robert Ley, sua sede fica na cidade de Wolfsburg, Alemanha.

                      É praticamente impossível responder as perguntas que você faz por que assim eu estaria admitindo coisas que não falei.

                      A maneira pela qual você expõe os seus ideais ta me levando a crê que você fez direito ou estar a caminho disso.

                      Se eu tiver que resumir tudo que eu tentei dizer e pelo jeito não vou conseguir eu diria o seguinte . . . É natural que a mentalidade de um consumidor que desembolsa 90 mil reais na compra de um carro seja mais exigente em relação aquele que só pode comprar um carro popular.

                      Antes que você me interprete mau, o valor do meu carro é 14 mil reias.

                    • “…O que significa Volkswagen?

                      Quer dizer “carro do povo”, ou pode ser pronunciado também como Volks “do povo”. Fundada EM 1937, no século XX, por Ferdinand Porsche e Robert Ley, sua sede fica na cidade de Wolfsburg, Alemanha…”

                      Amigo, estamos em 2016. Você vê a BMW vendendo aviões, a Toyota máquina de lavar e a Lamborghini tratores? Hoje em dia ela está inserida em um mercado onde um concorrente desenvolve soluções específicas para o América Latina e exporta para Índia e África (Fiat), quem despreza sua linha no exterior para vender suas jabuticabas ou simplifica as versões importadas (Chevrolet), quem vai na Romênia buscar soluções para o Brasil (Renault)…
                      Você quer que ela venda carros mais baratos porque ela nasceu como carro do povo na Alemanha no início do século passado? Ela tem que vender seus produtos mais baratos? Claro que tem! Mas não por causa do nome e qualquer coisa. Se um carro dela é melhor que da concorrente é justo que cobre mais! Isso é lei de mercado e vale para qualquer empresa. Uno que é inferior ao up! em segurança e mecânica ninguém liga de custar mais caro, não é? Qual seria o motivo do up! ser mais barato que o Uno? A forma que a VW nasceu na Alemanha Nazista? Então vou exigir que a Toyota venda máquina de lavar mais barato que LG, Samsung, Brastemp…

                      “…É praticamente impossível responder as perguntas que você faz por que assim eu estaria admitindo coisas que não falei…”

                      Eu colo parte das falas da pessoa para ela não falar que estou distorcendo o que ela diz e ele fala que não escreveu… É dose isso… E você não está sendo legal : Minhas perguntas não foram em relação a nada que você disse…. Eu só perguntei se você tinha conhecido alguém que tinha deixado de comprar Jetta ou qualquer outro carro pelo volante ser o mesmo de um modelo mais barato… Isso não tem nada a ver com distorcer o que você disse… Mas todos aqui já perceberam a resposta…

                      “…Se eu tiver que resumir tudo que eu tentei dizer e pelo jeito não vou conseguir eu diria o seguinte . . . É natural que a mentalidade de um consumidor que desembolsa 90 mil reais na compra de um carro seja mais exigente em relação aquele que só pode comprar um carro popular…”

                      Isso eu discordo, mas acho uma lógica válida (Afinal, gastando 14 mil ou 90 mil você irá exigir algo compatível com sua aquisição. Quem gasta 90 mil pode exigir câmbio automático por exemplo, e alguém que compra um carro de 14 mil pode não ter essa exigência. Mas a exigência de que o funcionamento do câmbio seja perfeito deve ser feita independente do valor gasto) . Mas a questão que coloco é: Onde ser exigente iria exigir que o volante teria que ser diferente não por ser ruim, mas pelo simples fato de estar em um modelo mais barato?

                    • Rbs

                      Agora acho que você vai entender, a prova de que todo tempo eu estava falando sobre agua e você falando sobre vinho.

                      Foi esse o comentário abaixo que deu origem a toooda nossa conversa.

                      ( Só de tirar as saídas de ar redondas, painel já ficou mais bonito do que do A3)

                      abaixo o que foi dito por mim em relação ao que o colega postou!!

                      Cara. . . Eu ia falar exatamente isso!! Outro detalhe, esse volante é
                      praticamente igual ao do Jetta 1.4 TSI Trendline que custa mais de 80
                      mil. Quem compra o jetta fica como?

