Home Marcas Fiat Ó não!! Uno Mille ficará no mercado até 2014!!

uno mille antigo Ó não!! Uno Mille ficará no mercado até 2014!!




Na verdade essa matéria fala sobre o desenvolvimento de um novo carro de baixo custo para o Brasil, que a Fiat planeja lançar dentro de alguns anos. Mas não podíamos deixar de expressar nossa indignação com as palavras do diretor de planejamento de produtos da Fiat, Carlos Eugênio Dutra.

Ele falou que a Fiat garante que o Fiat Mille, Uno Mille, etc, será produzido com certeza até 2014. Pelo menos. Então teremos o orgulho de ter um carro de 30 anos de idade ainda em produção no Brasil!! Estamos quase chegando no nível dos antigos países da União Soviética!

A Fiat estuda produzir um novo carro, para entrar na mesma faixa de preço do Mille. Só que não se anime, pensando que será um modelo mais moderno. O tal do Carlos Eugênio Dutra falou que “existe a possibilidade de a montadora desenvolver com base na plataforma do Mille um novo modelo, que atenderia as expectativas brasileiras no segmento.” Com base na plataforma do Mille?? Legal, hein.

“Acredito que seja possível colocar no lugar do Mille outro carro do mesmo nível”, afirma Dutra. Apesar das especulações do mercado de que esse novo modelo chegaria em 2010, a Fiat garante que o Mille será produzido até 2014. Para especialistas do setor, o carro de baixo custo no Brasil não deverá passar do sucessor do Fiat Mille, já que carros como o indiano Nano, da Tata Motors, não ameaçam o mercado nacional, por não respeitarem as normas de segurança ocidentais.

Ah, se o Tata Nano viesse para o Brasil, com as devidas mudanças necessárias pra atender as normas de segurança… veríamos a Fiat perder a liderança logo!

[Fonte: G1]


  • Hodney

    Eu gosto do Mille apesar de possuir um mas, ao falar em União Soviética podem se preparar, Lulinha já pensa em um terceiro e eterno mandato. Dessa vez ele ficará para sempre até morrer. Democracia aqui já estar no corredor da morte. BRASIL SERÁ UMA CUBA GIGANTESCA. :down:

  • victor

    :banana:
    especulaçao!!!!!!!!!
    modelos ja estariao em fase de teste!

  • rlaranjo

    O Uno é o verdadeiro HighLander!!! NEVER DIE!!!

  • boltcrank

    putz ele junto com a Kombi vai ser os carros mais velhos do Brasil, nada contra o Mille mais acho que já foi o tempo dele, a Fiat é uma montadora de extremos de um lado temos os atuais e antenados Punto, Linea, Idea, do outro temos o jurassico Mille

  • Livmeup

    O Palio não veio da plataforma Mille? para ser outro carro de baixo custo e substitui-lo?

  • Rodrigo

    Também acho que se trata de especulações. No mais se ele fosse lançado em 2010 a Fiat nunca iria admitir mesmo. Acho que este carro vem antes disso, e que a Fiat esta escondendo o jogo pela estrategia mesmo. O Uno já deu o que tinha que dar…hj apesar de “barato” para os padrões brasileiros de preço, não é mais um carro tão atrativo como já foi, e com pparcelamentos a parder de vista, vale a pena arcar com um modelo mais atual e moderno!

  • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

    [Comentario #80720 sera citado aqui]

    bem lembrado!!! a kombi então, nem vou falar nada! :saad:

  • AndreMartini

    Qual o problema de o Mille continuar em produção até 2.014?

    Não sei o porquê de tanto alarde, afinal de contas ele é a porta de entrada de milhões de brasileiros no mundo dos carros 0 Km.

    Pode ser desatualizado, ultrapassado e não estar em dia com os normas de segurança mundiais, mas possui confiabilidade mecânica, resistência de peças, robustez e, acima de tudo, valor de revenda garantido.

    Afinal, nem todos podem comprar Civic, Novo Corolla, C4 Pallas, Fusion e Azera.

    Portanto, Vida Longa ao Mille!!!

