Home Manutenção Pesquisa aponta que carros nacionais dão mais problemas

bandeira brasil1 Pesquisa aponta que carros nacionais dão mais problemas




A recente pesquisa da J.D.Power sobre o nível de satisfação dos proprietários de veículos no Brasil, revelou que os carros de fabricação nacional dão mais problemas que os de outros mercados mundiais, sendo até 50% superior ao de países como Alemanha e Canadá, por exemplo.

No Brasil, a pesquisa contabilizou 352 defeitos relatados para cada 100 carros novos. Nos dois países citados acima, o número de problemas por carro fica em 210 para cada 100 veículos. Se for carro nacional, o número sobe para 356/100. No entanto, quando o assunto é problema, os chineses ainda lideram com 389 casos a cada 100 carros novos.

Mesmo assim, isso não serve de consolo para o consumidor brasileiro. Nos “parceiros” argentinos e mexicanos, os relatos apontam 333 e 310 reclamações, respectivamente. Aqui, os problemas mais frequentes estão relacionados com motor e transmissão, sendo o consumo elevado uma das causas mais recorrentes de insatisfação.

Falhas e problemas na partida e ruídos anormais também são apontados. O problema é que o Brasil utiliza etanol puro e também misturado na gasolina, o que aumenta as chances de falhas, mesmo com tecnologias mais recentes de partida a frio. A tecnologia flex tem seu custo e este é o consumo elevado, infelizmente.

Outros fatores de insatisfação dos clientes brasileiros estão relacionados com a falta de informação sobre o produto, já que as lojas não oferecem explicações adequadas sobre o produto. Também ruas e estradas brasileiras em péssimo estado aumenta as chances de quebra de veículos novos.

Não por acaso, a pesquisa revelou que 42% dos clientes do Brasil levam em consideração o custo de propriedade (todos os gastos relacionados ao veículo) e 23% o pós-venda (oferta de peças de reposição e resolução dos problemas). Pois é, muita coisa ainda tem que mudar no mercado mundial…

[Fonte: Automotive Business]





Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.