                      Quando eu digo ( Eu ia falar exatamente isso!!) Eu estou elogiando o interior desse carro a ponto de achar melhor do que um Audi, marca superior a vw.

                      E quando eu falo ( esse volante é
                      praticamente igual ao do Jetta 1.4 TSI Trendline que custa mais de 80
                      mil)

                      Eu estou dando outro elogio para o carro e sem perder o ensejo dou uma cutucada nessa característica criticada por muitos em relação a vw.

                      Depois disso desencadeou todo um contexto sem nada haver a minha intenção inicial.

                      E já sei . . . Se um dia for precisar de um advogado vou te procurar.

                    • Rbs, ficou claro para mim. Grato pela paciência!
                      Bom, desde que você não esteja envolvido na lava-jato, eu aceito o caso! Hehehe.. Abraços.

                    • Rbs

                      Cara tu é advogado mesmo!! kkkkkkk Se tivesse nos EUA seria o dedo mais rápido do velho oeste, pra digitar. Valeu cara. Sds.

  • Joaquim Grillo

    OOOOOOOOOOOO Carrinho sem graça esse

  • Blessa

    Pena mesmo da VW nem trocar a disposição das lampadas na lanterna traseira, economia porca, esse motor é muito bom mesmo por ser 1.0 em carros leves parece ser 1.4.

    • João Cagnoni

      Como se fosse bom um motor 1.4… É totalmente sofrível para um carro familiar, que deve andar com mais de 3 pessoas e bagagem.

      • Diego

        Prisma tem um bom desempenho, não é nada sofrível, mesmo carregado.

        • João Cagnoni

          Dá pra andar tranquilamente com um Prisma carregado sem precisar ficar reduzindo toda hora? Não dá não, o Prisma é no máximo um carro bom pra andar com 1 ou 2 pessoas. No caso que falei (um casal com 2 filhos e bagagem), a maioria dos 2.0 deixam a desejar, principalmente nos nossos pseudo-SUVs.

          • Uislei

            Quais são os carros 2.0 que deixam a desejar , na sua opinião?

        • José Eduardo Borba

          Tive uma montana, o motor é fraco sim. Ele só vai bem, depois de embalar… Não tem torque. Desses motorzinho, destaco o do Ka 1.5, tem torque em baixa, se vira bem e não pede marcha em ladeira nenhuma.

      • Thales Sobral

        Serve muito bem pra táxi urbano…

        • João Cagnoni

          Pois é… Se for pra Táxi, pode ser qualquer coisa com 4 rodas e sem ar condicionado, o GPS também pode ficar dando umas voltas antes do destino final.

      • Blessa

        Concordo 1.4 é sofrível mesmo, mas é melhor que um 1.0 4 cilindros antigo.

  • Franco da Silva

    Ah, ficou com direção hidráulica…! Por isso que o consumo melhorou, mas nem tanto.
    Babou VW. Até a Fiat (dizem) vai colocar direção elétrica nos modelos velhos.

    • Pedro Henrique

      cara, tem uno com start stop e um computador de bordo colorido…
      ta, não é sedã e tal… mas pra fiat por essas coisas nos outros é rapidinho.

      • Marcio Santos

        Em compensação o resto do uno é um lixo, motores ruins, suspensão meia boca, direção anestesiada, câmbio borrachudo e estrutura porca, o carro foi um desastre no lncap, chegou a rasgar o assoalho.

    • Marcelo Alves

      E o pior é que a direção elétrica deve dar um fôlego maior para motores pequenos, porque o motor não tem que tocar o peso da bomba hidráulica, ficaria bem mais leve tanto para o motor quanto para o motorista, a resposta de aceleração do motor também provavelmente seria mais rápida, rsrs

      • Franco da Silva

        Lembro do Uno que eu tinha, dava para ouvir o esforço do motor para tocar a direção na hora de manobrar. Era triste!

        • Marcelo Alves

          Exatamente. Eu tenho um Polo 1.6 8v que tenho que ficar acelerando de leve pra manobrar na garagem, senão ele morre, dá pra perceber o esforço do motor quando viro o volante.