  • Limelight

    Li uma reportagem que a Fiat está se aliando a Tata para lançar o Nano no Brasil, fabricado na Argentina, devidamente adaptado (Carplace, 08/04/2008). Sabemos da existência de uma parceria entre as duas montadoras. Isso é fato!
    Quanto a permanência do Mille até 2014, não vejo problemas. Estamos aí com a sexagenária Kombi, e com o Gol, que só recebeu uma reestilização significativa aos 14 anos de idade, e isso sobre a plataforma original dos anos 80, que permanece até hoje.
    No mais, acho difícil a Fiat perder a liderança do mercado a curto ou médio prazo, já que suas vendas não concentram-se apenas nos modelos de entrada. Seu alto investimento previsto para o setor, garantirá renovações em sua linha atual e lançamento de novos produtos. Portanto, a situação não deve mudar, mesmo se o Nano for lançado independentemente. Tradição e manutenção contam muito para o sucesso de um modelo novo no mercado.

  • Alexandre

    O carrinho que aguenta e o tal do uno!Realmente ele ja deu o que tinha que dar.Meu tio tem um 2007 completinho(- direção) e até que o carrinho tem um certo espaço e o ar dele gela que é uma blz!Ah…claro, completo pra um “popular”.E ele não tem dó não e o carrinho ta inteiro.
    Se a produção vai continuar ou não, realmente só o tempo dirá, mais o que me deu mais saudade foi isso aqui:

    Revista Autoesporte(nº401) de 1998 que achei aqui em casa:
    Mille EX 3P – R$9.990 a 12.568
    Mille EX 5P – R$10.686 a 13.315
    Mille Young – R$10.887 a 13.177

    Se ele voltasse a esses preços(o que seria justo) até 2014 podia continuar produzir até 2050! :cool:

  • Felipe

    [Comentario #80729 sera citado aqui]

    Num futuro distante (ou não) os carros de entrada vão ter seus preços a partir de 100 mil reais

    Alguém duvida?

  • Alexandre

    Ae Éber, sei que não tem haver com a matéria, mais vo postar alguns preços só de curiosidade, mas se for retirado,no problema!

    KA – R$11.404 a 15.920
    Palio EX – R$11.881 a 17.891
    Corsa Wind – R$11.881 a 15.825

    Vectra GL – R$24.314 a 30.093
    Vectra GLS – R$26.525 a 35.620
    Blazer DLX TUrbo diesel – R$39.227 a 44.608
    Siena EL – R$17.572 a 25.676
    Marea ELX – R$28.443 a 35.750
    Civic Sedã LX – R$26.357 a 30.360

    Coloquei só alguns, mas que bate uma saudade dessa época, putz!!!

  • D.Lobo

    Viva ao país das “carroças”, fazer o que,se de um lado nós evoluimos com a chegada de carros quase que iguais aos vendidos na Europa por outro temos carros que sobrevivem desde a época em que o homem inventou a roda, é claro que eu estou exagerando mas é rir pra não chorar :(

  • Raimundo

    Mesmo a noticia vindo de um funcionario da Fiat, nao da para acreditar prenamente nisto, pois, posso esta enganado, antes de 2014 os crash test serao obrigatorios em todos os carros e eh certo q Mille e Kombi nao serao bem avaliados. Pra ele ter sobrevida, necessitaria de outro facelift, pois mesmo sendo o mais barato, nao eh o mais vendido, design ta fazendo diferença. Ainda, a propria Fiat italiana informou q o projeto B, plataforma B, seja la o q for, seria tanto para o Palio quanto para o Uno, reducao de custos, a exemplo do novo Gol baseado no Fox e Polo. Por esses exemplos e outros, Ka e Celta, ao meu ver nao justificaria sua permanencia por mais tempo sem sofre alguma alteracao, pelo menos estetica.

  • rafaelphanton

    :eyess:Sejamos coerentes, não podemos ignorar um carro que se manter entre os 5 mais vendidos, geralmente em 4º lugar.
    Que montadora mataria um carro com esse número de vendas?
    Não interessa se vende mais para frotista ou não, o que interessa para uma montadora é o volume de vendas.
    O Marea não vendia e, foi morto pois, isso gera prejuízos.
    O Uno é um pequeno grande carro, valente e duradouro.
    Eu tive um EP 96 e, só vendi porque precisei mesmo.
    E seria ruim para nós ele sair de linha agora pois, querendo ou não, ele regula a tabela dos populares que, se ficarem com preços muito distantes do Uno, perderão vendas para ele.
    Se um dito popular hoje está acima dos 26K, imagina se não existisse o uno à 22K?
    Precisamos de empresas ousadas e, que tragam carros com valores abaixo dos 20 mil para derrubar os preços abusivos praticados.
    O imposto é alto?É sim mas, isso apenas serve como desculpa para justificarem os alto valores dos veículos.
    Na verdade, as únicas montadoras que não enfrentam crises são as que estão no Brasil.Porque será?

  • Gian

    e em 2014 o Uno vai custar 40.000 reais e só vai vir com motor,pneus de carrinho de mão,volante e um banco de onibus
    viva o Brasil e suas carroças :clown: :clapp:

  • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

    [Comentario #80724 sera citado aqui]

    não é assim. pensar que ele é a porta de entrada, e que, por causa disso, tá ótimo ficar com o mille até 2014 é uma mentalidade pequena.

    devemos pensar que poderíamos ter um carro bem melhor, mais moderno, mais bonito, pelos mesmos 23.000 reais.

    continuaria sendo a porta de entrada. mas seria uma porta melhor e mais bonita.

  • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

    [Comentario #80733 sera citado aqui]

    bom, não podemos analisar esses preços cegamente. temos que levar em conta a inflação de 10 anos em cima disso, e levar em conta que o real desvalorizou de lá pra cá.

    se um carro custava a metade, tem bens de consumo que também custavam a metade.

    e o salário mínimo era a metade tbém. eu não lembro quanto eu ganhava em 98, pois eu era adolescente, mas e vocês que são mais velhos? ganhavam quanto? creio eu que era bem menos que hoje, mesmo estando na mesma função!

  • Ticothetrue

    Tudo culpa das novas normas de seguranças…
    Que as montadoras têm que estar dentro até 2014.

    Teremos um Uno um pouco mais arredondado?
    Ou com vincos?

    =O

  • Pablo

    to com preguiça de fazer contas, mas tenho a leve impressao de q a inflacao direta incidente sobre os automoveis nao foi de 100% nesses 10 anos… ou sera q foi? bom… se foi, menos desesperador, dah pra continuar vivendo, mas se num foi eh mancada hein!! tao lavfando a egua com o dinheiro de qm compra carro

    ah… e REFORMA TRIBUTARIA URGENTE!!
    MORTE AOS CORRUPTOS (e isso inclui todo mundo q rouba de alguma forma, nao só os politicos)!!
    STALINISMO LATINO (essa num eh por minha conta, mas as vezes agente precisa de uma grande revolucao pra por as coisas no lugar)

  • JDFortuna

    Oba!!! Começamos a discutir preços!!!
    EU INSISTO EM QUE MONTEMOS NOSSO ÍNDICE AQUI PELO NOTICIAS AUTOMOTIVAS.
    Me impressiona a democracia aqui estabelecida e quero junto de nossos amigos, colaborar que aqui neste website, tenhamos um índice de preços de carros, em todas suas circunstâncias, vide completo, básico, à vista ou parcelado, que de comos vemos justos os carros fossem vendidos, com impostos e até lucro pra revendoras e fabricantes.

    Eu gosto da Uno, até meio a Fiat tendo a enfeiado um pouco, tá melhor que o Logan. E é um kart. Com 65cv, que blz. Os grandes problemas da Uno, que já tive um Fire por 5 anos, é o acabamento e o “eixo” traseiro que tb desalinha. É McPherson, que é foda, mas na traseira de Uno, talvez até eu preferisse fosse rígido. Double Wishbone já seria demais, só Civic mesmo.

    EBER!!! Não ignora o índice não!!! :clapp: :clown: :D :cool: :green: :laugh:

  • Hodney

    [Comentario #80724 sera citado aqui]

    Estou de pleno acordo com vc Martini! :cool:

  • JoaoV27

    Ah, não!!! Já tina lido sobre isso na auto esporte, mas achei que eram especulaçãoes.

    Nada contra, mas poderia ser menos estranho!!!
    Uno furgão, então, não quero comentar!!!…

    :down: :clown: :down: :clown:

  • Hodney

    [Comentario #80758 sera citado aqui]

    Digo! Porque a Fiat não acoplou o eixo do Palio no Mille? Realmente o eixo do mille ainda é derivado do 147 o que é um grande retrocesso. Lembrem-se que o Palio é o Uno europeu em termo de mecânica.