          Minha irmã tem um Fox 1.6 16v com direção elétrica e é uma delícia de manobrar, nem preciso tocar no acelerador, o motor da conta de empurrar o carro só na embreagem mesmo!

          • Franco da Silva

            Bem lembrado! A VW substituiu a direção do Fox, pq não fez no Voyage/Gol?!?!

          • T1000

            olha que tem alguma coisa errada com esse seu Polo hein

            • Marcelo Alves

              Hehe ele tá 100%, nenhum erro registrado na central e tal!

              O problema é o “peso” da direção hidráulica, qualquer queda de rotação
              do motor faz demorar mais tempo para recuperar… Se tiver com o ar
              condicionado ligado então, tem que pisar no acelerador mesmo!

              Meu pai tem uma Strada com motor 1.8 GM e mesmo assim o Fox ainda tem mais força que ela para manobrar sem pisar no acelerador, é bem mais difícil deixar o motor morrer, pode inclusive dar uns trancos com a embreagem que o Fox não morre fácil que nem o Polo e a Strada…

              • T1000

                uma pequena exigência do motor é normal, mas morrer esterçando, não. Nem Uno fire acontece isso.
                Sugiro dar uma olhada no atuador de marcha lenta (se tiver) e limpeza de TBI. TBI suja não acusa erro, só se tiver quebrada que acusa.

                • Marcelo Alves

                  Sim, você está certo, mas no meu caso eu quis dizer que é de soltar a embreagem rapidamente enquanto vira o volante e tal, o motor não dá conta do peso do carro + direção esterçando e tal… Para fazer isso tenho que soltar a embreagem de leve e deixar o carro recuperar a rotação, que daí ele começa a se mover lentamente, mas se eu soltar a embreagem na mesma velocidade que faço no Fox, ele vai morrer ou a rotação vai cair muito e vai engasgar, sacou?

                  No Fox eu faço isso sem dificuldade nenhuma. Nos outros carros é necessário acelerar para dar um pouco de força ao motor.

                  * O corpo de borboleta dos carros estão limpos, eu faço essa limpeza frequentemente.

                  • T1000

                    ahhhh
                    Eu não acho o fim do mundo, acho mais característica do carro.
                    Você já dirigiu carro carburado? Ele morre se você não acelerar.
                    Questão de adaptação.

              • João Martini

                Rapaz, tenho Fox 1.6 8v com DH. Manobrando, principalmente ao chegar no batente da direção o giro cai um pouco, mas logo em seguida o acelerador eletrônico corrige. Nunca vi algo parecido com o seu.

                • Marcelo Alves

                  Ele corrige, mas isso acontece de forma mais lenta. Se vc pegar um 1.6 16v vai perceber a diferença, ele é bem mais esperto, vc consegue manobrar o carro mais rápido e sem usar o acelerador, pode inclusive engatar a ré e soltar a embreagem enquanto o carro ainda está rolando para frente que o motor recupera o giro bem mais rápido que o 8V com DH.

                  Mas não é um “problema” do 8V, é só uma característica dele mesmo.

                  • João Martini

                    Temos também um Ka com DE e um Up sem assistência, pra falar a verdade nunca notei isso. Vou prestar atenção agora Rs.

          • Cássio Amaral

            Verdade, DE deixa o carro bem mais prazeroso de guiar, além de aumentar a resposta, parece que você tem mais controle sobre o veículo. Eu tenho um Etios e hoje não compro mais carro sem direção elétrica.

            É uma pena que ainda não exista um sistema similar pro compressor do ar condicionado, isto é, acionamento por um motor elétrico compacto em vez do virabrequim, que rouba potência do motor. Acho que exigiria alternadores mais potentes.

            • Marcelo Alves

              Isso mesmo, pode reparar que com o carro em ponto morto a rotação do motor sobe mais rápido se você bombar o acelerador, o motor gira mais “livre”, sem peso adicional. Um AC elétrico seria interessante mesmo, mas acho que é inviável, deve consumir muita energia.

            • João Martini

              Uma pena que a relação do Etios seja tão desmultiplicada. Chega a ser ridículo.
              Mais de 4 voltas de batente a batente num carro com direção assistida é demais. Do Ka não dá nem 3.

          • Thales Sobral

            Seu Polo tá com problema hein…

            • Marcelo Alves

              Não está não, cara.

              Minha irmã já teve um Fox 2009 com o mesmo motor do meu Polo, e tb já tivemos em casa um Crossfox 2007 com aquele 1.6 antes da atualização para o VHT e todos tinham o mesmo comportamento, tente soltar a embreagem na mesma velocidade que eu posso fazer no 1.6 16v e eles vão morrer, enquanto no 1.6 16v o carro chega a pular pra frente (ou pra trás) e não morre! O motor é muito mais “elástico” vamos dizer, ele recupera a rotação bem mais rápido que os outros 8V com DH.

              • Thales Sobral

                Se você tá satisfeito com ele fazendo isso ok… Tive um Polo por 4 anos e isso nunca me aconteceu.

      • Diego

        Por isso que não entendo como o Gol consegue ter uma aceleração mais rápida do que o UP!, isso com uma relação de marchas mais longa, mais pesado e com direção hidráulica.

        • João Martini

          O Up segundo a VW faz em 12 baixo. Não entrei pra conferir, mas é quase certeza que de ficha técnica o Up é melhor. O que Gol/Voyage passam com folga é velocidade final. Cx do Up nacional com a suspensão erguida (desnecessária) é 0,36 contra 0,31 do Voyage.

      • Cássio Amaral

        E ainda tem a vantagem de não gerar custos para o proprietário, pois não há fluido, mangueira, correia ou bomba hidráulica pra trocar ou apresentar defeito. E todos os carros com direção elétrica que testei, Etios, up! e Ka, achei bem mais leve que a hidráulica.

        Por isso eu descartaria o HB20 2016 se fosse comprar um compacto atualmente, pois a DE só está disponível no HB20X, o que eu achei uma baita mancada da Hyundai.

  • Henrique Flávio Castro

    Continuará vendendo bem ………. para as locadoras.

    E só.

  • Rmx

    A tampinha das manivelas nas portas dianteiras é uma das coisa mais porcas que eu já vi em um carro desse tipo, acho que nem Dacia ou Lada fazem isso em 2016 !!!!!!!!!

    • Retrato do Papai

      bem reparado! há também a tampinha da falecida trava manual das portas, presente na dianteira e na traseira… sinal que não mexeram um único milímetro no maquinário que faz o acabamento das portas…

      • João Martini

        O que é ridículo, já que nesse facelift até as chapas laterais foram modificadas (por mais incrível que pareça).

  • Marcelo Nascimento

    Coisa rara hoje em dia: mudaram o painel e mantiveram o marcador de temperatura!!

  • Gustavo Miranda

    Essas são as mudanças?! Acho que jogaram dinheiro fora…

  • Leonel

    Para variar, a VW faz um ótimo trabalho no conjunto mecânico, mas só. Nessa categoria, eu ficaria com o HB 20S (comparando com o Voyage 1.6 completo). No meu ponto de vista, um que poderia assumir a liderança seria o Versa, mas não sei porque raios a Nissan ainda não o oferece com um AT6 ou CVT.

    Eu o considero da mesma categoria do City e do Cobalt, porém, estes, estão com preços muitos altos, o que nesse caso poderia se encaixar o retorno do Santana.

    • invalid_pilot

      Reza a lenda (4 Patas de Março a fonte) que chega em Maio agora o CVT no Versa e March

  • João Martini

    Até as palhetas aero twin tiraram na trendline. Tenso hein

  • birchip

    Ah então é esse o suporte opcional para celular que a VW cobra R$ 290,00. Não parece que vale tudo isso.

    • Adriano

      Nada cobrado por montadoras e ccs no brasil valem o que cobram, absolutamente nada!