  • Hodney

    [Comentario #80755 sera citado aqui]

    Você quer a implantação do comunismo no Brasil? Realmente o povo tem pensamentos suicidas. :owmy: :down: :eyess:

  • Hodney

    [Comentario #80741 sera citado aqui]

    Muitas pessoas ao verem seus contracheques de hj irão notar nenhum ganho real frente aquela época. Houve sim uma perda significativamente no poder aquisitivo. Hj em dia a compra na modalidade a vista praticamente acabou dando lugar ao endividamento. Naquela época a quantia de pessoas com poder de compra a vista era incomparavelmente maior que hoje.

  • pedro faleiro

    ME DESCULPE ÉBER, mas não concordo totoalmente com. É bem verdade que o mille é um carro antigo sim. mas apesar do desenho quadrado dele, ele é um dos melhores carros de custo benefício deste País. é ele o pioneiro na elevação do banco do motorista, mudando o ponto g de um veículo (coisa que a volks “acha” que inovou com o fox). É um carro bem espartano, mas que pelas vendas, atende ao público brasileiro. Sou muito mais um MILLE que um TATA NANO, que é minúsculo não é confiável. :OoO:

  • Lscom

    Isso Td Por que, O Brasil é Auto suficiente em petroleo, sem divida externa, o Dolar esta estavel ou melhor caido “1,72:1″, e quem faz a festa é as montadoras.
    estão reclamando do Uno, mas o celta tem uma Plataform,a de mais de 13 Anos ” De Brasil”, So casca nova, O Gol Sem comentarios “Até o momento”.
    Mas A kombi é bra bater o Fusca Mexicano. Com certeza

  • jucachaves

    vamos propôr uma lei anti-carroça! tem que proibir essas porcarias

  • AndreMartini

    [Comentario #80740 sera citado aqui]
    OK, caro Éber.

    O problema é que esse caro que você fala jamais seria vendido por 23.000 reais.

    A Fiat só consegue cobrar este preço pelo Mille, pois todo o seu processo de desenvolvimento e projeto já estão pagos.

    Caso venha a desenvolver um substituto para o Mille seu preço certamente seria mais elevado, em virtude do desenvolvimento de um novo carro ainda ser repassado no preço final para o consumidor

  • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

    [Comentario #80766 sera citado aqui]

    [Comentario #80787 sera citado aqui]

    sim, entendo a opinião de vocês!

  • Maycon Farias Batista

    Peraeeee …Acho que o Srº Eber está expondo demais sua opinião de não gostar da Fiat!!!!

    O Fiat uno ta ai no 4º lugar nesse mês dos mais vendidos, mesmo depois de 20 tantos anos ! é pouco para vc??????

    vc citou em um comentário do nosso amigo Andremartin dizendo que é ele tem mentalidade pequena em se pensar que o Fiat Uno fique até 2014!

    Agora não só eu mas qualquer outro empresário, dono de um loja, dono de uma fábrica… jamais tiraria um carro ou algo que vende tão bem quanto ele! Isso até uma criança saberia porque.

    Se a Fiat está com ele a todo vapor desde muito tempo ela ta mais que certo, afinal de contas não vai ser um modelo redondo, com curvas, com vinculos e etc que vai fazer ele vender mais e ficar melhor.
    EX Celta mesmo depois de ficar ´´redondo“ assim podemos dizer dificilmente consegui superar o fiat Uno e olha que o Celta é bem mas bem mais novo! E claro que tirando alguns meses de liderança do celta ,mas 90% do topo sempre esteve com o Uno.

    Parabens fiat por esse grande carro, não é melhor como a maioria, mas nem todos conseguem chegar onde ele está!

  • Luis.J.R.

    Acho que pelo jeito a kombi,fiorino,classic, gol g4
    e celta vai continuar a ser produzidos até 2014
    támbem, logico todos irão passar por uma reestilizacão?”Não duvido que isso aconteça”?Mais eu acho que o novo mille vai ter uma nova plataforma como disse o amigo do comentario 14. :??:

  • Daniel Boone

    Uno fire é massa!!… hehehe Pau pra toda obra!!! ê “carrin” arretado!!! kkkkkkkkkkk

  • SPP

    Eu sou a favor da permanência dele no mercado. Fez história e é digno de permanecer arcaicamente agradando. E as pessoas confiam mesmo nele, fico impressionado.. Conheço gente que usa ele como off-road e diz que melhor que ele só sendo pick up.. rsrs

  • Shiol

    Áhhh que horror!
    Pelo menos é bom saber que, como Eber mencionou, provavelmente teremos outra “porta”, mais bonita e moderna!