      • PedroHMC

        O pior que eu já vi foi o Cabo AMI que na concessionária da audi custava 750 reais, comprei um novo no mercadolivre por 60

        • Adriano

          Doi demais, uma vez precisei comprar uma moldura de som 2 din pro focus, aqui no ml tava 200 pal kkkkkkkkkkkk paguei 20 reais no ebay

    • Levando em conta que de custo deve sair pra VW uns R$ 5, poderiam cobrar R$ 50 e estava muito bem cobrado, até levando em conta a supervalorização típica de acessórios originais.

    • Vitão

      Comprei um suporte bem melhor que esse da VW, por módicos R$ 20,00…. huehuehuehueu

  • renanfelipe

    Painel e portas ficaram com estilos totalmente diferentes… poderiam ter dado um tapa nas portas também… E não me conformo com o empobrecimento dos faróis…

  • Adriano

    Achei o preço muito bom, irei hoje mesmo comprar o meu, afinal 45 mil em um 1.0 não podemos perder né?

  • Lucas Irrthum

    Frotistas e taxistas adoram os VW’s com maçanetas e retrovisores pretos.

  • Chama o velho que vem…

    Essa porcaria vai vender igual pão quente na Bananolândia.

  • Duh

    Alguém coloca esse dinossauro de volta no museu. A VW tem que acabar com ele e com o gol, colocando um novo carro no lugar ou esticar o up ou rebaixar o fox e criar um sedã do escolhido.

  • beto

    É sério que este é o “novo”?

  • Brasil_MG

    Feio. Traseira continua sem graça. As maçanetas sem pintura, as calotas e o tampão de plástico no lugar do farol de neblina, deixam o carro ainda mais feio e sem graça.

  • T1000

    Que coisa horrorosa esse LCD vermelho do painel que não ocupa todo o espaço disponível! Fica um ressalto cinza no lugar. Que economia PORCA.

    • T1000

      Que gambiarra horrorosa. Que tortura ficar olhando pra isso durante uma viagem.

    • Gavlan The BeerMaster

      é só fechar os olhos então, não pera….

    • Stark

      Desde que seja fácil de usar, não tem problema. Mancada mesmo é não oferecer bluetooth.

      • João Martini

        Engraçado que a VW diz que tem. Acho que teve um engano aí..

  • Fábio Henrique

    O interior só impressionou mesmo nas versões mais caras.

  • T1000

    o tubo da entrada de ar do motor ali “voando” pegando ar quente dentro do cofre que maravilha.

  • EJ

    Esse 0-100 são informações oficiais da VW, né. Bem otimistas…

  • Rafael Rodrigues

    Fui obrigado a dirigir um desses,que bela porcaria de carro,tudo de plastico no interior e comportamento na estrada de carro dos anos 90 ou até 80! HB20 é bem mais aceitável
    .

    • João Martini

      Tá aí, acho que você realmente não dirigiu o carro, porque se tem uma coisa em que ele ainda se destaca é justamente em comportamento na estrada.

      • Rafael Rodrigues

        Infelizmente dirigi sim,por 500km e achei o carro muito ruim,pobre demais por dentro; sobre o comportamento achei ruim ele flutuando acima de 160, e a falta de chão em várias situações,tive que ter muita paciência nas curvas da Oswaldo Cruz enfim não gostei do carro.

        • Deivid

          160 num Voyage 1.0?
          Tu é suicida

          • Rafael Rodrigues

            Não sou de forma alguma e 160 não é grande coisa assim,e carro era 1.6 mas com dinâmica de 1.0 rsrs

  • João Cagnoni

    Acho uma ofensa um carro sem ar condicionado de série, ainda mais custando 40 mil. Quantas pessoas tem 40 mil pra dar em um carro sem financiar? Além do sacrifício, o carro ainda vem pelado.

    • T1000

      osso mesmo pagar 40k para sofrer ainda???? tô fora

  • Alexandre Prado

    Gente, por favor aonde a Volkswagen quer chegar com esses carros caros e sem sal.

  • Lucas

    Eu até gosto so voyage, mas nesse preço, só para frotista que compra com um ótimo desconto, e esses instrumentos, mataram o carro, o que salva é o tabelier e a motorização, até as palhetas aero tiraram, VW de sempre sabendo fazer o que mais sabe.

  • Wagner Lopes

    Carroça a preço de ouro!

  • Walter

    Na verdade achei o desenho do painel bem melhor que o do Prisma, que é horrível, que tem aquele painel de instrumento de moto.

    • Aldo Raine

      Poe horrível nisso, seh loco que carrin feio

    • T1000

      eu não acho tão feio o aspecto geral do painel da linha Onix/Prisma/Cobalt caso tenha a central Multimídia. Sem a central fica mesmo feio pra kct.

    • Deivid

      Insinuando como se fosse demérito o painel de uma moto.

      • Walter

        em um carro ? sim acho.

  • Aldo Raine

    Voyage sempre foi simples e sempre será simples, suficiente para combater os concorrentes. Acima dele vira o Santana, e acima do Santana temos o Jetta 1.4 , seguido por 2.0 Highline e acima deles temos o Passat. Em que mundo o Voyage eh pra ser sofisticado ?

  • pedro rt

    e um bom carro mas so tenho interesse pelo comfortline 1.6 manual, qria ver o teste dele

  • Carol Vieira

    A versão de entrada nem oferece ar-condicionado e vidros elétricos traseiros… nesse segmento há opções melhores como o Versa.

  • Diego

    175km/h de velocidade final ? Mais pesado que o UP! e dotado de Direção hidráulica. Se compararmos os números com o do SUbcompacto que é muito mais leve e possui direção Elétrica, acredito que esses dados estão maquiados.

    • Thales Sobral

      Velocidade máxima é mais aerodinâmica do que peso. E sedan costuma ter cx melhor que Hatch

      • Christian Sant Ana Santos

        E pensar que esta era praticamente a final do primeiro Dart V8 5,2 nacional, tudo bem, 46 anos se passaram, estou ficando velho…

    • João Martini

      Cx de 0,31 contra 0,36 no Up.

  • Diego

    Esse painel é a evolução do Gol G3, na verdade o carro em si é a evolução do Gol G3, eles estão voltando com o padrão antigo devido a concorrência, torço para que volte tecido nas portas, essa coisa toda de plástico é muito feio e desconfortável.

  • Marcos Lopes

    35k ja estaria caro…

  • Rafael Trindade

    O reservatório e expansão é o mesmo! Só pra lembrar.
    É ridículo demais estes carrinhos, eu nunca vou dar R$ 44k por um bixo destes.
    Quantos carros de verdade ( em relação a estes ) semi novos eu posso comprar ?

    Cruze LT Sedan 2012, Vectra Elite 2011, Civic, Corolla… Tenha paciência!

  • Mr. On The Road 77

    Em breve numa locadora perto de você!

  • Marcos Vinicius

    Esse volante da VW sem os comandos do rádio e mídia é simplesmente horrível.

  • cefaf

    Ar condicionado é OPCIONAL? Isso é tão anos 1990…

    • Exatamente, a VW parou no tempo.

      Só que o tempo não parou pra ela, por isso está perdendo mercado dia após dia.

      • cefaf

        Pois é. E enquanto ainda houver quem compre carro zero(!!) SEM ar condicionado…

  • Atley jackson

    Baita tranqueira!

  • Cris Dorneles

    O Cluster da versão de entrada não tem 4 agulhas…… VW sempre fazendo economias porcas.

  • afonso200

    esse volante simples, ta loko

  • Mauro Moraes

    O Voyage ficou melhor que o anterior. Mas compará-lo com Prisma e HB20S, e até mesmo com o KA+, é difícil. Seus rivais são frutos de projetos mais recentes. São maiores, mais espaçosos, mais imponentes, mais agressivos. Lado a lado o Voyage parece de categoria inferior. O novo interior de linhas retas e monótonas, tendem a cansar mais rapidamente. Em todo caso, o Voyage não tem pra onde evoluir. O atual padrão de design da VW já está ai há mais de 10 anos e já carece, há muito tempo, de ousadia, de evolução, de abandonar essa cara de “tiozão”.

    • T1000

      Mas olha só Mauro, um capricho maior com os detalhes de acabamento dos painéis e portas, tecido do estofamento etc, sem economia porca e oferecendo ar condicionado de série já tiraria grande parte desta má impressão.