  • cezar

    O uno é fantástico. Comprei um fire em 2001 e era show. Depois comprei um VW, mais caro e é lógico que deu problema. Depois fiquei apertado, vendi o meu VW e comprei outro FIRE em 2005. PORQUE?

    É BARATO
    NÃO QUEBRA NEM FUD***
    É ECONÔMICO
    É DINHEIRO NA MÃO.
    É SUPER ESPERTO NO TRÂNSITO

    Hora nenhuma achei que seria econômico, confortável, etc… Ele entrega justamente o que promete. Por isso é imbatível. Não tenho mais o uno, tenho um sedan bem mais caro. No futuro quero comprar um 2º caro pra minha casa, provavelmente será outro uno. Pois sei que se ficar com ele uns 5 anos não vou ter problema.

  • fabiojose

    Vocês terão que se acustumar!!!!Ahahahahahah :water: :water: :water: :banana: :banana:

  • Shiol

    Eu só teria um Uno se ele tivesse direção hidráulica, ar condicionado e fosse pelo menos 1.6, na média de 100 cv. Não me importaria com design nessas condições.

  • Shiol

    O Fiat Uno já deveria ter mudado.
    E não é só mudar de nome ou mudar os faróis, estou falando de mudar mesmo. Plataforma, vidros, painel, alguma coisa desse tipo. Mudança de verdade!

  • Shiol

    Agora se a Fiat resolver mudá-lo de verdade, ela vai INVENTAR UMA DESCULPA de que mudou e “investiu” muito pra isso e pra compensar aumenta o preço.
    Ridículo esse tipo de atitude!

  • theo

    [Comentario #80723 sera citado aqui]

    alguem faz uma macumba pra fiat fali :?s?:csa q deveria t feito faz tempo ai se naum fosse o grande punto a fiat tava na rua da amargura e ate quandu fika a kombi :?s?:

  • Davi Othon

    Não sei por que vocês falam tanta besteira sobre o Uno. O Corolla foi fabricado desde 1966 e desde 1990 está na mesma plataforma. O VW Golf vem desde 74 e desde 89 está na mesma plataforma. O corsa nasceu em 82 e a plataforma do tão moderno celta é a 4200 herdada do velho corsa bolinha. Cada carro tem um propósito e serve muito bem ao que se propõe. Vai ter um Zé pra dizer: mas o uno é o mesmo de lá (esse nem respondo, é dos que vê cara e não coração).

  • Hilário Bairle

    Eu Queria é comprar umas ferraris,lamborghinis.jaguars,rolls-royces.Mas eu Preciso Trabalhar para Ganhar muito Dinheiro,porque os carros populares são muito feios demais.Então porque as montadoras de automóveis de luxo não projetam carros sofisticados mais compactos do que se imagina.

  • jjaguar

    O grande problema é que brasileiro se contenta com pouco. Acho que é o único lugar do mundo que os “novos” produtos pioram em comparação ao que foi substituído (vide Fiesta gatinho o novo Fiesta no quesito acabamento; vide Gol GIII e o GIV; vide Vectra B e Vectra C). Por aqui ao invés de se retirar o produto antigo da linha, coloca-se o novo como se fosse um segmento superior (o que começou no Gol GIII e o bola e se perpetuou ate hoje, chegando ao cúmulo com o Astra e o “Vectra” que na verdade é o Astra europeu).
    Lá na Europa (quem acompanha foruns e sites e lá sabe) tá o maior rebuliço em lançar o 206+ (o “nosso” 207). Para quê lançar um remendo de um carro que era ótimo, mas teve sua época e foi substituído pelo 207 real? Isto que se pergunta lá.
    Enquanto lá se lançam modelos com muitas melhorias mostrando uma evolução (e assim conseguem fidelizar o cliente), aqui só piora!

    OBS: falei do Vectra, mas faço mea-culpa porque comprei um dia 11 “Remix” (afff) e estou muito satisfeito. Pena o acabamento ser cheio de rebarbas e arranhõezinhos, mas o carro é gostoso! Não ligo em andar de Chevectra ou acelerar um Monzatech, anda muito bem!