    • Walter

      não curto o interior do Ka+, e nem do Prisma, entre esses dois ficaria com o Voyage, já o HB20S é o que tem o melhor desenho do painel como do carro externamente.

  • Lázaro Ventreschi

    Boa Tarde, apesar dos preços ABUSIVOS de ambos, com o Voyage Comfortline 1.0 custando R$ 46.490, não seria melhor opção adquirir o Voyage Comfortline 1.6 por R$ 49.790 ???

    • Lázaro Ventreschi

      Ninguém ???

  • Cris Dorneles

    Olhando a lateral, se não fosse as calotas, e o para-choque ”deformado”, não mudou nadinha.

  • Ricardo

    Realmente a VW não quer retomar a liderança!

  • Fernando S.

    45 mil. Sedã 1.0 aspirado….

    PAREM O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!

  • Alvaro Guatura

    Interior e motor deixaram o carro interessante, mas o visual dessa traseira é difícil de digerir

  • Um palavra resume: ridículo!

  • vinicius

    Redução de 5% no preço depois de 20% de aumento, kkkkk… Esss VW acha q o povo é burro!

  • Caio Ferrari

    Que furo! O painel não tem grafada a velocidade de 70 km/h!!!

  • wagner

    escala do velocímetro estranha! no começo os números aumentam de 10 em 10, quando chega no 60 passa a aumentar de 20 em 20 até 100….depois volta a aumentar de 10 em 10 até 140 aumenta novamente de 20 em 20 até chegar nos inatingíveis 220km/h…..
    Até aí tudo bem, mas os espaçamentos entre os números me parecem ser iguais, então como pode hora aumentar de 10 em 10 e depois de 20 em 20.????

    • Gabriel Araujo

      Hauhauhauahauhaua… eu não tinha reparado nisso, mas depois que vc falou, voltei lá na foto pra conferir. O comportamento do ponteiro deve ser bem legal com o motorista acelerando fundo naquelas descidas longas, hein? Huahuahauhauahauhaua

    • Apesar dessas discrepâncias, a medição continua exata. O que mede é o sensor na rotação da roda, o que vai acontecer é apenas que o ponteiro vai andar mais rápido em algumas partes da escala no painel, e mais lentamente em outras.

  • Omega

    VW está a cada dia me decepcionando….. Será que a engenharia está cansada de desenhar carros mais atraentes??

  • Zé Mundico

    Típico carro para locadora e para repartição pública. Nem taxista quer mais isso.

  • JGR

    Muito caro, sem sal e cara de todos.

  • Yuri Chaves Souza

    Pra VC ver, em 2010 um tio meu comprou um Voyager 1.0 ( nem nome tinha e era abaixo da Trendline). Vinha com vidro elet nas 4portas, chave canivete com telecomando que abria ate o porta malas, subida dos vidros com o alarme e tudo mais que esse ai tinha. Custou 35mil.
    Em 2012 peguei um Versa 1.6 com tudo isso mais direção elétrica, ABS ebd BA, rodas de liga 15 farol de neblina e computador de bordo. Saiu por 44mil.
    Hoje por 44 vc leva menos do que o Voyage 2010 tinha e paga um Versa de 2012 que tinha muito mais.
    O Versa brasileiro também caiu muito.

  • Pedro Cunha

    Ao meu ver, não possui nada de especial.
    Continua medíocre, digno de, no máximo, carro frota de empresa, de táxi ou locadora.

  • Rafael Santos

    Vendo esses dados eu fico feliz com meu Old Fit… um carro de 2005, mais completo, mais economico, mais potente. Tá complicado de comprar carro novo hj em dia.

  • Ramon Grigio

    Sou dono de um Itrend 1.0 13/14… R$ 37.000 com o farol de neblina, se não me engano. Roda 15″…

    Hoje, um carro bem mais pobre (em opcionais) custa 44.600… não sei se dou risada ou choro…

  • FranciscoAdrianoSilva

    Claramente esse retoque, tenta mudar a percepção de tamanho do carro, o aplique preto do prachoque, claramente demonstra isso, de resto, é muito pouco perante a concorrência.



Send this to friend